Medidas devem melhorar fluidez do tráfego nos cruzamentos

A CPTrans vai realizar, nesta quarta e quinta-feira (24 e 25.01), um teste de trânsito na Rua Montecaseros, no Centro. A operação vai acontecer no período da tarde e vai contar com mudanças pontuais e em horários distintos, visando estudar alternativas para melhorar a fluidez do tráfego e diminuir a retenção de veículos, principalmente, nos cruzamentos com as ruas Fabrício de Matos e Paulino Afonso.

Um levantamento da CPTrans apontou que a Rua Montecaseros chega a receber, em períodos de pico, mais de 1,6 mil veículos por hora. Destes, cerca de 160 são ônibus. Para o diretor técnico e operacional da Companhia, Luciano Moreira, a operação será importante para que a CPTrans analise possíveis formas de desafogar o trânsito na região.

“Serão mudanças pontuais, por curtos períodos de tempo e em horários diferentes. Vamos ver como serão os reflexos das alterações e definir se essas mudanças poderão ser definitivas”, disse Luciano.

O principal teste ocorrerá no acesso e saída da Rua Fabrício de Matos. Os motoristas que estiverem saindo do Centro Histórico não poderão fazer a conversão à esquerda, sendo necessário seguir pela Rua Montecaseros e retornar na Rua Carlos Gomes. Já quem sair do bairro Valparaíso deverá acessar a Rua Montecaseros no sentido Centro. Os motoristas que tiverem como destino os bairros Mosela e Bingen, por exemplo, terão como opção retornar na Rua Frei Rogério, atrás da igreja do Sagrado Coração de Jesus, ou na Praça Rui Barbosa, a Praça da Liberdade.

Outra fase do teste vai ocorrer para os veículos que seguirão do Bingen com destino aos distritos. Os motoristas serão orientados a acessar a Rua Francisco Manoel até a Avenida Piabanha.

A Companhia vai utilizar gradis, pedestais e placas para sinalização das vias. Agentes estarão no local orientando os motoristas. A operação poderá ser adiada caso não haja condições climáticas favoráveis.

Operação Binário visa melhorar trânsito nas Duas Pontes e Ponte Fones

Estão previstos para acontecer nos dias 31 deste mês e 1º de fevereiro testes, também, nas ruas Coronel Veiga, Olavo Bilac e General Rondon, no Quitandinha. Segundo a CPTrans, os técnicos vão avaliar mudanças que poderão ser feitas para melhorar a fluidez do trânsito nos cruzamentos das Duas Pontes e da Ponte Fones. De acordo com a Companhia, a previsão é que mais de oito quilômetros de vias tenham alguma intervenção nesta etapa dos estudos.

Uma equipe da Coordenadoria de Defesa do Consumidor (Codecon), de Niterói, subiu a serra de Petrópolis nesta segunda-feira (22.01) para conhecer às ações do Procon. O objetivo é levar a expertise do órgão de defesa do consumidor da Cidade Imperial para o município fluminense. Informatização, ampliação e ações itinerantes são alguns dos pontos abordados e que poderão ser levados para beneficiar os consumidores da região. A advogada Ana Maria Ataíde elogiou as melhorias realizadas ao longo de 2017 e voltará à cidade, com outros representantes do órgão, para novas trocas de experiências.

Candidatos ao Conselho Municipal de Trânsito e Transportes (Comutran) tem até às 23h59 desta terça-feira (23.01) para se inscrever a uma das 11 cadeiras para representar a sociedade civil. A inscrição deve ser feita pelo site http://www.petropolis.rj.gov.br/cpt/ , clicando no banner indicativo. Até às 17h30 a inscrição também pode ser feita presencialmente na sede da CPTrans, localizada na Avenida Alberto Torres, 115, no Centro.  A votação para eleger o novo grupo de conselheiros ocorre no próximo dia 3 de fevereiro durante a 14º CMTT.

Para participar da edição de 2018 da Conferência Municipal de Trânsito e Transportes, cujo tema será a “A otimização do transporte coletivo e a melhoria da mobilidade urbana”, como eleitor, as inscrições seguem até 31 de janeiro, podendo, também, ser realizada pelo site ou na sede da companhia.  A CPTrans irá publicar no site a lista com os nomes dos candidatos no dia 24 de janeiro e abrir o prazo até dia 26 para a impugnação dos candidatos.

Com a alteração da data da conferência em uma semana, a Companhia também optou por aumentar o prazo para a inscrição tanto para candidatos ao Comutran, quanto para os participantes. Os 11 representantes da sociedade civil que irão compor o conselho ao longo do ano serão eleitos no segundo dia de conferência, que ocorre de 9 às 13h. A apuração será feita em seguida, com previsão de anúncio do nome dos novos conselheiros sendo realizada até às 17h. De forma inédita, a conferência ocorre como uma feira, onde estandes que tratam sobre mobilidade serão montados

Podem participar da conferência com direito à voz e voto, entidades com sede e Petrópolis e todos os cidadãos residentes no município, que já tenham completado 18 anos.

Das 296 famílias que precisam atualizar os dados, apenas 85 compareceram no CRAS Centro

A prefeitura está intensificando a divulgação e convocação dos moradores da 24 de maio, Morin, Caxambu e adjacências para realizar o recadastramento do Cartão Imperial. O processo está pela metade e a baixa adesão preocupa. Das 296 famílias convocadas, apenas 85 atualizaram os dados. O processo foi dividido em ordem alfabética para realizar a atualização dos dados até 6 de fevereiro. A meta da prefeitura é manter ativo o benefício dos que comprovarem a situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional para manter o recebimento de R$ 70 mensais.

A atualização dos dados ocorre diariamente no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Centro localizado na Rua Dr. Sá Earp, nº 39, de 9 às 16h. A secretária de Assistência Social, Denise Quintella reforça que a convocação dos beneficiados ocorre frequentemente junto aos Centros Comunitários, unidades de Saúde e igrejas da região.

“Temos uma região muito populosa e a baixa adesão preocupa. Estamos mobilizando as equipes para que continuem ligando para os beneficiados, além da integração com as agentes de saúde e líderes comunitários para que todos compareçam no Cras. Mesmo que as pessoas não consigam comparecer nas datas estabelecidas é importante que façam contato com o centro de referência para realizar a atualização em outro dia”, afirma Denise Quintella.

As famílias que não se recadastrarem terão, inicialmente, o benefício bloqueado por 30 dias. Atualmente, o município conta com 3.080 pessoas com os cadastros atualizados e 1.063 usuários já desligados do programa por não comprovarem a situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional.

“Precisamos tranquilizar a população que o desligamento não é automático. Primeiro o benefício é bloqueado, então a família que não conseguir sacar o valor do benefício deve procurar atendimento no CRAS mais próximo de sua residência ou o atendimento junto à Secretaria localizada no Centro Administrativo da prefeitura na Avenida Barão do Rio Branco para avaliar o cadastro”, disse Denise Quintella.

Como se recadastrar?

O recadastramento do Cartão Imperial garante o recebimento do benefício aos atendidos que estejam dentro dos critérios do programa, ou seja, que comprovem situação de vulnerabilidade social e estejam devidamente cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

A Secretaria de Assistência Social disponibiliza uma equipe para convocar as famílias por telefone. Para fazer o recadastramento, o usuário deve levar documento original e cópia – CPF do titular, carteira de trabalho de todos que moram na casa maiores de 18 anos, mesmo que não esteja assinada (cópia das páginas da foto, do verso e do último contrato de trabalho assinado na carteira); comprovante de renda atual (contracheque, comprovante do benefício do INSS); certidão de nascimento dos filhos menores de 18 anos; carteira de vacinação dos menores de 10 anos; declaração de escolaridade; comprovante de residência atual; laudo médico ou comprovante de acompanhamento dos portadores de doenças graves ou pessoa com deficiência.

Em casos de dúvidas, os moradores podem entrar em contato pelos telefones (24) 2233-8109 e 2233-8110.

O recadastramento seguirá de acordo com o cronograma:

24/01 a 26/01 – Letra M

29/01  - Letra N, O, P e Q

30/01 e 31/01 – Letra R

01/02 e 02/02 - Letras S e T

05/02 e 06/02 – Letras U, V, W, X, Y, Z

O Conselho Municipal de Turismo, o Comtur, passa novamente a ser liderado por um representante do poder público, conforme determinado por lei. O assessor de marketing da Turispetro, Marcelo Florencio assumiu a presidência nesta segunda-feira (22.01) durante a primeira reunião do ano do conselho, que aconteceu na sede da Firjan em Petrópolis. Entre as metas de sua gestão para o biênio 2018/2019 está conseguir estimular as entidades que participam do conselho para que se envolvam diretamente com os eventos oficiais da cidade e discutam cada um deles.

O objetivo é promover a participação da sociedade civil organizada na proposição, orientação e promoção da política geral de turismo a ser adotada no município. Florencio já foi vice-presidente do conselho, em 2014/2015, e agora retorna liderando o Comtur. Quem assumiu a vice-presidência foi a empresária Luciana Viveiros, que representa a Associação Brasileira de Indústria Hoteleira (ABIH). No total, 41 entidades fazem parte do conselho.

“Para este período, a gente espera que o conselho esteja comprometido com a cidade e os conselheiros envolvidos com os eventos do nosso calendário oficial, afinal, eles estão diretamente ligados ao turismo. Queremos que os eventos sejam discutidos para que o poder público e a sociedade civil organizada caminhem juntos no objetivo de alavancar o setor em Petrópolis. Essa união é fundamental”, explica Florencio.

Durante a primeira reunião do ano, entre os assuntos em pauta estavam os resultados do Natal Imperial. Conselheiros falaram sobre o sucesso da festa, com o aumento no movimento do turismo e, consequentemente, do faturamento de lojas, bares, restaurantes e hotéis. Também foram apresentados projetos que têm como consequência o fomento do turismo. Alguns já em andamento, como a união de empresários do Valparaíso para a criação do “Valparaíso Gourmet”; e outros com o objetivo de ainda ser implantados. A reunião também contou com a presença do vereador Antonio Brito, que é presidente da Comissão de Turismo da Câmara Municipal.

Ao longo do ano, as reuniões do Comtur vão acontecer sempre na primeira segunda-feira de cada mês, às 16h, na sede da Firjan, na Rua Dom Pedro, 579, Centro. De acordo com a lei, de dois em dois anos o Conselho Municipal de Turismo alterna a presidência entre a sociedade civil e o poder público.

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias registrou sete ocorrências por conta da pancada de chuva que caiu na cidade na tarde de segunda-feira (22.01), nenhuma delas com gravidade. Foram duas quedas de árvore: uma na Rua Mosela e outra na Rua João Xavier; um buraco na Rua Monsenhor Bacelar, no Centro; uma casa ficou destelhada na Rua Nicolau Mayworn, no Campo do Serrano; um muro caiu na Rua Max Manoel Molter, no Quarteirão Brasileiro e dois pequenos deslizamentos de terra: um atingiu o terreno de uma casa na Rua Pedro Ivo, no Morin e outro na Rua do Encanto, no Centro. Não houve feridos. A Guarda Civil Municipal fechou a Rua Coronel Veiga, que transbordou, por cerca de 20 minutos. 

Também foram registrados alagamentos na Ruas Ipiranga, Benjamim Constant, Caldas Viana e Montecaseros. Neste momento, a Defesa Civil está em estágio de vigilância, já que a chuva parou.  Existe a previsão de pancada de chuva para a tarde e noite desta terça-feira (23.01), e por isso, o órgão municipal pede para a população ter atenção.

“Os moradores devem ligar para o 199 e informar caso tenham alguma ocorrência”, afirma o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, reforçando que o contingente de 60 agentes permanece de plantão 24h para realizar os atendimentos a população.

“É fundamental que a população que vive em uma área de risco tenha atenção redobrada na hora da chuva forte. Vale ressaltar que nossas equipes estão preparadas e de plantão para atender a população”, destaca o secretário. 

Em caso de qualquer sinal de instabilidade no imóvel ou terreno, o morador deve ligar para o telefone 199 e pedir uma vistoria preventiva à Defesa Civil. A ligação e o serviço são gratuitos

Estimativa é aumentar cobertura de pessoas vacinas que atualmente é de 60%

Petrópolis participará da campanha do ‘Dia D contra Dengue’ no próximo sábado (27.01). A Secretaria de Saúde está mobilizando as equipes para que grande parte das unidades do município estejam funcionando a partir das 9h. Dentre as unidades já confirmadas estão - o Centro de Saúde, Epidemiologia - ao lado do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, Ambulatório Escola, Hospital Alcides Carneiro além de 8 Unidades Básicas de Saúde e 3 Postos de Saúde da Família. O município conta com 50 mil doses para imunizar a população.

Cumprindo o reforço do cinturão de imunização em áreas rurais e de matas fechadas, a prefeitura realizou no último sábado (20.01) um mutirão nos bairros Fazenda Inglesa, Araras, Vale das Videiras e Secretário. Das 1.600 doses disponibilizadas - 400 para cada unidade- 579 foram aplicadas na região.

Ao contrário das 15 cidades do Estado que terão que fracionar as doses, com proteção por até oito anos, em Petrópolis continuará sendo aplicada a dose única, de 0,5 ml, preconizado pela Organização Mundial da Saúde para proteção para a vida toda contra a doença.

A prefeitura realizou o mutirão ano passado bem como as ações volantes e conseguiu vacinar 80 mil pessoas em menos de dois meses – de março a abril. Esse reforço de sábado serviu para continuar intensificando as ações nessas regiões, uma vez que a procura pelas doses ainda continua. A Saúde está fechando o cronograma do próximo sábado, mas também trabalhará para levar as vacinas a áreas de difícil acesso para que a população esteja protegida contra febre amarela pela vida toda.

Petrópolis está com 60% da população imunizada com mais de 194 mil doses aplicadas e há ainda a oferta da vacina diariamente em 15 unidades de Saúde.

Não há nenhum petropolitano com suspeita da doença ou contaminado por Febre Amarela. A Secretaria de Saúde está reforçando o cinturão de imunização nas áreas de matas e rurais para facilitar o acesso a quem mora nestas áreas. Há doses o suficiente em estoque para proteger a população. Mas a pasta reforça que a dose está sendo oferecida diariamente em 15 unidades de saúde, então quem não conseguir participar dos mutirões, pode se vacinar durante a semana com tranquilidade.

Petropolitanos buscam as unidades de Saúde para se protegerem antes do Carnaval

Grande parte da população que buscou o Centro de Saúde nesta segunda-feira (22.01) para tomar a vacina estava em busca da ação preventiva para poder viajar para o Carnaval com tranquilidade. A Secretaria de Saúde recomenda ainda que, caso a pessoa visite alguma área de risco fazendo alguma trilha ou incursão na mata por exemplo, faça uso de repelentes por até 10 dias após a aplicação da vacina – tempo necessário para a imunização fazer efeito no organismo.

A aposentada Adelaide Tereza Garcia, 61 anos, é mineira e irá viajar com a família no Carnaval, ela passou por uma avaliação médica para poder tomar a vacina.

“Eu expliquei para o médico que irei para a Minas e como os meus exames estão em dia e meu estado de saúde também, ele me deu a liberação para tomar a vacina. Eu acho que essa é melhor coisa a fazer, se o idoso vai viajar para essas áreas deve procurar um médico antes”, disse.

A diretora da Vigilância em Saúde, Elisabeth Wildberger, informa que crianças e adolescentes só serão vacinados com a apresentação da caderneta de vacina e idosos com a liberação médica. Todos devem apresentar documento de identificação para cadastro.

“Devem se vacinar crianças a partir de nove meses a adultos com até 59 anos. A imunização é contraindicada para gestantes, pessoas com o sistema imunológico debilitado e pessoas alérgicas à gema de ovo. Os idosos devem ser vacinados apenas com a liberação de um médico”, frisa Elisabeth Wildberger, diretora da Vigilância em Saúde. 

Carlos Ávila, 37 anos, morador do Centro viajará para Valença nos próximos dias e também buscou a imunização com antecedência.

“Eu costumo viajar sempre para a Valença, mas agora eu fiquei preocupado em ir viajar sem tomar a vacina, então estou tomando com antecedência para garantir a proteção”, afirma.

A Secretaria de Fazenda iniciou nesta segunda-feira (22.01) o atendimento para a emissão de segunda via do boleto para o pagamento do Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU) de 2018 e também os de 2017. O espaço destinado ao serviço fica no andar térreo do Centro de Cultura Raul de Leoni, que fica na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), no Centro. São oito guichês que no primeiro dia recebeu 325 pessoas buscando pelo atendimento. A previsão é que o polo de atendimento permaneça montado por 90 dias, de segunda a sexta-feira, de 9 às 16h.

Segundo informações dos Correios, cerca de 95% dos carnês já foram entregues nos distritos e 100% no Centro. A previsão é que a distribuição dos 115.453 carnês seja concluída em até quarta-feira (24.01). Com a montagem do polo, a expectativa é que, quem eventualmente não tenho recebido o seu carnê, consiga retirar a segunda via no local. Além disso, o documento também está disponível, desde o início do mês, no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br), clicando no ícone “IPTU”, que fica à direita na tela e digitando o número de inscrição do imóvel.

“Ao disponibilizar esse serviço oferecemos mais uma opção para que o cidadão consiga emitir seus boletos e ficar em dia com os tributos municipais. São recursos que vão garantir merenda nas escolas, remédios nos postos, melhor infraestrutura para alunos da rede pública, manutenção de vias pública e ações de limpeza e conservação da cidade, por exemplo”, destaca o secretário de Fazenda, Heitor Maciel, lembrando, ainda, que atendimento no Centro de Cultura foi iniciado antes do prazo para o pagamento em cota única, que vai até quinta-feira (25.01). Dessa forma as pessoas não vão perder a oportunidade pagar os débitos com o desconto de 9%”.

Quem vai aproveitar esse desconto é a pensionista Ruth Dias Freitas. Ela esteve no polo de atendimento por volta das 11h para tirar o boleto e pagar em conta única, com vencimento até quinta-feira. “Cheguei e fiquei menos de dois minutos para ser atendida. Foi rápido e fácil, além de ser no Centro. Além disso, o desconto é muito bem-vindo em tempos onde as coisas estão difíceis podendo conseguir pagar um pouco mais barato já é uma ótima notícia”, comemorou.

O calendário da Secretaria de Fazenda prevê, ainda, outros descontos: 7% para quem pagar até 20 de fevereiro e 5% até 20 de março. “Quem puder quitar o imposto em cota única estará fazendo um ótimo negócio, pois os descontos estão acima do índice de inflação. Além disso, o contribuinte ajuda a prefeitura a manter serviços essenciais”, aponta Heitor Maciel. 

Dos 115.435 carnês que estão sendo distribuídos pelos Correios, 91.009 são referentes a imóveis já construídos (imposto predial), outros 24.426 são referentes a terrenos (imposto territorial).

A mais nova vocação de Petrópolis, a cerveja artesanal, parece mesmo já ter consolidado grandes feiras de produtores na cidade. No último fim de semana, de sexta-feira (19.01) a domingo (21.01), o Palácio de Cristal ficou lotado graças à segunda edição do Petrópolis Beer Festival, que reuniu os amantes da bebida com música boa, gastronomia e ainda recreação infantil. Organizadores estimam que quase 1.500 pessoas tenham passado pela festa em cada dia de evento. No sábado, o dia mais movimentado, cada barraca vendeu de 250 a 300 litros de chope. No total, sete estandes fizeram parte do evento.

“O sucesso de feiras como esta mostra que estamos no caminho certo. Apoiando iniciativas que valorizem nossos produtos, como a cerveja artesanal. Este é mais um tipo de turismo que a cidade oferece e que vem crescendo a cada dia. Além dos nossos já tradicionais atrativos, estamos trabalhando para que o petropolitano e os visitantes tenham outras opções para curtir em Petrópolis, assim a cidade está sempre movimentada”, destaca o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

O tempo bom e o feriado de São Sebastião no sábado, no Rio de Janeiro, também deram uma forcinha para que o festival ficasse ainda mais cheio. Os combos vendidos pelas marcas, com chope + comida por R$ 20, estiveram entre os pontos altos do evento. Um dos estantes, de hambúrguer, chegou a zerar os alimentos no sábado. As atrações musicais também foram um sucesso à parte. No domingo, o karaokê com a banda Trisônica,previsto para ficar por quatro horas, fez tanto sucesso que a banda estendeu a apresentação e ficou por seis horas no palco.

“O evento foi maravilhoso. Víamos os espaços lotados. Colocamos cerca de 200 cadeiras no gramado, além de pufes e esteiras e as pessoas disputavam espaço. Com certeza teremos outras edições”, explica a Giovana Bento, uma das organizadoras do evento.

A primeira edição do Petrópolis Beer Festival aconteceu em novembro do ano passado e também foi sucesso entre o público. Uma das principais características do evento é a harmonização dos pratos com a cerveja artesanal. Os lounges espalhados pela festa sugeriam em seus cardápios os alimentos que mais combinavam com cada tipo de cerveja.

Melhorias foram apresentadas para Grupo de Trabalho criado para discutir o assunto

Calçadas mais largas e abrigos organizados são algumas dos ajustes apresentados no projeto de reurbanização da Rua Paulo Barbosa. As modificações, criadas pelo Departamento de Urbanismo da Prefeitura, foram apresentadas nessa segunda-feira (22.01) durante uma reunião com o Grupo de Trabalho criado para discutir o projeto. As revitalizações previstas foram bem recebidas pelos representantes do poder público e empresários que formam o GT. A reurbanização deverá ser realizada por blocos, de acordo com a contrapartida do empresariado local.

Todo o projeto foi criado prevendo a valorização dessa rua que é um importante polo comercial da nossa cidade. Uma identidade visual mais atraente e conforto para os que transitam diariamente no local são importantes para o crescimento econômico da região.

A reunião também contou com a participação das equipes técnicas da CPTrans, Coordenadoria de Ações Estratégicas e Desenvolvimento Econômico.

“O projeto não muda as características da rua. O que se pretende é uma requalificação da Rua Paulo Barbosa, organizando o espaço e oferecendo mais conforto para o público. O projeto foi apresentado para o GT que aprovou as sugestões e, agora, a equipe técnica continuará as reuniões com a Secretaria de Obras”, disse Roberto Rizzo, responsável pela Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica.

Uma audiência será marcada nos próximos meses para que o projeto seja apresentado para os outros empresários, moradores e síndicos da região. A ideia é que o projeto siga os moldes da Rua do Imperador, com calçadas mais largas e bancos ao longo da via. A reurbanização deverá ser realizada por blocos, de acordo com a contrapartida do empresariado local.

As revitalizações preveem a implantação de um divisor na faixa de pedestres principal, para dar mais segurança aos pedestres, por conta da grande extensão da via; a implantação de uma faixa de pedestres em frente à Galeria Vila Rica, arborização e organização dos abrigos. As revitalizações da rodoviária e da Travessa Prudente Aguiar serão discutidas separadamente.

“Excelente a criação desse grupo de trabalho e a troca de ideias entre o poder público e o empresariado local. O projeto está muito bonito, tivemos a oportunidade de trocar ideias e tenho certeza que esse projeto vai dar certo”, disse o arquiteto e empresário Rodrigo Simão.

O projeto inclui, ainda, a readequação da rede coletora de esgoto para todos os imóveis. Na esfera pública, fazem parte do GT o prefeito, o secretário de obras, o secretário de Desenvolvimento Econômico, o coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica, o diretor-presidente da CPTrans e o presidente da Câmara dos Vereadores. Representando os proprietários de imóveis e lojistas estão José Claudio Macedo Fernandes, Jorge Simão, Rodrigo Simão, Daniel Blanc, Bruno Vieira e Denise Guedini.

“A Rua Paulo Barbosa merece essa revitalização. Temos certeza que as modificações vão atrair um público ainda maior para a região, por isso essa troca de idéias com os empresários que atuam na rua é tão importante”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Pagina 1 de 732

Notícias por data

« Janeiro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Alvará Online - BANNER

DO

plano-plurianual-final

loa 2018

iptu

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

cpge

selo acesso informacao.fw

cmv-logo