Quinta, 12 Março 2015 - 09:13

Prefeitura inaugura CID Vila Felipe

O prefeito Rubens Bomtempo inaugurou nesta quarta-feira o novo Centro de Inclusão Digital (CID) da comunidade da Vila Felipe, no Alto da Serra. O CID Aroldo Amâncio foi o primeiro dos 13 CIDs da cidade que serão abertos nas próximas semanas, em meios às comemorações pelos 172 anos de Petrópolis. O Centro de Inclusão Digital da região foi instalado ao lado do Centro de Educação Infantil (CEI) Frei Leão e da Escola Municipal Dr. Rubens de Castro Bomtempo. O espaço conta com 10 computadores e, além de oferecer cursos de cursos de capacitação, será um instrumento para a comunidade acessar serviços públicos.

Ao inaugurar o CID, o prefeito Rubens Bomtempo destacou a importância do espaço para a comunidade. “Esperamos que o Centro de Inclusão Digital seja um polo de referência da população. Ele estará à serviço da comunidade do Vila Felipe”, disse. Para o secretário de Ciência e Tecnologia, Airton Coelho, a implantação dos centros facilita o acesso a serviços, como emissão da nota fiscal eletrônica e agendamento de perícias, entre outros. “O objetivo dos Centros de Inclusão Digital vai além da capacitação. É um espaço para atender as necessidades da comunidade, para aproximar as pessoas do poder público e dos serviços disponíveis por meio digital”, ressaltou. Este foi o 50º CID implantado no município.

O Centro de Inclusão Digital recebeu o nome de um morador do bairro, Aroldo Amâncio. A filha dele Carmem Amâncio participou da solenidade e recebeu flores do prefeito. “É um reconhecimento à memória do meu pai”, frisou. A vice-presidente da Associação de Moradores do bairro, Etelvina Amália, também participou da inauguração e ressaltou a participação da comunidade nas conquistas do bairro.

A partir da próxima semana o município inicia o período de inscrições para o curso de capacitação que será oferecido para os moradores. A intenção é facilitar a utilizar do equipamento. As inscrições serão feitas na própria unidade entre 12h30 e 18h30.

A fotografia como obra de arte ganhou destaque na programação cultural do mês de março realizada pela Prefeitura de Petrópolis, por meio da Fundação de Cultura e Turismo. Duas exposições inauguradas nas galerias do Centro de Cultura Raul de Leoni, na noite da última sexta-feira, dia 6, colocam em foco diferentes formas de fazer do trabalho fotográfico uma expressão de arte. Na galeria Van Dijk, a mostra é coletiva, reunindo os 21 finalistas do concurso nacional “O essencial é invisível aos olhos”, promovido pelo Centro de Estudos Culturais de Petrópolis, com o apoio da Prefeitura. E no Espaço Alternativo está a exposição individual “Luz e Sombra”, do ambientalista e fotógrafo Paulo Moura. Ela homenageia o aniversário de Petrópolis com mais uma seleção de fotos que transformam paisagens e pessoas da cidade em objeto de arte nos cliques do autor. As duas mostras vieram se juntar à que havia sido aberta na manhã do mesmo dia, no Centro Cultural Estação Nogueira (“Cotidiano”, do fotógrafo Marco Oddone).

Luz e Sombra

Cenários a que poucos podem ter acesso, como a vista obtida no alto do Morro do Açu, ou a paisagem urbana do dia a dia transformada em uma verdadeira tela artística pela sensibilidade e técnica apuradas do ambientalista e fotógrafo estão iluminando as paredes do Espaço Alternativo
do Centro de Cultura. A visita à exposição vale como uma viagem por diferentes espaços de terra, céu e sonho através das lentes de Paulo, que está em sua quinta mostra no Centro de Cultura Raul de Leoni. Todas voltadas para a questão ambiental e o patrimônio cultural e artístico de nossa cidade.

“Sou um apaixonado por Petrópolis”, confessa o fotógrafo com entusiasmo.  Seu primeiro projeto fotográfico, “Visões de Petrópolis”, deixou no livro de assinaturas, em dois anos de exposição, o registro de 940 visitantes, incluindo estrangeiros oriundos da Inglaterra, Alemanha, Espanha e Portugal. Elas registram também a história que levou Paulo Moura a mergulhar no mundo da fotografia. Foram fotos tiradas nas áreas mais remotas do município, que ele conheceu a partir de 2001, como servidor municipal em campanhas da Secretaria de Saúde, quando passou a atuar como desenhista no levantamento geográfico do município.

“Pude acompanhar todas as mudanças ocorridas nestes anos, sempre registrei tudo”, comenta, revelando que natureza e arquitetura são os dois pontos que mais o tocam. Bisneto de colono, ele se emociona: “A cidade hoje tem um acervo maravilhoso de construções dos séculos XVIII, XIX e XX em perfeito estado de conservação, é o maior patrimônio artístico da arquitetura brasileira.”

O Essencial é invisível aos olhos

Quem não leva fé na criatividade humana, tem de dar o braço a torcer: em uma resposta ao desafio contido no próprio nome do concurso, o essencial se torna visível aos olhos de quem visita a galeria Van Dijk, através das lentes e da sensibilidade dos 21 finalistas que têm ali seus trabalhos expostos. Destacando-se entre os 106 fotógrafos profissionais e amadores de todo o país que participaram com 243 fotografias, eles conseguiram captar e expor emoções profundas, essenciais, lançar luz sobre a beleza de coisas simples e mexer com as noções de valores dos visitantes. Nas fotos, laços de ternura aproximando diferentes tipos de seres, explosões de emoção iluminando faces e sorrisos, paisagens incríveis, a grandiosidade do céu profusamente iluminado pelas estrelas.

Igor Pereira, de São Bernardo do Campo (SP), venceu o concurso flagrando o instante em que um morador de rua beija um cão, em uma foto que emociona, aliando técnica e sensibilidade. “Mesmo em uma situação trágica como a de um morador de rua, a beleza se revela”, comenta um visitante especial da exposição, Dom Gregório Paixão, bispo de Petrópolis. Ele se declara emocionado diante de todos os trabalhos que viu por captarem o belo, que ele associa com a própria presença divina. “A palavra beleza vem das palavras hebraicas – beht , el, tza – que se traduz por “a casa onde Deus brilha”, ensina.

Igor, vencedor do concurso, tornou-se fotógrafo amador em 2010 e só agora vem se profissionalizando. Ele já teve fotos selecionadas para exposição nos três outros concursos de que participou anteriormente, mas declarou-se mais orgulhoso por ganhar seu primeiro prêmio aqui: “Só de ser um finalista em exposição na Cidade Imperial, repleta de história, já me deixava muito feliz e me motivou a vir conhecer Petrópolis, aproveitando a oportunidade. Mas tive aqui esta surpresa para completar, e ser o vencedor me enche de orgulho.”

“Foi muito surpreendente a qualidade encontrada nesses trabalhos”, confidenciou o presidente da Sopef (Sociedade Petropolitana de Fotografia), Erick Abrunhosa, membro do corpo de jurados que escolheu os finalistas e o vencedor. E explica: “Como era um concurso aberto a amadores, eu não esperava um nível tão alto. Também foi elevado o nível de adequação ao tema, e há muita sensibilidade nas imagens. O resultado está 100%”, garante.

Serviço:

Exposição "Vida em Movimento"

Galeria Van Dijk

Visitação: 7 a 31 de março de 2015

Terça a sábado, 13h às 18h

Exposição fotográfica "Luz e Sombra"

Espaço Alternativo

Visitação: 7 de março a 5 de abril de 2015

Segunda a sábado, 13h às 18h / Domingo, 13h às 17h

O bairro Dr. Thouzet recebeu nesta terça-feira (10/3) uma ação de conscientização da Secretaria de Proteção e Defesa Civil. Agentes circularam a comunidade conversando com moradores e distribuindo panfletos e cartilhas com dicas de prevenção de desastres das chuvas. Também participaram da ação agentes das Unidades de Proteção Comunitária (UPCs), de saúde (ACS) e de endemia (ACE).

A ação foi realizada durante o teste mensal das sirenes. Às 10h, as 18 sirenes instaladas em Petrópolis foram acionadas remotamente, pela internet, da sede da Secretaria de Proteção e Defesa Civil. Cinco minutos depois, as sirenes foram acionadas manualmente, por meio de chaves, pelos agentes da Defesa Civil e das UPCs. O acionamento manual é o “plano B” da Defesa Civil, para o caso de o acionamento pela internet não funcionar. Das 18 sirenes, apenas duas apresentaram falhas no acionamento, mas que no mesmo dia foram reparadas pela empresa Gridlab, responsável pela manutenção dos equipamentos.

“O teste de hoje foi mais um passo que demos na prevenção de desastres das chuvas. Testamos os equipamentos, identificamos duas falhas e que já reparamos, e ainda estivemos presentes em uma comunidade, a do Dr. Thouzet, falando sobre prevenção, distribuindo panfletos e cartilhas, levando para mais pessoas a cultura da Defesa Civil, para que a população saiba que todos devem agir para deixar sua casa e sua família mais seguras em relação às chuvas”, disse o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão.

A Defesa Civil vem realizando ações de conscientização nos dias do teste mensal das sirenes. “Já estivemos na 24 de Maio, no Independência, no Duques, e hoje no Dr. Thouzet. Nos próximos testes, faremos essas ações novamente, porque vêm dando certo”, disse o diretor operacional da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, Ramon Camilo.

Uma das dicas no material distribuído é para que a população instale calhas na sua casa. Quando não há calha na construção, toda a água da chuva que cai no telhado vai para o terreno, encharcando o solo, aumentando as chances de deslizamentos. “A calha é um investimento que o morador faz na segurança de sua casa”, disse Simão.

O morador Ricardo dos Santos, de 32 anos, que vive desde que nasceu na comunidade, aprovou a ação da Defesa Civil. “Acho válido, porque a Região Serrana é uma área onde sempre ocorrem tragédias. Então tem que conscientizar a população”, disse.

Esta sexta-feira (13/3) é o último dia para os contribuintes aproveitarem a última fase de descontos para pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), que assegura redução de 7% no tributo. O benefício é assegurado ao contribuinte sem débitos com o município que quitar o imposto em cota única. Quem está em débito deve regularizar sua situação na Secretaria de Fazenda, Rua 16 de Março, 183, Centro, para poder pagar o imposto com o desconto e ainda concorrer a um carro zero quilômetro.

O secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patulea, lembra que, além de fazer uma economia, o contribuinte que aproveitar o desconto estará exercendo cidadania, possibilitando que a Prefeitura faça investimentos importantes, principalmente na saúde. “O contribuinte não pode perder essa oportunidade. Assim, ele faz uma economia, concorre a um carro zero quilômetro e poderá ficar o ano inteiro livre de obrigações com o IPTU”, disse Patulea.

De acordo com informações do secretário, na primeira etapa da campanha do IPTU, em janeiro, quando o desconto era de 12%, mais de 40% dos contribuintes aproveitaram a oportunidade.

Patulea lembrou que as mensagens colocadas nos carnês, alertando sobre débitos e parabenizando quem estava em dia com o tributo, ajudaram o município a ter sucesso na arrecadação neste início de ano. Outro estímulo foi o anúncio do sorteio do carro zero quilômetro. Para participar, o cidadão não pode ter débito de IPTU referente ao exercício em curso, aos anteriores e, ainda, parcelas não pagas de negociações da dívida ativa até a data do sorteio.

A Prefeitura iniciou nesta segunda-feira (9/3) o cadastramento de cães e gatos para a segunda etapa do serviço do castramóvel, que é realizado em um ônibus adaptado. Os moradores do bairro Vila Rica são os primeiros beneficiados. Só nesta manhã mais de 100 animais foram cadastrados. A previsão é realizar 700 castrações gratuitas. A primeira fase da iniciativa foi realizada em novembro de 2014 nas localidades do Quitandinha e Alto Independência. Na época, 552 animais foram castrados.

“Realizamos em novembro a primeira etapa deste projeto na região do Quitandinha e Alto Independência. Foi um grande sucesso, com a participação ativa da comunidade. Este serviço foi uma determinação do prefeito Rubens Bomtempo, que assumiu o compromisso de contratar o castramóvel já no início do mandato, em 2013. Com esta segunda etapa vamos alcançar 1.200 castrações emergenciais”, ressaltou o secretário de Saúde, André Pombo, acrescentando que a intenção é atingir principalmente a população carente.

Moradora do bairro Vila Rica, Michele Manoel Zimbrão Gomes elogiou a iniciativa e fez questão de cadastrar a gatinha Mimi de nove meses. “Acho importante todos participarem, assim vamos evitar que os bichos sejam jogados nas ruas”, disse. O cadastramento segue até esta terça-feira (10/3) na Associação de Moradores da Vila Rica, e nos dias 11, 12 e 13 de março acontece no Posto de Saúde da Família (PSF) do Alto da Serra, sempre no horário de 9h as 17h. Para realizar o cadastro é preciso ser maior de 18 anos e levar os documentos pessoais, comprovante de residência e carteira de vacinação do animal (caso tenha).

As castrações serão realizadas nos dias 25, 26, 27 e 28 na Praça Miguel Couto, no Alto da Serra, e no dia 29 de março na Escola Municipalizada Santa Terezinha, na Vila Rica.

A contratação, há pouco mais de um ano, de empresa para prestar o serviço de reboque na cidade vem, aos poucos, mudando o cenário de centenas de ruas, melhorando o trânsito e beeficiando milhares de petropolitanos. O trabalho já garantiu, até agora, a remoção de aproximadamente 1.600 veículos. Mais de 400 deles estavam abandonados em vias do município. São serviços como o realizado na Bela Vista, onde seis veículos abandonados na área de viradouro do ônibus que atende a comunidade foram rebocados após advertência.

Presidente da Associação de Moradores da Rua Bela Vista, Júlio Stephano elogiou o serviço. “Os carros abandonados na área de manobra do ônibus na comunidade estavam atrapalhando o trânsito. Assim que comunicamos à CPTrans eles enviaram uma equipe para adesivá-los, advertindo os proprietários. Depois de sete dias, sem qualquer providência dos donos dos veículos, os agentes, junto da equipe de reboque, realizaram o serviço de remoção. Toda a comunidade ficou agradecida”, lembrou.

O presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), Gilmar Oliveira, lembra que o número de veículos removidos com a presença de agentes – veículos abandonados ou estacionados irregularmente – equivale a aproximadamente quatro por dia. “É importante que a população nos ajude, informando sobre a existência de veículos abandonados ou estacionados irregularmente. Pedimos que liguem para a central de atendimento da CPTrans, pelo 156, e denunciem. Assim poderemos melhorar ainda mais o serviço”, disse, lembrando que o recebimento de denúncias pela Câmara Municipal também deve contribuir de forma positiva. “O mais importante é que a informação chegue à companhia, assim poderemos alcançar resultados ainda melhores”.  

Os carros rebocados são levados para o pátio mantido pela empresa Rodando Legal, contratada para o serviço. O proprietário deve, então, procurar a empresa para pedir a liberação do veículo. Quem não fizer isso pode ter o bem leiloado. Até hoje, mais de 1.200 veículos retirados das ruas e não recuperados pelos proprietários foram levados a leilão.

Decreto detalha características de veículos abandonados

O veículo é identificado como abandonado quando apresenta sinais evidentes de abandono. Não possui placa, está em estado de decomposição, não tem capacidade de locomoção própria, está mal conservado ou oferece risco de segurança, conforme descrito no artigo 2º do Decreto 270 de 20 de dezembro de 2013.

Para fazer a denúncia, basta que o morador ligue para o telefone 156 e informe o local onde os veículos estão. Os dados são, então, encaminhados às equipes de fiscalização, que vão ao local verificar a informação. Antes de ser removido, o veículo recebe um adesivo de advertência e, depois de sete dias, com a presença de um agente público, a Rodando Legal faz a remoção. O veículo é levado, então, para o pátio da empresa, no Morin.

O presidente da companhia lembra que, além do 156, a população pode solicitar serviços ou comunicar parada irregular também pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . “Situações que interferem no cotidiano da população, como veículos que estacionam nas calçadas, pontos de ônibus e portas de garagem, também devem ser informadas à companhia”, finalizou.

O Dia Internacional da Mulher foi comemorado pela Prefeitura e pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim) com atividades durante todo o domingo (8/3) em Petrópolis: um dia para comemorar as conquistas da mulher na sociedade, buscar novos avanços e ainda levar lazer, cultura e esporte para moradores e turistas em espaços públicos da cidade. Pela manhã, a II Corrida da Mulher reuniu 500 mulheres mais os chamados “pipocas” – corredores não inscritos que participaram do evento, percorrendo os cinco quilômetros do trajeto entre a Casa de Educação Visconde de Mauá, o Palácio de Cristal e a Avenida Barão do Rio Branco. À tarde, a Praça de Liberdade foi palco de uma programação dedicada às mulheres com shows de música, peça de teatro e feira de artesanato da economia solidária.

As participantes da corrida receberam um kit com a camisa de corrida, após se inscreverem com a doação de uma lata de leite em pó. O material arrecadado será doado a instituições de atendimento a menores carentes.

“Essa corrida é fruto das discussões que fazemos no Comdim, todo mês. A rua é nossa. As corridas vão continuar acontecendo, porque a nossa cidade respira esporte. Nós temos que acabar com o preconceito, com a violência contra a mulher, lutar pelos nossos direitos. Na Prefeitura, no primeiro escalão do governo, temos cinco secretárias mulheres. Temos também muitas mulheres em posição de direção e de chefia e, na Comdep, um batalhão de mulheres trabalhando pela nossa cidade. Todo dia é o nosso dia, mas hoje (domingo), mais ainda”, disse a secretária chefe de Gabinete e presidente do Comdim, Luciane Bomtempo.

A estudante Taís Patané, de 32 anos, moradora do Manoel Torres, participou dessa que foi a sua primeira corrida. Ela garante que participará de outras. “Achei uma delícia. É a primeira vez que eu corro. O percurso foi legal, tranquilo. Eu parei de fumar há uns seis, sete meses, depois comecei a treinar na academia e agora participei da minha primeira corrida”, disse Taís.

A secretária Jacira Dutra, moradora da Mosela, corre há cerca de dois anos e afirmou que o evento é uma oportunidade para a mulher estar mais presente nas corridas de rua. “Acho importante ter essa corrida, porque nós mulheres não temos muito espaço. Geralmente só homens que correm. Agora as mulheres também estão participando”, disse Jacira.

Após a corrida, houve premiação para a classificação geral e por faixa etária. Na classificação geral, Isis da Costa Silva ficou em primeiro lugar com o tempo bruto de 21 minutos e 10 segundos, seguida por Aparecida dos Anjos de Andrade, com 21 minutos e 19 segundos, e Maria Vitória, com 21 minutos e 25 segundos. As três da equipe petropolitana Panthers.

A tradicional feira de flores que acontece todos os sábados na Praça Dom Pedro, também será realizada neste domingo (8/3) em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Além da Praça Dom Pedro, a Prefeitura, por meio da secretaria de Agricultura, Abastecimento e Produção, instalou outros pontos de venda de flores: ruas Souza Franco, Paulino Afonso (próximo ao Hospital Santa Teresa) e Dr. Paulo Hervê (próximo ao número 955) o horário de funcionamento é de 8h ao meio dia.

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, participou, no Centro do Rio, da reunião de trabalho “Escola Resiliente é Escola Segura”, promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU). Cerca de 20 órgãos estavam presentes, entre Defesas Civis de vários pontos de país, trocando experiências sobre como a Defesa Civil pode atuar para reduzir os riscos de desastres em escolas – causados por incêndios, deslizamentos, alagamentos ou problemas estruturais – e para fomentar a cultura da prevenção entre os estudantes.

O diretor administrativo da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, Gileno Alves, representou Petrópolis na reunião. Ele apresentou aos participantes o que o município vem fazendo desde 2013 para aumentar a resiliência nas escolas. Resiliência é a capacidade de resistir, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de um desastre e de maneira organizada prevenir que vidas e bens sejam perdidos.

Gileno falou da apresentação de uma peça infantil promovida pela Prefeitura em escolas municipais de Petrópolis em 2014, que trazia a temática da Defesa Civil. Ao longo da história da peça, o risco de desastres das chuvas é um tema bastante abordado, e um dos personagens, o comandante da Defesa Civil, dá dicas de prevenção e até aciona uma sirene. Um dos fantoches ainda exibe um pluviômetro caseiro.

Outra medida da Prefeitura nessa área foi a inclusão da temática da Defesa Civil no currículo escolar da rede municipal, para que alunos aprendam, em sala de aula, as noções básicas de prevenção de desastres das chuvas. Também desde 2013, a Secretaria de Proteção e Defesa Civil realizou diversos simulados de desocupação de escolas.

“Foi um fórum de discussão. Os participantes trocaram experiências de boas práticas da Defesa Civil nas escolas. A ideia é que cada Defesa Civil possa aproveitar experiências de outros lugares. Saímos do encontro com a criação de uma rede, pela internet, para continuarmos nos comunicando e trocando experiências”, disse Gileno.

Em dezembro de 2014, Petrópolis recebeu da Organização das Nações Unidas (ONU) o Certificado de Cidade Resiliente. O título entregue ao prefeito Rubens Bomtempo significa um reconhecimento internacional às ações de prevenção de desastres naturais que vêm sendo realizadas pela Prefeitura.

A Prefeitura e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim) prepararam uma programação especial para celebrar o Dia Internacional da Mulher neste domingo (8 de março). As comemorações começam com a II Corrida da Mulher, que deverá ter participação de toda a família. A largada está prevista para 8h30 em frente à Casa de Educação Visconde de Mauá (Praça da Confluência, nº 3). Depois da corrida, a programação comemorativa vai continuar na Praça da Liberdade, com atividades e muita música.

“Será uma justa homenagem às mulheres, sempre multifacetadas e guerreiras. A programação foi organizada com muito carinho, pensando na sensibilidade, no espírito de solidariedade de todas nós”, lembra a presidente do Comdim, Luciane Bomtempo, que espera encontrar não apenas mulheres na festa. “Esperamos que participem com a família, com os amigos”, afirma.
 
Além dos eventos que serão realizados no próprio dia 8, Prefeitura e Comdim estão preparando uma celebração no dia 10, em reunião especial do conselho. Na ocasião será feita homenagem às servidoras públicas, com o II Concurso Mulher Destaque da Prefeitura de Petrópolis. “É mais uma forma de homenagear as mulheres que dão sua importante contribuição à administração pública municipal”, antecipa Luciane.  No dia 11 haverá também outro evento: a certificação do Posto de Saúde da Família (PSF) Vila Felipe como Unidade Amiga da Amamentação (UBAMM).

Programação:

8 de março (domingo)

Centro
8h – II Corrida e Caminhada da Mulher
Largada: Casa da Educação Visconde de Mauá
(Praça da Confluência, nº 3, Centro)

Praça da Liberdade
10h – Feira de Artesanato (Economia Solidária) e exposição de brinquedos fabricados com materiais reutilizados

11h - Show com a banda "Samba Choro"

14h – Intervenção Teatral: “As Marias da Graça”

15h – Show “Eu não existo sem você” com cantoras petropolitanas

17h – Show com a banda “Vestígios”

19h – Cinema: “Mulheres de Pedra” e “Noiva”

10 de março (terça-feira)

Centro
17h30 – Reunião Ordinária do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher – Comdim – e Premiação “Mulheres de Destaque da Prefeitura de Petrópolis”
Gabinete do Prefeito (Av. Koeler, 260, Centro)

11 de março (quarta-feira)
Vila Felipe
9h – Cerimônia de entrega do Certificado de Unidade Amiga da Amamentação PSF Vila Felipe (Rua Perminio Schmidt, s/nº, Vila Felipe)

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Julho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo