Turistas e petropolitanos elogiam organização da festa

A 30ª Bauernfest chegou a mais um fim de semana com espaços lotados. O feriadão prolongado de Corpus Christi (20.06) trouxe ainda mais visitantes para o município e fez com que Palácio de Cristal, Rua Alfredo Pachá, Praça da Liberdade e Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), com o Biergarten, ficassem movimentados tanto durante o dia quanto á noite. Com intensa programação, o público pôde contar com animados bailões com a Banda Germânica, concursos, teatro, danças folclóricas, atividades para as crianças e diversos shows.

Turistas que chegaram de diversas partes do país aprovaram o evento e prometem voltar na próxima semana. “Estou surpresa com a festa, nunca tinha vindo. Já fui na Oktoberfest e eu estou vendo que aqui a vibe ainda está melhor. As pessoas estão alegres, estão usufruindo de verdade. As pessoas vêm pra participar mesmo, tem gente dançando, gente comendo. É uma festa de rua, é bem bacana quando você ocupa espaços públicos, não fica restrito, é democrático e permite que as pessoas vivenciem. Não tem como passar e não fazer parte da festa”, destacou a jornalista, Cristina Hare, que veio do Rio para curtir a festa com os amigos.

“É diversão garantida, você se sente à vontade aqui com as pessoas, com o ambiente. Comida boa, bebida boa, não dá vontade de ir embora. A gente veio a terceira vez só essa semana, e vamos voltar na semana que vem”, completa o fotógrafo Douglas Paiva, também do Rio.

O Palácio de Cristal – núcleo da festa – reúne a programação mais tradicional, com as músicas, danças e gastronomia típica. Mas é possível encontrar programação variada também nos outros espaços, como no palco Koeler, na Praça da Liberdade, e no Biergarten. Durante todo fim de semana, o público lotou e aprovou os eventos. Vendedores e ambulantes comemoraram o movimento. “Estou achando legal, está dando pra vender bastante, graças a Deus está bem movimentado”, frisa o pipoqueiro Matheus Vieira Dias. “Tem turista, petropolitano, muito pessoal do Rio. As pessoas estão gostando, se divertindo”, completou o vendedor ambulante Edson José de Almeida.

Entre os destaques da programação, o concurso de chope a metro é um dos mais animados. Além de visitantes, petropolitanos fiéis não perdem uma edição. É o caso da bancária Adriana Kronemberger, que venceu a bateria feminina neste domingo. “Eu estou aqui todo ano, venho sempre. A dica é ter calma, tranquilidade e abrir o olho pra ver quando está acabando”, explicou. Durante a semana, o concurso continua, sempre às 20h.

No domingo,301 ônibus e vans chegaram em Petrópolis com destino à Bauernfest – número é o maior registrado em um mesmo dia

Petrópolis registrou 519 veículos de turismo de sexta-feira (21.06) a domingo (23) com destino à Bauernfest. Somando todos os dias de evento, a cidade já acumula 914 veículos e já ultrapassa o número registrado na última edição, quando 880 ônibus e vans deram entrada no município com destino à Bauernfest. O domingo, aliás, foi o dia com maior número de ônibus e vans chegando em um mesmo dia para um evento na história de Petrópolis com 301 veículos sendo contabilizados.

Os números são compilados pela CPTrans, que mantém, todos os dias, equipes nos pórticos do Bingen e Quitandinha fazendo o cadastro e triagem dos veículos de turismo com destino à Festa do Colono Alemão. Nesses pontos eles são adesivados com informações de desembarque, estacionamento, embarque e até por qual caminho sair da cidade. A medida evita o acúmulo de veículos do tipo em um mesmo local, aliviando o trânsito nas áreas próximo à festa.

O motorista de ônibus de turismo Paulo Jorge trouxe um grupo de turistas para a visitar a festa. Ele chegou na manhã de sábado e ficou surpreso com a recepção. “Esse cuidado é importante. As pessoas explicam para onde ir, onde parar e isso tem um efeito muito positivo até mesmo nas pessoas que vem de excursão e que acabam se planejando para voltaram em uma outra ocasião com suas famílias”, disse.

Cíntia Esteves, guia de turismo, tem grupos planejados para todos os fins de semana de festa. Neste último, ela elogiou as medidas adotadas e destacou o efeito disso para o grupo. “As pessoas que vêm pela primeira vez ficam surpresas com a receptividade. Isso é positivo e extremamente agradável. As pessoas ficam felizes e querendo voltar à cidade”, disse.

“Eu fiquei encantada. Vim para a Bauernfest pela primeira vez e todo o cuidado com todos os detalhes, a organização de tudo deixou esse gostinho de quero mais. Já vou me planejar para voltar à cidade e trazer o marido e os filhos”, destaca a professora aposentada, Nanci de Abreu Mello, moradora de Niterói.

Além da homenagem aos colonos germânicos, a Bauernfest traz com ela um dos melhores momentos para o turismo da cidade. Prova disso, neste segundo fim de semana de festa a ocupação hoteleira chegou a 98,95% no Centro Histórico e arredores e 95,85% na média geral em todo município. Só de veículos de turismo, entre o feriado de Corpus Christi (20.06) e domingo (23), 532 ônibus e vans entraram na Cidade Imperial com destino à Festa do Colono Alemão. Pontos turísticos, como o Museu Imperial, o Museu Casa do Colono e Museu Casa de Santos Dumont, por exemplo, além de outros destinos turísticos, como a Rua Teresa, têm ficado lotados principalmente nos fins de semana.

Os dias de céu azul – e sem chuva – foram um atrativo a mais para visitantes aproveitarem o feriadão prolongado por toda a cidade. Segundo a prefeitura, a Bauernfest não é apenas um evento cultural, é uma das principais ferramentas do turismo da cidade, que ajuda a movimentar a economia de diversos setores.

O domingo foi o dia com maior número de ônibus e vans chegando em um mesmo dia para um evento na história de Petrópolis com 301 veículos sendo contabilizados. Outro exemplo de grande movimento foi registrado no Museu Casa de Santos Dumont. O atrativo recebeu, entre quinta-feira e domingo, 4.058 mil pessoas,o número é 46,5% a mais do que no mesmo período do ano passado, quando 2.775 mil pessoas passaram pelo local.

“A cidade é linda, a festa é mais bonita ainda e estou encantada com os pontos turísticos”, frisou animada a turista Jenifer Carvalho, que veio de São Paulo.

Para a Turispetro, a ideia é descentralizar cada vez mais a festa para movimentar diversos setores da cidade.

Com nova sede, CRAS do Retiro oferece mais acessibilidade para cerca de 5 mil moradores da região

A prefeitura inaugurou na manhã desta segunda-feira (24.06) a nova sede do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Retiro. A nova unidade oferece mais acessibilidade e tem capacidade de levar os serviços dos programas sociais, dos governos municipal e federal, para cerca de 5 mil pessoas da região. Mensalmente são atendidas 250 pessoas na unidade. A Secretaria de Assistência Social estima um aumento de 30% a partir da nova localização, na Rua Hermogênio Silva – 238.

Ainda segundo a prefeitura, a próxima comunidade a receber uma unidade do CRAS, será a do Independência. A nova unidade recebeu o nome do monsenhor Paulo Daher, falecido aos 85 anos de idade, após ter dedicado a vida ao cuidado do próximo, ao trabalho social, com dedicação especial para a educação. A família do monsenhor participou da inauguração e agradeceu a homenagem. “Tenho que agradecer a todos, um momento especial que vemos o trabalho do meu irmão dando frutos. Esse local vai facilitar muito a vida dos mais carentes”, destacou a irmã do monsenhor, Maria José Elias Daher. A inauguração contou com a presença do bispo Dom Gregório Paixão, que destacou que o “CRAS tem exatamente a postura que o monsenhor, que batalhava para que as pessoas caminhassem com os próprios pés”.

Nova unidade oferece mais acessibilidade

Instalada no centro comercial do bairro, a nova sede do CRAS do Retiro, fica mais próxima das comunidades de abrangência e possibilita o atendimento de pessoas com deficiência ou dificuldade motora. A unidade conta com estrutura para desenvolver com a comunidade todos os trabalhos acompanhados por psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, educadores e demais apoiadores. Além do atendimento para a inserção ao Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), que dá acesso a diversos programas do Governo Federal, a unidade realiza trabalhos com grupos de convivência, onde os usuários são orientados e acompanhados pelos profissionais.

A unidade agora oferecerá mais comodidade aos moradores do Retiro, cobrindo uma área territorial que abrange as comunidades do Neylor, Alemão, São Luís, Atílio Marotti e Quarteirão Brasileiro.

Atualmente o município conta com oito unidades do CRAS. O serviço segue as normas do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e tem registrado maior celeridade nos atendimentos. As unidades do CRAS são referência para a inclusão dos usuários CadÚnico. Em Petrópolis, cerca de 29 mil pessoas possuem o registro e são direcionadas a programas como o Bolsa Família, destinado a aproximadamente 12 mil famílias na cidade; e o Benefício de Proteção Continuada (BPC), que está disponível para cerca de 3 mil famílias.

A moradora da Comunidade do Alemão, Vania Inei de Oliveira Queiroz, de 30 anos aprovou a nova localização e destaca a importância do trabalho desenvolvido no CRAS. “Esse serviço nos ajuda muito a ter acesso a benefícios e melhorar nossa qualidade de vida. Participo dos grupos de convivência com meus filhos, que têm ajudado muito no relacionamento com meus filhos. Me ajuda muito”, destaca a usuária que tem três filhos com 3, 5 e 8 anos de idade.

A representante dos moradores da Comunidade do Neylor, Marcela Stefanie Carvalho destaca a necessidade da população por serviços como os oferecidos pelo CRAS. “Essa foi a melhor coisa que poderiam fazer pela comunidade. O CRAS atende as necessidades da população. É um serviço essencial”, destaca.

A moradora, Andreza Aparecida do Nascimento é uma das usuárias do CRAS, que também aprovou a nova unidade. “O CRAS é muito importante para as pessoas mais humildes, precisamos de auxílio e aqui conseguimos ajuda com cesta básica, emprego e apoio com psicólogo. Sem esse serviço seria mais difícil”, destaca a usuária. 

As unidades do CRAS também fornecem programas e ações voltadas para o idoso e adolescente. O ID Jovem possibilita a gratuidade de adolescentes ao transporte e à cultura e a carteira do idoso também disponibiliza benefícios para o público da terceira idade que se enquadra ao perfil de vulnerabilidade social.

Para garantir a expansão dos serviços, a Secretaria de Assistência Social tem atuado de forma intersetorial com outros programas oferecidos pelas demais secretarias do governo. A ideia é continuar expandido os serviços. Além da inclusão em programas, o CRAS desenvolve ações para crianças, adolescentes, adultos e idosos. Regularmente são oferecidas oficinas de dança, capoeira, crochê e artesanato. O CRAS também organiza um coral com os usuários interessados.

Os Centros de Referências de Assistência Social estão localizados nos bairros:

CRAS Quitandinha

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço - Rua Alagoas, s/nº – Quitandinha.

CRAS Centro

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço – Rua Dr. Sá Earp, nº 39 – Centro.

CRAS Retiro

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço - Rua Hermogênio Silva, 238 - Retiro.

CRAS Posse

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço - Estrada União e Indústria, S/N, ao lado do CIEP Gabriela Mistral (CEU da Posse).

CRAS Corrêas

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço. Rua Vigário Correa, 443 – Corrêas.

CRAS Vale do Carangola

Horário de funcionamento: das 7h30 às 16h30, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço. Rua Waldemar Vieira Afonso, 19 – Antiga ONG - Vale do Carangola.

CRAS Itaipava

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço. Estrada União e Indústria, 11.860 – Itaipava.

CRAS Madame Machado

Horário de funcionamento: das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira, sem horário de almoço. Rua Geraldo Lourenço Dias, s/nº (ponto final do ônibus 704) – Madame Machado

Nesta quarta-feira (26.06) ações de conscientização e prevenção tomam conta da Praça da Liberdade

O Dia Mundial de Prevenção às Drogas vai ter ação de conscientização durante a programação da 30ª Bauernfest, na quarta-feira (26.06). A tenda do Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e outras Drogas III (Caps-AD III), instalada na Praça da Liberdade, vai sediar oficinas arte, música e teatro com a temática da prevenção. Ações de promoção de saúde e rodas de conversas também serão promovidas, das 9h às 18h, pela Coordenadoria de Política sobre Drogas em parceria com o Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (CMPD).

A tenda do Caps-AD III funciona desde o primeiro dia da festa do colono e tem atraído cerca de 60 pessoas diariamente. No local são feitas abordagens à população com distribuição de panfletos e cartilhas, além de estar sendo base de algumas ações desenvolvidas com os pacientes do Caps, como palestras, debates, exibição de filmes e apresentação de performances teatrais. No dia da conscientização mundial, o intuito vai ser fortalecer o trabalho de prevenção.

A instalação da tenda na Praça da Liberdade e a realização das ações de conscientização ocorrem em momento em que se intensifica o trabalho de prevenção em todo o país. O evento de quarta-feira (26.06) fecha a 21ª Semana Nacional de Prevenção às Drogas.

De acordo com a coordenadora do Caps-AD III, Leandra Iglesias, dos cerca de 3 mil atendimentos mensais, 85% são de casos de uso de bebidas alcoólicas. Na sequência estão os usuários de drogas ilícitas, 80% dos pacientes são usuário de maconha e 65% de cocaína.

Além de disseminar das informações preventivas com o público em geral, a iniciativa tem promovido a reinserção social dos pacientes atendidos no Caps. Algumas atividades complementares ao tratamento dos usuários estão sendo transferidas para a tenda como as abordagens em grupos, oficinas terapêuticas, terapia de consciência corporal, exercícios de relaxamento, aferição de pressão e sinais vitais, apresentações teatrais com os pacientes da unidade, oficina de música e cinema.

Palestras com estudantes da rede pública também estão sendo realizadas. Ao longo do evento, ainda são feitos alertas sobre os riscos do uso de drogas na direção, do consumo entre gestantes e da proibição de venda a menores de idade. “Estamos conseguindo levar nossa mensagem. Tem sido uma semana muito produtiva”, conta Leandra.

A 34ª Exposição Estadual do Cavalo Mangalarga Marchador foi responsável por movimentar o Parque Municipal, em Itaipava, neste fim de semana. Com mais de 350 animais vindos de haras de diversos estados do país, mais de 10 mil pessoas passaram pelo evento, entre quarta-feira (19.06) e sábado (22) para acompanhar os campeonatos e apresentações, e ainda puderam contar com gastronomia, feira de artesanato, atividades para as crianças, entre outras atrações, em uma grande estrutura que contou até com camarotes.

Eventos de cavalos ajudam a movimentar e aquecer a economia da região. Este ano, além do Mangalarga Marchador, o espaço também já recebeu eventos do Pampa e Campolina.

A 34ª Exposição Estadual do Cavalo Mangalarga Marchador contou com cerca de 100 expositores da raça, com a presença de alguns dos melhores haras do país. O veterinário responsável do evento, José Carlos Gomes, explicou que, mesmo antes de a exposição começar oficialmente a cidade já estava movimentada. “Os cavalos começaram a chegar no início da semana. Isso movimenta muito a economia da cidade. Tem haras que vem com mais de 10 pessoas cada, além de toda a família, que se hospeda nos hotéis, aproveita a gastronomia. A estrutura do parque e de Petrópolis é muito boa. Tem ainda diversas opções de turismo, que as pessoas adoram”, frisa.

Esta foi a última exposição no Rio de Janeiro classificatória para a nacional. O evento teve julgamentos de marcha e morfologia e premiação em dinheiro. Criadores vindos de São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, entre outros estados trouxeram seus animais.

O serviço de limpeza mobilizou 86 funcionários

A equipe de limpeza da Comdep retirou 42 toneladas de lixo durante o fim de semana na Bauernfest. São 86 funcionários destinados para equipe especial da festa, atendendo a toda limpeza diariamente. A cidade recebeu 498 ônibus e vans, o que representa mais de 20 mil pessoas, só no sábado e no domingo. Durante a semana, a equipe removeu 5 toneladas de lixo.

O serviço de limpeza está sendo realizado Palácio de Cristal, da Praça da Liberdade, da Praça da Águia e do entorno desses locais. As Ruas Alfredo Pachá, Rua Teresa, Av. Piabanha, Padre Siqueira, Roberto Silveira, 13 de Maio, Imperatriz, Imperador e outras ruas, receberam varreção e lavagem das vias com caminhão pipa, além da manutenção dos jardins.

A equipe da Comdep especial para Bauern também está coletando materiais recicláveis e óleo de cozinha utilizado pelas barracas de alimentos. Foram colocados 115 barris para o descarte de lixo, além das lixeiras de postes e contentores maiores, que ficam próxima a entrada secundária do Palácio.

Guias de turismo participaram, nesta segunda-feira (24.06), de uma reunião na prefeitura com o objetivo de estreitar laços para que os profissionais continuem trabalhando em conjunto com as secretarias municipais tanto em grandes eventos, como no caso desta Bauernfest, como durante todo o ano. Destaque na atual administração, o turismo tem crescido cada vez em na cidade e já recebe 2 milhões de visitantes anualmente.

As ações realizadas durante esta 30ª edição da Festa do Colono Alemão foram destacadas entre os agentes de turismo, que elogiaram, por exemplo, o bom funcionamento do fluxo de trânsito. “A organização feita pela CPTrans nos ajudou e muito. Os motoristas estão seguindo as orientações, isso ajudou a ordenar”, destacou a guia Raquel Neves.

Durante todo o período do evento, equipes da CPTrans abordam os veículos de turismo que chegam pelos pórticos do Bingen e Quitandinha para cadastro e também para orientação sobre estacionamentos e locais de embarque e desembarque.

 “É muito importante que o município nos ouça”, completou a presidente da Associação de Guias de Turismo de Petrópolis, Ana Beatriz de Oliveira.

O programa Defesa Civil na Sua Casa leva técnicos da prefeitura para vistorias preventivas no bairro Duarte da Silveira às 10h nesta terça-feira (25.06). O trabalho preventivo conta com o apoio de equipes das secretarias de Assistência Social, Obras e Comdep, que buscam em conjunto reduzir o número de ocorrências causadas pelas chuvas fortes do verão. Iniciado em maio, o mutirão de atendimentos está sendo realizado por toda a cidade durante o período de estiagem e segue até outubro. 

Após o atendimento das vistorias, os técnicos elaboram um relatório com todos os encaminhamentos necessários (como por exemplo, problemas em postes de energia, enviados para a concessionária de energia). Durante o trabalho, os moradores também são orientados sobre medidas simples que podem salvar vidas, como a instalação de calhas para recolhimento da água da chuva, a importância do descarte correto de lixo, a poda regular de árvores e a preservação das fontes d'água.

As equipes já visitaram a Comunidade do Alemão, Neylor, Siméria e a Vila Operária em Cascatinha. São mais de 35 atendimentos realizados somando todos os locais.  

Um calendário está sendo elaborado pela Secretaria de Defesa Civil para atender as comunidades do município. Os interessados em receber o programa no seu bairro podem ligar para o (24) 2246-9291 e agendar o atendimento dos técnicos.

Estão abertas as inscrições das equipes na categoria sub-9 da Copa das Comunidades. Os responsáveis pelos projetos sociais interessados em participar podem entrar em contato pelo telefone: (24) 97402-7107 e garantir sua vaga.  A competição de futebol society começa na primeira semana de agosto e acontece sempre aos sábados, em uma quadra comunitária das comunidades participantes. A iniciativa conta com o apoio da prefeitura desde o ano passado, através da Superintendência de Esportes e Lazer.

Neste momento, a Copa das Comunidades está sendo realizada na categoria sub-20 com a participação de 10 equipes. O Vale do Carangola lidera a disputa com 16 pontos em oito jogos, seguido de perto pela Comunidade do Felix, que tem a mesma pontuação mas perde nos critérios de desempate. “A ideia é integrar os projetos sociais, além de retirar os jovens das ruas, mantendo longe da criminalidade”, explica Fabian Oliveira, organizador do torneio.

No próximo sábado (29.06) acontece a próxima rodada da categoria sub-20 na Vila Ipanema. O primeiro jogo será às 13h entre o Bairro da Glória e o Serrinha. Na sequência, o São Sebastião joga contra o Lopes Trovão e o fechamento da rodada será entre o Quitandinha e o Duques.

A competição entre os adultos terminou em abril com o título do Bairro da Glória. Participaram 13 equipes e mais de 150 atletas. O artilheiro da competição foi Vitor Paranhos, do Chácara Flora, com 28 gols. Da mesma equipe foi eleito o craque da competição, o armador Marcelo Teodoro. O goleiro menos vazado foi Marcus Vinícius, do time campeão.

No ano passado, mais de 500 pessoas participaram da Copa das Comunidades nas categorias sub-11, 13 e 15. Foram realizadas 120 partidas em cerca de 100 horas de atividades nos bairros da cidade. No 11, o título ficou com a equipe do Montese. Já no sub-13, o time que representou o Taquara faturou o troféu. No 15, os meninos do Vila Unida levaram a melhor.

Encontros direcionados para servidores da rede municipal de Educação

O Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz em parceria com a Secretaria de Educação, está com inscrições abertas para o curso “Mediação de Conflitos na Escola: teoria e prática”. As inscrições podem ser feitas através do telefone 2246-6006.

Podem participar da formação professores do ensino religioso e os que possuem formação em psicologia. “Queremos mostrar aos professores o quanto é necessário adotar ações que promovam a construção da cultura de paz e um ambiente escolar dotado de segurança para a comunidade. O curso colabora para a criação de um clima escolar positivo", afirma Elsie Ellen, responsável pelo programa.

O curso segue as diretrizes do Plano Municipal de Educação, estratégia 7.21, que visa a "promoção de iniciativas de combate à violência na escola, inclusive pelo desenvolvimento de ações destinadas à capacidade de educadores para detecção dos sinais de suas causas, como violência doméstica e sexual, favorecendo a adoção das providências adequadas para promover a construção da cultura de paz e um ambiente escolar dotado de segurança para a comunidade’.

O curso será realizado nos dias 03/07; 06/08; 05/09; 11/10 e 11/11. Serão duas turmas: uma com as aulas no horário das 8h às 11h30 e, outra, das 13h30 às 16h30.

Data é comemorada no dia 29 de junho

A atmosfera germânica que já tomou conta de Petrópolis por causa da 30ª edição da Bauernfest também terá destaque na Casa da Educação Visconde de Mauá. No dia 25 de junho, às 8h30, uma atividade diferente será realizada para alunos da rede municipal: uma palestra sobre a colonização alemã em Petrópolis, seguida de uma visita à Igreja Luterana.

Participarão do evento alunos da EM Jandira Bordignon. “A ideia é a de conversar com os alunos sobre a colonização, como os colonos ajudaram e tiveram destaque no desenvolvimento da cidade e o quanto é importante que as novas gerações continuem com as tradições”, afirma a diretora da Casa da Educação, Maria Fernanda Secco.

De acordo com o professor de história Norton Ribeiro, que ministrará a palestra, o objetivo do evento é, mais do que comemorar o dia do Colono, entender o processo histórico pelo qual a cidade passou valorizando as gerações passadas na construção de nosso presente.

“Trata-se também de valorizar uma memória, porém perceber que esta tem sido escolhida dentre outras memórias que temos na cidade, como as de famílias que vieram de regiões próximas, como Minas Gerais, por exemplo. Entretanto, a intenção é que os alunos conheçam aspectos da cultura e do trabalho dos colonos na aula temática e entrem em contato direto com um de nossos patrimônios históricos ao visitarem a igreja luterana", explicou.

Após a palestra, os alunos participarão de uma visita à Igreja Luterana. “Na ocasião, o Marcos Carneiro, que é integrante de um grupo folclórico alemão, vai contar a história da construção e as particularidades da vivência”, acrescentou Norton.

Aulas de alemão gratuitas

Alinhada a história da colonização da cidade, a Casa da Educação Visconde de Mauá passou a oferecer, nesse ano, aulas gratuitas de alemão. As vagas são destinadas A alunos de 7 a 17 anos. Os pais interessados devem fazer a matricula na secretaria da Casa da Educação, que funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, na Avenida Barão do Rio Branco, nº 03. Para a inscrição é necessário levar declaração escolar e cópias da certidão de nascimento, comprovante de residência, RG e CPF do responsável.

“Minha casa não estava preparada para receber uma cadeira de rodas. Minha família virou cadeirante junto comigo. Agora sou exemplo nas palestras, para que isso não aconteça com mais ninguém”, contou Wilian Lima, que sofreu um acidente de trânsito no Rio de Janeiro há 30 anos, teve as duas pernas amputadas e hoje é agente de educação da Operação Lei Seca (OLS). Os motoristas da Prefeitura de Petrópolis participaram nesta segunda-feira (24.06), na Casa dos Conselhos, da palestra de Prevenção de Acidente de Trânsito do Programa Lei Seca, realizada pelo Detran-RJ, em parceria com a CPTrans. Todo o grupo recebeu certificado de participação.

O programa de conscientização faz parte do movimento Maio Amarelo que acontece durante todo o ano no município. A palestra foi ministrada por três agentes educativos cadeirantes da OLS, - Wellington Santos; Eloi Mandarino e Wilian Lima que contaram suas experiências com os acidentes de trânsito, além da chefe da equipe, Nathalia Gonçalves, que apresentou a estatística e toda a logística da OLS no Rio de Janeiro. A ação tem o objetivo de preservar, conscientizar e salvar vidas.

“Estamos fazendo esta conscientização com a equipe da PMP e já vamos começar em empresas privadas. A Campanha Maio Amarelo é constante e acontece o ano todo. Estamos com ações também nas escolas. É muito importante manter este trabalho, para reduzirmos o índice de acidentes de trânsito, já que somos a única cidade do Estado a receber o laço amarelo de redução de acidente”, destacou a chefe de Educação de Trânsito da CPTrans, Márcia Pereira.

Durante a palestra, o grupo participou de dinâmicas que encenaram situações no trânsito, inclusive com óculos que simula um grau de embriaguez, o que comprovou o risco de ingerir bebida alcoólica e dirigir. Os participantes também conheceram e testaram o bafômetro e assistiram um vídeo educativo.

“Achei a palestra muito válida, as pessoas precisam estar conscientes da responsabilidade em dirigir. Eu que sou motorista de ambulância há 28 anos já vivi e presenciei muita coisa que foi falada aqui”, disse o chefe de Divisão de Transportes da Secretaria de Saúde, Fabio Rezende de Oliveira.

As partidas decisivas do Campeonato Universitário Petropolitano (CUP) movimentam o Centro de Iniciação ao Esporte, no Caxambu, no próximo fim de semana. No domingo (30.06) às 10h, acontece a disputa do terceiro lugar do futsal masculino entre a equipe da Fase e da Estácio 1. Na sequência, FMP e UCP fazem a grande final da modalidade. A partir das 13h, será a vez dos atletas de handebol entrarem em quadra. Entre as meninas, UCP e Estácio disputam o troféu e no masculino a UCP 1 aguarda o adversário que sairá do confronto entre UCP e Estácio.

Desde o início da atual gestão, o governo municipal apoia a competição através da Superintendência de Esportes e Lazer, que busca o fomento da prática esportiva entre os jovens. Ao todo, mais de mil alunos participam do torneio esportivo das universidades. Participam as equipes que representam a Universidade Católica de Petrópolis (UCP), Universidade Estácio de Sá, Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP), FASE e o CEFET.

Após as decisões no próximo fim de semana, o CUP volta a ser realizado no segundo semestre. Além das atléticas de Petrópolis, serão convidadas equipes de outros municípios no futsal e vôlei, no masculino e feminino. A ideia é criar na cidade uma competição interestadual.

Além do apoio ao campeonato universitário, o governo municipal investe no fortalecimento dos jogos estudantis. Neste ano são 50 escolas participando do torneio, o maior número da história do Jeups, que existe desde 1964. A prefeitura estima premiar cerca de três mil alunos em outubro, mês de encerramento dos jogos. Após o encerramento da primeira fase, serão realizadas mais 130 horas de atividades no segundo semestre.

O fomento ao esporte entre os jovens é fundamental, já que é uma forma de proporcionar mais saúde e qualidade de vida para eles, prevenindo doenças.

Governador do Rio visita Bauernfest e elogia organização da festa

Um dos dias mais movimentados de festa, entre o público que visitava e elogiava a 30ª Bauernfest nesta sexta-feira (21.06) a noite estava o governador Wilson Witzel, que subiu a Serra especialmente para prestigiar a festa: “É um evento de grande importância pro turismo do estado do Rio de Janeiro. Eu fico muito feliz de estar prestigiando”. Na visita à Festa do Colono Alemão, o governador se mostrou encantado com a organização do evento e afirmou que em Petrópolis e em todo o estado o “turismo é o novo petróleo”.

“O Rio de Janeiro é um estado que tem grandes oportunidades de fazer eventos. Escolhi Petrópolis porque gosto de cerveja, gosto do friozinho. Petrópolis é uma cidade encantadora. O turismo esta cada vez mais presente no Rio de Janeiro”, destacou durante a visita, lembrando que Petrópolis vai continuar recebendo turistas também com eventos que acontecem na capital. “Nós temos certeza de que no Rock in Rio também vai ter muito turista aqui em Petrópolis e em diversos outros eventos” completou.

A Bauernfest é uma das principais festas do estado e a segunda maior festa da cultura germânica no país. Só no primeiro fim de semana, mais de 150 mil pessoas passaram pelos espaços da festa. 

Witzel passeou e cumprimentou o público na Rua Alfredo Pachá e nos jardins do Palácio de Cristal, onde provou o chope de uma das marcas locais de cerveja artesanal. Capital Estadual da Cerveja, o governador afirmou que está olhando para o setor. “Aqui, em especial, vou me reunir com os cervejeiros pra conversar com eles sobre melhorias na questão da substituição tributária, hoje é um peso muito grande para os cervejeiros e outras categorias”, disse, que também veio acompanhado do secretário estadual de Turismo, Otávio Leite.

A Bauernfest continua até o fim do mês, com o encerramento no dia 30 de junho. São centenas de atrações, incluindo apresentações de grupos de dança folclórica, concursos, teatro, bailões, atividades para as crianças, gastronomia e muito chope.

Corrida com tora, “carrinho de mão”, pregar o prego e o cabo de guerra são alguns dos esforços físicos que os primeiros colonizadores enfrentaram e que se transformaram em esporte na programação da 30ª Bauernfest. Os Jogos Germânicos chegam a sua terceira edição proporcionando alegria e diversão para toda a família em modalidades tipicamente alemãs. As atividades acontecem durante a semana às 16h e no sábado e domingo às 11h, na Praça da Liberdade, ao lado do palco Koeler. A novidade para este ano são as aulas de step gratuitas para o público infantil em ritmo germano.

Somando todos os dias de festa, serão promovidas mais de 50 horas de atividades variadas para todas idades. O objetivo dos Jogos Germânicos é somar a cultura alemã com a prática de atividades físicas. 

O petropolitano Marco Antônio da Silva trouxe o pequeno Gabriel da Silva, de 11 anos, para participar das atividades. "Hoje em dia é tanta tecnologia, que precisamos incentivar que as crianças brinquem, pratiquem esportes, participem de atividades diferenciadas, ao ar livre", disse.

Já o carioca Luciano Assunção, trouxe a família toda para a Bauernfest. O objetivo de chegar cedo era justamente aproveitar as atividades para o público infantil. "É uma cidade encantadora, com um clima ótimo, estamos adorando. Aproveitei os jogos para colocar a minha filha para brincar, conseguindo tirar ela um pouco do celular ou do tablet", contou.

Os Jogos Germânicos acontecem em parceria com a Universidade Cruzeiro do Sul, que disponibiliza um profissional de educação física e um estagiário no acompanhamento das atividades. Como o objetivo principal é a interação entre os participantes, não está prevista a premiação para os vencedores, mas todos recebem brindes pela participação nas brincadeiras.

Notícias por data

« Junho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo