Objetivo é imunizar priorizando idosos de toda a cidade. Movimentação foi intensa no Quitandinha e Itaipava.

Como programado e divulgado pela prefeitura, teve início às 9h desta quarta-feira (25.03) a campanha de vacinação pelo Drive Thru em dois pontos estratégicos da cidade. Equipes de vacinação estiveram presentes no Quitandinha e Parque Municipal de Itaipava, imunizando idosos contra a gripe.

Nesta primeira fase, entre os dias 25 e 27 de março, a vacina seria aplicada somente a idosos entre 70 e 79 anos. Já na próxima semana, entre os dias 30 de março e 08 de abril, seria a vez dos idosos entre 60 e 69. Segundo a Secretaria de Saúde, o planejamento não vem sendo cumprido pelos petropolitanos. O resultado foi uma correria aos postos e também no Drive Thru. De qualquer forma todos estão sendo atendidos.

A secretaria lembrou, ainda, que muitas pessoas acreditam que a vacina seja contra o coronavírus, o que, talvez, justifique a procura em massa pela imunização. 

A justificativa também endossa a baixa nos estoques de vacinas, não só em alguns postos de Petrópolis, mas em diversas cidades do interior do Estado. Ainda nesta quarta-feira, a Secretaria de Saúde aguarda a segunda remessa com mais 12 mil doses por parte do Estado. As unidades vão suprir alguns postos onde houve maior procura da população, normalizando o processo. 

Vale lembrar que a campanha pelo Drive Thru vai permanecer aberta durante a semana até o dia 08 de abril e, após, terá continuidade nos 40 postos já divulgados pela prefeitura. Idosos acima de 80 anos podem agendar a vacinação em domicílio através do telefone 0800 092 1234.

Ação visa restringir o acesso a automóveis e passageiros de outras cidades

O controle sanitário teve início nesta segunda-feira (24.03) nas principais entradas da cidade e contou com cerca de 50 agentes da CPTrans, Polícia Militar, Guarda Municipal e Vigilância Sanitária. Na ação, realizada 24 horas a partir de hoje, veículos de municípios como Magé, Duque de Caxias, Juiz de Fora e Rio de Janeiro foram abordados com a necessidade de justificativa de viagem. Agentes da Vigilância Sanitária mediram a temperatura dos ocupantes e deram orientações de como proceder nos casos de não liberação dos veículos.

Em apenas 30 minutos no Pórtico do Quitandinha, cerca de dez veículos foram obrigados a retornar às cidades de origem. Os técnicos de saúde flagraram passageiros com febre e tosse em dois carros. Muitos motoristas foram pegos de surpresa já na entrada da cidade. O objetivo da prefeitura é proteger o município.

No Pórtico do Bingen, em duas horas de fiscalização, apenas um veículo teve a entrada impedida pelos agentes. No carro havia uma família do Rio de Janeiro. A ação ocorreu, também, no Alto da Serra, na fiscalização aos veículos que acessam a cidade pela Serra Velha da Estrela. No local houve poucas abordagens. Entre os veículos, placas de Magé e moradores de Imbariê, Saracuruna e Piabetá. A partir desta quarta-feira, a fiscalização vai contar também com uma unidade móvel efetuando o mesmo serviço em diversos bairros da cidade.

Petrópolis tem, hoje, um total de 63 casos desde o início das estatísticas. Até o momento 12 exames já foram descartados e 48 aguardam os resultados dos testes de laboratórios do Estado. A cidade tem apenas um óbito confirmado por infecção de coronavírus. Nesta manhã mais um resultado importante foi notificado. A mulher de 83 anos, moradora de Magé, falecida na última semana em uma unidade particular teve resultado negativo para a COVID-19.

Mais de 5 mil crianças receberão produtos não perecíveis só na educação infantil

O prefeito conferiu nesta terça-feira (24.03) a confecção dos conjuntos com alimentos para reforço na alimentação que estão sendo preparados pela Secretaria de Educação e serão distribuídos para os alunos da rede. Nesse primeiro momento, os alimentos serão entregues nos Centros de Educação Infantil – crianças de até cinco anos. A distribuição também começou hoje.

Serão mais de cinco mil embalagens entregues para as famílias dos alunos que estão na educação infantil, nesse primeiro momento, garantindo o reforço na alimentação das crianças. Nos conjuntos há alimentos não perecíveis como arroz, macarrão, leite, biscoito, feijão e farinha. 

Para os alunos que estão no berçário será disponibilizada a formula infantil. Alunos que estão nos CEIs e possuem irmãos matriculados nas escolas tiveram acréscimo no número de alimentos disponibilizados. Vale salientar que a relação dos alimentos foi montada pela equipe da Gerência de Alimentação Escolar e leva em consideração a idade das crianças.

A distribuição, que começou nessa terça-feira, será feita da seguinte forma: os gestores dos espaços educacionais serão os responsáveis pela entrega para as famílias – A Secretaria de Educação solicitou que os responsáveis sejam recebidos com horários pré-agendados, por turma, para evitar aglomerações. Os pais também assinarão um documento com data e dia em que receberam os alimentos.

Segundo o planejamento da Educação, após a entrega nos CEIs, os alimentos serão distribuídos nas escolas que atendem educação infantil e posteriormente, nos demais espaços educacionais da rede municipal de Educação.

Produto "mata" vírus presente em qualquer superfície em 10 segundos e contribuiu para que a cidade de Wuhan, onde começou a pandemia, a conter a Covid-19

Petrópolis realizou um teste no fim da tarde desta terça-feira (24.03) com um produto que foi usado na China para combater o coronavírus. É um produto químico que "mata" o vírus presente em qualquer superfície em apenas 10 segundos. Ele foi usado na cidade de Wuhan, local onde apareceram os primeiros casos de Covid-19 no país asiático, como uma das armas para conter a propagação do vírus. O prefeito acompanhou de perto o trabalho no entorno do Restaurante Popular e de pontos de ônibus e entrada de supermercados na Rua Paulo Barbosa.

Esse produto é quaternário de amônia de 5a geração, um desinfetante que esteriliza ambientes contaminados por bactérias, fungos ou vírus por pelo menos uma semana a até três meses. Ele quebra a "capa" que envolve o vírus e, assim, acaba deixando inativo em pouquíssimo tempo.

Nesta terça, foi aplicado 10 litros desse produto, suficiente para esterilizar um trecho de 600 metros. Em ambientes abertos, a população pode circular normalmente logo após a aplicação. A prefeitura vai avaliar a viabilidade de usar esse produto em maior escala na cidade.

A funcionária de uma padaria da Rua Paulo Barbosa, Patrícia Janeiro, ficou satisfeita de ver as medidas que estão sendo adotadas pela prefeitura para combater o coronavírus, como o teste realizado em frente ao estabelecimento onde trabalha.

"Estou achando muito legal todas as medidas que estão sendo feitas, o que a prefeito está fazendo é cuidar da cidade. Cada um tem que fazer a sua parte", afirmou.

Dúvidas sobre o uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual foram sanadas pelas profissionais de saúde.

O combate ao Covid-19 tem mudado hábitos de higiene pessoal e coletiva em todo o mundo. Nesse cenário de pandemia alguns serviços essenciais foram mantidos, como o atendimento em mercados, que garantem o abastecimento da população. Para orientar sobre a maneira correta de se proteger e aos clientes, a Vigilância Sanitária promoveu, na manhã desta terça-feira (24.03), um encontro com profissionais de recursos humanos, gerentes e donos de mercados. Além do uso correto de equipamentos de proteção individual, a ação também serviu para dar dicas sobre forma correta e frequência da higienização.

Quando chegou ao encontro, a psicóloga e coordenadora de RH da rede Armazém do Grão, Adriana Azevedo, tinha muitas dúvidas. Especialmente, por conta dos questionamentos que tem recebidos dos clientes que frequentam o mercado. "Muitos perguntam se as atendentes precisam usar máscaras". E há dúvidas também dos próprios funcionários.

"Principalmente, sobre quais os sintomas que devem ser observados antes de mandar alguém para casa ou encaminhar para as unidades de saúde", explicou.

Quem teve o papel de esclarecer esses questionamentos foi a enfermeira da Vigilância Sanitária do município, Sônia Paiva. "A máscara, por exemplo, é uma proteção. Se a pessoa usa, ela precisa sempre higienizar as mãos antes de tocar na máscara, para não contaminar. Usar a luva, exige uma série de cuidados. É mais fácil lavar a mão do que a luva. E, ao fazer a retirada da luva, tem que ter o cuidado de evitar a contaminação", informou a profissional de saúde, que destacou que o cuidado fundamental que todos devem ter é a higienização das mãos.

 "Todo mundo, funcionários ou clientes precisam lavar as mãos. É um hábito que precisa ser adquirido. Evitar tocar as mãos no rosto antes de higienizar. Se por um acaso tocou em alguma superfície que possa estar contaminada, higieniza de novo".

A conversa serviu para que o diretor comercial do Super Bingen, Alex Kloh, voltasse hoje para o mercado com novos procedimentos a serem adotados.

"Teremos uma reunião com os funcionários hoje. Com relação ao uso de máscaras, nós tínhamos dúvidas de quem poderia usar. Agora vamos implementar os EPIs para as operadoras de caixa", ressalta.

Na rede Armazém do Grão, o objetivo é criar barreiras físicas e melhorar a sinalização. "Vamos colocar adesivos no chão, para ajudar a organizar a distância entre as pessoas nas filas e proteção de acrílico, separando os caixas dos clientes", destaca a coordenadora de RH.

 

Medida tem o objetivo de evitar que os idosos esperem na rua pela próxima refeição

Tradicionalmente frequentado, em sua maioria, por idosos, o Restaurante Popular adotou medidas para reduzir a proliferação do coronavírus. Além da distribuição das refeições em material descartável para evitar a aglomeração no espaço, agora, almoço, café da manhã e café da tarde serão entregues no mesmo horário. A medida, que passa a valer a partir desta quarta-feira (25.03), tem como objetivo evitar que os idosos esperem na rua pela próxima refeição.

Com isso, o restaurante, que fica no Terminal Centro, abre a partir de 10h e funciona até o fim da distribuição das mil refeições diárias. As pessoas poderão retirar os kits com o almoço – com a quentinha, uma fruta ou doce – e os cafés da manhã e da tarde, com um pão e uma fruta cada. A Secretaria de Assistência Social reforça que essa é uma medida caráter experimental.

A quantidade de refeições distribuída será a mesma: mil no almoço, 500 no café da manhã e 500 no café da tarde. Desde o início da semana passada, o Restaurante Popular já vem fazendo a distribuição das refeições em material descartável.

A visita foi realizada pela secretária de saúde, em companhia do engenheiro João Luiz Reis e uma equipe da Vigilância Sanitária do Estado a algumas unidades da cidade, como a Clínica de Paralisia Cerebral Dr. Pinto Duarte, no bairro Morin, novo Hospital Nossa Senhora de Aparecida, antiga Casa da Providência, no Valparaiso e Hospital Municipal Nélson de Sá Earp (HMNSE), no Centro da cidade.

A avaliação da equipe descartou, inicialmente, a clínica para pacientes com paralisia cerebral devido à falta de estrutura imediata relativa a abastecimento de oxigênio e energia elétrica. Em seguida a equipe vistoriou a unidade do Valparaiso e se mostrou satisfeita com a evolução das obras para os novos leitos de UTI que poderão receber pacientes infectados pelo coronavírus em Petrópolis.

De acordo com a equipe que realizou a visitação, a intenção é transformar a cidade de Petrópolis na referência de atendimento aos pacientes do COVID-19 na Região Serrana do Estado.

Como já divulgado pela direção, a previsão de abertura do novo hospital Nossa Senhora de Aparecida é para o mês de abril. Até o fim deste mês serão entregues 37 leitos de UTI na unidade especialmente para pacientes vítimas da pandemia.

Na última semana vários pacientes do HMNSE foram transferidos para leitos de UTI do Hospital das Clínicas de Corrêas (HCC) na intenção de desocupação e liberação de locais que também poderão receber pacientes graves infectados pelo coronavírus.

Terça, 24 Março 2020 - 20:55

Procon apura denúncias em mercados

Fiscais estão verificando os preços que têm sido praticados na rede de mercados em Petrópolis.

Na tarde desta terça-feira (24.03), o Procon/Petrópolis, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, apurou denúncias de abusos de preços que estariam sendo praticados por mercados de Petrópolis, nesse período de combate à pandemia de Covid-19. Os estabelecimentos visitados foram notificados preliminarmente e intimados a apresentar as notas fiscais referentes à compra e a venda das mercadorias.

Em respeito ao decreto municipal para evitar aglomerações, os canais de atendimento do Procon/Petrópolis continuam funcionando normalmente. Por meio do telefone (24) 2346-8477 ou pelo whatsapp (24) 98857-5837 (apenas mensagem de texto). A recomendação é para que os consumidores que tenham a nota fiscal da compra enviem um registro dessa nota como forma de comprovação da denúncia.

Terça, 24 Março 2020 - 20:55

Números do coronavírus em Petrópolis

A prefeitura de Petrópolis vem promovendo diversas ações para evitar todas as formas de propagação relacionadas ao coronavírus. Até o momento, o município registra 63 casos suspeitos, sendo 12 descartados, três positivos e 48 suspeitos aguardando resultado, além de um óbito. O teste da idosa de 83 anos, que estava internada e faleceu no Hospital da Unimed/Petrópolis, apresentou resultado negativo para a presença de coronavírus.

Diminuição no número de barracas e espaçamento entre as bancas

Entre as medidas do poder público na prevenção ao coronavírus está a nova configuração da feira livre. Nesta terça-feira (24.03), quem visitou a feira já pôde perceber a diferença: o número de barracas foi reduzido à metade, o espaçamento entre as bancas aumentou e os feirantes estão disponibilizando álcool em gel para os clientes. Além disso, um local para lavagem das mãos também foi montado.

Pagina 6 de 1459

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Abril 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo