Airton Bodestein é considerado o principal especialista do país no assunto.

A terça-feira (10.10), segundo dia do I Colóquio de Defesa Civil, ficou reservada para os debates do eixo científico com palestras de oito professores doutores, entre eles, Airton Bodestein, presidente da Associação Brasileira de Redução de Riscos de Desastres (ABRRD) e vice coordenador de pós-graduação em Defesa e Segurança Civil da Universidade Federal Fluminense (UFF). Em pouco mais de 15 minutos, ele apresentou vídeos sobre tragédias que poderiam ter sido evitadas com planejamento antecipado, reforçando a importância do trabalho de prevenção aos desastres. Airton, especialista nas áreas de Planejamento e Gestão em Defesa e Segurança Civil, destacou que a Secretaria de Defesa Civil deve trabalhar sempre em conjunto com a população.

“Mesmo com o planejamento, é fundamental que o morador da comunidade saiba como agir. Os órgãos municipais demoram, em média, de dois a três dias para chegar nos locais das tragédias”, afirmou durante a palestra, lembrando ainda a importância de conscientizar a população.

“Por mais que pareça absurdo, em muitos casos, o morador tem dificuldade de deixar seus pertences materiais. É preciso realizar um trabalho de conscientização mostrando que a casa ou carro ele recupera, a vida não”, completa.

O secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, destacou a importância de o Colóquio oferecer o debate em três eixos: comunitário, profissional e cientifico. Segundo o secretário, a presença da população na discussão é fundamental para a criação de ações que reduzam o risco de desastres.

“Não existe um saber melhor ou um pior. Da mesma forma que buscamos a melhor Defesa Civil, com todo o saber científico, também queremos estar próximos da população, que é quem conhece as dificuldades e os problemas que precisamos enfrentar. Com essa ajuda mútua vamos criar uma Petrópolis efetivamente resiliente”, disse.

 Na quarta-feira (11.10), último dia do Colóquio, acontecem palestras com técnicos de Defesa Civil das cidades de Petrópolis, Nova Friburgo, Teresópolis, Juiz de Fora e Rio de Janeiro, além de debates sobre a participação da mulher na redução do risco de desastres e a formação de Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs).

“Reservamos um espaço para os debates do eixo comunitário, com a participação do projeto Fortalecendo a resiliência aos desastres da Região Serrana do Rio De Janeiro, que é financiado pela Fundação C&A Internacional e implementado pela Save the Children e pelo Instituto Fonte pelo Desenvolvimento Social e que organiza 10 Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs) na cidade. Esperamos a grande participação da população”, afirma Paulo Renato.

O prefeito Bernardo Rossi lançou nesta terça-feira (10.10) a campanha “Guarda Civil é 10”, que visa arrecadar alimentos até dezembro para doação a instituições de caridade. O início da campanha se deu no Dia Nacional do Guarda, comemorado nesta terça. Antes mesmo da abertura da mobilização, os próprios agentes já recolheram 806 kg.

O lançamento foi feito realizado na sede da Guarda, onde estão os alimentos. A campanha já arrecadou 351 kg de arroz, 146 kg de açúcar, 73 kg de fubá, 53,5 kg de macarrão, 51 kg de feijão, 38 kg de sal. Além disso, já houve doações de café, farinha de trigo, farinha de mesa, óleo, massa de tomate, entre outros.

Qualquer pessoa pode contribuir, fazendo doações na sede da Guarda (Rua Santos Dumont, 517 – Centro, de 9 às 17h), no posto da Praça da Liberdade, no ônibus de videomonitoramento (na Praça da Inconfidência) ou na base de Itaipava, no Parque Municipal (na Estrada União & Indústria, 10.000 – Itaipava). Também é possível doar outros donativos, como brinquedos, por exemplo.

O comandante da Guarda, Jeferson Calomeni, destaca que mesmo em um momento de aperto, a corporação entendeu que essa é a oportunidade de ajudar quem mais precisa.

“Essa campanha é um sinal de que embora tenhamos que enfrentar as dificuldades do dia a dia, ainda assim podemos dividir o pouco que temos com quem tem menos ainda”, afirma, destacando o apoio e o respaldo que a Guarda tem recebido mesmo em um ano sem grande aporte orçamentário.

Presidente da Associação de Guardas Civis Municipais de Petrópolis (AGCMP), o agente Luiz Fernando Neiva convidou os guardas a aderir à campanha.

“É um prazer estar participando dessa campanha e poder desempenhar o papel social que também é função da corporação. Agradeço por ter sido chamado, não como presidente da associação, mas como guarda civil de Petrópolis”, declarou.

Membro do grupo “Todos por Petrópolis” - que ajuda as forças de segurança do município, Márcia Coelho Neto, também já fez doação.

“Estamos prontos para apoiar no que for necessário e estamos aqui para valorizar a nossa Guarda no que precisar”, falou.

Quarta, 11 Outubro 2017 14:43

Prefeitura apoia projeto Iluminarte

Filme em 3D produzido pela Enel será projetado na fachada da Câmara em novembro e vai contar a história da energia.

A prefeitura vai apoiar projeto “Iluminarte”, que será realizado em novembro pela Enel na Câmara de Vereadores. A concessionária produziu um filme em 3D contando a história sobre a energia e vai exibir sobre a fachada do Palácio Amarelo. O projeto foi apresentado na manhã desta terça-feira (10.10) pela empresa ao prefeito Bernardo Rossi.

O espetáculo é um mistura de luzes, sons e imagens, em uma projeção mapeada que será exibida gratuitamente a todo público entre os dias 9 e 12 de novembro, de 19 às 22h. Esse filme foi criado por artistas especializados em material audiovisual. Com duração de 10 minutos, remonta a história da energia desde o Big Bang até a atualidade.

O projeto Iluminarte é realizado pela Enel, por meio da Lei de incentivo à Cultura do Estado do Rio de Janeiro e será levado também para as cidades de Niterói, Campos e Paraty. Além das projeções na cidade, o público poderá acompanhar o projeto pelas redes sociais da Enel (Facebook.com/EnelBrasil e @EnelBrasil) e pelo site www.projetoiluminarte.com.br.

Mudança beneficiará os 300 usuários do maior ambulatório da cidade.

O maior ambulatório da cidade agora tem ônibus que para na porta. A prefeitura viabilizou que a linha 606 que sai do Terminal Corrêas até o Hospital Alcides Carneiro pare na entrada do ambulatório.  A mudança começou nesta terça-feira (10.10), das 6 às 18h diariamente. São apenas 200 metros de distância, mas de uma subida íngreme que penalizava os pacientes. A iniciativa vai promover mais acessibilidade e conforto aos 300 usuários que passam por consultas e procedimentos no local.

A linha 606 que sai do Terminal Corrêas até o Hospital Alcides Carneiro tinha como ponto de destino aos pedestres a entrada da unidade. O secretário de Saúde, Silmar Fortes, explica que em contato com o diretor-presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), Maurinho Branco foi acordado junto à empresa que a linha suba até o ambulatório contemplando o início e o fim dos atendimentos.

População agradece a facilidade de acesso

O ambulatório do Hospital Alcides Carneiro atualmente é o maior ambulatório da cidade. Conta com 30 consultórios e no período de janeiro a agosto de 2017 já realizou 46.125 atendimentos. A linha de ônibus agradou não só os usuários do hospital, como também os moradores do entorno à unidade.

“Eu nem acreditei quando escutei o barulho do ônibus. Eu moro aqui ao lado e pra nós foi excelente, imagina para quem sobia essa rampa todo dia debaixo de sol e chuva? Foi uma maravilha”, avalia o estudante Welliton Muniz Silva.

A aposentada Elza Garcia Gusmão foi a primeira passageira a descer do ônibus de 6h e se alegrou com a novidade. “Eu puxei a campainha do ônibus e o trocador perguntou se eu ia até o ambulatório, pois o ônibus estava subindo. Eu nem acreditei. Tenho problema no joelho e vinha mais cedo para poder subir com calma, agora cheguei até mais cedo para a consulta. Foi bom demais”, disse.

Programação especial em homenagem ao Dia da Criança.

"Ginasta". Esse é o nome do herói de histórias em quadrinhos que o artista quadrinista Heraldo Wilson criou quando era criança, em 1988. O personagem ganhou vida por meio de uma revista em quadrinhos lançada em 2014 e foi esse personagem quem inspirou cerca de 30 alunos da rede municipal de Educação a criar a sua própria revista nessa terça-feira (10.10). A atividade fez parte da programação especial em homenagem ao Dia da Criança na Casa da Educação.

A oficina de criação de revista artesanal foi ministrada por Heraldo Wilson. “A ideia foi mostrar que eles também podem criar as suas próprias revistas, dando vida aos seus personagens. Essa foi a primeira revista que eles criaram e tenho certeza que será um marco em suas vidas. Criei meu personagem, um herói, salvador de vidas e ele me acompanha até hoje”, explica Heraldo.

Heraldo afirma ainda que oportunizar esses momentos com as crianças é importante para que eles redescubram a arte do desenho. “A atividade foi livre e eles puderam criar desenhos, poesias e histórias. A arte é uma forma de a criança mostrar a sua emoção e é uma atividade que não deve ser perdida”.

Participaram da atividade os alunos dos cursos de inglês e música da Casa da Educação, além de alunos do Centro de Referência em Educação Inclusiva – CREI. A oficina foi acompanhada pelos personagens de quadrinhos Superman e Supergirl. “Muito legal participar dessa atividade. Gostei muito”, disse Luan Licht, de 13 anos, aluno da oficina de Apoio Pedagógico do CREI.

“Esse tipo de atividade é muito importante porque estimula a leitura e escrita”, explicou a professora Claudia Loureiro.

“Quando eu era criança, tive muitas oportunidades de fazer oficinas, assistir apresentações e conviver de perto com as manifestações artísticas diversas. Isso reflete claramente na adulta que sou hoje. Por isso, cada pequena oportunidade que podemos dar aos alunos da rede municipal de ensino para terem contato com a arte, incentivamos.  A arte transforma as pessoas”, afirma a diretora da Casa da Educação, Catarina Maul.

A programação dessa terça-feira contou ainda com rodas de conversa coordenadas pelo psicólogo Jordan Vieira, além de um encontro direcionado para o público jovem, com o tema “Super heróis: uma mitologia moderna”.

Na quarta-feira, (11.10), o dia será de oficinas também voltadas para o público escolar. Às 9h e às 14h, Jadir Valle, o escritor e ilustrador, produtor da série em Quadrinhos RedFox Estúdio, estará ministrando oficinas voltadas para o tema com alunos de 8 aos 18 anos. Jadir mostrará sobre a divisão de páginas, técnicas para iniciantes, transporte dos esboços e rascunhos para o computador.

Clínica veterinária vai dar suporte ao evento.

A coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), em parceria com a clínica veterinária Amigo Bicho, organiza no sábado (14.10), entre 10h e 17h, a feira “Criança Amigo do Bicho” na Praça da Liberdade. Cinco protetores de animais vão levar cães e gatos para adoção e também estarão arrecadando ração para filhotes abandonados. O evento, em homenagem ao Dia das Crianças, vai oferecer para os pequenos cama elástica, bolas de encher e a pintura de rostos com figuras de animais.

“O evento é muito importante porque propicia a interação da criança com o animal. Desde pequenos eles começam a entender que devem cuidar, respeitar, dar carinho aos bichinhos. A ideia também é despertar nos adultos a criança que temos dentro de nós”, explica Elisabete Amorim, coordenadora do Bem-estar Animal, lembrando ainda a importância da conscientização da população.

“Nossas equipes vão conversar com a população sobre o que é bem-estar animal. Vamos falar sobre a necessidade de castrar, de cuidar, de manter os animais em condições adequadas dentro de casa. Essa é a nossa primeira ação com o objetivo de conscientizar a população. Vamos montar um cronograma para realizar outras no futuro”, disse.

Todos os bichinhos disponibilizados para adoção passaram por uma avaliação da clínica veterinária, conforme explica Elisabete. “Temos todo o cuidado na hora de oferecer o animal para adoção. A própria clínica veterinária está avaliando a situação de cada um antes de levar para o público. Estão vacinados e devidamente cadastrados”, disse.

Desde agosto, a Cobea já realiza campanha junto ao comércio da cidade para a arrecadação de ração e medicamentos. Mais de 80 quilos já foram distribuídos para os protetores de animais que estão devidamente cadastrados. Além disso, a prefeitura disponibiliza sete barracas para os protetores realizarem um bazar, com o objetivo de arrecadar fundos para os grupos que realizam, entre outros serviços, a castração e vacinação de animais de rua. As barracas ficam no Centro da cidade, no calçadão do antigo Cenip, e em Itaipava, no Parque Municipal, de 9 às 16h, aos sábados.

Bernardo Rossi recebeu o novo presidente da Enel Distribuição Rio, que destacou investimentos e melhoria de fornecimento de energia na cidade.

A parceria entre a prefeitura e a Enel Distribuição Rio tem resultado em uma melhor qualidade energia em Petrópolis. E mais: pela primeira vez a empresa e a prefeitura promovem um “Plano Verão” com enterramento de rede em quatro localidades para garantir a não interrupção de energia a 50 mil pessoas. A empresa ainda é parceira da prefeitura no Luz para Todos, que concede tarifa social a famílias de baixa renda. Os bons números foram apresentados à prefeitura pelo novo presidente da empresa no Rio, Ramón Francisco Castañeda Ponce nesta terça-feira (10.10). Eles são resultado de investimento em Petrópolis de R$ 38,6 milhões em 2017, orçamento 17% maior que no último ano.

A cooperação entre a concessionária e o poder público municipal vai permitir melhorar ainda mais o fornecimento. As obras de enterramento – preparatórias para o verão - começaram no fim de agosto pela Av. Getúlio Vargas, no Quitandinha. Também foram realizadas intervenções na Rua Pedro Stumpf Sobrinho (Centenário) e na Rua Dr. Agostinho Goulão (Bonfim). A última intervenção prevista nesta primeira execução do projeto será na Rua Lopes de Castro (Valparaíso). No total, são 983 metros de rede enterrada.

No total, são 12,3 mil clientes nestes locais, quase 50 mil pessoas atendidas pela concessionária. No entanto, o impacto dessas obras é muito maior. Isso porque permite melhorar a confiabilidade da rede em toda a região envolvida. Esta parceria se deu com a Secretaria de Obras fazendo a abertura de canaletas em ruas ou calçadas para que a Enel instalasse dutos e cabos. Depois, os buracos são tampados pela equipe de manutenção viária. A última etapa é a ligação da rede alta tensão, realizada pela concessionária.

Segundo o presidente da Enel Distribuição Rio, o foco dos investimentos é na modernização e automação da rede elétrica, ou seja, substituição dos cabos, reforço de subestações, instalação de mais equipamentos de proteção da rede e adoção de tecnologias usadas com sucesso em outros países. Petrópolis já conta com 163 equipamentos automáticos, o que permite que eventuais falhas sejam identificadas e corrigidas remotamente, reduzindo o tempo e quantidade de clientes sem luz.

Petrópolis também já teve substituição de 65 km de rede de média tensão por cabeamento mais resistente ao contato de galhos de árvores, além de 162 mil podas preventivas entre 2016 e 2017.

“Nossa atividade é totalmente importante para a economia da cidade e estamos felizes com essa parceria. Nosso compromisso é com a melhoria da qualidade do fornecimento e estamos conseguindo ter diálogo com o município. Queremos estreitar cada vez mais esses laços”, afirmou Ponce, destacando que o objetivo principal da empresa é “trazer melhorias que vão dar resultados em um longo prazo”.

Há ainda outras ações realizadas em parceria com a Enel, como o programa Luz Para Todos, que proporciona tarifa social de energia, permitindo que 20 mil petropolitanos tenham acesso a descontos de até 65% na conta de luz. Os moradores do quilombo da Tapera, por exemplo, são alguns dos beneficiados. Também lembrou do projeto “Escolas Sustentáveis”, em que a empresa instala painéis para captação de energia solar. Esse projeto começou pela Escola Monsenhor João de Deus Rodrigues, em Pedro do Rio, sendo a primeira da região Serrana.

Unidade está em busca de voluntários para ler para as crianças atendidas no local.

O Centro de Saúde inaugurou nesta terça-feira (10.10) um espaço especial para as crianças assistidas na unidade. O “Cantinho da Leitura” está localizado na área de atendimento infantil com livros e brinquedos didáticos para que os pequenos pacientes aguardem as consultas com mais interatividade. Além de oferecer um atendimento de qualidade a cerca de 900 crianças por mês, o Centro de Saúde está incentivando o hábito da leitura de forma lúdica e criativa.

O Centro de Saúde é uma referência na assistência infantil. São aproximadamente 900 atendimentos por mês, 500 apenas com as vacinas. Também são oferecidos o acompanhamento psicológico e assistencial. Pelo “Programa da Criança”, os pequenos passam por consultas com pediatras, fonoaudiólogos, dentistas e gastroenterologista.

A superintendente de Atenção à Saúde, Fabíola Heck explica que todos os materiais entre livros e objetos de decoração foram doados. A iniciativa marca a semana da criança onde diariamente será oferecido contação de história e iniciação a escavação infantil pela equipe de Saúde Bucal.

“Estamos contando com a solidariedade da população. As caixas de doação continuam disponíveis na recepção para as pessoas que quiserem doar livros e os que quiserem doar um pouco do seu tempo para ler para as crianças seria muito importante”, afirma Fabíola Heck.

Uma das voluntárias é a bibliotecária Lorena de Oliveira que apoiou a iniciativa da prefeitura.

“Está sendo maravilhoso passar um tempo com essas crianças e apresentar a elas alguns cuidados com a saúde. Nós estamos abrindo novas oportunidades e de forma lúdica incentivando desde cedo o hábito da leitura”, disse Lorena de Oliveira.

A mãe do pequeno Deryk de 5 anos, Stefane Graciano aprovou a ideia, enquanto ele aguardava a consulta com a psicóloga, leu e brincou com a voluntária do Cantinho da Leitura.

“Finalmente ele saiu do celular. Eu adorei a ideia, todos os envolvidos estão de parabéns, ele adorou o espaço e o tempo passou sem ele perceber”, disse, Stefane Graciano, moradora do Vale do Carangola.

Cuidados com a Saúde também foi priorizado

Nos intervalos das consultas foi servido gelatina para as crianças e após o lanche, a equipe de Saúde Bucal presenteou as crianças com kit de escovação. A Dentista Cintia Rocha explica que os cuidados com saúde dos dentes deve ser incentivado desde cedo.

“Todas as crianças ganharam kits com escovinha e pasta de dente e nós além de explicarmos a importância da escovação, quantas vezes por dia deve se escovar os dentes, nós também alertamos aos pais a manterem o incentivo e os cuidados para que as crianças cresçam com os dentes saudáveis”, afirma.

A mãe dos pequenos Igor de 5 anos e Lavine de 7 anos, Marilene Ferreira, moradora do Alto da Serra disse que sempre incentiva as crianças a cuidarem dos dentes.

“Adorei a ideia, foi muito boa, agora vou até marcar uma avaliação para eles com o dentista daqui para ver como estão os dentes de cada um. Gostei muito do incentivo”, disse.

A diretora da unidade, Élida Marta dos Santos explica que tem contado com a solidariedade de alguns funcionários para manter o cantinho da leitura.

“Alguns funcionários se disponibilizaram em ler para as crianças nos intervalos do almoço, mas quem quiser se voluntariar e vir oferecer alguma atividade será muito bem-vindo”, convida Élida Marta.

Aos que quiserem realizar trabalhos voluntários na unidade de recreação ou de leitura para as crianças, basta entra em contato pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou diariamente na unidade a Rua Santos Dumont, S/Nº, de 8h às 16h.

Prefeitura retoma atendimentos do Fique em Dia no Petropolitano dia 16.

Contribuintes que têm débitos de IPTU, ISS, taxas e demais tributos municipais terão uma última oportunidade– entre os dias 16 e 31 deste mês - para regularizar as dívidas em condições diferenciadas, dentro do programa de regularização tributária Fique em Dia. A segunda etapa do programa começa com 195 senhas já distribuídas a contribuintes no último dia da campanha inicial, 30 de setembro. O esquema de atendimento será retomado no clube Petropolitanona segunda-feira (16.10) das 9 às 16h.

É a última chance para aqueles contribuintes que não regularizaram seus débitos entrarem em um acordo com o município aproveitando as condições diferenciadas do Fique em Dia. O programa oferece diferentes opções para que o contribuinte possa negociar e encontre as condições que melhor se adequem ao seu orçamento. O Fique em Dia foi elaborado para que todos os possam encontrar a melhor forma de regularizar suas contas junto ao município.

O programa oferece descontos de 100% de juros e multas para pagamentos à vista, além de descontos progressivos de 70% para parcelamentos em até seis vezes e 60% para aqueles que optarem pelo parcelamento em 12 vezes. O programa oferece ainda a possibilidade de parcelamento em até 60 meses – 5 anos. A estrutura especial para negociação será retomada no clube Petropolitano com guichês para atendimento, equipe treinada para negociar os débitos caso a caso.

O programa é realizado pela prefeitura, em parceria com o Poder Judiciário (Tribunal de Contas e 4ª Vara Cível), que continuará mantendo um esquema de trabalho para garantir os direitos dos contribuintes, entre os quais a isenção de pagamento de custas judiciais. “A gratuidade continuará garantida aos contribuintes que tiverem direito a este benefício. Já estabelecemos os critérios para que isso seja mantido”,destaca o titular da 4ª Vara Cível, juiz Jorge Luiz Martins.

Na primeira etapa do programa, realizada de 8 a 30 de setembro, 12.450 contribuintes negociaram os débitos e regularizaram a situação junto ao município. O volume negociado até 30 de setembro foi de R$ 43 milhões. Os débitos negociados não entram no caixa da prefeitura de uma só vez, pois a maioria dos acordos prevê a quitação em parcelas, com isso os débitos serão recolhidos aos cofres públicos em até cinco anos. 

Esta ampliação do prazo é uma última oportunidade para que o contribuinte regularize a sua situação em melhores condições de pagamento. Na atual conjuntura, de crise financeira, o Fique em Dia é um importante instrumento para que o município equilibre as contas e ao mesmo tempo par que os contribuintes ajudem a prefeitura manter serviços que são importantes no dia a dia da população. Todos os recursos do programa serão aplicados em serviços essenciais como a merenda nas escolas, o remédio nos postos de saúde, e serviços, de limpeza urbana, asfaltamento de ruas, enfim, todos os serviços que o município precisa garantir aos cidadãos.

 

Mais de 100 pessoas acompanharam o primeiro dia de atividades.

A abertura do I Colóquio de Defesa Civil reuniu autoridades, agentes de Defesa Civil do Estado e representantes dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs) de Petrópolis no auditório da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/Fase) nesta segunda-feira (09.10) para debater ações de prevenção com foco na redução do risco de desastres. O evento oferece a oportunidade de discutir o tema em três esferas: científica, profissional e comunitária. As mais de 100 pessoas presentes acompanharam palestras com o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, com o professor da Faculdade Arthur Sá Earp Neto, Ricardo Tammela, e com Sebastião Guerra, coordenador do projeto Fortalecendo a Resiliência aos Desastres na Região Serrana do Rio de Janeiro. Após as atividades, um grupo de dança alemã encerrou a noite com uma apresentação para o público.

O primeiro dia do Colóquio, que segue até quarta-feira (11.10) destaca o trabalho realizado pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias ao longo de 2017. O órgão vem trabalhando na elaboração do Plano Verão 2018, que vai contar com cinco planos de contingência organizando a resposta para deslizamentos de terra, inundações, rolamentos de blocos rochosos, vendaval e tempestades de raio, organizando a resposta dos órgãos responsáveis em caso de tragédia.

O secretário Paulo Renato Vaz disse que o objetivo do I Colóquio de Defesa Civil é reunir os saberes científico, profissional e comunitário para debater soluções com foco na prevenção. 

“Não há um saber mais importante que o outro. Da mesma forma que queremos a melhor Defesa Civil, com todo o saber científico, também queremos estar próximos das outras Defesas Civis municipais, compartilhando experiências e da população, quem é quem conhece as dificuldades e os problemas que precisamos enfrentar. Somente desta maneira vamos criar uma Petrópolis efetivamente resiliente”, explica Paulo Renato.

O subdiretor geral da Defesa Civil do Estado do Rio, tenente coronel Marco Albino, elogiou a organização do I Colóquio de Defesa Civil. “Cada vez mais entendemos que o trabalho de prevenção é fundamental. O Colóquio é importante porque dá voz a todos os envolvidos no momento do desastre. Dessa maneira, podemos ouvir as mais diversas opiniões sobre como trabalhar nesses momentos”, comentou. A responsável pelo Nudec do Vila Rica, Cláudia Renata, agradeceu a oportunidade de participar do evento e falou sobre a importância da população estar próxima da Defesa Civil. “Precisamos atuar em conjunto. O desastre acontece na comunidade e a gente precisa saber quais medidas tomar nesse momento. Estando próximo da Defesa Civil, podemos evitar que mortes aconteçam”, disse.

Aproximadamente 100 alunos vão estudar o dia todo.
Número de vagas também aumenta para a Educação Infantil.

A Escola Municipal Abelardo de Lamare, localizada no Caxambu, vai contar com ensino em tempo integral em 2018. São 100 alunos do Ensino Fundamental I do 1º ao 5 º ano que vão estudar durante o dia todo e terão, ainda atividades pedagógicas, esportes, artísticas e culturais de forma integrada. A prefeitura vai aumentar ainda a oferta de vagas para a educação infantil – crianças até 5 anos - em 50%, oferecendo a oportunidade de ingresso na rede para outras crianças que moram na localidade. Já os 115 alunos do 6º ao 9º ano terão aulas na unidade Senador Mário Martins, que fica a cinco minutos da Lamare – 1,5 km - e o transporte desses alunos será ofertado pela Secretaria de Educação, em ônibus escolar próprio.

Com o ensino integral muda a rotina de aprendizado das crianças – entre 6 e 10 anos – na unidade. Além das matérias regulares haverá reforço escolar e atividades de esporte e cultura. Os alunos também terão mais uma refeição no dia e o ônibus escolar mais horários para o transporte dos estudantes.

Hoje apenas quatro escolas das 115 unidades da rede têm ensino integral, o que representa 3,5% das unidades. São 504 alunos apenas estudando o dia todo.  O desafio é aumentar a oferta do ensino integral e alcançar maior número de alunos.

Esta transformação está prevista no Plano Nacional de Educação, editado em junho de 2014 e com cumprimento atrasado em Petrópolis. “A mudança já deveria ser mais ampla para chegarmos a 2025 com a meta cumprida”, observa Anderson Juliano.  Também atendendo ao Plano Municipal de Educação, o ensino integral, em oito anos, precisa estar funcionando em 50% das escolas públicas.

Em específico na Abelardo de Lamare o município está levando uma oportunidade de mais vagas na educação infantil que é uma demanda da localidade e, ao mesmo tempo dando força ao ensino integral, que é uma meta da Educação na cidade, qualificando melhor a nossa base. Isso fortalece o ensino dos alunos matriculados do 1º ao 5º ano para que eles tenham um aproveitamento melhor no ensino fundamental II e ensino médio.

As mudanças foram apresentadas à comunidade escolar em uma reunião feita pela equipe técnica da Secretaria de Educação na última semana onde também foi colocado o desejo de reforma na unidade. A escola já recebeu obras emergências neste ano, como a reforma total do telhado e restauração da parte elétrica, mas vai passar por maiores intervenções.

Notícias por data

« Outubro 2017 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

DO

loa 2018

plano-plurianual-final

iptu

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

cpge

selo acesso informacao.fw