Visitantes aproveitam a Bauernfest para conhecer os destaques da história de Petrópolis

O friozinho da serra foi um incentivo a mais para os turistas de Petrópolis no fim de semana: além de aproveitarem a 30ª edição da Bauenfest, a Festa do Colono Alemão, os visitantes têm aproveitado para conhecer os polos de moda e também os pontos turísticos da cidade.

Suenir Emilio veio de Navegantes, em Santa Catarina, para a Bauern e fez questão de conhecer a Casa de Santos Dumont. “É linda a casa, sua história e as particularidades do gênio da aviação que é contada através de cada detalhe. Valeu muito a pena. A cidade é linda e ainda fiquei sabendo dessa festa alemã e já quero conhecer”, disse.

Junior Medeiros, que estava com Suenir, também visitou a Casa de Santos Dumont. “Fizemos esse roteiro pela cidade e estamos encantados com tanta beleza".

Já o casal Jenifer Carvalho, de São Paulo e Vinicius Costa, do Rio de Janeiro visitaram o Museu de Santos Dumont, seguiram para o Museu Imperial e depois irão a Bauernfest. “A cidade é linda, a festa é mais bonita ainda e estou encantada com os pontos turísticos”, contou Jenifer. “A cidade está ainda mais bonita toda enfeitada para a Bauer. Vale muito a pena a visita", contou.

Movimento no comércio

Mas não são só os pontos turísticos que receberam mais visitantes durante a Bauernfest. Ruas tradicionalmente conhecidas pelo comércio também se prepararam para receber mais visitantes. Esse é o caso da Rua Dezesseis de Março.

“A cidade está linda e nós da 16 de Março entramos no clima. Queremos que os turistas conheçam nossas lojas e prestigiem o comércio da nossa cidade”, contou a empresária Alvaney Abi Daud.

A 30ª edição da Bauernfest segue até o dia 30 de junho.  A programação continua intensa no Palácio de Cristal – o coração da festa – e na Praça da Liberdade, além de atrações também na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), com o Biergarten. Entre os destaques estão as apresentações de danças folclóricas, os bailões com a Banda Germânica, concursos, teatro, shows e muitas atividades para as crianças.

            A programação completa está disponível no site da festa: https://www.bauernfestpetropolis.com.br e na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/bauernfest/.

Visitantes aproveitam a festa em homenagem à cultura alemã para fazer compras no polo de modas

Silvia Lourenço é do Rio de Janeiro e fez questão de fazer umas comprinhas na Rua Teresa após conhecer a Bauernfest. “Gostei muito do polo de modas. São muitas opções e os preços são ótimos. Dá para aproveitar a festa e ainda fazer umas comprinhas, o que a mulherada adora", contou a turista que veio conhecer a Bauernfest e a Rua Teresa. Silvia é apenas uma dos milhares de visitantes que estão aproveitando a Festa da Colono Alemão para dar uma esticadinha no polo de modas nos fins de semana. E, segundo os lojistas, o aumento no movimento da rua por causa da festa tem sido muito positivo.

Alguns lojistas chegam a registrar um aumento de até 30% nas vendas. “O movimento está ótimo. São pessoas que vieram para a Bauernfest e decidiram dar uma esticadinha até a Rua Teresa. Estamos muito satisfeitos. A Rua está lotada, o que nos enche de alegria”, contou o empresário João da Silva, que atua na Rua Teresa há 23 anos.

Para atrair ainda mais o público da Bauernfest à Rua Teresa, empresários, com o apoio da prefeitura, montaram uma série de ações, como divulgação dentro da festa e transporte gratuito no fim de semana. Uma van faz o trajeto entre a Bauernfest e a Rua Teresa para o público da festa. Os pontos de embarque e desembarque são na Rua Roberto Silveira, próximo ao Amparo, e na altura do número 122 da Rua Teresa. O serviço foi implementado no primeiro sábado da festa e transportou 176 pessoas.

 “Com a disponibilização das vans que trazem os turistas da festa para a Rua Teresa, desde o início da festa, estamos notando uma movimentação maior, o que reflete no aumento de vendas, o que e ótimo, sensacional para a Ria Teresa”, garante Denise Fiorini, presidente da Arte – Associação dos Lojistas da Rua Teresa.

A van faz o itinerário entre a Bauern e a Rua Teresa direto, sem paradas em outros locais da cidade. As viagens partem às 12h, 13h, 14h, 15h e 16h da Roberto Silveira e às 12h30, 13h30, 14h30, 15h30 e 16h30 da Rua Teresa de volta à festa.

Fábio Alves e Ana Paula Correa, de Nova Iguaçu, também aproveitaram o serviço da van: fizeram umas comprinhas na Rua Teresa pela manha e partiram, na van, para almoçar na Bauern. “Achei muito bacana esse serviço. A Rua está cheia e poder vir de van facilita. Foi muito legal”, contou.

Ana Paula também aprovou. “Muito interessante e uma ótima jogada para atrair pessoas para o polo de modas. Adorei!”.

A 30ª edição da Bauernfest segue até o dia 30 de junho.  A programação continua intensa no Palácio de Cristal – o coração da festa – e na Praça da Liberdade, além de atrações também na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), com o Biergarten. Entre os destaques estão as apresentações de danças folclóricas, os bailões com a Banda Germânica, concursos, teatro, shows e muitas atividades para as crianças.  A programação completa está disponível no site da festa: https://www.bauernfestpetropolis.com.br e na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/bauernfest/.

Estrutura da 30ª edição da Festa do Colono Alemão é elogiada por público de toda as regiões

No segundo fim de semana da tradicional Festa do Colono, a cidade teve grande movimentação desde as primeiras horas de sábado (22.06). Pessoas de várias regiões vieram para prestigiar a 30ª Bauernfest, que ocupa diferentes pontos até o dia 30 de junho.  A temática da festa tomou conta da cidade com as pessoas exibindo canecas de chope e acessórios estilizados. Além da gastronomia e cervejas artesanais, atrações diversas movimentaram cada ponto.

No ponto principal a festa, no Palácio de Cristal, o público se dividia entre as diversas opções gastronômicas, o comércio de produtos temáticos, o palco principal com apresentações musicais, além dos diferentes pontos onde a decoração servia de pano de fundo para a foto de recordação. Com espaço amplo, a festa atraiu o público que compareceu em grupos de amigos ou familiares. Como a carioca Kelly Oliveira, de 25 anos, que tem presença marcada todos anos. Vestindo o traje típico alemão, aproveitou cada parte da festa. “Todos os anos venho, e faço questão de vir vestida à caráter. Gosto da cerveja e a comida é maravilhosa. A organização da festa é muito boa”, destaca

Com o mesmo envolvimento com o clima da festa, o professor de Educação Física, Deyedson Felipe Vicchy, de 28 anos, veio de Campo Grande. Há seis anos participa da festa com a família e amigos. A primeira parada deste sábado (22.06) foi na Praça da Liberdade. “Gosto muito de tudo nessa festa, os sabores, as cervejas, viver um pouco dessa cultura, é tudo muito bom”, ressalta. A comerciante Juliana Caldeira Souza, de 31 anos, veio de Jacarepaguá para passar o dia na cidade curtindo a festa. Pela primeira vez em Petrópolis, estava conhecendo a estrutura da festa. “É a primeira vez que venho e no pouco que vi, estou gostando bastante. Tudo muito bem organizado”, reforça.

A ampliação do tempo de realização e a distribuição da festa em diferentes pontos, foi algo destacado entre os petropolitanos. A pedagoga Daniele Cruz, de 37 anos, tirou o sábado para curtir a festa com toda a família. O tema da festa toma conta do estilo de toda a família. “A festa é muito adequada para toda a família. Gosto muito de participar e esse ano, com mais dias de festa, está menos tumultuado, conseguimos circular melhor pelos espaços”, destaca. Com a mesma ideia de aproveitar com toda a família, estava o empresário João Batista da Silva Júnior, de 39 anos. Com duas crianças pequenas, se acomodou no gramado do Biergarten. “A estrutura está excelente para as crianças, ficamos todos bem acomodados e curtimos a festa”, ressalta.

Veículos de turismo não param de chegar para a Festa do Colono Alemão 

O sábado (22.06) começou cedo para quem veio de fora de Petrópolis curtir a Bauernfest. Só até às 13h, 146 ônibus e vans de turismo já haviam cruzado os pórticos da Quitandinha e do Bingen com destino à festa do colono alemão. Veículos chegam a todo momento de diversas cidades do Rio, como Niterói e Cabo Frio e até de fora do estado, como Minas Gerais, Espírito Santo e até Santa Catarina. Desde o início da festa Petrópolis já acumula 554 veículos de turismo que trouxeram milhares de pessoas para aproveitarem o evento.

E se a Bauernfest está cheia, o comércio não fica atrás. Da Rua Teresa à Rua do Imperador, passando pela 16 de Março e, claro, Palácio de Cristal, Praça da Liberdade e Praça Da Águia - os principais palcos da festa seguem movimentados. Quem veio de longe aprova: “Vim ano passado e adorei a festa, este ano estou aqui para aproveitar, beber muito chope e, claro, curtir essa cidade tão bonita que é Petrópolis”, disse Ramon Leandro, que chegou em um ônibus lotado de turistas, vindos de Cabo Frio.

Paulo Jorge, motorista de ônibus de turismo elogia: "Percebi uma receptividade muito boa. Só de chegar aqui e ter pessoas explicando como fazer para parar, onde desembarcar os passageiros, já demonstra uma preocupação com o turista. Isso é receber bem as pessoas na cidade”, disse. Paulo Jorge se refere à triagem feita pela CPTrans quando os veículos chegam à cidade. Eles são parados e recebem um adesivo com as informações de estacionamento, desembarque e embarque de passageiros. Sistema que evita o acúmulo de veículos em um mesmo local diminuindo possibilidade de retenção e aumentando a fluidez do trânsito.

Aliás, isso tem sido destacado por quem trabalha com turismo. Jean Marinho chegou hoje cedo na cidade com um grupo do Rio de Janeiro. Já é a terceira vez que ele sobre a Serra para a Bauernfest nesta edição e destaca: “Um grande diferencial. Não ficamos perdidos procurando onde parar, ficou ótimo”. José Pedro Soares, guia de turismo em Petrópolis desde 1982, antes mesmo da Bauern começar, corrobora “o controle mais bem feito quanto a entrada, a saída e o estacionamento desses ônibus”.

As guias de turismo Adriana Lefever e Cintia Esteves trouxeram a Petrópolis um grupo animado para a Bauernfest. “Estava aqui na semana passada e tenho que elogiar, tudo muito organizado para receber as pessoas”, contou Cintia. “A festa só tem a ganhar com isso. As pessoas se sentem felizes e falam em voltar para cá em outras ocasiões. A cidade realmente conquista quem chega para visita-la”.

 “A operação foi elaborada, principalmente, para que o trânsito não seja prejudicado com o excesso de veículos que buscam local para parar e acabam atravancando a cidade. Esse sistema facilita a vida dos guias, dos motoristas de ônibus e, claro, da população”, completa o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

Sábado, 22 Junho 2019 - 11:37

Comidas típicas são destaque na Bauernfest

A alta gastronomia alemã é uma das atrações mais apreciadas pelo público nesta Bauernfest. A variedade de comidas típicas, produzidas de forma fiel nas mais de 30 barracas dentro e fora do Palácio de Cristal, atraem a cada dia mais turistas e petropolitanos. São chucrutes, salada de batata, salsichão, pernil, bolo de carne e joelho de porco defumado. Sem falar nos doces como o strudel de maçã e a tradicional torta alemã, que estão sendo servidos na festa.

O prato típico salgado mais procurado pelo público é o joelho de porco defumado que vai acompanhado de salada de batata e porção de chucrute. Segundo Vanusa Barcellos, que possui uma barraca de comida na festa, o prato possui um preparo todo especial com gostinho bem alemão com toque agridoce puxando um pouco para o paladar meio ácido. "O carro chefe das vendas é o joelho defumado, que servimos em sanduíches e também em porções. É um prato típico que eu sirvo desfiado acompanhado do chucrute, que é um repolho agridoce, e com a salada de batata, que para ser bem tradicional precisa ter picles, mostarda e maçã", contou Vanusa. 

"Achei um ambiente muito agradável e com preços justos. Tudo o que eu comi estava uma delicia e achei válido. Estou gostando muito da festa", contou  a aposentada de Maringá-PR, Eriete Roncaglia, que visitou Petrópolis pela primeira vez.

Para quem aprecia uma boa sobremesa, além do tradicional strudel de maçã, o doce queridinho do público é a famosa torta alemã.   Bruno Araujo Albuquerque, conta que no ano passado vendeu mais de mil tortinhas e a expectativa é grande para este ano. "Estamos animados já que a festa este ano está maior que os anos anteriores", disse Bruno que destacou o segredo da tortinha alemã. " A Torta tem um creme base com creme de leite, biscoito maisena e com uma cobertura especial de chocolate. ela com toda certeza é o nosso carro chefe de vendas", ressaltou.

Quem quiser apreciar os quitutes servidos na Bauernfest, tem até o dia 30 de junho, a partir das 10h, para aproveitar.

O petropolitano já respira a herança deixada pelos imigrantes germânicos no seu dia a dia, como na gastronomia, na arquitetura, nos sobrenomes, nos nomes dos bairros, mas, no período da Bauernfest, as cores da Alemanha ficam ainda mais presentes e aparecem por toda a cidade para homenagear aqueles que ajudaram a construir o município. Da decoração nas fachadas e vitrines a festas e pratos especiais em tradicionais restaurantes, é possível encontrar pedacinhos de Bauernfest do Centro Histórico aos distritos.

Pelo Centro Histórico, além dos espaços oficiais da festa – Palácio de Cristal, Rua Alfredo Pachá, Praça da Liberdade e Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), estabelecimentos em ruas como a 13 de Maio, a 16 de Março e a Rua Teresa também estão no clima. Nesta última, por exemplo, além da decoração, o polo de modas ainda conta com gastronomia típica, canecas personalizadas para os clientes e uma van de transporte gratuito para o percurso Bauernfest X Rua Teresa e vice-versa.

Ainda pelo Centro, turistas e petropolitanos encontram a boate Tanzen, instalada no clube Petropolitano, que recebe atrações durante o fim de semana voltadas para o público jovem. E diversos bares e restaurantes oferecem cardápio especial no período.

No Valparaíso, que conta com o Valparaíso Gourmet, os restaurantes criaram pratos especialmente para o período da festa, com o festival chamado “Bauernfest Gourmet”. Cada um com sua especialidade, é possível encontrar pratos como joelho de porco assado com batatas ao vapor, burger de linguiça, flammkuchen - pizza tradicional alemã com nata, bacon em cubos e cebola, entre diversos outros. Tudo acompanhado de boas cervejas artesanais, outra paixão alemã.

Nos distritos, o destaque é o Castelo de Itaipava, que vai realizar o Bierfest neste sábado (22), com cervejas artesanais, gastronomia, danças típicas e atividades para as crianças.

Entre os atrativos turísticos, o Museu Casa do Colono e o Museu do Artesanato também contam com exposições especiais no período da Festa do Colono Alemão.

Parceria da Prefeitura com AgeRio

Financiamento é oferecido através de parceria entre a prefeitura e a AgeRio

Dos R$ 50 milhões que a AgeRio, em média, oferece em financiamento de microcrédito, boa parte deles pode ficar com Petrópolis. A Prefeitura mantém parceria com agência de fomento e até R$ 3 mil podem ser solicitados de créditos pelos empreendedores. Vinte deles já conquistaram os créditos para aplicar em seus negócios. A avaliação é feita no Espaço Empreendedor, que funciona no Centro Administrativo Frei Antonio Moser e o crédito sai sem burocracia. Os valores dos empréstimos ofertados variam entre R$ 500 e R$ 3 mil, dependendo da necessidade do solicitante.

Pode conseguir o microcrédito qualquer pessoa que tenha uma atividade regularizada, mesmo em casa. A taxa é de 2,98%.“O microcrédito é uma boa oportunidade para quem quer investir no seu próprio negócio. O recurso pode ser investido em itens como capital de giro, compra de mercadorias, aumento de estoque e em melhorias no empreendimento”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Robson da Cruz Augusto é eletricista. Pensando em aumentar o seu negócio, ele buscou informações sobre regularização do MEI no Espaço Empreendedor e aproveitou para tirar dúvidas sobre o microcrédito. “Acho uma ótima iniciativa da prefeitura. Com essa parceria podemos planejar como aumentar o negócio. Vou analisar com calma, mas, já penso que pode ser um recurso para a compra de equipamentos, uma necessidade real da minha profissão”, disse.

Veja como fazer o financiamento:

Os documentos exigidos para a solicitação do crédito são: identidade, CPF, comprovante de residência, comprovante de titularidade bancária, foto do empreendimento (tirada na visita) e certificado de MEI (se for o caso). Para o avalista é necessário identidade, CPF, comprovante de residência, comprovante de renda, identidade e CPF do cônjuge (se houver).

“O processo é simples. O interessado solicita o empréstimo e um técnico, que foi capacitado pela AgeRio, avalia a necessidade do valor.O microcrédito é voltado para o pequeno empreendedor, são valores que cabem no bolso, a taxa é pequena e todo processo é acompanhado pelos agentes de formento”, garante Leonardo Sindorf, um dos agentes responsáveis pelo microcrédito.

Informações sobre o microcrédito podem ser adquiridas no Espaço Empreendedor - que funciona no Centro Administrativo Frei Antônio Moser – de segunda a sexta, das 10h às 17h - na Avenida Barão do Rio Branco, n° 2846, telefone (24) 2233-8137, ou pelo e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

“Além de solicitar o microcrédito, no EE a pessoa pode tirar as dúvidas sobre MEI, alvará, consulta de viabilidade e dar entrada nos processos de licenciamento, tudo no mesmo local e sem necessidade de agendamento prévio”, afirma Eduardo Barbosa, diretor do Departamento de Desenvolvimento Econômico e responsável pelo EE.

350 partidas de várias modalidades serão disputadas

Os Jogos Estudantis Unificados de Petrópolis (Jeups) promovem mais 130 horas de atividades esportivas no segundo semestre. A disputa da fase decisiva da competição vai reunir oito equipes em cada categoria dos esportes de quadra – o basquete, no sub-18 masculino, e o futsal, no 15 e 18 masculino, terão 16 times – reunindo mais de mil alunos em cerca de 350 partidas, incluindo também as modalidades individuais e o futebol de campo. Neste ano são 50 escolas participando do torneio, o maior número da história do Jeups, que existe desde 1964. A prefeitura estima premiar cerca de três mil alunos em outubro, mês de encerramento dos jogos.

Na primeira fase foram realizadas 302 partidas nos esportes de quadra em 190 horas de atividades. Ao todo são nove modalidades em disputa no Jeups, sendo cinco coletivas: futebol de campo, futsal, basquete, handebol e vôlei; e quatro individuais: tênis de mesa, xadrez, judô e atletismo. Além do Centro de Iniciação ao Esporte de Petrópolis, no Caxambu, também serão usados nos jogos a Casa dos Conselhos, o campo do Sesc de Nogueira e a pista do 32° Batalhão de Infantaria Leve/Batalhão Dom Pedro II, na Vila Militar.

Especialistas garantem que quanto mais cedo as crianças adotarem o hábito do esporte, menos propensos estarão a doenças. Os números comprovam o fortalecimento dos jogos estudantis desde o início da atual gestão. Em 2016, apenas 19 participaram. Em 2017 foram 41, no ano passado 44 e neste ano, com 50, os jogos chegaram ao maior número de instituições inscritas na história. 

Segundo estudo coordenado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil terá 11,3 milhões de crianças acima do peso em 2025. Nas últimas quatro décadas, o índice de obesidade entre meninos saltou de 0,93% para 12,7%. Entre as meninas, o crescimento foi menor, mas ainda assim elevado: passou de 1,01% em 1975 para 9,37% em 2016. Na contramão desse caminho, os jogos estudantis acontecem na fase da vida mais importante para se estabelecer hábitos saudáveis.

"Fora a prevenção, a prática esportiva traz benefícios físicos diretos na formação corporal, como o estímulo do sistema cardiorrespiratório", explica o professor de educação física André Cruz, do Colégio Bom Jesus Canarinhos. Na escola, os treinamentos são realizados no contra turno das aulas e os alunos são incentivados a participar. “É um objetivo inserir os jovens nas mais diversas modalidades esportivas, contribuindo com a saúde, bem-estar, além de contribuir no desenvolvimento individual de cada um”, completa.

O regulamento deste ano do Jeups permitiu a inscrição de um mesmo atleta para três esportes em equipe nas categorias sub-15 e 18. A mudança atende a um pedido das escolas menores, que contam com menos alunos e ficavam de fora de algumas modalidades. “Como temos poucos alunos, a maioria deles jogam todas as modalidades coletivas. Esse é um detalhe importante, que fez toda a diferença para a nossa escola. Para toda a escola, e em especial para mim, esse é um momento inesquecível”, conta Uilian Rolim Barcellos, professor de educação física da Escola João de Barro, que participa pela primeira vez dos jogos.

Outra novidade deste ano é a criação do projeto Selecionados Jeups. Serão formadas seleções com os principais atletas das categorias sub-15 e 18 no basquete, handebol, vôlei e futsal - apenas no feminino, já que no masculino a Liga Petropolitana de Desportos representa a cidade.

O Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop) completa neste mês de junho um ano de funcionamento. Em 12 meses, 446 imagens registradas, auxiliaram em operações investigativas das forças de segurança, acidentes de trânsito, além de localizar suspeitos e crimes resultando em pelo menos 15 prisões. As câmeras de monitoramento possuem papel fundamental para a segurança da cidade, só em 2019, as imagens apoiaram os agentes policiais em ações como prisões de suspeitos, assaltos, tráficos de drogas, roubo à carros, identificação de quadrilha entre outros. O Centro, que fica localizado no Centro de Cultura Raul de Leoni, possui 56 câmeras em 46 locais, com captação de imagens em 360º graus.

No primeiro ano de funcionamento, as imagens do Ciop, contribuíram para a prisão de quadrilhas que estavam atuando em residências nos distritos, a assaltos em estabelecimento comercias, recuperação de veículos roubados, além de descobrir casos de estelionatos.

No ranking dos registros, as imagens captaram em um ano, pelo menos 100 suspeitas de consumo de entorpecentes pelo Centro da cidade, além de incêndios, incidente no trânsito, ações ilícitas, danos ao patrimônio histórico, agressões entre outros.

No último dia 13, as câmeras ajudaram na prisão em flagrante de um homem que deu um tiro para o alto na Praça Pasteur, na Castelânea. O disparo foi feito em meio a uma confusão no local. As imagens registraram a ação e a Polícia Militar levou o suspeito para a 105ª DP.

Festa ficou movimentada na noite do feriado e lotou o Palácio de Cristal

A 30ª Bauernfest chega a seu segundo fim de semana e a programação continua intensa no Palácio de Cristal – o coração da festa – e na Praça da Liberdade, além de atrações também na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), com o Biergarten. Até domingo, entre os destaques estão as apresentações de danças folclóricas, os bailões com a Banda Germânica, concursos, teatro, shows e muitas atividades para as crianças. O evento continua até o fim do mês, com encerramento no dia 30 de junho. Na noite deste feriado de Corpus Christi (20), turistas e petropolitanos aproveitaram a festa, que teve início após as celebrações religiosas.

O evento continua neste fim de semana, quando mais de 70 atrações estarão espalhadas por cinco palcos e outros espaços. Com a cidade “vestida” de Bauernfest desde o último dia 14, a Cidade Imperial tem respirado a cultura dos colonos germânicos e a programação está entre os pontos altos do evento. Na noite de quinta, o funcionamento das barracas começou a partir de 19h30 – e ficaram lotadas durante toda a noite, mas de sexta-feira a domingo, a Festa do Colono Alemão abre às 10h.

Nesta sexta-feira (21), as atrações começam a partir de 16h, com os Jogos Germânicos para adultos e crianças na Praça da Liberdade. E todos os espaços da festa vão contar com shows e outras atrações no período da noite. Já no sábado e no domingo, a programação começa cedo – 10h na Praça da Liberdade; 13h e 15h respectivamente no Palácio de Cristal; e 12h e 14h no Biergarten. A programação completa está disponível no site da festa: https://www.bauernfestpetropolis.com.br e na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/bauernfest/.

“Estamos entrando na segunda semana de festa com um dos melhores eventos dos últimos anos. No fim de semana a programação é intensa, mas temos atrações todos os dias”, frisa o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Marcelo Florencio.

Pagina 3 de 1240

Notícias por data

« Junho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP