Os casos de feminicídios e violência contra mulher, estão cada vez mais aparecendo nas estatísticas de todo o país. Segundo o Instituto de Segurança Pública (ISP), em 2019, uma mulher é vítima de feminicídio a cada sete dias no estado do Rio de Janeiro e mais de 60% dos crimes acontecem nas residências das mulheres pelos atuais companheiros. Por vezes, estas mulheres por medo, vergonha não buscam por ajuda. Esta semana, Petrópolis registrou o primeiro caso de feminicídio do ano. A moradora de 43 anos, da Comunidade do Neylor, no Retiro, foi brutalmente assassinada e o principal suspeito é seu companheiro.

O munícipio possui uma ampla rede de assistência à essas mulheres vítimas da violência doméstica. O Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), que presta assistência jurídica, social e psicológica à vítima, para onde são encaminhadas após a denúncia na delegacia. Nos três primeiros meses do ano, o CRAM já realizou 163 atendimentos. A assistência apresentou um pequeno aumento em relação ao mesmo período no ano passado, que registrou 160 consultas. Porém, o número de mulheres que não procuram por ajuda ainda é muito grande.

A coordenadora do CRAM, Cléo de Marco, destaca que o município conta com dois canais voltados à mulher: o próprio Cram, subordinado ao Gabinete da Cidadania, e o Núcleo de Atendimento à Mulher (Nuam), ligados às delegacias da cidade. “Nosso trabalho é mostrar à mulher que ela não está sozinha, que sua voz está sendo ouvida. Ela precisa buscar ajuda. Temos equipamentos para receber esta vítima e prestar toda assistência. Como é um assunto muito complicado, buscamos, junto à justiça e aos órgãos responsáveis, medidas protetivas que garantam a segurança da mulher após a denúncia, o que é de extrema importância”, destaca.

Ampliando a rede de atendimento, essa vítima pode contar também com a Sala Violeta que fica no Fórum de Itaipava, onde ela consegue uma medida protetiva de urgência em apenas 4 horas. Além da Sala Lilás, que está sendo implantada no Instituto Médico Legal (IML), com objetivo de preservar a vítima com espaço reservado e com profissionais especializados, para que as análises periciais sejam realizadas de forma adequada.

Para denunciar ou solicitar informações, pode ligar para o telefone 2243-6152 ou comparecer à sede do Cram, na Rua Santos Dumont, número 100, no Centro. O funcionamento é de segunda a sexta, de 8h às 17h. Em casos de emergência, a mulher pode ligar em qualquer horário para o número (24) 98839-7387, disponibilizado pelo órgão. Caso se sinta violentada de alguma forma, a mulher pode contatar a Polícia Militar pelos números 2291-5071, 2242-8005 ou 180, além de poder contatar via WhatsApp a emergência da Polícia Militar, pelo número (24) 99222-1489, além da Guarda Civil pelo 153.

Estão abertas as inscrições para a corrida rústica Petrópolis-Itaipava, que acontece no dia 26 de maio. Com largada às 7h30 no Palácio de Cristal e chegada no Parque Municipal, a prova é a quarta que vai que vai contar pontos para o ranking municipal dos atletas. Os interessados em participar podem garantir a vaga no site: www.papaleguas.org. Os valores dos kits variam entre R$ 40 até R$ 70. O evento conta com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer e da CPTrans.

A prova tem percurso de 15 quilômetros, com largada na Rua Padre Siqueira, aos fundos do Palácio de Cristal, passando pela Avenida Barão do Rio Branco, Rua Hermogênio Silva e Estrada União e Indústria, até o Parque Municipal, em Itaipava. O evento fez parte do calendário esportivo do município nas décadas de 80 e 90, voltando a ser realizada em 2016. Assim como no ano passado, a corrida conta pontos para o ranking municipal.

Além da Petrópolis-Itaipava, ainda contam pontos para o ranking municipal neste ano: Corrida do Trabalhador (1º de maio); Love Run (9 de junho); Fire Run (7 de julho); XC Run (20 de julho); Corrida Master (20 de outubro); Petrópolis Night Run (26 de outubro) e WTR Serra do Mar (23 de novembro). A Corrida do Shopping Pedro II e a Corrida Contra a Fome já foram realizadas.

O calendário esportivo completo, com todos os eventos previstos para Petrópolis neste ano, está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Inscrições abertas também para o Circuito Mulheres

Também seguem abertas as inscrições para o Circuito Mulheres, corrida de rua feminina que será realizada no dia 19 de maio. São 300 vagas para a prova que tem um percurso de 6 quilômetros com largada na Cervejaria Bohemia, no Centro. As interessadas podem garantir sua vaga no site: www.peixepersonal.site.

O valor dos kits varia de R$ 45 até R$ 85. A premiação com troféu será para as cinco primeiras colocadas no geral e nas três melhores corredoras por categoria. O objetivo do circuito é incentivar a presença das mulheres nas corridas de rua realizadas no município.

A operação no trânsito proposta pela CPTrans apresentou resultados melhores nesta quinta-feira (11.04), quarto dia de implementação das propostas da companhia e primeiro sem chuva na cidade. Durante toda a operação no horário de pico – de 16h30 às 19h – o trânsito apresentou menos retenções que nos três primeiros dias e melhor fluidez comparada a um dia sem operação. Desta vez, foi permitido a conversão à esquerda para quem sai da Praça Oswaldo Cruz, com cones e gradis disponibilizados apenas em frente a uma escola.

Com a alteração, os veículos mantiveram fluxo constante quase que a todo momento. Em alguns locais, como a Roberto Silveira sentido Praça da Liberdade, Koeler sentido Imperatriz e a própria Montecaseros após a saída da Praça Oswaldo Cruz em direção à Roberto Silveira, o trânsito ficou livre desde o início da intervenção. Nesta sexta-feira (12.04) a operação continua podendo ser testadas outras intervenções nessas vias.

É importante ressaltar que os motoristas precisam colaborar, obedecendo a sinalização implementada e os agentes de trânsito que estão atuando nas vias.

A 13 de Maio continua com os gradis dispostos no meio de pista impedindo a conversão à esquerda. Importante ponto de escoamento para cidade, por onde passa quem segue para os distritos e na direção do Bingen, o local tem apresentado fluxo constante para quem segue da Avenida Ipiranga – via que também apresentou bons resultados com as mudanças implementadas.

As mudanças propostas têm como objetivo dar maior fluidez ao trânsito, aumentando a constância com que os veículos trafegam, chegando mais rápido aos seus destinos. São mudanças pontuais, que, juntas, deverão beneficiar os itinerários de 170 linhas de ônibus em diversos sentidos.

Pioneira no Estado, legislação incentiva a inovação tecnologia na cidade

Para tornar o setor tecnológico – que em Petrópolis, tem aproximadamente 480 empresas e registra faturamento de R$ 355 milhões por ano – mais atrativo para novas empresas e incentivar a inovação, o poder público elaborou a Lei da Inovação, legislação específica e pioneira no Estado que foi aprovada em primeira discussão nessa quinta-feira (10.04) pela Câmara Municipal. Agora, o texto será analisado pelos vereadores e encaminhada para votação em 2ª discussão.

A cidade já conta com empresas de ponta e que empregam cerca de 2 mil pessoas. O setor já cresce 10% ao ano e com uma legislação específica, que prevê a criação de instrumentos que incentivam a inovação, a ideia é que a mão de obra formada nas universidades de Petrópolis seja absorvida por novas empresas e que seja criada uma cultura de inovação tecnológica ainda nas escolas.

A Lei da Inovação de Petrópolis é a primeira do Estado e prevê a criação de instrumentos que fortalecerão o setor, como o Sistema Municipal de Inovação (SMI), o Conselho Municipal de Inovação (CMI), o Fundo Municipal da Inovação (FMI), o Selo de Inovação de Petrópolis e o Plano de Sustentabilidade e de Inovação do Executivo Municipal.

Estruturas previstas na Lei da Inovação:

O Conselho Municipal de Inovação (CMI)  terá caráter deliberativo e será responsável por formular, propor, avaliar e fiscalizar as ações e políticas públicas de promoção da inovação para o desenvolvimento do município, promover a democratização do conhecimento, sugerir políticas de captação e alocação de recursos para as finalidades da lei e fiscalizar e avaliar o correto uso dos recursos do Fundo Municipal de Inovação, além de propor ao Executivo Municipal o aperfeiçoamento profissional e a introdução de métodos de trabalho e técnicas operacionais, visando à qualificação da esfera pública municipal na prestação de serviços públicos com aplicação de inovação. O Conselho Municipal de Inovação será constituído paritariamente por 12 (doze) membros vinculados à administração municipal, à comunidade científica, tecnológica e de inovação, às entidades empresariais e à sociedade civil organizada.

O Fundo Municipal de Inovação (FMI) terá como objetivo promover atividades inovadoras, tecnológicas, sociais e sustentáveis do município, sob a forma de programas e projetos. O fundo terá autonomia administrativa e financeira e o apoio será para planos, estudos, projetos, programas, serviços tecnológicos e de engenharia, capacitações, eventos e outras atividades de cunho inovador que resulte em soluções de interesse para o desenvolvimento do município. Os recursos do fundo serão formados por transferências financeiras eventualmente realizadas pelo Governo Federal e pelo Governo do Estado, dotações orçamentárias, doações, legados, contribuições em espécie, valores, bens móveis e imóveis recebidos de pessoas físicas e jurídicas, entre outros.

Os recursos do Fundo poderão ser aplicados através de convênios, termos de cooperação, termos de parceria e outros instrumentos legais de contratação que vierem a ser celebrados pelo município com entidades da administração pública direta e indireta, da União, Estado e municípios e entidades privadas.

A lei também prevê a criação do Selo de Inovação de Petrópolis, chamado de “Petro-Inova” que terá como objetivo identificar a participação das entidades integrantes do Sistema Municipal de Inovação credenciados, nas ações de inovação do município e indicar a procedência de serviços e produtos das empresas inovadoras de Petrópolis. A marca poderá ser utilizada pelas empresas credenciados pelo Conselho Municipal de Inovação em portais, prospectos, projeções, publicações, cartazes, filmes e outros elementos de promoção, divulgação e informações.

Já o Plano de Sustentabilidade e de Inovação do Executivo Municipal estudará a aquisição de produtos inovadores e contratação de projetos de ciência, tecnologia e inovação para o plano de Sustentabilidade da Política Pública de Inovação.  As unidades organizacionais do Poder Executivo Municipal deverão desenvolver o Plano de Sustentabilidade de suas atividades, com propostas para uso racional de recursos naturais, ação de responsabilidade social para servidores, ações de eficiência energética, investimentos em tecnologias limpas e ações de compensação ambiental, além da preservação da água, saneamento básico e mudança nos padrões de consumo. Além disso, o município estabelecerá em seus processos de compra os requisitos de sustentabilidade a serem exigidos dos fornecedores, de acordo com Plano de Sustentabilidade elaborado e atualizado anualmente.

A lei também prevê a difusão da promoção da cultura empreendedora e de inovação nas escolas públicas e unidades de educação na cidade, permitindo que a administração pública apoie programas que desenvolvam os conhecimentos, as habilidades e as atitudes de empreender e inovar.

Visitação poderá ser feita até o fim do mês

Segue aberta para visitação na Casa da Educação Visconde de Mauá a exposição de trajes alemães, iniciada durante a Semana da Língua Alemã. A mostra, que vai durar até o fim de abril, pode ser visitada por toda a comunidade.

A ideia da exposição é mostrar um pouco dos costumes dos alemães, tão importantes na história da nossa cidade, para os alunos que participam dos cursos e oficinas extracurriculares na Casa da Educação, mas, também para os visitantes da Casa.

“Devemos preservar as nossas origens e foi por isso que a exposição foi programada na Casa da Educação Visconde de Mauá. Queremos aproximar o público das escolas da rede municipal dessa história e mostrar os costumes alemães”, afirma Marcos Carneiro, do Segmento Germânico, um dos organizadores da Semana da Língua Alemã e um dos organizadores da exposição na Casa da Educação.

Além da exposição de trajes, na programação especial em homenagem a cultura alemã realizada na Casa da Educação Visconde de Mauá também há contação de histórias. Nessa quinta-feira (11.04) a contação foi realizada por Nathália Pujol Fernandes, Segunda Princesa da XXIX Buernfest e Beatriz Azevedo Xavier Cellos de Lima, Rainha da XXIX Bauernfest.

“Elas contaram histórias dos irmãos Grimm às crianças e aplicaram uma oficina de alemão, mais uma atividade oficial da Semana da Língua Alemã”, explicou Marcos Carneiro.

A visitação da exposição dos trajes alemães poderá ser feita das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. A Casa da Educação fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 03.

A Rua Madre Francisca Pia, no Campos do Serrano, ficará em mão única neste sábado (13.04) entre 8h e 11h30. O motivo é a presença de cerca de 1000 crianças para o evento do Conselho Municipal de Direito das Crianças e do Adolescentes (CMDCA), no Campo do Serrano Futebol Clube. A via poderá ser utilizada para quem segue do Quarteirão Ingelheim e vai para Mosela. O caminho inverso ficará impedido nesse horário.

A festa para fazer a entrega dos chocolates ocorre de 9h às 11h. O CMDCA disponibilizará o transporte para levar as crianças das instituições ao clube. As crianças poderão aproveitar o dia com brinquedos, recreação, além de distribuição de lanche e dos chocolates.

O CMDCA tem 40 instituições cadastradas e atende diretamente 6.671 crianças. Em 2018, a verba do Funcria arrecadou em doações R$ 1 milhão. Entre os projetos beneficiados estão o Projeto Ampliando Horizontes, Semeando Vida e Esperança, Pestalozzi, São Charbel, Cultura Pela Paz entre outros. Todos os projetos, instituições e informações podem ser acessadas pelo site www.cmdcapetropolis.com.br.

O programa Mais Asfalto promoveu manutenção viária em seis bairros da cidade nesta quinta-feira (11.04). Foram atendidas ruas de Duarte da Silveira, Nogueira, Carangola, Alto da Serra, Morin e Centro. As vias que receberam o serviço servem de itinerário para 120 linhas de ônibus, melhorando a passagem de 2.369 viagens todos os dias.

Na Duarte da Silveira, o serviço atendeu mais um trecho da Rua João Xavier, por onde passam 38 viagens das linhas 117 e 140.

Em Nogueira, o trabalho ocorreu na Rua Promenade, rota de 19 viagens diárias da linha 608.

A Rua Nelson Silva, no Carangola, caminho de 98 viagens de quatro linhas de ônibus, foi mais uma atendida pelo programa.

No Alto da Serra, Albino Siqueira, Rua Teresa e Padre Feijó foram beneficiadas com a manutenção viária, melhorando 441 viagens de 26 linhas.

Outro bairro com o trabalho foi o Morin, que recebe oito linhas todos os dias e 139 viagens.

No Centro, o trabalho aconteceu em três ruas com intenso movimento de veículos: Monsenhor Bacelar, Rocha Cardoso e Washington Luiz. São 79 linhas de ônibus que usam pelo menos uma dessas ruas, somando 1.634 viagens todos os dias.

Em pouco mais de três meses, a Secretaria de Obras promoveu a manutenção viária em Alto da Serra, Araras, Bairro Esperança, Bela Vista, Bingen, Carangola, Castelânea, Castelo São Manoel, Castrioto, Caxambu, Centro, Chácara Flora, Corrêas, Duarte da Silveira, Estrada da Saudade, Independência, Itaipava, Meio da Serra, Morin, Mosela, Nogueira, Quarteirão Brasileiro, Quitandinha, Retiro, Roseiral, Samambaia, Santa Mônica, Sargento Boening, Siméria, Valparaíso e Vila Felipe.

Além do cavalo Campolina, a 30ª Exposição Agropecuária – de 1º a 05 de maio - receberá também um evento da raça Pampa. A Expo Pampa 2019, que está em sua quinta edição na Cidade Imperial, acontece entre os dias 03 e 05, no Parque Municipal, em Itaipava, e vai trazer cerca de 100 animais vindos de diversas cidades do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. Os eventos de cavalos movimentam a festa, trazem visitantes e aquecem a economia. Juntas, as duas exposições terão 220 animais.

A 5ª Expo Pampa vai contar com julgamentos de marcha e provas de morfologia (que verificam a beleza do animal), além de provas esportivas, chamadas no meio de “funcionais”. Todo o evento poderá ser acompanhado pelo público. Para o prefeito Bernardo Rossi, a expectativa é grande para receber mais dois eventos de cavalos no Parque. “A parte rural e agropecuária da festa é o destaque, que movimenta a nossa economia, e traz grandes criadores de cavalos, por exemplo, que lotam os hotéis, movimentam restaurantes e comércio”, frisa.

Petrópolis já é considerada um importante pólo para as exposições de cavalos. “Nas três principais cidades da Região Serrana: Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo estão 30% dos haras do estado do Rio de Janeiro, isso é muito importante. E para o Pampa, como ele está mais concentrado no Rio e em Minas Gerais, Petrópolis é um lugar muito bom porque fica no meio da BR-040, então tanto quem vem de Minas quanto quem vem do Rio tem facilidade para chegar”, explica o responsável pelo evento, Alexandre Todeschini.

Este ano será a primeira vez que Pampa e Campolina dividirão a mesma pista. A Expo Campolina Itaipava 2019 acontece entre os dias 02 e 04 de maio e também vai contar com julgamentos de morfologia e andamento.

Os profissionais da Assistência Social e da Saúde serão capacitados para o atendimento de pessoas com algum tipo de deficiência auditiva. Um curso de libras será oferecido aos profissionais a partir do mês de maio. Durante quatro meses os técnicos que atuam diretamente no atendimento ao público receberão aulas semanais para terem conhecimento básico sobre a língua de sinais. A medida visa facilitar o acesso aos serviços oferecidos nos setores da prefeitura.

O preparo dos profissionais vai promover mais qualidade no atendimento de uma população de 30 mil pessoas, que apresenta algum tipo deficiência auditiva na cidade. A iniciativa conta com as parecerias do Instituto Alliance, que atua para a inclusão de pessoas com deficiências, entre as quais os auditivos; e da Associação da Rua Teresa (Arte), que cederá as salas para a realização das aulas. A primeira etapa do curso contará com duas turmas para 25 profissionais cada, que terão o conhecimento básico para a compreensão da língua de sinais.

O município já conta com a Central de Libras que atende cerca de 80 pessoas ao mês. O serviço auxilia a população surda no acesso aos serviços públicos.

A capacitação dos profissionais da Assistência Social e Saúde visa avançar os serviços que vêm sendo realizados. Atualmente a Central de Libras conta com uma profissional que contribui para a inserção dos deficientes auditivos aos serviços oferecidos públicos, que compreende atendimento nos setores públicos de saúde, educação, assistência social, entre outros. O curso de libras vai expandir a assistência para todas as unidades. A ideia é que ao menos um profissional em cada setor seja preparado para atender o surdo. 

A capacitação dos profissionais para a língua de sinais, vai atender a meta do planejamento estratégico da Secretaria de Saúde. A estimativa é contar ao menos com um profissional em cada um dos 92 equipamentos de atendimentos da Saúde.

De acordo com a parceira do projeto, a presidente fundadora do Instituto Alliance, Vania Cristina do Nascimento os profissionais receberão o conhecimento teórico sobre a língua dos sinais e serão treinados a prestarem o primeiro atendimento básico. “Os profissionais serão preparados para o atendimento básico, para conseguirem se apresentar, solicitar de documentos, prestar orientações simples de forma que o usuário consiga ser compreendido”, destaca Vania Cristina, que pelo instituo promove o curso do módulo básico ao avançado, além de diversas ações para a inclusão do deficiente auditivo na sociedade.

Atendimento sem necessidade de agendamento prévio também em Itaipava

O Departamento de Trabalho e Renda da Secretaria de Desenvolvimento Econômico emitiu, nos três primeiros meses desse ano, 1.388 carteiras de trabalho. O serviço é oferecido gratuitamente e sem necessidade de agendamento prévio, na sede do Detra, que funciona no Centro Administrativo da PMP e no Centro de Cidadania Desembargador Jorge Loretti, que fica na Estrada União Indústria, nº 11.860, sala 05, em Itaipava.

No mesmo período do ano passado foram emitidos 1.328 documentos e ao longo de todo ano foram 5.459 novas carteiras de identidade. O serviço é oferecido sem atendimento prévio, beneficiando quem precisa do documento e não pode esperar.

Em janeiro de 2019 foram emitidos 449 documentos no Centro e 199 em Itaipava; em fevereiro foram 239 no Centro e 184 em Itaipava e, em março, 178 em Centro e 139 em Itaipava.

Para fazer a primeira via a da Carteira de Trabalho são necessários os documentos: CPF (original); Identidade (original); certidão de nascimento / casamento e comprovante de residência. Para quem vai fazer a segunda via são necessários o CPF e identidade (original); certidão de nascimento / casamento; comprovante de residência (com CEP correto); número e série da CTPS anterior (encontrado em rescisões de contrato, extrato de FGTS, folha de seguro desemprego).

Vale destacar que há também a possibilidade de conseguir a emissão da Carteira de Trabalho na sede do Ministério do Trabalho e Emprego na Rua São Pedro de Alcântara, nº 63, Centro e no Centro Administrativo Frei Antônio Moser fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

Ano passado, durante todo o ano fora 5.459 novos documentos e em 2017, Departamento de Trabalho e Renda contabilizou 2.780 documentos.

Uma equipe volante do Procon estará nesta sexta-feira (12.04) orientando os consumidores sobre a compra de chocolate e peixes nesta época do ano. A ação irá ocorre nos terminais, pontos de ônibus e praças da cidade. Serão distribuídas cartilhas explicativas com dicas sobre as compras, além de esclarecidas dúvidas sobre as compras nesta época do ano.

O consumidor deve se atentar se o rótulo do ovo de Páscoa tem a data de fabricação, data de validade e peso líquido, sem considerar embalagens e brindes.  Os ovos também devem estar armazenados em espaços longe de fontes de calor, para que não derreta – o que pode alterar sua data de validade, além de ficar longe de produtos de limpeza e com cheiros fortes.

No rótulo do chocolate precisa conter informações dos componentes presentes no produto. Se contem açúcar, glúten, e dados voltados a intolerantes, diabéticos e celíacos. Caso o consumidor encontre defeito no ovo de chocolate que comprou, como se trata de um bem não durável, o CDC estipula o prazo de 30 dias para fazer a reclamação.

Quando os ovos de Páscoa tiverem brindes em seu interior, eles precisam conter o selo de garantia no Inmetro, que garante a segurança às crianças, indicando, ainda, a faixa etária apropriada para seu uso. É preciso conter ainda a frase “Atenção: contém brinquedo certificado no âmbito do Sistema Brasileiro da Avaliação da Conformidade – SBAC, vinculado ao INMETRO”.

Sobre a venda de peixes, a orientação do Procon é sobre a utilização de luvas descartáveis para manuseio. Nos supermercados e açougues, o peixe fresco deve estar em balcão frigorífico conservado no gelo e, na feira livre, é preciso estar protegido com uma camada de gelo. No caso dos peixes congelados, é preciso estar refrigerado abaixo de 0ºC.

A programação da 3°Semana Municipal da Juventude, contará com uma mesa redonda, cujo o principal foco discorrerá sobre o empreendedorismo universitário. A conversa será mediada por Amanda Eloi, fundadora e coordenadora do Ciclo Empreendedor Universitário. A mesa reunirá as Empresas Junior da UFF e Estácio de Sá, além da Incubadora do LNCC. O evento acontecerá na quinta-feira (25.04), às 18h, no auditório da Universidade Estácio de Sá. A abertura da 3° Semana do Jovem Empreendedor acontecerá no dia 24.04, e terá uma extensa programação até 27.04.

“A mesa redonda que irei mediar terá como foco o empreendedorismo universitário, tendo como base as iniciativas que as universidades oferecem e grande parte dos alunos/professores/empresas/sociedade desconhecem, levantarei a questão dos incentivos a respeito do empreendedorismo nas universidades e como a sociedade tem esse retorno na prática. O evento será focado em três ações: provocar novas reflexões, informar o valor do empreendedorismo para o mercado e conectar experiências e aprendizados”, explica Amanda Eloi, fundadora do Ciclo Universitário Empreendedor.

O Ciclo Empreendedor Universitário é um projeto que tem como principal objetivo mostrar a importância do ecossistema empreendedor acadêmico para o mercado, reunindo em um dia de evento startups, empresas juniores, empresários, investidores, órgãos públicos, empresas, universidades e empreendedores, com a finalidade de conectar o empreendedorismo acadêmico ao mercado e mostrar as iniciativas que existem dentro da universidade e podem ser trabalhadas com o mercado de trabalho e governo também.

A Semana do Jovem Empreendedor ainda contará com a 2° Feira do Jovem Empreendedor, que está com as inscrições abertas até o dia 22.04. E podem ser realizada pelo telefone (24) 2246-9319, ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , ou pelo  link https://www.sympla.com.br/feira-do-jovem-empreendedor-inscricoes__502747.  O concurso será realizado no dia 27, sábado, das 13h às 15h, na Casa dos Conselhos. Os jovens participantes devem possuir de 15 a 29 anos. Ao fim da feira, as três melhores ideias serão premiadas com dinheiro, e com o Troféu Municipal do Jovem Empreendedor.

Confira a programação da Semana do Jovem Empreendedor:

Quarta-feira (24/04) às 15h

Palácio Quitandinha (Av. Joaquim Rolla, 2 – Quitandinha)

- Cerimônia de abertura

Palestra –Repense & Reinvente & Seja Humano & Mude o Mundo!, com Paulo Siqueira, executivo sênior de uma das maiores empresas de consultoria do mundo - Accenture, e especialista em gestão estratégica de grandes empresas.

Quinta-feira (25/04) às 18h

- Universidade Estácio de Sá (Rua Bingen, 50 – Bingen)

Case de sucesso da 1º Feira do Jovem Empreendedor: Marcos Copari

Mesa redonda: Start - Início ao empreendedorismo, com Amanda Eloi (Fundadora e Coordenadora Geral do CEU - Ciclo Empreendedor Universitário) e as empresas Junior das universidades, UFF, Estácio e a Incubadora do LNCC. 

Sexta – Feira (26/04) às 10h

- Cefet (Rua do Imperador, 971 – Centro)

Case de sucesso da 1º Feira do Jovem Empreendedor: Rochele Almeida

Palestra: A importância de elaborar um Pitch Empreendedor, como Paulo César Andrade

Pitch na prática- Primeiros passos para montar um negócio na prática, com Roberta Dalvo

Sábado (27/04) - Encerramento

Auditório da Casa dos Conselhos (Avenida Koeler, 260 – Centro)

09h às 12h

1° Palestra: O caminho que dá certo, com a Ganhadora da 1° Feira do Jovem Empreendedor, Isabella Carvalho - Bella’s Confeitaria

2° Palestra: posicionamento nas redes sociais, com Isabel Ferraro, Especialista em Planejamento estratégico, Comunicação Corporativa e Mídia Sociais

13h às 15h

2°Feira Municipal do Jovem empreendedor - Apresentação de projetos e empresas de jovens do município.

Atletas de todo o Estado enfrentam uma seleção de Petrópolis em 14 lutas

O desafio de Muay Thai entre atletas de todo o Estado e a seleção de Petrópolis promete agitar o próximo domingo (14.04). Serão realizados 14 combates de categorias que variam dos 57 até 86 quilos. São duas lutas principais: Douglas Rocha, de Petrópolis, contra Matheus Rambo, de Realengo, e entre o petropolitano José Balbino e Vitor Lost, representante da Baixada Fluminense. O evento será realizado na Rua Teresa, 971, onde funciona a Academia Extreme, de 10 até às 16h. A competição conta com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer.

A pesagem dos atletas acontece no sábado, no mesmo local da competição, de 9 às 15h. A seleção que vai representar Petrópolis foi criada em uma seletiva realizada entre as academias de muay thai do município no dia 13 de março. O professor Steiner Benvenuti, um dos organizadores do evento, destaca que o desafio também é uma oportunidade de interação dos atletas petropolitanos.

"A gente acredita que os atletas da nossa cidade estão preparados. Para eles é uma oportunidade de desenvolverem suas técnicas, com a presença de grandes atletas do Estado", afirmou Steiner, anunciando também a realização da Copa Thai Kids no dia 5 de maio, na mesma academia, atendendo crianças de 9 até 13 anos.

Desde o início da atual gestão, o governo municipal investe em parcerias público-privada para trazer eventos de artes marciais para a cidade, proporcionando opções de lazer e incentivando as modalidades. No ano passado, por exemplo, foram realizados o Torres Fight Championship, a nona edição da Copa Petropolitana de Judô e o Open de Judô.

A prefeitura também já realizou eventos próprios de artes marciais, como o Agita Lutas, voltado para o público infantil. Além disso, a prefeitura também oferece aulas gratuitas de jiu-jitsu, muay thai, karatê e judô para todas as idades no Centro de Iniciação ao Esporte. A Casa da Educação Visconde de Mauá - em parceria com o IMCE – oferta o karatê e o judô gratuitamente para alunos da rede.

Com o tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, a III Conferência Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa acontece no dia 11 de maio, na Universidade Estácio de Sá, no Bingen. O objetivo é construir propostas voltadas para a proteção e direitos da pessoa idosa nas políticas públicas, fortalecendo ações embasadas na Política Nacional do Idoso e Estatuto do Idoso, para serem apresentadas na Conferência Estadual em julho. O credenciamento será no dia, uma hora antes do início do evento, com apresentação de um documento com foto.

O evento terá uma abertura solene, com a participação especial do coral Pró Tempore – que faz parte de um projeto do Instituto Municipal de Cultura e Esportes. Em seguida, será apresentado o tema da conferência, e a leitura e aprovação do regimento interno, com a presença dos membros do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDDPI).

“A Conferência Municipal é o espaço onde novas possibilidades de melhorias aparecem e onde são construídas as propostas de forma democrática que serão levadas para a Conferência Estadual. Estamos focados em ações de fortalecimento em prol dos direitos dos idosos sempre zelando com muito respeito por esta classe que precisa muito de todos nós", frisou a presidente do CMDDPI, Tânia Maltez.

São quatro assuntos que serão analisados por grupos (divididos no dia), com a finalidade de elaborar as propostas que serão aprovadas pela plenária e encaminhadas para a Conferência Estadual. Os eixos debatidos são: Direitos Fundamentais na Construção/Efetivação das Políticas Públicas (Saúde, Assistência Social, Previdência, Moradia, Transporte, Cultura e Lazer); Educação: assegurando direitos de emancipação humana; enfrentamento da violação dos direitos humanos da pessoa idosa e Os Conselhos de Direitos: Seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.  Também será eleito um delegado para representar o município da Conferência Estadual.

“Na Conferência você tem oportunidade de formar propostas de políticas públicas para o município voltada para o direito do idoso. Esta proposta é levada para Conferência Estadual, podemos ir para Conferência Nacional. É o espaço que a sociedade civil e o poder público têm para propor, discutir e organizar as ações dentro do tema definido”, destacou a Coordenadora da Casa dos Conselhos e Comissões, Maria da Penha Rodrigues de Veras.

As ruas Montecaseros a partir da entrada da Frei Rogério, a Roberto Silveira e a Koeler mantiveram trânsito livre nesta quarta-feira (10.04), durante os testes de trânsito realizado pela CPTrans. As mudanças ocorreram entre 16h30 e 19h30 em diversas ruas do Centro e a ação também apresentou reflexo positivo com o trânsito fluindo de maneira constante na Avenida Imperatriz, Ipiranga e 13 de Maio no sentido Barão do Rio Branco e Bingen. As mudanças serão mantidas nesta quinta-feira (11).

Uma nova alteração proposta foi aplicada na Montaseros: um gradil foi disposto impedindo a conversão à esquerda na entrada de uma escola para quem seguia na Paulino Afonso ou Montecaseros do sentido bairro. Também foram dispostos cones e gradis próximo a um posto de combustível onde, no dia anterior, haviam sido flagrados motoristas utilizando para fugir do retorno obrigatório. Oito agentes atuaram na ação.

O objetivo das intervenções é dar maior fluidez ao trânsito, aumentando a constância com que os veículos trafegam, chegando mais rápido aos seus destinos. São mudanças pontuais, que, juntas, deverão beneficiar os itinerários de 170 linhas de ônibus em diversos sentidos.

Notícias por data

« Abril 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30          

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP