Terça, 12 Setembro 2017 - 19:16

Abertura da Semana de Trânsito vai contar com depoimento de cadeirantes vítimas de acidentes

Abertura da Semana de Trânsito vai contar com depoimento de cadeirantes vítimas de acidentes

Atividades começam na segunda-feira (18) e conta com programação variada durante a semana

Quatro cadeirantes vítimas de acidentes de trânsito darão seus depoimentos durante a abertura da Semana Nacional de Trânsito em Petrópolis. Programada para segunda-feira (18), o evento irá acontecer às 10h, na Sala Afonso Arinos, no Centro de Cultura, e é aberto público. No encontro, os participantes vão falar sobre a mistura fatal entre bebida e direção que os levaram às cadeiras de rodas. A intenção é alertar à população sobre a importância da prevenção.

O impacto dos depoimentos dessas vítimas promete ser chocante. A exemplo dos relatos que comoveram o público na abertura do Maio Amarelo, o objetivo é trazer à tona as consequências da prática de misturar o álcool e a direção. O custo vai além do gasto financeiro e atinge às famílias que sofrem junto com os acidentados. Além disso, há o custo social. Dados da PRF e do IPEA referentes a 2014 apontam que no Brasil, esse valor chega a R$ 40 bilhões.

Existe urgência na mudança. Só em Petrópolis houve 581 pessoas vítimas de acidentes no período de janeiro a junho, segundo Hospital Santa Teresa. A campanha tem o objetivo de atuar em diversas frentes e despertar na população a conscientização necessária para a mudança de comportamento.

Ainda na segunda-feira, além da palestra,  também haverá uma ação social na Praça D. Pedro, a partir do meio-dia. No local, além dos cadeirantes, também haverá distribuição de panfletos, folders, adesivos e um circuito feito com cones e óculos estimulador de embriaguez – que tem como objetivo mostrar o que acontece com o motorista após a ingestão de bebida alcoólica.

Além das consequências físicas e psicológicas que um acidente de trânsito pode ter, há as punições determinadas pelo Código de Trânsito Brasileiro, em caso de flagrante se o condutor for pego embriagado. O valor da multa para quem for pego dirigindo sob o efeito de álcool é de R$ 2.934,70 – em caso de motorista reincidente a multa chega a R$ 5.869,40. “As penalidades para esta prática precisam ser altas, porque as consequências de um acidente com pessoas dirigindo alcoolizadas são ainda maiores. Entre os jovens, os dados são ainda mais alarmantes”, alerta o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

            Um estudo global feito pela Organização Mundial da Saúde divulgado em maio deste ano mostrou que, no Brasil, os acidentes de trânsito ocupam a segunda posição entre as maiores causas de morte entre os jovens de 10 a 19 anos. Dados da OMS apontam que o país é o quarto no mundo com o maior número de mortes em acidentes de trânsito por ano

            A Semana Nacional de Trânsito será realizada entre 18 e 25 de setembro. Na programação, além da palestra e da ação social do Detran, também contará com simulação de acidentes de moto do Corpo de Bombeiros, o 1º Encontro da Liberdade – de motociclistas, além de distribuição de material informativo sobre os comportamentos no trânsito. 

Notícias por data

« Setembro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30  

DO

loa 2018

plano-plurianual-final

iptu

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

cpge

selo acesso informacao.fw