Para tirar dúvidas e oferecer acolhimento aos profissionais da rede municipal que atuam na gestão dos Centros de Educação Infantil e escolas, a Secretaria de Educação vai realizar uma roda de conversa virtual na próxima quinta-feira (21.05). Os interessados em participar já estão fazendo as inscrições diretamente com os departamentos de Ensino Fundamental e Infantil.

O objetivo é o de conversar sobre as ações que estão em andamento, mesmo com a suspensão das aulas, como no caso da plataforma “Educa em Casa”.

A iniciativa é importante já que os encontros presenciais – reuniões e formações – estão suspensas. “Isso foi interrompido devido a necessidade de se prevenir contra o coronavirus. Esse movimento é de mobilização, escuta, de passar informações, tirar dúvidas e esclarecer algumas ações que deverão ser feitas no retorno como a higienização dos espaços”, explica Gloria Maria Vargas, responsável pelo Departamento de Ensino Fundamental.

A ideia é que esse tipo de encontro passe a ocorrer a cada 15 dias. “Professores já iniciaram esse movimento em abril, inclusive com a participação de funcionários da Saúde, que também tiraram dúvidas. É uma forma de pensar em ações e soluções coletivamente”, garante Gloria Maria Vargas.

Agentes precisaram voltar devido à não aceitação dos moradores que acreditavam se tratar de um golpe. Ação está sendo realizada em 133 municípios do país

O trabalho está sendo feito, simultaneamente, em 133 cidades no Brasil. Em parceria com o Ibope, o Ministério da Saúde vai realizar mais de 99 mil testes rápidos em todo o território nacional. Toda a atividade será realizada em três etapas. A primeira teve início no último dia 14 com o objetivo de entrevistar, e testar, 250 moradores de Petrópolis, uma das cidades sorteadas para a realização da atividade. Os locais foram previamente escolhidos de acordo com região e número de habitantes. De acordo com o representante da empresa parceira do Ibope responsável pelo trabalho em Petrópolis, Daniel Francisco, o retorno à cidade se deve à dificuldade encontrada no primeiro dia de trabalho, quando muitos moradores não permitiram o acesso dos técnicos em suas residências.

“Tivemos alguns problemas em relação à confiança dos petropolitanos com nosso trabalho e, diante disso, precisamos retornar antes do tempo previsto para que a pesquisa não fique sem sentido. Muitas pessoas acreditaram se tratar de um golpe. Voltamos à prefeitura para pedir algum tipo de auxílio em relação ao nosso trabalho e, agora, estaremos acompanhados por agentes de endemias e agentes de saúde da cidade. Nossa intenção é mapear o comportamento do vírus na cidade e prestar informação à secretaria de saúde”, afirmou Daniel.

Em Petrópolis o trabalho está sendo realizado por uma equipe de 18 pessoas entrevistando os moradores e, ao mesmo tempo, realizando o teste rápido da COVID-19. Todos os técnicos, contratados para fazer os questionários on-line através de tablets, foram capacitados por agentes de saúde para a realização dos testes na população. As equipes estão devidamente paramentadas com EPI´s, como luvas e máscaras. Os resultados saem em 15 minutos e são imediatamente informados aos entrevistados. Ao final de todo o trabalho, o Ministério da Saúde será informado e notificará às secretarias de saúde de todos os municípios participantes.

Segunda, 18 Maio 2020 - 18:19

Sirenes móveis são usadas em Cascatinha

Equipamentos da Defesa Civil pedem para que moradores fiquem em casa

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias realizou a operação Alerta Coronavírus em Cascatinha nesta segunda-feira (18.05). Através de mensagens que reforçam a importância do isolamento social, a prefeitura reforça que os petropolitanos devem evitar aglomerações permanecendo em casa. As sirenes móveis também pedem que a população use máscaras, de acordo com o decreto municipal. A ação tem com objetivo de evitar a proliferação da Covid-19.

Os veículos passaram pelo Bela Vista, Loteamento Samambaia, Humberto Rovigatti, Praça da Igreja Matriz de Cascatinha e Alcobacinha. 

A ação reforça o trabalho diário realizado pelas sirenes fixas. Diariamente os 20 conjuntos do Sistema de Alerta e Alarme de Petrópolis são usados pela prefeitura para pedir que a população evite sair de casa. Instalados em 12 locais, os equipamentos emitem mensagens reforçando a importância do isolamento social e também dicas de higiene pessoal. As sirenes fixas tocam às 10, 16 e 20h. Os bairros são: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. 

Outra ferramenta importante e que está sendo usada para reforçar os apelos por higiene pessoal e distanciamento social é o alerta de WhatsApp da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias. As mensagens estão sendo enviadas diariamente para os usuários cadastrados. O número é o (24) 98863-5497.

A ação teve participação das Secretarias de Fazenda, Serviços e Ordem Pública e Procon municipal

Na manhã desta segunda-feira (18.05) a Prefeitura, por meio da Secretaria de Fazenda, cassou o alvará de funcionamento do restaurante Pietro Santi Dinner Club. No fim de semana, os responsáveis pelo estabelecimento promoveram uma festa que aglomerou consumidores e desrespeitou os decretos municipais editados no contexto da pandemia do novo coronavirus e que visam evitar a propagação da covid-19. O restaurante, localizado no distrito de Itaipava, ainda foi multado em R$ 2 mil pela Secretaria de Segurança, Serviços e Ordem Pública (SSOP). Ele também foi autuado e interditado pelo Procon/Petrópolis-RJ, por colocar em risco a vida dos consumidores – o que pode acarretar também em multa.

As primeiras denúncias chegaram à fiscalização de posturas e ao órgão de defesa do consumidor no fim da tarde de domingo (17.05). A informação era de que o restaurante promoveu uma festa entre a noite de sábado (16.05) e a madrugada do dia seguinte. Na manhã de hoje, as equipes da prefeitura estiveram no local e encontraram vestígios da festa.

O Procon/Petrópolis-RJ já esteve em contato com o delegado titular da 106ª Delegacia de Polícia, João Valentim, solicitando mais evidencias e informando que vai encaminhar as provas para que sejam anexados ao inquérito penal.

Hotel é multado e intimado

A fiscalização de posturas ainda esteve no fim da manhã de hoje no Hotel Castelo de Itaipava. No domingo, o órgão público recebeu também denúncias sobre aglomeração de hóspedes nas dependências comuns do estabelecimento, o que contraria as determinações dos decretos municipais, no que diz respeito a evitar a aglomeração de pessoas nos estabelecimentos. Durante a fiscalização, a equipe de posturas ainda identificou o consumo de café da manhã pelos hóspedes no restaurante do hotel.

O estabelecimento foi autuado e intimado a não abrir mais as áreas comuns. A equipe do Procon/Petrópolis-RJ, que também esteve na ação, ainda orientou o estabelecimento sobre a adequação às medidas preventivas necessárias para a saúde do consumidor no período da pandemia.

Prefeito se mostrou satisfeito com as duas novas unidades móveis
Com a entrega município totaliza 15 ambulâncias da rede SUS

O prefeito recebeu, na manhã desta segunda-feira (18/05), mais dois veículos que vão fortalecer a frota da saúde no município. Uma das unidades é classificada como “ambulância simples sanitária”, que vai servir para remoção de acidentados e ocorrências mais simples. O outro veículo é para transportes de pacientes com dificuldades de locomoção. Um carro adaptado para cadeirantes e seus acompanhantes.

Com a doação realizada pelo Estado, o município contabiliza 15 ambulâncias à disposição da rede SUS. Atualmente, três vans já fazem o serviço de transporte de pacientes de Petrópolis para o Instituto Nacional do Câncer, o INCA, duas vezes por dia, no município do Rio de Janeiro. A doação veio através de uma emenda de bancada. Petrópolis aguarda, ainda, a doação de mais duas ambulâncias, ainda no primeiro semestre.

Segunda, 18 Maio 2020 - 18:15

Prefeito visita CEI Professora Anna Nardi

Local foi criado nesse ano e já tem 91 crianças matriculadas

Apesar da suspensão no atendimento na rede municipal devido as ações de prevenção ao coronavírus, as escolas e Centros de Educação Infantil estão equipadas. Um dos exemplos é o CEI Professora Anna Nardi, no Quissamã, que foi criado nesse ano pelo poder público e já possui mais de 90 alunos matriculados do berçário ao 5º período da educação infantil. O prefeito vistoriou o espaço nessa segunda-feira (18.05) e conferiu o mobiliário e brinquedos novos adquiridos para o CEI.

O CEI Professora Anna Nardi possui berçário, sala de estimulação, solário, área de convivência, refeitório, lactário, elevador e banheiros em todas as salas de aula - 11. “As crianças estava se adaptando muito bem. Estamos torcendo para tudo voltar normal para matarmos as saudades”, garante a diretora do CEI, Andresa Chaves.

Para se tornar um CEI, o imóvel ganhou telas de proteção, pintura e adaptação para deficientes – como um banheiro específico, além do elevador. Brinquedos didáticos novos, cadeiras, mesas e cadeirinhas de alimentação também foram entregues no local que, possui, ainda, um sistema de luz solar.

“Apesar da suspenção das aulas, a Secretaria de Educação está em contato direto com os gestores para garantir que todos os espaços estejam organizados”, explicou o subsecretário de Educação, Fídias Alves.

Aumento no número de vagas na Educação Infantil:

Só neste ano o poder público já colocou em funcionamento três novos espaços: o CEI Anna Nardi, no Quissamã; o CEI Monsenhor Paulo Daher, no Centro e o CEI Dagmar Rolando, em Corrêas.  Um outro CEI, no Boa Vista, está em fase final de obras. Além dos novos espaços, a Secretaria de Educação também aumentou o número de vagas ofertadas em espaços já em funcionamento em bairros como Bingen, Centro e Jardim Salvador.

 

Após receber denúncias da população e comprovar através de registros nas redes sociais que o estabelecimento Pietro Santi Dinner Club, localizado em Itaipava, promoveu um evento no último sábado (16.05) com aglomeração de pessoas, a prefeitura cassou o alvará de funcionamento do local. O estabelecimento desrespeitou os decretos municipais que só permitem a abertura de serviços considerados como atividades essenciais. Uma equipe da prefeitura está no local nesse momento e todas as medidas administrativas cabíveis serão tomadas pelas secretarias municipais que estão atuando no caso - Fazenda, SSOP e Procon.

Ventiladores mecânicos haviam sido retirados para manutenção em março. Secretaria de Saúde acionou a Justiça para reaver as máquinas

Seis respiradores foram levados de volta ao Hospital Municipal Dr. Nélson de Sá Earp (HMNSE) na manhã deste sábado (16.05). Os ventiladores mecânicos haviam sido retirados da unidade pela empresa Oxy System Equipamentos Médicos, contratada pela prefeitura, em março deste ano. A retirada ocorreu após os aparelhos apresentarem problemas técnicos detectados pelo próprio hospital. Informada sobre o problema, eles foram levados pela empresa contratada, que também presta serviços de manutenção e, após mais de trinta dias, não haviam sido devolvidos, dificultando a operação das unidades de terapia intensiva e limitando a quantidade de leitos específicos ao atendimento de pacientes infectados pelo Coronavírus na cidade. No contrato original, realizado entre a empresa e a prefeitura de Petrópolis, 12 respiradores estariam disponíveis ao HMNSE para atender à demanda excedente trazida pela pandemia.

Diante do problema, a Secretaria de Saúde decidiu acionar a empresa judicialmente e abriu um processo no mês de abril para cobrar a devolução imediata dos aparelhos, mesmo com o contrato já em fase final. A decisão judicial compreendeu a importância dos respiradores no momento vivido pelo município e obrigou a vinda dos equipamentos, mesmo em caso do término do contrato, sob a pena de multa de R$100 mil por hora de atraso na entrega com início na próxima segunda-feira, dia 18 de maio.

Após notificação, a empresa entrou em contato com a prefeitura na última quinta-feira (14.05) confirmando a devolução dos seis ventiladores e acenando a intenção de renovação do contrato, datado e assinado nesta sexta-feira (15.05). Diante disso, a empresa passa, novamente, a ter a obrigação de manter os respiradores no município. Para o prefeito, uma vitória merecida num momento delicado.

Todos os aparelhos foram testados pela equipe médica do hospital no momento da devolução. Segundo o advogado e Procurador Adjunto de Suporte à Saúde, Anderson Garcia, foi uma decisão acertada.

“Não podíamos entrar em dificuldades ou situação de risco devido aos contratempos causados pela empresa. Alugamos as máquinas e metade delas apresentou defeito. Com a renovação do contrato temos a certeza de que a saúde não vai sofrer quando as unidades hospitalares mais necessitam de equipamentos”, afirmou o procurador.

Vale dizer que, com a renovação do contrato, foi aplicado somente o índice de reajuste anual já previsto no próprio documento original, isto é, o IGPM dos últimos 12 meses.

Um salão de cabeleireiro também foi autuado no Chácara Flora

Três bares foram multados em R$ 800 nesta sexta-feira (15.05) por descumprir os decretos municipais de enfrentamento ao coronavírus – um na Rua General Osório (Centro), um na Rua Teresa e um na Rua Santo Antônio (Alto da Serra). O decreto municipal 1.103, de 21 de março, proíbe o funcionamento deste tipo de estabelecimento. A norma foi editada para impedir aglomerações, como forma de combate ao coronavírus. No entanto, fiscais de Posturas flagraram clientes no interior dos três estabelecimentos consumindo bebidas alcoólicas. Além da autuação, ambos foram intimados a manter as portas fechadas.

Outra restrição é para salões de cabeleireiro. Um estabelecimento aberto na Rua Alfredo Schilick, no Chácara Flora, também foi multado em R$ 800 e deverá manter as portas fechadas. Em caso de reincidência, a autuação será com valor em dobro.

A fiscalização mobiliza também equipes da Vigilância Sanitária, Secretaria de Meio Ambiente e Procon. Desde meados de março, 57 lojas de comércio não essencial receberam intimações para manter as portas fechadas e outras 24 foram notificadas por provocar aglomerações – 81 no total. Até esta sexta, foram aplicadas 42 multas por causa dessas irregularidades.

Sirenes móveis pedem para que moradores permaneçam em casa

O governo municipal segue pedindo aos petropolitanos que permaneçam em suas casas. Nesta sexta-feira (15.05) a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias realizou a operação Alerta Coronavírus no Carangola e no Roseiral. As sirenes móveis divulgam uma mensagem reforçando a importância do isolamento social neste momento e pedindo que a população use máscaras. O objetivo principal da ação é evitar a proliferação do coronavírus.

Os veículos passaram pelo Cidade Nova, Vicenzo Rivetti e Vale do Carangola, além da Rua Virgílio de Sá Pereira Junior (Roseiral). Desde o dia 13 de março - data em que foi publicado o primeiro Decreto Municipal com as medidas adotadas pelo poder público sobre o coronavírus - a operação com as sirenes móveis passou por diversos bairros.

Ontem (14) a Defesa Civil realizou a mesma operação nas Comunidades do Alemão e Neylor e no bairro Atílio Marotti. Ainda nesta semana, o trabalho aconteceu em ruas e praças do Centro, Bairro Esperança, Floresta, Alto da Serra e Caxambu.

 Além das sirenes móveis, diariamente, os 20 conjuntos do Sistema de Alerta e Alarme de Petrópolis são usados pela prefeitura para pedir que a população evite sair de casa. Os equipamentos estão instalados em 12 locais e tocam às 10, 16 e 20h.

Os locais que contam com as sirenes fixas são: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe.

Outra ferramenta importante e que está sendo usada para reforçar os apelos por higiene pessoal e distanciamento social é o alerta de Whatsapp da Defesa Civil. As mensagens estão sendo enviadas diariamente para os usuários cadastrados. O número é o (24) 98863-5497.

Pagina 4 de 1478

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Maio 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo