8.988 mulheres realizaram o exame no ano de 2017

Assumindo a referência na assistência à saúde da mulher, Petrópolis está se destacando no país na realização do exame de mamografia. Apenas em 2017 foram realizados 8.988 exames em toda rede da Saúde e, destes, 5.458 foram exames de rastreio, em mulheres de 50 a 69 anos atingindo 58% do público estimado. Neste ano, com a chegada de um novo mamógrafo digital no HAC, a prefeitura pode, pela primeira vez, bater a meta do Ministério da Saúde de ter 70% das mulheres de 50 a 69 anos com o exame realizado.

Um levantamento recente da Sociedade Brasileira de Mastologia apontou que a cobertura mamográfica de 2017 do SUS em mulheres da faixa etária entre 50 e 69 anos é a menor dos últimos cinco anos, atingindo 24,1% da cobertura. Em Petrópolis em 2013 foram realizadas 3.258 mamografias e em 2017 aumentou para 67,5% a oferta do exame totalizando 5.458 mamografias de rastreio realizadas.

Os números mostram que a cidade está no caminho certo. A prefeitura se orgulha em estar aumentando o acesso das mulheres aos exames preventivos de câncer de mama.

A Sociedade Brasileira de Mastologia, em parceria com a UFRJ, destacou a deficiência do Rio de Janeiro na prevenção ao câncer de mama com a falta de mamógrafos. Em 42 cidades no Estado não há mamógrafos na rede pública. Já em Petrópolis, a prefeitura oferece o exame em quatro unidades de Saúde – Hospital Alcides Carneiro, Centro de Saúde e em duas clínicas particulares conveniadas ao SUS. 

A Secretaria de Saúde tinha esse desafio na gestão que era aumentar o acesso ao exame. A mamografia é um exame importantíssimo para mulher, uma vez que ao ser diagnosticada precocemente é o câncer que mais apresenta chances de cura. Hoje Petrópolis tem a linha de cuidado de prevenção implantada desde o processo de definição do diagnóstico, tratamento e reconstrução mamária realizada pela equipe de mastologia do HAC.

90% dos exames preventivos são realizados por enfermeiros

Os enfermeiros têm um papel importante dentro da Atenção Básica. Segundo dados do Programa da Mulher a classe é responsável por 90% dos atendimentos que incluem a coleta de preventivo e o exame clínico de mamas. No último levantamento realizado pelo município, há 22.336 usuárias do Sistema de Único de Saúde e a prefeitura buscará ampliar o acesso às ações preventivas de doenças e de promoção da saúde da mulher.

“Nós poderíamos ter batido a meta da realização de mamografias no ano passado, mas devido à proibição nacional dos enfermeiros colherem o preventivo e prescreverem o exame nossas ações do Outubro Rosa foram prejudicadas. A decisão foi suspensa pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), em Brasília, no dia 18 de outubro e estamos fortalecendo as estratégias para ampliar o acesso às consultas e exames dentro do Programa da Mulher”, anuncia Fabíola Heck, superintendente de Atenção à Saúde.

A encarregada do Programa de Saúde da Mulher, Marilda Emmel Licht explica que para ter acesso ao exame é preciso passar por uma consulta onde é realizado o preventivo, exame clínico das mamas e o pedido da mamografia que é agendado direto pela equipe da unidade de saúde.

“A mamografia deve ser solicitada quando há alguma alteração nas mamas que é apontada após o exame clínico. A recomendação do Ministério da Saúde é que a mamografia de rastreamento seja realizada a cada dois anos em mulheres entre 50 e 69 anos. Mas em casos específicos, como casos da doença na família, a recomendação dos profissionais de Saúde é que a avaliação seja feita antes dos 35 anos e anualmente. Além disso, o Ministério também preconiza que o tempo entre a detecção da doença e o início do tratamento seja de até 60 dias. Estamos cumprindo com todos os protocolos a fim de garantir a maior chance de cura a essas mulheres”, disse.

Março Verde será focado no Consumidor e Consumo Consciente

Foi março o mês escolhido pelo Procon para ser voltado ao consumidor petropolitano. A iniciativa, que este ano contou com mais de 80 horas de atividades em diversos pontos da cidade deu tão certo que acaba de virar lei. A prefeitura sancionou esta semana a Lei 7.647 que institui o Mês Municipal do Consumidor e Consumo Consciente. Agora, como legislação, caberá ao Procon, em todo o mês de março, manter um cronograma de atividades voltadas à educação de consumo, com ações itinerantes, palestras e fiscalização.

A nova lei municipal é reflexo das melhorias que o órgão de defesa do consumidor vem trazendo à Petrópolis. A lei sancionada propõe que o mês de março use a cor verde como referência. Além disso, também tem como proposta, a criação de mutirões para soluções nos conflitos entre empresas e consumidor, a promoção do consumo consciente e divulgação sobre o trabalho realizado pela Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor. 

Ao dar destaque ao mês do consumidor, a lei vai incentivar que a população busque seus direitos e não sejam mais lesadas. Só foi possível criar essa lei porque a cidade tem um Procon atuante e firme. O mês de março, com o foco no consumidor, foi criado já este ano e teve um resultado tão positivo que virou uma política pública que deverá ser permanente. Esse é o resultado de um trabalho feito com qualidade e esforço.

Nos últimos 15 meses da atual administração à frente do órgão, mais de 13 mil atendimentos já foram realizados – 2.421 só no último mês, um crescimento de 258% comparado ao março de 2017, quando foram realizados 676 atendimentos. Crescimento que foi possível graças às ações do Mês do Consumidor. No período, cerca de 360 pessoas passaram pelas ações itinerantes que ocorreram em Corrêas, Itamarati, Centro e Castelânea. Também ao longo deste mês seis escolas receberam palestras com o foco em educação para o consumo no Centro e nos distritos. Houve, ainda, a fiscalização de dois supermercados e quatro agências bancárias, além de fiscalização nos polos de moda da Rua Teresa, 16 de Março, Rua do Imperador, Bingen e Itaipava.

O crescimento no número de atendimentos, explica o coordenador do órgão, Bernardo Sabrá, não está necessariamente ligada a má prestação de serviços, mas à demanda reprimida, maior divulgação dos serviços, além de ações itinerantes e maior disponibilidade de canais para fazer denúncias pelos usuários. Em um ano e três meses o Procon conseguiu restabelecer a confiança do consumidor petropolitano, sendo referência inclusive para o Codecon, de Niterói – um dos mais antigos órgãos de defesa do consumidor do país.

“Criamos o Mês do Consumidor porque acreditamos em um Procon que deve buscar não só a punição, mas também levar à população conhecimento sobre seus direitos e deveres. Mas vamos continuar com os projetos desenvolvidos dentro dele, como o Procon Itinerante, Procon nas Escolas, Procon Melhor Idade, além das operações de orientação. O órgão vai continuar trabalhando em busca da excelência e da confiabilidade do consumidor petropolitano”, destaca Sabrá.

Quem quiser denunciar quaisquer prática abusiva ou comunicar alguma irregularidade deve contatar o Procon pela página do órgão no Facebook, o Procon Petrópolis; pelo site www.petropolis.rj.gov.br/procon. Há, ainda, o WhatsApp Denúncia, no número 98857-5837 ou os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Atendimento presencial pode ser realizado na unidade do Centro, que fica na Rua Moreira da Fonseca, nº 33. A unidade de Itaipava localizada no Centro de Cidadania, que fica na Estrada União e Indústria, 11.860. Os telefones da unidade são: 2222-1418, 2222-7448 e 2222-7337.

Máquina, que custa de R$ 60 mil a R$ 80 mil, estava parada há seis anos e agora ficará a serviço do aterro de Pedro do Rio

Desde o ano passado, a Comdep já recolocou em operação 28 carros, caminhões e máquinas

A recuperação e conservação do patrimônio público e ferramentas para os cuidados com a população reverteram uma situação caótica nas diversas pastas: sucateamento da frota da prefeitura. Só na Comdep, desde o ano passado, 28 veículos foram recuperados pela empresa e voltaram a ficar à disposição dos serviços de limpeza e conservação da cidade. O último exemplo é uma retroescavadeira que ficou parada por seis anos e que agora vai servir ao aterro de Pedro do Rio.

Um esforço grande em várias secretarias como Guarda, CPTrans, Saúde e Comdep para recuperar veículos parados por falta de manutenção há anos. Hoje, boa parte foi incorporada à frota – quase 100 veículos – e já está servindo à população.

A retroescavadeira recuperada custa de R$ 60 mil a R$ 80 mil no mercado. Para o conserto, a Comdep gastou R$ 3,5 mil na compra de peças - ou seja, a empresa investiu cerca 5% do que seria necessário caso tivesse que comprar um equipamento novo.

Essa retroescavadeira estava na sucata, parada e sem uso há pelo menos seis anos. Essa máquina poderia ter contribuído muito com os serviços da Comdep em todos esses anos. Agora essa retroescavadeira foi reformada e por um custo muito baixo para o valor de mercado que ela possui, sendo um ótimo equipamento que volta a ficar à disposição da empresa.

O conserto da retroescavadeira LC 80, da marca Poclein, contou com reforma da bomba hidráulica, do sistema elétrico, troca de mangotes, limpeza do sistema rodante e pintura. A princípio, ela fica a serviço do aterro. Mas ela também pode ser usada em outro trabalho importante para a cidade: a dragagem de rios.

Desde novembro do ano passado, a prefeitura faz o serviço em parceria com Inea (Instituto Estadual do Ambiente). A Comdep atua ao lado das secretarias de Obras e de Meio Ambiente e da Águas do Imperador. O trabalho retirou mais de cinco mil toneladas de sedimentos dos rios Piabanha, Palatinato e Quitandinha em locais como Centro, Mosela, Cel. Veiga, Ponte Fones, Corrêas e Nogueira. A autorização do órgão estadual é válida por um ano. Essa máquina reformada pela Comdep agora vai poder participar dessa ação.

Frota sucateada em diversas secretarias

A prefeitura fez um levantamento que constatou, em setembro, que 99 veículos estavam sucateados por falta de manutenção das administrações passadas. São carros e motos da CPTrans, Secretaria de Saúde, Guarda Civil, Secretaria de Obras, entre outras pastas. Esse número era maior no início de 2017: o trabalho de recuperação, naquela altura, já tinha recolocado em funcionamento 96 veículos.

O estado de abandono foi tamanho que no início deste mês, a prefeitura realizou um leilão que arrecadou R$ 92 mil com 28 veículos sem condições de recuperação. Outros 71 carros também terão que ser descartados por total falta de possibilidade de reaproveitamento. Todos os que puderam ser colocados em uso nessas secretarias foram realocados à frota e estão em operação.

Comdep recuperou sete caminhões só este ano

No ano passado, somente na Comdep, foram 20 carros consertados a partir da compra de mais de 150 peças. Em 2018, já são sete caminhões recuperados. Esses veículos agora estão à serviço das equipes de capina, retirada de entulho, poda de árvores e coleta seletiva. E a Comdep já está trabalhando para reformar uma caminhoneta, uma Kombi e um caminhão. Serão feitos consertos de motor, caixa de marcha, freio, sapata, suspensão, lanternagem e parte elétrica.

A manutenção da frota, que tem 121 veículos no total, acontece de forma permanente pela própria Comdep. A gerência de transporte faz consertos de caixa de marcha, caixa de direção, radiadores, parte elétrica, serviços de borracharia, compressor e ar e outros 25 itens.

Esses veículos servem para o transporte dos funcionários até os locais onde serão feitos os serviços das equipes operacionais, de jardinagem, os trabalhadores da coleta de entulho, capina, podas, plantio de mudas, conservação de jardins e praças, entre outras coisas. Sem esse trabalho para conserto e manutenção da frota, ficaria muito mais difícil realizar esses deslocamentos e a realização dos trabalhos. 

37 unidades de Saúde estarão abertas de 8 às 16h de segunda a sexta-feira

Secretaria de Saúde estima vacinar 90% do público-alvo até 1º de junho

A campanha anual de vacinação contra gripe terá início na próxima terça-feira, 24 de abril, com meta de imunizar 90% da população alvo. Deverão ser vacinados idosos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), crianças de seis meses a menores de cinco anos, doentes crônicos, profissionais da Saúde e professores. A Secretaria de Saúde já recebeu 20 mil doses da vacina para iniciar a campanha que durará até o dia 1º de junho, com Dia D de vacinação no dia 12 de maio.

O público-alvo da campanha no município é de 93.768 pessoas e a Secretaria de Saúde estima vacinar 90% deste público. Ano passado foram vacinadas 77.923 pessoas o que representa 82,63% da meta de imunização. É importante que a população esteja vacinada antes da chegada do inverno.

O meio do ano se aproxima e as baixas temperaturas deste período vêm acompanhadas das típicas doenças de inverno. Entre elas, a gripe, que pode ser provocada pelo vírus Influenza, e se agravar entre a população mais suscetível à doença. A vacinação é a forma mais segura e eficaz para prevenir a gripe e suas complicações e, por isso, é essencial que a nossa população mais vulnerável esteja protegida.

Dentre os subtipos do vírus influenza os que frequentemente infectam os humanos, são: A (H1N1), A (H3N2) e Influenza B, que podem ser prevenidos com a vacina e com medidas simples de higiene. Em Petrópolis não ocorreram nenhum caso de H1N1 e nem H3N2 em 2017 e nem este ano. De janeiro a abril de 2018 foram confirmados dois casos de síndrome respiratória aguda grave. O primeiro caso em janeiro e o segundo em fevereiro. Ambos os pacientes ficaram internados, foram tratados e receberam alta hospitalar.

É importante que todo público-alvo se vacine, mesmo os que já se vacinaram em outra ocasião, pois a vacina utilizada sofre alterações em sua composição ao longo dos anos. Ele é feito conforme o cenário epidemiológico apresentado anualmente pelas regiões, e inclui o componente necessário para a ocasião. Quanto mais cedo se vacinar, mais cedo estará protegido da gripe.

37 unidades de saúde estarão vacinando

O município contará com 25 Postos de Saúde, 8 Unidades Básicas, além do Centro de Saúde, Ambulatório Escola, Hospital Alcides Carneiro e Sala da coordenação epidemiológica (ao lado do HMNSE), abertos de segunda a sexta-feira de 8 às 16h para a aplicação da vacina. A superintendente de Atenção à Saúde, Fabíola Heck reforça que a campanha terá divulgação reforçada junto às comunidades.

“Estamos fortalecendo o trabalho dos agentes de comunitários de Saúde, das equipes da Atenção Básica, do melhor em casa e dos Programas de Saúde do Idoso, da Criança e da Mulher para que sensibilizem a população a se vacinar antes da chegada do inverno que é o período onde temos a incidência de casos de doenças respiratórias”, disse.

O departamento de Vigilância em Saúde alerta que a imunidade contra a doença só ocorre de 10 a 15 dias após a aplicação da vacina. A diretora do departamento Elisabeth Wildberger explica que a transmissão da gripe ocorre pelo contato com pessoas infectadas, ao tossir, espirrar ou falar. Pode ser transmitida ainda indiretamente pelas mãos, após contato com superfícies contaminadas por secreções respiratórias.

“A vacinação contra a gripe é a forma mais eficaz de evitar a doença, mas pequenas ações no dia a dia também podem ajudar, como manter as mãos sempre limpas, utilizar álcool gel nas mãos, lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; manter os ambientes bem ventilados; evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe”, orienta.

Contraindicação - Há contraindicação para pessoas com alergia aos componentes da vacina, principalmente à proteína do ovo. Portadores de doenças neurológicas e síndrome Guillain-Barré devem consultar um médico antes de tomar a vacina e seguir suas orientações. Para pessoas que tenham apresentado febre recente, recomenda-se adiar a vacinação até que o estado de saúde melhore.

Campanha de Vacinação Contra Gripe – 24 de abril a 01 de junho

Lista dos postos de Saúde e demais locais de vacinação:

*Atendimento de segunda a sexta-feira de 8 às 16h – Com intervalo de 1 hora de almoço

Centro de Saúde Coletiva - Rua Santos Dumont, S/Nº

PSF Caxambu - Estr. José de Almeida Amado, S/N. º 

PSF Alto da Serra - Rua Teresa, 2.024 (Praça Miguel Couto)

PSF São Sebastião - Rua São Sebastião nº 625

UBS Alto Independência - Rua Ângelo João Brand s/n

UBS Quitandinha - Rua General Rondon nº 400

Ambulatório Escola –  Rua Hívio Naliato nº 169

UBS Itamarati - Rua Bernardo Proença nº 32

Hospital Alcides Carneiro - Rua Vigário Corrêa, 1.345.

UBS Morin - Rua Pedro Ivo, nº 81 – Morin.

PSF Vila Felipe - R. Ermínio Schimidt , S/N.º

PSF Alto Siméria - Rua Manuel Francisco de Paula s/n

PSF Dr. Thouzet - Rua Dr. Thouzet, nº 609, Quitandinha.

PSF Santíssima Trindade - Rua Lopes de Castro nº 101

PSF Pedras Brancas - Rua Pedras Brancas nº 1.190

PSF Jardim Salvador - Rua Juiz Castro e Silva, nº 33.

PSF Carangola - Estrada do Carangola nº 860

PSF Águas Lindas - Estrada do Palmital nº 768

PSF Vila Rica - Rua A ao lado da quadra 28

PSF Comunidade 1º de Maio - Rua Nourival Braga da Silva s/n

PSF Vale das Videiras - Estrada Almirante Paulo Martins Meira nº 8.201

PSF Bairro Castrioto - Rua Santa Rita de Cássia, nº 114.

PSF 24 de maio - Rua 24 de Maio, 197.

PSF Castelo São Manoel - Rua Capitão João Amancio de Souza Coutinho nº 436

UBS Itaipava - Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues s/n

UBS Pedro do Rio - Estrada União e Indústria s/n

PSF Posse - Estrada União de Indústria nº 33.530

Coordenação Epidemiologia - Hospital Municipal Nelson de Sá Earp Rua Paulino Afonso, 455.

UBS Mosela - Rua Mosela nº 744

PSF Fazenda Inglesa - Estrada da Fazenda Inglesa s/n

PSF Batallard - Rua E nº 35 – Parque Residencial Mosela

PSF Bonfim - Estrada do Bonfim, s/n.

PSF Brejal - Estrada do Brejal Km 06 Posse

PSF Secretário - Rua Visconde de São Bernardes nº 320

UBS Retiro - Av. Barão do Rio Branco s/n

PSF Comunidade São João Batista - Rua Luiz Winter,Nº 560, Duarte da Silveira

PSF Meio da Serra I - USF Dr. William Jorge da Silva Seabra.

Os equipamentos já estão funcionando em fase de testes

Quinze câmeras do Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop) já estão instaladas – um terço do total de pontos que serão monitorados na cidade. Os equipamentos já estão funcionando em fase de testes. As imagens geradas são gravadas e ficam armazenadas por um mês. Até o momento, de acordo com a Emive, empresa responsável pela montagem da central de monitoramento, o sistema vem funcionando sem qualquer problema até aqui. Nesta sexta-feira (20.04), a 15ª câmera foi instalada na Rua Teresa, próximo ao número 636.

Outras três da Rua Teresa também já foram colocadas. As demais estão na esquina da Rua do Imperador com a Nelson de Sá Earp, Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), em frente à Catedral São Pedro de Alcântara, Praça da Liberdade, Palácio de Cristal, 13 de Maio, na esquina da Montecaseros com a Roberto Silveira, em frente ao Gheren, na entrada da Mosela, na Av. Ipiranga e no Bingen – entre o Hospital Santa Teresa e a Estácio de Sá.

A instalação das câmeras teve início há 10 dias e até agora vem ocorrendo tudo com tranquilidade, inclusive com os testes já mostrando que o sistema está funcionando bem. Essa fase de testes é importante para eventuais ajustes necessários para que o monitoramento ocorra de forma plena. O Centro Integrado de Operações é um grande investimento para segurança da população e para outros serviços na cidade e o planejamento segue para que os equipamentos estejam instalados até meados do mês que vem.

No total, a cidade terá 46 pontos monitorados. Ainda serão instaladas câmeras em locais como Praça de Nogueira, Praça de Corrêas, Retiro, outras na Rua do Imperador, Paulo Barbosa, Praça da Inconfidência, Duas Pontes, Valparaiso, Parque Municipal de Itaipava, Pedro do Rio, Quissamã, Itamarati, Cascatinha, Montecaseros e Araras. Nas entradas da cidade – Alto da Serra, pórticos do Bingen e do Quitandinha, trevo de Bonsucesso e Posse –, também serão instaladas duas câmeras fixas para acompanhar o fluxo de veículos.

São câmeras que filmam em 360º, com alta definição e podem alcançar até 1 km de distância. O sistema tem reconhecimento facial e de placas. Esses pontos mais próximos da central de monitoramento são ligados por fibra óptica, enquanto os outros vão enviar as imagens por wi-fi.

Além das 15 câmeras, outras três já foram instaladas na sala da central de monitoramento, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni. Esses equipamentos servem para garantir a segurança do próprio sistema de monitoramento. A sala também já tem instalados o painel de televisores (seis aparelhos com 55 polegadas e tecnologia 4K), sistema de controle biométrico de acesso, porteiro eletrônica, quatro aparelhos de ar-condicionado, mesas, cadeiras, e identidade visual.

A CPTrans iniciou nesta sexta-feira (20.04) a melhoria na sinalização do Circuito de Lazer da Barão do Rio Branco com a demarcação das distâncias a partir do quilômetro zero. A iniciativa além de melhorar as condições dos treinos dos atletas, sejam os amadores ou de elite, também dá início a uma série de melhorias na sinalização horizontal da área, que também vai garantir mais segurança aos usuários do espaço. No domingo (22) e na segunda-feira (23), de 7 às 17h, os usuários já poderão contar com uma nova demarcação da quilometragem percorrida.

As novas pinturas reforçaram a demarcação para zero, 250m, 500m, 1Km, 2Km e 3Km. Já no próximo mês, a intenção é melhorar ainda mais a demarcação para os atletas, acrescentando, na pista a demarcação de 100m, 200m, 400m, 1,5Km e 2,5Km. Toda a sinalização é no sentido de quem segue do Centro para o Retiro.

A prefeitura acompanhou o trabalho na demarcação da área. O espaço é utilizado por cerca de 800 pessoas a cada domingo ou feriado e que, para os atletas, isso vai representar mais qualidade na prática das suas atividades. É uma medida que atende à demanda dos atletas, tanto amadores, quanto de elite, e que vai trazer benefícios na qualidade dos treinos dos usuários do Circuito de Lazer.

Quem utiliza o espaço para os treinos já comemora. José Eloy, diretor de marketing da Pé de Vento esteve no local auxiliando na execução do serviço e explica que a nova demarcação vai ser muito importante principalmente na hora dos treinamentos intervalados. “Hoje os atletas só utilizam os relógios, mas com a demarcação no chão os treinos serão mais efetivos e os atletas saberão exatamente quantos metros percorreu”, conta.

O técnico e fundador da Pé de Vento, Henrique Viana, completa que o esforço da atual gestão tem beneficiado o esporte e que a expectativa é transformar ainda mais atletas de elite para se juntar aos 193 já formado só pela equipe na cidade. “Os espaços para a prática do esporte têm sido valorizados e isso é fundamental para formação de novos atletas”, destaca.

Essa medida inicia as melhorias que serão feitas para aumentar a segurança no espaço. A CPTrans quer garantir que os usuários do circuito de lazer estejam seguros para fazer suas atividades. O órgão vai reforçar a sinalização aos domingos e feriados durante o circuito.

O município tem se empenhado na busca de tornar espaços que proporcionem aos atletas maiores possibilidade para aumentar o desempenho. A Superintendência de Esporte e Lazer quer potencializar as características que nossos atletas têm. Petrópolis é privilegiada porque daqui saem atletas de elite e a intenção é tornar os espaços ainda melhores para isso.

Luiz Felipe da Cruz Silva, o Felipinho, foi confirmado na competição nacional na categoria BC4

O petropolitano Luiz Felipe da Cruz Silva, o “Felipinho”, vai disputar o Campeonato Brasileiro de bocha adaptada na categoria BC4, que acontece em dezembro. A vaga inédita para a cidade foi confirmada pela Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE) nesta sexta-feira (20.04). O órgão informou que o atleta Renato Faria Júnior, que ficou em segundo lugar no torneio Regional Leste, foi considerado não elegível para a modalidade. Por conta disso, Felipinho herdou a vaga para a competição nacional.

“É um grande sonho disputar o Campeonato Brasileiro da minha categoria. Vamos intensificar ainda mais o treinamento para chegar bem preparado para a competição que reúne os melhores atletas do país”, comemora Luiz Felipe, destacando a importância da rotina de treinos que acontecem desde o ano passado graças a parceira da Superintendência de Esportes e Lazer com a Associação Petropolitana dos Deficientes Físicos (APDEF).

“A rotina de treinos é fundamental para que a gente não perca o ritmo e chegue na competição no nosso melhor. Desde o ano passado contamos com o apoio da prefeitura e acreditamos que vamos representar a cidade da melhor maneira possível na competição”, completa Luiz Felipe, que tem síndrome de Mórquio.

Desde o ano passado, a equipe de Petrópolis de bocha adaptada realiza os treinamentos no Centro de Cultura Raul de Leoni todas as terças e quintas-feiras entre 14 e 17h. A Superintendência de Esportes e Lazer destaca a importância da participação de um atleta da cidade em uma competição nacional.

Todo o treinamento da equipe é recompensado com a oportunidade de disputar uma competição de nível nacional. É um grupo importante para a cidade e que precisava do apoio. A pasta segue trabalhando pelo fomento ao esporte no município, apoiando as mais diversas modalidades.

O treinador da equipe, Marcelo Corrêa, explica que a bocha adaptada é disputada em quatro categorias diferentes de acordo com a deficiência de cada atleta. “Na classe em que o Felipinho compete, as pessoas possuem algum tipo de dislexia de moderada a severa com controle mínimo nas extremidades das mãos, e ainda, com limitações de tronco e pouca força funcional nos quatro membros”, explicou. 

A bocha adaptada é um esporte que consiste no lançamento de bolas coloridas e vence o jogador que alcançar o maior número de bolas próximas à bola branca, que funciona como uma referência. São quatro categorias: BC1, BC2, BC3 e BC4, que são divididas de acordo com a limitação de cada atleta.

Empresas vencedoras vão pagar para a prefeitura para ter exclusividade no fornecimento dos produtos. Objetivo é fortalecer a qualidade das festas e trazer economias aos cofres públicos

A prefeitura está lançando dois editais para captação de recursos financeiros, por meio de patrocínio por cota e detenção de exclusividade total no fornecimento de salsichão e bebidas para a realização da 29ª Bauernfest. Este ano, a festa acontece entre os dias 22 de junho e 1º de julho, no Palácio de Cristal e arredores. No caso do edital para as bebidas, a empresa vencedora também ficará responsável pelo fornecimento de outras duas festas: a Serra Serata e o Bunka Sai.

O objetivo dos dois editais é selecionar empresas parceiras que tenham interesse em colaborar com o município na realização dos eventos, com aporte financeiro. Em contrapartida, a empresa fica com a exclusividade no fornecimento dos produtos. “Estamos sempre em busca de patrocinadores e parceiros para as nossas festas, com o objetivo de elevar a qualidade de cada evento, mas diminuir os nossos gastos. É importante destacar que as empresas pagam para a prefeitura para ter o direito a exclusividade do fornecimento. Ganha a empresa que oferecer o maior valor ao município ”, destaca o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

Para o edital das bebidas, que prevê o fornecimento de chope, refrigerantes, sucos de fruta e água mineral, a empresa vencedora deverá pagar a cota de R$ 1,2 milhão, dinheiro que irá custear os eventos.  Em contrapartida terá exclusividade no fornecimento das bebidas para a Bauernfest, Serra Serata e Bunka Sai deste ano. O valor do patrocínio será utilizado para a contratação das estruturas e serviços necessários para a realização das festas, tais como palco, sonorização, iluminação, banheiros químicos e contêiner, tendas, pórticos, entre outros.

Já para o edital do salsichão, a empresa vencedora deverá ter capacidade instalada e logística para fornecer, aproximadamente, oito toneladas do produto para os pontos de venda durante os 10 dias da festa. A cota de patrocínio correspondente ao chamamento público tem o valor mínimo de R$ 36.500 mil, em contrapartida, terá o fornecimento com exclusividade total de salsichão para comercialização nas barracas entre os jardins do Palácio de Cristal, Rua Alfredo Pachá e Praça da Liberdade.

O pregão para as bebidas será realizado no dia 10 de maio, às 14h. E o de salsichão no dia seguinte, dia 11, no mesmo horário. Ambos no Centro Administrativo da prefeitura. Os editais estão disponíveis no Departamento de Licitações, Compras e Contratos Administrativos (Delca), ou na internet, no site da prefeitura: www.petropolis.rj.gov.br.

A Bauernfest

A Bauernfest é o principal evento de Petrópolis. A comemoração começou com pequenas quermesses realizadas no início do século XX, no bairro Fazenda Inglesa, onde os primeiros colonos promoviam o retorno às origens com música, dança e os tradicionais pratos da culinária alemã. Já em 1983, no Clube 29 de Junho, que reúne descendentes da colônia, surgiu a ideia de transformar a festa em um evento onde todos teriam conhecimento da história e tradições dos alemães da cidade de Petrópolis. O local escolhido foi os arredores do Palácio de Cristal, onde está um cruzeiro que marca a chegada dos pioneiros. A partir de 1990, já com o nome Bauernfest e o apoio da prefeitura, o evento foi profissionalizado e cresceu, alcançando o formato atual da festa.

Este ano, o evento vai contar com diversas atrações para todas as idades, como música, dança, teatro, cinema, poesia, concursos, brincadeiras, workshop de culinária alemã, artesanato e exposição cultural, além das comidas típicas, doces deliciosos e, claro, a melhor cerveja.

Sexta, 20 Abril 2018 20:01

Posse recebe manutenção viária

Serviço também passou por Secretário, Comunidade do Neylor e Bela Vista

Dois locais da Posse receberam o serviço de manutenção viária nesta sexta-feira (20.04). O trabalho aconteceu na Estrada do Brejal e no trecho entre o centro do distrito e a entrada da comunidade Nossa Senhora da Glória. Para isso, foram utilizadas 16 toneladas de asfalto, com 14 funcionários, dois caminhões e dois rolos compressores.

O trabalho também passou por outros três locais nesta sexta: Secretário, Comunidade do Neylor e Rua Gregório Cruzick (Bela Vista). Só neste mês, a Secretaria de Obras fez a manutenção viária com asfalto em 41 ruas de 23 bairros diferentes.

O trabalho de manutenção viária segue avançando em toda cidade e indo para todos os distritos. São diferentes equipes de trabalho trabalhando durante o dia e também à noite para suprir a demanda que a população apresenta para a Secretaria de Obras.

A manutenção viária não acontece só com aplicação de asfalto. A Secretaria de Obras também está promovendo a manutenção de calçamento. O serviço já passou pelo Quitandinha, Posse, Centro, Bingen, Duarte da Silveira e Independência só em abril. Nesta sexta, o trabalho ocorreu na Rua Aníbal Lobo (Quissamã) e Rua Getúlio Vargas (Quitandinha). Outra forma de promover a manutenção viária é em estradas vicinais, em que uma máquina é utilizada para fazer a raspagem da rua para eliminar buracos.

Cidade bem cuidada: prefeitura trabalhando nos bairros

A Comdep fez coleta de entulho em Eugênio Barcellos, Simon Bolívar, Fabrício de Matos (Valparaíso), Piabanha (Centro), Getúlio Vargas, Alagoas, Vila Ipanema (Quitandinha), Vila Rica, Floresta, Bingen, Duarte da Silveira e São Sebastião.

O serviço de capina e roçada ocorreu em Av. Piabanha, Barão do Rio Branco, Vereador Arnaldo de Azevedo, Coronel Veiga (Centro), General Rondon (Quitandinha), Carolina Justen (Vila Militar), Carlos Tyll (Samambaia), Oswero do Carmo Vilaça (Alto da Serra), Princesa Dona Paula (Corrêas), Estrada do Ribeiro, Parque Municipal de Itaipava, Bairro Mauá, Bingen, Vila Rica e Vila Felipe.

A Secretaria de Obras promoveu manutenção de rede nas ruas Timóteo Caldara (Bela Vista), Montese (Estrada da Saudade), Pedro Nava (Nova Cascatinha) e Fonseca Ramos (Centro). Ainda houve desobstrução de ralos e galeria na Rua Felipe Blatt (Centenário). Na Comunidade do Veludo (Rua Manoel Borges Freitas), no Duarte da Silveira, além das ruas do Imperador e Paulo Barbosa, foi feita manutenção de calçada.

A equipe regional da Posse fez ainda capina e roçada em Barra Mansa e Estrada do Paiolinho (Taquaril), manutenção de bueiro na Estrada Silveira da Motta e remoção de entulho na Estrada da Conquista.

Evento contou com apresentação do Coral Sintonia e da Banda Nosso Tempo

Foi realizada, nesta sexta-feira (20.04), mais uma edição do Baila Comigo, no Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira, no Centro. O evento, promovido pela Secretaria de Assistência Social, contou com a presença de 60 pessoas, que curtiram clássicos do bolero e o forró pé de serra, com o Coral Sintonia e a Banda Nosso Tempo. O Baila Comigo foi retomado no ano passado e acontece mensalmente, atendendo pessoas com idades entre 60 e 80 anos.

“A proposta é integrar todas essas pessoas, uma orientação da prefeitura. A nossa ideia é manter o baile com a cara dos frequentadores, que participam efetivamente da escolha do repertório e, quando há uma programação especial, ela é discutida junto à direção do Restaurante para que possamos viabilizá-la”, explica a secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

O Baila Comigo foi retomado em junho do ano passado, acompanhando o sucesso que é a edição que acontece no Centro de Cidadania, em Itaipava. “Iniciamos com o baile no Centro de Cidadania, que é um sucesso desde o início da gestão. E desde junho do ano passado, retomamos com o baile no Restaurante Popular. Aproveitamos para convidar a população que ainda não conhece o baile que venha prestigiar o evento, que acontece sempre na terceira sexta-feira do mês, aqui no Restaurante Popular, e na última sexta, no Centro de Cidadania, em Itaipava”, convida Denise Quintella, lembrando que o próximo dia 27 será a vez de Itaipava receber o evento.

A aposentada Maria do Carmo Damásio, de 84 anos, tem sempre presença carimbada em todas as edições do Baile. Tanto no Restaurante Popular do Centro quanto em Itaipava.

“Não perco um! Moro em Madame Machado, mas faço questão te vir ao Centro para curtir o Baile. Na semana que vem, vou estar no Centro de Cidadania também. Além disso, sou frequentadora do Restaurante Popular. Gosto muito de vir aqui, para fazer as refeições e, é claro, para dançar”, brinca dona Maria do Carmo.

Mais de 170 pessoas participaram da abertura nesta sexta-feira (20.04)

Evento foi realizado no Teatro Afonso Arinos

Foi realizada nesta sexta-feira (20.04) a abertura da Semana do Jovem Empreendedor, no Centro de Cultura Raul de Leoni. O evento, realizado pela Prefeitura por meio da Coordenadoria da Juventude, contou com a participação de mais de 170 pessoas, entre autoridades locais, empresários e jovens de escolas municipais. A abertura contou com palestras do secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini, do empresário Aroldo Schultz e do coach Leandro Passos.

Fiorini palestrou sobre o tema “Desburocratizar para avançar”. O secretário abriu sua palestra falando sobre a importância do empreendedorismo. “Estamos aqui para plantar boas sementes, para incentivar o jovem a empreender e a criar seu próprio lugar no mercado de trabalho”, frisou Fiorini.

Seguido pelo secretário, palestrou o empresário Aroldo Schultz, presidente de uma das maiores empresas do ramo turístico do país, a Schultz. Na ocasião, Aroldo recebeu uma moção congratulatória por seu importante papel no turismo nacional e por sua iniciativa de trazer à Petrópolis a 11ª Convenção de Vendas da Schultz, considerada o maior evento privado do turismo nacional.

“Nosso papel é, acima de tudo, fazer o jovem acreditar em seu potencial. Estou muito feliz pela oportunidade de participar deste evento fantástico. Minha intenção é mostrar ao jovem que para empreender, não se precisa de dinheiro, e sim de ideias”, apontou Aroldo.

Finalizando o evento, o coach de resultado e gestão do tempo Leandro Passos palestrou sobre o tema “Você já é empreendedor e nem sabia”, com o objetivo de mostrar ao jovem aonde empreender e como fazê-lo da melhor forma.

A Semana do Jovem Empreendedor foi criada em 2017 com o objetivo de mostrar ao jovem o que é empreendedorismo e a importância disso em sua vida. Em 2018, a semana se tornou um evento permanente no calendário da cidade, acontecendo na última semana de abril.

A Semana conta com apoio da Nasa SD e do Sebrae, e representantes das duas instituições avaliarão, na Feira do Jovem Empreendedor, 20 projetos de jovens petropolitanos, escolhendo assim os três vencedores do Troféu Municipal do Jovem Empreendedor.  

Para a coordenadora da Região Serrana 2 do Sebrae, Cláudia Pacheco, tudo que fomenta o empreendedorismo deve ser apoiado. “Este trabalho é uma forma de disseminar o empreendedorismo, que deve começar nos jovens. Para isso, estamos, em parceria com a Secretaria de Educação, criando o projeto Jovem Empreendedor, que adiciona às escolas da rede municipal uma matéria sobre empreendedorismo”, ressaltou Cláudia.

“Estamos aqui para mostrar ao jovem que, se ele pode sonhar, pode também realizar. O empreendedorismo é muito importante e é uma forma de dar independência a quem aposta nele. Obrigado a todos os presentes, é emocionante ver este teatro cheio para a abertura deste evento que estamos organizando com muita determinação e carinho”, frisa Wesley Barreto, coordenador de Políticas para a Juventude.

Confira a programação completa da semana:

- Terça-feira (24/04)

Escola Estadual de Araras – 10:00 às 12:30 / 19h às 21h

- 1ª Palestra: Fernando Paixão – Professor Universitário, Master Coach, Executivo de Gestão de Pessoas, formado pela Unigranrio, FGV e University of Califórnia, formado em Marketing, RH e administração de conflitos.

Título: O empreendedor: 5 dicas para o sucesso extraordinário!

- 2ª Palestra: Jaydes Fuly   –  Psicólogo

Título: Empreendedorismo no século XXI

- Quarta-feira (25/04):

CIEP Cecília Meireles - 13:30 às 15:30

- Palestra: Yasmin Barros – Organizadora do TEDxPetrópolis e empresária

Título: Influência da escolha profissional e do pensamento empreendedor na trajetória profissional

- Quinta-feira (26/04):

Faetec- 19h

- Palestra: Fernanda Ortega – Profissional Pós-Graduada em Gestão Estratégica de Negócios e pessoas, e graduada em gestão de recursos humanos.

Título: Empreender é inovar? Ou inovar é empreender?

- Sexta-feira (27/04):

Cefet – 16h

- Palestra: Ramon Farias – Engenheiro, Especialista em Planejamento por profissão e Mestre em Inteligência Artificial

Título: (Des)Empre(e)nder – Como se livrar do lixo que não te deixa crescer.

- Sábado (28/04):

Auditório da Casa dos Conselhos – 9h às 12h 

- 1ª Palestra: Douglas Aguirre – Formado em Direito, pós-graduado em Administração Pública e Diretor do Departamento de Assistência a Juventude na Prefeitura de Balneário Camboriú/SC.

Título: Comporte-se.

- 2ª Palestra: Elifas Holodniak – Embaixador da NASA SD (Science Days)

Título: Iproblem – O problema está em nós!

13h às 15h

- Feira do Jovem Empreendedor – Apresentação de projetos e empresas de jovens do município.

Atividades no Clube Petropolitano – 26 e 27 de abril

Com o tema "Desafios da educação nos municípios: estratégias de aprendizagem, financiamento e gestão compartilhada", será realizado nos dias 26 e 27 de abril, no Clube Petropolitano, o 72º Fórum de Dirigentes Municipais de Educação do Rio de Janeiro – UNDIME RJ. A expectativa é de que cerca de 150 profissionais que atuam na área da educação participem do fórum.

Durante o fórum, os participantes prestigiarão palestras sobre os programas federais específicos da área da educação. Também serão abordados temas como educação inclusiva, Fundeb – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica, Olimpíada de Lingua Portuguesa, Programa Mais Alfabetização e as discussões acerca da Base Nacional Comum Curricular. Vale destacar que, durante todo o evento, ocorrerá atendimento individual aos municípios pelo FNDE e atendimento/suporte presencial na plataforma Conviva Educação (www.convivaeducacao.or.br).

“Será um prazer receber tantos profissionais envolvidos com a educação. Esperamos que todos se sintam acolhidos na nossa cidade e que os profissionais petropolitanos prestigiem o evento”, disse a secretária de Educação, Samea Ázara.

A programação começará no dia 26 de abril (quinta-feira), às 8h com credenciamento. A abertura será às 9h. A partir de 9h30 ocorrerão as palestras que devem ter duração aproximada de uma hora. Às 9h30 o tema abordado será PAR (Plano de Ações Articuladas do FNDE). Já às 10h30 será SIOPE Obras (Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação). As dúvidas sobre os assuntos serão esclarecidas entre 11h30 e 12h20 e o intervalo para o almoço será das 12h às 14h.

Os trabalhos serão retomados às 14h com uma palestra sobre prestação de contas do FNDE. Às 15h, o tema será SIOPE. Já às 16h30 a Olimpíada de Língua Portuguesa será o foco e às 17h, a diretora do Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação de Petrópolis falará sobre a educação inclusiva. A confraternização será às 18h30.

No dia 27 de abril (sexta-feira) a programação começará às 8h30. Serão abordados os temas: financiamento da Educação, o Novo Fundeb e a Lei do Piso dos Profissionais da Educação. Já as 9h30 ocorrerá a palestra: “O desafio de implementar a Base Nacional Comum Curricular para a educação brasileira”. Às 10h15 será abordado o tema “Conviva – resultados Rio de Janeiro” a às 10h30 terá a mesa: “Conferência Nacional de Educação – CONAE 2018”, que será presidida pela professora Maria Esther – presidente do Fórum Nacional de Educação-FNE, Undime e SEEDUC. O debate ocorrerá às 11h30. O intervalo para o almoço será as 12h.

Às 14h ocorrerá uma apresentação cultural com a Orquestra da Escola Padre Quinha. Os trabalhos serão retomados às 14h30 com a palestra “Mais Alfabetização”, com Sandra Zita, da Coordenação Geral do Ensino Fundamental/SEB/MEC. Já às 15h30 ocorrerá a mesa “Educação Conectada”, com o coordenador Geral de Apoio as Redes de Educação Básica e Infraestrutura Educacional, Alexsander Moreira, a coordenadora da Região Sudeste, Angela Moulin e a coordenadora estadual do RJ, representante da Undime-RJ, Manoela Alves. A última atividade do fórum será às 16h30, com a palestra “Planejando aulas digitais alinhado com a BNCC”. O tema será abordado pela Fundação Lemann.

Os atletas inscritos devem levar uma lata de leite em pó que será entregue para instituições filantrópicas

Os kits podem ser retirados de 9 às 20h, no Centro de Cultura

A entrega dos kits da Corrida do Trabalhador será no próximo dia 30 de abril, de 9h às 20h, na sede da Superintendência de Esportes e Lazer, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, no Centro. Os atletas inscritos devem entregar uma lata de leite em pó, que será doado a instituições filantrópicas. Os corredores recebem a numeração da prova, um chip de identificação, viseira e garrafa.

A entrega da lata de leite em pó é obrigatória. A Superintendência de Esporte Lazer também está pedindo a doação de um par de tênis, mas só para quem puder contribuir. Todos os calçados serão doados para projetos comunitários da cidade.

O espírito humanitário dos atletas que participam das provas da cidade é outro destaque da prova. Os corredores de rua são atletas com um espírito muito forte de solidariedade. Foram arrecadadas mil latas de leite em pó no ano passado. A Superintendência acredita que vai ultrapassar esse número na prova do próximo dia 1º de maio.

O percurso da prova será de 5,3 quilômetros pelas ruas do Centro Histórico. A largada acontece na sede da prefeitura, às 7h30, que fica na Avenida Koeler, e segue pela Praça da Liberdade, Rua Monsenhor Bacelar, Rua Rocha Cardoso, Rua Washington Luiz, Rua do Imperador, Rua Floriano Peixoto, Rua Alberto Torres, Avenida Ipiranga, retornando para a prefeitura. Durante o trajeto, serão dois postos de hidratação para os corredores.

O corredor de rua é um atleta que está procurando mais qualidade de vida. O objetivo da Superintendência de Esporte e Lazer é estimular cada vez mais o esporte na cidade, garantindo mais saúde e bem-estar para a população. O calendário esportivo da cidade oferece outras 23 corridas de rua. Ao todo, são mais de 90 eventos ao longo desse ano.

No dia 26 de maio, acontece a quarta edição da Serra Kids. A intenção da prova é proporcionar as crianças, entre 2 e 12 anos, o primeiros contato com o universo da corrida de rua. Além dessa prova, no dia 27, o desafio Petrópolis-Itaipava está com inscrições abertas no site: papaleguas.org.

Ranking municipal dos corredores de rua

A Corrida do Trabalhador é a primeira prova que vai dar pontos para o ranking municipal de atletas. Além dela, outros seis eventos no município somam pontos para a tabela: Petrópolis-Itaipava, XC Run, Corrida do Palácio Amarelo, Desafio By Day, Petrópolis Night Run e Corrida Master. No final do ano, os corredores mais bem colocados serão premiados pela prefeitura, por meio da Superintendência de Esportes e Lazer.

Em janeiro, o Conselho Municipal de Esportes e Lazer (CMEL) aprovou a criação desse ranking para os atletas que participam das corridas de rua do município. A proposta é valorizar os atletas de alto rendimento da cidade e motivar a participação de mais pessoas nas provas que contam, em média, com mil pessoas.

Calendários das provas que valem pontos para o ranking:

01/05 - Corrida do trabalhador

27/05 - Petrópolis Itaipava

16/06 - XC Run

08/07 - Corrida do Palácio Amarelo

22/07 - Desafio By Day

29/09 - Petrópolis Night Run

21/10 - Corrida Master

O plano deste ano conta com ações em dois eixos: humanitário e operacional

Objetivo é reduzir o número de focos de incêndios florestais nas áreas mais sensíveis da cidade

Com o objetivo de reduzir o número de focos de incêndios florestais nas áreas mais sensíveis da cidade e estabelecer um plano de ação para agilizar a resposta às ocorrências, começou a ser elaborado nesta sexta-feira (20.04) o Plano Inverno de Petrópolis 2018. Organizado pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, o plano conta com ações em dois eixos: humanitário e operacional. A principal novidade para esse ano será um calendário de ações em conjunto da Defesa Civil com órgãos ambientais nas áreas de maior índice de incêndios florestais do município, com o apoio de um drone.

As ações preventivas são muito importantes em uma cidade com as características de Petrópolis. Todos os instrumentos devem ser usados para prevenir os incêndios florestais e é fundamental que todos os órgãos estejam preparados para atuar. No ano passado o Plano Inverno trouxe bons resultados. A implementação do Plano Inverno garantiu ao município em 2017 o prêmio de cidade resiliente, oferecido pela Organização das Nações Unidas (ONU), o que confirma que a cidade está no caminho certo.

Dados do 15° Grupamento de Bombeiro Militar de Petrópolis comprovaram a eficácia do trabalho preventivo: em 2017 foram 126 casos de fogo em vegetação, contra 150 do ano anterior.

Os órgãos envolvidos já participaram do ano passado, então já estão articulados e organizados para atender a população. O trabalho antecipado da prefeitura ganhou reconhecimento internacional e trouxe resultado positivo, com a redução no número de casos de incêndios florestais.

O secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, apresentou o balanço das operações realizadas em 2017 e anunciou as principais novidades para esse ano.

Neste ano será realizado um calendário de ações em conjunto dos agentes da Defesa Civil com órgãos ambientais nas áreas de maior índice de incêndios florestais do município. O trabalho conta com o apoio de dois drones que a prefeitura recebeu em janeiro do Ministério Público Estadual (MPE). A primeira atividade acontece no dia 26 de abril, às 10h, no Vale das Videiras, ao lado de uma equipe da Reserva Biológica Estadual de Araras (Rebio-Araras).

"O Vale das Videiras é bem próximo da nossa reserva e a gente acompanha de perto os incêndios florestais que acontecem naquela região. É uma das regiões com maior índice de queimadas aqui na cidade. Vai ser uma boa oportunidade para realizarmos um trabalho preventivo", garantiu a chefe da Rebio-Araras, Isabela Bernardes.

Assim como no ano passado, os órgãos participam de reuniões setoriais para a elaboração de planos de contingência com ações de resposta para os incêndios florestais e estiagem. Também serão elaboradoras matrizes de atividades e responsabilidades. “A escassez de água já atinge as grandes cidades do país. As queimadas dos últimos anos atingiram áreas de nascentes na nossa cidade. Precisamos preservar esses locais para que a população não sofra no futuro”, disse Paulo Renato.

Além do trabalho operacional e de resposta, estão previstas ações em conjunto com a Secretaria de Assistência Social dentro do eixo humanitário.

“O inverno em Petrópolis é bastante rigoroso. Pensando nisso, lançamos a campanha de recolhimento de agasalhos e conseguimos entregar mais de 2.300 peças no ano passado para instituições de caridade. Nossa ideia para 2018 é ultrapassar as três mil peças", disse o secretário, anunciando também que a Defesa Civil vai realizar uma campanha de doação de sangue e uma Festa Julina solidária.

Participaram do encontro desta sexta-feira representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Exército, Aeronáutica, Cruz Vermelha, SAMU, ROER, outros setores da prefeitura, órgãos ambientais e vereadores.

Beneficiários do São Sebastião, Castelânea, Chapa 4, Mosela e Bataillard devem procurar o CRAS Centro até o dia 18 de maio

A Secretaria de Assistência Social prorrogou, até o dia 18 de maio, o recadastramento do Cartão Imperial para os moradores do São Sebastião, Castelânea, Valparaíso (Chapa 4), Mosela e Bataillard. Dos 290 beneficiados, apenas 161 compareceram no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do Centro para atualizar os dados até esta sexta-feira (20.04). A Secretaria está realizando nova convocação para que as famílias pendentes possam entregar a documentação na unidade com tranquilidade.

A meta da prefeitura é manter ativo o benefício dos que comprovarem a situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional para manter o recebimento de R$ 70 mensais.  A atualização dos dados ocorre diariamente no CRAS do Centro, localizado na Rua Dr. Sá Earp, nº 39, de 9 às 16h. A secretária de Assistência Social, Denise Quintella, reforça que a convocação dos beneficiados ocorre frequentemente junto aos Centros Comunitários, unidades de Saúde e igrejas da região.

“Essa é mais uma oportunidade para quem não buscou o CRAS, que o faça com tranquilidade até maio. Mobilizamos as equipes para que continuem ligando para os beneficiados, além da integração com as agentes de saúde e líderes comunitários para que todos compareçam no CRAS e não corram o risco de perder o benefício”, afirma Denise Quintella.

As famílias que não se recadastrarem terão, inicialmente, o benefício bloqueado por 30 dias. Atualmente, o município conta com 4.111 pessoas com os cadastros atualizados e ativos e 1.519 usuários já foram desligados do programa por não comprovarem a situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional.

“Esse é o momento para pessoas virem até aqui para realizar a atualização dos dados, principalmente aqueles que perderam os prazos. Precisamos tranquilizar a população que o desligamento não é automático. Primeiro o benefício é bloqueado, então a família que não conseguir sacar o valor do benefício deve procurar atendimento no CRAS mais próximo de sua residência ou o atendimento junto à Secretaria localizada no Centro Administrativo da prefeitura na Avenida Barão do Rio Branco para avaliar o cadastro”, disse Denise Quintella.

Como se recadastrar?

O recadastramento do Cartão Imperial garante o recebimento do benefício aos atendidos que estejam dentro dos critérios do programa, ou seja, que comprovem situação de vulnerabilidade social e estejam devidamente cadastrados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Caso a família não atualize os dados, o benefício é inicialmente bloqueado para que a pessoa entre em contato com a Secretaria de Assistência Social para regularizar o cadastro.

A Secretaria de Assistência Social disponibiliza uma equipe para convocar as famílias por telefone. Para fazer o recadastramento, o usuário deve levar documento de identificação, CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho ou comprovante de renda, certidão de nascimento dos filhos menores, comprovante de escolaridade e carteira de vacinação dos menores de 10 anos. 

Pessoas com deficiência ou portadores de doença crônica devem apresentar laudo ou comprovante de acompanhamento médico. Em casos de dúvidas, os moradores podem entrar em contato pelos telefones (24) 2233-8109 e 2233-8110.

Parceria entre a Secretaria de Educação e Universidade Federal de Juiz de Fora

Os professores de matemática da rede municipal que atuam com os alunos surdos poderão fazer o curso de extensão "Educação inclusiva, matemática e surdez", que será realizado em maio e junho na rede municipal. As inscrições podem ser feitas através do telefone 2246-8912 até o dia 30 de abril.

A iniciativa é resultado de uma parceria entre a Secretaria de Educação e Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). O objetivo é o de promover ações de formação para professores de matemática do segundo segmento do ensino fundamental e professores interessados na temática, que atuam ou não com a educação de surdos, de modo a difundir e tornar conhecidas as particularidades desses alunos.

“A intenção dessa parceria é mostrar aos professores que atuam com os surdos, que esses alunos têm uma capacidade de aprendizado muito interessante e as técnicas diferenciadas podem chamar a atenção deles para a importância da matemática no dia a dia. Vale destacar que, temos na rede municipal de educação 81 alunos com deficiência auditiva e para que servidores de outros equipamentos públicos possam conhecer a Língua Brasileira de Sinais, também estamos promovendo uma capacitação para 80 pessoas. Todas as ações são realizadas para que esses alunos tenham sempre o melhor atendimento”, disse a secretária de Educação, Samea Ázara.

A carga horária do curso é de 40 horas, sendo 28 horas presenciais e 12 horas à distância, distribuídas em encontros quinzenais. O início do curso será em maio com previsão de término em julho. No final será emitido certificado de conclusão pela UFJF

Os encontros ocorrerão em maio nos dias 03 e 18 (8h às 12h); em junho nos dias 1º, 14 e 28 (8h às 12h) e em julho, no dia 13 (8h às 17h).

“As aulas ocorrerão no CREI. Vale salientar que as vagas são limitadas e os interessados deverão realizar as inscrições através do telefone 2246-8912, até o dia 30 de abril. Informações adicionais podem ser adquiridas no Departamento de Educação Especial”, explicou a diretora do Departamento de Educação Especial, Bianca Caetano.

O Centro de Referência em Educação Inclusiva João Pedro de Souza Rosa fica na Avenida Koeler, nº 87, Centro.

A fiscalização para táxis com placas que terminam com o número 8 serão iniciadas na próxima terça-feira (24.04) pela CPTrans. Serão 48 veículos de uma frota total 536 que deverão comparecer à sede da Companhia até 4 de maio. No ato, os fiscais irão verificar as condições do táxi, a documentação do veículo e do motorista e se o taxista está em dia com os tributos municipais. A CPTrans  fica na Rua Alberto Torres, 115, Centro, o horário de inspeção é de 8h30 às 17h.

Ao levar o veículo para fazer a vistoria, o taxista deve ficar atendo à documentação exigida que deve contar, também, com cópia legível: CRLV 2017 ou 2018 – de acordo com o licenciamento do Detran; inspeção GNV 2017; aferição taxímetro 2017; ISS 2017 pago: permissionários e auxiliares (no caso de isenção, apresentar cópia do cartão comprovando); certidão negativa do registro de distribuição criminal atualizada do permissionário e auxiliares; CNH com a indicação que exerce atividade remunerada do permissionário e auxiliares; comprovantes de residência; uma foto 5x7 de permissionário e auxiliares; alvará 2017 original e pagamento da taxa de vistoria.

Com o calendário que a CPTrans criou, a fiscalização está mais rápida e fluída. A CPTrans desde o início do ano tem realizado as vistorias de maneira efetiva e a intenção é manter esse calendário até o final, realizando 100% das vistorias.

Fim da placa e período para renovação:

8 24/04/2018 a 04/05/2018

9 07/05/2018 a 18/05/2018

0 21/05/2018 a 01/06/2018

20 pacientes urológicos foram operados nesta quarta-feira (18.04)


Petrópolis deu um passo importante na assistência cirúrgica pela rede pública promovendo 20 cirurgias na madrugada, uma mobilização de mais de 50 profissionais. Foi realizado nesta quarta-feira (18.04), o 1º mutirão noturno de cirurgias do Hospital Alcides Carneiro. Alinhando a tecnologia de ponta e a expertise da equipe do Serviço de Urologia, o ‘Corujão do HAC’ foi considerado um sucesso na realização de procedimentos utilizando a moderna técnica endoscópica a laser nas cirurgias de próstata, bexiga, tumores e até vasectomias.

A prefeitura e a Secretaria de Saúde acompanharam a realização do mutirão. A equipe do hospital vem se destacando na realização de procedimentos inéditos na unidade. A cirurgia minimamente invasiva proporciona ao paciente menos tempo de internação, menor risco de infecções e sangramentos e mais qualidade de vida no pós-operatório.

Esse mutirão representa um avanço muito grande para a cidade. O Corujão do HAC será estendido para outras especialidades e a Secretaria de Saúde vai intensificar a realização para que mais pacientes possam ser operados em um horário que não interfira na rotina do hospital, ou seja, além das cirurgias programadas para o dia, terá os procedimentos extras noturnos potencializando o serviço no município.
O sucesso do mutirão também é devido à equipe, de cerca de 50 profissionais, das diversas áreas que atuaram desde a recepção e acolhimento do paciente, a realização da cirurgia e cuidados pós-operatórios.

A pasta projeta para este ano a reforma da CME e do Centro Cirúrgico o que vai dar mais qualidade para as equipes e ampliará o serviço com a criação de mais uma sala. A Secretaria de Saúde já está se organizando para o próximo mês realizar mais um mutirão de outras especialidades cirúrgicas e de exames. A direção e toda equipe do HAC vem atuando em parceria com a Secretaria para que possa avançar ainda mais na assistência de Saúde à população. O centro cirúrgico do HAC conta com seis salas cirúrgicas e realiza em média 640 procedimentos por mês, entre média a alta complexidade.

Pacientes e familiares elogiam a realização do mutirão

O Hospital Alcides Carneiro realizou no ano passado 699 cirurgias urológicas e a unidade projeta aumento de 10% na assistência da população em 2018. Os 20 pacientes operados nesta quarta-feira (18.04) foram submetidos à nova técnica cirúrgica que é minimamente invasiva.  O diretor do hospital, Filipe Furtuna explica que a cirurgia é realizada por meio de um aparelho endoscópico e um bisturi a laser que reduz os impactos de uma cirurgia aberta, além diminuir o risco de infecção e de dias de internação.

“Conseguimos evitar a internação em leitos em CTI e o uso de bolsas de sangue para transfusão. Em grande parte dos casos os pacientes têm alta no dia seguinte à cirurgia. Estamos projetando a expansão dos serviços também na área ambulatorial e assim promover uma assistência ampla junto ao programa Saúde do Homem que já acontece com as ações preventivas e de definição de diagnósticos na Atenção Básica”, reitera o diretor do hospital, Filipe Furtuna.

O morador do Caxambu, Mario Vieira Vasconcelos de 61 anos sofria há dois anos com incômodos e dores. Nesta quinta-feira (19.04) ele se surpreendeu com a melhora dos sintomas após a cirurgia.

“Eu não sei explicar a sensação que eu estou sentindo. Estou mais leve, muito feliz, não sinto nada. A equipe foi muito atenciosa comigo desde quando cheguei e eu não vejo a hora de ver os médicos para agradecer o que eles fizeram por mim ontem. Estava sofrendo com isso há anos e agora posso voltar a ter uma vida normal”, emociona-se.

O senhor Genário José Pereira, 73 anos, morador do Vale do Cuiabá foi operado de um tumor na bexiga e também elogiou o pós-operatório.

“Eu achei que ia amanhecer com dor, sem poder me mexer, mas pelo contrário, eu já até consegui tomar meu café da manhã sozinho. Estou muito satisfeito por descobrir o tumor há 4 meses e já estou operado, achei que fosse ficar em filas esperando”, disse.

A filha do senhor Genário, Adriana da Silva Pereira, ainda elogiou a equipe do PSF do Boa Esperança que diagnosticou rapidamente o problema de saúde do pai.

“O atendimento no posto foi excelente. Pelo exame de sangue a médica já viu que tinha algo errado e mandou ele para um especialista. Quatro meses depois estamos aqui com a cirurgia feita, só tenho que agradecer, pois a qualidade começou desde o primeiro atendimento no posto”, disse.

A equipe de Urologia do Hospital Alcides Carneiro é composta por 7 urologistas que realizam em média 60 cirurgias por mês, desde cirurgias de pequeno às de médio porte e busca ampliar as de alta complexidade. O urologista Pedro Gabrich explica que a qualidade do pós-operatório é devido à realização da técnica cirúrgica minimamente invasiva.

“A equipe está aumentando a atuação nas cirurgias minimamente invasivas (com pequenas incisões) e as cirurgias endoscópicas (pelo canal da uretra), como as cirurgias de laser da próstata ou de tumores de bexiga. Esses procedimentos estão sendo realizados no Brasil recentemente e trouxemos para o SUS uma técnica moderna e que traz variados benefícios para o paciente”, avalia o médico.

Atrativos estarão de portas abertas para receber os visitantes e petropolitanos. Feira de cerveja artesanal e previsão de tempo firme também devem atrair os turistas para a Serra

O Centro Histórico de Petrópolis deverá ficar movimentado com a vinda de turistas durante o feriadão, com a comemoração do Dia de Tiradentes, no sábado (21.04) e Dia de São Jorge, na segunda-feira (23.04). Só nos hotéis e pousadas do primeiro distrito, a ocupação já chega a quase 80%, com uma média de 77,6% dos leitos reservados. Mas os quatro cantos da cidade já estão preparados para receber os visitantes. Em todo município, a média de ocupação hoteleira está em 69,3%.

Além de a maioria dos atrativos funcionarem normalmente durante o período de folga, Petrópolis também conta com a Beer Festival, uma feira de produtores de cerveja artesanal, que acontece no Palácio de Cristal, de sexta-feira a domingo. Além de parque de diversões no Parque Municipal, em Itaipava, com 17 brinquedos do Play City; e todos os circuitos turísticos já tradicionais. A previsão de tempo firme, sem chuva para o período, também deverá ser um dos atrativos para os visitantes.

“Como o Dia de São Jorge é um feriado estadual, esperamos muitos turistas vindos de cidades próximas, como o Rio de Janeiro, Duque de Caxias. A expectativa é muito boa para todo o fim de semana e para que as pessoas estendam a estadia na cidade até segunda-feira. Temos diversas opções e para todos os gostos”, destaca o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

Museus de portas abertas

Em função do feriado do Dia de São Jorge, que cai na segunda-feira, a maioria dos museus da cidade estará funcionando normalmente, ao contrário do que acontece em semanas comuns, quando eles fecham às segundas para manutenção. O mais visitado da cidade, o Museu Imperial, vai funcionar de sábado a segunda, de 11 às 18h, sendo que a bilheteria fecha às 17h30. Na terça (24.04), o museu estará fechado.

Já o Museu Casa de Santos Dumont também funciona normalmente no mesmo período, de 9 às 17h30, com a bilheteria fechando às 17h. Mas até domingo, a Casa continua comemorando uma data especial: no dia 18 de abril completou 100 anos que Santos Dumont assinou a escritura do terreno onde construiu sua casa de veraneio. Desde a última quarta-feira, os visitantes estão sendo recepcionados por um ator interpretando o inventor, com bolo e refrigerante.

Outro importante museu da cidade, o Casa do Colono, vai abrir normalmente até segunda-feira, de 8h30 às 16h, e fechar na terça. E o Museu de Cera de Petrópolis funciona no feriado de Tiradentes, sábado, de 10 às 18h, e de domingo à terça-feira, de 10 às 17h.

Além dos museus, atrativos como o Palácio Quitandinha, Palácio Amarelo, Centro Cultural Estação Nogueira, Casa da Ipiranga, entre diversos outros, estarão de portas abertas durante todo o feriadão.

Palácio de Cristal recebe feira de cerveja

O Palácio de Cristal, outro cartão postal da cidade, não só estará de portas abertas durante o fim de semana, como também recebe, de sexta-feira (20.04) à domingo (22.04), o Petrópolis Beer Festival, uma feira de produtores de cerveja artesanal da cidade, que conta com diversas marcas da bebida, gastronomia e música boa.

Dentro do Palácio, paralelamente, o público vai poder contar com uma feira de artesanato, com artesãos locais, que funciona no mesmo período do Beer Festival. Até domingo, o atrativo abre de 9 às 22h.

Para quemescolher ficar em Petrópolis durante todo o feriadão pode curtir o atrativo também no Dia de São Jorge, na segunda, com funcionamento de 9 às 18h. A entrada é gratuita.

Parque de Diversões em Itaipava

Para os que querem se divertir com as crianças e também aproveitar os brinquedos de adultos, o Parque Municipal, em Itaipava, já está recebendo o Play City, que faz parte da programação da 29ª Expo Agropecuária, de 1° a 6 de maio. O parque de diversões vai funcionar de 18h às 22h, na sexta-feira, e de 14h às 22h, de sábado à segunda-feira. Já o Parque Municipal abre os portões diariamente de 7h às 20h.

Este ano, 17 brinquedos fazem parte do Play City, entre eles duas novidades: o MegaDrop (torre com 40m de altura) e o Inversion 360. Os ingressos são vendidos a R$ 6 a unidade e R$ 20 a cartela com quatro ingressos.

O Parque também está recebendo neste fim de semana oficinas gratuitas de artesanato, que vão até sábado. Nesta sexta-feira tem aula de flor em feltro, de 14 às 16h, e no sábado será a vez de porta guardanapo em MDF,de 10 às 12h.As inscrições podem ser feitas na administração do Parque.

Já outros parques também estarão de portas abertas durante todo o feriadão para os que preferem passar a folga próximos à natureza. O Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso) abre de 8 às 17h. E o Parque Natural Municipal Padre Quinha, o Parque da Ipiranga, funciona de 7 às 17h.

Circuito de compras também é opção durante a folga

Quem não perde uma comprinha durante os dias de folga vai poder contar com a Feirinha de Itaipava, que funcionará de sábado à segunda-feira, de 10 às 19h. Na Rua Teresa, as lojas abrem normalmente no sábado, de 9 às 18h, e no domingo e na segunda-feira será facultativo. O mesmo acontece nas lojas do Bingen, sendo que no sábado elas funcionam de 9 às 17h. Os supermercados abrem normalmente durante todo feriadão.

A intenção é que o temas Proteção e Defesa Civil e Educação Ambiental sejam tratados de forma integrada na rede municipal de ensino

Temas importantes para a prevenção de desastres naturais, Proteção e Defesa Civil e Educação Ambiental serão tratados de forma integrada na rede municipal de ensino. A política de inclusão obrigatória dos temas na rede pública de ensino, foi criada a partir de um projeto de lei do executivo, aprovado na Câmara de Vereadores nesta quinta-feira (19.04). O projeto prevê que os temas passem a ser discutidos em sala de aula. Para isso em cada escola será feita a abordagem de temas e peculiaridades de cada bairro, como deslizamentos de terra, rolamento de blocos rochosos e inundações. O objetivo é que os alunos sejam orientados sobre como prevenir e se comportar em relação aos desastres. Aprovado em primeira e segunda discussão na Câmara de Vereadores, o projeto terá a redação final lida na sessão de terça-feira (24.04) e em seguida retorna ao executivo. A proposta entra em vigor ainda neste semestre, com a capacitação dos profissionais de ensino.

As crianças precisam entender a importância da prevenção de desastres e aprender atitudes simples no dia a dia de cada um, como por exemplo, o descarte de lixo no local correto, contribuem para a prevenção e preservação do meio ambiente. A prefeitura acredita que este aprendizado oferecido nas escolas certamente será multiplicado em casa, com os parentes e amigos e, assim, a cidade terá petropolitanos mais preparados. É desta forma que o município vai conseguir oferecer uma cidade mais resiliente no futuro para os petropolitanos.

Com 234 áreas de risco alto ou muito alto – equivalente a 18% do município - e um déficit habitacional de 12 mil casas, a prefeitura demonstra grande preocupação com o assunto. A intenção do projeto é que os jovens multipliquem o conteúdo apresentado em sala de aula para familiares e amigos. O trabalho integrado acontece entre as Secretarias de Defesa Civil e Ações Voluntárias, de Educação e de Meio Ambiente, que irão capacitar os profissionais de ensino para atuar com os alunos.

"Essa será a primeira política pública no Brasil de inserção do tema Defesa Civil na escola. Dessa forma, o assunto estará presente integralmente na rede municipal de ensino fundamental e médio, movimentando não apenas todas as escolas, mas também a comunidade escolar. Estamos construindo no presente uma cidade resiliente no futuro, e não tenho dúvidas que esse será o maior passo que daremos nessa direção", explica o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz.

A iniciativa vai reforçar todas as ações que trabalham a importância da prevenção não só no ambiente escolar, mas, também, na comunidade. “Os alunos são multiplicadores de informações e tudo o que for aprendido será replicado nos ambientes que eles frequentam. Sem dúvidas o projeto Defesa Civil nas escolas é uma ótima notícia para a nossa rede municipal de Educação”, destaca a secretaria de Educação Interina, Samea Ázara.

A política pública é mais uma ação da prefeitura de prevenção aos desastres naturais. No ano passado, o trabalho realizado pelo governo municipal ganhou reconhecimento internacional da Organização das Nações Unidas (ONU), que concedeu para Petrópolis o título de cidade resiliente do mês de agosto por causa da elaboração do Plano Inverno de 2017.

"Desde o início da gestão, estamos trabalhando na prevenção aos desastres naturais. Realizamos uma série de atividades no ano passado, com treinamentos, simulados, e a visita aos pontos de apoio e as comunidades. A ideia é que a gente construa, ao lado dos petropolitanos, uma cidade mais resiliente aos desastres naturais", disse Paulo Renato, lembrando também que uma das ações do Plano Inverno foi a campanha #QueimadaNão, que aconteceu nas escolas do município em 2017.

"Os agentes visitaram no ano passado 64 escolas, envolvendo quase dez mil pessoas, entre alunos e professores. O objetivo foi de conscientizar a população, em especial as crianças e os adolescentes, sobre os riscos das queimadas e da soltura de balões. Com a política pública aprovada, reforçamos esse trabalho com os jovens da nossa cidade", completa o secretário.

Bairro recebeu serviços de manutenção viária, correção de iluminação, capina, coleta de entulho, pintura de sinalização e levantamento sobre condições de árvores

Esta foi a 19ª edição do mutirão que reuniu as secretarias de Obras, Serviços, Meio Ambiente, CPTrans e Comdep e contou ainda com a Águas do Imperador

A 19ª edição do mutirão de serviços foi realizada nesta quinta-feira (19.04) no Vila Rica. Equipes das secretarias de Obras, Serviços, Meio Ambiente e Comdep promoveram manutenção viária, correção de iluminação, capina, coleta de entulho, pintura de sinalização e levantamento sobre condições de árvores. A Águas do Imperador também esteve na ação, vendo os resultados de uma obra de extensão da rede de esgoto no bairro.

Desde que foi criado, no ano passado, o mutirão de serviços já passou por 16 bairros: Mosela, Posse e Independência (em duas oportunidades cada bairro), Bairro da Glória, Nogueira, Secretário, Alto da Serra, Quitandinha, Estrada da Saudade, Bonfim, Siméria, Morin, Meio da Serra, Madame Machado e João Xavier – além de Vila Rica, nesta quinta.

As ações de manutenção viária, limpeza e conservação de ruas, iluminação pública, são frequentes na nossa cidade. Mas os mutirões são uma forma de acelerar o atendimento das demandas dos bairros e da população. Por isso que estou aqui, para saber deles quais as demais necessidades que os moradores têm para que a prefeitura possa atender rapidamente.

A Comdep deslocou 25 funcionários para fazer capina na Rua Augusto Francisco da Silva. Duas retroescavadeiras e dois caminhões da Força Ambiental, coordenados pela Secretaria de Serviços, retiraram mais de 60 toneladas de entulho na Rua A. O departamento de obras da empresa também iniciou reparos em brinquedos da praça do bairro.

A Secretaria de Obras deslocou 11 homens para fazer reparos em calçadas na Augusto Francisco da Silva e promover desobstrução de rede de águas pluviais na Rua D. Para isso, foram usados dois caminhões e mais o caminhão sugador – usado na desobstrução. Também foi feito manutenção viária com oito toneladas de asfalto em diferentes pontos do bairro. Seis funcionários, um caminhão e um rolo compressor fizeram este serviço.

A manutenção de iluminação pública foi feita ao longo da semana. Após vistoria com moradores do bairro, foram consertados 51 pontos de luz, sendo cinco nesta quinta-feira. Uma equipe com duas pessoas e um caminhão-cesto atuou no local.

A Secretaria de Meio Ambiente vistoriou árvores da região para verificar a necessidade de cortes ou podas preventivas. Os laudos técnicos serão encaminhados posteriormente para que a Comdep realize o serviço.

A CPTrans promoveu pintura de faixa de pedestre em frente à Escola Municipalizada Santa Terezinha e de quebra-molas, na Rua C.

Os serviços de conservação e limpeza e, especialmente, o de sinalização horizontal, agradou o morador do Vila Rica há 22 anos, Claucir Eduardo Correa. Ele trabalha com transporte de materiais de construção no bairro e trafega pelas ruas com muita frequência.

“Moro aqui há 22 anos e nunca vi um cuidado com o bairro dessa forma. A pintura de faixa de pedestre e de quebra-molas é simples, mas além de deixar a rua um pouco mais bonita, para a gente que usa carro para trabalhar é muito importante”, afirmou o morador.

A Águas do Imperador também marcou presença no mutirão de serviços. Neste mês de abril, a concessionária fez extensão de rede de coleta de esgoto em 250 metros a partir de solicitação da prefeitura.

Com apoio da Nasa, evento acontece até o dia 28

Abertura da semana será realizada no Centro de Cultura Raul de Leoni

Tem início nesta sexta-feira (20.04) a segunda edição da Semana do Jovem Empreendedor, evento realizado pela prefeitura por meio da Coordenadoria da Juventude, que tem como objetivo despertar no jovem o espírito empreendedor. O evento de abertura, que começa às 15h no Teatro Afonso Arinos, no Centro de Cultura Raul de Leoni, contará com palestra do secretário de Desenvolvimento Econômico Marcelo Fiorini, do empresário Aroldo Schultz e do coach Leandro Passos. A semana conta com grandes parceiros, como Nasa Science Days, Sebrae e o Departamento de Assistência à Juventude de Balneário Camboriú (SC).

A Semana do Jovem Empreendedor foi criada em 2017 com o objetivo de despertar o espírito empreendedor nos jovens, por meio de depoimentos de profissionais já estabelecidos no mercado e abrindo espaço para que os jovens apresentem seus projetos. No último ano, foi criada a lei que torna a semana um evento permanente no calendário do município, acontecendo sempre na última semana de abril.

“O momento atual de nossa sociedade abre portas para o jovem, basta ele querer. Nossa intenção é mostrar a importância do empreendedorismo, do jovem abrir seu próprio negócio e, desde cedo, se tornar seu próprio chefe. Com cada vez mais informações e possibilidades, a juventude precisa estar por dentro de tudo que pode, de alguma forma, beneficiar seu futuro”, ressalta Wesley Barreto, coordenador da juventude do município.

A semana será aberta com palestra do secretário de desenvolvimento econômico, Marcelo Fiorini, que irá abordar o tema “Desburocratizar para avançar”. Após Fiorini, será a vez do empresário Aroldo Schultz, presidente de um dos maiores operadores de turismo do país, o Grupo Schultz. Fechando as palestras, o coach de resultado e gestão do tempo Leandro Passos se apresentará, sobre o tema “Você é um empreendedor e nem sabia”. As atividades do dia serão encerradas com consultoria do Sebrae, parceiro da semana.

“Vim à Petrópolis para a 11ª Convenção de Vendas da Schultz, empresa da qual sou presidente e fundador, que realizou seu encontro anual em Petrópolis, visando impulsionar o turismo da cidade. Quando recebi o convite dos organizadores, decidi adiar minha volta, podendo assim participar da Semana do Jovem Empreendedor“, frisou o empresário Aroldo Schultz.

Leandro Passos possui 22 anos de experiência nas áreas de tecnologia da informação, gestão e consultoria, e criou um programa que capacita profissionais de diversas áreas, visando impulsionar a produtividade dos participantes. “Vou tentar mostrar ao jovem que todos podem empreender, independente de onde você vem ou aonde quer chegar. Uma percepção melhor do que é o empreendedorismo e de como se pode empreender vai levar os jovens a um novo patamar de suas vidas profissionais”, destaca Leandro.

A abertura da semana acontece nesta sexta (20.04), às 15h, no Teatro Afonso Arinos, localizado no Centro de Cultura Raul de Leoni. A programação segue até o próximo sábado, dia 28.04.

20 projetos de jovens petropolitanos serão apresentados na Feira do Jovem Empreendedor

Durante a semana, serão realizadas palestras em diferentes instituições de ensino da cidade, além da primeira Feira do Jovem Empreendedor, que premiará, entre 20 projetos, os três vencedores do Troféu Municipal do Jovem Empreendedor. A escolha será feita por um representante do Sebrae e pelo embaixador da Nasa SD, Elifas Holodniak. Podem se inscrever para a feira jovens de 15 a 29 anos.

Serão apresentados na feira 20 projetos, entre empresas já registradas e ideias a serem executadas. Podem se inscrever jovens entre 15 e 29 anos, e o preenchimento das vagas se dá por ordem de inscrição. Os três melhores projetos serão escolhidos pelo embaixador da Nasa Elifas Holodniak e por representante do Sebrae, e receberão o primeiro Troféu Municipal do Jovem Empreendedor.

As inscrições para a Feira podem ser feitas até o dia 27, às 17h, e o concurso será realizado no dia 28, sábado, das 13h às 15h na Casa dos Conselhos. Para informações sobre as inscrições pode-se procurar a Coordenadoria da Juventude pelo telefone (24) 98845-2056, também disponível via WhatsApp, ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Confira a programação completa da Semana do Jovem Empreendedor:

Sexta-feira (20/04), às 15h:

Centro de Cultura Raul de Leoni (Teatro Afonso Arinos)

- Cerimônia de Abertura

- 1ª Palestra: Marcelo Fiorini - Secretário de Desenvolvimento Econômico

Título: Desburocratizar para avançar.

- 2ª Palestra: Leandro Passos – Coach de resultado e gestão de tempo

Título: Você já é empreendedor e não sabia.

- 3ª Palestra: Aroldo Schultz –  Empresário, fundador de uma das maiores operadoras de turismo do país.

- Terça-feira (24/04)

Escola Estadual de Araras – 10:00 às 12:30 / 19h às 21h

- 1ª Palestra: Fernando Paixão – Professor Universitário, Master Coach, Executivo de Gestão de Pessoas, formado pela Unigranrio, FGV e University of Califórnia, formado em Marketing, RH e administração de conflitos.

Título: O empreendedor: 5 dicas para o sucesso extraordinário!

- 2ª Palestra: Jaydes Fuly   –  Psicólogo

Título: Empreendedorismo no século XXI

- Quarta-feira (25/04):

CIEP Cecília Meireles - 13:30 às 15:30

- Palestra: Yasmin Barros – Organizadora do TEDxPetrópolis e empresária

Título: Influência da escolha profissional e do pensamento empreendedor na trajetória profissional

- Quinta-feira (26/04):

Faetec- 19h

- Palestra: Fernanda Ortega – Profissional Pós-Graduada em Gestão Estratégica de Negócios e pessoas, e graduada em gestão de recursos humanos.

Título: Empreender é inovar? Ou inovar é empreender?

- Sexta-feira (27/04):

Cefet – 16h

- Palestra: Ramon Farias – Engenheiro, Especialista em Planejamento por profissão e Mestre em Inteligência Artificial

Título: (Des)Empre(e)nder – Como se livrar do lixo que não te deixa crescer.

- Sábado (28/04):

Auditório da Casa dos Conselhos – 9h às 12h 

- 1ª Palestra: Douglas Aguirre – Formado em Direito, pós-graduado em Administração Pública e Diretor do Departamento de Assistência a Juventude na Prefeitura de Balneário Camboriú/SC.

Título: Comporte-se.

- 2ª Palestra: Elifas Holodniak – Embaixador da NASA SD (Science Days)

Título: Iproblem – O problema está em nós!

13h às 15h

- Feira do Jovem Empreendedor – Apresentação de projetos e empresas de jovens do município.

Matheus, que tem síndrome de down, viajou com outros 13 atletas especiais da delegação brasileira

Orgulho da família e, agora também, de toda a cidade, o judoca Matheus Domingues Moreira, de 13 anos, voltou da Holanda esta semana com o troféu de bronze na mala. Ele foi um dos 14 atletas da delegação brasileira que participaram da World Judo Games 2018, da Special Needs Judô Foundation, uma competição internacional, que aconteceu entre os dias 14 e 15 de abril, na cidade de Beverwijk. Matheus, que tem síndrome de Down, fez uma grande campanha no município para arrecadar fundos para a viagem e, com seu carisma, conseguiu conquistar a todos. A campanha teve o apoio da prefeitura de Petrópolis.

Na competição, o judoca venceu uma luta contra um holandês e perdeu duas, ficando com o terceiro lugar. Disputado, o campeonato tinha atletas de 20 nacionalidades diferentes, como da Inglaterra, Suíça, Alemanha, entre outros países. Desde que chegou da Europa, na segunda-feira (16.04), ele vem recebendo homenagens, inclusive da escola onde estuda. Agora, Matheus volta a sua rotina de treinos e pretende seguir os mesmos circuitos que fez no ano passado, participando de competições em São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro. Para o ano que vem, ele já pensa em voltar à Holanda.

“Foi uma experiência incrível para o Matheus, não só em relação ao esporte, mas como aprendizado no geral. Tenho certeza que essa viagem vai marcar a vida dele para sempre. Mesmo falando línguas diferentes, ele conseguiu conquistar amigos durante a competição e no hotel que ficamos. O saldo de todo esse período, até chegamos lá, foi muito importante. Contamos com a ajuda de muitas pessoas”, explica a mãe do Matheus, Valéria Domingues Moreira, que acompanhou o filho na viagem.

A prefeitura veio apoiando o atleta durante a campanha de arrecadação de verba para participar da competição na Holanda. Diversas secretarias se envolveram na ajuda, entre elas a Turispetro. De acordo com o secretário da pasta, Marcelo Valente, a participação no campeonato também foi uma forma de levar o nome da cidade para fora do país.

“Recebemos com muita alegria os resultados do Matheus na Holanda. Ele levou o nome da nossa cidade para uma competição internacional, inclusive colocou o brasão de Petrópolis em seu kimono. Apesar de não termos apoiado com recursos, e sim ações, como ceder um espaço no Parque Municipal para que ele realizasse a campanha, por exemplo, os resultados foram positivos tanto pra ele, quanto para o município”, avalia.

Matheus é filiado à Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro (FJERJ). Apaixonado pelo esporte desde os 8 anos, ele pretende completar o circuito de competições do “Judô Para Todos” novamente. Quem quiser acompanhar as competições do Matheus pode acessar a página dele no Facebook, pelo link: https://www.facebook.com/matheusjudocaespecial/

A revisão de lei do Macrozoneamento e o projeto de Avaliação, Discussão e Revisão da Lei de Uso, Parcelamento e Ocupação do Solo (LUPOS) foram apresentadas pela equipe do Departamento De Planejamento Urbano, da Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica para a diretoria e empresários que compõem os conselhos da Firjan. O encontro foi promovido nessa quinta-feira (19.04) na sede da entidade. A intenção, segundo o coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica, Roberto Rizzo foi a de detalhar as ações de revisão das leis, mostrando a transparência dos processos e a necessidade da participação dos empresários nas discussões.

“As leis precisam ser atualizadas para o melhor desenvolvimento do município. As discussões sobre os assuntos são necessárias. A lei do macrozoneamento foi apresentada ao Conselho Revisor do Plano Diretor e uma consulta pública também foi realizada com o intuito de ouvir a população. Outro processo em andamento é a revisão da Lupos. Queremos que os empresários se sintam parte desse processo e contribuam com a discussão”, disse Roberto Rizzo.

Na ocasião, Waltraud Keuper, presidente da Representação da FIRJAN na região serrana, parabenizou a iniciativa do poder público. “Os setores públicos e a iniciativa privada devem trabalhar em conjunto. O empresariado deve dar a sua opinião. Todos são responsáveis pelas mudanças e os projetos apresentados pela equipe da prefeitura estão bem fundamentados”, disse.

Um assunto destaque no encontro foi a Lei do Macrozoneamento. “A proposta da Lei do Macrozoneamento leva em consideração a importância dos aspectos da cidade que atraem os visitantes, o ambiente rural e as áreas de riscos. As características das áreas foram analisadas por um grupo de trabalho. A partir disso, dividimos as macrozonas em urbana, rural, controle especial de urbanização e área de restrição à urbanização. Todas as áreas foram definidas segundo a ocupação, necessidade de preservação e áreas de riscos”, explicou a diretora do Departamento de Urbanismo da prefeitura – DEPUR – Layla Talin.

A lei do macrozoneamento está sendo analisada pelo município. Após esse processo, o documento será enviado à Câmara Municipal.

Projeto de Avaliação, Discussão e Revisão da LUPOS

Outro ponto apresentado foi o projeto de Avaliação, Discussão e Revisão da Lupos. A Lupos estabelece os parâmetros para uso do solo, definindo entre outras coisas, as atividades permitidas em cada região da cidade. A proposta tem o objetivo de corrigir possíveis divergências entre o mapa digital de zoneamento da Lei de Uso Parcelamento e Ocupação de Solo e a legislação de 1998 – que estabelece suas normas.  O projeto já foi apresentado para o Conselho Revisor do Plano Diretor (CRPD). Também foi criado um cronograma a partir da apresentação de um grupo de trabalho, que está analisando os mapas que estão disponíveis para fins de consulta pública, emissão de certidão de uso e parâmetros e planejamento urbano do município.

“O projeto prevê a disponibilização de todos os dados referentes ao projeto em um site. Todos os dados serão coletados de forma técnica e com a participação popular. A intenção é a de contribuir para o crescimento urbano responsável, levando em consideração onde as atividades podem ser realizadas segundo os seus impactos”, explicou Layla.

Um Grupo de Trabalho será formado com representantes de diversas áreas, como poder público, sociedade civil, Departamento de Urbanismo, entidades estaduais e federais, além de universidades. A previsão é de que todo o processo de revisão dure um ano.

Participação popular no processo de revisão da LUPOS

O processo de avaliação, discussão e revisão da Lupos prevê, ainda, atividade direcionada aos alunos da rede municipal, planejamento dos centros de bairros e identificação dos indicadores urbanísticos e suas utilizações na cidade.

Um dos projetos é o “Urbano na escola“. Elaborado pelo Departamento de Planejamento Urbano - DEPUR - da Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica, o programa prevê que alunos do 9º ano do ensino fundamental de 26 escolas da rede municipal possam participar da revisão da Lupos, através de atividades práticas como a construção de mapas dos bairros, com a indicação do que pode ou não ser construído em cada área, bem como com os equipamentos públicos necessários nas localidades.

“Percebemos que poderíamos tratar esse tema nas escolas, com a colaboração dos alunos, levando em consideração as ideias deles e, ao mesmo tempo, mostrando que eles têm voz e devem participar das audiências públicas e processos de revisão das leis municipais. Desmistificando esses assuntos e aproximando-os do poder público”, explicou o Coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica, Roberto Rizzo.

O projeto prevê o treinamento de estagiários do curso de arquitetura e urbanismo. Eles acompanharão as atividades junto com o professor. Os alunos que participaram da construção do melhor trabalho poderão participar de uma oficina com o Grupo de Trabalho que está discutindo a revisão da Lupos. A previsão é de que o projeto comece nas 26 escolas em maio. A duração deverá ser de seis meses – até a escolha do melhor trabalho.

O projeto de revisão da Lupos prevê, ainda, o planejamento dos Centros de bairros e identificação dos indicadores urbanísticos e suas utilizações na cidade. Vale destacar que todo o processo de revisão contará com a participação das entidades de classe da sociedade, sociedade civil organizada, OAB e das faculdades.

Lei da Inovação

Durante o encontro, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini, também convidou os empresários para participar dos encontros sobre a Lei da Inovação.

“Estamos construindo a lei em parceria com o Sebrae com a intenção de facilitar a instalação de novas empresas do ramo na cidade. Faço o convite para que empresários ligados à Firjan também participem dos encontros. Queremos que a lei seja construída de forma colaborativa, como fizemos com a lei de incentivo ao setor de microcervejarias”.

Lisia Carla Rodrigues, juíza da 4ª Vara Cível de Jacarepaguá, esteve na Prefeitura de Petrópolis nesta quinta-feira (19.04) para conhecer de perto dos trabalhos do Petrópolis da Paz, programa municipal de pacificação restaurativa. O programa, que realiza mediação de conflitos comunitários e escolares, é pioneiro no estado. Esteve presente também a coordenadora da pós-graduação de Mediação de Conflitos da Universidade Católica de Petrópolis, Cristiane Maria Henrichs. Os visitantes foram recebidos pela coordenadora do programa, Elsie-Elen de Carvalho, e por sua equipe.

Quinta, 19 Abril 2018 22:48

Servição – Feriado Dia de São Jorge

Os serviços essenciais ligados às urgências e emergências na área da saúde, UPAS - Centro e Cascatinha, Hospital Municipal Nelson de Sá Earp, Pronto Socorro Leônidas Sampaio e Hospital Alcides Carneiro estarão funcionando sem alterações na segunda-feira (23.04), feriado pelo Dia de São Jorge no estado do Rio de Janeiro. Coleta de lixo também será mantida normalmente, bem como as equipes da Defesa Civil que permanecerão com o plantão em caso de necessidades. Agentes da CPTrans, bem como da Guarda Civil também permanecem de plantão normalmente.

Os demais órgãos municipais ligados à prefeitura, como Unidades Básicas de Saúde, postos de saúde, bem como as instituições de ensino municipais não irão funcionar no feriado, retornando às atividades normalmente na terça-feira (24).

O feriado contará, ainda, com os pontos turísticos abertos, bem como parques e uma série de atrações para todos os públicos. O comércio também está autorizado a funcionar no feriado. Informações especificas sobre atividades podem ser obtidas pelo Disque Turismo, no telefone 0800-024-1516.

Trabalho também ocorreu em Araras, Duarte da Silveira, Morin e Vila Rica

A Av. Piabanha e a Rua Carlos Gomes receberam o serviço de manutenção viária nesta quinta-feira (19.04). Foram usadas oito toneladas de asfalto, trabalho que envolveu seis funcionários, um caminhão e um rolo compressor. A equipe ainda esteve em alguns pontos da Rua do Imperador. Em abril, a Secretaria de Obras fez a manutenção em 36 ruas de 20 bairros diferentes.

Nesta quinta, ainda receberam este serviço a Estrada do Santa Luzia (localidade conhecida como Mata Cavalo), em Araras; a Rua Manoel Borges de Freitas (Morro do Veludo), no Duarte da Silveira; Morin e Vila Rica.

A manutenção viária vem sendo intensificada pela Secretaria de Obras, com equipes trabalhando durante o dia e à noite. O serviço nestes locais é de grande importância, já que a Av. Piabanha dá acesso a quem vai para a região da Mosela e a Carlos Gomes, ao Bingen.

A manutenção viária não acontece só com aplicação de asfalto. A Secretaria de Obras também está promovendo a manutenção de calçamento. O serviço já passou pelo Quitandinha, Posse, Centro, Bingen, Duarte da Silveira e Independência só em abril. Outra forma de promover a manutenção viária é em estradas vicinais, em que uma máquina é utilizada para fazer a raspagem da rua para eliminar buracos.

Cidade bem cuidada: prefeitura trabalhando nos bairros

A Comdep promoveu capina e roçada em Piabanha, Barão do Rio Branco (Centro), Paulo Hervê (Bingen), Arnaldo de Azevedo (Alto da Serra), Ayrton Senna (Quitandinha), Carolina Justen (Vila Militar), Carlos Tyll (Samambaia), Lopes Trovão (Meio da Serra) e Bairro Mauá.

Também houve coleta de entulho em Rua dos Ferroviários (Alto da Serra), Rua Pará, Espírito Santo, Bahia, Av. Estados Unidos (Quitandinha), Vila Rica e Morin.

A Secretaria de Serviços também fez coleta de entulho na Estrada Mineira, em Corrêas, entre a Ponte Branca e o acesso ao Hospital Alcides Carneiro, e no Bairro da Gloria.

A manutenção de iluminação pública ocorreu em Vale do Carangola, Vila Rica, Pedro do Rio, Comunidade do Neylor, Felipe Camarão, Retiro, Centro e Estrada da Saudade.

Uma agência do Bradesco já é reincidente e terá que arcar com R$ 49 mil

Oito agências bancárias em Petrópolis foram multadas pelo Procon por deixar clientes esperando na fila por tempo superior ao determinado em legislação municipal. O montante acumulado de multa é de R$ 220,5 mil, ou seja, sete delas deverão arcar com R$ 24,5 mil e uma, por já ser reincidente, com R$ 49 mil como punição por deixar os clientes esperando muito tempo nas filas. O órgão de defesa do consumidor já fiscalizou as agências 87 vezes e autuou 20. Em casos de constantes reincidências, os bancos podem a ter o alvará de funcionamento suspenso.

Das oito agências multadas, três foram do Bradesco, sendo uma delas pela segunda vez, duas do Itaú e duas do Santander. Antes de efetuar a multa, o órgão de defesa do consumidor já havia oficiado os estabelecimentos para que mantivessem equipes suficientes para atender os clientes em menos de 15 minutos em dias normais e em menos de 30 minutos em vésperas de feriados e pós-feriados. Além disso, o órgão chegou a notificar sobre a irregularidade encontrada nesses locais mais de uma vez, mas, apesar disso, o problema permaneceu.

“A falta de comprometimento dessas instituições com a legislação municipal chegou a um ponto crítico em que não vimos outra solução senão a multa. Vamos continuar realizando a fiscalização para garantir ao cidadão petropolitano que não fique horas na fila aguardando para ser atendido. Vamos manter a fiscalização firme e eficiente”, garante o coordenador do órgão, Bernardo Sabrá.

Na semana passada, outra ação de fiscalização do órgão em 12 agências não encontrou atrasos em nenhuma delas. Foram seis agências do Itaú, três do Bradesco e três do Santander fiscalizadas e em todas elas o tempo de espera para o atendimento era de, no máximo, 13 minutos. A lei usada é 5.763 de 2001.

Quem quiser denunciar alguma prática abusiva pode contatar o Procon pela página do órgão no Facebook, o Procon Petrópolis; pelo site www.petropolis.rj.gov.br/procon. Há, ainda, o WhatsApp Denúncia, no número 98857-5837 ou os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Atendimento presencial pode ser realizado na unidade do Centro, que fica na Rua Moreira da Fonseca, nº 33. A unidade de Itaipava localizada no Centro de Cidadania, que fica na Estrada União e Indústria, 11.860. Os telefones da unidade são: 2222-1418, 2222-7448 e 2222-7337.

Formações para gestores escolares será realizado graças à parceria com a Fundação Telefônica Vivo

Diretores gerais e adjuntos da rede municipal de Educação foram convidados a participar de uma formação que abordará os conceitos de inovação educativa nos ambientes escolares. A iniciativa é da Fundação Telefônica e tem apoio da prefeitura por meio da Secretaria de Educação. Os encontros ocorrerão na Casa da Educação Visconde de Mauá. As inscrições devem ser feitas até o dia 20 de abril pelo telefone 2246-8678.

Para a inscrição é necessário informar o nome completo, CPF, e-mail, telefone e unidade escolar. Duas turmas serão formadas para o curso que será dividido em dois módulos. Serão dois dias de formação, com oito horas de aulas. A primeira turma terá aulas nos dias 25 de abril e 4 de junho e a segunda turma terá aulas nos dias 26 de abril e 5 de junho.

O primeiro módulo - Introdutório - vai mostrar como se deve pensar na inovação dentro do cenário escolar, mobilizando todos os envolvidos em ações de transformação. O segundo módulo - Gestão Inovadora - vai apresentar os princípios básicos de uma gestão condizente com a educação do século XXI.

As formações ocorrerão segundo os conceitos do Inova Escola – A intenção, segundo o projeto, é o de incentivar, provocar e disseminar a adoção e o compartilhamento de práticas inovadoras em escolas onde exista o desejo de transformação.

“A educação precisa se reinventar a cada dia para obter os melhores resultados pedagógicos. As tecnologias digitais são peças fundamentais para contribuir para essas mudanças. Por isso, é importante que os profissionais participem da capacitação”, disse a secretária de Educação, Samea Ázara.

Beneficiários do São Sebastião, Castelânea, Chapa 4, Mosela e Bataillard devem procurar o CRAS Centro

Termina, nesta sexta-feira (20.04), o prazo para os beneficiários do Cartão Imperial, moradores do São Sebastião, Castelânea, Valparaíso (Chapa 4), Mosela e Bataillard, realizarem o recadastramento. A atualização está sendo feita no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Centro, localizado na Rua Dr. Sá Earp, nº 39, das 9 às 16h. 

Por ser regiões muito populosas, o processo foi dividido em ordem alfabética para realizar a atualização dos dados até esta sexta. A meta da prefeitura é manter ativo o benefício dos que comprovarem a situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional para manter o recebimento de R$ 70 mensais.

A secretária de Assistência Social, Denise Quintella anuncia que as convocações dos beneficiados estão sendo realizadas junto aos Centros Comunitários, unidades de Saúde e igrejas das regiões.

“No ano passado, realizamos o processo por ordem alfabética e tivemos bons resultados no atendimento que ocorreu de forma mais organizada, mas nós temos ciência de que nem todos podem ir às datas estabelecidas, então quem não puder comparecer no dia determinado poderá realizar a atualização em outro dia”, reforça Denise Quintella.

Denise Quintella informa que as famílias que não se recadastrarem terão inicialmente o benefício bloqueado por 30 dias. Atualmente, o município conta com 4.111 pessoas com os cadastros atualizados e ativos e 1.519 usuários já foram desligados do programa por não comprovarem a situação de vulnerabilidade social, de insegurança alimentar e/ou nutricional.

“O desligamento não é automático. Primeiro o benefício é bloqueado, então a família que não conseguir sacar o valor do benefício deve procurar atendimento no CRAS mais próximo de sua residência ou o atendimento junto à Secretaria localizada no Centro Administrativo da prefeitura na Avenida Barão do Rio Branco para avaliar o cadastro”, afirma Denise Quintella.

 Como se recadastrar? 

O recadastramento do Cartão Imperial garante o recebimento do benefício aos atendidos que estejam dentro dos critérios do programa, ou seja, que comprovem situação de vulnerabilidade social e estejam devidamente cadastrados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Caso a família não atualize os dados, o benefício é inicialmente bloqueado para que a pessoa entre em contato com a Secretaria de Assistência Social para regularizar o cadastro.

A Secretaria de Assistência Social disponibiliza uma equipe para convocar as famílias por telefone. Para fazer o recadastramento, o usuário deve levar documento de identificação, CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho ou comprovante de renda, certidão de nascimento dos filhos menores, comprovante de escolaridade e carteira de vacinação dos menores de 10 anos. 

Pessoas com deficiência ou portadores de doença crônica devem apresentar laudo ou comprovante de acompanhamento médico. Em casos de dúvidas, os moradores podem entrar em contato pelos telefones (24) 2233-8109 e 2233-8110.

Projetos foram criados no Programa Lidera Rio

Quatro projetos que potencializam mudanças para melhorias na gestão pública e consequente desenvolvimento econômico da cidade foram apresentados por servidores dentro do Programa Lidera Rio. As quatro sugestões que modificam e aprimoram rotinas de trabalho serão implantadas pela prefeitura. A partir daí, o Sebrae, responsável pelo programa fará o monitoramento das ações. Os projetos têm o objetivo de promover o desenvolvimento econômico, promover a desburocratização dos serviços e fortalecer o turismo e agricultura de Petrópolis. As ideias foram apresentadas nessa quarta-feira (18.04).

Para os secretários municipais de Petrópolis e lideranças dos departamentos da administração pública que participaram do Lidera, o programa foi uma ótima oportunidade para incentivar o desenvolvimento do planejamento estratégico, conhecer as tendências do setor público e gestão de projetos, além dos processos e tecnologia. O governo municipal vai somar forças para colocar todos os projetos em prática.

Os projetos foram criados segundo os eixos do programa: planejamento urbano para o desenvolvimento, ambiente de negócios, sustentabilidade e resiliência, ambiente de negócios e diversificação da matriz econômica.

“Formamos um grupo de trabalho eficiente e, com o auxílio da capacitação oferecida pelo Lidera, planejamos projetos que terão impactos positivos para a população, como a criação de ambiente de negócios favorável para os produtores rurais, desenvolvimento turístico da região do Bonfim e metas de desburocratização dos serviços através do atendimento no Espaço Empreendedor”, disse Marcelo Fiorini.

Petrópolis participou do programa junto com oito municípios selecionados pelo Sebrae. "A ideia desse encontro foi a de apresentar os projetos criados a partir do programa Lidera Rio. Os projetos foram criados pela equipe do governo com a intenção de desburocratizar serviços e promover o desenvolvimento econômico”, explicou Claudia Pacheco, coordenadora Regional do Sebrae/RJ.

Na ocasião, o consultor Pedro Succar parabenizou a equipe do governo municipal. “Em oito meses de duração do projeto, Petrópolis alcançou resultados positivos. Em maio teremos uma premiação do Lidera e queremos que a equipe da prefeitura esteja junto conosco nesse momento. Petrópolis tem iniciativas muito positivas e isso nós conseguimos comprovar a partir do comprometimento da equipe que participou do Lidera Rio”.

Projetos: plano de bairro, COPAPE, Sistema Integrado e Espaço Empreendedor

Um dos projetos apresentados no Lidera diz respeito à criação da Cooperativa de Processamento Alimentar de Petrópolis. A intenção é de constituir instituição será responsável pelo processamento de alimentos, levando-se em consideração a remoção de toxinas, conservação, aumento de disponibilidade sazonal, transporte de alimentos delicados e perecíveis por longas distâncias e a segurança microbiológica.

“Com a cooperativa, agregamos valor ao que é produzido na cidade e aumentamos as chances dos produtores venderem para os setores da cidade que ainda encontram dificuldades para conseguir comprar grande parte desses alimentos em Petrópolis, como hotéis e restaurantes. Estamos na fase de estudo de onde a cooperativa pode ser instalada”, explicou Marcelo Fiorini.

Outro projeto apresentado no Lidera Rio, criado por Layla Talin, chefe do Departamento de Planejamento Urbano, foi o Plano de Desenvolvimento de Bairro no Bonfim, com metas para o desenvolvimento de agroturismo e aumento da produção de orgânicos, consolidação do Ecoturismo e de tecnologias sustentáveis e desenvolvimento de comércio e serviços com foco nos micros e pequenos negócios.

“O potencial turístico o bairro é muito grande e a localização é privilegiada, na entrada do Parque Nacional da Serra dos Órgãos. Conversamos com os moradores e elaboramos um projeto que fortalece essas vocações do local, com a implantação de infraestrutura para melhor receber os visitantes. Também listamos as necessidades do local e sinalizamos o que deve ser feito para melhorar a vida dos moradores”, explicou Layla.

Ilana Gall, assessora técnica de apoio gerencial e legislativo do gabinete do prefeito criou, dentro do eixo Sustentabilidade e Resiliência, um sistema integrado entre o Gabinete do Prefeito, Secretarias, CPTrans, Comdep e Câmara Municipal, para unificar o recebimento de indicações de serviços públicos.

Atualmente, a prefeitura recebe uma média de 5500 indicações de serviços públicos por ano da Câmara. São indicações para que as secretarias façam serviços específicos como tapar um buraco, colocar um corrimão numa escada e fazer capina. Essas indicações são entregues e protocoladas por meio físico, ou seja, através de papel. Através de um sistema único, a Câmara alimentaria o sistema e mandaria essas indicações para o gabinete e o próprio sistema indicaria para quais secretarias deveriam ser encaminhadas determinadas indicações.

O encontro contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini, da secretária de Educação, Samea Ázara e do coordenador de Gestão Estratégica e Planejamento, Roberto Rizzo, além de Claudia Pacheco, coordenadora Regional do Sebrae RJ e dos integrantes do Lidera Rio, Jean Caris e Pedro Succar.

A ampliação do alcance dos serviços do Espaço Empreendedor também foi prevista no quarto projeto, do Espaço Empreendedor. Em março, o Espaço Empreendedor atendeu mais de 700 solicitações de empresários, no Centro Administrativo. O projeto prevê que o EE passe a funcionar em um local no Centro Histórico – com uma área especial para o oferecimento de cursos de capacitação – e que os serviços que hoje estão concentrados no espaço físico do EE possam também ser disponibilizados pela internet.

Notícias por data

« Abril 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30            

Alvará Online - BANNER

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

cpge

selo acesso informacao.fw

cmv-logo