Quarta, 20 Fevereiro 2013 - 12:41

Cascatinha receberá pólo da Faetec

O prefeito Rubens Bomtempo firmou hoje com o secretário Estadual de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca, uma parceria que irá beneficiar os moradores do segundo distrito e possibilitar a realização do sonho dos petropolitanos de trazer para a cidade uma universidade pública.

O município está disponibilizando para o Estado o prédio onde funcionava a Faculdade de Medicina, na Estrada da Saudade, para a implantação do pólo da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetc), que atualmente está instalado no Ciep do Quitandinha. A permuta, com o Governo do Estado, vai permitir a instalação do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) na cidade e facilitar a implantação de uma instituição de ensino, gerando assim, mão de obra qualificada para as áreas de tecnologia e do turismo.

Bomtempo destacou que a medida irá permitir a ampliação de três, para até 12 cursos de graduação à distância oferecidos pelo Cederj e que já iniciou as discussões para definir o futuro do prédio do Ciep do Quitandinha: “Petrópolis está entre os dez mais importantes pólos de ciência e tecnologia do país e hoje demos mais um passo importante para avançarmos nesta área, que é a nossa verdadeira vocação”.

A expectativa é a de que as atividades do CVT na Estrada da Saudade tenham início no segundo semestre com cursos nas áreas de auxiliar de restaurante, cozinheiro, garçom, camareira, recepcionista de hotel e restaurante, além de espanhol e inglês.

“Vamos abrir cerca de duas mil vagas para os cursos de línguas e garantir o cartão imperial para cada aluno matriculado como uma forma de incentivo e de combate à evasão escolar. Precisamos preparar com qualidade para que a nossa cidade esteja pronta para receber os grandes eventos que vão acontecer no estado”, afirmou o prefeito, informando ainda que está transferindo o pólo da Faetc para a região onde há a maior densidade demográfica, com cerca de 60 mil moradores.

O secretário de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutura, elogiou a atuação do prefeito Rubens Bomtempo: “Petrópolis é uma cidade importante que tem como vocações o desenvolvimento das tecnologias e de prestação de serviços. Faltava na Prefeitura um gestor interessado e Bomtempo sempre foi um grande parceiro desta área. Quando ele era prefeito trouxe para o município a Faetec, o Cetep, Cefet e ainda criou uma lei de incentivos para empresas de base tecnológica se instalarem com menos impostos e burocracia. Precisamos de gestores deste nível para parcerias e novos espaços de pesquisa”.

Após visita às instalações do Ciep do Quitandinha e do prédio onde funcionava a Faculdade de Medicina, o prefeito e o secretário de estado foram a uma reunião no Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia (LNCC) para a apresentação do projeto de criação do parque tecnológico da cidade e do lançamento do vídeo institucional do Movimento Petrópolis Tecnópolis.

O encontro também foi acompanhado pelos subsecretários estaduais, Alexandre Teixeira e Augusto Raupp; pelo presidente da Faetec, Celso Pansera; pelo presidente do Cecierj, Carlos Bielschowsky; pelo diretor do Laboratório Nacional de Computação Científica, Pedro Dias Leite; pelo vereador Luizinho Sorriso; além dos secretários municipais de Obras, Aldir Cony; Educação, Monica Freitas; Governo, Carlos Eduardo Porto; e de Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Agricultura, Leonardo Faver. 

Quarta, 20 Fevereiro 2013 - 12:36

Prefeito pagará integralmente a ETJ

O prefeito Rubens Bomtempo irá efetuar este mês o pagamento integral da Extensão de Trabalho por Jornada (ETJ) aos profissionais da educação. A notícia foi dada durante reunião com o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (SEPE), na tarde desta segunda-feira (18/2), que teve a participação da secretária de Educação, Monica Freitas.

De acordo com Bomtempo, mesmo que o ano letivo tenha começado no dia 18, os profissionais já estavam à disposição da Secretaria de Educação durante todo o mês de fevereiro e têm direito  ao pagamento da ETJ.

Bomtempo também vai estudar a possibilidade de transferir para a Educação 90 auxiliares externos e internos, que atualmente trabalham em diversos setores da Prefeitura. Com a medida, o prefeito atende a uma antiga reivindicação da classe e garante o direito de enquadramento por formação e tempo de serviço a 150 servidores desta área.

Bomtempo disse ainda que vai construir uma proposta para criar a gratificação por função para os inspetores de merenda escolar, atendendo à outra reivindicação do Sepe. “Estamos muito felizes por termos encontrado a Prefeitura de portas abertas para o trabalho em conjunto. O prefeito Rubens Bomtempo nos acolheu logo no início da sua gestão e já está trabalhando no resgate da dignidade dos profissionais da educação”, declarou a coordenadora geral do SEPE, Rose Silveira.

O prefeito propôs  ao SEPE  uma pauta de trabalho para desenvolver ações baseadas na realidade, levando sempre em consideração a situação financeira e pedagógica da rede municipal: “É preciso manter uma relação próxima e transparente com todos os profissionais e capacitar e qualificar os nossos servidores”, ressaltou Bomtempo.

A reativação do Centro de Referência e Atendimento Social – CRAS e o início das obras para pôr fim ao esgoto a céu aberto que corre nos fundos de residências do Vale do Carangola, fazem parte de um pacote de medidas anunciadas pelo prefeito Rubens Bomtempo, que se reuniu esta semana com moradores e lideranças da comunidade, na primeira audiência pública do governo municipal.

“É uma satisfação estarmos no Vale do Carangola, onde fizemos questão de lançar o programa de assistência social e saúde que virou modelo para outras cidades, o Cesta Cheia, Família Feliz, e também foi aqui que criamos o primeiro CRAS do país”, lembrou o prefeito, complementando:  “Temos consciência de que ainda há muito a ser feito e posso garantir que iremos retomar a construção de um governo participativo com o povo”.

De acordo com o prefeito, o CRAS que estava de portas fechadas desde o fim do ano passado, será devolvido à comunidade logo nos primeiros dias de março. A medida será possível por conta da convocação de concursados e, em parceria com a empresa Águas do Imperador, iremos coletar todo o esgoto do Vale do Carangola. A compra das manilhas e o início imediato da obra já foram determinados pelo prefeito. Um dos primeiros biodigestores do país também foi construído naquela comunidade nos primeiro governo de Bomtempo.

O anúncio da coleta do esgoto deixou os moradores aliviados, como o vigilante Anderson Ribeiro, 30, que mora no local há 25 anos. “Eu e minha família somos obrigados a conviver com o risco de contrair doenças. Essa obra significa uma grande vitória e dignidade para a comunidade", contou o morador.

Durante a reunião, que teve a presença de secretários municipais, Bomtempo assumiu o compromisso de reduzir o déficit habitacional do município e salientou que nesse setor, criou o aluguel social, ainda no início de seu primeiro mandato, em 2001. A experiência acabou sendo copiada pelo Governo do Estado e por diversos municípios do país. “Sabemos como é difícil reconstruir uma família sem que ela tenha uma casa”.

Com relação à saúde, Bomtempo pediu que fosse feito um estudo de impacto financeiro com o objetivo de iniciar a contratação de agentes de apoio administrativo para evitar o fechamento dos PSFs nos horários de almoço. A educação infantil, segundo o prefeito, também é uma prioridade. “Por isso, numa parceria com a iniciativa privada, estamos iniciando as obras de reforma da Casa da Paz e assim, estaremos criando mais 80 vagas para atender as crianças”, completa.  

O sistema de integração do transporte coletivo também foi tema abordado pelos moradores. “Em 2008, deixamos o transporte público da cidade com mais de 80% das linhas integradas e a reabertura dos terminais foi uma regressão”, lembra.

A presidente da Associação de Moradores do local, Ângela Maria Samuel da Silva, também participou do encontro. “Estamos cansados de lutar e não termos resultado. Só posso dizer que estamos muito contentes em ver o prefeito e sua equipe na nossa comunidade”, disse. 

O prefeito Rubens Bomtempo reativou a Coordenadoria de Vigilância e Saúde do Trabalhador e garantiu, não só mais eficiência ao serviço prestado ao servidor municipal, como também uma economia de mais de R$ 510 mil por ano aos cofres públicos.

O serviço, que foi terceirizado pelo governo passado, não atendia às demandas necessárias e onerava a Prefeitura. Além disso, a empresa só trabalhava três dias na semana das 8h30 às 11h30 e acumulou cerca de 400 juntas médicas.

“Assumimos a administração com inúmeros problemas na cidade e estamos precisando de mão de obra em todas as secretarias. Por conta da falta de eficiência no serviço que foi contratado pelo governo anterior, ainda temos centenas de funcionários afastados com licença médica. Esses, para serem liberados a voltar ao trabalho, precisam ser avaliados por uma junta médica, o que não vinha acontecendo”, disse o secretário de Administração e Recursos Humanos, Henrique Manzani. “Em pouco tempo conseguimos reativar a coordenadoria que, agora, trabalha na admissão de mais de 500 concursados”, complementa.

Com a reativação da coordenadoria os serviços de avaliação de concessão de licença, exame admissional, aposentadoria por invalidez e outros voltados à saúde do funcionário público municipal serão regularizados. O setor funciona de segunda a sexta-feira na Rua Dom Pedro, nº 185, das 8h às 15h.

As 180 escolas municipais já estão preparadas para receber os 44,7 mil alunos matriculados na rede de ensino. Reuniões entre Secretaria de Educação e direção de cada uma das unidades foram realizadas e nessa segunda-feira, os primeiros concursados convocados começam a assumir o trabalho, diminuindo a carência enfrentada nos anos anteriores.

“Outros profissionais, principalmente pessoal de apoio, já estão em processo de recrutamento
e estarão, o mais breve possível atuando dentro das escolas”, diz a secretária de Educação Mônica Freitas, que visitará escolas para dar as boas vindas aos alunos, ainda na manhã de segunda-feira

Outra medida importante para garantir mais tranquilidade na volta às aulas é o planejamento do esquema de patrulhamento de trânsito para a operação. O trabalho foi organizado pela CPTrans e Guarda Civil com a finalidade de minimizar os efeitos do tráfego intenso e o embarque e desembarque de alunos nas vias e interseções com grande concentração de escolas, especialmente na área central.

De acordo com o planejamento, as operações irão acontecer de segunda a sexta-feira, das 12h às 14h e das 16h30 às 20h.

Os pontos de controle mais importantes são: a interseção da Praça Tabelião Moreti com Fonseca Ramos e Alberto Torres; a Avenida Ipiranga; a Praça Princesa Isabel na interseção com a Rua 13 de Maio; a Praça da Confluência (em frente à Casa Barão de Mauá); a interseção da Avenida Presidente Kenedy com Rua Alfredo Pachá; a Rua Montecaseros, na altura da praça Osvaldo Cruz e na interseção com a Av. Presidente Kenedy. Outro ponto de controle importante é a Praça Marechal Carmona, próximo ao Terminal do Centro, que apresenta grande fluxo de veículos com destino aos colégios localizados no entorno daquela região. Ainda na área central, haverá controle de trânsito na Rua da Imperatriz e na Rua do Imperador, na interseção com a Marechal
Deodoro e a Rua General Osório. Fora do Centro Histórico, haverá a presença de agentes de trânsito e guardas civis na Praça Pasteur e no Alto da Serra, na altura das Ruas Chile e na Travessa Batista de Castro.

A CPTrans também está realizando a revitalização de toda sinalização das áreas escolares. No Centro da cidade, o trabalho já foi concluído e a partir de segunda-feira será seguido um cronograma pelos bairros do município.

A Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania - Setrac iniciou hoje (15-02) a abordagem de moradores de rua. O trabalho foi realizado, entre o Bosque do Imperador, entorno do Terminal do Centro e uma equipe volante circulando pelo Centro Histórico. Os acolhidos foram encaminhados para o NIS – Núcleo de Integração Social, no Alto da Serra. Sem data para terminar, a operação irá se estender até ao quinto distrito e a expectativa é que funcione diariamente de 8h a meia-noite. A estimativa é que 60 pessoas, a maioria delas de fora da cidade, estejam vivendo nas ruas do município.

“A ação de abordagem é uma prioridade do governo municipal, no sentido de atender essas pessoas que estão à beira da exclusão social”, explica o secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Jorge Maia. Segundo ele, com o trabalho será possível mostrar aos moradores de rua que no NIS serão bem atendidos e terão alimentação e medicamentos, por exemplo. “Será desenvolvido um forte trabalho social, que contará, inclusive, com a realização de oficinas culturais, artesanato, entre outras. A ideia é que as famílias também sejam incluídas”, explica. Atualmente, 26 pessoas estão abrigadas no NIS e todas são petropolitanas.

Para a diretora de Proteção Social Especial da Setrac, Rosane Cross, o maior desafio será reconquistar a confiança dos moradores de rua, pois eles foram deixados de lado, e o trabalho no NIS acabou desacreditado. “Eles chegavam lá, mas não tinham mais o atendimento ao qual estavam acostumados. Nosso sistema de acompanhamento está dentro da política nacional de assistência social”, disse.

Durante a ação, aqueles que foram identificados como naturais de outros municípios e estados receberam o mesmo atendimento. “Essas pessoas serão encaminhados para as cidades de origem. Para isso, entraremos em contato com o serviço social de cada região para garantir o retorno”, explica o secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania.

Outra medida que poderá ser tomada, segundo Jorge Maria, será o encaminhamento ao Centro de Atendimento Psicossocial – CAPS. A necessidade será diagnosticada pelos profissionais do
Departamento de Saúde Mental da Secretaria de Saúde, que também participaram da ação. “Alguns moradores de rua já possuem um histórico de distúrbios e deixaram, inclusive, de tomar os seus remédios. Se houver necessidade, serão encaminhados ao CAPS ou, nos casos mais graves, serão acolhidos num leito por 72 horas”.

Para a ação, foi necessária a realização de um levantamento para identificar os pontos mais vulneráveis do Centro Histórico, por isso, o trabalho deve ser iniciado pelos arredores do Terminal do Centro. Ao todo, dez profissionais devem ser mobilizados.

Os alunos das áreas rurais da cidade terão mais conforto e segurança para ir e voltar da escola.

O prefeito Rubens Bomtempo determinou a substituição de alguns veículos que realizam o transporte escolar e garantiu, com esta medida, a redução do custo do serviço e a ampliação da capacidade do transporte.

De acordo com o presidente da CPTrans, Gilmar de Oliveira, a iniciativa permitiu uma economia de mais de R$ 350 mil por semestre: “Com menos receita conseguimos otimizar o serviço e poderemos atender a mais crianças”. O valor de cada aluno que utiliza o serviço por viagem caiu de R$ 2,61, para R$ 1,71 mês.

A frota de 49 veículos tem agora capacidade para 180 mil lugares por mês. Doze mil a mais do que era oferecido pelo governo passado. “Esse é um governo comprometido com a qualidade com que gasta o dinheiro público. Fazemos mais com menos”, destacou Gilmar, ressaltando ainda que encontrou a CPTrans sem recursos, com diversas dívidas e que em breve essa discussão estará na pauta da cidade.

Sábado, 09 Fevereiro 2013 - 17:37

Prefeito reabre a Estrada do Catobira

Cumprindo o compromisso assumido há menos de 15 dias, o prefeito Rubens Bomtempo reabriu hoje (08/2) a Estrada do Catobira, ao lado do presidente da Concer, Pedro Jonsson. Com isso, os  motoristas voltaram a ter a opção de acessar a Rodovia BR-040 pista sentido Juiz de Fora, pelo local. A alça que dá acesso à via sentido Rio de Janeiro também já está pronta, dependendo apenas da sinalização horizontal, o que deve ser concluído em, no máximo, dez dias.

O trecho havia sido fechado em dezembro, após o governo anterior abandonar as obras, rompendo acordo firmado com a  Concer. “O termo de cooperação foi abandonado pela antiga administração, que não cumpriu o que tinha sido pactuado. Mas a concessionária assumiu o compromisso porque percebeu que essa via é importante para Itaipava como anel viário funcionando aqui”, disse o prefeito.  A Secretaria de Obrasconcluiu a pavimentação da estrada e a CPTrans instalou a sinalização de segurança para os veículos na saída da pista em direção à rodovia federal.

Na ocasião, o prefeito lembrou que o restabelecimento do acesso contribui para a melhoria no trânsito em Itaipava, que desde a interrupção do trecho, contava apenas com a ponte da Manga Larga, além da saída em Bonsucesso. “O objetivo é manter essa parceria com o município, preservar o diálogo. Dessa forma, além dessas obras, é possível realizar muito mais em prol do povo petropolitano”, disse Pedro Jonsson.

De acordo com a CPTrans, a estrada é tão importante para o planejamento do trânsito na região que existem outras propostas de utilização da via já incluídas no Plano de Mobilidade apresentado ao Ministério das Cidades.

Sexta, 08 Fevereiro 2013 - 09:46

Guardas Civis doam sangue

A Guarda Civil deu um verdadeiro exemplo de cidadania e solidariedade nesta quinta-feira (7/2). Cerca de 280 guardas se mobilizaram e doaram sangue para o Hospital Santa Teresa. Com a iniciativa, a corporação espera mobilizar toda população para a importância deste ato, principalmente no período do Carnaval.

Os cem agentes contratados para integrar o Programa de Controle de Roedores já estão atuando. O grupo foi dividido em quatro equipes, que estão subdivididas entre os bairros Bingen, Itamarati e Quitandinha. Um dos grupos está atendendo exclusivamente às solicitações, inclusive as que estavam acumuladas, na Coordenadoria de Vigilância Sanitária. Segundo o presidente da Comdep, Hélio Dias, a medida foi necessária porque desde setembro passado, a coleta de lixo vinha passando por dificuldade e o acúmulo de detritos favoreceu a proliferação de ratos.

"Essa ação vai diminuir os riscos de contaminação por doenças, como a leptospirose", diz Hélio Dias.

Devidamente uniformizados e identificados com crachás, os agentes começaram a atuar priorizando as regiões onde haverá eventos carnavalescos, por conta da concentração de um grande número de pessoas.

A ação está sendo coordenada pela Vigilância Sanitária e segue em ritmo acelerado. Apesar dos contratempos causados pela chuva, a produtividade do trabalho foi boa. Prova disso é que apenas uma das equipes conseguiu fazer mais de 200 aplicações.

Para garantir um melhor desempenho, a Vigilância Sanitária solicita que os petropolitanos contribuam com o trabalho, autorizando a entrada dos agentes nos espaços externos dos imóveis. No caso de alguma dúvida, basta entrar em contato com a Vigilância Sanitária, através do telefone 2291-1594.

Notícias por data

« Maio 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP