Usuários se cadastraram pelo próprio site da prefeitura durante a última semana. Ao todo, 450 vagas foram disponibilizadas para a população

O prefeito esteve em mais uma ação de testagem em massa da população na manhã de hoje (04.07), no distrito da Posse. O trabalho faz parte da ampliação de testes na cidade e foi divulgado ao longo da última semana pela prefeitura. Os testes serão realizados até o dia 15 do próximo mês em outros locais da cidade, como Alto da Serra (11), Corrêas (18), Bingen (25), Centro (01.08), Mosela (08) e Cascatinha (15).

A ação deste sábado foi realizada na Praça CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) e teve a participação de 15 agentes de saúde. Todas as 450 vagas foram preenchidas. Vale lembrar que os cadastros vêm sendo feitos através de um link na página da própria prefeitura na Internet. Nele, os usuários devem apresentar nome completo, CPF, endereço e data do aparecimento dos primeiros sintomas. 

Além dos testes que vêm sendo realizados através do sistema Drive Thru, aos sábados, o município vai contar, ainda, com mais duas ações. A primeira, amanhã (05/07), e outra no próximo domingo (12/07). Ambas no Parque Municipal, em Itaipava. Em todos os dias e locais já informados, os exames continuarão sendo realizados entre 09h e 16h, com atendimento exclusivo a usuários cadastrados e dentro dos veículos.

Para agilizar todo o processo de testagem, os resultados serão disponibilizados no mesmo link, no site da prefeitura, onde os usuários se cadastraram, em até 48 horas. Vale lembrar que os testes são realizados, apenas, em pacientes que estejam entre o oitavo e trigésimo dia do aparecimento dos sintomas.

Ao mesmo tempo, serviço que torna a rede iluminação pública mais eficiente já está sendo feita também na Posse

O trabalho de substituição de lâmpadas comuns por luminárias de LED está na reta final no São Sebastião. Além disso, a ação, que integra o programa Petrópolis Iluminada, já está sendo feito também na Posse. O serviço está tornando a rede de iluminação pública mais eficiente em toda cidade porque a tecnologia empregada permite iluminar mais com menor consumo de energia. Nesta fase, são mais de 1,7 mil luminárias que sendo instaladas em 28 bairros.

O São Sebastião foi o primeiro bairro atendido nesta etapa. São 154 luminárias instaladas nas ruas São Sebastião, Praça João Augusto Borba, Franklin Roosevelt, Praça Frei Leão, Indaiá, Vital Brasil e, nesta sexta-feira (03.07), o serviço aconteceu em nas ruas Capitão Paladini e Adão Brand. Outro local atendido nesta sexta é a Rua Nossa Senhora de Fátima, no distrito da Posse, onde estão programadas 77 luminárias.

O serviço realizado agora é fruto de um planejamento feito pelo Departamento de Iluminação Pública, que levou em consideração os índices de iluminação estabelecidos pela ABNT para cada tipo de rua atendida. Lâmpadas comuns com potências 70 a 250 watts estão sendo substituídas por luminárias de 50 a 180 watts – ou seja, reduzem o gasto de energia. Além disso, esses equipamentos têm maior durabilidade, demandando menos manutenções. Por esses dois fatores, a estimativa é que a economia com as 1,7 mil luminárias instaladas neste momento passe de R$ 100 mil em um ano.

Esta é a quarta fase do programa. Nas três anteriores, 735 luminárias foram instaladas em ruas do Centro. Agora, além do São Sebastião e da Posse, o trabalho vai passar por: Atílio Marotti, Bairro da Glória, Independência, Comunidade do Neylor, Carangola, Comunidade do Alemão, Itaipava, Madame Machado, Morin, Quissamã, Castelânea, Sargento Boening, Chácara Flora, Alto da Serra, Estrada da Saudade, Cascatinha, Pedro do Rio, Dr. Thouzet, Valparaíso, Bairro Esperança, Nogueira, Boa Vista, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Siméria e Quitandinha. O planejamento do serviço de instalação das luminárias de LED se estende até novembro.

O trabalho de fiscalização apurou reclamações de consumidores, muitos de grupo preferencial, de tempo de espera que ultrapassa uma hora

Nesta sexta-feira (03.07), o Procon municipal autuou a rede Itaú pelo tempo de permanência ao qual os consumidores têm sido expostos nas filas à espera do atendimento nas agências bancárias de Petrópolis. O órgão de defesa do consumidor vem apurando denúncias de gestantes, idosos e portadores de necessidades especiais que aguardam mais de uma hora pelo atendimento. Há cerca de duas semanas, o Procon distribuiu uma recomendação conjunta para que as unidades bancárias se readequassem não apenas no que diz respeito às medidas de enfrentamento ao novo Coronavírus, mas também à demanda de atendimento a partir do processo de retomada das atividades sócio econômicas.

A fiscalização do Procon percorreu 18 agências do Centro Histórico e do bairro Alto da Serra na última semana, para apurar as denúncias dos consumidores no que diz respeito ao tempo de espera. “Na maior parte das agências, o tempo tem sido superior aos 45 minutos e não vem ocorrendo a distribuição das senhas”, informa a coordenadora do Procon, que destaca que uma das recomendações dada aos bancos é justamente sobre a ampliação dos serviços de caixa eletrônico “a fim de facilitar o atendimento e a permanência mínima razoável do consumidor” na espera pelo atendimento. Além disso, a disponibilização de informação sobre horário especial de atendimento à idosos, bem como sobre os canais digitais de atendimento (como aplicativo de celular, internet banking).

Na tarde de hoje, quando a fiscalização esteve na unidade do banco Itaú da Rua Paulo Barbosa, no Centro, cerca de 35 consumidores do atendimento preferencial, aguardavam atendimento. Alguns deles relataram tempo de espera superior a uma hora. “Há uma necessidade de adequação da gestão. Se os bancos tiveram o quadro reduzido, é necessário que reorganizem o atendimento para que o consumidor não acabe prejudicado e, o que é pior, exposto ao risco de contágio durante a pandemia”, avalia Raquel Motta.

O serviço de higienização aconteceu na Rua Honduras e Dr. Thouzet (Quitandinha), Chapa 4 (Valparaíso) e na Rua Quissamã, nesta sexta-feira (03.07). A limpeza realizada pela Águas do Imperador contou com aplicação de hipoclorito de sódio 0,5%, um tipo de alvejante que elimina vírus e bactérias presentes em superfícies. A medida adotada pelo município tem o objetivo de combater o coronavírus em Petrópolis.

Desde o início da pandemia, a Águas do Imperador já percorreu mais de 950 km de ruas – passando por todos os bairros da cidade – aplicando mais de 2 milhões de litros de hipoclorito de sódio. Nesta semana, a limpeza também aconteceu na Rua Rio de Janeiro, no Amazonas e na Vila Ipanema (Quitandinha).

Além da concessionária, a Comdep promoveu o serviço de higienização hoje (03). A limpeza aconteceu na Mosela, Alberto de Oliveira, Bataillard, Ponte do Fones, São Sebastião, Conde D'Eu e Praça Pasteur. À noite, a ação acontece nos terminais rodoviários de Corrêas e Itaipava e em frente a UPA Itaipava.

Além da ação de amanhã (04.07) no distrito da Posse, Itaipava vai repetir testagem no domingo

Prefeitura disponibilizou 450 vagas para cada dia nos dois locais

Para aumentar a capacidade de testagem na cidade, a prefeitura tomou medidas importantes nesta sexta-feira (03.07). Uma delas foi aumentar a quantidade de testes nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Até hoje, os locais realizavam 50 testes por semana, em cada uma das nove UBS de Petrópolis. A partir de agora, cada unidade vai oferecer 150 vagas por semana. Os cadastros serão abertos semanalmente, através de um link na página da prefeitura na Internet. Todos os resultados serão disponibilizados, em até 48 horas, no mesmo local onde foi feita a inscrição. Vale lembrar que os cadastros são importantes e, neles, devem constar nome, CPF e endereço dos usuários, além de questões relativas às datas e período dos sintomas da COVID-19. Os atendimentos são realizados nas unidades do Alto Independência, Quitandinha, Morin, Itamarati, Retiro, Araras, Itaipava, Pedro do Rio e Mosela.

Além disso, para facilitar o atendimento das pessoas que não têm acesso à testagem no horário normal das unidades, a prefeitura destacou o Centro de Saúde para realizar os exames no terceiro turno, entre 16h e 19:30h, de segunda a sexta-feira, com um total de 80 vagas por dia. Ainda com o objetivo de ampliar a testagem no município, quatro UBS, mais o Centro de Saúde, vão abrir aos sábados durante os próximos finais de semana oferecendo 100 vagas, em cada ação, para realização de exames. Na primeira semana, serão as UBS da Mosela, Itaipava, Alto Independência e Morin.

Outra medida que pretende acelerar a testagem na cidade é a ampliação, nos dois próximos domingos, dias 05 e 12 de julho, das ações do Drive Thru no Parque Municipal, em Itaipava. Além das ações já anunciadas aos sábados, as testagens aos domingos também irão oferecer mais 450 vagas disponíveis para cadastros no site da prefeitura.

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, em conjunto com a Cruz Vermelha Brasileira – filial Petrópolis, entregou alimentos e materiais de higiene e de limpeza para o Lar Nossa Senhora das Graças nesta sexta-feira (03.07). Entre os gêneros doados estão macarrão, arroz, óleo de cozinha, leite em pó, biscoito, além de cloro, detergente e artigos para limpeza doméstica. A iniciativa é parte das campanhas solidárias realizadas pela Defesa Civil dentro do Plano Inverno municipal.

O Lar Nossa Senhora das Graças, em Corrêas, recebe jovens abandonados por suas famílias ou aqueles que são encaminhadas pelo Conselho Tutelar e Vara da Infância e Juventude. A instituição se mantém através de doações, mas por conta da pandemia, o apoio diminuiu nos últimos meses. Atualmente, são 11 crianças atendidas pelo lar.

CEI fica no Centro Educacional Valéria Chim Rossi

Conhecido como “Castelinho”, o local já tem 176 crianças matriculadas na educação infantil

A rede municipal de Educação ganhou nesse ano um reforço importante na oferta de vagas na educação infantil, com a criação de novos espaços, como o CEI Monsenhor Paulo Daher, no Centro. Carinhosamente chamado de “Castelinho”, o CEI fica em um verdadeiro castelo, com todo conforto e segurança para os 176 alunos que já estão matriculados. Nesta sexta-feira (02.07), o prefeito inaugurou oficialmente o espaço, através de uma live no Facebook. O CEI Monsenhor Paulo Daher funciona no Centro Educacional Professora Valéria Chim Rossi - no mesmo terreno funciona o Centro de Referência em Educação Inclusiva João Pedro de Sousa Rosa - o CREI - que oferece atendimento especializado para os alunos da rede com deficiência.

Na ocasião, o prefeito, agradeceu ao Dr. Alexandre Teixeira e o promotor Vicente de Paula, da Vara da Infância e Juventude a participação na inauguração.

O juiz da Vara da Infância e Juventude, Alexandre Teixeira, destacou que o investimento em educação é que torna a sociedade melhor. “A educação muda uma família, um futuro. É muito gratificante estar aqui, como forma de reconhecimento do trabalho dessa administração que teve um olhar sensível para a educação. Estudei em escola pública e tive incentivo e isso faz toda a diferença. O mérito desse trabalho bem feito é do prefeito e da secretária de Educação”, afirmou o Dr. Alexandre Teixeira.

O promotor Vicente de Paula, também destacou a importância da educação de qualidade. “O investimento na primeira infância é revertido lá na frente, no futuro do indivíduo. Importantíssimo esse momento”.

Homenagem ao Monsenhor Paulo Daher

O CEI recebeu esse nome como forma de homenagem ao Monsenhor Paulo Daher, que faleceu em 2019 e era vigário-geral da Diocese de Petrópolis. O Monsenhor José Maria, representando a diocese, fez uma benção especial no espaço. “Imagino a alegria do Monsenhor Paulo, no céu. É muito gratificante participar desse momento”, contou.

A irmã do Monsenhor Paulo Daher, Maria José Elias Daher, ficou emocionada ao conhecer o local. “Sem palavras para agradecer tanto carinho. É a realização do sonho do monsenhor que era um apaixonado pela educação. Toda família está muito feliz. O CEI é lindo, maravilhoso”.

CEI poderá ter até 250 alunos

O local tem capacidade de atendimento de até 250 crianças e começou a funcionar antes da pandemia, com atendimento desde o berçário até o 5º período da educação infantil. No imóvel são 17 salas de aula, brinquedoteca, sete banheiros e área de lazer com quadra e parquinho. 

A diretora do CEI, Quelle Cristina da Costa, destacou que as crianças adoraram o espaço. “Os alunos estavam se adaptando muito bem. Infelizmente tivemos que dar essa parada, estamos com saudades e temos certeza de que quando isso passar, vamos aproveitar muito esse espaço”.

Centro Educacional Valéria Chim Rossi

Além do CEI Monsenhor Paulo Daher, o Centro Educacional Valéria Chim Rossi conta com o Centro de Referência em Educação Inclusiva João Pedro de Souza Rosa – CREI: no mesmo terreno, mas em imóveis totalmente separados funcionam esses dois equipamentos da Secretaria de Educação. O CEI Monsenhor Paulo Daher, com atendimento especifico para educação infantil e o CREI com oficinas e atendimento especializado para crianças da rede municipal de Educação com deficiências. Atualmente, 213 alunos estão inscritos nas atividades oferecidas no CREI.

Educação Infantil: aumento na oferta de vagas

Desde 2017 o poder público vem investindo no aumento da oferta de vagas na educação infantil. Ampliações e abertura de novos Centros de Educação Infantil – realizadas antes da suspensão das aulas devido à prevenção ao coronavírus - garantirão que até o final do ano sejam contabilizadas na rede municipal a criação de mais de duas mil vagas nos CEIs.

Além dos novos CEIs que foram abertos nesse ano pelo poder público – CEI Monsenhor Paulo Daher (Centro), CEI Dagmar Rolando (Corrêas) e CEI Anna Maria Nardi (Quissamã), a Secretaria de Educação também aumentou o número de vagas ofertadas em espaços já em funcionamento em bairros como Bingen, Centro e Jardim Salvador. Um outro CEI, o Boa Vista, este em fase final de obras.

Ampliação de vagas também no ensino fundamental

Ainda em fevereiro, a prefeitura inaugurou o novo prédio da EM Jandira Bordignon, no Quitandinha. A obra, que foi abandonada em 2016 e retomada pelo prefeito em 2018, garante a ampliação no número de alunos atendidos na escola: de 400 para 700 estudantes. O prédio conta com 12 salas de aula, quadra poliesportiva, sala de leitura e de informática e acessibilidade nos três andares.

Telhado, piso, parte elétrica, pintura e pavimentação são totalmente novos

Uma das obras mais aguardadas pela população foi entregue pelo prefeito na noite desta quinta-feira (02.07). Um Terminal Centro totalmente reformado, mais confortável e acessível entra em operação já nesta quinta-feira, beneficiando milhares de pessoas que passam pelo local todos os dias – antes da pandemia, esse número chegava a 100 mil passageiros e pedestres.

 O telhado teve todas as telhas antigas substituídas, com instalação de rufos e cumeeiras, além de impermeabilização de calhas. Isso foi realizado para impedir poças e, consequentemente, infiltrações, um dos maiores problemas antes da reforma. Durante a obra, mais de 30 toneladas de entulho foi removido de cima do telhado. Também foi feito troca de forro em toda a parte coberta das áreas internas.

O piso em granitina também foi totalmente refeito e polido, com instalação de azulejos podotáteis, sistema de orientação de pessoas com deficiência visual. Esses equipamentos foram instalados também na área interna quanto na calçada na Rua Dr. Porciúncula.

A parte elétrica também teve revisão total. Com isso, também foram instaladas 13 TVs para os passageiros. Também foi feita substituição das lâmpadas comuns por 57 luminárias de LED, o que fez com que a iluminação do Terminal Centro fosse ampliada. Quem passar pelo local também vai contar com conexão à internet gratuita por rede Wi-Fi.

Outra novidade é instalação de câmeras de segurança, que terão as imagens acessadas também pelos agentes do Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop). O Terminal Centro também contará com salas operacionais para a Guarda Civil, outra para Polícia Militar e também uma para CPTrans – esta última ganhou o nome de Sérgio Ricardo de Melo, funcionário da empresa Petro Ita que morreu atropelado no último dia 25, após trabalhar por 26 anos como rodoviário em Petrópolis. A família dele recebeu uma homenagem em nome dele.

A pintura em paredes, portas de madeira, portões e guarda-corpo, tanto na parte interna quanto externa, foi totalmente refeita.

A pavimentação também é nova, com intervenções ainda nos almofadões na entrada e na saída dos ônibus e colocação de meio-fio nas baias.

Assim como em Corrêas e Itaipava, o Terminal Centro também tem pias instaladas para permitir a lavagem das mãos, uma das medidas recomendadas para prevenção ao coronavírus. A instalação é provisória.

Também foi feito gradeamento do Terminal. Com isso, o local será fechado após a saída do último ônibus do dia (meia-noite) até o primeiro ônibus do dia seguinte (por volta de 5h). Nesse período, será feita limpeza e manutenção do espaço. As linhas noturnas seguem fazendo parada do lado de fora do Terminal.

Rodoviário há quatro anos, Marcelo Borba teve a oportunidade de ver o resultado da reforma. O que mais destacou foi a iluminação.

"A iluminação está muito maior, inclusive colocaram algumas luminárias em cima de onde os ônibus param e isso vai ajudar muito nas manobras de noite. O telhado também ficou muito bom. Antes dava medo, agora vamos ter mais segurança", falou o rodoviário.

Todo Terminal Centro foi reformado, seguindo os padrões determinados pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e pelo Inepac (Instituto Estadual do Patrimônio Artístico e Cultural) para preservar as características do prédio da Estação Rodoviária Imperatriz Leopoldina – que faz parte do conjunto arquitetônico preservado pelos dois órgãos. A obra é um investimento de R$ 964,4 mil e foi realizada pela empresa VACC Indústria, Comércio e Serviço Eireli. São 1.640 viagens de 80 linhas de ônibus com destino a bairros como Alto da Serra, Quitandinha, Bingen, Retiro e Valparaíso.

As informações recebidas pela fiscalização relatavam ainda a concentração de um grande número de pessoas sem máscaras no local consumindo bebida alcoólicas nos fins de semana.

Após receber denúncias de aglomeração, consumo de bebida alcoólica e música alta nos fins de semana, a equipe de fiscalização de posturas da secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública – SSOP, identificou nesta quinta-feira (02.07), no bairro Caxambu, um bar e pesque e pague que funcionava sem alvará e licença ambiental, apesar da pandemia da Covid-19. O estabelecimento foi interditado e o proprietário intimado a apresentar a documentação do empreendimento. A ação foi deflagrada pela mesma equipe que, há menos de uma semana, descobriu um bar que funcionava por intermédio de uma Pet Shop, no bairro Quissamã – episódio viralizou nas redes sociais, através de um vídeo, e fez com que Petrópolis se tornasse notícia em outros países.

Desde o início do mês passado, a cidade vem retomando aos poucos as atividades comerciais não essenciais, por meio do Plano de Retomada das Atividades Sócio Econômicas da Prefeitura de Petrópolis. Bares, no entanto, ainda não estão autorizados a funcionarem.

O chefe da Fiscalização de Posturas, Hailton Lima, relata que não houve flagrante na ação de hoje. “O estabelecimento estava fechado no momento em que a equipe chegou no local. Porém, foi identificada a falta do alvará e da licença ambiental exigida para esse tipo de empreendimento. O local continuará sendo fiscalizado, autuado e multado caso desrespeite a interdição”.

Restaurantes intimados na Posse

A ação de fiscalização continuou no distrito da Posse, onde foi realizado um trabalho de orientação do funcionamento dos estabelecimentos, dentro das normas de saúde pública. Um bar foi identificado funcionando em desacordo com os decretos municipais e intimado a fechar.

Teste será feito em todos os 206 agentes da corporação

A prefeitura continua realizando testes rápidos de detecção do Coronavírus em profissionais que atuam em contato com público. Nesta quinta-feira (02.07), a Secretaria de Saúde aplicou os exames em agentes da Guarda Civil. São 206 pessoas que serão testados na corporação.

O município está fazendo a testagem dos funcionários da Comdep, Procon, CPTrans e das secretarias de Saúde, Obras e Assistência Social.

Presidente da Associação dos Guardas Civis Municipais de Petrópolis (AGCMP), Luiz Fernando Neiva ressalta que todos os agentes farão os testes, mesmo os que estão afastados por idade.

"Essa é uma ação importantíssima. Nós temos guardas fazendo os serviços de controle sanitário, temos contato direto com a população e podemos estar expostos a pessoas infectadas. Também atuamos na fiscalização e continuamos no trânsito. Então é importante para a contenção propagar para casa, para vizinhos e para a própria população", disse.

Os testes em profissionais da prefeitura que atuam em contato com o público fazem parte da testagem em massa que está sendo feito em toda população. A prefeitura está adquirindo 50 mil exames e terá 62 mil kits para detectar o Coronavírus. Os exames estão sendo feitos em sistema de drive thru (com duas etapas realizadas e mais seis no calendário da Secretaria de Saúde até agosto) e nas UBSs do município - em ambos os casos, é necessário agendamento prévio pelo site da prefeitura. Os testes são aplicados em pessoas que apresentaram sintomas como tosse, febre ou dificuldades respiratórias há, pelo menos, sete dias.

Pagina 5 de 1491

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Julho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo