Hotéis e pousadas estão “vestidos” com as cores da Alemanha e consideram a festa a “alta da alta temporada”

Hotéis e pousadas de Petrópolis já comemoram o sucesso da 30ª Bauernfest com os resultados da ocupação em todo município, mas, principalmente, no Centro Histórico, onde acontece a tradicional Festa do Colono Alemão. Para este fim de semana, que será o último do evento, a média de ocupação no primeiro distrito já chega a 84% de sábado para domingo.No fim de semana passado, o número foi de 98,95% - de sexta a domingo -,quando muitos visitantes também estavam na cidade por conta do feriadão de Corpus Christi (20.06). 

Meios de hospedagem do município se “vestiram” com as cores da Alemanha para receber os turistas que chegam especialmente para curtirem o evento. Principalmente no Centro Histórico, é possível ver diversas delas com as fachadas enfeitadas.

Este é o caso da Pousada Dom, que chegou a 100% de ocupação de quinta-feira a domingo da última semana e tem grande expectativa também para o estes últimos dias de Bauernfest. “Já é o terceiro ano que enfeitamos a pousada e a festa traz muito movimento. Consideramos a Bauernfest a alta da alta temporada. E os turistas têm gostado da festa, achando organizada. A maioria vem da região sudeste, principalmente do Rio de Janeiro”, destaca o recepcionista João Paulo Raibolt.

Além dos hotéis, pontos turísticos, como o Museu Imperial, o Museu Casa do Colono e Museu Casa de Santos Dumont, por exemplo, além de outros destinos turísticos, como a Rua Teresa, têm ficado lotados principalmente nos fins de semana. Até esta terça-feira, 925 veículos de turismo já tinham entrada na cidade no período da festa.

São 120 pessoas inscritas no núcleo do Agita Petrópolis no Cascatinha e ainda tem vagas para novos alunos. Os interessados em participar podem comparecer no local e horário da turma e fazer a inscrição ou procurar a sede da Superintendência de Esportes e Lazer, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, no Centro, para mais informações.

Criado pela atual gestão, o programa está presente em 16 bairros proporcionando mais saúde e qualidade de vida da população. São mais de 2,5 mil pessoas atendidas regularmente com atividades físicas gratuitas. E a intenção da prefeitura é que o projeto seja ampliado ainda nesse ano.

O pároco Gustavo Passos de Oliveira, que é um entusiasta do esporte, parabenizou a ação. “É importante que a gente cuide da saúde com a prática de algum exercício. O grupo aqui é bastante animado. Ninguém reclama de dor ou da saúde durante as aulas”, disse.

Quem participa das atividades do programa percebe a importância dos exercícios no dia a dia. A aposentada Sibélia de Lourdes Arruda Pereira, de 68 anos, conta que a prática esportiva ajudou ela a se recuperar de um câncer de mama. "Além dos benefícios para a saúde, também tem o aspecto social, já que muitas amigas participam e eu convido outras pessoas a virem para o programa", contou.

A atividade física contribui para a manutenção da qualidade de vida e a sua adoção auxilia na prevenção e combate de doenças. "Prevenir sempre é melhor do que remediar ou ir atrás da cura. Então é importante participar, agitando o corpo", disse Luiz Fernando Bonsaver, outro beneficiado pelo programa no local.

No Agita Petrópolis são oferecidas, de forma gratuita, aulas de ginástica, alongamento ou dança no Contorno, Centro, Cascatinha, Vila Rica, Bairro da Glória, Caxambu, São Sebastião, Alto da Serra, Retiro, Bataillard, Oswaldo Cruz e Madame Machado. No Meio da Serra e no Pedras Brancas, são turmas de futsal e no Contorno de futebol society. Na Estrada da Saudade, o basquete e o vôlei acontecem na Fábrica do Saber. A capoeira acontece no Amazonas e Oswaldo Cruz.

Além do programa regular, o governo municipal mantém parcerias com projetos sociais e também oferece diversas modalidades esportivas nos PSFs, nas Academias da Saúde e nas Escolas Municipais. Também voltou a ser realizado neste ano o Festival das Comunidades - projeto itinerante pelas quadras comunitárias nos bairros da cidade.

 

LDO foi discutida e votada por parlamentares na sessão desta quarta-feira (26)

Com uma estimativa de receita de R$ 1,1 bilhão para o ano de 2020, a Lei de Diretrizes Orçamentárias – legislação que estabelece os parâmetros para a elaboração do Orçamento do município – foi discutida, votada e aprovada por parlamentares em sessão realizada na Câmara de Vereadores na tarde desta quarta-feira (26.06).  A LDO estima metas e riscos fiscais e estabelece os parâmetros para que seja montado o orçamento do município. A Lei de Diretrizes é elaborada a partir de dados e indicadores de instituições financeiras respeitadas, além de informações do banco de dados da própria Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica.

Segundo a Coordenadoria de Planejamento e Gestão Estratégica, na LDO há uma estimativa de receita, mas não está descartada a possibilidade de alteração no valor até o fechamento do projeto de Lei Orçamentária Anual, que está sendo elaborado para ser enviado ao legislativo no início do segundo semestre.

Antes de ser enviado ao legislativo, o projeto da LDO foi apresentado e discutido em audiência pública na Casa dos Conselhos Ângelo Zanata. A Lei de Diretrizes mostra a análise do cenário econômico sobre o ano de 2019 e aponta uma projeção para o ano que vem, ajudando a balizar a elaboração do orçamento do município para 2020. Os levantamentos apontam que a inflação deverá ficar em um patamar de 3% a 4% ao ano e ainda para uma queda na taxa de juros, o que pode resultar no reaquecimento da economia. 

Ainda segundo a Coordenadoria, com base no cenário econômico que temos hoje, o cenário indica que o executivo precisará manter a política adotada desde o início da gestão, ou seja, para equilibrar as contas é necessário manter o controle rigoroso de todos os gastos.

A Lei Orçamentária Anual (LOA) para o ano de 2020 será entregue pelo executivo em agosto e deve ser discutida, votada e aprovada pelos vereadores antes do fim do ano legislativo, em dezembro. A Lei Orçamentária Anual estabelece a projeção de arrecadação e aponta quanto o município deverá destinar a cada uma das áreas, pontuando quanto do orçamento será destinado à Saúde, Educação, Habitação, Obras, Infraestrutura, Assistência Social e todos os demais serviços públicos.

Conscientizar pedestres e motoristas sobre os problemas causados pelas queimadas e soltura de balões. Esse é o objetivo da Blitz Verde, que será realizada pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias em parceria com a Polícia Militar nesta quinta-feira (26.06) no DPO de Itaipava, na Estrada União e Indústria, 8.764, às 10h. A iniciativa, que foi realizada também no ano passado, faz parte do Plano Inverno municipal, que busca enfrentar as ameaças da estação com ações de conscientização.

De janeiro até agora, o Corpo de Bombeiros registrou 70 casos de incêndios florestais em Petrópolis, sendo que a metade deles foi atendido pelo Destacamento de Itaipava. Somente essa semana, os militares atenderam queimadas no Vale do Cuiabá, Araras, Posse e em Itaipava. A ideia é envolver a população para reduzir o número de casos na cidade.

Fazer queimadas, mesmo em áreas rurais, é crime previsto em lei e pode levar a detenção de seis meses a um ano, além da aplicação de multa. Outro ponto importante da ação é a orientação sobre os problemas causados pela soltura de balões, que causam danos ao meio ambiente e à saúde. A presença da Policia Militar, neste aspecto, é fundamental para o sucesso na entrega das cartilhas.

Segundo a prefeitura, a Blitz Verde ainda será realizada em outras localidades com grandes índices de incêndios florestais. A meta é entregar mais de 10 mil cartilhas até o final do período de estiagem, em outubro.

Outra ferramenta importante na prevenção a incêndios florestais é o drone, que será utilizado pela Defesa Civil em parceria com órgãos ambientais no mapeamento e monitoramento de áreas de preservação. O equipamento está disponível também para o Corpo de Bombeiros em caso de queimadas.

O trabalho preventivo da Defesa Civil também estabelece ações de resposta para agilizar o atendimento às ocorrências e minimizar os efeitos das queimadas. O Plano Inverno municipal, com suas respectivas matrizes de atividades e responsabilidades, está disponível para download no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Localizada em Pedro do Rio, escola recebeu 16 placas solares da ENEL distribuidora

Atendendo mil alunos em três turnos de atendimento, a EM Monsenhor João de Deus Rodrigues completará 15 anos nessa quinta-feira (27.06) e, para comemorar, uma grande festa está prevista, com direito a Ação Social para a comunidade e inauguração do projeto “Escola Sustentável”: a escola recebeu da distribuidora de energia ENEL, 16 placas solares e uma sala multimídia equipada com computadores de última geração.

A escola foi a primeira da região serrana a receber o projeto que, por meio do uso da energia solar, o que rende uma economia mensal de 400 Kwh por mês. Também através do projeto - viabilizado pelo Programa de Eficiência Energética da Distribuidora – também foi instalada na escola uma sala multimídia, chamada de “Projeto Eficiência Energética”. Nela foram colocados cinco computadores e cinco televisores inteligentes.

“Neles há jogos educativos e interativos que permitem que alunos e professores vivenciem a experiência no uso real da energia solar fotovoltaica, além de jogos educativos sobre o uso correto da energia”, explica o diretor da EM Monsenhor João de Deus Rodrigues, Ney Marcos de Paula Júnior.

Edição especial de Ação Social da prefeitura

A comemoração contará ainda com apresentação especial da Banda Marcial da escola e Ação Social, promovida pela Secretaria de Assistência Social, com o oferecimento de serviços gratuitos: emissão de documentos, corte de cabelo, orientações sobre MEI, Atendimento jurídico, inclusão em programas sociais, tarifa social de energia elétrica, currículo para Balcão de Empregos, aferição de pressão e glicose. Documentos necessários: carteira de identidade, cpf e comprovante de residência. Para isenção e segunda via de documentos é necessário certidão de casamento ou certidão de nascimento e foto 3x4.

Para marcar a inauguração da Sala sustentável uma ação de troca de lâmpadas também será realizada: moradores poderão trocar as suas lâmpadas incandescentes ou fluorescentes por lâmpada de LED. O que é preciso para participar? 2 lâmpadas incandescentes e/ou fluorescentes, identidade e conta de de energia do último mês. A troca poderá ser feita entre 10h e 15h.

Sobre a Enel Distribuição Rio

A Enel Distribuição Rio, subsidiária da multinacional italiana Enel, serve 66 municípios do estado do Rio de Janeiro, abrangendo 73% do território estadual, com cobertura de uma área de 32.188 km². A Região Metropolitana de Niterói e São Gonçalo e os municípios de Itaboraí e Magé representam a maior concentração do total de 3,1 milhões de clientes atendidos pela companhia. A distribuidora também desenvolve um programa de Responsabilidade Social, baseado no tripé da sustentabilidade, que abrange os aspectos sociais, econômicos e ambientais.

Comissão Executiva do Programa Petrópolis da Paz participa do evento

Está marcado para o dia 11 de julho, o primeiro “Encontro Temático” realizado pelo Conselho Nacional das Instituições de Mediação e Arbitragem (Conima), em parceria com o Programa Petrópolis da Paz. O evento com o tema “Mediação na Administração Pública e o Projeto Mediação em Foco”, acontece às 10h, no Palácio Sesc Quitandinha. Estão disponíveis 100 vagas e  as inscrições que são gratuitas, já estão abertas, e podem ser feitas através do site www.conima.org.br.

O encontro conta com a participação das palestrantes Fernanda Levy, presidente do Conima, abordando a Mediação na Administração Pública e Tânia Almeida, Diretora de Mediação do Conima, divulgando Projeto Mediação em Foco, além da debatedora Cláudia Clemente, da Comissão Executiva do Programa Petrópolis da Paz. O objetivo do encontro é trazer a discussão da mediação e principalmente na administração pública e apresentar o projeto Mediação em Foco, que visa que o trabalho seja realizado em rede, adaptando cada um com a sua realidade.

“O Programa Petrópolis da Paz possui um método diversificado, o que é destaque em todos os espaços da mediação. Para nossa equipe é de extrema importância ter esta parceria com o Conima que é uma entidade com selo de qualidade no tema”, destacou a participante da Comissão Executiva do Programa Petrópolis da Paz, Cláudia Clemente.

Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz, Elsie-Elen Carvalho, é muito importante para cidade receber este tipo de evento. “Este encontro mostra a importância do nosso trabalho de mediação na cidade. O Conima é uma entidade renomada que está realizando um evento em Petrópolis, com a participação do Programa Petrópolis da Paz. Ficamos muito felizes e esperamos que a cidade receba ainda mais eventos desse porte”, contou.

Programa Municipal de Pacificação Restaurativa Petrópolis da Paz

O programa atua desde 2017 no município, e possui três projetos: Mediação Escolar, em quatro unidades da rede municipal de ensino; Comunitária e Justiça Restaurativa - com a primeira Câmara Pública de mediação do país, que já atendeu mais de 100 casos. A base do trabalho começa nas unidades de ensino, onde a equipe assiste e capacita os alunos e professores, de forma social e emocional. Os conflitos existentes são mediados e orientados pelos voluntários do programa, o que beneficia a organização da escola, onde os próprios alunos, através das ferramentas apresentadas pelo projeto, saberão resolver as questões.

O grande destaque do programa é o trabalho na Câmara Pública. O local, é um segmento do projeto, que atende as pessoas que são encaminhadas pelos parceiros, comunidade e pessoas que procuram o serviço de forma espontânea. A Câmara recebe casos para serem mediados como brigas domésticas, família, vizinho entre outros. A ação consiste em ouvir os dois lados e buscar de forma pacificadora uma solução satisfatória para ambos. As mediações podem durar mais de três meses para serem concluídas.

Comunidade do Madame Machado é a primeira região a ter usuários recadastrados

A Secretaria de Assistência Social realiza a partir de segunda-feira (01.07), a atualização cadastral das famílias usuárias do Cartão Imperial. O benefício que faz parte do Programa de Segurança Alimentar e Nutricional, concede auxílio de R$ 70, para 3.662 famílias. O recadastramento visa garantir que o benefício continue sendo direcionado para as famílias que ainda se enquadrem ao perfil do serviço. A primeira etapa dos atendimentos será com os moradores da Comunidade Madame Machado, que devem comparecer ao
Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do mesmo bairro, até o dia 12 de julho.

Entre os dias 1 e 5 de julho serão atendidos os titulares do benefício, com nome com iniciais de A ao L; e entre 8 e 12 de julho, com demais inscritos com nomes iniciado com as letras entre M e Z. O CRAS do Madame Machado, funciona das 9h30 às 15h, na Rua Geraldo Lourenço Dias, s/n.

  São incluídas no programa famílias em poucos recursos para uma alimentação de qualidade ou que necessitem de elementos nutricionais indicados por recomendação médica.  O auxílio é creditado mensalmente em cartão magnético, aceito em 145 estabelecimentos, do setor de alimentação na cidade.

O benefício é concedido para as famílias até que consigam se reestruturar e deixem de depender do auxílio.

As pessoas que não comparecerem para realizar o recadastramento terão o benefício bloqueado e após 30 dias, se não houver contato do usuário, o auxílio é descontinuado. Desde a nova gestão, cerca de 1.500 cadastros foram desligados por falta de comparecimento para a atualização dos dados ou não adequação aos critérios para a inclusão ao serviço.

De acordo com o Departamento de Proteção Social Básica, das pessoas que foram desligadas até o momento, 90% foi por não comparecerem para efetuar o recadastramento. As famílias atendidas são acompanhadas pelos CRASs, onde todo perfil da família é avaliado e é providenciado o direcionamento dos usuários para outros programas que visam a reinserção social. Pelo CRAS, o usuário é inserido no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), que dá acesso a diversos programas do Governo Federal. A partir desse primeiro atendimento, os agentes atuam nas necessidades de cada família, na busca por emprego, no combate ao trabalho infantil, na melhoria do desenvolvimento e educação das crianças, entre outros. 

Evento foi organizado pelo Departamento de Trabalho e Renda na Casa dos Conselhos

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, consegue destaque em processos seletivos os candidatos mais preparados. E é pensando em dar dicas sobre as vagas existentes no mercado de trabalho petropolitano que o Departamento de Trabalho e Renda da Secretaria de Desenvolvimento Econômico vem promovendo, mensalmente, palestras com candidatos que cadastraram currículos no Balcão de Empregos da prefeitura. O último encontro ocorreu nessa quarta-feira (26.06), na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanata, e reuniu 80 pessoas.

Na ocasião, foram destacadas o cadastro, nessa semana, de 71 vagas de emprego, grande parte para uma empresa que vai abrir um supermercado no Quissamã.

Simone Esteves, do RH da empresa CBA Brasil, que vai inaugurar nos próximos meses no mercado, destacou a importância do auxílio do Balcão de Empregos e garantiu que vai consultar os currículos cadastrados no Balcão para realizar a seleção dos futuros funcionários.

“Vamos começar do zero em Petrópolis e, graças a essa ajuda da prefeitura, acredito que vamos conseguir contratar a mão de obra necessária para o mercado através dos currículos do Balcão de Empregos. Acreditamos na cidade e estamos felizes com essa oportunidade”, disse.

Sandra Lemos participou da palestra e aprovou as dicas. “É importante ficar por dentro desse trabalho de divulgação e receber dicas. Estou animada e espero participar do processo seletivo dessa nova empresa”, contou Sandra que busca uma recolocação no mercado há um ano.

Além de ficar atentos as vagas disponibilizadas no Balcão de Empregos, os candidatos devem aproveitar os cursos gratuitos que são oferecidos pela prefeitura para atualizar os seus conhecimentos. Nos CIDs são ofertados cursos de informática básica, pacote office e internet e no CERT, no Bingen, há , ainda, o curso de educação orçamentária.

Durante o encontro, Luciano Pereira, da empresa Masterpro - que realiza treinamento especializado de funcionários –deu dicas de como se sair bem nas entrevistas. “Importante ter um bom currículo, com informações precisas e se comunicar bem durante os processos seletivos”.

O Detra mantém o serviço gratuito do Balcão de Empregos: podem cadastrar currículos as pessoas que estão em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho. As empresas também cadastram as vagas disponíveis e o Balcão faz uma triagem e encaminha os curriculos de acordo com as especificações da vaga ofertada. O serviço é disponibilizado no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

As próximas palestras ocorrerão nos dias 25 de julho, 29 de agosto, 26 de setembro, 31 de outubro e 28 de novembro – sempre de 14h às 17h, na Casa dos Conselhos que fica na Avenida Koeler, nº 260, Centro. Informações sobre o Balcão de Empregos podem ser consultadas pelo telefone (24) 2233-8113. O DETRA fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

Equipes de Secretaria de Obras e da Comdep atuaram nessa quarta-feira na Rua Coronel Veiga - próximo a Cohab. As equipes fizeram a reforma da ponte e da calçada, pintura de corrimão, além do tapa buraco, com a utilização de 43 toneladas de asfalto. Um pequeno muro de contenção também foi construído, para evitar novos deslizamentos para dentro do rio.

No serviço de manutenção viária foram envolvidos 16 funcionários, além de quatro caminhões que trouxeram o asfalto e do rolo compactador para fixar o material na via. Segundo a prefeitura, são mais de 140 ruas já atendidas em 38 bairros.

Logo nas primeiras horas da manhã, os funcionários da Comdep fizeram a pintura da ponte e do corrimão próximo à entrada da Rua Gustavo Ribeiro Montenegro. No mesmo local, um pequeno muro de contenção também foi construído pela equipe da Secretaria de Obras, para evitar novos deslizamentos para dentro do rio.

Seguindo o cronograma das ações de conscientização sobre violência doméstica, os alunos da Escola Municipal Júlio Frederico Koeler, no Retiro, participaram nesta terça-feira (25.06), da palestra ministrada pela delegada Juliana Zieh. O ciclo de palestras pela rede de ensino, é uma realização do Gabinete da Cidadania em parceria com a Secretaria de Educação e com a 106ª Delegacia de Polícia. O objetivo de conscientizar e prevenir entre os jovens a violência contra a mulher.

Os alunos do 4ª e 5ª ano com idades entre 10 e 13 anos, puderam discutir sobre o crime de violência doméstica, abuso sexual, violência psicológica entre outras. Durante a palestra, a delegada apresenta todos os dados e as questões jurídicas envolvendo a agressão contra mulher, além de explicar o funcionamento da Lei Maria da Penha.  O trabalho de prevenção realizado dentro das unidades de ensino, possibilita a identificação de possíveis abusos sofridos, além de aproximar os alunos da polícia civil. Este contato oportuniza os jovens a denunciar uma violência, e ainda os tornam conscientes das consequências deste ato.

“As crianças interagiram durante a palestra e achei que a abordagem foi muito adequada e acessível as crianças. Aqui atendemos alunos que comunidades onde a violência é muito presente. Esse tipo de discussão é muito importante para todos”, relatou a diretora da unidade, Valeria Boynard.

Desde o mês de março, o Gabinete de Cidadania já realizou palestras em nove escolas da rede de ensino municipal, alcançando mais de mil alunos. O intuito de mostrar aos jovens todo os malefícios da violência doméstica, as consequências para a vítima e para família.

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo – Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico - tem 71 vagas disponíveis nesta semana. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura pelo site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone (24) 2233-8113.

O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846. Confira as oportunidades:

Ajudante de padeiro - 3 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Assistente de prevenção - 1 vaga - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Auxiliar de serviços gerais - 3 vagas - ambos os sexos - Ensino fundamental completo e experiência

Auxiliar de Departamento Pessoal - 1 vaga - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Cozinheiro - 2 vagas - ambos os sexos - Ensino fundamental e experiência

Fiscal de caixa - 3 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Fiscal de prevenção - 5 vagas - ambos os sexos - Ensino médio completo e experiência

Gerente comercial - 2 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Gerente geral - 1 vaga - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Operador de Caixa - 19 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Operador de loja - 30 vagas - ambos os sexos - Ensino médio e experiência

Programador - 1 vaga - ambos os sexos - Experiência comprovada em programação

Um supermercado em Itaipava foi atuado vendendo produtos impróprios para consumo nesta terça-feira (25.06). No local, a equipe do Procon descartou 11 quilos de alimentos vencidos, com a embalagem violada ou sem a identificação de validade. A equipe do órgão deflagrou a operação após denúncias sobre litros de leite comprados no estabelecimento que, abertos, pareciam sair água. No local, a fiscalização constatou que o lote da marca em questão já havia sido retirado da área de venda ao cliente.

No entanto, os fiscais encontraram produtos com a validade vencida entre os dias 8 e 24 de junho. São pacotes de pães, queijos, iogurtes e salame, por exemplo. Já sem informações de validade a equipe encontro patê, queijos, pães e esfirra. Já com a embalagem violada, produtos como picolé, manteiga, sorvete, polvo, salsichão, linguiça, bife, entre outros. Os alimentos foram descartados pelo fiscal na presença de responsável pelo supermercado.

A verificação de uma possível irregularidade foi possível graças à denúncia de pessoas que verificaram o problema com o leite e levaram o caso até o Procon. O órgão destaca a importância da denúncia, lembrando que ao apurar e constatar o problema, o Procon avalia o caso e toma as medidas cabíveis, que podem ser multas e até a suspensão do alvará do estabelecimento.

O Código de Defesa do Consumidor (CDC), o qual se baseia às ações do Procon, considera impróprios produtos com prazos de validade vencidos, deteriorados, alterados, adulterados, avariados, falsificados, corrompidos, fraudados, nocivos à vida ou à saúde, perigosos ou, ainda, aqueles em desacordo com as normas regulamentares de fabricação, distribuição ou apresentação.

Denúncias sobre irregularidades podem ser feita na unidade do Procon que funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.

Seguindo o cronograma das ações do Mais Asfalto, foram atendidas nesta quarta-feira (26.06) as localidades: Rua Doutor Hélio Bittencourt, Comunidade do Felix, Rua Guilherme Kreischer, Rua Henrique Perdigão e Rua Nossa Senhora da Gloria. Na terça, foram atendidas além destas, também Caminho do Fragoso e Rua Olga Castrioto. Em dois dias de serviço, foram aplicadas mais de 64 toneladas de asfalto melhorando as condições de mais de seis linhas de coletivos que atendem as regiões.

De janeiro a maio deste ano, o serviço de manutenção viária já atendeu 167 ruas de 42 bairros, inclusive nos distritos. Para o trabalho desta terça e quarta-feira, foram mobilizados mais de 20 funcionários divididos em três equipes - dia.

Nos dois dias foram utilizados seis caminhões com massa asfáltica para a manutenção viária nas regiões: o Caminho do Fragoso beneficiando a linha de ônibus 520; da Comunidade Felix que utiliza a linha 524; a Rua Olga Castrioto com as linhas 409,448 e 461; e a Rua Nossa Senhora da Glória, no bairro da Glória com a linha 613.

Mais de 50 funcionários técnicos da Secretaria de Assistência Social, participaram de uma palestra nesta terça-feira (25.06), na Casa dos Conselhos, sobre Identidade de Gênero. A palestra foi ministrada pela psicóloga Paula Smith, e a ação foi uma iniciativa da coordenadoria do Centro de Referência de Assistência Social (Creas).

O objetivo da palestra foi capacitar toda a equipe informando os direitos e definições de identidade de gênero, orientação sexual, população LGBT, entre outros. O encontro sensibilizou os participantes, apresentando dados de homofobia e a ausência do tema nos equipamentos públicos.

“A política da sociedade não menciona esta população. E é fundamental que este tema seja abordado em todos os órgãos. Este nicho da população fica afastado e por vezes a própria rede tem dificuldades em lidar com tudo isso. Queremos evitar que o equipamento de proteção social revitimize esta população”, destacou a palestrante e psicóloga Paula Smith.

“Este tema é importante, já que lidamos diretamente com a violação dos direitos das pessoas. Ter mais conhecimento sobre os direitos deste público, nos auxilia na qualidade da abordagem. Vamos conhecer o que eles buscam e assim conseguimos acolher de forma melhor. Vemos tantos casos de homofobia tantas agressões que por vezes começam pela família. Quanto mais informações adquirirmos melhor será nosso trabalho”, disse a assistente social do Creas, Tania Mara da Silva.

“É um tema atual que precisa ser discutido na sociedade. Nós carecemos de informações. Precisamos contribuir para um mundo mais justo com igualdade e menos preconceito”, contou o psicólogo que participou da palestra, Tárcio Barreto da Silva.

De acordo com a coordenadora do Creas, Lavínia Barreto, durante os trabalhos executados pelo equipamento, sentiu-se a necessidade de uma capacitação sobre o tema. “Vimos que era importante abordar o assunto na equipe. Estamos agregando conhecimento técnico, facilitando os atendimentos e lidando com mais qualidade com as situações apresentadas”, contou a coordenadora.

A Secretaria de Assistência Social realiza a terceira edição, do ano, da Ação Social. O evento aberto à comunidade será realizado nesta quinta-feira (26.06), das 10h às 15h, na Escola Municipal Monsenhor João de Deus Rodrigues, Rua Dr. Barros Franco, s/n – Pedro do Rio. Na ocasião, vários serviços serão oferecidos gratuitamente. A iniciativa conta com a união de diferentes setores do poder público.

Serviço:

Ação Social – Pedro do Rio

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Junho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo