Sexta, 05 Abril 2019 - 11:08

CRAM lança campanha voltada ao enfrentamento da violência contra a mulher

“Mulher 365” tem foco no empoderamento feminino

O combate à violência contra a mulher e o empoderamento feminino são os focos da campanha “Mulher 365”, realizado pelo Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram). A iniciativa dá continuidade ao trabalho de conscientização realizada durante todo mês de março, com ações de enfrentamento acontecendo todos os meses ao longo do ano.

A Campanha “Mulher 365” irá percorrer as escolas da rede municipal com palestras e atividades voltadas ao combate da violência contra mulher. Serão realizadas panfletagens nas ruas para mostrar os ciclos de violências domésticas, e para apresentar as ferramentas de acolhimento que o município oferece para essas vítimas.

“As ações do mês da mulher foram tão positivas, que decidimos continuar com durante todo o ano. Acredito que nossa equipe nas ruas, irá mostrar que existe um local de acolhimento, que existe uma luz no fim do túnel. Essas vítimas precisam saber que a cidade oferece esse conforto com um Centro onde a equipe formada por mulheres abrace todas as causas”, destacou a coordenadora do Cram, Cleo de Marco.

A campanha acontece em parceria com o Gabinete da Cidadania, Secretaria de Educação, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Saúde, Caps Ad III, Conselho Municipal dos Diretos da Mulher e a 106ª Delegacia de Polícia, em Itaipava.

O Cram possui uma equipe multidisciplinar e oferece gratuitamente assistência social, jurídica e psicológica para mulheres que sofreram qualquer tipo de agressão. O órgão também possui o Ônibus Lilás, um equipamento do município, de atendimento itinerante para as mulheres que não têm acesso a sede do Cram, geralmente as áreas rurais. Nos três primeiros meses de 2019, o Cram já realizou mais de 163 atendimentos, entre assistências iniciais e retornos.

O município possui também a Sala Violeta inaugurada no Fórum em Itaipava, como mais um suporte de atendimento na rede, para a vítima de violência. O objetivo é garantir a segurança e a proteção das mulheres vítimas de violência doméstica, acelerando o acesso à Justiça. Todo o processo deve ser concluído em cerca de quatro horas. As obras da Sala Lilás, que será implantada no Instituto Médico Legal (IML) de Petrópolis, já começaram. O novo setor será voltado para o atendimento especial às mulheres vítimas de violência, com espaço reservado e profissionais especializados.

“O município hoje oferece toda assistência para esta mulher vítima de violência. Alcançamos várias conquistas desde o acolhimento até o trabalho jurídico em proteção à esta mulher. O caminho é longo, mas já somos vitoriosas”, disse a coordenadora do Gabinete da Cidadania, Anna Maria Rattes.

Segundo a coordenadora do Cram, Cleo de Marco, as mulheres estão unidas contra a violência doméstica. “Essa semente que plantamos, tenho certeza que as mulheres poderão colher autonomia, respeito, liberdade pelas próprias vidas”, finalizou.

Notícias por data

« Setembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo