Quinta, 06 Dezembro 2018 - 18:24

DNIT licita em janeiro obra de recuperação da União e Indústria

Os 25 quilômetros da Estrada União e Indústria no trecho entre o Retiro e Pedro do Rio serão recuperados em 2019. Orçada em R$ 40 milhões, a expectativa é de que a obra seja iniciada em março. O edital para a contratação da empresa que será responsável pela obra será lançado pelo DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte – no início de 2019.

O diretor geral do DNIT, José da Silva Tiago, confirmou o lançamento da licitação em janeiro e, antes disso, ainda este mês, uma operação tapa-buracos emergencial para atender os trechos mais urgentes de manutenção.

A análise de preços foi concluída no DNIT em Brasília e os trâmites estão ocorrendo dentro do prazo esperado. A publicação do edital para contratação da empresa será feita pela Superintendência do DNIT no Rio de Janeiro.

A previsão é de que a obra seja iniciada em março. Além de beneficiar os moradores, a revitalização garante a segurança dos empresários e comerciantes que utilizam diariamente a via para escoamento da produção, ou seja, é um trecho extremamente importante para a cadeia econômica da cidade.

O projeto de reforma prevê a pavimentação, sinalização e melhorias na drenagem de todo o trecho entre o Retiro e Pedro do Rio – que é de responsabilidade do DNIT. A prefeitura vai realizar, no decorrer da obra, pequenas intervenções como a construção de baias de ônibus e pequenos alargamentos na pista. Vale salientar que o projeto foi apresentado para o Ministério Público Federal em setembro deste ano e a prefeitura instituiu um grupo de trabalho para acompanhar todo o trâmite da recuperação da Estrada União e Indústria. Além das secretarias de Obras, de Desenvolvimento Econômico e da CPTrans, a Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica.

A reforma da União e Indústria se arrasta há quase 10 anos. Em 2009, a justiça determinou que o DNIT fizesse um projeto de recuperação da estrada, o que não ocorreu e rendeu uma multa de R$ 14 milhões ao órgão. Em 2011, o projeto até foi idealizado, mas não saiu do papel. Em 2016, uma licitação foi feita, mas a vencedora abriu mão do contrato e a segunda colocada não teve interesse na obra. Desde o ano passado, a prefeitura cobra que o Dnit finalmente realize a reforma.

Notícias por data

« Dezembro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Alvará Online - BANNER

DO

loa 2018

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

cpge

gabinete cidadania.fw

selo acesso_informacao.fw

EOUVmunicipios

cmv-logo