Quinta, 03 Janeiro 2019 - 20:17

Sonho da moradia: famílias começam a organizar mudança para Conjunto Habitacional da Posse

Sonho da moradia: famílias começam a organizar mudança para Conjunto Habitacional da Posse

Maria Isabel Rangel conta com carinho os últimos detalhes da arrumação do apartamento para onde vai se mudar ainda nesse mês de janeiro: os quartos já receberam piso e na cozinha serão colocados os armários para guardar mantimentos. Tudo está sendo organizado do jeito que sempre sonhou, garante Maria Isabel. Ela é uma das 120 famílias que vão se mudar para o Conjunto Habitacional da Posse nesse ano de 2019.

“Já sonho com tudo no se lugar, do jeito como eu sempre imaginei. Estou colocando o piso que escolhemos com muito carinho e já planejando onde vamos colocar os móveis. Às vezes nem acredito que isso está acontecendo de verdade”, conta Maria Isabel que espera pela casa própria há 12 anos – em 2007 um deslizamento de terra na Vila Rica destruiu a casa de Maria Isabel e de sua filha.

“Perdi minha casa e o pior, minha neta. Desde então sonho com essa casa própria, sair do aluguel e recomeçar. Ter a certeza de que é minha. Estou adorando o lugar e as pessoas são muito legais também. Não vejo a hora de mudar”, completa Maria Isabel.

Luis Francisco da Silva, marido de Maria Isabel, afirma ainda que receber a noticia de que poderiam mudar já em janeiro foi um verdadeiro presente. “O melhor presente. Estou com 73 anos e já não esperava mais uma alegria como essa. Foi uma surpresa boa e agora estou fazendo planos para a minha casa”.

Do total de 120 famílias, 72 receberam as chaves dos apartamentos em dezembro de 2018. As outras receberão a chave neste ano. Cada imóvel tem cerca de 40 m², com dois quartos, sala, banheiro e cozinha/área de serviço.

A prefeitura vai continuar acompanhando todo o processo de mudança para o conjunto. Segundo a política habitacional do município, ainda existem 776 apartamentos na obra do Vicenzo Rivetti, que também estão em fase final de construção e serão construídas ainda mais de 1 mil unidades no Caetitu, na Mosela, em Benfica, no Vale do Cuiabá e na Estrada da Saudade.

O conjunto habitacional da Posse está sendo feito pela prefeitura e governo do Estado. Cada um ficou responsável pela construção de 72 unidades. Os apartamentos do Estado já estão prontos e dos da prefeitura tem dois blocos concluídos e mais dois com 75% de conclusão. Outros dois blocos foram entregues ainda em 2016, com vazamentos e infiltrações e também passam por reformas para que todos possam ter totais condições de morar com dignidade no conjunto habitacional da Posse.

Ana Maria de Azevedo também está ansiosa para a mudança. “Já estamos organizando tudo para mudar o mais rápido possível. É uma alegria indescritível poder chamar o apartamento de meu, morar sem medo. Não tenho palavras para expressar tudo o que eu sinto”, contou.

Valcir de Jesus Oliveira completa Ana Maria: “Parece um sonho. Escolhemos o piso, já queremos ver tudo pronto para limpar e mudar. Agora é só agradecer a Deus por esse presente maravilhoso”, contou. Ana Maria e Valcir perderam a moradia em 2011, no Vale do Cuiabá. “A chuva levou tudo, mas, agora, recuperamos a nossa esperança com esse imóvel novo e tão esperado”, contou Ana Maria.

Notícias por data

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo