Quarta, 11 Dezembro 2013 - 09:54

Valparaíso terá estacionamento rotativo

Os moradores e comerciantes do Valparaíso podem comemorar mais uma reivindicação atendida pela Prefeitura. Começa a funcionar nesta quarta-feira (11/12) o estacionamento rotativo na Rua Visconde de Uruguai, uma das principais vias do bairro que termina no acesso à Avenida Portugal. A medida não só fortalece o comércio da região como também organiza as vagas evitando as irregularidades no local, que possui condomínios e moradias, além de fazer limite com os muros da parte de trás do único hospital do bairro.

A CPTrans informou que foram criadas 30 vagas e cada talão, vendido a R$ 2,50 no próprio comércio, é válido para duas horas. “Fomos prontamente atendidos pela Prefeitura nesse pedido dos moradores e comerciantes. O Valparaíso cresceu e tem um comércio rico. Agora teremos um bairro mais organizado e um comércio mais forte. Só temos a agradecer”, disse a presidente da Associação de Moradores do Valparaíso, Eliane Macharotto.

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa Civil participou do IV Simpósio de Desastres Naturais, realizado na última quarta-feira (4/12), na Ilha do Fundão (RJ). O evento integrou o 14° Congresso Brasileiro de Geologia de Engenharia Ambiental (CBGE), realizado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), de 1 a 6 de dezembro. A convenção reuniu representantes do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) - Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; do Centro Nacional de Monitoramento de Desastres (CENAD) - Ministério da Integração Nacional e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) - Secretaria de  Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo.

O tema geral do congresso foi Políticas Públicas, Planejamento e Tecnologias em prol do Desenvolvimento Socioeconômico. O secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão foi convidado a ministrar a palestra Execução de Resposta e Recuperação nos Municípios. “Foi uma honra poder participar do congresso e conhecer brilhantes trabalhos desenvolvidos no Brasil. E ainda, apresentar todos os investimentos e ações que o prefeito Rubens Bomtempo vem realizando na área da Defesa Civil, de prevenção e conscientização”, ressaltou o secretário.

O simpósio contou com mesas redondas que abordaram os desafios da geologia no Brasil, experiências estaduais na gestão dos riscos de desastres e políticas públicas de gestão de riscos de desastres naturais. “O evento possibilitou a troca de conhecimentos. Tudo isso agrega valor. Além de ter sido o reconhecimento do trabalho realizado por toda a nossa equipe”, afirmou Simão.

O prefeito Rubens Bomtempo manteve o seu compromisso com os moradores do Vale do Cuiabá ao assumir pela Prefeitura a pavimentação de mais de dois quilômetros da estrada Ministro Salgado Filho, no trecho que vai da Igreja Santa Therezinha até o ponto final do ônibus, o mais afetado pelas fortes chuvas que atingiram a região em janeiro de 2011. As obras serão realizadas com recursos da Prefeitura, que se responsabilizará por todas as despesas, depois Ministério das Cidades não liberar os recursos do convênio totalmente mal formatado e abandonado pelo governo passado.

“Apresentamos a documentação e cumprimos todas as exigências no Ministério das Cidades. Enquanto isso, aceleramos todos os processos administrativos internos para agilizarmos o início da intervenção, mas eles alegaram o não atendimento às regras do convênio, que foi formatado no governo anterior”, explicou o prefeito.

Bomtempo informou ainda que as obras de pavimentação e drenagem serão retomadas no início do ano que vem: “A nossa prioridade sempre foi restabelecer a normalidade da região, que foi muito afetada pelas chuvas de 2011 e deixada de lado. Perdemos o convênio, mas estou mantendo a minha palavra porque sei o quanto essa obra é significativa para a comunidade e o quanto a localidade precisa de melhorias. Por isso vamos realizá-la com recursos próprios”, destacou.

O secretário de Obras, Aldir Cony, informou que o município está trabalhando na readequação do projeto, que prevê o asfaltamento de cerca de 2,5 quilômetros e a drenagem em alguns pontos. Além disso, a Prefeitura já está concluindo o asfaltamento de cerca de dois quilômetros da estrada do Cantagalo, uma localidade do Vale do Cuiabá que também foi afetada pelas chuvas em 2011.

Petrópolis está no clima das festividades de fim de ano. Com uma programação especial e uma cidade totalmente preparada para receber os visitantes, a Prefeitura abriu oficialmente, no último sábado, o Natal Imperial. O evento aconteceu no Palácio de Cristal, com a chegada do Papai Noel e inauguração da versão sustentável da Casa do Papai Noel, onde foram utilizadas garrafas pet recolhidas por alunos da rede municipal de ensino.

“O Natal é muito importante para nossas vidas; é um momento de paz e amor. Esperamos que estes bons sentimentos sejam exaltados não só neste mês, mas durante todos os meses do ano. Desejo que possamos ter um Feliz Natal e um ano maravilhoso”, ressaltou o vice-prefeito, Luiz Fernando Vaz, que representou o prefeito Rubens Bomtempo

O evento teve início às 19h. Papai Noel, o ilustre visitante, chegou em uma jardineira enfeitada, acompanhado da Mamãe Noel, duende e outras figuras natalinas e desfilou pelas ruas do Imperador e 16 de Março. No Palácio de Cristal, foi recepcionado por autoridades do município e recebeu a chave da cidade das mãos do vice-prefeito Luiz Fernando Vaz, que representou o prefeito Rubens Bomtempo na ocasião.

Durante o evento, foi inaugurada a versão sustentável da Casa do Papai Noel. Para a construção da casa, juntamente com a decoração do Palácio, foram utilizadas mais de 19 mil garrafas pet, recolhidas por alunos de todas as escolas municipais. Eles se engajaram na proposta de transformar Petrópolis em exemplo de cidade sustentável.

O material foi empregado na fabricação dos móveis (cama, poltronas e lustre da Casa do Papai Noel) e nas guirlandas e “fitas” iluminadas com led. “Com essa iniciativa os alunos tiveram a oportunidade de participar ativamente de todo o projeto, saindo um pouco das atividades curriculares. Estando em outros espaços puderam desenvolver a criatividade e o senso de Natal e associandos as habilidades artísticas ao espírito natalino”, disse a secretária de Educação Mônica Freitas.

As apresentações do Coral Pro Tempore e do Quarteto Imperial fizeram parte da programação do espaço que pode ser visitado. Uma feirinha de artesanato nos jardins do Palácio, na qual podem ser encontradas opções de presentes natalinos e das barracas de alimentos e bebidas, compõe o cenário.

Houve apresentações teatrais, com as peças O Auto do Boi e A Hora do Conto, em que Mamãe Noel e o duende divertiram as crianças com histórias natalinas. O Coral Dó Ré Mi também se apresentou, bem como o cantor Evandro Oliva, com sua voz de tenor e contratenor, acompanhado por dois corais virtuais apresentados em telão: o Memphis e o Uniencanta.

A ALEGRIA CONTINUA

A programação do Natal Imperial da Prefeitura de Petrópolis/Fundação de Cultura e Turismo continua esta semana. A feira de artesanato de Natal, no jardim do Palácio de Cristal e as barracas de alimentos e bebidas funcionam da terça ao domingo a partir das 10h e vão até o último show da noite.

O Papai Noel estará presente no Palácio de Cristal nos seguintes horários: de quarta a sexta-feira, das 16h às 21h; sábado e domingo, das 10h às 21h.  

Os espetáculos gratuitos continuam sendo apresentados em diversos locais da cidade. Confira a programação completa:


PALÁCIO DE CRISTAL

Endereço: Rua Alfredo Pachá, s/nº, Centro Histórico.

Telefone: (24) 2247-3721

Dia 11 de dezembro, quarta-feira - 20h

Apresentação do Coral das Meninas Cantoras de Petrópolis. Regência: Marco Aurélio Xavier.

Resumo: Os grandes clássicos de Natal vão ser interpretados ao lado de outras canções, todas com a intenção de levar ao público a alegria do nascimento de Jesus e preparar os corações para essa festa de confraternização universal. Esta é a 38ª edição do tradicional Concerto de Natal das Meninas Cantoras de Petrópolis, realizado na cidade em todos os anos, desde 1976.

Dia 12 de dezembro, quinta-feira

18h - Natal Permanente da LBV – Coral Ecumênico Infantil da LBV e grupo de dança Boa Vontade. Regência: maestro Bruno César Bergkirchner.

Resumo: Com o tema Paz na Terra aos de Boa Vontade, o grupo apresenta um espetáculo de 50 minutos, que traz a dança na abertura e uma encenação do nascimento de Jesus. No repertório do coral, músicas que exaltam a paz e os valores que dignificam o ser humano e o aproximam de Deus. O coral é formado pelas crianças atendidas pelo Centro Comunitário de Assistência Social, com idades de 6 a 12 anos.

20h - Serenata Imperial de Natal

Resumo: Um show para todos soltarem a voz e a alegria, cantando em conjunto as músicas natalinas que estão nas lembranças de cada um. A Serenata Imperial é uma atração permanente e gratuita, que promove um encontro mensal entre os músicos e o público que gosta de cantar junto antigos sucessos, participando de uma verdadeira seresta. A edição de dezembro é toda dedicada ao repertório natalino.

Dia 13 de dezembro, sexta-feira - 20h

Concerto de harpas Natal Brasileiro – Cristina Braga

Resumo: Um programa que vai além das canções natalinas. A voz e a harpa de Cristina Braga, instrumentista conhecida internacionalmente, vêm acompanhadas pelo contrabaixo de Ricardo Medeiros e o acordeon de João Carlos Coutinho. Interpretam canções portuguesas e brasileiras que falam não somente de Natal, mas também de conselhos, de esperança e de fé. E mais: poemas sobre o Natal, escritos por Manoel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade, Olavo Bilac e Vinicius de Moraes entremeiam as canções.

Dia 14 de dezembro, sábado

Das 14h às 17h

Mamãe Noel e o duende – recepção aos visitantes, com a peça Hora do Conto, às 15h.  

17h

Encanto de Natal – concerto do Coral Dó Ré Mi. Regência: maestro Leonardo Randolfo.

20h

Show Quinteto Villa Lobos

Resumo: Fundado em 1962 no Rio de Janeiro, o Quinteto Villa-Lobos tem no currículo uma das melhores discografias da música de câmara. A formação atual traz Rubem Schuenck (flauta), Luis Carlos Justi (oboé), Paulo Sergio Santos (clarineta), Philip Doyle (trompa) e Aloysio Fagerlande (fagote).

15 de dezembro, domingo - 11h

Espetáculo teatral O Auto do Boi – Cia.Teatro Circense Andança

Resumo: Um espetáculo natalino leve, que utiliza os elementos da cultura popular brasileira para narrar o nascimento de um menino, traçando um paralelo com o significado maior do Natal. As músicas, danças e personagens do nosso folclore, as brincadeiras de rua e o “Bumba-meu-Boi” compõem o roteiro que mistura atores, bonecos, pernas-de-pau e cantadores em um universo mágico e cômico. Formado por atores, palhaços e arte-educadores, o Teatro Circense Andança, criado em Petrópolis em 1993, já se apresentou por todo o Brasil, assim como na Itália e na Áustria, e já ganhou inúmeros prêmios em festivais pelo Brasil.

15h

Hora do Conto - com Mamãe Noel e o duende

Resumo: Histórias natalinas cheias de encanto e magia, além de curiosidades sobre o Papai Noel e o Natal, são contadas às crianças pela Mamãe Noel, com a ajuda do duende. Quem encarna os personagens são a contadora de histórias Cristina Loureiro Pinto e o ator mirim Paulo Roberto P. Foster, de 12 anos de idade.

19h

Show Natal Jazz – Mariano Trio

Resumo: Com arranjos do pianista e tecladista André Mendes, o trio acrescenta músicas natalinas ao seu repertório de clássicos do jazz, além de tocar músicas como As Time Goes By, do filme Casablanca e My Way, do filme Minha Maneira de Ser.


PELA CIDADE

Dia 12 de dezembro, quinta-feira - 19h30

Igreja Nossa Senhora do Amparo

Endereço: Av. Roberto Silveira, 150, Centro.

Telefone: (24) 2242-0868.

Concertos Corais em Comunidades – Apresentação do Coral dos Canarinhos de Petrópolis. Regência: maestro Marco Aurélio Lischt.

13 de dezembro, sexta-feira

19h30

Igreja Luterana

Endereço: Avenida Ipiranga, 346, Centro

Telefone: (24) 2242-1703

Concertos Corais em Comunidades – Apresentação do Coral Voz Imperial. Regência: maestrina Mary Rios

20h

Theatro Dom Pedro

Endereço: Praça dos Expedicionários, s/nº, Centro Histórico

Telefone: (24) 2235-3833

Concerto do Projeto Ação Social pela Música no Brasil

Regência: Maestro Júlio Siqueira

20h30

Fachada da Câmara Municipal de Petrópolis

Concerto Encanto de Natal – Coral Dó Ré Mi

Regência: maestro Leonardo Randolfo

Endereço: Praça Visconde de Mauá, 89, Centro

Telefone: (24) 2291-9200

14 de dezembro, sábado

20h

Theatro Dom Pedro

Concerto Natalino dos conjuntos Coral Municipal de Petrópolis, Coral Pro Tempore e Quartifuza Ensemble. Participação especial de músicos da banda do 32º Batalhão de Infantaria Motorizada.

Regência: maestro Paulo Afonso dos Santos Filho

Clássicos de Natal do mundo inteiro serão apresentados em um show dividido em três partes. O coral Pro Tempore vai cantar cantigas natalinas tradicionais; o Quartifusa Ensemble, conjunto especializado em música antiga, apresentará trechos de uma cantata natalina; o Coral Municipal irá ampliar o repertório natalino com musicas de outros países no mundo, como Itália, França, Espanha e Inglaterra. Solicita-se a doação de um quilo de alimento não perecível ou de um brinquedo, que serão doados para comunidades carentes.

20h30

Fachada da Câmara Municipal de Petrópolis

Concerto Encanto de Natal – Coral Dó Ré Mi

Regência: maestro Leonardo Randolfo

21h

Sesc Quitandinha

Endereço: Av. Joaquim Rolla, 2, Quitandinha

Telefone: (24) 2245-2020

Projeto Música no Sesc - show de Isabella Taviani

Ingressos: R$ 16,00 / R$ 8,00 / R$ 4,00 (associados do Sesc)

15 de dezembro, domingo

11h30

Mosteiro da Virgem, Centro

Endereço: Av. Ipiranga, 555, Centro

Telefone: (24) 2242-2394

Concertos Corais em Comunidades – Apresentação do Coral da Usimed

Regência: maestrina Fátima Brasil


18h

Apresentação das seguintes bandas marciais:

Banda Marcial Imperial Petropolitana (Praça D. Pedro)

Regência: José Geraldo Rocha de Oliveira

Banda Marcial Embaixador José Bonifácio (Praça Alcindo Sodré)

Regência: Luis Cláudio Lima

Banda Marcial Trovão Imperial (Praça Paulo Carneiro)

Regência: Gabriel Gomes

Banda Marcial Wolney Aguiar (Praça dos Expedicionários)

Regência: Silvio Tesch

Banda Marcial Frei Aniceto (Shopping D. Pedro)

Regência: Rafael Rosa

Banda Marcial Leila de Souza Castro (Praça da Inconfidência)

Regência: Adriano José da Cruz Loureiro


20h30

Igreja Nossa Senhora da Glória, Morin

Endereço: Rua Augusto Severo, s/nº, Morin

Telefone: (24) 2242-1514

Concertos Corais em Comunidades – Apresentação do Coral Cant’Vox

Regência: maestro João Macedo

 

*Programação sujeita a alteração

Sessenta e um professores da rede municipal de ensino receberam o certificado de formatura do programa Amigos do Zippy, em evento realizado na noite da última quinta-feira (5/12), no salão da Paróquia de São Judas Tadeu, na Mosela. O programa foi desenvolvido em 2002 por um grupo multidisciplinar de especialistas ingleses, com o objetivo de auxiliar o desenvolvimento emocional de crianças. No Brasil, o programa é promovido pela Associação pela Saúde Emocional de Crianças (ASEC) e pelo Instituto HSBC Solidariedade e, em Petrópolis, conta com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação.    

A solenidade de formatura contou com a participação do vice-prefeito, Luiz Fernando Vaz, representando o prefeito Rubens Bomtempo e da subsecretária de Educação, Rosilene Ribeiro, além de representantes do Juizado da Infância e Juventude de Petrópolis, da ASEC e do Instituto HSBC Solidariedade.    

Para a secretária de Educação, Mônica Freitas, o curso, que durou de abril a novembro, rendeu bons resultados: “É uma iniciativa que propõe trabalhar a questão do equilíbrio emocional do aluno, utilizando um trabalho criativo, que garante a construção do conhecimento de uma forma mais segura, independente e completa”, afirmou.

O Amigos do Zippy foi implantado em 19 escolas da rede municipal este ano, beneficiando mais de duas mil crianças entre seis e sete anos. A ASEC disponibiliza material didático e cursos de capacitação, para que os professores da rede possam realizar atividades lúdicas que visem o desenvolvimento da saúde emocional dos alunos.

Sobre o Zippy

Zippy é um inseto, personagem mascote do programa. Desenvolvido na Inglaterra, o Amigos do Zippy é aplicado pelos próprios professores em sala de aula e busca ensinar, de maneira lúdica, as crianças a conviver com as diferenças, respeitar o próximo e desenvolver habilidades para lidar com os próprios sentimentos.

O Amigos do Zippy foi desenvolvido em 2002 por um grupo multidisciplinar de especialistas, coordenado pela Befrienders International, uma entidade com sede em Londres (Inglaterra), com o patrocínio da empresa GlaxoSmithKline e a entidade Partnership for Children (PFC), abraçou o programa para expandi-lo internacionalmente.

Atualmente, o Amigos do Zippy vem sendo aplicado em 25 países, sendo que, no Brasil foi implementado pelo Centro de Valorização da Vida. Em 2004, a ASEC, entidade sem fins econômicos, que se dedica ao desenvolvimento e expansão de programas de Educação Emocional no Brasil, passou a conduzir o programa no país. A PFC é detentora dos direitos autorais do programa e a ASEC é sua representante exclusiva no território brasileiro.

A Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS), do Governo Federal, completou 20 anos nesta sexta-feira (6/12). Para comemorar esse importante instrumento que ajuda a garantir os direitos dos cidadãos brasileiros, principalmente os considerados em situações de vulnerabilidade social, a secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), realizou uma palestra no Centro de Cultura Raul de Leoni. Para o evento, foram convidados todos os profissionais envolvidos com o tema que trabalham no município.

“O LOAS é um instrumento de garantia dos direitos básicos do cidadão que está identificado como em situação de grande vulnerabilidade social. Não podemos permitir que em pleno século XXI os cidadãos não tenham seus direitos mínimos garantidos”, explicou o secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Jorge Maia.

O secretário anunciou que a partir de janeiro de 2014, haverá pelo menos dois encontros mensais sobre o LOAS e o Sistema Único de Assistência Social (SUAS). “Precisamos capacitar nossos assistentes sociais e promover encontros como este para discutir essas leis que devem ser aplicadas para melhorar a vida dos cidadãos petropolitanos e brasileiros”, ressaltou.

A diretora do Departamento de Proteção Social do Setrac e presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Érika Rangel, ministrou uma palestra sobre o LOAS e o SUAS. Depois, seguiu um debate. “Precisamos divulgar essas leis, todos precisam tomar conhecimento que elas existem e que asseguram os direitos fundamentais dos cidadãos”, ressaltou Érika Rangel.

A Prefeitura de Petrópolis conseguiu obter uma importante decisão do presidente do Tribunal Regional Federal (TRF), desembargador Sérgio Schwaitzer, que restabeleceu a possibilidade de o município efetuar repasses financeiros ao Serviço Social Autônomo do Hospital Alcides Carneiro (Sehac). A decisão do TRF suspende a liminar, concedida na semana passada, que previa a interrupção desses repasses por parte do município.

Na decisão, o presidente do TRF acatou os argumentos de que, sem os repasses, poderiam ser gerados graves danos à prestação de serviços no Hospital Alcides Carneiro (HAC) e aos funcionários vinculados ao Sehac. “A saúde é um bem social fundamental e um tema muito importante para a sociedade, por isso, estamos mantendo diálogo com o Ministério Público Estadual e Federal, a fim de chegarmos à construção de soluções para o Hospital Alcides Carneiro, que comtemplem a regularidade e a qualidade dos serivços de saúde prestados à população. Temos a confiança de que, com bom senso e boa vontade, chegaremos, brevemente, às soluções almejadas”, destacou o prefeito Rubens Bomtempo.

Na ação a prefeitura ressaltou a inviabilidade do cumprimento da decisão por conta das limitações orçamentárias e financeiras tendo em vista a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O presidente do TRF citou na decisão que “ao determinar a suspensão dos repasses do município ao Sehac” acarretaria em “grave lesão à ordem a saúde pública” e também a toda sociedade petropolitana.

“Estamos executando a transição da gestão e fazendo tudo de acordo com as possibilidades orçamentárias, respeitando a LRF. Encontramos a rede municipal de saúde em situação de caos no início do ano. Lamentamos que o governo passado tenha realizado uma fraca gestão na saúde e que isso tenha gerado sérios problemas para a manutenção do Sehac, que foi uma boa solução para a administração do hospital, enquanto recebeu apoio do poder público, o que não ocorreu no período do governo passado. Estamos construindo soluções para toda a rede de saúde da cidade e a administração dos serviços no Hospital Alcides Carneiro é uma de nossas prioridades, por ser a principal unidade da região, já tendo produzido mais de 23 mil atendimentos este ano", comentou o Procurador Geral, Marcus São Thiago.

Uma grande ação na Praça Dom Pedro, na última sexta-feira (06/12) mobilizou diversos setores da Prefeitura, simbolizando a luta contra a violência doméstica e pelo respeito às mulheres. CPTrans, Centro de Referência e Assistência a Mulher, Secretarias de Saúde, Meio Ambiente e  Educação, foram alguns dos órgãos que aderiram ao movimento.

O evento foi aberto às 10h da manhã, se estendendo até às 15h, com o objetivo de sensibilizar, envolver e estimular os homens a se engajarem na causa. Para a presidente do Comdim – Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e secretária Chefe de Gabinete Luciane Bomtempo esse é o momento de envolver os homens na luta pelo fim da violência contra mulher.

A diretoria do CRAM – Centro de Referência e Assistência a Mulher, Drica Madeira, disse queapenas esse ano a instituição já atendeu cerca de 1,1 mil mulheres vítimas de algum tipo de violência. “O número é expressivo, mas não quer dizer que os casos estão aumentando. A estatística mostra uma conscientização maior e ações como a Campanha do Laço Branco ajudam a levar mais informação às vítimas”, disse.

Junto com a família, Cláudio Neves, de 43 anos, também passou pela Praça Dom Pedro e destacou que a participação dos homens é de extrema importância. “Pois são os homens os principais geradores dessas agressões e quando aderem a uma ação como essa, contribuem para minimizar o problema”, disse ele, ao lado da esposa Cláudia, com quem está casado há 17 anos e da filha Núbia, de 11 anos.

O evento contou com ações de terapia ocupacional e oficinas de artesanato promovidas pela Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO). A Secretaria de Saúde esteve presente com informativos sobre DSTs/Aids, aferição de pressão, entre outros. A Secretaria de Educação realizou inscrições para o programa Projovem (que garante a formação de adultos no Ensino Fundamental e capacitação para trabalhar no mercado de turismo), O Centro de Referência e Atendimento à Mulher (CRAM) e membros do Comdim também participaram da ação para esclarecer dúvidas e atender a população. A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) participou com a campanha Eu Respeito a Vida e a operação da Lei Seca.

    
O Dia do Laço Branco

O Dia do Laço Branco foi instituído em Petrópolis pela Lei Municipal 7.106/2013, uma conquista Comdim. A Campanha do Laço Branco é realizada no Brasil inteiro e foi instituída pela Lei Federal 11.489, de 20 de junho de 2007. A data lembra um triste episódio, em seis de dezembro de 1989, quando Marc Lepine, um jovem de 25 anos invadiu uma sala de aula na cidade Montreal (Canadá). Na Escola Politécnica, ele ordenou que cerca de 50 homens se retirassem e que ficassem somente as mulheres, chamando-as de feministas. Enfurecido, atirou e assassinou 14 delas, à queima roupa, cometendo o suicídio em seguida. Em uma carta, ele afirmava que não suportava a ideia de ver mulheres estudando engenharia, um curso genuinamente de público masculino.

Na próxima quinta-feira (12/12), a Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Educação, vai realizar as eleições para diretores das instituições de ensino do município. Noventa e uma instituições já se inscreveram para participar da votação, sendo 71 escolas; 17 Centros de Educação Infantil (CEIs) e três Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs). Os responsáveis pelos alunos com até 11 anos poderão votar, bem como os estudantes a partir de 12 anos e todos os funcionários.

A secretária de Educação, Mônica Freitas ressalta a importância da mobilização das comunidades para a legitimação desta, que para ela representa uma celebração da democracia na cidade. “O prefeito Rubens Bomtempo mantém a sua política de ouvir a população. É imprescindível que todos os envolvidos participem, de forma ativa e consciente do processo administrativo e pedagógico que envolve os nossos jovens”, afirmou.   

As votações serão realizadas nas próprias instituições, das 8h às 20h. E os mandatos durarão quatro anos. Os diretores eleitos poderão se candidatar à reeleição somente uma vez.     

Eleições direitas

A lei instituindo a eleição para diretores de escolas municipais, municipalizadas, CEIs e EMEIs foi assinada pelo prefeito Rubens Bomtempo durante solenidade realizada no dia 19 de novembro, no Liceu Municipal Cordolino Ambrosio. Cerca de 200 pessoas, entre professores e pais de alunos, participaram do evento, assim como a secretária de Educação Mônica Freitas.

“Essa medida é um avanço importante e com uma gestão democrática estaremos deixando um bom legado para as futuras gerações. Assim será possível a construção de um projeto pedagógico que tenha sustentabilidade, garantindo que as ações tenham andamento independente do gestor”, disse o prefeito.

Com a nova lei, a comunidade escolar terá a oportunidade de participar da gestão das escolas e das ações de cada unidade de ensino. “O objetivo é que as eleições ocorram de forma organizada, participativa, transparente e acima de tudo democrática. A decisão da comunidade escolar será respeitada e os eleitos terão um grande compromisso com a educação do município, contribuindo para a construção de uma sociedade atuante, cidadã e consciente de seus direitos e deveres”, assegurou a secretária Mônica Freitas.

Sábado, 07 Dezembro 2013 - 09:33

Bomtempo inaugura CID e MEI no distrito da Posse

O prefeito Rubens Bomtempo inaugura na manhã deste sábado (6/12) a Sala do Empreendedor na Comunidade (Secom) e o Centro de Inclusão Digital (CID) no distrito da Posse. A iniciativa vai garantir acesso a formalidade aos microempreendedores da região, além da realização de cursos de informática.

a Sala do Empreendedor na Comunidade foi criada em agosto pelo prefeito Rubens Bomtempo, e tem como objetivo cadastrar profissionais autônomos que trabalham na informalidade, como microempreendedores individuais (MEI), por meio da Lei 7058. “A nossa expectativa é positiva para o MEI da Posse. Acreditamos que pelo menos 100 novos cadastros serão realizados”, disse o secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa.

O distrito da Posse será a terceira comunidade beneficiada com o programa, que teve início no Morin onde 69 microempreendedores se cadastraram e já passou pela Vila Rica, com 95 cadastros. O Secom e o CID vão funcionar na Estrada União e Indústria, em um imóvel ao lado do Centro de Educação Infantil Angela Maria da Conceição Silva.  O cadastramento do MEI segue até o dia 20 de dezembro, funcionando de segunda a sexta-feira entre 10h e 17h.

Notícias por data

« Junho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP