Quarta, 16 Setembro 2015 - 09:36

Inclusão de Defesa Civil nas escolas inspira grupo de Angra dos Reis

Uma comitiva de pesquisadores, agentes de Defesa Civil e educadores de Angra dos Reis, esteve, nesta terça-feira (15/9), em Petrópolis para conhecer detalhes de como a Prefeitura incluiu a temática da Defesa Civil no currículo escolar da rede municipal. O objetivo do grupo é levar a iniciativa para Angra dos Reis, para, assim como Petrópolis, buscar difundir entre os jovens a cultura da prevenção de desastres naturais.

O prefeito Rubens Bomtempo incluiu a Defesa Civil no currículo escolar da rede municipal no fim de 2014. Desde então, a Prefeitura, por meio das secretarias de Proteção e Defesa Civil e de Educação, vem capacitando os professores para que trabalhem a prevenção dentro de sala de aula. As inscrições para o curso à distância, pela internet, disponibilizado aos professores, estão abertas no site da Prefeitura – www.petropolis.rj.gov.br. Além desse curso, a Prefeitura vem realizando, mensalmente, um curso presencial com professores de 22 escolas.

Na comitiva de Angra dos Reis, estavam agentes de Defesa Civil, educadores da Secretaria de Educação e pesquisadores do Grupo de Pesquisa em Desastres Sócio-Naturais da Universidade Federal Fluminense (UFF). O secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, se reuniu com o grupo. “Ficamos felizes com essa visita, porque foi uma oportunidade para trocarmos experiências e dividirmos com eles o que já conquistamos em Petrópolis com a inclusão da Defesa Civil no currículo escolar. Eles fizeram questionamentos importantes que poderão nos ajudar a aprimorar essa iniciativa, que começou agora a ser implantada no nosso município. O objetivo comum entre os dois municípios é sensibilizar uma geração que está se formando para a importância da prevenção, para que todos entendam o seu papel na redução dos riscos de desastres naturais”, disse o secretário Rafael Simão.

O professor Anderson Sato, chefe do Grupo de Pesquisa em Desastres Sócio-Naturais da UFF de Angra dos Reis, afirmou que a proposta, ainda embrionária naquele município, está sendo debatida entre a universidade e as secretarias de Educação e de Defesa Civil. “Estamos aqui porque Petrópolis está em uma etapa mais avançada, já com a ideia sendo colocada na prática. Queremos buscar essa experiência e adaptá-la para a nossa realidade. Essa troca de experiências é fundamental”, disse o professor Anderson Sato.

Notícias por data

« Fevereiro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29  

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo