Equipamento vai permitir identificação de foragidos da justiça, suspeitos de crimes e localização de pessoas desaparecidas

Primeiro aparelho colocado em operação fica na Rua Teresa, mas município já planeja instalação em mais 15 locais

Cidade mais segura do Estado, Petrópolis continua investindo para dar ferramentas que auxiliem no trabalho da Guarda Civil, da Polícia Militar e das delegacias. O município iniciou nesta terça-feira (01.10) o uso de câmeras capazes de fazer o reconhecimento facial. O recurso vai permitir a identificação de foragidos da justiça, suspeitos de crimes e a localização de pessoas desaparecidas. O primeiro aparelho em operação foi colocado na Rua Teresa, mas já está sendo planejado pela prefeitura a instalação dessa tecnologia em mais 15 locais do município.

A câmera foi instalada pela empresa que fez a montagem do Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop), a Emive. De acordo com a empresa, o sistema de reconhecimento facial implantado em Petrópolis tem uma precisão de 96%, o que facilita investigações de crimes por parte da Polícia Civil. Ela grava imagens em alta definição e possui amplitude de cinco a seis metros, fator que ampla a precisão do equipamento.

“O recurso de reconhecimento facial que a gente implantou aqui no município permite o monitoramento em tempo real e o registro de todas as faces das pessoas que passam pelo campo de visualização dessa câmera, fazendo disso um banco de dados para permitir que, em uma investigação, se faça a busca de pessoas que passaram por essa câmera. Além disso, o sistema permite que se faça um cadastro de “lista negra”, com pessoas procuradas e suspeitas e, ao passar pela câmera, dê um alerta na sala de monitoramento”, explicou o gestor da Emive, Igor Facella.

O sistema será integrado ao banco de dados estadual da Polícia Civil. Quando um foragido, suspeito ou desaparecido passar pelo raio de cobertura da câmera, o sistema emite um alerta para os agentes na sala de monitoramento, que poderão acionar imediatamente um agente na rua para fazer a abordagem. O delegado titular do 7º Departamento de Polícia Administrativa (DPA), Fábio da Costa Ferreira, garantir que vai agilizar os trâmites para que o convênio entre a Prefeitura de Petrópolis a Polícia Civil seja celebrado o mais rápido possível.

“Uma central de monitoramento como essa contribui muito para segurança em todo estado com o conhecimento prévio da Polícia Militar e também para as investigações da Polícia Civil. O software utilizado na central de monitoramento permite a busca de informações fundamentais para a produção de provas e o indiciamento de autores de crimes de roubo, estelionato, homicídio. É muito importante a prefeitura tomar esse protagonismo de montar um sistema que congrega parceiros como a Polícia Civil, a Polícia Militar e a Guarda Civil, em prol do bem comum que é a segurança pública”, afirmou.

O sistema de monitoramento já possui outros mecanismos que facilitam a busca por pistas, como filtro de buscas de imagens de acordo com cores, direção, velocidade, ociosidade ou tamanho objeto. Inaugurado em junho de 2018, o Ciop conta com 56 câmeras em 46 locais, sendo que em entradas da cidade (Bingen, Quitandinha, Alto da Serra, Bonsucesso e Posse), além das câmeras de monitoramento de 360º, também foram colocados equipamentos para identificar veículos roubados.

Desde o início da operação (um mês antes da inauguração) até o último mês de agosto, foram registradas 500 imagens, sendo 287 de crimes ou suspeitas; 83 ocorrências de trânsito; e 130 de outros tipos de registros.

Hospital adquiriu novos equipamentos e mobiliários para melhoria na qualidade do atendimento

Os novos equipamentos recebidos no Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE) já estão em uso na unidade, garantindo mais qualidade no atendimento aos pacientes. Um novo setor, a Unidade Intermediária, foi implantado com as novas macas hidráulicas, monitores cardíacos e ventiladores pulmonares.  O local visa oferecer melhor assistência aos pacientes em transição entre a clínica médica e a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Com três leitos para o cuidado semi-intensivo foi montado a partir das novas aquisições oriundas de emendas parlamentares que destinaram cerca de R$ 800 mil em equipamentos e mobiliários para a unidade.

Ao todo, para o HMNSE, está previsto investimento de R$ 1,2 milhão oriundo de emendas parlamentares. Os novos equipamentos vão ser usados para estruturar o hospital e o novo Centro de Municipal de Ortopedia (CMO), que vai ser instalado em prédio anexo à unidade. Na última semana, a unidade recebeu 7 macas hidráulicas, 3 aparelhos de ultrassom, 6 cardioversores, 3 desfibriladores e 8 computadores. “Essa nova unidade está equipada com aparelhos de alta qualidade para oferecer atendimento qualificado para os pacientes que estão de alta da UTI, mas ainda precisam de cuidado semi-intensivo”, destaca o diretor do HMNSE, Nilson Wayand.

As macas já estão em uso na nova Unidade Intermediária e foram usadas para a renovação no mobiliário do hospital. Os aparelhos de ultrassonografia serão usados para equipar toda a rede pública de saúde, principalmente o ambulatório de ortopedia.  Para esse novo setor também já foi adquirido o aparelho para a realização do exame de densitometria óssea, além de medicamentos, o ácido hialurônico, voltado para o tratamento de artrose.

O novo CMO será referência para o tratamento de artrose e Petrópolis será o primeiro município do Rio de Janeiro a oferecer o tratamento que oferece alternativa a procedimentos cirúrgicos. No Brasil, o Rio de Janeiro será o segundo estado a contar com ambulatório com aplicação do ácido hialurônico, de alto custo na rede privada.

Aumentar a eficiência na pronta resposta aos desastres de origem natural que possam ocorrer em Petrópolis. Com esse objetivo, o prefeito recebeu, nesta quarta-feira (02.10), os generais Alcio Alves Almeida e Costa, comandante da 4ª Brigada de Infantaria Leve de Montanha de Juiz de Fora, e William Georges Felippe Abrahão, comandante da 1ª Divisão de Exército do Rio de Janeiro. A reunião realizada na Prefeitura reforçou a importância da integração entre as equipes de atendimento do governo municipal e as forças militares.

O prefeito ressaltou que desde o início da gestão, o município trabalha de maneira preventiva aos desastres de origem natural. Ele lembrou também que foi na sua gestão que o município criou os planos Verão e Inverno, organizando a pronta resposta.

"Sabemos da importância da integração entre as equipes na hora de atender a população. Cada vez mais o Exército procura os municípios justamente com esse objetivo. Petrópolis é uma cidade vulnerável aos desastres de origem natural e precisamos estar prontos para a pronta resposta caso seja necessário", ressaltou o general Alcio Alves Almeida e Costa.

Igualmente com o objetivo de integração, começou ontem (1º.10) o “Exercício Simulado de Emprego da Força de Apoio à Defesa Civil”, que acontece no 32º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha, na Vila Militar. A atividade está estruturada dentro de um cenário fictício de calamidade pública, no qual se faz necessário o emprego das Forças Federais em apoio integrado e sinérgico aos órgãos de Petrópolis. Também nesta quarta, o prefeito visitou os militares que estão baseados no Parque Municipal em Itaipava para o simulado.

Neste treinamento participam 800 militares do Exército, além do Corpo de Bombeiros e os agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias. Também serão empregados - para transporte de equipes e tarefas simuladas de remoção de escombros - viaturas militares, um helicóptero e equipamentos especializados de engenharia, além de uma tropa militar especializada em Defesa Química Biológica Radiológica é Nuclear (DQBRN).

O trabalho integrado em conjunto do Exército com a Defesa Civil acontece desde 2017, quando mais de 200 pessoas participaram do Exercício Conjunto de Apoio à Defesa Civil (Ecadec).

Novo equipamento esportivo deve ser entregue até o fim do mês

As obras da pista de skate no Parque Municipal de Itaipava estão avançando em ritmo rápido e devem ser finalizados até o fim do mês. Nesta quarta-feira (02.10), o prefeito acompanhou o trabalho de concretagem da base do equipamento esportivo, com uso de 100 toneladas de concreto. O planejamento da empresa é que já na próxima semana sejam instalados os obstáculos que serão usados nas manobras dos skatistas.

Esta é a primeira pista construída em Petrópolis para a modalidade “street”, que simula um ambiente urbano comum, na qual os atletas saltam e fazem manobras em rampas, muretas, bancos, corrimãos. O equipamento esportivo terá nove obstáculos de concreto e ferro, além de bancos para o público e paisagismo.

O município tem outros dois locais para a prática do skate. As outras duas pistas, na Praça Duque de Caxias, no Centro, e no CEU (Centro de Esportes Unificados) da Posse são voltadas para a modalidade “vertical”, aquela que tem formato de “U”.

A pista de skate em Itaipava está sendo feita há pouco mais de um mês e mobiliza seis funcionários da empresa responsável, a RR Fênix, além de uma outra empresa contratada para a concretagem do espaço – que 20 metros de largura e 35 metros de extensão. A obra representa um investimento de R$ 247 mil e os recursos são fruto de um convênio assinado com o Ministério do Esporte.

Ela fica ao lado de onde será construída a pista de Pump Track, um circuito que pode ter rampas arredondadas, paredes em curvas, que podem proporcionar pequenos saltos. Essa segunda pista será feita com asfalto e poderá ser usada não apenas por ciclistas, mas também por praticantes de modalidades como patins, skate e patinete. Ela é fruto de uma parceria entre a prefeitura e o atleta petropolitano campeão mundial de mountain bike cross-country, Henrique Avancini, com a Red Bull, patrocinadora do atleta, e com a LanceTracks, empresa especializada em construções deste tipo.

Obra executada pela Águas do Imperador terá 560 metros e vai beneficiar cerca de 20 famílias que moram no local

A Rua São Paulo, no Quitandinha, está passando por obras de extensão da rede de água. São 560 metros de tubulação que estão sendo instalados para levar abastecimento para cerca de 20 famílias que moram no local. O trabalho é feito pela Águas do Imperador desde a semana passada e ficará pronta em novembro. O prefeito acompanhou o serviço nesta quarta-feira (02.10).

A extensão na Rua São Paulo faz parte do planejamento da concessionária de ampliar em 15 km da rede de abastecimento de água este ano. A Águas do Imperador também vai aumentar a rede de esgoto em 5 km. Só nesses serviços, a cidade terá um investimento de R$ 17,4 milhões pela empresa, atendendo pelo menos 24 bairros

Beatriz Moreira Martins vive há 22 anos na Rua São Paulo e sempre lutou para que fosse feita extensão da rede de abastecimento. Ela lembra das dificuldades em épocas mais secas e também de calor mais intenso, quando o consumo de água aumenta. Hoje, a comunidade conta apenas com água de mina.

“Ela é fundamental porque nós não tínhamos fornecimento pela Águas do Imperador e com esse tempo quente, a gente ficava sem água. Então é realmente fundamental. A gente já tinha até perdido as esperanças de ser atendido, porque são 22 anos sem água. Os moradores estão muito felizes com o progresso que nós estamos conseguindo com essa obra”, comemora a moradora.

Empresa VACC venceu o processo de licitação com proposta de R$ 946.453,50 – mais de 100 mil a menos que o teto

Uma nova etapa para a revitalização da Estação Rodoviária Imperatriz Leopoldina, o Terminal do Centro, acaba de ser concluída: o processo de licitação para definição da empresa que vai realizar as intervenções no local teve com vencedora a VACC Indústria, Comércio e Serviço Eireli. A proposta, no total de R$ 946.453,50, representa uma economia R$ 113.546,50 aos cofres públicos – já que o teto licitado era de R$ 1.060 milhão. O próximo passo é a homologação do certame para dar início às obras.

O projeto de revitalização contempla intervenções no telhado, com a instalação de telhas de aço novas, cumeeiras e rufos, com impermeabilização de calhas, tanto na área coberta quanto junto às baias de ônibus. O piso será totalmente substituído e polido e ganhará ainda o sistema de orientação para pessoas com deficiência visual, que são os azulejos podotáteis. As paredes e o teto terão o revestimento refeitos. Haverá pintura em toda a estrutura, portas de madeira, portões, guarda-corpo.

Na prática, serão mais de 40 mil passageiros beneficiadas pela obra – média de público que passa diariamente pelo Terminal Centro. Maior da cidade, de lá partem 1.640 viagens de 80 linhas de ônibus, transportando a população para diversos locais da cidade como Alto da Serra, Quitandinha, Bingen e Retiro, por exemplo. A reforma do Terminal também vai ajudar na valorização da Rua Paulo Barbosa, cujas obras já foram iniciadas.

A revitalização do Terminal Centro contempla todo a sua área: do lado da Rua Dr. Porciúncula, por exemplo, o piso em pedra portuguesa será recomposto. Já na área de embarque/desembarque que é vizinha ao rio, o revestimento do teto e da mureta de proteção será refeito com a instalação de forro em PVC, e um novo piso aplicado (inclusive da ponte que liga à Rua Caldas Viana). Daquele lado, pilares, marquise guarda-corpo e mureta terão nova pintura, além de revisão da parte elétrica.

Já na área de circulação dos ônibus, será aplicada uma nova camada de pavimentação, nivelamento de caixas de ralo e também dos “almofadões” na entrada e saída do terminal. Ainda serão feitos meio-fio junto às baias e colocação de balizadores.

Essa, aliás, é a principal mudança no espaço: com as obras ele será gradeado – mudanças físicas no espaço que já receberam o crivo do Iphan e Inepac. Os ‘corujões’, que já param fora do Terminal, continuarão com suas paradas nos mesmos locais.

Estrutura conta com 30 guichês para negociação de IPTU, ISS e taxas

Programa permite isenção de juros e multas para pagamento à vista de débitos

A prefeitura encerra nesta quinta-feira (03.10) os atendimentos dentro do programa de regularização tributária – Fique em Dia, na estrutura especial montada no Clube Petropolitano. Os atendimentos são realizados das 9h às 16h.  No local o contribuinte encontra 30 guichê e equipe treinada para oferecer as melhores condições para que devedores regularizem a pendências de IPTU, ISS, taxas e demais tributos municipais, vencidos até o fim do ano passado. O programa oferece isenção de 100% de juros e multas, nos casos de pagamento à vista, além de opções de descontos que variam entre 80% e 50% dos encargos para parcelamentos entre quatro e 12 vezes. Contribuintes têm ainda a possibilidade de parcelar os débitos em até 48 meses – 4 anos.

Desde o início dos atendimentos, no dia 2 de setembro, até esta quarta-feira (02.10), 12.084 contribuintes foram atendidos e 9.060 efetivaram acordos para acertar os débitos. Nesta quarta-feira – penúltimo dia de funcionamento -  752 pessoas buscaram atendimento no Petropolitano. Destas, 601 fecharam acordos aproveitando as vantagens do Fique em Dia. Pessoas como o professor Alexandre Costa, que saiu tranquilo depois de ter acertado as contas com o município. “O atendimento aqui foi nota mil. Os atendentes são muito atenciosos e conseguimos resolver tudo muito rápido. Consegui negociar os IPTUs pendentes e ainda garantir um desconto de juros e multas, com o parcelamento em quatro vezes. Foi ótimo”, afirma Alexandre.

Contribuintes que optam por quatro parcelas têm redução de 80% de juros e multas sobre débitos; já aqueles que parcelam em seis vezes têm 70% de desconto; em oito vezes, a redução é de 60%, e em 12 meses o desconto é 50% de juros e multas. Em todos os casos é aplicada a atualização monetária sobre o débito originário. Os acordos devem ter parcelas mínimas de R$ 50, para pessoas físicas e R$ 100, nos casos de pessoas jurídicas.

Levantamento feito pela Procuradoria Geral do Município aponta que Petrópolis  tem 25 mil imóveis com débitos de IPTU e 3.858 empresas com pendências de ISS. De acordo com o setor de dívida ativa do município, somados os débitos, o município deixou de arrecadar R$ 660 milhões em tributos. Deste montante, R$ 398 milhões são referentes a processos acumulados entre os anos de 2008 e 2017 e já ajuizados em cartório para execução fiscal. Os devedores foram convocados por carta a regularizar seus débitos.

“Todos devem aproveitar a oportunidade para acertar as contas com o município. É importante que as pessoas saibam que hoje as dívidas não prescrevem mais. Com a informatização e a implementação de sistemas os processos são agilizados e com isso não caducam mais. Sendo assim, quem tem dívidas com o município deve aproveitar o Fique em Dia para regularizar a situação junto ao município, evitando o bloqueio de contas, penhora de bens e até mesmo o leilão de imóveis do devedor”, destaca o procurador Geral do município Sebastião Medici.

A prefeitura está fazendo a colocação de asfalto para atender os moradores da Servidão José da Conceição Oliveira, no Independência. O trabalho ocorre em 120 metros da rua e deve ser concluído até o fim desta semana. Nesta quarta-feira (02.10), o prefeito acompanhou o serviço no local e conversou com moradores, que gostaram o trabalho na rua que, antes, era de terra.

Natiruts, Baco Exu do Blues, Emicida, Duda Beat, Johnny Hooker estão entre as atrações

O Parque Municipal, em Itaipava, vai receber mais uma edição do Rock The Mountain. O festival de música acontece no dia 07 de dezembro, com artistas e bandas de peso no cenário nacional, como Natiruts, Baco Exu do Blues, Emicida, Duda Beat, Johnny Hooker, entre outros. O evento vai contar com cinco palcos, mais de 40 atrações, 16h de duração e estimativa de público de 12 mil pessoas. Os ingressos já estão à venda.

O evento, que movimenta a economia local, também proporciona experiências e ações de sustentabilidade. Com a proposta de ser um festival de conceito único no Brasil, o Rock The Mountain receberá dezenas de atrações nacionais e internacionais selecionadas nos principais festivais do mundo. Inspirado em festivais internacionais como o Coachella, Glastonburry e Bonaroo, o RTM reunirá, em meio à natureza, juventude, modernidade, sustentabilidade, liberdade, estilo, diversão, gastronomia e claro, muito música num dia que promete ser inesquecível.

Juliana Schultz, sócia da Vibra Marketing, uma das produtoras do festival, explica que o evento tem como pilares: Spread The Love (Espalhe o Amor), Feelthe Music (Sinta a música), RespecttheNature (Respeite a Natureza), EnjoytheVibe (Aproveite a Vibe), Make Friends (Faça Amigxs) e Hit The Road (Pegue a Estrada).

“Como a ideia é que o público se desligue dos grandes centros urbanos, da sua rotina estressante e passe um fim de semana com os amigos se reconectando com a natureza, escolhemos Itaipava/Petrópolis para sediar o evento. Muitas pousadas oferecem trilhas em seus próprios terrenos que levam a cachoeiras e mirantes naturais. O Circuito das Bromélias, no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, conta com natureza exuberante, bromélias beirando o rio e diversos poços e cachoeiras. Além disso, do Circuito, o Vale do Amor, um santuário ao ar livre, em meios às montanhas, abriga diversas atrações para todas as crenças e religiões como, realmente um lugar pra todos”,explica ela, lembrando que “a expectativa não poderia ser maior! Provavelmente teremos o dobro de público presente em relação à última edição, temos mais um palco, novas atrações e muitas surpresas”.

O Palco Mangolab é a novidade dessa 5ª edição do festival. O Mango é uma plataforma multimídia de desenvolvimento de talento, visibilidade artística e experimentação cultural que tem como desejo capacitar e desenvolver artistas independentes. Artistas confirmados em 2019: Letrux, Rosa Neon, Lamparina & A Primavera, JulioSecchin, Grão Mestre e Rebeca.

SERVIÇO:

ROCK THE MOUNTAIN

Sábado, 07 de dezembro de 2019.

De 11h30 às 3h30 da manhã

Local: Parque Municipal de Petrópolis

Ingressos: R$172 (inteira) e R$87 (meia)

sympla.com.br/rockthemountain

Classificação: 18 anos

Instagram: @rockthemountain

Evento no facebook: https://www.facebook.com/events/2719887781371086/ 

Playlists no Spotify: https://spoti.fi/2MjFVFU

O Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram) realizou em setembro deste ano 81 atendimentos, entre retornos e novos casos. Os números levantados pelo órgão, apontam que os atendimentos aumentaram 62% e mulheres que retornaram para a assistência, dobraram em relação ao mesmo período no ano passado. Os números mostram a confiança e segurança das mulheres que buscaram a assistência do Cram.

Este retorno das vítimas à assistência, é muito importante para que a equipe do Cram, que é subordinado ao Gabinete da Cidadania, possa acompanhar o caso desta mulher desde o aspecto psicológico até o jurídico. Isso mostra que as mulheres vítimas de violência doméstica se sentem mais confiantes para denunciar e seguras para pedir ajuda ao órgão, neste momento de extrema fragilidade. Na unidade, as mulheres contam com orientações jurídicas, acompanhamento social e psicológico e trabalha em parceria com toda a rede, além das delegacias de Petrópolis para atender a mulher em situação de violência – seja ela moral, verbal, patrimonial, física ou sexual.          

“Esses dados mostram o trabalho de qualidade que a equipe do Cram tem realizado em parceria com toda a rede, além das delegacias. Petrópolis cresceu com as assistências relacionadas as vítimas de violência doméstica. Hoje trabalhamos com o projeto Mulher 365 dias, onde vamos, principalmente nas escolas, conscientizar os jovens sobre violência contra mulher”, destacou a coordenadora do Cram, Cléo de Marco.

O Dossiê Mulher é levantamento que tem o objetivo de divulgar dados anuais levantados pelo o Instituto de Segurança Pública (ISP), dos principais crimes sofridos pelas mulheres no estado do Rio de Janeiro. Ele visa colaborar com a visibilidade da violência sofrida, ressaltando a importância ao combate desses crimes. O Dossiê 2019 apontou que, em Petrópolis, 35,5% das mulheres sofreram violência psicológica, 52,1% das vítimas variam entre 30 e 59 anos e como a média estadual, 52,7 % dos casos de violência doméstica aconteceram dentro da casa da vítima.

O Cram funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Rua Santos Dumont, 100 – Centro. É possível entrar em contato pelo telefone 2243-6152 ou, em caso de emergência, pelo número (24) 98839-7387. Outras formas de contato para a mulher que sofrer alguma violência é o Disque 180.

No dia 9 de outubro, a Secretaria de Educação realizará um Culto Ecumênico em Ação de Graças pelo Dia dos Professores. O evento será realizado às 15h30 no Palácio de Cristal e a expectativa é que cada unidade escolar da rede municipal de Educação envie dois representantes para participar do evento. A rede conta com 183 unidades escolares.

O Dia dos Professores é comemorado em 15 de outubro. Nesse dia, as unidades escolares da rede municipal não funcionarão. No entanto, os setores Administrativos da Secretaria de Educação funcionarão – Avenida da Imperatriz, nº 193 – Prédio Frei Memória.

A etapa em Petrópolis do circuito de corrida Todo Mundo Vai acontece no próximo domingo (06.10). A largada será às 8h, na Praça da Águia, para um percurso de cinco quilômetros pelas ruas do Centro Histórico. É a primeira vez que a prova será realizada na cidade e a expectativa dos organizadores é que mais de 700 pessoas participem. O evento conta com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer e da CPTrans.

Todos os atletas que concluírem a corrida receberão medalhas. Já os cinco primeiros lugares em categoria de idade serão premiados com troféus, assim como os três melhores colocados gerais do masculino e do feminino. O circuito é organizado pelas Lojas Americanas e acontece em Brasília, Porto Alegre, Búzios, Niterói e Rio de Janeiro.

Até o fim deste ano, serão realizadas outras 11 corridas de rua em Petrópolis. O calendário esportivo completo, com todos os eventos previstos para Petrópolis neste ano, estão disponíveis no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Ao todo, 435 estudantes participaram da prova

Os estudantes dos 5º e 9º anos do ensino fundamental, matriculados nas escolas da rede municipal, que obtiveram as melhores notas na Maratona Escolar Cidade de Petrópolis serão premiados na próxima sexta-feira (04.10).  A premiação dos alunos do 9º ano vai ocorrer às 10h e a premiação dos alunos do 5º ano será às 14h no Salão Nobre da UCP. Nesse ano, 435 estudantes participaram da prova: 234 alunos matriculados no 5º ano do ensino fundamental e outros 201 matriculados no 9º ano.

A maratona foi realizada em setembro. As quatro primeiras equipes colocadas, por área de estudo, receberão troféus e medalhas. O aluno que, individualmente, obteve a maior nota entre todos os participantes de seu ano de escolaridade receberá um troféu especial. Todos os participantes receberão certificados.

Sobre a Maratona

 Cada unidade inscreveu três alunos e um suplente nas seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, História de Petrópolis e Geografia de Petrópolis. As questões das provas foram elaboradas de acordo com a proposta curricular da rede. As provas de Língua Portuguesa e Matemática contaram com questão objetivas e dissertativas. As provas de História e Geografia de Petrópolis tiveram uma parte aplicada (interpretação de tabelas, gráficos e mapas).

A Maratona Escolar foi realizada pela primeira vez no ano de 1952 instituída pela Deliberação nº 355 de 07 de agosto de 1952, passando por regulamentações e deliberações até tornar-se lei em 1979. Atualmente, a lei 5.412 de 20 de agosto de 1998 é a que rege a prova.

Levantamento corresponde aos atendimentos entre janeiro e setembro

O Departamento de Trabalho e Renda da Secretaria de Desenvolvimento Econômico mantêm dois polos de atendimento para quem precisa da primeira e segunda via da Carteira de Trabalho: no Centro e em Itaipava. Neste ano, de janeiro a setembro, foram emitidos 3.209 documentos pelo Detra.

Do total de emissões, 1.888 documentos foram solicitados no Centro – no Polo de Modas da Rua Teresa – e 1321 em Itaipava - no Centro de Cidadania Desembargador Jorge Loretti.

Em todo o ano de 2018 foram emitidas 5.459 carteiras de trabalho e em 2017, o número total foi 2780. 

O serviço é oferecido na sede do Detra, que funciona no Polo de Modas da Rua Teresa e no Centro de Cidadania Desembargador Jorge Loretti, que fica na Estrada União Indústria, nº 11.860, sala 05, em Itaipava.

Para fazer a primeira via da Carteira de Trabalho são necessários os documentos: CPF (original); Identidade (original); certidão de nascimento / casamento e comprovante de residência. Para quem vai fazer a segunda via são necessários o CPF e identidade (original); certidão de nascimento / casamento; comprovante de residência (com CEP correto); número e série da CTPS anterior (encontrado em rescisões de contrato, extrato de FGTS, folha de seguro desemprego).

“O Detra também mantém o Balcão de Empregos. As pessoas que estão em busca de uma oportunidade de trabalho podem cadastrar os currículos e os empresários podem disponibilizar as vagas gratuitamente no Balcão”, contou o diretor do Detra, Gil Magno.

A Praça do Alto da Serra vai receber o show da banda Gotam CRU & os Curingas, com o repertório do novo disco da banda petropolitana. O show acontece neste sábado (05.10), dentro do projeto que foi selecionadono edital lançado pelo Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE) para receber financiamento do Fundo Municipal de Cultura. Com início às 16h e entrada gratuita, o evento vai ser aberto com um campeonato de skate e a apresentação também da banda NDS (Nós da Serra).

O projeto conta ainda com um minicurso musical em duas escolas públicas e no CEU da Posse, com ênfase no RAP, em três módulos: “Composição e Rima”, “Introdução Rítmica e Noções de Percussão” e “Melodia e Harmonia”. Jovens que participam dos cursos terão espaço para também se apresentarem durante o evento, que já foi realizado na Posse, e após o Alto da Serra será a vez de Cascatinha.

“Já estávamos com o disco pronto, gravado, quando abriu o edital e a gente resolveu inscrever um projeto que envolvesse a divulgação desse disco e também a materialização dele. Então foi muito importante pra gente, está sendo um suporte para esse momento de finalização. Para o evento, a gente leva grafiteiro, leva campeonato de skate, convidamos outros artistas para abrirem os nossos shows, o que é muito bacana e gratificante”, explica o MC da banda, Marcelo Durango.

O disco “Tributo ao Original”, da banda, que terá o pré lançamento no evento, é uma produção independente feita pelos próprios artistas. Com um total de oito músicas, o disco apresenta elementos complexos da cultura urbana e periférica que adquirem significado simbólico, por meio de letras autorais, ritmos e gêneros, como o raggamuffin, afrobeat, maracatu, samba, marcados sempre pelo rap.

“O edital possibilitou a gente estar retornando às praças públicas da cidade e, com o edital, a gente consegue resgatar isso, que é a essência da cultura hip hop, que é a ocupação do espaço público com muita arte. A política de edital é muito importante, a população precisa se apropriar dela, precisa entender que é um investimento no artista e na cadeia produtiva da arte em Petrópolis”, completa Marcelo.

No primeiro edital deste ano, 20 projetos culturais dos mais diversos segmentos foram selecionados, um investimento de R$ 300 mil. Todos os projetos serão realizados até o final deste ano. Já no mês passado, o IMCE lançou novo edital, no qual os projetos deverão ser realizados no período de dezembro de 2019 a abril de 2020. Desta vez, serão nove projetos contemplados. Será disponibilizado o valor de R$ 150 mil, que irá custear seis projetos de pequeno porte e três de porte médio. Interessados podem consultar o edital, que já está disponível no site da prefeitura (http://www.petropolis.rj.gov.br/), no campo “licitações”.

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Outubro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo