Quinta, 10 Janeiro 2013 - 14:23

Coronel Simão passa o comando do 15º GBM

O tenente-coronel Bombeiro Rafael Simão deixou hoje (09/01) o comando do 15º GBM para se dedicar integralmente à Coordenadoria de Defesa Civil do município. Em seu lugar assume o tenente-coronel Igor da Rocha Cunha, garantindo que irá desenvolver um trabalho em parceria com o órgão municipal. O Comando de Bombeiro de Área da Região Serrana, que estava sob a responsabilidade do coronel Souza Viana, também tem novo comandante: o coronel Luiz Emmanoel Palência Barbosa.

A cerimônia aconteceu às 10h, na sede do 15º GBM e cerca de 100 pessoas participaram da cerimônia entre elas o vice-prefeito Luiz Fernando Vaz, representando o prefeito Rubens Bomtempo, e parte do secretariado do governo municipal, como o coronel Calixto Barbosa, da Secretaria de Segurança; Gilmar de Oliveira, presidente da CPTrans e o O comandante da Guarda Civil, Dirceu de Araújo, também participou da solenidade. O coronel Joelson, representou o coronel Sérgio Simões, secretário de Estado de Defesa Civil.

Rafael Simão permaneceu à frente do 15º GBM por pouco mais de um ano e seis meses. “É uma grande satisfação ter Rafael Simão na Defesa Civil. Desde os primeiros momentos da campanha eleitoral, nosso prefeito já expressava preocupação com as catástofres climáticas que da cidade. Por isso criou a Secretaria de Defesa Civil e a entregou nas mãos de uma pessoa extremamente competente, experiente e dedicada como o Simão”, disse o vice-prefeito.

Em seu discurso de despedida, Simão destacou que existe uma parceria firmada entre o governo do Estado e o município, que se uniram para fortalecer a Defesa Civil. Para o tenente-coronel, a cidade já havia percebido a necessidade e apenas aguardava o momento que um prefeito “arrojado e empreendedor como o nosso” criasse a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa Civil. “É um ato de reconhecimento da importância de termos um órgão municipal forte e preparado para enfrentar os grandes desafios e ameaças que afligem o município. Estou honrado com o convite para ser o primeiro Secretário a assumir essa pasta”.

Abandonado pelo governo anterior, o Terminal do Centro passou por uma verdadeira faxina na noite de terça-feira. Funcionários da Comdep e da CPTrans se uniram numa força-tarefa para higienizar o local, que ainda passará por manutenção já que teria recebido da gestão anterior apenas uma pintura, superficial para maquiar o estado de abandono.

Segundo o presidente da CPTrans, Gilmar de Oliveira, circulam pela antiga rodoviária uma média de 30 mil usários do sistema de transporte público do município. “Não havia manutenção e a última reforma não chegou à parte estrutural”. Assim como Gilmar de Oliveira, o presidente da Comdep, Hélio Dias, também acompanhou a limpeza do terminal. A companhia disponibilizou vinte funcionários, além de um caminhão pipa para realizar o serviço, que entrou pela madrugada. “Tivemos que usar produtos de limpeza pesada. Os banheiros também passaram por uma higienização, mas a situação está bastante crítica”, explicou, destacando que a medida faz parte dos mutirões determinados pelo prefeito Rubens Bomtempo para reorganizar a cidade.

Comerciantes e usuários do terminal elogiaram a medida e reclamaram que não existia um cronograma de limpeza do local que estava em situação precária. Segundo o comerciante Jorge Carius, que trabalha no local há mais de 30 anos, o governo anterior deixou vários problemas para serem resolvidos como a falta de balaustradas entre as baias, lixeiras e obras nos banheiros.

Os Terminais do Itamarati, Corrêas e Itaipava também passarão pela limpeza nas próximas semanas.

Terça, 08 Janeiro 2013 - 16:37

Cota única do IPTU com desconto até o dia 21

Quem fizer o pagamento da cota única do IPTU até o dia 21 de janeiro vai ter 10% de desconto. A Secretaria de Fazenda espera arrecadar 45% da receita total do imposto - que é de R$ 67 milhões – para investimentos na saúde, limpeza pública e vários outros setores da administração. “O pagamento da cota única do IPTU  é a contribuição do cidadão para ajudar neste momento de dificuldades do município na área de saúde e da coleta de lixo”,disse o secretário de fazenda, Paulo Roberto Patuléa.

O pagamento da segunda cota única tem desconto de 7% e vence no dia 20 de fevereiro.  A terceira data para quitar o imposto de uma única vez, tem vencimento no dia 20 de março e tem desconto de 5%. Quem não recebeu o carnê do IPTU, pode retirar a segunda via a partir de amanhã, dia nove, na sede da Secretaria de Fazenda, localizada na Rua 16 de Março, número 183.

Segundo Paulo Roberto Patuléa, o pagamento do IPTU e a retirada da segunda via do carnê estão sendo realizados no primeiro andar da Secretaria. As mudanças, de acordo com ele, vão dar mais comodidade e conforto para a população. “Estamos mudando para o primeiro andar, visando a acessibilidade do contribuinte, além de oferecer mais conforto e estrutura com uma administração de cara nova”, ressaltou Patuléa. Outra mudança anunciada pelo secretário, para melhor atender a população, é o horário. A partir de amanhã a Secretaria de Fazenda funciona das 10h às 18h30.

Sábado, 05 Janeiro 2013 - 11:01

Boletim Defesa Civil

O número de ocorrências e pedidos de vistorias registrados pela Defesa Civil de Petrópolis diminuiu consideravelmente nas últimas 24 horas. Entre a tarde de sexta-feira e manhã de hoje, o órgão recebeu apenas 14 chamados e a tendência é que continue diminuindo. Isso porque, os índices pluviométricos também baixaram e a previsão do CPTEC/Inpe, é de sol entre poucos nuvens para os próximos dias. Hoje, por exemplo, as temperaturas devem ficar entre 17ºC e 26ºC. Para segunda-feira, existe uma pequena de chuva pela tarde. O município saiu do estado de atenção e agora permanece apenas em estado de vigilância. Os maiores índices pluviométricos foram marcados no Centro, que em 24 horas acumulou 53 milímetros de chuva e no Vale do Cuiabá, que no mesmo período chegou a marca de 52mm. Ao todo, 99 ocorrências foram registradas pela Defesa Civil entre a noite de quarta-feira e manhã de ontem. Existem desalojados apenas na Comunidade do Vai Quem Quer, que liga a Rua Vital Brasil ao Siméria. No local, oito famílias permanecem na casa de parentes. O índice pluviométrico do Independência, que chegou a 198mm na noite de quinta-feira, baixou para apenas 16.5mm. Não chove em Petrópolis desde a noite de sexta-feira.

A reabertura do Palácio de Cristal foi a primeira medida do prefeito Rubens Bomtempo na área da cultura e do turismo. Com a medida, moradores, turistas e visitantes não precisam mais pagar R$ 5, valor cobrado pelo governo anterior, para visitar o ponto turístico.

“A cobrança para visitar o monumento era um absurdo. Estamos diante de um patrimônio que faz parte da história do nosso país, portanto é do povo. É com muito orgulho que devolvo este magnífico espaço aberto para a cidade”, disse Bomtempo.

Ao vistoriar as condições do Palácio de Cristal, o prefeito determinou ao presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Juvenil Reis, uma limpeza geral na área interna e também nos jardins. A previsão é a de que o espaço, que já abriga a mais tradicional festa da região, a Bauernfest, também abrigue diversos eventos como forma de fomentar cada vez mais a cultura e o turismo.

O prefeito Rubens Bomtempo garantiu junto ao ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra e ao governador Sérgio Cabral, mais recursos para os programas do aluguel-social e de limpeza de rios. O encontro de Bomtempo com o ministro e o governador aconteceu na manhã desta sexta-feira (4/1) no Palácio Guanabara. O prefeito destacou que mesmo assumindo o governo em situação gravíssima, não tendo encontrado materiais para atendimento às famílias atingidas pelas chuvas, combustível ou veículos para realizar as vistorias, conseguiu atenuar a situação e devolver a normalidade rapidamente à população, com o trabalho de mais de 700 servidores de diversas secretarias.

Bomtempo ressaltou ainda a importância de atuar em parceria com a União e o Estado e também a necessidade de criar alternativas junto ao Inea para que o município possa colocar em prática programas habitacionais, como o Minha Casa, Minha Vida: “É um absurdo não prevalecer a função social das Áreas de Preservação Permanente (APPs), e o Inea não dar uma solução alternativa para a habitação popular deste país”.

O Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, afirmou que a legislação para intervenções que envolvem risco precisa ser revista: “As exigências são inúmeras e inviabilizam diversos projetos nas áreas habitacionais e de infraestrutura. Para se ter uma idéia, dos recursos do PAC, foram liberados mais de 4,4 milhões para as regiões vulneráveis. No entanto, menos de 15% foram utilizados para dragagem e contenção de encostas”.

Bezerra elogiou a atuação dos municípios e garantiu todo apoio às cidades atingidas com serviços de assistência social, limpeza e desobstrução das vias. “Com relação às obras maiores, estruturantes na baixada, costa verde e na serra, temos que fazer um levantamento e priorizar os casos mais graves”, ressaltou.

O risco de proliferação de doenças com a crise do lixo nos municípios foi destacada pelo governador Sérgio Cabral. “O lixo agrava tudo. Lixo e chuva definitivamente não combinam. Vamos fazer uma reunião com todos os prefeitos para falar sobre o combate aos focos de dengue no estado e quero pedir uma atenção especial aos municípios que sofreram com as chuvas e que estavam com problemas na coleta do lixo, como Caxias e Petrópolis. Nesses municípios, além da dengue, precisamos dar atenção especial à proliferação de ratos”, avaliou.

O governador elogiou a determinação de Bomtempo para contratar 100 agentes que irão atuar no controle de endemias (desratização). Primeira reunião do Comitê de Ações Emergenciais é realizada por Bomtempo - O prefeito Rubens Bomtempo realizou na quinta-feira m(3/1) a primeira reunião do Comitê de Ações Emergenciais. Além dos titulares de cada uma das 21 secretarias de governo, representantes de empresas subconcessionárias de serviços públicos como Águas do Imperador, Ceg e Ampla, também participaram do encontro, cujo objetivo é garantir o atendimento imediato no caso da ocorrência de chuvas.

Os estragos causados pela chuva que atinge a cidade desde a noite de quarta-feira trouxeram à tona problemas como a falta de material de apoio para as famílias atingidas. “Num momento crítico como esse, colchões e lonas que fazem parte do kit necessário para essas pessoas, simplesmente não foram encontrados na Setrac”, relatou Bomtempo.

O coordenador da Defesa Civil Municipal, tenente-coronel Rafael Simão, destacou a importância de todas as secretarias estarem mobilizadas para dar uma resposta mais rápida e efetiva às famílias que estão em áreas atingidas pelas chuvas. “No entanto, é necessário que todos estejam conscientes da importância de deixar as áreas de risco quando as sirenes forem acionadas".

Meteorologia prevê tempo bom para o fim de semana – A Defesa Civil  informou que a previsão do tempo para Petrópolis no final de semana é de sol. As temperaturas devem ficar entre 17ºC e 26ºC. Até a tarde de ontem, em consequência das chuvas que começaram na noite de quarta-feira, a Defesa Civil do município registrou apenas 85 ocorrências.

As famílias que estavam nos pontos de apoio do Independência e do Morin, já retornaram para as suas casas. No Siméria, os desalojados permanecem na casa de parentes. Mas as boas notícias não param por aí. No fim da tarde de hoje, a Defesa Civil atualizou os dados de ocorrências das chuvas. O índice pluviométrico do Independência, que chegou a 198mm na noite de quinta-feira, baixou para 83mm.

No Morin, onde foi registrada a maior incidência de chuva, os índices pluviométricos das últimas 24 horas chegaram a 100.5. No bairro foram registradas duas quedas de barreiraApesar dos altos índices, no Morin, foram registrados apenas duas quedas de barreira, ums delas atingiu os fundos de uma casa localizada na Rua Manoel Maia Filho. Na Rua 24 de Maio, a queda de uma barreira causou o fechamento de uma servidão.

A Fundação de Cultura e Turismo tranqüiliza os turistas e visitantes e afirma que todo o setor turístico está funcionando normalmente.

Sexta, 04 Janeiro 2013 - 14:11

Boletim Defesa Civil

A Coordenadoria de Defesa Civil de Petrópolis registrou 66 ocorrências devido às fortes chuvas que atingem a cidade desde a madrugada de quinta-feira. A queda de um muro na Rua Custódio Ferreira da Costa, no bairro São Sebastião, foi a última solicitação recebida pelo órgão, na noite do dia 3/01.

Apesar da chuva ter se estendido por toda a madrugada, ocorrências não foram registradas no município. Nesta sexta-feira, os primeiros contatos com a Defesa Civil começaram apenas às 7h18 da manhã, todos referentes a pedidos de vistoria. Não ocorreram novos deslizamentos de terra.

Até agora, as ocorrências mais graves foram registradas no Siméria, onde duas casas foram destruídas por deslizamentos de terra, e uma parcialmente danificada. Outras três  residências ficaram interditadas, deixando oito famílias desalojadas.

O maior índice pluviométrico foi de 87 milímetros, nas últimas 24 horas, foi marcado na região do Morin. No Independência, o índice  que era de 198mm, caiu para apenas 82.2 milímetros, enquanto no Bonfim, chegou a marca de 78 mm.

As famílias que estavam nos pontos de apoio do Independência e do Morin já retornaram para suas casas. No Siméria, oito famílias estão desalojadas e permanecem na casa de parentes.

O prefeito Rubens Bomtempo decretou estado de calamidade pública na saúde de Petrópolis depois de constatar a gravidade da situação no Hospital Alcides Carneiro (HAC), encontrar a UPA de Cascatinha com atendimento precário e o SAMU desativado. O decreto de estado de calamidade é o primeiro ato oficial de Bomtempo após tomar posse no cargo. Ao tomar conhecimento do desabastecimento do maior hospital público da cidade, o prefeito liberou a compra de R$ 1 milhão em insumos  para suprir as necessidades imediatas de toda a rede, principalmente do HAC, e determinou ainda a reabertura da UTI da unidade até a próxima semana.

Bomtempo encontrou a UTI e a emergência do HAC fechadas, a maternidade superlotada e o centro cirúrgico com três salas desativadas. O laboratório do hospital está funcionando com cerca de 40% da sua capacidade, os exames de tomografia estão suspensos por falta de filme e contraste, e ainda há 49 pacientes à espera de uma vaga para internação.

“A situação é muito grave; é de calamidade. Não vou abrir mão do comando da Prefeitura no HAC. A saúde é a nossa maior prioridade e hoje ficou evidente que a situação é caótica. Precisamos construir com urgência um plano de recuperação a curto, médio e longo prazo para que o hospital do povo possa voltar a oferecer os serviços à população na sua plenitude”, afirmou o prefeito, que já iniciou uma limpeza geral na área externa da unidade.

Acompanhado do vice-prefeito, Luiz Fernando Vaz, do secretário de Saúde, André Sá Earp, da diretoria do Sehac e de integrantes do Conselho Municipal de Saúde, Bomtempo ressaltou ainda que as gestantes terão prioridade: “Não vamos deixar que o fechamento do Hospital Casa da Providência deixe as gestantes sem atendimento digno. A prioridade é atender a demanda da maternidade do município”.

“Estamos aqui para constatar a situação de perto e conhecer o tamanho da dívida para que possamos encontrar meios sustentáveis ao funcionamento pleno do hospital, que quase morreu por inanição”, disse o secretário de Saúde, André Sá Earp.

Sindicância na Saúde – Bomtempo solicitou ao secretário de Saúde a abertura de uma sindicância para apurar outros problemas graves na rede, como o não funcionamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), inaugurado pelo governo anterior sem qualquer estrutura.

Das três ambulâncias que chegaram para o SAMU há dois anos, uma já está quebrada. Apesar da inauguração, não houve contratação de profissionais, compra de mobiliário nem aquisição de outros equipamentos para o início do atendimento: “O SAMU foi inaugurado no dia 20 de dezembro e ao visitar as instalações hoje encontrei um galpão vazio, com as obras inacabadas. O momento é delicado, exige responsabilidade e não podemos mais esperar”, ressaltou o prefeito.

UPAs também em situação grave – O atendimento precário nas Unidades de Pronto Atendimento da cidade também preocupam o prefeito Rubens Bomtempo. A UPA de Cascatinha está sem atendimento de urgência há uma semana por falta de médicos e a do Centro está superlotada. “Estamos diante de fatos gravíssimos e não conseguimos encontrar o responsável pelo contrato com a Cruz Vermelha para entender esta situação”, concluiu Bomtempo.

Quinta, 03 Janeiro 2013 - 09:58

Boletim Defesa Civil

A Coordenadoria de Defesa Civil de Petrópolis registrou 22 ocorrências devido às fortes chuvas que atingiram a cidade na madrugada desta quinta-feira (3/1). No bairro Siméria, duas casas foram destruídas por deslizamentos de terra, três foram parcialmente danificadas e outras três interditadas, deixando nove famílias desalojadas.

O prefeito Rubens Bomtempo, que ontem decretou estado de calamidade pública na saúde, chegou às 4h30 na Defesa Civil para comandar pessoalmente as operações. Ele anunciou que a prioridade é restabelecer os acessoas das regiões mais atingidas e já solicitou dez caminhões da Comdep e equipes de limpeza para a retirada do lixo, entulho e das barreiras.

“Encontramos a cidade completamente abandonada. O lixo tomou conta das ruas causando o entupimento de ralos e bueiros, além de ter agravado os deslizamentos de terra. O mais importante nesse momento é liberar os acessos interditados e restabelecer a ordem pública”, disse o prefeito Rubens Bomtempo, que já havia convocado ao tomar posse a primeira reunião do Comitê de Ações Emergenciais para a tarde desta quinta-feira.

O maior índice pluviométrico foi de 138 milímetros, registrado na região do Siméria e Alto Independência, onde uma família foi para o ponto de apoio após o alerta da Defesa Civil. A rua Coronel Veiga, o Centro e o Bingen tiveram pontos de alagamento. Por conta de deslizamentos de terra, as ruas Vital Brasil e Manoel Francisco de Paula, no Siméria, foram interditadas. 

Pagina 1477 de 1477

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Maio 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo