Quinta, 11 Abril 2019 - 19:04

Prefeitura capacita profissionais da Assistência Social e Saúde à língua de sinais

Os profissionais da Assistência Social e da Saúde serão capacitados para o atendimento de pessoas com algum tipo de deficiência auditiva. Um curso de libras será oferecido aos profissionais a partir do mês de maio. Durante quatro meses os técnicos que atuam diretamente no atendimento ao público receberão aulas semanais para terem conhecimento básico sobre a língua de sinais. A medida visa facilitar o acesso aos serviços oferecidos nos setores da prefeitura.

O preparo dos profissionais vai promover mais qualidade no atendimento de uma população de 30 mil pessoas, que apresenta algum tipo deficiência auditiva na cidade. A iniciativa conta com as parecerias do Instituto Alliance, que atua para a inclusão de pessoas com deficiências, entre as quais os auditivos; e da Associação da Rua Teresa (Arte), que cederá as salas para a realização das aulas. A primeira etapa do curso contará com duas turmas para 25 profissionais cada, que terão o conhecimento básico para a compreensão da língua de sinais.

O município já conta com a Central de Libras que atende cerca de 80 pessoas ao mês. O serviço auxilia a população surda no acesso aos serviços públicos.

A capacitação dos profissionais da Assistência Social e Saúde visa avançar os serviços que vêm sendo realizados. Atualmente a Central de Libras conta com uma profissional que contribui para a inserção dos deficientes auditivos aos serviços oferecidos públicos, que compreende atendimento nos setores públicos de saúde, educação, assistência social, entre outros. O curso de libras vai expandir a assistência para todas as unidades. A ideia é que ao menos um profissional em cada setor seja preparado para atender o surdo. 

A capacitação dos profissionais para a língua de sinais, vai atender a meta do planejamento estratégico da Secretaria de Saúde. A estimativa é contar ao menos com um profissional em cada um dos 92 equipamentos de atendimentos da Saúde.

De acordo com a parceira do projeto, a presidente fundadora do Instituto Alliance, Vania Cristina do Nascimento os profissionais receberão o conhecimento teórico sobre a língua dos sinais e serão treinados a prestarem o primeiro atendimento básico. “Os profissionais serão preparados para o atendimento básico, para conseguirem se apresentar, solicitar de documentos, prestar orientações simples de forma que o usuário consiga ser compreendido”, destaca Vania Cristina, que pelo instituo promove o curso do módulo básico ao avançado, além de diversas ações para a inclusão do deficiente auditivo na sociedade.

Notícias por data

« Junho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP