Às vésperas da chegada da primavera, os jardins do antigo Hotel Quitandinha vão ganhar ainda mais vida. Cento e sessenta mudas de cerejeiras, medindo aproximadamente um metro de altura, serão plantadas no local em substituição a algumas árvores plantadas há mais de cinco anos, que não resistiram ao tempo.

O prefeito Rubens Bomtempo, ao lado do cônsul geral do Japão no Rio de Janeiro, Hajime Kimura, irá participar do plantio das primeiras mudas. O evento está marcado para este sábado (21/9) às 9h30, nos jardins que margeiam a Avenida Ayrton Senna, no Quitandinha. Cem mudas estão sendo doadas pela Comdep, enquanto as outras 60 chegam através de uma parceria com a Concessionária Águas do Imperador.

“A cerejeira é o símbolo do Japão e homenagear a colônia japonesa com esse plantio é uma grande satisfação. Daqui a algum tempo petropolitanos e visitantes poderão contemplar a beleza que estas árvores trarão à cidade”, disse o prefeito.

“A entrada da cidade merece toda a atenção e, com esse replantio, Petrópolis ficará ainda mais bela, agradando turistas e todo o povo da cidade”, destacou Kiyoshi Ami, presidente da Associação Nikkei de Petrópolis.

As primeiras mudas de cerejeiras foram plantadas na cidade em 1995, em comemoração aos 100 Anos de Amizade Japão-Brasil. Segundo Kiyoshi Ami, na ocasião, Petrópolis foi escolhida para o plantio porque a primeira Representação Diplomática do Japão, no Brasil foi instalada em Petrópolis, ainda no ano de 1897, na Rua 7 de abril. “Além disso, o clima da cidade é adequado para a cerejeira. A maioria delas foi plantada no entorno do Hotel Quitandinha e outras foram levadas para os jardins do Museu Imperial e Palácio Rio Negro”, complementa Kiyoshi Ami.

O Festival das Flores com exposição, venda e distribuição de cinco mil mudas de hortênsias irá marcar a chegada da primavera, no próximo fim de semana. Petrópolis é o terceiro maior produtor de flores do Estado e mostrar essa característica do município é um dos objetivos do evento.

No sábado, das 9h às 17h, a Praça Dom Pedro irá se transformar numa pequena amostra de flores produzidas na cidade. Treze tendas estarão montadas na Praça Dom Pedro, 15 vitórias serão decoradas com flores e 20 árvores ao redor do espaço serão enfeitadas, assim como o tradicional trenzinho.

“As origens da produção de flores, em Petrópolis, estão ligadas ao clima e, principalmente, às famílias portuguesas. Dos quatro maiores produtores da cidade, três são descendentes. Além disso, Petrópolis abriga o primeiro orquidário do país. O Binot foi fundado no século 19 e existe até hoje, no Retiro”, disse o secretário de Agricultura, Leonardo Faver.

De acordo com Leonardo, Petrópolis conta com uma média de 800 produtores rurais e, desses, 15% estão focados na cultura de flores e mais concentrados nas regiões do Caxambu e no Bonfim. Entre as principais flores cultivadas na cidade se destacam as da espécie Monsenhor de diversas cores.

A produção abastece o município principalmente nas feiras livres e no hortomercado. Também é levada para a Cadeg (Central de Abastecimento da Guanabara), que é um grande centro de comércio de flores.

A Secretaria de Meio Ambiente também estará participando do Festival das Flores e, numa das tendas, fará a distribuição de mudas de plantas e flores nativas da Mata Atlântica.

A secretária de Educação, Mônica Freitas, esteve reunida na manhã desta quarta-feira (18/9) com os 60 diretores dos Centros de Educação Infantil (CEIs) e das quatro Escolas de Educação Infantil (EMEIs) do município. Em pauta, a alimentação dos estudantes.

“Entendemos que a merenda dos nossos alunos é uma questão de política pública. O prefeito Rubens Bomtempo preza pela boa alimentação de todos, porque crianças bem alimentadas estudam melhor”, garantiu a secretária.

O encontro, que aconteceu no Centro de Cultura Raul de Leoni, contou com a participação da subsecretária de Educação Infantil, Rosilene Ribeiro, da subsecretária de Ensino Fundamental, Fátima Lavrador, da assessora adjunta de alimentação escolar, Erica Rattes, da nutricionista da Secretaria de Educação, Nathália Thomaz, de diretores e representações de todos os CEIs e EMEIs, totalizando cerca de 70 pessoas.

Segundo Mônica Freitas, a intenção do encontro é deixar todos os profissionais envolvidos com merenda escolar inteirados sobre como é realizado o processo de compras, como assegurar que os alimentos estarão na validade e sobre como funciona o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). “É importante também estudarmos a revisão do cardápio escolar, de forma democrática, com a ajuda dos profissionais da educação, garantindo sempre a qualidade nutricional”, afirmou.     

Esse foi o segundo encontro de alimentação e nutrição escolar. O primeiro foi realizado em junho, com as merendeiras das escolas e CEIs municipais, um total de 250 pessoas. Amanhã será realizada essa mesma reunião, desta vez com os professores do 1° segmento do Ensino Fundamental e, na sexta-feira, com os do 2° segmento do Ensino Fundamental.

No próximo domingo, 22 de setembro, será o Dia Mundial Sem Carro, quando cidades de várias partes do mundo procuram sair a pé ou se utilizar do transporte público. Petrópolis adere ao movimento e terá passagem a R$1 em dinheiro para estimular o passeio de fim de semana sem carro. A Prefeitura de Petrópolis e a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) prepararam uma programação especial na Rua do Imperador, que ficará fechada como espaço de lazer a partir da Praça Dom Pedro. A agenda de eventos vai das 9 às 17 horas e envolve contação de histórias para as crianças, distribuição de mudas da Mata Atlântica, campeonatos de tênis de mesa, xadrez e dama, show de música e muito mais.

Serão montadas barracas das secretarias de Esportes e Lazer, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Educação e de Planejamento e Desenvolvimento Econômico. O prefeito Rubens Bomtempo também vai apresentar como a cidade está envolvida com o Programa Cidades Sustentáveis, que possui 12 eixos temáticos a serem trabalhados para se nortear as ações do município. A Secretaria de Educação vai premiar com bicicletas os 20 alunos que venceram o concurso de cartazes com o tema Dia Mundial Sem Carro. Às 16h, a Praça D. Pedro recebe o show de Joãozinho do Cavaco.

O Hospital Alcides Carneiro (HAC) começa a implantar o Núcleo Interno de Regulação (NIR). A ação é inédita no município e tem como objetivo organizar os procedimentos, internações e atendimentos realizados na unidade. O NIR começou a ser instalado há 15 dias e a previsão é a de que até o fim de setembro esteja estruturado.

“A implantação do NIR do HAC vem de encontro com a melhor estruturação da Central de Regulação do município. Objetivando assim maior controle na regulação de leitos de rede hospitalar”, ressaltou o secretário de Saúde, André Pombo.

Nesta fase de estruturação do serviço, o NIR funciona na regulação externa do hospital. “Todos os procedimentos e exames que o paciente internado no HAC precisa fazer é regulado pelo NIR. Esta é primeira fase do serviço que está sendo implantado no hospital”, explicou a responsável pela regulação externa do NIR, Simone Cristina Silvério Coelho.

Para Simone a implantação do NIR proporciona um controle maior sobre os procedimentos e exames realizados pelos pacientes, além de reduzir o tempo de espera. “Com esse serviço tudo fica mais organizado, dando maior agilidade à realização dos exames e procedimentos”, ressaltou. O tempo de espera do paciente pode ser reduzido em 50%.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Núcleo Interno de Regulação constitui a interface com as Centrais de Regulação. O papel do NIR é delinear o perfil de complexidade da assistência que sua instituição representa no âmbito do SUS, e disponibilizar consultas ambulatoriais, serviços de apoio diagnóstico e terapêutico, além dos leitos de internação, segundo critérios pré-estabelecidos para o atendimento.

Acontece nesta sexta-feira (20/9) a abertura oficial da XII Conferência Municipal de Saúde com a presença do prefeito Rubens Bomtempo. A solenidade tem início às 19h30, no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Petrópolis (Acep), localizado na Rua Irmãos D´Angelo, nº 48.

A programação da conferência segue no sábado (21/9) com debates e palestras que acontecerão no auditório da Fase (na Avenida Barão do Rio Branco). O evento tem início às 8h e encerramento está previsto para 18 horas.

Os debates e palestras da XII Conferência Municipal de Saúde cujo tema é “Construindo um SUS de qualidade” foram divididos em quatro eixos: ampliação e fortalecimento da atenção básica; reestruturação da rede de saúde; financiamento e valorização; deveres dos profissionais de saúde e humanização do atendimento.

A programação da conferência termina no dia 24 de setembro com a eleição dos conselheiros para o biênio de 2013/2015. O evento também será realizado no auditório do DIP com início às 18 horas.  

A posse dos novos membros do conselho e eleição da diretoria acontecem no dia primeiro de outubro, durante reunião ordinária do Comsaúde. A programação e o regimento da XII Conferência Municipal de Saúde foram publicados no Diário Oficial do dia 17/8.

A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) vai cadastrar os taxistas que estiverem interessados em adaptar seus veículos para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. O cadastramento poderá ser realizado na sede da companhia, na Rua Alberto Torres, 115, Centro, na seção de Táxis e Transportes Complementares, a partir de amanhã (19/09). Os permissionários dos serviços de táxis deverão entregar uma carta manifestando o interesse na prestação do serviço assinada e anexada de cópia dos documentos que comprovam a permissão.

As condições em que o veículo deverá estar foram estabelecidas pelo Decreto n° 139/2013, que foi assinado pelo prefeito Rubens Bomtempo e publicado no Diário Oficial do dia 15 de agosto. Ou seja, os carros deverão ser veículos do tipo minivan multiuso, com cinco portas. A CPTrans pretende cadastrar no mínimo seis veículos adaptados.

O presidente da CPTrans, Gilmar Oliveira, lembra que a cidade já possui vários ônibus adaptados e esses táxis representarão mais uma alternativa para as pessoas que possuem dificuldade para se locomover. “Esses carros vão permitir que a cidade tenha mais uma solução para essas pessoas, o que significa inclusão social”, afirmou.

O cadastramento poderá ser realizado até dia 19 de outubro. Para mais informações: 2237-1703.

“Faça o Mínimo. Pelo Máximo – Eu Respeito a Vida” é o tema da campanha de prevenção de acidentes de trânsito lançada na Semana Nacional do Trânsito pelo prefeito Rubens Bomtempo na manhã desta quarta-feira (18/9), no Theatro Dom Pedro. A iniciativa faz parte do Plano Municipal de Redução de Acidentes no Trânsito, que também foi apresentada hoje pelo prefeito para mais de 500 pessoas.

“Precisamos colocar a questão da violência no trânsito como mais uma prioridade que deve ser discutida todos os dias. Vamos levar essa campanha para as escolas, comunidades e postos de saúde e envolver o maior número possível de pessoas. Essa é a única forma de termos uma Petrópolis mais humana”, afirmou o prefeito.

Bomtempo lembrou que desde 1995, quando era o médico responsável pela UTI do Hospital Municipal Nélson de Sá Earp, é a favor das campanhas educativas para a garantia de um trânsito mais seguro: “A maior parte dos leitos era ocupada por jovens mutilados no trânsito e hoje essa realidade não é diferente. Temos uma fila permanente de pessoas precisando de cirurgia ortopédica por causa desses acidentes”, destacou ao lembrar que nas suas primeiras gestões como prefeito, entre 2001 e 2008 fez diversas campanhas educativas, entre elas a de valorização da faixa de pedestre.

Além da campanha, outras quatro ações fazem parte do Plano Municipal de Redução de Acidentes no Trânsito, que está totalmente alinhado à Década de Ação pelo Trânsito Seguro da Organização das Nações Unidas (ONU), que até 2020 pretende reduzir o número de acidentes.

Um esquete teatral de conscientização sobre o uso do cinto de segurança, o perigo de falar ao celular e da bebida alcoólica ao dirigir será apresentado nas principais praças da cidade. Também haverá a criação de equipes de Prevenção à Violência no Trânsito, conscientização nas escolas e ainda o projeto futuro da minicidade do trânsito para que as crianças sejam envolvidas no projeto.

“Queremos conscientizar e educar os condutores de veículos, reeducar a população com relação às leis de trânsito e com isso contribuir para a redução dos casos de acidentes de trânsito”, disse o secretário de Segurança Pública, coronel Calixto Barbosa.

O evento também contou com depoimentos de vítimas que sofreram com essa violência na cidade, entre elas da mãe de uma das meninas que há cinco anos morreram atropeladas na porta de uma boate em Itaipava. “Precisamos de muita garra para continuar a vida depois de passar por essa dor indescritível. Apoio esta campanha. Vamos todos defender a vida”, disse Maria José da Costa.

A médica do Corpo de Bombeiros, Patrícia Lefevre e o médico do Hospital Santa Teresa especialista em trauma de face, cabeça e pescoço, Edelto dos Santos Antunes, e a representante da coordenação de Epidemiologia, Márcia Ribeiro apresentaram estatísticas e as consequências da violência no trânsito.

Dados apontam que no Brasil, a violência no trânsito faz 3 mil vítimas por mês. Esse número representa um prejuízo de mais de R$ 105 milhões por ano. Só no ano passado 48 pessoas fizeram parte da triste estatística de mortes causadas pelo trânsito na cidade.

Os sete pequenos galpões que funcionavam como garagem na Rua Rio de Janeiro, no Quitandinha, terminaram de ser demolidos pela Prefeitura na manhã desta quarta-feira, 18/9. Também foi derrubada uma pequena construção ao lado onde eram depositados madeiras e entulho. Os espaços, localizados no alto de um morro, representavam risco para três casas que ficam na parte de baixo do barranco.

Esta é uma ação conjunta da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, da Secretaria de Obras, da Comdep e da Procuradoria Geral do Município. Até sexta-feira, todo o material que ainda está no local será retirado. Depois, a Comdep sinalizará a região, impedindo nova ocupação, e a Secretaria do Meio Ambiente fará o reflorestamento.

A prefeitura havia encaminhado petição à Justiça para que a demolição fosse autorizada. Com a liminar emitida na semana passada pela 4ª Vara Cível, o município deu início na última segunda-feira à demolição.

O secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, acompanhou a operação na manhã desta quarta-feira. Ele lembrou que, mesmo que os proprietários dos galpões comprovem na Justiça que são donos do terreno, nada poderá ser construído no local.

“Essa propriedade não é edificante, já que é um terreno muito inclinado, estreito, próximo ao passeio, sem calçada”, disse o secretário Rafael Simão. “A demolição se dá por conta do risco iminente que esses galpões representavam”.

Com a medida, o município atua mais uma vez no sentido de prevenir e evitar riscos de escorregamentos em período de fortes chuvas. O peso de carros, o entulho e a saturação do solo pela chuva fazem com que a área fique instável. Além disso, as telhas das garagens escoam a água das chuvas para a base do talude, aumentando ainda mais o perigo. A Secretaria de Proteção e Defesa Civil orienta que moradores em áreas de risco coloquem calhas nas telhas para que a água não seja despejada no terreno.

Acontece neste sábado (21/9) a Campanha Nacional Contra a Raiva Animal. A mobilização será realizada em 16 postos instalados em diversos pontos da cidade. A vacinação acontece de 9h às 17 horas. Cães e gatos que já tomaram a vacina este ano não precisam ser imunizados.

Para ajudar na campanha de vacinação, a Vigilância Sanitária receberá o apoio de 30 soldados do 32º Batalhão de Infantaria Motorizada (Batalhão Dom Pedro II). Eles atuarão como voluntários e abrirão a campanha no Instituto da Mulher, da Criança e do Adolescente (Centro de Saúde), a partir das 9 horas.

Esta será a sétima etapa de vacinação anti-rábica realizada no município este ano. De acordo com dados da Vigilância Sanitária mais de 22 mil animais já foram vacinados em 2013 – sendo 18.801 cães e 3.423 gatos. Na campanha deste sábado, nove mil doses serão disponibilizadas.

Veja a lista dos postos de vacinação:

Instituto da Mulher, da Criança e do Adolescente (Centro de Saúde)
Rua Santos Dumont, 100 – Centro

Escola Municipal Augusto Meschick
Rua 24 de maio – Centro

Posto Alto Mangas
Rua Teresa, 1114 – Alto da Serra

Escola Paroquial Nossa Senhora da Glória
Rua Augusto Severo – Morin

Escola Municipal Mario Martins
Rua Flavio Cavalcanti – Caxambú

Escola Municipal Carlos Demiá
Rua Fernandes Vieira, 110 – Retiro

Escola Municipal São Geraldo
Carangola

Escola Municipal Monsenhor Cirillo Calaon
Jardim Salvador

Escola Municipal Liceu Carlos Chagas
Avenida Barão do Rio Branco

Escola Municipal Prefeito Jamil Sabrá
Rua Coronel Veiga, 1130 - Coronel Veiga

Escola Municipal Marcelo Alencar
Avenida Amaral Peixoto – Quitandinha

Projeto Gente Viva
Rua Nossa Sª Aparecida, 163 – Valparaíso

Patio da Igreja do Sagrado Coração de Jesus
Centro

Escola Municipal Jorge Amado
Boa Vista – Estrada da Saudade

Escola Municipal Fábrica do Saber
Rua Machado Fagundes, 269 – Estrada da Saudade

Posto de Saúde Cascatinha
Rua Hivio Naliato, 169 – Cascatinha

Notícias por data

« Março 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP