Quem ainda não tomou a vacina contra a gripe tem, agora, até o dia 5 de junho para ser imunizado. A campanha de vacinação contra a gripe, que seria encerrada nesta sexta-feira (22/5), foi prorrogada pelo Ministério da Saúde. A ideia é alcançar a meta de vacinar, pelo menos, 80% do público prioritário. Em Petrópolis, dados da Secretaria de Saúde mostram que, até quinta-feira (21/5), 37,77% do público alvo compareceu aos postos de vacinação. Crianças de seis meses a menores de cinco anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) devem ser imunizadas.

Segundo informações da Secretaria de Saúde, portadores de doenças crônicas não-transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais também devem se vacinar, desde que apresentem prescrição médica. Para esse grupo, não há meta específica de vacinação. A dose é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. “Estudos mostram que a vacina reduz significativamente as complicações decorrentes da gripe. Para se ter uma ideia, ela pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza”, explicou a coordenadora de Epidemiologia, Cláudia Mara. A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B) determinados pela OMS.

Também é importante lembrar que, mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe - especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações - devem procurar, imediatamente, o médico. Os sintomas da gripe são: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

SAIBA ONDE ENCONTRAR A VACINA:

* é preciso observar o horário de funcionamento de cada unidade

CENTRO DE SAÚDE (RUA SANTOS DUMONT)

PSF CAXAMBU

PSF 24 DE MAIO

UBS MORIN

PSF ALTO DA SERRA

PSF MEIO DA SERRA I

PSF VILA FELIPE

PSF SÃO SEBASTIÃO

PSF ALTO SIMÉRIA

PSF DR. THOUZET

PSF VILA SAÚDE

PSF STª TRINDADE

PSF AMAZONAS

PSF BAIRRO CASTRIOTO

PSF C. M. JESUS DE PRAGA

PSF MOINHO PRETO

PSF BATALLARD

PSF PEDRAS BRANCAS

PSF C. SÃO JOÃO BATISTA

UBS RETIRO

PSF CARANGOLA

PSF VALE DO CARANGOLA

PSF JARDIM SALVADOR

PSF ESTRADA DA SAUDADE

AMBULATÓRIO ESCOLA

UBS ITAMARATY

PSF CASTELO SÃO MANOEL

HOSP. ALCIDES CARNEIRO

PSF BONFIM

PSF ÁGUAS LINDAS

PSF FAZENDA INGLESA

UBS ARARAS

UBS ITAIPAVA

PSF LAJINHA

PSF COM. 1º DE MAIO

PSF BOA ESPERANÇA

UBS PEDRO DO RIO

PSF VILA RICA

PSF SECRETÁRIO

PSF POSSE

PSF BREJAL

EPIDEMIOLOGIA

A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) realizou ontem (21/5), junto da Polícia Militar, duas novas operações para recolhimento de veículos abandonados e estacionados irregularmente. Pela manhã, as equipes estiveram no Vila Rica, onde seis veículos foram recolhidos. No fim da tarde a fiscalização foi no Alto Independência, onde outros seis veículos foram rebocados.

Segundo o presidente da CPTrans, Fernando Badia, as operações realizadas em conjunto com os órgãos de segurança têm resultados mais efetivos. “O apoio, nessas ações, é mútuo, o que contribui diretamente para uma melhor qualidade de vida dos moradores. A presença da CPTrans garante mais organização, melhorando a mobilidade, e a da Polícia Militar inibe os infratores e leva segurança às comunidades”, destacou.

As operações realizadas nesta quinta-feira somam-se a outras duas feitas em conjunto com a PM na última semana - no Bairro da Glória, onde 11 veículos foram rebocados, e no Retiro, onde quatro carros e duas motos foram recolhidos. “Para que tenhamos uma melhor mobilidade na cidade, é importante que todos ajudem. Pedimos que a população continue denunciando irregularidades pelo telefone 156, porque isso ajuda muito a organização do trabalho. Não conseguimos estar em todos os lugares do município ao mesmo tempo, então essas informações passadas pela população são essenciais para que o trabalho tenha, de fato, bons resultados”, lembrou Badia.

Além das operações conjuntas com a PM, a CPTrans também vem atuando com a Guarda Civil. “Estamos trabalhando de forma a garantir mais agilidade e eficácia à fiscalização. Hoje já atuamos com talonário eletrônico, que facilita e agiliza o preenchimento dos dados”, acrescentou o presidente da companhia.

Desde o início das operações de reboque, no início de 2014, mais de 600 veículos abandonados nas ruas da cidade já foram recolhidos. Para que seja considerado abandonado é preciso que o veículo apresente sinais evidentes de abandono - não possuir placa, estar em estado de decomposição, não ter capacidade de locomoção própria, estar mal conservado ou oferecer risco de segurança, conforme descrito no artigo 2º do Decreto 270 de 20 de dezembro de 2013.

O Núcleo de Fiscalização de Obras Particulares da Prefeitura embargou, nesta semana, uma obra de grande porte que vinha sendo realizada na Estrada de Secretário, em Pedro do Rio. No local, fiscais constataram obras de terraplanagem, com o uso de duas retroescavadeiras, além da construção de uma moradia. Na ocasião, os trabalhadores não apresentaram a autorização da Prefeitura para a obra, o projeto assinado por responsável técnico – arquiteto ou engenheiro – nem a licença ambiental para a movimentação de terra e o corte de árvores. O proprietário foi notificado a paralisar a obra imediatamente e a apresentar ao Núcleo, num prazo de dez dias, as licenças necessárias, sob pena de multa de R$ 6,5 mil no caso de descumprimento.

O terreno, de difícil acesso, fica em meio à mata. No local, já existia uma construção em fase avançada e as máquinas faziam cortes no barranco, além de terraplanagem próxima a um curso d'água. Fiscais da Prefeitura e agentes da Defesa Civil constataram que árvores foram arrancadas e que também foram realizadas outras intervenções que necessitam de autorização dos órgãos ambientais. Por isso, um relatório será expedido para os órgãos ambientais competentes, informando a situação.

A fiscalização continuará sendo realizada em outros pontos da cidade, a fim de inibir construções irregulares. O secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, orienta a população a não realizar obras sem responsável técnico e sem autorização da Prefeitura.

“É fundamental que as pessoas se conscientizem sobre sua responsabilidade ao fazer obras. É um dever do proprietário contratar um técnico responsável, engenheiro ou arquiteto, e buscar autorização junto à Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, da Prefeitura. Só assim o proprietário terá a garantia de que não está colocando em risco sua família ou vizinhos e que não está cometendo um crime ambiental, e saberá que está com um imóvel regularizado, em dia com suas obrigações com o município. A Prefeitura vem elaborando um conjunto de medidas para otimizar a fiscalização no município, mas é preciso que a população faça a sua parte, para juntos avançarmos como sociedade e termos uma Petrópolis mais segura e com cada vez menos construções irregulares”, disse Simão.

Começa no dia 1º de junho o período de inscrições para a 13º Conferência Municipal de Saúde. O evento, cujo tema é “Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro” é promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde e o Conselho Municipal de Saúde (Comsaúde). As inscrições podem ser feitas na sede do conselho - na Rua Aureliano Coutinho, nº 81, primeiro andar, no Centro - até o dia 19 de junho, no horário de 9h às 16h.

Para divulgar e mobilizar a população a participar da conferência, será realizada no dia 8 de junho, na Casa dos Conselhos Augusto Zanatta, uma pré-conferência. O evento é aberto ao público e tem início às 14h.

Serviço:

13º Conferência Municipal de Saúde de Petrópolis

Tema: Saúde Pública de Qualidade para Cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro

 

Pré-conferência

Data: 8/6

Local: Casa dos Conselhos Angelo Zanatta – Avenida Koeler, nº 260 – Centro

Horário: 19h

 

Período de inscrições

Data: 1 a 19/6

Local: Conselho Municipal de Saúde – Rua Aureliano Coutinho, nº 81 – primeiro andar – Centro (Telefones: 2242-9164 / 2245-3365)

Horário: 9h às 16h

 

Conferência

Abertura

Data: 3/7

Local: Casa dos Conselhos Angelo Zanatta – Avenida Koeler, nº 260 – Centro

Horário: 18h30

 

Discussão eixos temáticos

Data: 4/7

Local: Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase) – Avenida Barão do Rio Branco, nº 1003 – Centro

Horário: 8h às 18h

 

Eleição Conselho

Data: 7/7

Local: Local: Casa dos Conselhos Angelo Zanatta – Avenida Koeler, nº 260 – Centro

Horário: 18h30

As aulas da nova unidade de ensino, que funcionará no prédio do antigo CIEP, no Quitandinha, terão início em agosto

Professores da Universidade Federal Fluminense (UFF) apresentaram nessa semana, durante reunião com o prefeito Rubens Bomtempo e secretários de governo, os projetos do campus Petrópolis e da nova Escola de Engenharia que a instituição de ensino abre neste ano na cidade. A escola – a terceira da UFF no Estado do Rio – iniciará as atividades em agosto, no prédio onde funcionou o CIEP do Quitandinha, com a abertura do primeiro curso de Engenharia de Produção. Segundo a diretora da unidade, professora Marcelle de Sá Guimarães, o projeto da universidade para a cidade é inovador e deve servir de referência para as outras escolas de Engenharia.

A instalação da UFF em Petrópolis é resultado de uma longa negociação do prefeito Rubens Bomtempo com a reitoria da universidade. Desde o início, o governo municipal se comprometeu em garantir o espaço e também toda a infraestrutura necessária para a vinda da instituição para o município. “A instalação da UFF representa a realização de um sonho que não é só meu, mas sim de todos os petropolitanos. A população tinha este desejo, que estamos, depois de muito trabalho, conseguindo concretizar. O campus já existe. O prédio já está praticamente pronto e os equipamentos e mobiliário necessários para a abertura do curso estão sendo adquiridos. O edital, lançando as primeiras 50 vagas já para o segundo semestre deste ano, deve sair em junho. Temos, realmente, muito o que comemorar”, afirmou o prefeito.

De acordo com o coordenador do curso de Engenharia de Produção, professor Moacyr Figueiredo, que esteve na reunião junto da diretora Marcelle de Sá, do chefe do departamento, professor Anibal Vilcapoma Ignacio, e do responsável pelo setor de relações institucionais, professor Luiz Heleno Duque, a UFF vem trabalhando para formar verdadeiros empreendedores. “Queremos pessoas capazes de pensar globalmente e agir localmente. Vamos trabalhar com nova metodologia, baseada em projetos, de forma que a unidade deverá servir de referência inclusive para as outras Escolas de Engenharia da universidade”, lembrou.

O secretário de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho, enfatizou a importância da chegada da UFF à cidade. “A UFF chega em nossa cidade buscando se integrar. A equipe quer entender as demandas e contribuir, com sua expertise, para o desenvolvimento do município. Isso é fundamental e faz toda a diferença neste processo”, destacou.

“Participar da evolução dessa comunidade é emocionante. Hoje foi o melhor dia da minha vida”. Essa foi a declaração da moradora Vanda de Souza, 77 anos, moradora antiga da Comunidade Oswaldo Cruz, ao ver o bairro totalmente revitalizado e socialmente resgatado depois de um grande mutirão de serviços organizado pela Prefeitura no local. No último sábado (16/5) uma ação social concretizou essas melhorias que foram concluídas com a inauguração de um Centro de Inclusão Digital (CID), a reforma da quadra de esportes e também da quadra da tradicional Escola de Samba Oswaldo Cruz.

O prefeito Rubens Bomtempo, que comandou pessoalmente todos os trabalhos na região, prestigiou o evento ao lado da família. “Estou aqui com a minha mãe e a minha irmã muito feliz e emocionado. Essa comunidade me viu crescer. Sempre teve um carinho enorme pelo meu pai e está aqui hoje unida e feliz. São ações como essa que resgatam não só a cidadania de cada morador, como também as suas relações de pertencimento com o lugar onde vivem”, disse Bomtempo.

Ao lado de secretários municipais o prefeito também anunciou durante o evento a cessão do uso do prédio onde funciona a escola de samba por mais dez anos: “O samba é tradição nesta comunidade e é por isso que vamos realizar uma oficina de iniciação ao samba na quadra”, ressaltou durante a doação de uma bateria show para o presidente da escola, Antônio Carlos.

Na área de esportes, além da inauguração das melhorias na quadra, outras boas notícias também foram levadas para a comunidade: as crianças e os jovens poderão fazer escolhinha de futsal, vôlei e ainda praticar artes marciais. No Centro de Inclusão Digital, os moradores poderão ter acesso à internet, cursos de capacitação e ainda a uma série de outros serviços públicos.

“Antes as coisas aqui não andavam porque não tínhamos essa aliança com o governo. Agora temos que conservar tudo o que foi feito e valorizar o espaço onde vivemos. Não vamos deixar que ninguém destrua o que conseguimos construir”, destacou o presidente da Associação de Moradores, Carlos Alberto.

Na ação social, o trabalho, que começou às 10h, se estendeu até o fim da tarde. Os moradores ainda contaram com corte de cabelo, um posto avançado de vacinação contra a Gripe, aferição de pressão arterial e da taxa de glicose. Eles também receberam orientações da Defesa Civil - sobre como prevenir tragédias causadas pelas chuvas - e da Secretaria de Fazenda - informações e cadastro de microempreendedores individuais (MEIs). A Secretaria de Meio Ambiente também participou, distribuindo mudas de plantas nativas da Mata Atlântica.

O mutirão de serviços da Prefeitura assegurou inúmeras obras, melhorando a iluminação pública e limpeza urbana e garantindo inclusão digital, acessibilidade e campanhas sociais e de saúde. A comunidade também recebeu instalação e reforma de corrimãos na escadaria da comunidade; operações de tapa-buraco, limpeza, capina, poda e retirada de entulho das ruas do bairro;  extensão da rede de iluminação pública; entre outras ações.

Luiz Soares, de 82 anos, que mora há mais de 40 anos no local, disse que sente orgulho em participar deste processo de transformação da comunidade: “Quando vim morar aqui, existiam poucas casas e as pessoas ainda conheciam o local como canto do cemitério. Hoje, me orgulho em falar que moro na Comunidade Oswaldo Cruz. Para nós moradores, esse é o melhor acontecimento na comunidade até hoje”.

A Secretaria de Proteção e Defesa Civil participou, na última semana, de curso sobre prevenção e controle de queimadas, promovido pela Reserva Biológica de Araras (Rebio Araras) do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). Foram 40 horas de um curso prático, com foco nas técnicas de prevenção e resposta a incêndios florestais. A Defesa Civil esteve presente com dois agentes: o diretor operacional da Secretaria, Ramon Camilo, foi um dos instrutores; e o chefe do Sistema de Alerta e Alarme, Vitor Júnior, foi um dos alunos.

“É determinação do prefeito Rubens Bomtempo que a Defesa Civil fique atenta ao problema das queimadas, atuando de forma integrada com outros órgãos na prevenção e na resposta, capacitando cada vez mais os nossos agentes. Para isso, foi fundamental estar presente neste curso da Rebio Araras, que tem larga experiência na área e é um órgão parceiro da Defesa Civil. Um diretor nosso pôde dividir com os participantes o conhecimento que acumulou como tenente-coronel do Corpo de Bombeiros no combate a incêndios. Além disso, outro agente nosso fez o curso e poderá contribuir nas operações de combate às queimadas. Como participaram agentes de diversos órgãos, todo o sistema da Defesa Civil do município saiu mais fortalecido com o curso”, disse o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão.

Também participaram Guarda Civil, Corpo de Bombeiros, Exército Brasileiro, entre outros órgãos. Entre as técnicas aprendidas pelos cerca de 30 participantes foi a de acero: faixa de terra de pelo menos três metros de extensão para impedir a propagação do fogo. Os alunos também aprenderam a utilizar instrumentos, como motobombas e abafadores, para o combate a incêndios florestais.

CAMPANHA – Dentro desse processo de prevenção às queimadas, a Secretaria de Proteção e Defesa Civil ministrou no início do mês um curso para cerca de 40 agentes de saúde (ACS) e de endemias (ACE) sobre os perigos das queimadas para o meio ambiente, para a saúde e para os animais. A proposta é que esses agentes, que estão sempre atuando nas comunidades, possam difundir esse conhecimento junto aos moradores, orientando os moradores a não limpar o terreno com fogo, a não queimar lixo e a não soltar balões.

As atrações oferecidas pela Prefeitura de Petrópolis na programação da 13ª Semana Nacional de Museus vem movimentando todos os distritos desde a última segunda-feira, 18, e prosseguem até domingo, 24. Na programação, realizada por meio da Fundação de Cultura e Turismo, sessões  de cinema gratuitas, apresentações teatrais, oficinas de artesanato e de brinquedos com materiais recicláveis, leitura dramatizada de contos e poesia e ainda debates. Todos girando em torno do tema “Sustentabilidade”, que procura conscientizar o público sobre a necessidade de uma sociedade mais cooperativa e solidária.

A proposta do tema parte do Icom (Conselho Internacional de Museus) para reflexão durante o Dia Internacional dos Museus, que é comemorado em todos os países. No Brasil, a data é celebrada durante a semana inteira, sob o comando do Ibram (Instituto Brasileiro de Museus), que convida todas as instituições museológicas e culturais a participarem. Como resultado das inúmeras atividades realizadas, as instituições costumam lidar com um aumento de 100% na média diária de visitantes durante a Semana dos Museus (segundo dados dos Relatórios do IBRAM). Nesta 13ª edição anual, estão sendo realizas em todo o país 4.570 atividades, preparadas por 1.378 instituições.

Na programação da Prefeitura Municipal, as crianças vêm se divertindo com o teatro de bonecos, que está sendo apresentado em todos os centros culturais administrados pela FCTP (Centro, Nogueira, Pedro do Rio, Cascatinha e CEU da Posse). O espetáculo, com muita música, é “Lua Clara na Boca da Mata”, da Cia. Teatral Língua de Trapo, e enfatiza a importância de se preservar o meio ambiente. Os adultos estão conferindo uma série de filmes de grande sucesso, no Centro de Caltura Raul de Leoni, que giram em torno da idéia de sustentabilidade e preservação do meio ambiente, além das oficinas citadas.

Para todos, a Biblioteca Municipal Central Gabriela Mistral (no Centro Raul de Leoni) oferece exposição de livros e vídeos voltados para a temática da sustentabilidade. E no Museu Casa de Santos Dumont haverá, no sábado e domingo, performance do ator petropolitano Sylvio Costa, que receberá os visitantes caracterizado como o inventor. Ele falará de “sua” vida (a do personagem, o Pai da Aviação), desde os sonhos de voar até a ideia de construir sua casa, que foi realizada em Petrópolis. Confira a programação para os próximos dias:
 

PROGRAMAÇÃO DE 21 A 24 DE MAIO
 
CENTRO DE CULTURA RAUL DE LEONI (Centro Histórico):
 
● Cine Humberto Mauro:
Quinta, 21/05, às 19h
Filme: “O dia depois do amanhã”. Ação/ aventura/ ficção científica. Direção: Roland Emmerich. EUA, 2004. Classificação: 14 anos.

Sexta, 22/05, às 19h
Filme: “A última hora”. Documentário. Produção: Leonardo DiCaprio. EUA, 2007. Classificação: Livre.

Sábado, 23/05, às 17h
Filme: “Os sem-floresta”. Animação. Direção: Tim Johnson, Karey Kirkpatrick. EUA, 2006. Classificação: Livre.
 
● Biblioteca Municipal Central Gabriela Mistral:
Quinta e sexta, 21e 22/05, das 08h às 18h30; sábado, das 8h às 12h.
- Exposição e leitura de livros voltados ao tema Sustentabilidade.
- Na quinta-feira, 21, Dia da Língua Nacional, uma atração extra, em parceria com o Projeto Paiol de Histórias da Fundação Cultural Lygia Bojunga, será oferecida aos visitantes, às 14h30. É a leitura dramatizada de contos e poesia de diversos autores de língua portuguesa, para adultos e jovens a partir de 12 anos.
 
CENTRO CULTURAL CELINA DE OLIVEIRA BARBOSA (Estação de Pedro do Rio):
Sábado, 23/05 – das 9h às 17h
Visitação ao Centro Cultural Estação Ferroviária de Pedro do Rio (oferece biblioteca, sala de informática e cursos; no segundo andar, a Sala de Artes Lan abriga exposições, shows e sessões de cinema.
 
CENTRO CULTURAL VEREADORA WILMA BORSATO (Estação de trem de Cascatinha)
Sábado, 23, das 10h às 11h
- Teatro de bonecos: “Lua Clara na Boca da Mata”, da Cia. Teatral Língua de Trapo.
Sábado e domingo, 23/05 e 24/05, das 10h às 15h
- Visitação ao Centro Cultural Estação Ferroviária de Cascatinha. O acervo enfatiza a grande influência da imigração italiana em Petrópolis.
 
CENTRO DE ARTES E ESPORTES UNIFICADOS (CEU) DA POSSE:
Quinta, 21, das 14h às 15h
- Teatro de bonecos: “Lua Clara na Boca da Mata”, da Cia. Teatral Língua de Trapo.
 
MUSEU CASA DE SANTOS DUMONT (Centro Histórico):
Sábado e domingo, 23 e 24/05, das 10h às 16h30
Performance teatral: Santos Dumont, interpretado pelo ator petropolitano Sylvio Costa, receberá os visitantes e contará desde seus sonhos de voar até a ideia de construir sua casa peculiar.

MUSEU CASA DO COLONO (Castelânea)

- De terça a sexta, 19 a 22/05, das 9h às 10h

Oficinas de artesanato envolvendo costura, fuxico e materiais recicláveis, com artesãs do Fórum de Economia Popular Solidária de Petrópolis, exaltando as influências germânicas na formação cultural da cidade.

- De terça a domingo, 19 a 24/05, das 8h30 às 16h

Visita guiada ao museu.

MUSEU FERROVIÁRIO DE PETRÓPOLIS (Centro Cultura Estação Nogueira)
Domingo, 24, das 9h às 13h
Visita guiada - Visitação ao Museu do Trem e as Exposições diversas no Centro Cultural Estação Nogueira.
 

Endereços:


Centro Cultural Celina de Oliveira Barbosa (Estação de Pedro do Rio): Rua Capitão José Leal, s/nº. Tel: (24) 2246-9302 (24) 2233-1200

Centro Cultura Estação Nogueira: Praça de Nogueira, 317. Tel: (24) 2221-5408 (24) 2233-1200

Centro Cultural Vereadora Wila Borsato: Estação de trem de Cascatinha: Rua Hyvio Naliato, s/nº.  Tel: (24) 2233-1200 (24) 2233-1217

Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) da Posse: Estrada União e Indústria, s/nº. Tel: (24) 2233-1200 (04) 2233-1217

Centro de Cultura Raul de Leoni: Praça Visconde de Mauá, 305 – Centro Histórico. Tel: (24) 2233-1228 (24) 2233-1200

Museu Casa de Santos Dumont: Rua do Encanto, 22 – Centro Histórico. Tel: (24) 2247-5222

Museu Casa do Colono: Rua Cristóvão Colombo, 1034 – Castelânea. Tel: (24) 2247-3715 / (24) 2233-1200

A Coordenadoria de Fiscalização, da Secretaria de Fazenda, em operação conjunta com a Guarda Civil, a Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Militar, interditou dois bares no Castelo São Manoel na última sexta-feira (15/5). Os dois estabelecimentos não tinham alvará e só poderão ser reabertos quando os proprietários regularizarem sua situação junto à Prefeitura. Os agentes que faziam a operação conjunta percorreram a região de Corrêas e já se organizam também para fiscalizar estabelecimentos em outros bairros do município. Todos os demais bares fiscalizados apresentaram a documentação necessária para o funcionamento.

Também na sexta-feira, a Coordenadoria de Fiscalização esteve na Rua Dr. Sá Earp, no Centro, apurando uma denúncia de moradores sobre som alto em uma boate. Fiscais checaram que o som estava acima do permitido pelo Código de Posturas do município e o proprietário foi multado.

“Essas operações são fundamentais para garantir uma melhor organização da cidade e uma melhor qualidade de vida à população. É importante que cada um faça a sua parte. Todos os estabelecimentos devem ter alvará de funcionamento e, é claro, todos devem respeitar a legislação vigente, o que inclui a observação do volume do som. Vamos manter a fiscalização e atuar em caso de irregularidades”, disse o secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa.

A Prefeitura e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) encerraram o período de inscrições para a eleição dos Conselhos Tutelares com 46 candidatos aos cargos. O grupo, agora, fará uma prova de caráter eliminatório no dia 7 de junho. Os aprovados participarão de um curso de 16 horas promovido pelo CMDCA, nos dias 27 e 28 de junho. Os selecionados desta etapa concorrem à eleição marcada para o dia 4 de outubro.

Dos 46 candidatos, 27 concorrem às vagas para o Conselho Tutelar dos distritos e 19, para o do Centro. Ao todo, são cinco vagas para conselheiros e cinco para suplentes de cada órgão. O salário é de R$ 3,5 mil mensais, valor acima da média nacional.

Presidente do CMDCA, a secretária Chefe de Gabinete Luciane Bomtempo lembrou que, hoje, com a eleição, o processo de seleção dos conselheiros tutelares ficou mais transparente e democrático. “Esperamos que os conselheiros eleitos tenham, de fato, comprometimento com a causa da criança e do adolescente. Isso é o mais importante e é o que mais esperamos”, disse.    

A Secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Fernanda Ferreira explicou que, com a unificação do processo eleitoral para a escolha de Conselheiros Tutelares, o processo também se tornou mais simples. “A Comissão Organizadora, formada por membros da sociedade civil e do poder executivo, está, agora, empenhada em divulgar todas as fases da eleição, dando à sociedade informações claras sobre este processo”, disse.

Conforme prevê o edital, a campanha eleitoral tem início no dia 17 de julho. Estão previstos debates, propaganda eleitoral veiculada na mídia, carreatas e distribuição de material de campanha. A posse dos eleitos está marcada para o dia 10 de janeiro de 2016. Para mais informações, o edital do processo seletivo está disponível no site da Prefeitura no link: http://goo.gl/76rGvo.

Notícias por data

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo