Terça, 11 Março 2014 - 08:24

Começa a campanha de vacinação contra o HPV

Começou nesta segunda-feira (10/3) a Campanha Municipal de Vacinação Contra o Vírus HPV. As vacinas estão disponíveis em todos os postos e unidades de saúde e, agora, passam a fazer parte do calendário nacional de imunização. Nesta primeira fase da campanha, meninas entre 11 e 13 anos receberão as doses. A meta é vacinar 80% do público-alvo. Nesta faixa etária existem, na cidade, sete mil meninas.

Na manhã desta segunda-feira o movimento foi intenso no Instituto da Mulher, da Criança e do Adolescente (Centro de Saúde). Maria Ferreira, avó de Gabrielle Schmidt, de 12 anos, fez questão de trazer a neta logo no primeiro dia campanha.  “Acho essa vacina muito importante, pois vai proteger a menina contra o vírus quando ela estiver na vida adulta”, disse. Marta dos Santos Pinheiro, de 43 anos, também levou a sobrinha Maria Carolina dos Santos Pinheiro, de 12 anos, para tomar a vacina contra o HPV. “É importante saber a importância da prevenção”, frisou Marta.

A coordenadora do setor de Epidemiologia, Elisabeth Wildberger, ressalta que a vacinação está entre as estratégias de prevenção mais utilizadas no combate ao câncer de colo de útero, assim como a detecção precoce com a realização do exame Papanicolau (conhecido como preventivo), o uso de preservativo e ações educativas.  A doença é a terceira causa de morte por neoplasias em Petrópolis. Representa cerca de 9% das mortes.

“A campanha vai servir como um alerta para a população feminina, conscientizando sobre a importância da prevenção. Apesar da alta incidência, este tipo de câncer tem grandes chances de cura quando diagnosticado precocemente. Isso evidencia a importância das consultas regulares ao ginecologista e também da realização regular dos exames, recomendados a partir dos 25 anos de idade”, destacou Elisabeth.

A coordenadora do setor de Epidemiologia também ressalta que a faixa etária foi escolhida pelo Ministério da Saúde porque é nessa idade que o organismo da menina produz uma grande quantidade de anticorpos que vão protegê-la quanto ela estiver na idade adulta, quando então inicia a sua vida sexual. É importante frisar que a vacina tem validade para a vida toda.

O câncer de colo do útero manifesta-se normalmente a partir da faixa etária de 25 a 29 anos, aumentando seu risco até atingir o pico na faixa etária de 50 a 60 anos. A vacina que será distribuída pelo Ministério da Saúde é quadrivalente, ou seja, previne contra quatro tipos do HPV que podem causar a doença. Seguindo orientação do ministério, a vacinação será dividida em três etapas. A primeira começa em março, para adolescentes de 11 a 13 anos. Em 2015 receberão a vacina meninas que têm entre nove e 10 anos e, a partir de 2016, a dose começará a ser ministrada aos nove anos.

Dia D de Vacinação Contra o Vírus HPV - Para reforçar a campanha, a Prefeitura estará realizando neste sábado (dia 15/3) o Dia D de Vacinação Contra o Vírus HPV. Doze postos estarão vacinando as meninas. O objetivo é facilitar o acesso as unidades de saúde para aqueles pais e responsáveis que não tem como levar as adolescentes para tomar a vacina durante a semana.


Segue a lista dos postos que estarão atuando no Dia D:

INSTITUTO DA MULHER, DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (CENTRO DE SAÚDE)
PSF ALTO DA SERRA
UBS QUITANDINHA
UBS MOSELA
UBS RETIRO
AMBULATÓRIO ESCOLA
HOSPITAL ALCIDES CARNEIRO
UBS ARARAS
UBS ITAIPAVA
UBS PEDRO DO RIO
PSF POSSE
SETOR DE EPIDEMIOLOGIA