Segunda, 17 Setembro 2018 19:12

Petrópolis abre a Serra Serata nesta terça

Petrópolis abre, nesta terça-feira (18.09), a Serra Serata, às 19h, no Palácio de Cristal. A solenidade da Festa Italiana vai contar com uma apresentação especial do Coral Municipal de Petrópolis, às 20h. Durante toda a noite, o público vai poder entrar no clima da cultura italiana com a presença de um gondoleiro nos jardins do palácio e ainda barracas com as delícias da comida típica. A festa vai até o domingo (23.09), com extensa programação cultural, com destaque para a apresentação da cantora italiana Mafalda Minnozzi, na sexta (21.09). A entrada é gratuita.

A Serra Serata faz parte do calendário oficial de eventos do município e é a realizada pela prefeitura, através da Turispetro e do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), em parceria com a Casa D'Italia Anita Garibaldi. “Assim como exaltamos as culturas alemã e japonesa, precisamos homenagear a cultura italiana, que também está presente até hoje na vida dos petropolitanos”, destaca o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo. “Temos certeza de que será mais uma festa de sucesso, com objetivo de agradar tanto o petropolitano, como atrair visitantes”, completa Marcelo Valente, secretário da Turispetro.

Na programação, estão palestras, apresentações musicais, contação de história, teatro, dança folclórica, entre outras atrações. Além disso, a Serra Serata vai contar com sete barracas com produtos oferecidos conforme cardápio sugerido pela Casa D’Itália, além de cafés, chocolates, doces, entre outros; e ainda o “Pantheon”, onde ficará o artesanato local, com produtos inspirados na cultura italiana e nas cores de sua bandeira. No primeiro dia de festa, nesta terça, as barracas abrem a partir de 18h e fecham às 23h. Assim como na quarta e na quinta-feira. Já no fim de semana, de 21 a 23 de setembro, o funcionamento será de 10h a meia noite na sexta e no sábado, e de 10h às 22h no domingo.

Confira a programação completa:

DIA

HORA

LOCAL

ATRAÇÃO

18/09 TER

19h

Interior

Solenidades de abertura

19-22h

Jardim

Gondoleiro

20h

Interior

Coral Municipal de Petrópolis

 

 

 

19/set QUA

18h

Interior

Palestra "O Brasil que veio da Itália" - com José Luiz D´amico

18-21h

Jardim

Gondoleiro

20h

Interior

Renato Esttrada e família

 

 

 

20/09 QUI

18-21h

Jardim

Gondoleiro

21h

Interior

Renato Gabbiani

 

 

 

21/09 SEX

18-21h

Jardim

Gondoleiro

18h30

Interior

Tributo a Renato Russo - Concreto Humano

21h

Interior

Mafalda Minnozzi

 

 

 

22/09 SÁB

11h

Interior

Contação de histórias infantis "Verso na Viola"

14h

Interior

Teatro: "O Reino - Comedia Dell´arte"

17h

Interior

Orquestra Ação Social pela Música

17-20h

Jardim

Gondoleiro

20h

Interior

Tenor - Evandro Olivah

 

 

 

23/09 DOM

11h

Interior

Banda 1° Setembro

14-17h

Jardim

Gondoleiro

14h

Interior

Dança folclórica - RheilandPfalz

15h

Interior

Dança folclórica - Petrópolis Danças Folclórica

17h

Interior

Tributo a Eros Ramazzotti - A Rebelião

19h

Interior

Tributo a Laura Pausini - Cristiano Gavioli e Bebel Nunes

 

 

 

 

 

Ideia é criar uma nova rota que sirva de alternativa para o fluxo que ficará mais intenso com os novos empreendimentos habitacionais do bairro

A prefeitura, o Ministério Público e a iniciativa privada estão construindo melhorias para a mobilidade urbana em Corrêas, região que está ganhando cerca de 800 unidades habitacionais em três grandes empreendimentos particulares. Uma proposta em análise é para criar um novo acesso por trás de um desses empreendimentos e construir uma ponte fazendo ligação direta com a Estrada Mineira. Além disso, seriam construídas mais duas rotatórias, permitindo dar fluidez ao tráfego.

A ideia é criar uma ligação entre a Rua Manoel Muniz Falcão (que fica atrás do supermercado Xodó de Minas e do empreendimento Palmeiras do Prado) e um terreno particular que fica ao lado da antiga Montreal e em frente ao Seminário Diocesano. Esse terreno pertence a uma construtora que já se comprometeu a fazer a cessão do espaço para as obras. Desse local, será construída uma ponte que dará acesso à Rua Domingos Nogueira, saindo na Estrada Mineira. O projeto prevê que as rotatórias fiquem na região do Prado e a outra próxima ao Seminário Diocesano, ambas na Estrada União e Indústria.

A prefeitura já está caminhando com um projeto para a mobilidade urbana em Itaipava e agora dá os primeiros passos com essa proposta em Corrêas, que será uma excelente alternativa para essa região, permitindo que os motoristas tenham duas opções para trafegar em direção aos distritos, tanto pela própria União e Indústria quanto por esse novo acesso.

O Ministério Público acompanha as ações  tendo em vista o impacto que os novos empreendimentos trarão ao trânsito de Corrêas. “A preocupação é o aumento desse fluxo em um local que já é saturado. Então era preciso pensar numa alternativa e apareceu esse terreno. Agora é preciso levantar as obras e os custos e ver como isso será dividido pela iniciativa privada e o que a prefeitura pode fazer”, disse a promotora do Ministério Público Estadual, Zilda Januzzi.

Corrêas e Itaipava têm atenção especial em mobilidade

 A região onde ficam os três empreendimentos (Cenário de Monet, Bosque de Montreal e Palmeiras do Prado, construídos dentro do programa “Minha Casa Minha Vida” e voltados para famílias com renda mensal de até R$ 4 mil) fica entre o Centro da cidade e Itaipava. Todo tráfego desse espaço, de veículos leve e do transporte público, passa pela Estrada União e Indústria. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) já apresentou um projeto de reforma da rodovia (desde o Retiro até Pedro do Rio), que tem previsão de iniciar em seis meses. A nova pavimentação também ajudará a dar maior mobilidade do fluxo de veículos na área dos conjuntos habitacionais.

Para os distritos, está sendo feito um projeto em parceria com a iniciativa privada para criar um acesso entre o supermercado Bramil e um estacionamento vizinho. Com isso, um dos lados da rotatória próximo ao Terminal de Itaipava será fechado, diminuindo a quantidade de cruzamentos, o que vai dar maior fluidez ao tráfego do local. A ideia também prevê duplicar todo trecho até o Shopping Estação. Esse projeto agora está em fase de orçamento.

As academias da Saúde do município vão passar a contar, a partir desta terça-feira (18.09), com as Práticas Integrativas e Complementares de Saúde (PICS), que são procedimentos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais oferecidos pelo Sistema Único de Saúde. São exemplos destas práticas atividades como yoga, acupuntura, shiatsu e shantala, por exemplo. Estes tratamentos ajudam a melhorar quadro de doenças e dar mais qualidade de vida.

“Estas terapias são bastante conhecidas e ajudam a trabalhar a prevenção à Saúde. Já realizamos este tipo de prevenção fomentando o incentivo à atividade física nas quatro academias da Saúde e, agora, temos este estímulo, promovendo estas práticas integrativas e dando acesso para quem não tem condições de buscá-las em um espaço privado”, disse a secretária de Saúde interina, Fabiola Heck.

Para que as atividades pudessem se tornar realidade nas academias da Saúde, a Secretaria de Saúde assinou um convênio com a Associação Petropolitana de Profissionais de Práticas Integrativas Complementares de Saúde (APPPics). A APPPics vai disponibilizar profissionais para atender as quatro academias com sete práticas: yoga, shiatsu, acupuntura, fitoterapia, florais, shantala e terapia comunitária integrativa.

“A implantação das PICS no município vem ao encontro de um desejo, tanto da população, que nas duas últimas conferências municipais de Saúde já incluíram na pauta a implementação e integração destas práticas na rede pública, como do ex-secretário Silmar Fortes, que, quando vereador, já havia criado um grupo para discutir as formas como iríamos implantar as PICS em Petrópolis. Com a assinatura deste convênio, de fato, a APPPics vai poder oferecer para a população as sete práticas integrativas”, disse o presidente da APPPics, Jorge Ponce.

A primeira Academia a contar com o serviço vai ser a do Vale do Carangola. As inscrições estão abertas. Para participar, basta procurar a unidade, com documentos pessoais (RG ou CPF). Na quarta, os trabalhos vão ter início na Academia da Saúde do Castelo São Manoel. As práticas são totalmente gratuitas.

“A ideia é que, com a implantação destas práticas na rede pública, a gente consiga fazer um trabalho de caráter de prevenção de doenças, de promoção da Saúde, focalizando a ideia de “cuidado de si”, que consideramos um aprendizado fundamental. Todos estamos muito satisfeitos. Esta implantação transforma o município numa vanguarda em termos de estado, pois é a única cidade do estado a disponibilizar sete práticas integrativas em sua rede pública”, completou Ponce.

O município conta com quatro academias da Saúde. Além do Vale do Carangola e Castelo São Manoel, há, ainda, as unidades do Parque Cremerie e do Parque Municipal de Itaipava. Atualmente, cerca de 200 pessoas são atendidas com aulas de ginástica, alongamento, karatê, capoeira e zumba, entre outras atividades.

Representantes de diversas secretarias municipais, Petrópolis Convention & Visitors Bureau e empresários da cidade se reuniram na prefeitura, na tarde desta segunda-feira (17.09), para traçar ações em conjunto que visam trazer melhorias para a cidade e atrair turistas. Em tempos de crise econômica, o objetivo é somar forças entre iniciativa privada e o poder público. O encontro vai resultar em agendas de trabalho para assuntos específicos, como trânsito, calendário de eventos, entre outros.

A região de Itaipava ganhou destaque na reunião, inclusive com a apresentação da “marca” Itaipava, criada pelos empresários para divulgar o distrito, além de discussões em torno do Parque Municipal e das melhorias previstas para desafogar o trânsito. No encontro, a prefeitura falou sobre os avanços conquistados junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para a recuperação e restauração da Estrada União e Indústria, com obra orçada em R$ 40 milhões.

É muito importante ouvir os empresários e criar ações em conjunto. A prefeitura acredita que as parcerias com a iniciativa privada são o caminho para o desenvolvimento do município e também, claro, do turismo.

“O intuito da reunião era pensar em ações que possam ajudar a desenvolver o turismo e os empreendimentos na cidade. Nós, como empresários, estamos tentando fazer a nossa parte e até mais. Se essa é uma cidade que vive do turismo, então temos que ser uma cidade turística e dar as mãos para seguir em frente”, frisa o presidente do Convention & Visitors Bureau, Samir El Ghaoui.

O encontro abordou assuntos em diversas frentes, como meio ambiente, que instalou placas de sinalização das cachoeiras e trilhas; fiscalização de posturas, que vem recolhendo panfletos distribuídos sem autorização e multando as empresas responsáveis; obras, que vem desenvolvendo projetos para mobilidade a região de Itaipava.

Na área de eventos, a proposta é de que o município e o Convention lancem em conjunto e com antecedência, o calendário oficial da cidade. “Esse é o caminho, a união. Temos aberto as portas da prefeitura para a iniciativa privada e isso tem dado muito certo, principalmente nos eventos”, explica Marcelo Valente, secretário da Turispetro. “Temos buscado parcerias e essa integração é fundamental. Temos agora um grande desafio, que é o Natal Imperial, e contamos muito com a iniciativa privada”, completa Leonardo Randolfo, a frente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE).

Período de vacinação vai até o próximo sábado (22.09)

A Campanha de Vacinação contra Sarampo e Poliomielite tem sequência, nesta semana, em todo o estado do Rio de Janeiro. Em Petrópolis, a campanha imunizou 80% do público alvo, que são crianças de um a menores de cinco anos. No último sábado (15.09), aconteceu o Dia D de vacinação, com nove postos de saúde funcionando, que vacinou 110 crianças. A campanha segue até o próximo sábado (22.09).

“Estamos com 15 postos aplicando as vacinas de segunda a sexta-feira durante a campanha e devemos reforçar a importância que tem a de os pais levarem os filhos para vacinar. Esta é a última semana e é fundamental que não se deixe para a última hora. O responsável deve levar a caderneta de vacinação”, destacou a secretária interina de Saúde, Fabiola Heck.

Até esta segunda-feira (17.09), foram aplicadas durante a campanha, no município, 11.466 doses da vacina contra a poliomielite e 11.352 de triviral, vacina que previne sarampo, rubéola e caxumba. A estimativa da Secretaria de Saúde é que 14 mil crianças sejam imunizadas até o fim da campanha. As 15 salas de vacinação funcionam de segunda a sexta-feira.

“Pela imunização de rotina, a vacina triviral deve ter primeira dose aplicada quando completado um ano de vida, com reforço com um ano e três meses. Quem não está no público alvo da campanha e já tem doses de acordo com o calendário de vacinas não precisa ser vacinado novamente”, explicou a diretora de Vigilância em Saúde, Elisabeth Wildberger. A aplicação da triviral fechou o ano passado com 73% de cobertura e contra a poliomielite com 71%.

No Dia D, o movimento nas nove salas de vacinação foi tranquilo durante todo o dia, mas quem aproveitou para levar o filho para vacinar no Centro de Saúde Coletiva teve uma surpresa. Um grupo de médicos trapalhões que fizeram a alegria das crianças e funcionários da unidade. São os Doutores de Esperança, uma equipe de voluntários que se vestiram de palhaço para melhorar o clima de tensão, comum entre as crianças nos momentos em que antecedem o da vacina.

“A ideia do nosso grupo é justamente essa, de transformar estes momentos em minutos de alegria e diversão. Geralmente, as crianças chegam à vacinação com muito medo, apreensivas, tensas, e desejamos mudar um pouco isso. É um sentimento de gratidão, em cada sucesso que temos”, disse o coordenador do grupo, Ricardo Beck.

O Brasil não registra casos de poliomielite desde 1990. No entanto, apesar da erradicação ter sido feita há 28 anos, o país mantém a vacina no calendário nacional. Quanto ao sarampo, há 26 anos Petrópolis não registra casos da doença. Este ano, 18 casos foram confirmados no estado, sendo 15 na cidade do Rio, dois em Duque de Caxias e um em Niterói.

O cozinheiro Adriano Leal, de 47 anos, levou o filho Pietro para vacinar no Centro de Saúde. Esta foi a oportunidade, já que teve o sábado livre e não poderia deixar de aproveitar para imunizar o filho.

“Tenho dificuldade para conciliar os horários e poder trazê-lo, mas graças ao Dia D tive essa possibilidade. Achei bem bacana o trabalho do pessoal que alegra estes momentos. A vacinação é muito importante e não podemos deixar o medo atrapalhar este momento”, disse Adriano.

No próximo sábado (22.09), último dia da Campanha, a imunização vai estar disponível na sala da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica, que fica ao lado do Hospital Municipal Doutor Nelson de Sá Earp. O posto vai funcionar das 8 às 16h.

Veja a lista com as 15 salas que participam da Campanha de segunda a sexta-feira:

PSF Alto da Serra

PSF Posse

PSF São Sebastião

UBS Alto Independência

UBS Morin

UBS Mosela

UBS Itaipava

UBS Pedro do Rio

UBS Quitandinha

UBS Retiro

Centro de Saúde Coletiva

Centro de Saúde no Itamarati

Ambulatório Escola

Epidemiologia (ao lado do Hospital Municipal Doutor Nelson de Sá Earp)

Hospital Alcides Carneiro (HAC)

Ísis Costa da Silva, da Jotaefe, venceu entre as mulheres com o tempo de 1h06min

No masculino a vitória foi de José Gutembergue Ferreira, da Pé de Vento, que completou o percurso em 50min53s

Mais de 300 pessoas participaram da corrida Petrópolis-Itaipava realizada no último domingo (16.09). Os atletas encararam um percurso de 15 quilômetros que teve a largada na Rua Padre Siqueira, aos fundos do Palácio de Cristal, passando pela Avenida Barão do Rio Branco, Rua Hermogênio Silva e Estrada União e Indústria, até o Parque Municipal, em Itaipava. No geral, entre as mulheres, a vencedora foi Ísis Costa da Silva, da Joetefe, que fez o tempo de 1h06min e16 segundos. No masculino, a vitória foi de José Gutembergue Ferreira, da Pé de Vento, que completou a prova em 50min53seg. O evento contou pontos para os corredores no ranking municipal de corredores de rua, criado este ano pela prefeitura.

A Petrópolis-Itaipava fez parte do calendário esportivo da cidade durante as décadas de 80 e 90, voltando a ser realizada em 2016. Neste ano, a prova seria realizada em maio, mas foi adiada devido à crise de combustíveis naquele mês em todo o país. Mas nada disso impediu a presença dos atletas, que contaram com um staff diferenciado no final da corrida, com açaí, frutas, isotônicos e água.

A prova foi a quarta corrida de rua que somou pontos para os atletas no ranking municipal. Até o final do ano, outros dois eventos contam para a tabela. A próxima será a Petrópolis Night Run, realizada no dia 29 de setembro. Em dezembro, os corredores mais bem colocados serão premiados pela prefeitura, por meio da Superintendência de Esportes e Lazer.

O objetivo é estimular cada vez mais a corrida de rua na cidade, garantindo mais saúde e bem-estar para a população. A modalidade é considerada a mais democrática do mundo, já que podem participar pessoas de todas as idades, com premiação para os participantes. O calendário esportivo do município conta com mais de 90 eventos, sendo 25 provas de corrida de rua. Todos os eventos esportivos na cidade estão disponíveis no site da prefeitura.

A Superintendência de Esporte e Lazer vai premiar os atletas mais bem colocados, buscando estimular a presença nas provas da cidade. O ranking era um pedido antigo dos atletas e dos treinadores, e vai ajudar no fomento da modalidade no município. É importante que todos estejam atentos a nossa programação.

Ranking municipal dos corredores de rua

Em janeiro deste ano, o Conselho Municipal de Esportes e Lazer (CMEL) aprovou a criação desse ranking para os atletas que participam das corridas de rua do município. A proposta é valorizar os atletas de alto rendimento da cidade e motivar a participação de mais pessoas nas provas que contam, em média, com mil pessoas. O ranking atualizado está disponível no site da prefeitura.

Provas que valem pontos para o ranking neste ano:

01/05 - Corrida do trabalhador

16/06 - XC Run

22/07 - Etapa Tecno Day do Circuito Desafio

16/09 - Petrópolis-Itaipava

29/09 - Petrópolis Night Run

21/10 - Corrida Master

Detalhes do evento foram programados durante reunião do COMED

O cumprimento das 20 metas estabelecidas no Plano Municipal de Educação poderá ser verificado durante uma Pré-Conferência que será realizada nos dias 8, 9 e 10 de outubro. O objetivo será o de avaliar e monitorar as metas definidas em 2015 e escolher os delegados que terão poder de voto durante a VI Conferência Municipal de Educação que deverá ocorrer nos dias 24, 25 e 26 de outubro.

“A pré-conferência vai promover uma ampla discussão sobre as estratégias propostas em cada uma das 20 metas do Plano Municipal de Educação. Os estudos servirão como base para as discussões durante a Conferência no que diz respeito ao cumprimento dos objetivos propostos e os prazos para execução”, explica a secretária de Educação, Samea Ázara.

As normas da Pré-Conferência foram estabelecidas no Conselho Municipal de Educação – COMED – durante uma reunião extraordinária realizada nessa segunda-feira (17.09). Na ocasião, o presidente do COMED, Jelcy Corrêa, chamou a atenção para importância da Pré-Conferência. “Esse é um ponto importante na Educação. No Estado também estamos programando uma conferência para discutir o Plano Estadual de Educação e é essencial a participação democrática”.

As metas serão analisadas na Pré-Conferência por representantes de docentes, não docentes, pais/comunidade, alunos, gestores, Secretaria de Educação, COMED e profissionais da educação da rede privada. Os interessados poderão se inscrever – de acordo com as metas de interesse - em um link que será disponibilizado no final do mês no site da prefeitura.

Para facilitar as discussões, as metas foram separadas em eixos: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos, Educação Superior, Valorização Profissional e Financiamento, Formação Docente, Educação, Infantil, Educação Especial e Gestão Democrática. Cada grupo se reunirá durante os três dias de Pré-Conferência para discutir as metas. Os encontros ocorrerão em escolas, como Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio e Casa da Educação Visconde de Mauá.

VI Conferência Municipal de Educação

No último dia de Pré-Conferência serão escolhidos os delegados que terão poder de voto durante a VI Conferência Municipal de Educação – marcada para os dias 24, 25 e 26 de outubro de 2018. O local e os horários ainda serão confirmados.

Vale salientar que as metas estabelecidas no Plano Municipal de Educação – criado em 2015 – devem ser discutidas em Conferência, a cada três anos, conforme prevê o artigo 4º da Lei Municipal nº 7.619 de 26 de dezembro de 2017

Quem ainda não pôde conferir a exposição “Hexágonos”, no Centro Cultural Estação Nogueira, terá mais uma oportunidade. A mostra, da artista plástica Luciana Santos, foi estendida até o dia 30 de setembro. São 27 obras, com pinturas em tinta acrílica, todas apresentando abstração geométrica, que tem como objetivo fazer o público enxergar a variedade de possibilidades com as formas geométricas, que podem criar diversos resultados artísticos. A entrada é gratuita.

A exposição tem feito sucesso em Nogueira. “Está tendo bastante visitação, tem entrado muita gente no Centro Cultural. As pessoas têm se mostrado bem interessadas. Com certeza vou fazer outra, já estou procurando para agendar para o ano que vem”, frisa a artista.

Luciana Santos é bacharel em Educação Artística pela Faculdade de Artes Plásticas da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) – SP. Desde o início de sua carreira ela optou pela pintura como manifestação artística preferida e se identificou com a abstração geométrica como tema principal das obras. Com o passar dos anos, o trabalho da artista foi se transformando aos poucos.

Inicialmente ela utilizava formas geométricas mais simples, como retângulos e quadrados, focando principalmente nas cores, que sempre foram o ponto forte de suas obras. Atualmente,ela valoriza de igual modo, tanto as cores, quanto as formas geométricas e busca criar uma relação entre elas (formas e cores). Para esta mostra, ela traz alguns quadros com pinturas em 3D no fundo. “Meu objetivo está em ‘instigar’ meu espectador para que ele perceba que se pode descobrir uma variedade de possibilidades com as formas geométricas”, completa.

O Centro Cultural Estação Nogueira fica na Av. Leopoldina, 317, Nogueira. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h, sábados de 9h às 14h. O espaço ainda abre as portas dois domingos a casa mês -  no segundo e no quarto domingos - além de feriados e pontos facultativos. Nestes casos o funcionamento acontece de 9h às 13h.

Petrópolis é pioneira no país na inserção do temas Defesa Civil e Educação Ambiental na rede municipal de ensino

Alunos irão desenvolver trabalhos participativos sobre as ameaças de cada estação

A política municipal de inclusão dos temas Proteção e Defesa Civil e Educação Ambiental nas escolas da rede municipal de ensino será lançada na próxima quarta-feira (19.09) na Escola Municipal Dr. Paula Buarque, no Vale do Cuiabá, às 9h. A discussão do assunto em sala de aula oferece a oportunidade de os estudantes desenvolverem a cultura de prevenção aos desastres de origem natural e de percepção de riscos, fazendo Petrópolis ser pioneira no país na inserção do conteúdo em ambiente escolar. Ao longo de cada semestre, os alunos devem desenvolver trabalhos práticos sobre as ameaças de cada estação. Neste período, as escolas devem desenvolver atividades participativas sobre deslizamentos de terra, rolamento de blocos rochosos, inundações, tempestades de raio e vendavais, além de assuntos que garantam a preservação do meio ambiente.

Também no dia do lançamento, será apresentado o jogo da Turma do Pedrinho, que ensina de forma lúdica as medidas adotadas em casos de emergências e questões de educação ambiental. A política pública é a principal aposta da prefeitura na redução do risco de desastres, investindo na educação como forma de prevenção. Sancionada e publicada em Diário Oficial, a aplicação da lei em sala de aula é um passo importante no desenvolvimento de uma cultura de resiliência, orientando os alunos sobre como se comportar em caso de ocorrência.

A elaboração da política pública contou com o apoio do Conselho Municipal de Educação (COMED), do Sindicato dos Profissionais de Ensino (SEPE), além de membros das secretarias de Defesa Civil, Educação e Meio Ambiente. A iniciativa vai reforçar as ações do município que trabalham a importância da prevenção, não só no ambiente escolar, mas também nas comunidades. O secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, destaca que a iniciativa comprova a preocupação da prefeitura com as mudanças climáticas, que podem trazer graves consequências para quem mora em locais de risco.

“A política pública é um grande marco para a nossa cidade. A ideia de transformar a forma de pensar da população passa diretamente pelo ensinamento nas escolas. Desde o início da gestão, estamos trabalhando de forma antecipada, com foco na prevenção aos desastres de origem natural”, explica o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz.

A nomeação como escola polo e também como local de lançamento da política pública é emblemática: foi no Vale do Cuiabá onde ocorreu a maior catástrofe de origem natural do país, em 2011. A diretora da Escola Municipal Dr. Paula Buarque, Karine Vaz Toraldo, elogiou a iniciativa da prefeitura em cultivar nas crianças a cultura da prevenção. “Por mais que seja uma escolha simbólica, para os alunos é importante, já que muitos sofreram com a tragédia ocorrida aqui. É um jeito diferente de contribuir no desenvolvimento dessas crianças, criando a ideia da percepção de riscos, de saber como reagir no momento de uma tragédia. Acredito que será importante para o futuro da cidade”, disse. 

A secretária de Educação, Sâmea Ázara, destaca que cada escola vai contar com um profissional de ensino responsável pela aplicação da política pública. A ideia é que toda a rede municipal de ensino esteja engajada no desenvolvimento da ação. A capacitação dos profissionais de educação será realizada no dia 24 de setembro, de 8 às 17h, na Câmara Municipal.

“O trabalho que está sendo desenvolvido em conjunto, entre as secretarias de Educação, Meio Ambiente e Defesa Civil, vai garantir que o projeto seja um sucesso na rede municipal de Educação. Toda e qualquer informação sobre a prevenção deve ter toda a atenção de toda a comunidade escolar”, afirmou a secretária.

Além da política pública, a Defesa Civil começa em setembro as reuniões setoriais que definem as matrizes de atividades e responsabilidades e os planos de contingência que fazem parte do Plano Verão 2019 de Petrópolis. O trabalho antecipado será realizado em cima das principais ameaças da estação: deslizamento de solo ou rocha, inundações, rolamento de blocos rochosos, vendavais e tempestades e raios. A medida tem como foco prevenir os desastres de origem natural, além de investir na orientação dos moradores nas comunidades.

“Ganhamos o reconhecimento da Organização das Nações Unidas e do Tribunal de Contas do Estado por causa das nossas ações de prevenção aos desastres de origem natural. São indicativos de que estamos no caminho certo na busca por uma cidade mais resiliente”, completa o secretário de Defesa Civil.

Doações podem ser feitas em diversos estabelecimentos do Centro e distritos

Termina em duas semanas o prazo para a doação de rações para cães e gatos. A campanha Procão, do Procon Solidário, tem o intuito de arrecadar os alimentos que serão destinados a protetores de animais. Quem doar a cima de cinco quilos de reações, ainda recebe, de brinde, um porta-copos com fotos de cães e gatos.

Além das duas unidades do Procon, no Centro e Itaipava, as doações também estão sendo recebidas em qualquer unidade do supermercado Armazém do Grão, supermercado Extra Quitandinha, e as lojas no Centro da cidade Rações Arara Azul, Auqmia Petstorage, Rospauth e Per Labrador.

O brinde entregue pelo Procon, porta-copos são estampados com fotos de sete cachorros e dois gatos. Dois dos cães são da chefe de atendimento do Procon Petrópolis, Mara Cristina Pessoa, que atua há 22 anos do órgão de defesa do consumidor. “Marwim e Oliver são dois buldogs francês que agora estampam os porta-copos. Fico muito feliz em poder participar dessa ação, porque sou apaixonada pelos animais”, conta.

A campanha Procão faz parte das ações realizadas dentro do Procon Solidário – vertente do órgão de defesa do consumidor que tem o intuito de ajudar à população com campanhas especificas. 

Com o sucesso de todas as ações realizadas pelo Procon Solidário, o órgão inseriu mais uma causa do seu calendário. Após 4 campanhas seguidas focando em ajudar as pessoas, o Procon Petrópolis sentiu a necessidade de ajudar e criar também uma rede de solidariedade a causa animal.

Outras informações podem ser conseguidas na página do órgão no Facebook, o Procon Petrópolis; pelo site www.petropolis.rj.gov.br/procon. Nos telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Atendimento presencial pode ser realizado na unidade do Centro, que fica na Rua Moreira da Fonseca, nº 33. A unidade de Itaipava localizada no Centro de Cidadania, que fica na Estrada União e Indústria, 11.860. Os telefones da unidade são: 2222-1418, 2222-7448 e 2222-7337.

Durante toda a Semana da Mediação, vários aspectos serão abordados em diferentes frentes, e todos com o mesmo objetivo: resolver um conflito. Toda mediação visa promover a paz entre duas partes, ato este que por vezes as pessoas fazem no seu dia a dia sem perceber ou se dar conta que ali está acontecendo uma mediação. Com o tema “Mediação em Nosso Cotidiano”, a palestra ministrada pelo psicólogo e primeiro mediador do município, Jorcelei Fonseca, irá abordar essas negociações diárias no trabalho, família e relações. O encontro está marcado para o próximo dia 27 de setembro às 19h, na Universidade Estácio de Sá, no Bingen.

A palestra traz a discussão de novas ferramentas para serem utilizadas na mediação diária e que ela se torne um ato consciente, para que a negociação aconteça de forma mais eficaz e benéfica para todos. O encontro tem a finalidade de fazer as pessoas refletirem sobre a qualidade das relações que se darão de acordo com o bom diálogo e comunicação.

“Minha intenção na palestra, é afinar o instrumento da mediação que já fazemos todos os dias. É preciso discutir mediação e Petrópolis vem se destacando no cenário nacional como uma cidade pacificadora, não só na realização de eventos, mas como em frentes atuantes falando sobre paz e tornando as relações melhores”, contou o mediador Jorcelei Fonseca.

Jorcelei também é coordenador do Centro de Mediação do Fórum de Petrópolis, na Av. Barão do Rio Branco, que foi reativado há um ano e já realizou 500 audiências pacificadoras. “A intenção é que as famílias saiam melhor do que entraram. Acredito na força do encontro e cada pessoa é um universo diferente. É muito gratificante ver o resultado da mediação. Buscar a paz é uma atitude firme e corajosa, só busca a paz quem é forte. É uma das atitudes mais generosas que podemos ter com outro”, encerrou Jorcelei.

Iniciativa do Balcão de Empregos da prefeitura visa esclarecer o tema

As características dos processos seletivos realizados nas empresas petropolitanas e as necessidades dos setores em crescimento com relação à mão de obra são alguns dos detalhes que são abordados durante as palestras promovidas mensalmente pelo Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo DETRA – Departamento de Trabalho e Renda da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. O próximo encontro será realizado no dia 27 de setembro, às 14h, na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta.

No Balcão são cadastradas, semanalmente, cerca de 20 oportunidades de emprego de diversos setores. O Balcão faz uma triagem das vagas de acordo com os currículos. Os candidatos, cujo perfil atendem às especificações das vagas, são encaminhados para os processos seletivos. E, para que esses candidatos estejam sempre preparados para os processos seletivos, o Balcão de Empregos promove as palestras mensais.

“É importante que as pessoas que estão em busca de uma recolocação estejam atentas às necessidades das empresas e busquem sempre a atualização dos conhecimentos. As palestras motivam os candidatos e alertam sobre os setores que estão em crescimento”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Durante os encontros, o Detra explica que as pessoas que tiverem dificuldades na montagem de currículos podem procurar auxilio no departamento. “Todo o procedimento do cadastro do currículo no Balcão de Empregos é feito de forma on-line. É um processo simples, mas, quem tiver dificuldades pode conseguir auxilio no Espaço Empreendedor, onde um servidor público, que atua no Detra pode ajudar inclusive a montar o currículo”.

Neste ano, mais de mil candidatos já foram encaminhados pelo Balcão de Empregos, para processos seletivos. Já em 2017, o Balcão teve 5.607 currículos cadastrados. Também em 2017, foram oferecidas 387 vagas de emprego no Balcão.

Os próximos encontros do Balcão de Empregos já estão com datas marcadas: 25 de outubro e 22 de novembro.

Os interessados em cadastrar os currículos no Balcão de Empregos da Prefeitura devem fazer a inscrição no site www.petropolis.rj.gov.br. Informações podem ser consultadas por intermédio do telefone (24) 2233-8113. O Balcão de Empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O DETRA fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

Segunda, 17 Setembro 2018 18:59

Balcão de empregos tem 21 vagas disponíveis

Site da prefeitura é a ferramenta para os candidatos cadastrarem seus currículos

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem 21 vagas disponíveis nesta semana. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura através do site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone (24) 2233-8113.

Vale destacar que o balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

Confira as oportunidades:

Balconista de farmácia - 3 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Consultor de vendas externo - 1 vaga - sexo masculino - Ensino fundamental completo, habilitação categoria A, possuir motocicleta para trabalho e disponibilidade para viajar

Encarregado de limpeza - 2 vagas - ambos os sexos - Ensino médio completo, experiência em uso de equipamentos e limpeza em cozinha de restaurante

Estagiário em engenharia - 4 vagas - ambos os sexos - Cursando engenharia mecânica, de processo ou mecatrônica, com formação a partir de julho de 2020, inglês intermediário e conhecimento do pacote office

Estagiário na área de qualidade - 2 vagas - ambos os sexos - Cursando administração ou engenharia a partir do 5º período, nível avançado em inglês, bom conhecimento do pacote office e conhecimento do Sistema SAP

Cozinheiro - 1 vaga - ambos os sexos - Experiência

Garçom - 3 vagas - ambos os sexos - Ensino médio completo e experiência

Mecânico de máquinas pesadas - 1 vaga - sexo masculino - Ensino fundamental e experiência

Técnico de manutenção - 2 vagas - ambos os sexos - Ensino médio completo, curso técnico em eletrotécnica com inscrição no CREA, experiência mínima em manutenção industrial de 3 anos e conhecimento em inglês.

Além dessas foram cadastradas 2 vagas para portadores de necessidades especiais. As chances são para assistente de mecânica, ambos os sexos. Para concorrer é necessário ter ensino médio completo e apresentar laudo atualizado. Será considerado um diferencial se o candidato possuir noções do pacote office, conhecimento de inglês, cursos profissionalizantes na área de mecânica, elétrica, manutenção e segurança do trabalho.

Serra Serata será aberta com programação cultural e as delícias da culinária típica

Massas, nhoques, embutidos, molhos e muitas das delícias que fazem parte do dia-a-dia e da tradição dos italianos estarão em destaque na Serra Serata, que começa nesta terça-feira (18.09) e vai até domingo (23.09). Realizada no Palácio de Cristal, a festa vai contar não só com as delícias da culinária típica, mas também programação cultural, com atrações musicais, de teatro e contação de história, além de artesanato. Depois de passar por homenagens às culturas alemã e japonesa, Petrópolis, com 115 mil descendentes italianos, exalta agora os costumes desse povo e transforma um dos seus principais pontos turísticos em uma verdadeira “piazza italiana”.

Com entrada gratuita, o evento é promovido pela prefeitura, por meio da Turispetro e do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), com a parceria da Casa D'Itália Anita Garibaldi, que sugeriu o cardápio a ser seguido pelas barracas que farão parte da festa. O evento será aberto a partir de 18h e tem a expectativa de reunir não só petropolitanos, como muitos turistas, com um público estimado de mais de 15 mil pessoas.

Segundo documentos históricos, em 1845 começam a aparecer os primeiros registros da presença de italianos em Petrópolis, com o Relatório da Presidência da Província do Rio de Janeiro comprovando que entre os imigrantes havia um italiano. Em 1862 já eram 60 italianos na cidade, número que foi crescendo ao longo dos anos.

Para a presidente da Casa D'Italia Anita Garibaldi, Graça Vescovini, que participa desde a primeira edição da Serra Serata, que começou como Festa Italiana, essa é uma digna homenagem àqueles que também ajudaram a construir o município. “É uma festa maravilhosa, alegre, participei de todas”, explica. Segundo Graça, a herança mais forte deixada pelos imigrantes, presente até hoje, é a gastronomia. “As famílias ainda fazem as receitas de família. Cada região da Itália tem uma especialidade diferente e cada família tem uma forma especial de fazer sua comida. Eu, por exemplo, faço a polenta e molhos. Faço da forma que a minha nona (avó) fazia. As receitas vão passando de geração em geração”, completa.

Em Petrópolis, a herança gastronômica também está nas massas, nos embutidos, nos vinhos, doces, entre outros. Na Cidade Imperial, a estimativa é de que tenham 115 mil descendentes de italianos entre a 2ª, 3ª e 4ª geração, espalhados por bairros como Cascatinha, Alto da Serra, Bingen, Mosela, Quarteirão Italiano, entre outros.

Além do Centro, a Serra Serata chegou a ser realizada também em Cascatinha, distrito onde muitos imigrantes se estabeleceram para trabalhar na Companhia Petropolitana de Tecidos. O funcionamento da companhia foi autorizado pelo imperador Dom Pedro II e atraiu dezenas de trabalhadores imigrantes italianos.

“Assim como temos influências da cultura dos colonos alemães no nosso dia-a-dia em Petrópolis, também temos dos italianos. E essa cultura precisa ser lembrava, valorizada, preservando a nossa história”, explica o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo.

Barracas terão comida e artesanato

Ao todo, a Serra Serata vai contar com sete barracas com produtos oferecidos conforme cardápio sugerido pela Casa D’Itália, além de cafés, chocolates, doces, entre outros; e ainda o “Pantheon”, onde ficará o artesanato local, com produtos inspirados na cultura italiana e nas cores de sua bandeira. No primeiro dia de festa, no dia 18, as barracas abrem a partir de 18h e fecham às 23h. Assim como nos dias 19 e 20. Já no fim de semana, de 21 a 23 de setembro, o funcionamento será de 10h a meia noite na sexta e no sábado, e de 10h às 22h no domingo.

“Todas as empresas que venderão os seus produtos na festa são petropolitanas. Além de valorizar essa cultura, tão importante para a cidade, também estamos fomentando a economia através do evento, que deverá atrair milhares de turistas ao município”, explica Marcelo Valente, secretário da Turispetro.

Serão 12 consultas, de diferentes modais e três audiências públicas para discussão do tema
Objetivo é concluir documento no início do próximo ano

A elaboração do Plano de Mobilidade Urbana, documento que está sendo elaborado pelo município, segue avançando e agora chega à fase onde serão elaboradas as consultadas públicas. A primeira delas já tem data, acontece no sábado (22.09) às 15h, durante o Petrópolis BikeDay, na Bohemia, e o primeiro tema a ser discutido tem tudo a ver com o evento: transporte não motorizado. À ocasião, os interessados no assunto irão ouvir uma explanação sobre o tema, que será seguido de um debate e, por fim, poderão opinar sobre o tema.

Até a conclusão do Plano de Mobilidade, outras 15 consultas púbicas e quatro audiências serão realizadas. A previsão é que seja feita uma a cada duas semanas para discutir temas como transporte público de passageiros; transporte de cargas, supercargas e fretamento, motofrete e frete; educação e segurança no trânsito, transporte público individual; turismo e grandes eventos; patrimônio histórico e cultural e feiras livres; e transporte escolar, eixos de crescimento urbano, LUPOS e leis de planejamento.

Após a primeira audiência pública serão realizadas consultas públicas por eixos: infraestrutura de trânsito; operação de trânsito, que inclui segurança viária, fiscalização e uso do solo; além de acessibilidade universal e sustentabilidade ambiental. Ao final dessas consultas, será feita mais uma audiência com a apresentação das propostas e, depois, a última etapa de consultas públicas ocorrem nos bairros. Pelo cronograma três consultas: a primeira inclui a área do primeiro distrito; a segunda, do segundo distrito e a terceira do terceiro, quarto e quinto distrito.

“Essas são etapas cruciais na elaboração do PlanMob, porque ele prevê que a população seja ouvida, afinal, é a principal interessada no que o documento vai propor. Então, é importante que as pessoas de fato participem na composição deste documento”, destaca o diretor técnico e operacional da CPTrans, Luciano Moreira, lembrando que uma consulta pública já havido sido realizada durante a 14ª Conferência Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT) e que uma pesquisa de Origem e Destino está disponível no site da companhia. “Os dados dessa pesquisa serão utilizados, também, na elaboração do documento”.

A confecção do documento atende à Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei nº 12.587/2012) na qual existe a exigência de elaboração de planos de mobilidade urbana para todos os municípios com população acima de 20 mil habitantes, assim como os demais obrigados ao plano diretor. Neste sentido, o Ministério das Cidades incluiu no programa Avançar Cidades – Mobilidade Urbana a possibilidade de financiamento dos planos de mobilidade para municípios acima de 100 mil habitantes.

Para o PlanMob, já foram realizadas contagens de veículos em diversas ruas da cidade, pontos de simulação, hierarquização de 3000 vias, replanejamento de itinerários de diversas linhas de ônibus, projetos para obtenção de recursos apresentados à possíveis financiadores e mais de 8Km de faixas seletivas projetadas.

Estudo apresentado nesta semana pela Organização Mundial da Saúde mostra que o sedentarismo afeta metade da população brasileira
Desde o ano passado, a prefeitura vem oferecendo atividades físicas gratuitas para manter a população mais ativa

Com o objetivo de combater o sedentarismo – que cresce em todo o mundo - a prefeitura está aumentando a oferta de atividades físicas nos bairros da cidade. Somente no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE) de Petrópolis, que fica no Caxambu, são 12 modalidades esportivas gratuitas para a população, todas com vagas abertas para novos alunos. Para as crianças e os adolescentes, são oferecidas aulas gratuitas de futsal, vôlei, handebol, basquete, basquete 3x3, jiu-jitsu, muay thai, karatê e capoeira, de segunda à sexta-feira, de 10h às 18h. Para os adultos, existem turmas de dança, ginástica e alongamento as segundas, terças, quintas e sextas, a partir das 18h30. O Agita Petrópolis, que funciona em 13 bairros com aulas de ginástica e dança, também segue com as inscrições gratuitas abertas, assim como a Escolinha oficial de basquete do Flamengo, na Fábrica do Saber. Toda a programação esportiva do município está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

 Serão atendidas cerca de duas mil pessoas com atividades esportivas gratuitas até o final do ano só no Centro de Iniciação ao Esporte. O governo municipal oferece outras ações gratuitas nos bairros, como o Agita Petrópolis, o Festival das Comunidades e o Programa de Esporte e Lazer da Cidade (PELC).

O esporte é uma ferramenta importante na prevenção de doenças, garantindo mais saúde, bem-estar e qualidade de vida para a população. Desde o início do nosso governo, criamos uma série de ações para atender a todos os distritos, com atividades para crianças e adultos. A proposta é manter a população ativa, na contramão do sedentarismo.

Um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS), apresentado nesta semana, mostra que o sedentarismo no mundo cresceu nos últimos 15 anos. A pesquisa levou em conta dados de 2001 até 2016 de vários países, incluindo o Brasil. No território brasileiro, cerca de 47% da população não se exercita o suficiente. Os números preocupam, mas a prefeitura trabalha para oferecer ainda mais opções para os moradores da cidade. As aulas do Agita Petrópolis, por exemplo, acontecem em 13 bairros regularmente.

Os esforços do município foram reconhecidos pelo Ministério dos Esportes. O Programa de Esporte e Lazer da Cidade (PELC) foi prorrogado por mais cinco meses na cidade por causa da avaliação positiva do governo federal, já que a prefeitura cumpriu com todo o cronograma de eventos. O PELC atende regularmente na cidade 1.200 alunos em três núcleos: Posse, Quitandinha, no Espírito Santo, e Carangola.

Voltado para crianças e adolescentes, o Festival das Comunidades atendeu cerca de mil jovens. O programa já foi realizado em oito locais: Comunidade do Alemão, São Sebastião, João de Deus, Oswaldo Cruz, Chácara Flora, Gaspar Gonçalves, Boa Vista e Alberto de Oliveira. Até o final do ano, a prefeitura vai atender a mais de duas mil pessoas, somente com a programação esportiva do festival. A próxima ação será realizada no Alto da Derrubada, no dia 29 de setembro.

Os interessados em participar das atividades podem procurar a sede da Superintendência de Esportes e Lazer da cidade, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, no Centro ou fazer contato com a unidade pelo telefone: 2233-1218. 

6 mil ressonâncias no HAC em 18 meses

Com 18 meses desde a sua inauguração, o Centro de Imagens do Hospital Alcides Carneiro chegou a uma marca expressiva: mais de 65 mil exames realizados. Destes, 6 mil foram de ressonância magnética. No início da implantação do serviço na unidade, a fila de espera para a realização do exame chegou a ter 5 mil pessoas aguardando por dois anos. Além da ressonância, o Hospital Alcides Carneiro realiza, ainda, exames de raio x, ultrassonografias e mamografias. Só em 2018, foram feitos quase 30 mil exames.

Em média, neste ano, foram feitas 400 ressonâncias mensalmente no Hospital Alcides Carneiro. O número atinge a meta preconizada pelo Ministério da Saúde. Diariamente, a Secretaria de Saúde recebe encaminhamentos para ressonância.

O radiologista Eduardo Primo participou da elaboração do projeto para instalação do aparelho de ressonância magnética no HAC e viu de perto todo o processo. Para ele, o aparelho trouxe maior qualidade no atendimento, não só para pacientes em tratamento no HAC como para toda a população. O equipamento, que é de alta tecnologia, deu, também, mais agilidade na detecção de doenças.

“A instalação deste aparelho foi de suma importância por dois principais motivos: primeiro, por ter a oportunidade de acabar com uma fila de pessoas que estavam esperando pelo exame. E, com o fato de termos o aparelho instalado no hospital e podendo atender a população, nos trouxe condições de acelerar e otimizar diagnósticos, possibilitando que houvesse uma rotatividade maior e um tempo menor de internação. Consequentemente, isso facilita e melhora a qualidade de atendimento à população de Petrópolis”, contou o radiologista.

O equipamento, assim como os demais do Centro de Imagens do Hospital Alcides Carneiro, é tratado com muito zelo por toda a equipe. O especialista destaca que o aparelho apresenta durabilidade exemplar.

“O que observamos ao longo do tempo é que a aquisição e conservação de equipamentos de alta complexidade, com avanços tecnológicos significativos, costumam ter um funcionamento não muito regular, que é uma característica que vemos no serviço público no país. Mas, no Hospital Alcides Carneiro, percebemos que, não só o aparelho de ressonância como os demais do Centro de Imagens, funciona perfeitamente, de forma regular”, completou Eduardo Primo.

A costureira Daiana Andrade, de 31 anos, foi ao Hospital Alcides Carneiro, nesta semana, para realizar uma ressonância magnética. Ela conta que, desde a consulta com o médico especialista até a realização do exame, se passaram menos de 15 dias.

“Esta é a segunda vez que preciso passar pela ressonância e fico muito feliz com o tratamento que todos sempre me dão no Hospital Alcides Carneiro. Sou paciente também do ambulatório do HAC. Em menos de 15 dias, após o médico pedir o exame, já consegui marcar e fazer a ressonância”, disse.

Segunda, 17 Setembro 2018 10:53

Secretaria de Saúde tem nova titular

Silmar Leite Fortes está se desligando do cargo de secretário de Saúde, pasta da qual foi titular desde o dia 1º de janeiro de 2017. Ele está sendo substituído pela superintendente de Atenção à Saúde, Fabiola Heck, que assume o cargo interinamente.

O pedido de exoneração de Silmar Fortes é motivado por questões pessoais. Ele é enfermeiro sanitarista com atuação na área de saúde há mais de 37 anos. Em 21 meses à frente da Secretaria de Saúde, Silmar foi responsável por reduzir filas de espera por cirurgias e exames, participou da negociação para pagamento de mais de R$ 13 milhões em dívidas do município acumuladas junto ao Hospital Santa Teresa desde 2015 e liderou a pactuação de mais R$ 183 mil em repasses do governo federal para realização de neuroembolização na unidade.

Em 2018, Silmar Fortes foi responsável por conseguir, junto ao governo federal, a habilitação de mais 2 leitos de UTI neonatal no Hospital Alcides Carneiro e 15 de tratamento intermediário. Trouxe para Petrópolis o Núcleo Apoio ao Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), implantado com duas equipes.

A secretária interina, Fabiola Heck, também é enfermeira sanitarista, formada pela Universidade Católica de Petrópolis. Fabiola se especializou em Saúde Comunitária pelo Instituto de Pós-Graduação Carlos Chagas e em Administração Hospitalar e de Serviços de Saúde, pela Universidade de Ribeirão Preto. Ela também é pós-graduada em Informação e Informática em Saúde, pela Fiocruz.

Antes de atuar no cargo de superintendente de Atenção à Saúde, na Secretaria de Saúde de Petrópolis, Fabiola foi diretora geral do Centro de Saúde Coletiva Professor José Manoel Ferreira, entre 2009 e 2013, e coordenadora do Programa da Mulher, de 2013 a 2017.

Segunda, 17 Setembro 2018 10:48

Planejamento tem novo titular

Dalmir Caetano, subsecretário de Desenvolvimento Econômico assume nesta segunda-feira (17.09) a Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica. Roberto Rizzo, que esteve à frente da pasta e participou do governo desde a transição, se desliga do cargo por motivos pessoais.  Formado em Administração, Dalmir tem MBA em Gestão de Negócios Sustentáveis pela UFF e pós-graduação em Indicadores Educacionais.

Dalmir ingressou no setor público após uma carreira de 25 anos na iniciativa privada nas áreas de gestão e desenvolvimento de negócios em várias áreas, especialista em planejamento estratégico de médio e longo prazo.

Em 20 meses de trabalho à frente da Coordenadoria de Planejamento, Roberto Rizzo deu andamento a legislações importantes para a organização da cidade como a Lei de Macrozoneamento, assim como às leis complementares ao Plano Diretor do Município como a revisão da Lei de Uso Parcelamento e Ocupação de Solo, definição de bairros e subcentros, além de contribuir com a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana do Município.  O orçamento e a gestão de políticas públicas foram reordenados, com avaliação e monitoramento de indicadores, além da criação de um núcleo de gestão de dados para fundamentar as políticas públicas.

Notícias por data

« Setembro 2018 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Alvará Online - BANNER

DO

loa 2018

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

cpge

gabinete cidadania.fw

selo acesso informacao.fw

cmv-logo