Sexta, 11 Janeiro 2019 - 19:23

Defesa Civil faz ação de conscientização no Vale do Cuiabá e no Terminal de Itaipava

Defesa Civil faz ação de conscientização no Vale do Cuiabá e no Terminal de Itaipava

Com o apoio dos voluntários do Nudec do Vale do Cuiabá, os agentes distribuíram cerca de 500 cartilhas de prevenção aos desastres de origem natural na região

Reforçando a importância da mobilização comunitária em torno da prevenção aos desastres de origem de natural, agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias e voluntários do Núcleo Comunitário de Defesa Civil (Nudec) do Vale do Cuiabá e adjacências distribuíram cerca de 500 cartilhas educativas para a população com dicas de como se comportar no momento das chuvas fortes. Além disso, a sirene do Sistema de Alerta e Alarme da Estrada do Gentio também foi acionada para um teste de funcionamento. As ações foram realizadas nesta sexta-feira (11.01) - oito anos após a tragédia de 2011 naquela região – dando continuidade aos trabalhos realizados dentro do Plano Verão municipal, que busca a redução do risco de desastres no município através de iniciativas antecipadas e organizadas.

O Nudec do Vale do Cuiabá é bastante participativo e monitora o nível dos rios em dias de chuvas fortes. Cristina Rosário de Oliveira, coordenadora do Núcleo Comunitário, foi a escolhida para acionar a sirene da Estrada do Gentio no teste realizado neste mesmo dia. Ela ressaltou os avanços conquistados desde o início da atual gestão. “Precisamos trabalhar sempre em conjunto, explicando a importância da prevenção para a população. As sirenes foram uma grande conquista para todos os moradores e traz uma sensação de segurança para todos. A presença da Defesa Civil aqui na comunidade é uma demonstração que não estamos sozinhos”, disse Cristina Rosário de Oliveira, coordenadora do NUDEC.

Além da presença dos agentes e voluntários na Estrada do Gentio, o trabalho também foi realizado pela Defesa Civil dentro do terminal rodoviário de Itaipava.  A atuação nas comunidades é prevista nos planos de contingência da cidade - organizados e atualizados anualmente pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias. Na próxima segunda-feira, dia 14, a ação acontece no terminal do Centro. 

De novembro até o fim do verão, estamos trabalhando em duas frentes: prevenção aos desastres de origem natural e de resposta as ocorrências.

"Entre as dicas da cartilha estão à preparação de um kit de emergência, com alimentos, remédios e material de higiene que devem ficar em um local de fácil acesso, o conserto de vazamentos em reservatórios e caixas-d’água, além de orientar que a população não jogue lixo ou entulho nas encostas. Com a realização desse trabalho, estamos desenvolvimento a cultura de prevenção aos desastres naturais em Petrópolis”, disse Paulo Renato.

Com 234 áreas de risco alto ou muito alto – equivalente a 18% do município - e um déficit habitacional de 12 mil casas, a conscientização e o empoderamento dos moradores é uma atividade importante na prevenção aos desastres de origem natural. Além das cartilhas, os agentes também fixam os cartazes do programa SOS Chuvas – criado pela prefeitura para reduzir o número de construções irregulares – no comércio dos bairros em que o trabalho é realizado.

No último verão, os índices de chuva cresceram 120% e a quantidade de ocorrências registradas quase 50%. Esse indicativo é importante para que o trabalho nos bairros seja intensificado.

Notícias por data

« Janeiro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP