Segunda, 08 Julho 2019 - 11:58

Aquecimento da economia em Petrópolis com 26 novas indústrias, 82 lojas e 38 pontos de prestação de serviços em 6 meses

Aquecimento da economia em Petrópolis com 26 novas indústrias, 82 lojas e 38 pontos de prestação de serviços em 6 meses

Prefeitura já concedeu 1.602 novos alvarás para novos empreendimentos este ano

Em 2018, o número total de alvarás emitidos foi 3.195, um aumento de 58% em relação a 2017

O perfil da economia de Petrópolis nos últimos anos é de empresas menores, em maior quantidade e de segmentos diferentes do que era comum nas últimas décadas. E em todas as áreas há crescimento de novas empresas seja na indústria, no comércio e em prestação de serviços. Este ano, até junho, foram criadas 26 indústrias, 82 lojas e 38 pontos de prestação de serviços. Além desses, mais 1.089 registros de Microempreendedor Individual (MEIs) em várias áreas. São 1.602 novos alvarás no total apenas este ano.  No período de janeiro de 2017 a junho deste ano são 62 novas indústrias, 505 lojas e 338 pontos de prestação de serviços além de 4.153 MEIs.

Petrópolis recebe mais de de 1,5 mil novos postos de trabalho considerando todas estas atividades só nos primeiros seis meses do ano. Os segmentos que mais têm surgido na cidade: a indústria da alimentação tem se mostrado forte e o comércio tem se expandido para regiões fora do Centro e também se ‘agrupado’ em determinadas áreas. O Valparaíso, além da gastronomia, se tornou ponto de muitas pousadas; Quitandinha de venda de veículos, por exemplo. E no trecho entre Corrêas e Nogueira uma pulverização de serviços.

Em 2017 foram criados 2.019 novos negócios. No ano passado a quantidade subiu para 3.195 novos empreendimentos, o que representa um aumento de 58%. O levantamento leva em consideração o número de novos empreendimentos nos setores industrial, comércio e serviços.

Entre as novas indústrias, destaque para os segmentos de alimentação e bebidas com 11 empresas e ainda de confecção e vestuário, com 7 empresas apenas nos seis primeiros meses deste ano.

Neste levantamento os novos negócios estão já estabelecidos e sendo produtivos.  E ainda há os que estão em fase de instalação. É o caso do Shopping Petrópolis com complexo de lojas, cinemas e apart-hotel que terá 3 mil postos de trabalho.

O Turismo é um dos impulsores do reaquecimento da economia. Trouxe resultados imediatos em dois anos e meio com a cidade tendo boa visibilidade no país atraindo cada vez mais visitantes e, conseqüentemente, fazendo surgir mais negócios de todas as áreas um positivo ‘efeito colateral’. E muita gente saiu da informalidade ou deixou o emprego formal e toca agora o próprio negócio. Desde 2017 são 4.153 microempreendedores individuais formalizados na cidade

Surgem novas áreas de comércio e serviços

“Acreditamos muito no crescimento econômico de Petrópolis, fizemos um estudo e foi por isso que escolhemos a área entre Corrêas e Itaipava para abrir um empreendimento. Estamos satisfeitos com o resultado e temos a expectativa de dobrar o número de pessoas atendidas em pouco tempo. Empreender ainda é um bom negócio, temos que acreditar. Petrópolis é uma potência”. O depoimento, do empresário Daniel Wayand, um dos proprietários do Crossfit Crown, recém instalado na Estrada União e Indústria, mostra um pouco do perfil de empreendedores que estão apostando em novos negócios em Petrópolis.

A academia de Crossfit de Daniel Wayand abriu em maio, no Centro Empresarial CorrêasMall e já está atendendo 80 alunos. “Conciliamos outros serviços para chamar ainda mais atenção do público. Estamos felizes em empreender em Petrópolis. Acreditamos na cidade e estamos felizes com o resultado”.

Antonio Alves e Monica de Fonseca, da Bili Pet, loja especializada em produtos pets, também decidiram empreender em Petrópolis. A loja, aberta no CorrêasMall, em março, já vem conquistando clientes fiéis. “Estamos apostando nos novos clientes que os condomínios que estão sendo construídos na região podem trazer para a nossa loja. Também apostamos no conforto porque a área tem grande estacionamento e o empreendimento vai receber novas lojas e poderá funcionar como um ponto de referência na região com comércio de qualidade”, contou Monica de Fonseca.

E foi pensando em empregar até oito pessoas, que o empresário André Freitas também alugou um espaço em Corrêas para abrigar uma drugstore, bem no estilo americano, com oferecimento de remédios, produtos naturais e complementos. A expectativa é de que a loja seja aberta em setembro.

“A intenção é a de contratar entre 6 e 8 funcionários justamente para oferecer um atendimento diferenciado. Estudamos o mercado e percebemos que não existe esse tipo de negócio nessa região. Queremos atender público de Itaipava, Corrêas e Nogueira e a expectativa é a melhor possível. Petrópolis tem um mercado em crescimento e estamos apostando nisso”.

“Os pedidos de alvará mostram que os novos empreendedores estão apostando no mercado financeiro, estabelecendo até cronograma com perspectiva de crescimento, uma ótima notícia para economia petropolitana”, afirmou a secretária de Fazenda, Elaine Nascimento.

Em Corrêas, o Centro Comercial Prado, também recebeu novas lojas nos últimos meses. O chef executivo Marcos Ribeiro atua em dois restaurantes que foram abertos em março, Katsura e Bom Appetti. São oito funcionários e cada loja. “O movimento está bom. Os moradores da região estão prestigiando as lojas. A gastronomia é um setor que está em constante evolução e, por estarmos atentos ao mercado, acreditamos muito que o movimento deve aumentar nos próximos meses. Estamos sempre nos reinventando para agradar os clientes e conquistar cada vez mais admiradores”, disse Marcos Ribeiro.

Em Itaipava, a Drogaria Venâncio, que foi aberta em maio, emprega 23 pessoas e comemora o aumento do movimento a cada dia – cerca de 250 pessoas passam pela loja em dias movimentados.

“O movimento está ótimo. A escolha do local para sediar uma nova farmácia da rede foi acertada. Recebemos muitos clientes do Rio de Janeiro e estamos satisfeitos com o movimento, sempre acreditando que deve aumentar porque as pessoas gostam da loja, das promoções e sempre dizem que vão retornar”, disse a farmacêutica Ana Luiza Lopes.

Novidades no Centro Histórico

No Centro Histórico, a expectativa é a inauguração de um complexo com apart-hotel que está na fase final de construção. O empreendimento prevê 776 vagas de estacionamento, Centro de Convenções e 3 mil empregos diretos quando o – Shopping Petrópolis -  iniciar seu funcionamento.

A obra, que está em fase final, tem hoje 200 operários trabalhando e segue em ritmo intenso. Com 60 mil metros quadrados o empreendimento, instalado na Rua Marechal Deodoro, é um complexo com áreas integradas que unem um apart-hotel com 60 quartos, 113 salas comerciais, 128 lojas, praça de alimentação, cinco salas de cinema -  com capacidade para mil pessoas.

Notícias por data

« Setembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo