Listagem está no Diário Oficial do município do dia 24 de abril

Desde 2017 a atual administração já convocou 210 concursados da seleção ocorrida em 2015

A prefeitura está convocando 128 concursados que passaram no concurso de 2015 para ocuparem vagas na Secretaria de Educação. Foram convocados cuidadores, interpretes de libras, professores dos anos iniciais e professores de matemática. A lista com os nomes foi publicada no Diário Oficial do dia 24 de abril, disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

A convocação dos concursados feita pela atual administração começou em agosto de 2017. Desde então, já foram convocados 210 concursados. Na lista publicada no DO do dia 24 de abril estão dois cuidadores escolares, três intérpretes de libras, 96 professores de educação básica – anos iniciais (sendo 85 da 1ª região e 11 da 2ª região) e 27 professores de matemática (19 da 1ª Região e 8 da 2ª edição).

Os convocados deverão comparecer ao Departamento de Administração de Pessoal e de Recurso Humanos, na Av. Barão do Rio Branco, nº 2.846. A data para apresentação será comunicada por telegrama, que será enviado com o dia e o horário para o comparecimento. Vale destacar que o não comparecimento implicará na desistência dos candidatos.

Essa é a terceira convocação feita pela administração municipal desde 2017. Na Secretaria de Administração, os concursados serão informados sobre os documentos que devem apresentar e os exames admissionais necessários. “Esse é um reforço muito aguardado pela rede municipal de Educação. Todos os trâmites serão seguidos para que os profissionais ocupem os seus cargos o mais rápido possível na rede municipal de Educação”, explicou a secretária de Educação Marcia Palma.

Vale salientar que o concurso para preencher vagas para professores e outros profissionais de apoio foi realizado em janeiro de 2015, e em maio de 2017 teve a validade prorrogada até 2019.

Artistas e bandas se apresentam no Palco Petrópolis

Além do palco principal, a 30ª Expo Agropecuária também vai contar com o Palco Petrópolis, com atrações, principalmente, locais. Um dos objetivos é valorizar a cultura e os artistas da cidade, oferecendo ao público atrações para todos os gostos. Na programação estão shows gospel, de pagode, pop, samba, rock, sertanejo, entre outros. Este ano, o evento, que acontece no Parque Municipal, em Itaipava, será de 1º a 05 de maio. Os shows completam as atividades da festa, que conta com exposições de cavalos, fazendinha, galpão do produtor rural, parque de diversões, entre outros.

O evento abre na próxima quarta-feira, 1º de maio, feriado pelo Dia do Trabalhador. No Palco Principal, quem comanda a festa é pagodeiro Ferrugem, a partir de 23h. Mas o dia todo será movimentado com as apresentações de Diego Nunes (14h30); Juliana Limah (15h45); Sarah Sabino (17h); Débora Reis (18h15); Preto no Branco (19h30); e Grupo Magia (21h). O feriado também vai contar com recreação infantil, a partir de 14h, com o grupo Tindolelê.

No dia seguinte, 02, o pagodeiro Thiaguinho é a atração do palco principal, às 23h. No Palco Petrópolis se apresentam Bomba Show (19h) e Samba do Amigo (21h). Já na sexta-feira, 03, o DJ Zulu (23h30) abre o palco principal e a meia noite se apresenta o DJ Alok. Também haverá shows do Plataforma 16 (19h); Concreto Humano (20h15); e Blackout Scorpions Tribute (22h).

Sábado, 04, será a vez do sertanejo tomar conta da festa com a apresentação do cantor Felipe Araújo, a meia noite. No Palco Petrópolis, tem Grupo Caxote (19h); Fred & Ramon (20h30); e Lucas Israel (22h). Encerrando a festa, no dia 05, o pagodeiro Suel se apresenta às 21h no palco principal. No outro palco, o público vai poder contar com apresentações do Gabriel Silva (17h); D’Patrão (18h30); e André Campaña (20h).

Quatro dos cinco shows principais terão entrada gratuita para pista comum, com exceção da apresentação do DJ Alok. Os ingressos para o show dele e para pista premium e camarote de todos os outros estão disponíveis na internet, pelo site www.guicheweb.com.br.

Confira a programação:

PROGRAMAÇÃO EXPO AGROPECUÁRIA

01/05 - quarta-feira

Palco

Horário

Atração

Palco Petrópolis

14:30

DIEGO NUNES

Palco Petrópolis

15:45

JULIANA LIMAH

Palco Petrópolis

17:00

SARAH SABINO

Palco Petrópolis

18:15

DÉBORA REIS

Palco Petrópolis

19:30

PRETO NO BRANCO

Palco Petrópolis

21:00

GRUPO MAGIA

Palco Principal

23:00

FERRUGEM

     

02/05 - quinta-feira

Palco Petrópolis

19:00

BOMBA SHOW

Palco Petrópolis

21:00

SAMBA DO AMIGO

Palco Principal

23:00

THIAGUINHO

     

03/05 - sexta-feira

Palco Petrópolis

19:00

PLATAFORMA 16

Palco Petrópolis

20:15

CONCRETO HUMANO

Palco Petrópolis

22:00

BLACKOUT SCORPIONS TRIBUTE

Palco Principal

23:30

DJ ZULU

Palco Principal

0:00

ALOK

     

04/05 - SÁBADO

Palco Petrópolis

19:00

GRUPO CAXOTE

Palco Petrópolis

20:30

FRED & RAMON

Palco Petrópolis

22:00

LUCAS ISRAEL

Palco Principal

0:00

FELIPE ARAÚJO

     

05/05 - DOMINGO

Palco Petrópolis

17:00

GABRIEL SILVA

Palco Petrópolis

18:30

D´PATRÃO

Palco Petrópolis

20:00

ANDRÉ CAMPAÑA

Palco Principal

21:00

SUEL

 

Além de atuar em 35 bairros, o serviço também ocorre em vias de grande movimento, mesmo sem ser de responsabilidade do município

Em quase quatro meses de 2019, a prefeitura já promoveu o serviço de manutenção viária em 130 ruas de 35 bairros da cidade. Um dos focos principais do programa Mais Asfalto é melhorar as condições de ruas que servem de rota para as linhas de transporte público da cidade, principalmente nos bairros. Mas o trabalho também ocorre em vias de circulação mais intensa de veículos para reduzir o risco de acidentes. Por isso, o programa também atua em trechos de ruas que não são de responsabilidade do município, como é o caso do entorno da Rodoviária do Bingen e trechos da Estrada União e Indústria.

O trecho no entorno do Terminal Rodoviário Leonel Brizola fica na BR-040, onde a manutenção é de responsabilidade da Concer. Pelo local passam 548 viagens de 20 linhas de ônibus municipais, sem contar os do transporte intermunicipais. A área entre a rodoviária até o pórtico do Bingen foi atendida nesta semana com 12 toneladas de asfalto.

Na União e Indústria, o trabalho já ocorreu este ano em três diferentes trechos: em Itaipava, entre a 106ª DP e o Terminal; em Corrêas, desde a Ponte Branca até o Terminal (ambos sob responsabilidade do Dnit); e na Posse, até a saída para a BR-040 (administrado pelo DER).

Esse trabalho é feito ao mesmo tempo que os bairros são atendidos. Nesta sexta-feira (26.04), o serviço ocorreu na Rua Geraldo Pergentino (Madame Machado), Comunidade do Duques, Rua Joaquim Agante Moço (Itaipava) e ruas Vitor Coriolano (Comunidade da Serrinha) e Ângelo João Brand (ambas no Independência).

Esta última é destino de 111 viagens de cinco linhas de ônibus. O morador e membro da Associação de Moradores do Independência, João Pires ressaltou a importância do serviço para os moradores da Rua Vitor Coriolano.

“Esse trabalho é muito importante porque a comunidade é bastante populosa, então vários carros passam por aqui. Receber esse cuidado é muito bom e temos confiança de que aqui vai ficar ainda melhor”, afirmou.

Desde o início do ano, já foram atendidos os bairros Alto da Serra, Araras, Bairro Esperança, Bela Vista, Bingen, Carangola, Castelânea, Castelo São Manoel, Castrioto, Caxambu, Centro, Chácara Flora, Corrêas, Duarte da Silveira, Duques, Estrada da Saudade, Independência, Itaipava, Madame Machado, Meio da Serra, Morin, Mosela, Nogueira, Posse, Quarteirão Brasileiro, Quitandinha, Retiro, Roseiral, Samambaia, São Sebastião, Santa Mônica, Sargento Boening, Siméria, Valparaíso e Vila Felipe.

Ações vem sendo realizadas frequentemente para impedir a venda de produtos piratas, falsificados e sem origem comprovada

A Fiscalização de Posturas e a Guarda Civil já apreenderam mais de 2,5 mil produtos piratas, falsificados e sem origem comprovada vendidos irregularmente em vias públicas da cidade. São produtos comercializados de forma irregular e que não possuem qualquer garantia de confiabilidade, colocando o comprador em riscos. Essas ações foram intensificadas nos últimos três meses. Na tarde de quinta-feira (25.04), por exemplo, foram realizadas novas operações na região do Alto da Serra, Rua Teresa, Rua do Imperador e Paulo Barbosa.

Produtos como pendrives, cartões de memória, cabos USB, fones de ouvido e carregadores de celular foram apreendidos. Eles não possuem certificação, o que significa que podem danificar aparelhos de celular e computadores, e até prejudicar a audição de quem usa os produtos. Também foram apreendidos itens como carteiras, cinto e outras peças de vestuário, que não possuem procedência legal – o que pode ser fruto de roubo de carga e configurar crime de receptação.

É importante destacar que além disso, o comércio informal em ruas do Centro Histórico é proibido tanto pelo Código de Posturas quanto pelos órgãos de tombamento. O comércio de rua só é permitido em algumas áreas para não gerar uma concorrência desleal ao comércio formal.

Além dos produtos apreendidos nesta quinta-feira, já foram retirados do comércio irregular mercadorias como pares de meia, sombrinhas, óculos, tubos de cremes e pomadas, raladores de legumes, cobertores, tapetes e mídias (CD e DVD). Quem é pego cometendo a irregularidade tem os produtos apreendidos e fica sujeito a multa de até R$ 2 mil.

Evento realizado anualmente alerta sobre a importância do diagnóstico precoce

O mês de maio vai ser de conscientização sobre as doenças inflamatórias intestinais. A campanha do Maio Roxo, que chama a atenção para os cuidados para a identificação precoce das doenças de Crohn e Retocolite, vai ter a tradicional caminhada no dia 4 de maio. A concentração dos participantes vai ser na Praça da Liberdade, às 13h30. A iniciativa antecede a data oficial de alerta internacional, dia 19 de maio, quando há intensificação de informações sobre os danos causados pelas doenças.

A caminhada realizada anualmente, completa sua oitava edição esse ano, e atrai mais de 300 pessoas para o movimento. O evento pretende ocupar a tarde do sábado (04.05). A caminhada percorrerá a Av Koeler, as ruas Impreatriz, Dezesseis de Março, Dr. Nelson Sá Earp e terá encerramento no mesmo ponto de partida, na Praça da Liberdade. No local haverá ainda apresentação musical com um coral da cidade e sorteio de brindes diversos. O evento contará com distribuição de material informativo sobre as doenças inflamatórias intestinais.

Quem quiser participar da caminhada, basta chegar no dia do evento. As camisas temáticas começam a ser vendidas com antecedência, no dia 27 de abril, e estarão disponíveis para compra também no dia da caminhada, a R$ 10. Quem quiser comprar antes do evento pode encontrar as camisas nas lojas que apoiam a iniciativa, na joalheria Ewiglich, Mr Hugo e Mudi, todas localizadas na Rua Dezesseis de Março.

A campanha é um alerta para a importante do diagnóstico precoce.  

Índices de incidência das doenças aumentam mundialmente

Petrópolis acompanha o índice mundial de incidência das doenças inflamatórias intestinais. De acordo com o organizador do movimento na cidade, o médico gastroenterologista, José Francisco da Silva Vieira, a estimativa é de que uma proporção entre 0,5 a 10 pessoas de 100 mil habitantes, por ano, desenvolvam uma das doenças inflamatórias intestinais - retocolite ou crohn.

O médico é o responsável pelo ambulatório da especialidade que funciona no Hospital Alcides Carneiro. Na unidade, o médico atende mensalmente cerca de 80 pacientes com uma das doenças relacionadas e precisam de acompanhamento periódico na rede pública de saúde. Na rede privada, ele atende cerca de 200 pacientes apresentando os sintomas das doenças inflamatórias intestinais. “Essa é uma doença que não tem cura, de caráter crônico, que precisa ser controlada com uso de medicamento e ter acompanhamento rotineiro com especialista”, destaca o médico, que considera a doença um caso de saúde pública: “é uma doença que afeta a população na fase mais produtiva da vida, que oferece comprometimento socioeconômico e psicológico”. A doença pode se manifestar em pessoas na faixa etária entre 14 e 40 anos e após os 60 anos.

O especialista ressalta que as mudanças de hábitos alimentares dos dias atuais são um dos potenciais fatores para o desenvolvimento da doença, além dos fatores genéticos. “Essa é uma doença de primeiro mundo, relacionada ao aspecto alimentar, ambiental, além dos fatores genéticos e imunológicos”, explica o médico, frisando que o consumo de alimentos com conservantes, os fast foods, são de grande relevância para o surgimento das doenças.

Dada a importância para a conscientização sobre os danos que a doença acomete, em Petrópolis foi criada a uma Lei que institui a semana do Maio Roxo. Nesse período ações de alerta para a população são praticadas.  Como não há prevenção para a doença, o intuito da campanha é alertar para o diagnóstico precoce. No material informativo distribuído durante a campanha, serão destacados alguns dos sintomas que devem servir de alerta para que a população busque um especialista.

Dor abdominal, diarreia, crônica, aftas orais, dores articulares, manifestações oftalmológicas e dermatológicas são alguns dois sintomas das doenças inflamatórias intestinais. “O quanto antes se diagnostica, menos complicações o paciente terá, mais fácil será o tratamento”, destaca o médico, que é responsável pela associação “Retocrohn”, voltada para o apoio dos pacientes com o diagnóstico das doenças.

Encontro é direcionado aos comitês gestores de seis municípios do Estado

A Casa da Educação Visconde de Mauá vai sediar na próxima segunda-feira (29.04) um seminário direcionado aos comitês gestores dos seis municípios do Estado do Rio que fazem parte do Polo 3 do Programa Busca Ativa Escolar. O Busca Ativa é uma inciativa da UNICEF e UNDIME através de parceria entre a Secretaria de Saúde, Assistência Social e Educação que tem como objetivo promover a inclusão social e erradicação da evasão escolar. Por meio da Busca Ativa Escolar, municípios e estados conseguem dados concretos que possibilitam planejar, desenvolver e implementar políticas públicas que contribuam para a inclusão nas escolas.

Participarão do seminário integrantes dos comitês das cidades: Itaboraí, Belford Roxo, Teresópolis, Petrópolis, Rio das Ostras e São João de Meriti.

O Busca Ativa é uma plataforma que auxilia os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão, ou seja, permite que o poder público possa procurar essas famílias para entender o que está acontecendo de forma breve. 

O encontro será ministrado pela gestora do Polo 3 do programa, Roberta Castro. 

Até o momento o Busca Ativa Escolar em Petrópolis mantém 26 alertas - o sistema é alimentado por integrantes das secretarias envolvidas no processo. “O alerta é dado quando é notado um possível caso de evasão escolar. Quando o aluno começa a faltar, prontamente os agentes envolvidos no processo já buscam informações sobre o caso e começam a investigar as causas do problema e de que forma as secretarias podem ajudar as famílias”, explica Ana Paula Valle, responsável pelo Departamento de Inspeção Escolar da Secretaria de Educação e gestora do Comitê Petrópolis.

Como funciona o programa:

Todo o processo do Busca Ativa Escolar pode ser feito pela internet e a ferramenta pode ser acessada em qualquer dispositivo, como computadores de mesa, computadores portáteis, tablets, celulares (SMS) e smartphones. No Busca Ativa Escolar, cada secretaria ou grupo têm um papel específico, que vai desde a identificação de uma criança ou adolescente fora da escola até a tomada das providências necessárias para a matrícula e a permanência do aluno ou aluna na escola. Os diretores alimentam os dados dos alunos e realizam o monitoramento de frequência regularmente. Decorrido um ano e não tendo sido constatado problema com a criança ou o adolescente (re)matriculado, o caso recebe o estado Concluído. Caso seja verificada a evasão, o caso recebe o estado Fora da escola.

Secretaria de Saúde realiza evento que visa melhoria da qualidade de vida das mulheres na terceira idade

Um dia especial para o cuidado da mulher na terceira idade, é o que a Secretaria de Saúde vai promover no próximo dia 30 de abril, quando se comemora o Dia Nacional da Mulher Idosa. Atividades diversas de promoção e manutenção da saúde serão oferecidas no Centro Poliesportivo Fábrica do Saber, na Estrada da Saudade – 269. Essa é a primeira edição do evento, que será gratuito e aberto ao público.

A ação contará com o apoio dos profissionais da saúde, entre os quais os que atuam nas Academias da Saúde que vão oferecer aulas de yoga, alongamento, ginástica funcional, dicas de automassagem e técnicas de chi-kung (trabalho respiratório). A iniciativa visa cuidar da saúde e da beleza. Durante a tarde também serão oferecidos cortes de cabelo e apresentadas dicas de penteados.

O evento pretende oferecer uma tarde de lazer e ao mesmo tempo trabalhar a importância de se adotar hábitos saudáveis para a vida. 

A expectativa é de que cerca de 100 pessoas compareçam, entre as frequentadoras da Fábrica do Saber e das regiões do entorno. Todos os usuários das Academias da Saúde também estão sendo convidados para o dia de conscientização da saúde da mulher idosa. Parte das atividades oferecidas pelas Academias vai ser desenvolvida, incluindo as Práticas Integrativas Complementares (PICs). Profissionais de Educação Física, Fisioterapia e terapeutas atuarão voluntariamente.

“Esse vai ser um dia de empoderamento da mulher, de valorização do autocuidado”, frisa Márcia Verônica Ferreira, coordenadora das Academias de Saúde.

Como rotina, cerca de 60% do público atendido pelas quatro Academias de Saúde do município, é formado por idosos. Os espaços oferecem serviços diversos que visam a melhoria da qualidade de vida dos usuários e proporcionam acompanhamento complementar ao já feito pela rede de Atenção Básica do município. Mensalmente cerca de 250 pessoas são atendidas nas academias que funcionam no Castelo São Manuel, Cremerie, Itaipava e Vale do Carangola. 

Apesar do atraso do Coelhinho da Páscoa – uma incompatibilidade de agenda entre a escola e a equipe responsável pela ação – o sorriso e empolgação das 236 crianças que receberam os ovos de Páscoa nesta sexta-feira (26.04) não foram menores. Na Escola Paroquial Carlos Remiá, no Retiro, os estudantes de 4 a 12 anos da educação infantil e primeiro segmento ficaram hipnotizadas com a presença do personagem, que marcou presença na entrega dos chocolates. A iniciativa faz parte da vertente social do Procon, que fez o recolhimento dos ovos e a distribuição na unidade de educação.

“Para muitas crianças, foi o único presente recebido nesta Páscoa. Estamos inseridos dentro de uma comunidade em que, em muitos casos, as famílias priorizam outras necessidades. Acredito que essa iniciativa traz esperança e muita alegria a todas as crianças e suas famílias”, destaca a diretora da unidade, Maria de Lourdes Gantzel de Azevedo.

Para a menina Isabela Benvindo Ferreira, de 9 anos, que está no 4º ano, a chegada do coelho da Páscoa foi totalmente inesperada. “Havíamos feito pinturas, mas não sabia que iríamos ganhar o ovo de Páscoa. Estou muito feliz”, conta a menina que mora com a mãe mais quatro irmãos. Na campanha, as crianças foram desafiadas a fazer uma pintura, que foi disponibilizada aos doadores, na hora da escolha de uma criança para apadrinhar.

De acordo com o Procon, toda a ação do órgão voltada às crianças busca propor um desafio para despertar a atenção sobre o real significado daquele tema. Ao pintar o desenho, a criança é desafiada a fazer uma reflexão sobre aquele tema e isto é refletido em como ela realiza aquela atividade. Então, esse material é disponibilizado às pessoas que irão apadrinhar, que muitas vezes nos relatam a emoção despertada pelas crianças.

E se aqueles que fazem as doações ficam emocionados, as crianças que recebem os chocolates não são diferentes. Este é o caso de Renan Timóteo Silva, 12 anos, aluno do 5º. “Meu coração está até acelerado”, brinca o estudante. “Minha família vai ficar muito feliz. Foi uma grande surpresa para todos nós. Estão todos pulando, rindo e se divertindo com o coelhinho. É um grande dia para todos nós”, disse o garoto.

Gabriel de Jesus Coelho, 10 anos, também no 5º ano, resume: “Gratidão. É um dia diferente e feliz para todos nós”.

Jovens que treinam Muay Thai no Centro de Referência da Juventude (CRJ) irão disputar o cinturão na 6ª edição do campeonato Brasil Armageddon Fight, no Rio de Janeiro. Serão 11 atletas representando a cidade, que são treinados pelo professor Adriano Tavares, no espaço que oferece atividades para os jovens petropolitanos.

Alunos da escola Bom Jesus Menino Jesus, em Itaipava, participaram das ações de conscientização de redução de riscos e desastres, um dos segmentos de prevenção realizados pela Defesa Civil nas Escolas. Os pequenos apresentaram os trabalhos que foram realizados durante toda a semana para a equipe de agentes da Defesa Civil, sobre proteção do meio ambiente.

Inédita no país e obrigatória na rede municipal de ensino, a política pública de Defesa Civil nas Escolas ganhou espaço nas salas de aulas dos colégios particulares. O objetivo é que os alunos desenvolvam a cultura de prevenção aos desastres de origem natural e de percepção de riscos. A novidade deste ano foi a inclusão do tema bem-estar animal dentro da proposta.

De acordo com a Defesa Civil, a ação já acontece em 180 escolas municipais e as escolas particulares já começaram a aderir a política pública, que foi aberta para todas as instituições. 

A instituição realizou ações com crianças de 4 a 10 anos, trabalhando a Campanha ‘Bichinhos do Jardim’, ressaltando as questões de educação ambiental, prevenções, entre outros. A turma dos alunos de 2 anos, apresentou o projeto sobre a importância de cuidar dos jardins e das plantas. Já a turma de 3 anos, falou sobre a preservação do bichinho Tatu Bola que está em extinção. As crianças maiores brincaram com o jogo da Turma do Pedrinho, que ensina de forma lúdica as medidas adotadas em casos de emergências e questões de educação ambiental.

“Com esta ação, exploramos o espaço da escola, com os jardins, as plantas e foi muito gratificante este trabalho, pois vimos o resultado na sala de aula da conscientização dos alunos, além da interação com as outras turmas sobre o tema”, contou a professora dos alunos nível 2, Rayane Mezes de Moraes.

“Trabalhamos com a temática da preservação dos animais e meio ambiente, e os próprios alunos escolheram o tatu bola. O projeto foi amplo, com música, desenho, colagem tudo dentro do foco de criar o hábito da prevenção e preservação”, frisou a professora dos alunos nível 3, Daniela Kapler Botelho.

A política pública da Defesa Civil nas Escolas é mais uma ação de prevenção aos desastres naturais. A iniciativa vai reforçar todas as ações que trabalham a importância da prevenção não só no ambiente escolar, mas também na comunidade.

Unidade passa por obras para ampliação da maternidade e melhorias no setor de urgência

Realizada em parceria com a Faculdade de Medicina de Petrópolis /Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/FASE), a ampliação da maternidade do Hospital Alcides Carneiro está avançando. A obra conta com parte dos recursos repassados pela instituição de ensino. O valor R$ 13,6 milhões é referente à contrapartida da FMP/FASE que conta com o hospital de ensino para o treinamento e formação dos alunos da instituição. O hospital tem 201 leitos ocupados, sendo 44 da maternidade. Só entre esta quinta-feira (25.04) e a manhã desta sexta, foram realizadas 28 cirurgias e 7 partos. 

O hospital tem realizado mensalmente, em média, 37 mil exames de imagens; 340 cirurgias; e 300 partos. A maternidade, que passa por melhorias para a criação de um Centro Obstétrico, atende em média 1600 mulheres e realizou 3118 partos em 2018.

As intervenções feitas no hospital visam a ampliação de mais 20 leitos obstétricos e quatro salas de parto, do tipo PPP (pré-parto, parto e pós-parto). Com esse acréscimo, a maternidade pública passará a contar com 64 leitos. Nesta etapa das intervenções estão incluídos o centro obstétrico e a ampliação de mais três leitos de UTI. A estimativa é de que as obras estejam concluídas no segundo semestre.

No setor de urgência, que passa por reformas para adequações de normas da vigilância sanitária, parte do funcionamento é mantido e algumas melhorias já foram concluídas.  A prioridade para o atendimento é para casos de urgência e emergência da pediatria e maternidade. Mesmo com a estrutura reduzida, 2500 pacientes são atendidos no setor mensalmente. 

Grupo se apresenta na abertura da festa, no feriado de 1º de maio, Dia do Trabalhador. A programação também conta com shows do Ferrugem e de bandas locais

Mesclando ritmos como o black, samba, pop e o soul de uma maneira inconfundível, a banda gospel Preto no Branco será a principal atração do Palco Petrópolis na abertura da 30ª Expo Agropecuária de Petrópolis, no feriado de 1º de maio, Dia do Trabalhador. Formado por Clovis Pinho, Weslei Santos e Jean Michel, o grupo sobe ao palco às 19h30 e deverá encantar o público com seus grandes sucessos, como “Ninguém Explica Deus”, cujo clipe no YouTube já ultrapassou 180 milhões de visualizações. Já no palco principal, quem abre a festa é o pagodeiro Ferrugem, às 23h. A entrada é gratuita.

O Preto no Branco tem como marca a versatilidade e dinamismo, tornando única cada música e apresentação. Mas o grupo não é o único a subir no Palco Petrópolis na abertura do evento. Também se apresentam Diego Nunes (14h30), Juliana Limah (15h45), Sarah Sabino (17h), Débora Reis (18h15) e Grupo Magia (21h). O dia ainda vai contar com galpão do produtor rural, exposição de cavalos, fazendinha, recreação infantil, parque de diversões, entre diversas outras atrações.

Para o público que é fã do gospel, o Preto no Branco promete não deixar ninguém parado. Os integrantes mantêm desde o início uma de suas principais marcas: a versatilidade. Assim, os vocalistas seguem com o revezamento de instrumentos a cada música tornando únicas as sonoridades de cada canção.O grupo já ultrapassou a marca de 405 milhões de visualizações no canal oficial do YouTube. Os clipes do projeto“Preto no Branco 2” somados, chegaram, em quatro meses, a mais de 26 milhões de views.

Cidadania. Esse é o tema da palestra que vai marcar o mês de abril para idosos e pensionistas do Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Município de Petrópolis. O encontro será na próxima terça-feira (30.04), a partir das 10h, na Casa Cláudio de Souza, localizada no número 247 da Praça da Liberdade. A coordenadora do Gabinete da Cidadania, Ana Maria Rattes será a responsável por desenvolver o tema junto aos participantes do encontro.

Quem se inscreveu para participar da Corrida do Trabalhador, poderá retirar seu kit no dia 29 de abril (segunda-feira) de 9h às 21h ou no dia 30 de abril (terça-feira) de 7h às 16h, na sede da Superintendência de Esportes e Lazer, na Praça Visconde de Mauá, 305 – Centro – Prédio do Centro de Cultura. Para retirar o Kit, o corredor precisa levar uma lata de leite em pó. No local, também terá um ponto de doação de par tênis novos ou usados (em bom estado), que serão distribuídos para projetos sociais da cidade.

O kit da Corrida do Trabalhador contém a numeração, chip de cronometragem, mochila saco e garrafa – objetos que auxiliarão os participantes durante a prova, que está marcada para o dia 1º de maio às 7h30 na sede da prefeitura de Petrópolis, na Avenida Koeler, 260, Centro. O percurso acontece todo pelo centro da cidade com um total de 5,3 Km. Os cinco primeiros colocados serão premiados com troféus, e todos que participarem receberão medalhas.

Os interessados que não conseguiram fazer a inscrição, ainda terão uma última chance. Os kits que não forem retirados dentro o prazo divulgado, serão disponibilizados para novas inscrições no dia 30 (terça-feira), de 16h às 18h.

A largada da prova acontece na sede da Prefeitura, na Avenida Koeler, circulando a Praça da Liberdade, subindo a Rua Monsenhor Bacelar, segue pela Rua Washigton Luiz, Rua do Imperador, passa pela Rua Alberto Torres, sai na Avenida Ipiranga retornando à Avenida Koeler finalizando a corrida na sede da prefeitura.  A prova terá dois pontos de hidratação no meio do percurso, além de atividades paralelas no local de largada e chegada da corrida.

Para a prova, foram oferecidas mil vagas gratuitas para o público - 150 vagas para quem doou sangue para o Banco do Hospital Santa Teresa; 750 vagas on-line e 100 vagas presenciais. O evento é uma realização da Prefeitura de Petrópolis, por meio da Superintendência de Esportes, em parceria com o Sesc Rio.

Todos os veículos a serviço da rede pública de saúde passam a ser rastreados

A Secretaria de Saúde amplia o sistema de monitoramento dos serviços e agora atua com o rastreamento de todos os veículos a serviço da rede pública de saúde. Os 50 veículos entre ambulâncias, veículos administrativos para transporte de carga e pacientes, passam a ser controlados 24 horas. A medida visa qualificar do serviço e vem somar às ações para melhor controle de gastos. Com baixo custo de manutenção, o sistema, que prevê investimento de R$ 1,5 mil por mês, contribuirá para o aumento na economia com combustível, que poderá chegar até 60% no comparativo com 2016.

A partir da nova gestão, algumas medidas de controle para a manutenção da qualidade dos serviços e redução de gastos, vem sendo tomadas. No que se refere aos veículos da Secretaria de Saúde, desde que foi adotado o controle detalhado de logística, já se alcançou uma redução de 50% de gastos com combustíveis. Em 2018, o gasto foi de R$ 610 mil, enquanto na gestão anterior foi registrado um gasto de R$ 1,2 milhão para abastecer os automóveis.

O sistema de rastreamento dos veículos, feito por GPS (satélite) ou GPRS (telefone), possibilita o controle em tempo real dos carros usados a serviço da Secretaria de Saúde. Além das 12 ambulâncias monitoradas, outros 38 veículos administrativos, para o transporte de carga e de pacientes, são acompanhados. Diariamente são traçadas as rotas e serviços a serem feitos por cada veículo. Uma Central de Monitoramento foi criada, onde um profissional verifica em tempo real o cumprimento dos percursos, evitando que os carros saiam das rotas definidas, dando maior controle sobre o uso de combustível.

O serviço ainda possibilita o controle da condução responsável dos automóveis. Um alerta é acionado quando a velocidade máxima permitida é ultrapassada. Dentro do perímetro urbano, os veículos são programados a andar a 50 km/h e em rodovias o limite é de 90 km/h. O novo sistema regula todo o setor de transporte evitando o uso indevido dos veículos a serviço da rede pública.

Para os veículos, controle de velocidade é válido inclusive para as 12 ambulâncias, para as quais é dada a flexibilidade apenas para a mudança da rota para o transporte do paciente, visando garantir a agilidade no atendimento. O sistema de rastreamento vai contribuir para a responsabilização do motorista em caso de multas. “Já vínhamos adotando várias medidas de controle dos veículos, mas para algumas situações o controle era dificultado. No caso das multas, por exemplo, era difícil responsabilizar o motorista infrator. Agora o sistema nos mostra quem estava conduzindo o veículo e nos comprova a má conduta”, destaca do superintendente administrativo financeiro, Diego Marcelino Oliveira.

Prefeito acompanhou o trabalho realizado no CIE, no Caxambu

O Centro de Iniciação ao Esporte de Petrópolis (CIE), no Caxambu, já atende mais de 800 adultos e crianças de todo município. Ele ocupa uma área de 1,6 mil m² ao lado da Escola Municipal Senador Mário Martins. Inaugurado em março do ano passado, o local oferece atividades esportivas gratuitas para toda população.

A moradora do Caxambu, Maria Fernanda Queiroz de Souza, contou que o filho faz aula no CIE e ela também participa de várias atividades no espaço. “Esse Centro foi uma maravilha para nossa comunidade. Tirou as crianças da rua, e nos deu tranquilidade. Hoje sabemos que eles estão aqui participando de alguma atividade. Meu filho fica aqui o tempo todo, é até difícil tirar ele daqui”, disse a auxiliar de serviços gerais, que também faz aulas de zumba, ginástica e alongamento. “Eu também participo de todas as aulas. É muito bom para a saúde, autoestima, me sinto mais disposta”, contou Maria Fernanda.

Para as crianças e os adolescentes, são oferecidas aulas gratuitas de futsal, vôlei, handebol, basquete, basquete 3x3, jiu-jitsu, muaythai, karatê e capoeira, de segunda à sexta-feira, de 10h às 18h. Para os adultos, existem turmas de dança, ginástica e alongamento as segundas, terças, quintas e sextas, a partir das 18h30.

O Centro é mais um espaço oferecido pelo município para incentivar a prática de atividades esportivas.

Iniciativa do Sebrae Petrópolis em parceria com a Prefeitura de Petrópolis e AgeRio

As vantagens do microcrédito para a crescimento dos negócios em Petrópolis serão abordadas durante um encontro que será realizado na próxima segunda-feira (29.04), às 16h, na sede da Arte. O encontro direcionado aos artesãos é resultado de uma ação conjunta entre o Sebrae Petrópolis, Prefeitura e a AgeRio – Agência de Fomento do Rio de Janeiro. Mais informações e inscrições podem ser feitas pelos telefones: 0800-570 0800 / 2237-0062

É importante que os microempreendedores que trabalham com artesanato participem desse encontro. Através de uma parceria com a AgeRio, a prefeitura mantém no Espaço Empreendedor a concessão de microcrédito para aqueles que buscam aumentar os seus negócios. 

Durante a palestra sobre gestão financeira, os microempreendedores individuais que atuam com o artesanato poderão tirar as suas dúvidas. “Os MEIs são o grande destaque da retomada do crescimento econômico em todo o país e em Petrópolis a realidade não é diferente. Atendemos no Sebrae muitas pessoas que desejam investir em seus negócios e o microcrédito pode ser um grande aliado desses empreendedores”, explica Claudia Pacheco, coordenadora regional do Sebrae.

O microcrédito – que é disponibilizado pela AgeRio através de uma parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico - oferece com taxas a partir de 2,98% ao mês. Os valores dos empréstimos ofertados variam entre R$ 500 e R$ 3 mil, dependendo da necessidade do solicitante. O microcrédito é uma boa oportunidade para quem quer investir no seu próprio negócio. O recurso pode ser investido em itens como capital de giro, compra de mercadorias, aumento de estoque e em melhorias no empreendimento. A palestra vai tirar as dúvidas e mostrar o passo a passo para conseguir o financiamento.

Pode conseguir o microcrédito qualquer pessoa que tenha uma atividade regularizada, mesmo em casa. A taxa é de 2,98%. Os documentos exigidos para a solicitação do credito são: identidade, CPF, comprovante de residência, comprovante de titularidade bancária, foto do empreendimento (tirada na visita) e certificado de MEI (se for o caso). Para o avalista é necessário identidade, CPF, comprovante de residência, comprovante de renda, identidade e CPF do cônjuge (se houver).

Quem não puder participar do encontro na ARTE – que fica na Rua Aureliano Coutinho, s/nº - pode procurar atendimento sobre microcrédito no Espaço Empreendedor - que funciona no Centro Administrativo Frei Antônio Moser – de segunda a sexta, das 10h às 17h - na Avenida Barão do Rio Branco, n° 2846, telefone (24) 2233-8137, ou enviar e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Notícias por data

« Abril 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30          

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

cmv-logo

Relatorio CMVP