Chegada do Papai Noel, concertos, shows e a inauguração do presépio da Catedral São Pedro de Alcântara estão na programação do Natal Imperial deste fim de semana. Os principais palcos da festa serão a Praça da Liberdade – Vila Imperial e Palácio de Cristal – Doce Natal, mas todo Centro Histórico estará iluminado e com uma cenografia especial, que transformou a cidade em um grande cenário de Natal. Com a abertura nesta sexta-feira (30.11), a festa vai até 20 de janeiro.

No sábado, o destaque fica por conta do show das meninas do BFF Girls, às 15h, na Praça da Liberdade, com a Chegada do Papai Noel para alegrar a criançada. Às 20h, tem jazz natalino com Compasso Bass Ensemble. Já no Palácio de Cristal às 15h tem apresentação da Banda Marcial Professora Leila de Souza Castro; às 16h tem Coral Pró Tempore; e às 20h o Quarteto Por Music. Na Rua 16 de Março, às 14h tem desfile e chegada do Papai Noel e Banda Wolney Aguiar. Na Catedral São Pedro de Alcântara a inauguração do presépio será às 18h30 com celebração e apresentação de coral.

No domingo (02.12) tanto a Vila Imperial, quanto o Palácio de Cristal recebem uma programação cultural. O destaque é a cantora Larissa Viana, às 20h, na Praça da Liberdade. A petropolitana ficou famosa depois de sua participação no programa The Voice, da TV Globo.

Antes dela, a Vila Imperial recebe, às 14h, a Banda Marcial Odette Fonseca. E logo após, às 15h, a Orquestra Ação Social Pela Música. Já no Doce Natal, a Banda Marcial Frei Aniceto se apresenta às 14h; a Trupe Gabi Gabizoca às 16h; e às 20h tem uma edição especial de Natal da Serenata Imperial.

Em etapa final de construção, o empreendimento Minha Casa Minha Vida, no Vicenzo Rivetti, passou por vistoria e equipe técnica nesta sexta-feira (30.11). Com 97% da obra concluída, a prefeitura inicia a preparação das famílias que receberão as unidades habitacionais. A documentação dos beneficiários passa por análise da Caixa Econômica Federal (CEF) e alguns dos inquilinos já conheceram o novo condomínio.

São 776 apartamentos divididos em 18 blocos. Os condomínios contam com 3% das unidades adaptadas para famílias com deficientes físicos e terão ainda áreas de lazer infantil e salões de festa.

Para acomodar todas as famílias no novo empreendimento, a prefeitura promoverá uma ação para ajudar com que as famílias se adaptem ao espaço.

O empreendimento será destinado para famílias com renda mensal até R$ 1,8 mil e para famílias que recebem aluguel social após terem perdido casas em desastres das chuvas.

O ônibus de videomonitoramento está sendo usado mais uma vez no esquema de segurança de um grande evento da cidade. Dessa vez, o equipamento foi deslocado para um dos principais palcos do Natal Imperial, que começou nesta sexta-feira (30.11). O veículo ficará próximo ao Hotel Quitandinha até o dia 20 de janeiro.

O equipamento vem sendo utilizado desde o ano passado nas edições da Expo Petrópolis, Bauernfest e Natal Imperial. Em 2017, o veículo foi deslocado para a Rua Teresa durante o mês de dezembro, visando dar tranquilidade aos consumidores que foram às compras no polo de moda. Agora, a intenção é dar tranquilidade a quem for acompanhar as atrações natalinas promovidas no Quitandinha.

O esquema de segurança do Natal Imperial foi montado com objetivo de alcançar o mesmo resultado do ano passado, quando não foi registrada nenhuma ocorrência durante o evento.

O ônibus conta com sete câmeras, sendo duas internas, duas em cada lateral e uma na parte de cima do veículo, que pode ser içada a 11 metros de altura. Com isso, a câmera consegue monitorar um raio de 300 metros de distância. Ele foi estacionado nesta sexta-feira e permanecerá no local durante os 52 dias do evento.

Serão 16 agentes que vão se revezar em dois turnos por dia no ônibus. As imagens do veículo não são as únicas que vão monitorar o bairro. O Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop) tem duas câmeras no pórtico de entrada da cidade com capacidade de identificar carros roubados que tentam chegar ao município. O local ainda tem mais uma câmera de 360º, outra na Ponte Fones e mais uma próxima a Chocolates Patrone.

Entre as atrações que o Quitandinha receberá durante o Natal Imperial está o show de Roberta Sá e o concerto de Natal do Coral Integração (com participação de Mafalda Minnozzi).

Esquema de segurança contará com mais de 50 guardas por dia

Durante todo Natal Imperial, a Guarda Civil vai mobilizar mais de 50 agentes e nove viaturas todos os dias para o patrulhamento preventivo em diferentes locais entre Centro, Quitandinha e Itaipava. As imagens do Ciop serão acompanhadas em tempo real nesses locais e em todo trajeto que os frequentadores dos eventos vão percorrer na cidade. São 56 câmeras espalhadas em 46 pontos da cidade. O Grupamento de Ações com Cães utilizará seis animais de proteção e mais três de detecção de drogas e armas nos principais eventos.

As 98 crianças da rede municipal inscritas nas aulas gratuitas de ginástica artística participaram de um festival nesta sexta-feira (30.11). A atividade aconteceu na Escola Municipal Papa João Paulo II, localizada no bairro São Sebastião, onde fica instalado o Centro de Treinamento da modalidade.A intenção dela é atender até 180 jovens, entre 4 e 14 anos, de todas as unidades de ensino do município.

“A ideia de criarmos um festival surgiu para motivar as crianças que estão treinando com a gente desde abril. É importante que elas tenham a primeira medalha, que sintam que estão melhorando e desenvolvendo dentro do esporte. A gente quer também que a comunidade abrace o projeto e que mais pessoas participem”, disse Georgette criadora do projeto.

Ademilson Delgado, pai da aluna Ana Paula Delgado, de cinco anos, está empolgado com o desenvolvimento da filha nas aulas e sonha em ver a pequena disputando uma Olimpíada. Ele ficou bastante emocionado com a participação dela no festival.

"É um projeto espetacular desenvolvido em Petrópolis. Minha filha está muito feliz com as aulas, além de ter feito novas amizades. A gente se preocupa em oferecer todo o suporte para ela, com alimentação mais adequada e incentivo", comentou.

Paulo Araújo, diretor da escola, explica que a atividade é oferecida no contraturno escolar, mantendo as crianças na unidade por mais tempo. Dessa maneira, os jovens se mantém ativos, longe das ruas. “Passam o dia todo aqui na escola, esperando pelo início das aulas de ginástica. É importante para mantermos os nossos alunos longe das drogas, oferecendo mais atividades”, explicou.

O Centro de Treinamento está equipado com aparelhos oficiais para exercício de solo, salto sobre mesa e barras. Todos eles foram utilizados durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.  As inscrições podem ser feitas diretamente com a professora Aline Pomim, no Centro de Treinamento. As aulas acontecem às terças e quintas, no contraturno escolar. Para outras informações, os interessados podem ligar para: 2233.1218.

As ações alusivas ao Novembro Azul realizadas no Hospital Alcides Carneiro foram encerradas nesta sexta-feira (30.11), com um almoço comemorativo no restaurante do hospital. Com a participação da Secretária de Saúde, Fabíola Heck e toda a direção e funcionários foi comemorada a marca de 350 atendimentos nos mutirões no mês. As ações focaram a saúde do homem, mas abriu atendimentos de várias áreas com o intuito de agilizar procedimentos em pacientes que estavam em espera.

Os mutirões realizados ao longo do ano, nos meses de maio, agosto, setembro e outubro, registraram cerca de 1.100 atendimentos, entre consultas, exames e cirurgias.

O destaque para as ações do mês de novembro, em incentivo aos cuidados preventivos para a saúde do homem, foi a implantação do Programa da Saúde do Homem. O Ambulatório do Hospital Alcides Carneiro (HAC) será o centro de referência para o homem e passa a ter uma equipe especializada em urologia clínica, composta por três médicos, um psicólogo e um enfermeiro. Com essa estrutura será realizado um atendimento completo para o acompanhamento dos pacientes.

A expectativa é de que com na nova estrutura sejam realizadas 240 consultas urológicas por mês. “O programa é uma inovação da prefeitura. Já trabalhamos com a urologia pré e pós operatória e observamos que havia uma carência para a área de urologia clínica, então surgiu o planejamento de implantar o atendimento dessa especialidade no ambulatório”, destaca o gerente do Ambulatório do HAC, Rene Giardini, que reforça que a partir das ações do Novembro Azul foram ampliados os serviços voltados para a saúde do homem: “implantamos as consultas de enfermagem e de psicologia para fazer o acompanhamento dos homens que optarem por fazer a vasectomia. Vamos inserir o homem no programa de planejamento familiar, com as orientações sobre todo o processo”.

Durante os mutirões de novembro o HAC retomou a realização de cirurgias de vasectomia, que há oito anos não eram realizadas na unidade. Os procedimentos passarão a ser feitas no próprio ambulatório, onde será feito todo o acompanhamento dos pacientes.

Referência para aqueles que desejam investir em novos negócios, o Espaço Empreendedor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico registrou 1.023 atendimento em outubro. Ao somar o número de registros desde janeiro o já são 8.709 atendimentos. No local os empresários têm acesso gratuito e sem necessidade de agendamento prévio a serviços de diversas secretarias além do protocolo geral e atendimento da Jucerja – Junta Comercial do Rio de Janeiro.

Do total de atendimentos em outubro, 692 são referentes à Jucerja: alvará, autenticação de livro, MEI, nota fiscal eletrônica e registro de empresas. Outros 312 ficaram por conta do atendimento de outras secretarias como Departamento de Trabalho e Renda, verificação de incentivos fiscais, protocolo geral, solicitação de microcrédito.

O Espaço Empreendedor de Petrópolis reduzi a burocracia para a abertura de novos negócios na cidade e foi um dos fatores que levou o município a conquistar o 2º lugar no Programa Cidades Empreendedoras promovido pelo Sebrae Rio em todo o estado.

Em janeiro foram 612 registros; em fevereiro, 533; em março - 741; em abril - 985; em maio - 826; em junho - 833; em julho - 1124; em agosto - 1076; em setembro - 956 e em outubro, 1.023 atendimentos.

Para os empresários locais, o espaço oferece uma infraestrutura que proporciona um atendimento de qualidade, além de dispor de um quadro com os editais exclusivos de compra para micro e pequenas empresas de acordo com as ações de compras públicas estimuladas pelo Sebrae dentro do município.

“Aqueles que desejam conhecer um pouco mais sobre os editais de compra e Lei Geral do Empreendedor também podem buscar atendimento no EE. As empresas podem ainda cadastrar suas vagas no Balcão de Emprego e realizar processos seletivos no EE mediante agendamento”, explicou Eduardo Barbosa, diretor do Departamento de Desenvolvimento Econômico e responsável pelo EE.

Atualmente, o Espaço Empreendedor funciona no Centro Administrativo Frei Antonio Moser. No EE os empresários têm acesso a vários serviços como: Informações sobre alvará, Autenticação de livro, Consultoria Jurídica, Jucerja, Microempreendedor Individual, Nota Fiscal Eletrônica, Registro de empresas, Viabilidade, Mais Valia (Secretaria de Obras), Departamento de Trabalho e Renda, Incentivos fiscais (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), Posturas e IPTU (Secretaria de Fazenda), atendimento ao produtor rural, Protocolo Geral, Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Meio Ambiente. Os empresários podem, ainda, cadastrar as vagas disponíveis nas empresas no Balcão de Empregos do Detra – Departamento de Trabalho e Renda. O funcionamento ocorre de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h e o Centro Administrativo fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

Maurício Schmitt procurou o EE para tirar as dúvidas sobre as vantagens do MEI – Micro Empreendedor Individual. Ele fabrica o recheio e vende pães de alho. “A intenção é a de aumentar as vendas e em alguns espaços as pessoas solicitam a nota e o código de barras para poder vender o produto e foi para entender como iniciar esse processo de formalização que procurei o EE. Adorei o atendimento, fez realmente diferença na minha vida e aconselho a todos que querem investir e crescer em procurar o Espaço Empreendedor”, contou.

Mudança para o Centro

De acordo com Marcelo Fiorini a expectativa é de que o volume de atendimentos no EE cresça a partir do próximo ano. “Estamos observando um crescimento no otimismo dos empresários no que diz respeito ao investimento nos novos negócios e, além disso, temos o planejamento de mudar o Espaço Empreendedor para a Rua Teresa, justamente para ficar mais próximo do centro econômico da cidade”.

Futuramente o EE vai funcionar na Rua Teresa. O local escolhido é o prédio do Inpas, localizado na altura do nº 459. O prédio, que foi construído em 2005 pela própria prefeitura e nunca foi utilizado vai abrigar, além do EE, um local para capacitações e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. O processo está na fase de licitação para obra.

No segundo dia de realização, nesta sexta-feira (30.11), a I Mostra SUS, reservou espaço para a exposição dos trabalhos realizados no curso de Educação Popular em Saúde. Instalados na Tenda Paulo Freire, os alunos tiveram a oportunidade de apresentar todos os tratamentos alternativos disponibilizados nos Postos de Saúde da Família (PSFs). Várias atividades foram oferecidas ao público, que teve a oportunidade de participar de grupos de meditação, reflexão, sessões de acupuntura, shiatsu, auriculoterapia, massoterapia, entre outros. O evento é realizado em parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde e a Faculdade Athur Sá Earp Neto (FASE).

 Iniciada na última quinta-feira (29.11) a primeira edição da Mostra SUS atraiu mais de 500 pessoas no auditório da  FASE. Ao longo dessa sexta-feira (30.11) o evento promoveu fóruns de debates sobre temas diversos da área de saúde.

 Durante a mostra os alunos do curso de Educação Popular encerraram o ano letivo, apresentando tudo o que aprenderam. Os tratamentos alternativos, que oferecem resultados efetivos para a melhora dos pacientes foram demonstrados no evento.

O estudante de nutrição, Rafael Costa, participou de grupos de meditação e fez acupuntura para tratar a ansiedade e estresse. “Me identifico muito com essas terapias, é uma forma de se evitar alguns medicamentos, como para estresse e ansiedade”, destaca Rafael, que tinha conhecimento da oferta desses tratamentos pela rede pública, mas considera que é necessária maior divulgação para a população.

A agente comunitária Etiene Vilasboas, educadora do curso, destaca que os métodos oferecidos nos PSFs, visam o olhar diferenciado da doença. “Os atendimentos buscam humanização, o pensar a saúde, o bem-estar físico a partir de tratamentos alternativos. Vai além do olhar médico”, destaca Etiene. Todos os métodos de cuidado com a saúde são disponibilizados nos postos de saúde, respeitando as demandas de cada área de atuação. “Ajustamos cada tratamento de acordo com a necessidade de cada região. A ideia é sempre fazer um trabalho direcionado”, reforça.

A organizadora da Mostra SUS, Maria Zenith Carvalho, chefe do Núcleo de Educação em Saúde, destaca os bons resultados do evento. “A adesão ao evento foi muito boa. O evento proporcionou debates sobre diferentes áreas e aqui na tenda Paulo Freire, foi apresentado na prática, tudo o que o SUS oferece”, ressalta.

Dentro da programação da Campanha “16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher”, o Gabinete da Cidadania realizou nesta sexta-feira (30.11), na Casa dos Conselhos, uma palestra ministrada pela Assistente Social da Equipe Técnica da Gerência de Saúde da Mulher, da cidade do Rio de Janeiro, Márcia Soares, sobre o projeto Sala Lilás que já funciona em Niterói e Campo Grande.

A sala lilás é um local reservado para o atendimento de mulheres que foram vítimas de violência física e sexual, onde são atendidas de forma mais humanizada e acolhedora. O espaço funciona dentro do Instituto Médico Legal (IML), onde são realizados exames periciais com equipe multidisciplinar. O objetivo é que as vítimas se sintam preservadas e mais à vontade para falar sobre a violência sofrida.

Durante a palestra, Márcia Soares apresentou dados estatísticos realizados pela Secretaria de Vigilância Sanitária da cidade do Rio de Janeiro, apontaram que de 2009 a 2018 foram notificados 58.821 casos de violência envolvendo crianças, adolescentes, adultos e idosos. Em 2018, as duas Salas Lilás juntas já somam 880 notificações. De acordoo com a assistente, o trabalho realizado na Sala Lilás, garante uma celeridade no atendimento da vítima e exige uma articulação maior de toda a rede da saúde.

Hoje dividi minha experiência na construção do projeto da Sala Lilás e de todo o processo para o seu funcionamento. A Sala Lilás foi criada para atender apenas as mulheres, porém a ferramenta foi tão bem executada, que atendemos homens, mulheres, transexuais, crianças e idosos. A partir do momento que a vítima é acolhida e quebra o silêncio, isso exige uma qualidade da rede como um todo, desde Defensoria Pública, delegados e Secretaria de Saúde, para que esta pessoa não se perca no processo da rede e seja conduzida de forma correta, por isso a necessidade de integrar todos os serviços” destacou a Assistente Social da Equipe Técnica da Gerência de Saúde da Mulher, Márcia Soares.

Representando o Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, Simone Aparecida Borré contou que achou a palestra bem interessante, apesar de a unidade de saúde atender violências autoprovocadas. “Achei bem interessante essa proposta da Sala Lilás. Acho que vai contribuir muito para o atendimento dessas vítimas”, contou Simone.

Programação Campanha “16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher”

As palestras são ministradas pela equipe do Centro de Referência de Atendimento a Mulher. Este ano a campanha está focada nas escolas. Na segunda-feira (03.12), às 10h, na Escola Municipal Abelardo De Lamare, no Caxambu e às 19h no Liceu Municipal Carlos Chagas Filho, na Av. Barão do Rio Branco. Na terça-feira (04.12) às 14h, é o dia da Escola São João Batista, no Duarte da Silveira e na quarta-feira (05.12) às 13h na Escola São Judas Tadeu, na Mosela. E ainda em um encontro especial, na segunda-feira (17.11) a equipe do CRAM fará uma palestra dedicada aos pais e responsáveis na Escola Municipal Abelardo De Lamare.

Ônibus e vans de turismo que chegarem a Petrópolis durante o Natal Imperial já têm local reservado para fazer o embarque e desembarque dos passageiros. A CPTrans bloqueou ambos os lados da Avenida Tiradentes as sextas, sábados e domingos, durante os fins de semana de festa. Com previsão de receber mais de 330 mil pessoas durante todos os dias de festa, a intenção é evitar que os ônibus que vem de fora fiquem rodando a cidade, facilitando sua parada para deixar os passageiros e pegá-los posteriormente.

Além dessa área, a CPTrans suprimiu as vagas de rotativo da Avenida Piabanha e da Rua da Imperatriz (em frente ao Museu Imperial), para que sirvam de local para o embarque e desembarque dos veículos. Após deixarem os passageiros, a companhia está estimulando o Quitandinha, próximo ao Palácio, como local de estacionamento. A área foi sinalizada para receber os veículos. Além desse ponto, o Bingen, a partir da Estácio de Sá, também serve como local para que os ônibus fiquem estacionados durante a festa.

Ação de combate a flanelinhas

Com a previsão de receber, por dia, 12 mil veículos de passeio a mais durante o Natal Imperial, a CPTrans inicia operação em conjunto com a Guarda Civil para coibir a presença de flanelinhas. A ação prevê a ampliação do horário do estacionamento rotativo que funcionará até às 22h, período em que as lojas vão se manter abertas no Centro Histórico. As tarifas também serão mantidas: R$ 2,50 nas áreas brancas e R$ 3,50 nas áreas azuis.

Somando com 32 mil veículos que passam pelas ruas do Centro Histórico diariamente, o período de Natal terá cerca de 44 mil carros de passeio por dia na cidade. Com mais funcionários de rotativo nas ruas, o atendimento ao turista também vai ser melhor.

Haverá, ainda, a ampliação de vagas de estacionamento rotativo durante a semana. O lado par da Avenida Koeler no sentido Centro funcionará como local de parada de terça a domingo, entre 19h e 22h. Já a Rua da Imperatriz contará com vagas extras também a partir das 19h e até 22h. Outras áreas estão sendo estudadas e, caso haja necessidade, poderão também ser utilizadas para as vagas de rotativo.

As ruas que terão o horário estendido de terça a domingo são a Rua Nelson de Sá Earp, Barão do Amazonas, Praça da Liberdade, Rua Roberto Silveira, Alfredo Pachá, Padre Siqueira, Avenida Presidente Kenedy, lado ímpar da Avenida Koeler, Rua São Pedro de Alcântara, Praça Princesa Isabel, Avenida Tiradentes, Bosque do Imperador, Praça D. Pedro, Irmãos D’Angelo, Praça Visconde de Mauá, Rua Oscar Weinschenck, Moreira da Fonseca, Marechal Deodoro e General Osório, além do estacionamento fechado da Rua do Imperador, 125 – sendo este último com cobrança de R$ 4,50.

Em três ruas, porém, a cobrança do estacionamento rotativo estará suspensa neste período: a Rua da Imperatriz (Calçada do Museu), Avenida Tiradentes (sentido Raul de Leoni) e Avenida Presidente Kennedy (entre a Casa Barão de Mauá e a entrada da Rua Kopke). Estes espaços estão reservados para a embarque e desembarque de ônibus de turismo.

No Quitandinha também haverá alteração na cobrança. As ruas Joaquim Rolla, República do Líbano e República Argentina terão cobrança de quinta a domingo, entre 12h e 22h. O valor praticado será o da área azul, de R$ 3,50 a hora. A medida também visa coibir a atuação de flanelinhas no período em que o Palácio Quitandinha terá árvore de Natal, uma das programações deste ano.

Tarifa de regularização

A tarifa de regularização praticada pela SinalVida em casos em que não haja o pagamento pelo rotativo poderá ser suspensa na primeira vez que o petropolitano ou turista utilizar a vaga. A suspensão da tarifa de R$ 42 pode ser feita com qualquer controlador em até 48h a partir da emissão do bilhete. A medida vista evitar a cobrança da taxa para pessoas que, por desconheceram o sistema de cobrança na cidade, paguem além do tempo que utilizou a vaga.        

Funciona assim: o usuário que parou em uma vaga e, por algum motivo, recebeu a tarifa de regulamentação pode falar com algum dos controladores identificados e explicar o desconhecimento das regras de utilização. O atendente vai verificar, pelo número da placa do veículo, se essa foi a primeira vez que o veículo parou em uma vaga de rotativo e na cidade e foi notificado e, caso afirmativo, a cobrança será suspensa, tendo o usuário que arcar, apenas, com o período que o veículo ficou na vaga.

Petrópolis conta, atualmente, com 1.739 vagas distribuídas em 52 logradouros, no Centro, Alto da Serra, Bingen, Valparaíso e Corrêas. Para utilizá-las a população conta com o aplicativo DigiPare, disponível para celulares com iOS, Android e Windows Phone; o site www.estarpetropolis.com.br; por SMS pelo número 27317, por ligação 0800-941-3444, em qualquer um dos parquímetros disponíveis - sendo que esses equipamentos aceitam pagamentos em moeda e cartão de crédito e débito; no comércio local, além dos controladores – que ficam devidamente uniformizados em horário de trabalho. 

A rodada do próximo sábado (01.12) da Copa das Comunidades acontece na quadra comunitária da Rua Amazonas, no Quitandinha. Serão realizadas seis partidas na categoria sub-17, reunindo cerca de 120 pessoas. O torneio é disputado sempre aos sábados, nas quadras comunitárias dos bairros que participam. A liderança da competição está com a equipe do Indaiá, com seis pontos em três jogos. Em segundo, está o time que representa a Estrada da Saudade, com quatro pontos. A iniciativa conta com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer.

 A competição tem o objetivo de incentivar os projetos sociais que existem nas comunidades de Petrópolis.

Fabian Oliveira, organizador da Copa das Comunidades, explica que a ideia de organizar um torneio entre os projetos sociais surgiu como forma de abrir novas oportunidades para os jovens da cidade. Em parceria com a prefeitura, o objetivo é aumentar o número de equipes participantes no ano que vem, proporcionando mais atividades físicas para mais jovens do município.

“Precisamos estimular a prática esportiva nos bairros da cidade. Graças ao apoio da prefeitura, vamos conseguir premiar todos os participantes no final do torneio. Além do incentivo, também é uma forma de contribuir na formação desses jovens. A ideia é aumentar o número de participantes nos próximos anos”, disse Fabian.

Mais de 500 pessoas envolvidas nas categorias sub-11, 13 e 15

Mais de 500 pessoas participaram da Copa das Comunidades nas categorias sub-11, 13 e 15. Foram realizadas 120 partidas em cerca de 100 horas de atividades nos bairros da cidade. No 11, o título ficou com a equipe do Montese. Já no sub-13, o time que representou o Taquara faturou o troféu. No 15, os meninos do Vila Unida levaram a melhor.

A Comdep instalou mais uma tela para coibir o despejo irregular de entulho, dessa vez na Estrada da Paraíso, no Sargento Boening. É o terceiro equipamento colocado pela Companhia esta semana. O local é alvo frequente do despejo irregular – já houve remoção de entulho 23 vezes esse ano só pela Comdep (praticamente a cada 15 dias). Na terça-feira (27.11), o serviço foi feito pela Secretaria de Serviços, que retirou 30 toneladas apenas nesse local onde foi colocada a tela.

O trabalho para manter os bairros limpos continua sendo feito de forma intensa pela Comdep. Só entre janeiro e outubro desse ano, foram mais de 55 mil toneladas de entulho levados para o aterro de Pedro do Rio. Ainda assim, o descarte irregular é uma situação que se repete no município.

O Código de Posturas estabelece que a forma correta de descartar restos de obras, lixo verde, móveis e eletrodomésticos velhos é levar os resíduos volumosos para o aterro de Pedro do Rio. Quem for flagrado cometendo a irregularidade é intimado a fazer remoção imediata do entulho despejado na rua ou na calçada e fica sujeito a multa de R$ 800.

Para denunciar a infração, é possível entrar em contato com a Fiscalização de Posturas pelo telefone 2246-9042, ou então direto com a Comdep pelo telefone 2292-9500. São cerca de 250 notificações e multas aplicadas por ano só por essa prática.

Para quem tem mais dificuldade de fazer o transporte desses resíduos para o aterro de Pedro do Rio, a Comdep oferece um serviço gratuito: é o Disque Entulho, que faz o recolhimento de até 20 sacos de 25 kg. Para agendar, basta ligar para 2243-7822. O serviço possui rotas fixas, mas também atende outros bairros de acordo com a disponibilidade das equipes.

A tela instalada no Sargento Boening tem 5 metros de cumprimento e 2,5 metros de altura. Também foram colocadas quatro estacas de madeira para sustentar a tela. A Comdep ainda colocou uma placa indicando a proibição do despejo dos resíduos volumosos e o contato do Disque Entulho.

Desde o ano passado, a Comdep vem buscando medidas que ajudem a coibir a irregularidade. A empresa já instalou canteiros de jardim em locais como Siméria, Vila Militar, Quarteirão Brasileiro, Rua Espírito Santo (Quitandinha), Corrêas e Rua Fabrício de Mattos. Outra forma de coibir a prática foi com a instalação de placas indicando a proibição do descarte de entulho, serviço feito esse ano em locais como Samambaia, Corrêas, Estrada da Saudade, Bataillard, Retiro, Centro, Quarteirão Ingelheim, Itamarati, Mosela e Pedras Brancas.

A instalação da tela é mais uma alternativa que a Comdep está colocando em uso para coibir essa prática. Já foi colocada uma na João Xavier (Duarte da Silveira) e outra no Pedras Brancas (Mosela). Além dessa no Sargento Boening, já está na programação instalar mais uma na Rua São Paulo (Quitandinha).

Além desse serviço, o Sargento Boening também está recebendo outras ações da Secretaria de Obras. O programa Mais Asfalto realizou a manutenção viária na Estrada do Paraíso, com aplicação de cinco toneladas de asfalto, que beneficia 136 viagens de seis linhas de ônibus. Além disso, a também está sendo feito um serviço na escadaria ao lado de onde foi instalada a tela. Um muro de proteção está sendo feito para melhorar o escoramento do acesso e, em seguida, haverá um nivelamento dos degraus.

Os estagiários que atuam nas escolas da rede municipal que atendem desde a educação infantil até o ensino fundamental participarão do seminário "Diálogos: experiências de ser mediador no espaço escolar". O Seminário vai ocorrer no dia 7 de dezembro, das 8h às 17h na UCP – Campus Benjamin Constant, sala 98.

Promovido pelo Departamento de Educação Especial, o seminário terá como objetivo compartilhar as experiências dos estagiários realizadas no campo de atuação através dos relatos de experiências.

Na programação do seminário também estão previstas oficinas que subsidiarão a pratica dos estudantes. Todo encontro que promove a interação entre os profissionais técnicos da Secretaria de Educação e os profissionais que atuam diretamente no ambiente escolar .

As oficinas serão: “Possibilidades de trabalho por meio da utilização de material adaptado”, “O vínculo do estagiário, início, meio e essa história tem um final?”,  “Educação, inclusão e ludicidade” e “Libras: uma experiência inclusiva”.

De acordo com o Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação, as formações voltadas para os estagiários têm como objetivo potencializar as suas atuações no âmbito educacional frente à diversidade no desenvolvimento infanto-juvenil. Vale salientar que, durante o ano de 2018 foram oferecidos seis encontros com objetivo de orientar as ações do mediador-estagiário no contexto educacional, onde foram levantadas questões sobre o papel do estagiário frente às atividades pedagógicas em apoio aos alunos em inclusão. Na ocasião participaram 109 mediadores-estagiários.

"Acreditamos na aprendizagem como um processo contínuo e os mediadores-estagiários que acompanham os alunos em sistema de inclusão precisam ser compreendidos como sujeitos que estão se formando e em processo contínuo de aprendizagem. Por isso, oferecer momentos em que possam relatar sobre e como esta prática acontece, favorece a inserção dos mesmos num processo de reflexão sobre a sua prática" disse Bianca Caetano de Paiva chefe do Departamento de Educação Especial.

Em meio a um cenário encantador - o paraíso das guloseimas, com doces natalinos cenográficos gigantes, aconteceu o lançamento, na noite de quinta-feira (29.11), do Natal Imperial em Petrópolis, no Palácio de Cristal. Durante a festa, que começa nesta sexta (30.11) e vai até 20 de janeiro, o atrativo escolhido para dar este ponta pé inicial se transforma no Doce Natal, com gastronomia e uma decoração temática especial, além de receber parte da programação. Neste ano, serão mais de mil horas de atrações em toda cidade, com grandes shows, concertos, teatro, recreação infantil e, claro, árvores e prédios iluminados com mais de 6 milhões de micro lâmpadas.

A solenidade de lançamento contou com uma apresentação do projeto Serenata Imperial, com canções natalinas, e ainda do Duo Alberto Magno e João Vicente, e teve a presença de secretários municipais, vereadores, patrocinadores do Natal Imperial, empresários, representantes religiosos, entre outros. O público pôde ver, em primeira mão, uma mostra de como vai ficar a cidade a partir desta sexta-feira, com o acender da iluminação do Palácio de Cristal. Jardins e o contorno do atrativo ganharam destaque.

Dentro da programação da festa estão grandes shows – alguns realizados em parceria com o Sesc -, como Roberta Miranda, Preta Gil, UM44K, BFF Girls, Roberta Sá, Lenine, Diogo Nogueira, Alceu Valença, entre outros. Nesta sexta-feira (30.11), a abertura da festa será com uma apresentação do padre Fábio de Melo, gratuita, às 20h, na Praça da Liberdade, logo após o acender de toda a iluminação no Centro Histórico.

Este ano, o evento vai contar com 52 dias festa, o que deverá, principalmente, movimentar a economia da cidade. A expectativa é de que, com a expansão do evento, os números aumentem em relação a 2017, quando mais de 330 mil pessoas passaram pelos espaços do Natal Imperial, gerando R$ 220 milhões para a economia.

Além do Doce Natal, entre os principais palcos da festa estão a Praça da Liberdade, transformada em Vila Imperial; a Rua do Imperador, que vai receber as Paradas Iluminadas; e a Rua a16 de Março, que terá o Túnel de Luz. Toda programação da festa está disponível no site: https://www.natalimperialpetropolis.com.br/

Notícias por data

« Novembro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP