A prefeitura vai zerar a demanda por óculos de grau nas escolas municipais. A empresa de ótica Carl Zeiss vai disponibilizar as lentes e o município vai arcar com as armações para os alunos. A ação vai fazer parte do Programa Saúde na Escola (PSE), que vai atingir mais de 10 mil estudantes da rede pública neste semestre.O gerente geral da Carl Zeiss no Brasil, Lee Jonhson, afirmou que acredita no potencial de desenvolvimento de Petrópolis. “Quando investimos nas crianças e nos jovens, garantimos um futuro melhor. Esse apoio mostra a confiança do grupo no trabalho desenvolvido pela prefeitura e esperamos que o retorno para os alunos seja o melhor possível”, disse.

O Programa Saúde na Escola é uma estratégia de integração da saúde e educação para o desenvolvimento da cidadania e da qualificação das políticas públicas. As secretarias de Saúde e Educação se uniram para garantir que os estudantes estejam em dia com o calendário vacinal, recebam ações de prevenção à obesidade, cuidados com a saúde bucal, auditiva e ocular, aprendam a combater o mosquito Aedes aegypti, e tenham o incentivo à atividade física, além de prevenção ao uso de álcool, tabaco e drogas.

Com a reforma e ampliação do espaço, capacidade de atendimento será dobrada

Uma festa animada com direito à música, pintura facial, pula-pula e lanche marcou a reinauguração do CEI Vila Leopoldina, nessa sexta-feira (18.08), em Pedro do Rio. O Centro de Educação Infantil passou por uma reforma e ampliação graças a uma parceria entre o Grupo Petrópolis e a Secretaria de Educação. Com o novo espaço, a fila de espera por vagas por berçário e educação infantil da região será zerada. O CEI atende, atualmente, 29 crianças de um a quatro anos. Com a ampliação, a capacidade de atendimento vai dobrar: 60 crianças poderão ser atendidas.

Com a reforma, um espaço que foi cedido pelo SEOP foi transformado em três novas salas de aula. A diretora do CEI, Andreia Hansen também foi homenageada pelo prefeito Bernardo Rossi. “Esse é o dia em que celebramos a junção de esforços, esforço coletivo em prol das crianças, esperamos, através da educação, transformar vidas, compartilhar saberes. A educação é capaz de transformar realidades. Estamos inaugurando um novo tempo, de total alegria. Agradeço o apoio do prefeito e do Grupo Petrópolis por ter enxergado as necessidades desse lugar”, exclamou Andreia.

Moradores aprovaram a ampliação

“Ficou lindo o CEI. Estou emocionada. Tenho dois netos que estudam aqui. Eles precisam estar no CEI porque a mãe trabalha, por isso, é tão importante ver esse espaço tão bonito. Eles são muito bem tratados e amam ficar aqui”, disse Ivanete Granja, avó do Samuel, de 2 anos e do Renan, de 5 anos.

“Muito boa a ampliação e foi feita em boa hora. Muitas mães precisam desse lugar. Estamos muito felizes”, contou Jurema Fonseca, mãe do Francisco de 3 anos.

Reforma contou com construção de quadra poliesportiva

A reforma contou com reconstrução do muro de contenção, varanda, construção de paredes e divisórias, dois novos banheiros adaptados, instalações elétricas novas, telhado e cobertura, revestimentos e pisos novos, pintura, escada externa e quadra poliesportiva. Além disso, o CEI passou a contar com mais três salas de aula, nova cozinha e dispensa.

Além da reforma, foram comprados equipamentos para brinquedoteca, mobiliário infantil, dois escorregas, duas gangorras, quatro jogos de encaixe e seis carrinhos. Bonecas, jogos pedagógicos e jogos de mesas com cadeiras também foram adquiridos. O CEI contará ainda com biblioteca, teatrinho de fantoche e projetor. Para a quadra poliesportiva foram adquiridos materiais esportivos como rede para vôlei, bolas de futebol, cones, rede de vôlei, coletes infantis e bambolês.

Número supera em 50% o total de pedidos apresentados pela população antes do início do serviço 

Um mês após a retomada do serviço de manutenção da rede de iluminação pública, 2.370 pontos já foram corrigidos. O número é 51% maior do que o total de pedidos apresentados pela população. O avanço rápido do serviço acontece porque as envolvidas estão fazendo vistorias em todos os pontos de luz dos bairros onde o trabalho é demandado pela Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP).

Petrópolis tem 40.805 pontos de luz. Para dar conta das ordens de serviço, o Departamento de Iluminação Pública estabeleceu como referência a realização de 60 correções diariamente. No entanto, a FM Rodrigues, empresa contratada para o serviço, tem feito 91 manutenções em média por dia.

São seis equipes que trabalham nos três turnos cumprindo as ordens de serviço que a cidade apresenta e aproveitando para dar conta dos demais pontos daquela rua onde o trabalho está acontecendo. Dessa forma, a cidade vai estar com os pontos de luz acessos rapidamente e o serviço será normalizado.

Além dos funcionários da FM Rodrigues, o próprio Departamento faz vistorias prévias, o que acaba agilizando o trabalho. São quatro fiscais que acompanham as equipes de campo durante as atividades. Outra maneira de tornar o serviço eficiente é manejando as equipes. Nesta sexta-feira (18.08), a previsão era de que a manutenção acontecesse no Independência, Quitandinha, Siméria, São Sebastião, Valparaíso e Bingen. Mas por causa da chuva, que impossibilitou a ação nesses locais, a empresa atuou na Posse e em Secretário.

“Moro na Posse há três anos e sou usuário da Centro de Esportes Unificados. Uma das nossas quadras estava sem iluminação e, por isso, os grupos que jogam à noite precisavam competir para utilizar a que estava com luz. Agora este problema não vai mais existir. Fico feliz que a Posse não tem sido mais deixada de lado, que as melhorias estão chegando por aqui também”, elogia o atleta de 18 anos, Jonathan Cruz.

A FM Rodrigues começou os trabalhos no dia 17 de julho. A empresa foi contratada de forma emergencial para substituir a antiga responsável, que rompeu o contrato sem cumprir as ordens serviços apresentada pelo Departamento de Iluminação Pública e cobrando uma fatura mais alta do que trabalho efetivamente realizado. A prefeitura abriu licitação, mas teve adiar a concorrência a pedido do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que pediu esclarecimentos sobre o edital. 

2.490 doses estarão disponíveis em 14 postos a partir de segunda-feira (21)

O Ministério da Saúde ampliou a faixa etária da imunização contra o HPV para mulheres e homens de 15 até 26 anos. A medida vale apenas enquanto houver doses em estoques com previsão de vencimento para setembro deste ano. Em Petrópolis, 2.490 vacinas estarão disponíveis para o novo grupo se imunizar a partir de segunda-feira (21.08), em 14 postos com rotina de vacinação. O objetivo é aumentar o número de pessoas protegidas contra o vírus, que é um dos responsáveis pelo desenvolvimento do câncer de colo de útero nas mulheres e cujo contágio ocorre também através da relação sexual.

A medida foi anunciada pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta quinta-feira (17.08). O Ministério da Saúde já havia aumentando a faixa etária da imunização em junho ampliando a aplicação das doses em meninos de 11 até 15 anos incompletos (14 anos, 11 meses e 29 dias). A Secretaria de Saúde informa que após a aplicação os adultos que se imunizarem poderão retornar às unidades para receber outras doses previstas no esquema de vacinação.

A vacina contra o HPV para os meninos passou a ser disponibilizada no Sistema Único de Saúde (SUS) em janeiro deste ano, contemplando inicialmente os meninos de 12 até 13 anos. Até o ano passado, era feita apenas em meninas. Também terão direito a vacina, a partir de agora, homens e mulheres transplantados e oncológicos em uso de quimioterapia e radioterapia.

A ampliação ocorre diante das baixas coberturas de vacinação e da proximidade do vencimento das doses já distribuídas.  Atualmente há 1.646 meninas e meninos protegidos contra o vírus no município, mas a estimativa é que 18 mil sejam vacinados. Preocupado com a baixa adesão do público-alvo, o Secretário de Saúdeirá mobilizar as equipes para divulgar a campanha nas unidades escolares. 

Lista dos postos de Saúde e demais locais de vacinação:

*Atendimento de 9h às 17h – Com intervalo de 1 hora de almoço  

  1. Instituto da Mulher (antigo Centro de Saúde)
    Rua Santos Dumont, S/Nº
  2. PSF Alto da Serra
    Rua Teresa, 2.024 (Praça Miguel Couto)
  3. PSF São Sebastião
    Rua São Sebastião nº 625
  4. UBS Alto Independência
    Rua Ângelo João Brand s/n
  5. UBS Quitandinha
    Rua General Rondon nº 400
  6. UBS Retiro
    Av. Barão do Rio Branco s/n
  7. Ambulatório Escola
    Rua Bernardo Proença nº 32
  8. UBS Itamarati
    Rua HívioNaliato nº 169 
  9. Hospital Alcides Carneiro
    Rua Vigário Corrêa, 1.345
  10. UBS Morin
    Rua Pedro Ivo, n.º 81 – Morin
  11. UBS Itaipava
    Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues s/n
  12. UBS Pedro do Rio
    Estrada União e Indústria s/n
  13. PSF Posse
    Estrada União de Indústria nº 33.530
  14. Coordenação Epidemiologia
    Hospital Municipal Nelson de Sá Earp - Rua Paulino Afonso, 455.

Capacitação sobre boas práticas para serviço de alimentação ocorre dia (25)

O número de microempreendedores individuais (MEI) e de profissionais informais vem crescendo no município. Em Petrópolis são 22.700 pessoas cadastradas com MEIS exercendo variadas funções. Acompanhando o crescimento do mercado, a Prefeitura iniciou um cronograma ofertando capacitações para esses trabalhadores de forma gratuita. A iniciativa é uma integração entre as Secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Econômico com a programação de um minicurso por mês, a ser realizado na Casa dos Conselhos, ao lado da prefeitura.

A primeira capacitação ocorre na próxima sexta-feira (25.08) de 8 às 12h com 50 vagas disponíveis. A proposta é promover a orientação sobre as boas práticas para serviços de alimentação. O curso é direcionado a manipuladores de alimentos que já atuam no comércio, bares, restaurantes, pizzarias e aos vendedores ambulantes.

Em Petrópolis são 22.700 pessoas cadastradas como microempreendedores individuais (MEI). A Secretaria de Fazenda realizou um levantamento, de janeiro a julho ,sobre a emissão de alvarás no período. São 646 novos microempreendedores individuais, 225 microempresas, 54 profissionais autônomos, 13 empresas LTDAs, 29 empresas de pequeno porte (EPP) e 27 Empresas Individuais de Responsabilidade Limitada (EIRELI) e uma sociedade anônima. 

Inscrições para curso de manipulação de alimentos estão abertas

Estão abertas as inscrições para o minicurso de boas práticas para serviços de alimentação que será realizado sexta-feira (25.08), de 8 às 12h na Casa dos Conselhos, ao lado da prefeitura. São 50 vagas disponíveis onde o trabalhador aprenderá como manipular alimentos de forma segura e com menos risco sanitário para o público. Para se inscrever basta enviar o nome completo para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  ou pessoalmente na sede da Vigilância Sanitária. As inscrições estarão abertas enquanto houver vagas disponíveis.

De acordo com Dayse Carvalho, coordenadora da Vigilância Sanitária, durante o encontro, os participantes receberão o treinamento de acordo com as recomendações daRdc Anvisa 216 de 2004.

“Eles receberão material gráfico educativo em forma de cartilhas. A proposta é mostrar as formas seguras de atuar no segmento. O curso vai desde a aquisição do alimento, preparo, transporte, a conservação dos alimentos tantos crus, em conserva ou já prontos e a forma de servir para o comércio. Objetivo de prevenir contra as doenças transmitidas por alimentos conhecidas como intoxicação alimentares”, disse Dayse Carvalho, coordenadora da Vigilância Sanitária.

Ela também anuncia que haverá cursos para a população mensalmente até o fim do ano. Os próximos serão nos dias 22 de setembro, 20 de outubro, 17 de novembro e 15 de dezembro, todos ministrados na Casa dos Conselhos de 8 às 12h. “Todos os cursos são gratuitos e abertos à população. Nós estamos montando o cronograma de temas, mas em setembro teremos o minicurso pedicures, manicures e podólogos, com foco em biossegurança, já que é um mercado em ascensão no município”, anuncia Dayse Carvalho.

A Vigilância Sanitária está localizada à Avenida Dom Pedro I, 353, Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, de 8 às 17h. Os telefones de contato são: (24) 2246-9041 e 2246-9209.

Secretaria de Obras está fazendo reforma dos bancos e intervenções na pista 

A prefeitura está promovendo melhorias na Praça Duque de Caixas (Praça do Skate), no Centro, uma reivindicação antiga do comércio do entorno, usuários dos pontos de ônibus e dos frequentadores da área como estudantes de instituições nas imediações.  A Secretaria de Obras iniciou uma reforma nos bancos de concreto do local e também na própria pista, com fechamento de buracos. A parte de trás da pista também está sendo tapada como medida sanitária e de segurança.

A parte de trás da pista acabava sendo usada por moradores em situação de rua para guardar bebidas alcoólicas e comidas, o que atraia ratos e causava risco de doenças. A intervenção ficará pronta no início da semana que vem, quando serão finalizados os acabamentos. Sete funcionários do núcleo de manutenção viária estão trabalhando no local.

Petrópolis tem duas pistas de skate, uma no CEU da Posse e a da Praça Duque de Caxias, que foi reurbanizada em 2004 e nunca mais teve nenhuma intervenção. O skatista Frederico da Silva Assis, de 26 anos, tem o hábito de ir à Praça. Além disso, já foi estudante da UCP e passava por lá todos os dias – conhece bem a área. Ele elogia a iniciativa e quer mais melhorias.

“Acho que vai melhorar. Sou skatista e frequento a praça há 10 anos e nunca foi feito nada lá. O número de skatistas na cidade cresceu muito e o esporte se tornou popular na cidade. Espero que não pare por aí”, disse.

O local vem tendo atenção da Guarda Civil, que faz rondas diariamente e também manteve o ônibus de videomonitoramento por cerca de um mês próximo à Praça do Skate, garantindo a tranquilidade dos frequentadores.

A iluminação pública já foi melhorada, com a manutenção de pontos de luz que estavam apagados. A Comdep também já trabalhou por lá esse ano, fazendo reparos em bancos de madeira e vai realizar a pintura na sequência do trabalho da Secretaria de Obras. 

Funcionários do parque fizeram a reforma do equipamento, que já está à disposição de 12 mil frequentadores por mês 

O Parque Cremerie agora conta com mais um atrativo para os frequentadores do espaço. As 12 mil pessoas que vão ao local por mês já podem curtir o moinho que fica no lago. O aparelho, que ficou desmontado por três décadas, foi reformado pelos próprios funcionários. Desde que a atual administração assumiu o parque, diversos equipamentos foram recuperados e colocados à disposição do público.

A revitalização teve início pela limpeza da piscina, que conta desde os primeiros dias de janeiro com água cristalina. Banheiros e almoxarifado foram organizados e as churrasqueiras foram restauradas. O gramado foi cortado, valorizando toda área verde. O lago ganhou proteção em toda margem e foi instalado um sistema de som do parque, que toca música durante o dia e passa informações sobre o horário de funcionamento.

As casinhas também foram recuperadas e, com isso, possibilitou que o moinho pudesse ser restaurado. As partes em madeira que estavam quebradas tiveram substituição e ganharam nova pintura.

Toda essa revitalização atrai mais público. É o caso da balconista Fernanda Coutinho, que tem ido mais ao local esse ano.

Com 40 mil metros quadrados, o Cremerie recebe cerca de três mil pessoas por semana, principalmente aos sábados e domingos. A entrada é gratuita – apenas a utilização dos equipamentos é paga. Para usar a piscina, o valor é de R$ 10 – menores de cinco anos não pagam, mas é necessário estar acompanhado o tempo todo por um responsável (o horário é de 10h às 16h30). As quatro churrasqueiras podem ser usadas dentro do horário de funcionamento do parque por R$ 10 (o uso é definido por ordem de chegada). Já a quadra esportiva pode ser alugada a R$ 20 por hora.

O Parque Cremerie fica Estrada da Independência, s/nº – Quitandinha. Ele fica aberto de 8h às 17h30, de terça a domingo.

 

Sexta, 18 Agosto 2017 - 16:28

Prefeitura inicia a 53ª edição dos Jeups

Torneio reúne 40 escolas e mais de mil alunos em oito modalidades diferentes 

A 53ª edição dos Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups) começou na sexta-feira (18.08) no Centro Cultural e Esportivo Fábrica do Saber, na Estrada da Saudade. A competição reúne 40 escolas em três categorias diferentes: sub-13, sem limite de adesão dos alunos por modalidade, e sub-15 e 18, em que cada atleta participa em até três atividades coletivas e duas individuais, oferecendo espaço para outros jovens participar. A primeira modalidade em disputa é o basquete com partidas também no sábado e domingo (20.08). No próximo final de semana os jogos serão de vôlei. 

A partida de abertura da competição aconteceu na categoria sub-15 feminina, com vitória do São Thomaz de Aquino por 9 a 2 sobre a Escola José Bonifácio. “O colégio disponibiliza todo o período da tarde para treinamento. Nossa equipe está muito bem preparada e motivada para competir. As meninas fizeram um grande jogo e mereceram a vitória”, afirmou o treinador da equipe vitoriosa, Sidney Nogueira. 

O superintendente de esportes de Petrópolis, Hingo Hammes, acompanhou o primeiro dia de atividades na Fábrica de Saber. Ele destacou o número de escolas participantes do Jeups neste ano. 

“São 40 colégios no Jeups, enquanto em 2016 foram 19. Somente em 2002 a competição reuniu mais colégios: 42. O nosso grande objetivo para este ano foi aumentar o número de atletas participantes. Precisamos colocar a prática de alguma atividade física na rotina dos jovens da nossa cidade”, disse Hingo. 

Ao todo, serão oito modalidades em disputa no Jeups, sendo cinco coletivas - basquete, futebol de campo, futsal, handebol e vôlei - e três individuais - tênis de mesa, xadrez e judô. Mais de mil alunos devem participar da competição.

 

“Neste ano, colocamos os jogos nos finais de semana para que os pais pudessem acompanhar as partidas, estimulando os filhos a participar. Além disso, nas categorias acima dos 13 anos, limitamos a participação de cada aluno em três modalidades abrindo espaço para outros atletas”, completa o superintendente.

Sexta, 18 Agosto 2017 - 15:50

Carl Zeiss recebe licença para operação

A  prefeitura e o Inea entregou a licença de operação para a Carl Zeiss nesta sexta-feira (18.08). A empresa internacional do ramo de ótica esperava pelo documento desde 2005. O grupo emprega diretamente 580 pessoas em Petrópolis e pretende investir R$ 24 milhões no país no ano que vem. Antiga Sola Brasil, a indústria, instalada há 42 anos, é uma das mais antigas da cidade.

A prefeitura quer ajudar as empresas que geram empregos na cidade. Alexandre Becker destacou o interesse da empresa em se adequar às normas ambientais. “Hoje é um dia de muita alegria para o Inea. Vale destacar o trabalho em conjunto dos nossos técnicos com os técnicos da empresa. O objetivo do Instituto é a adequação da atividade ao controle do Meio Ambiente”, explicou o representante do Inea.

O gerente geral da Carl Zeiss no Brasil, Lee Jonhson, destacou os investimentos realizados no país nos últimos anos. “Mesmo com o Brasil em crise há mais de três anos, somos uma empresa que acredita no país. Os nossos maiores investimentos estão acontecendo em meio à crise. Investimos nove milhões de reais em 2016, neste ano são  R$ 23 milhões e no ano que vem serão mais R$ 24 milhões. Acreditamos muito no potencial do Brasil e especialmente em Petrópolis”, afirmou.

“Agradeço a parceira com a cidade de Petrópolis e com a prefeitura e temos um compromisso de manter os investimentos na cidade”, disse o diretor de finanças da empresa, Roberto Zotter.

A Comdep começou nesta sexta-feira (18.08) a fazer corte de 51 árvores e poda de 135 que estão secas ou mortas na cidade. O trabalho teve início após a Secretaria de Meio Ambiente apontar quais deveriam ser removidas e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) dar autorização. Para realizar o serviço, o setor de paisagismo já fez a reposição com o plantio de 146 mudas.

O objetivo é evitar que galhos ou troncos secos acabem caindo, o que pode ser um perigo para pedestres e veículos. Técnicos da Secretaria de Meio Ambiente fizeram vistorias no final de junho e emitiram laudos indicando a necessidade de remoção e de limpeza de erva-de-passarinho – planta que suga os nutrientes das árvores e deixa os troncos secos.

O trabalho começou pela Av. Koeler e pela Av. Ipiranga. Já estão previstos para os próximos dias a remoção de árvores nas ruas da Imperatriz, Manuel Afonso, Buenos Aires e Av. Kennedy.

O Iphan determina que para que uma árvore seja removida, é necessário fazer reposição. Por isso, antes de começar o serviço, o setor de paisagismo da Comdep realizou o plantio de magnólias, pau-brasil e ipê amarelo em todos os locais onde serão haverá corte. 

Pagina 1 de 587

Notícias por data

« Agosto 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

DO

LDO 2018

LDO 2018

iptu

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

selo acesso informacao.fw