Município vai notificar empresa responsável para que conclua a reconstrução da rua antes de terminar outras partes da obra

Na Comunidade do Alemão, prefeitura e moradores vão promover melhorias em servidão para beneficiar pelo menos 100 pessoas

O prefeito vistoriou nesta segunda-feira (22.07) as obras de reconstrução na Rua Atílio Marotti e irá cobrar maior agilidade nos trabalhos para que a via seja liberada em até 30 dias. A empresa responsável pela obra será notificada pela Secretaria de Obras para que conclua a contenção do muro e a reconstrução da rua e dê andamento às demais intervenções já com a circulação de veículos liberada. O prefeito conversou com moradores e anunciou que fará a reforma para reabertura do CEI Irmã Dulce.

O prefeito também esteve na Comunidade do Alemão, onde visitou a quadra esportiva – um dos cinco equipamentos que serão reformados pelo município. Na comunidade uma servidão também receberá melhorias com o Mutirão dos Bairros, com serviço de asfaltamento e drenagem que irão beneficiar pelo menos 100 moradores.

No Atílio Marotti, o trecho onde houve deslizamento após chuva já tem o muro com 20 metros de extensão e cinco metros de altura pronto, assim como o aterro da área danificada. Foram instalados 16 tirantes para fazer a contenção da rua. A prefeitura está notificando a empresa para que instale outros seis tirantes restantes e conclua a pavimentação. Dessa forma, será possível liberar o trânsito na região e continuar com o restante da obra – reconstrução da escadaria e do sistema de captação de águas pluviais – sem o bloqueio da pista em mais 30 dias.

Desde o início do serviço, a empresa responsável pelo trabalho, a MacPort Estrutura, fez toda limpeza da área e remoção dos escombros após o desmoronamento de parte da rua. Um acesso alternativo foi construído para permitir a movimentação de veículos e dos moradores. Os operários fizeram o estacamento para reforçar a fundação do muro, que foi concretado em meados de abril e levou quatro semanas para “cura” (secagem). A área da obra está cercada com tapumes.

Ainda no Atílio Marotti, o prefeito anunciou que irá reformar o Centro de Educação Infantil Irmã Dulce. O prédio foi fechado em 2016 para uma obra do telhado. Desde então, as crianças passaram a ser atendidas pelo CEI Olívia Machado, no Retiro.

“Meus filhos estudaram nesta creche. Outros governos prometeram essa obra, mas ficou fechado o tempo todo. Fazer essa reforma agora vai devolver a creche para a comunidade”, disse o presidente da Associação de Moradores do Atílio Marotti, José Ubiratan.

Prefeito também esteve na Comunidade do Alemão

O prefeito esteve também na Comunidade do Alemão, onde visitou a quadra esportiva que será reformada em breve com a construção da cobertura – este é um dos cinco equipamentos que receberão obras no município. O prefeito conversou com moradores e esteve em uma servidão na Rua Hans Bistrischan, que receberá melhorias de asfalto, sistema de drenagem e instalação de meio-fio. Cerca de 100 pessoas serão beneficiadas com as intervenções, que serão feitas em parceria dentro do programa Mutirão nos Bairros. A Secretaria de Obras fará o levantamento dos materiais necessários e fornecerá o acompanhamento técnico, para a execução dos serviços feitos pelos moradores, que vão ceder a mão de obra.

Proposta foi aprovada por vereadores em sessão extraordinária nesta segunda

Município já quitou R$ 77,8 milhões em dívidas trabalhistas e pagou R$ 63,6 milhões em benefícios aos servidores

Servidores públicos do município receberão, já no pagamento deste mês o reajuste de 4,3% sobre os salários. O incremento nos vencimentos vem somar a outras ações da atual gestão em benefício dos servidores públicos, como a liberação de licenças prêmio, quinquênios, regularização de férias, enquadramentos por formação e por tempo e serviço para funcionários da Saúde e Educação, aposentadorias e adequação da previdência e abono por permanência. Além disso, outras ações estão em andamento, como a criação do PCCS da Comdep e a promoção automática da Guarda Civil. O projeto de Lei que estabelece o percentual de 4,3% foi discutido, votado e aprovado por parlamentares, em sessão extraordinária realizada nesta segunda-feira (22.07) na Câmara de Vereadores.

Desde o início da gestão, o município já quitou R$ 77,8 milhões, de um total de R$ 119 milhões em dívidas trabalhistas deixadas por antigas administrações. Outros R$ 63,6 milhões foram gastos com a concessão de benefícios aos servidores como incorporações de abono para a Guarda Civil, regularização de férias, enquadramentos do PCCS da Educação, progressão funcional aos servidores da Saúde, aposentadorias e adequação da previdência dos servidores, entre outros benefícios.

Com quitação de dívidas de gestões passadas e regularização de benefícios, a soma de investimentos da atual gestão voltadas aos servidores municipais é de R$ 141,4 milhões em dois anos e meio.   

Em reunião com sindicatos, o prefeito já havia apresentado um balanço das ações que têm sido implementadas pelo município em benefício dos servidores. Na ocasião, os representantes da categoria destacaram o empenho da atual gestão no resgate de direitos dos servidores.

“Considerando a realidade atual em que muitos municípios estão com salários atrasados, vemos o prefeito conseguindo resolver problemas deixados por gestões anteriores. Percebemos que o governo se empenha para quitar dívidas, respeitando os direitos dos servidores. São conquistas importantes para o sindicato e para toda categoria”, disse o presidente do Sisep, Oswaldo Magalhães. 

Entre os benefícios já concedidos pelo município estão os enquadramentos, regularização de férias, liberação do FGTS de servidores que está retido na Caixa desde 1986. Em outras frentes, o município também atua para avançar na implementação do PCCS da Comdep, promoção automática da Guarda, além de criação de um grupo de trabalho para dar andamento aos triênios e um grupo de estudos para avaliar os impactos do RETH para servidores da Educação.

Dentro das ações do município está a concessão de 772 licenças prêmio; convocação de 473 concursados (349 foram admitidos) nas áreas de Saúde e Educação; incorporação de abono à Guarda Civil; regularização de férias, progressão funcional aos servidores da Educação e Saúde, aposentadorias e adequação da previdência dos servidores públicos. Todas as ações somam R$ 63,6 milhões gastos pela atual gestão.

“Os enquadramentos da Educação estavam congelados há 6 anos e já começaram a ser pagos. Temos hoje o compromisso do prefeito com o descongelamento dos triênios, o que também é uma conquista para a categoria. Vemos que este governo tem boa vontade em negociar com os sindicatos e vem fazendo um esforço para restabelecer a garantia dos direitos, o que é muito importante”, destacou a representante do SEPE, Rose da Silveira.

Em relação aos enquadramentos da Educação o gasto anual previsto – considerando encargos e duodécimos de férias e 13º - é de R$ 11,5 milhões. De um total de 2.600 enquadramentos referentes a tempo de serviço previstos, 2.496 foram feitos entre outubro do ano passado e junho deste ano. Já no caso dos enquadramentos por formação, de um total de 800 previstos, 200 já foram feitos entre março e junho deste ano.

Com o reajuste, a folha de pagamento dos servidores, que consumia R$ 532 milhões do orçamento anual, passará a ter um custo de R$ 554.8 milhões/ano.

Os 27 candidatos finalistas a novos membros para o Conselho Tutelar do município começam suas campanhas eleitorais a partir desta segunda-feira (22.07). A lista com os nomes, foi divulgada no Diário Oficial de sexta-feira (19), pelo Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA). Também foram divulgados os 41 postos de votação que estarão disponíveis em vários pontos da cidade, no dia 06 de outubro – data da votação, que este ano, pela primeira vez, será com urna eletrônica.

São 15 vagas para o primeiro distrito - Petrópolis, e 12 para os demais distritos. Serão 10 Conselheiros titulares eleitos, sendo 5 para o Centro, e os outros 5 para os demais distritos (Cascatinha, Itaipava, Pedro do Rio e Posse) para quadriênio 2020-2024. Todo o processo da eleição é uma realização CMDCA, com fiscalização do Ministério Público (MP).

Entre as fases do processo seletivo, na última, os candidatos participaram de um dia de conscientização, sobre a importância da atuação de um Conselheiro Tutelar para o município. Ministraram as palestras o Juiz da Vara da Infância e da Juventude, Alexandre Teixeira; os promotores da 2ª Promotoria da Justiça da Infância e da Juventude de Petrópolis, Vicente de Paula Mauro Junior e Odilon Lisboa Medeiros, além dos representantes das delegacias, secretarias de Saúde; Educação; Assistência Social; Serviços, Segurança e Ordem Pública; Guarda Civil e Polícia Militar.

O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, seguindo as atribuições previstas nos artigos do estatuto da Criança e do Adolescente.

Confira a relação dos candidatos:

CANDIDATO

LOCAL

101

MÉRILEN DIAS

CENTRO

102

MESTRE PEQUENO

DISTRITOS

103

TIA FERNANDA

CENTRO

104

LUIZ ALONSO

CENTRO

105

DALVA DE JESUS

DISTRITOS

107

JORGE JÚNIOR

DISTRITOS

108

TIO MARCOS

CENTRO

110

TIA NEIA

CENTRO

111

RAFAEL SOARES

DISTRITOS

112

LEANDRO DDD

DISTRITOS

114

DOS ANJOS PSICÓLOGA

CENTRO

118

MARI PACHECO

CENTRO

119

CAROL GUIDINI

DISTRITOS

120

TIAGO LEITE (GUEL)

CENTRO

121

NENEL EMMANUEL

DISTRITOS

123

MARGARETE AMORIM

CENTRO

126

ADRIANA LIMA

DISTRITOS

127

SUANY PITORRA

CENTRO

128

ANTONIO CESAR

CENTRO

132

ROBERTA NEVES

DISTRITOS

135

AMANDA MORAES

CENTRO

138

JOELSON CHRISTI

CENTRO

145

JOSÉ AUGUSTO

DISTRITOS

146

DEIVID PRECEITO

DISTRITOS

153

ANTONIO PAIZÃO

CENTRO

157

MARISE BRAND

CENTRO

158

DÉBORA MORÁVIA

DISTRITOS

Confira a lista dos Postos de votação com a zona atendida:

CIEP SANTOS DUMONT - Zona 29

CRECHE ITAMARATI - Zona 29

EDUCANDÁRIO TERRA SANTA - Zona 29

ESCOLA MUNICIPAL BATAILLARD - Zona 29

ESCOLA FÁBRICA DO SABER - Zona 29

ESCOLA MUNICIPAL JOÃO KOPKE - Zona 29

ESCOLA MUNICIPAL PAPA JOÃO PAULO II - Zona 29

ESCOLA MUNICIPAL JOHANN NOEL - Zona 29

ESCOLA MUN. MARCELLO ALENCAR - Zona 29

ESCOLA MUNICIPAL MARIA CAMPOS - Zona 29

ESCOLA MUN. PREFEITO JAMIL SABRÁ - Zona 29

ESCOLA MUNICIPAL ROSALINA NICOLAY - Zona 29

ESCOLA MUNICIPAL SALVADOR KLING *******

ESCOLA MUN. SENADOR MARIO MARTINS - Zona 29

ESCOLA MUNICIPAL VEREADOR JOSÉ FERNANDES DA SILVA - Zona 29

ESCOLA PAROQUIAL NOSSA SENHORA DA GLÓRIA - Zona 29

ESCOLA SÃO CRISTOVÃO - Zona 29

ESCOLA SÃO FRANCISCO DE ASSIS ****

INSTITUTO MUNICIPAL DE CULTURA E ESPORTES - Zona 29

CEI ANGELA MARIA DA CONCEIÇÃO SILVA - zona 65

CENTRO DE CIDADANIA DES. JORGE LORETTI - zona 65

CIEP CECÍLIA MEIRELLES - zona 65

CIEP MUNICIPALIZADO MAESTRO GUERRA PEIXE - zona 65

ESCOLA MUNICIPAL AMÉLIA ANTUNES RABELLO - zona 65

ESCOLA AMÉRICO FERNANDES RIBEIRO - zona 65

ESCOLA MUNICIPAL BARROS FRANCO - zona 65

ESCOLA FÁBRICA DO SABER - zona 65

ESCOLA MUN. LUCIA DE ALMEIDA BRAGA - zona 65

ESCOLA MAGDALENA TAGLIAFERRO - zona 65

ESCOLA MUN. MARIETA GONÇALVES - zona 65

ESCOLA MUN. MONS. JOÃO DE DEUS RODRIGUES - zona 65

ESCOLA MUNICIPAL ODETTE YOUNG - zona 65

ESCOLA MUN.PROF. JOSEMAR CONTAGE - zona 65

ESCOLA MUNZ.NILTON SÃO THIAGO - zona 65

ESCOLA MUNICIPAL THEODORO MACHADO - zona 65

ESCOLA MUNICIPALIZADA SANTA THEREZINHA - zona 65

ESCOLA CARLOS DEMIÁ - zona 65

ESCOLA PAROQUIAL SANTA BERNADETE - zona 65

ESCOLA SÃO FRANCISCO DE ASSIS - zona 65

ESCOLA SÃO GERALDO - zona 65

CRECHE SÃO FRANCISCO DE ASSIS - zona 65

Depois do sucesso da Bauernfest – com 450 mil visitantes, Petrópolis vive a sua melhor fase do turismo em 2019. Alta temporada, neste fim de semana, entre sexta-feira (19) e domingo (21), hotéis e pousadas registraram uma taxa de ocupação de 98% em todo o município - só no Centro Histórico e arredores o número chegou em torno de 99%. O friozinho da serra, as férias escolares e os eventos, como o Festival Sesc de Inverno, estão entre as motivações dos turistas para visitarem a Cidade Imperial neste período.

Neste fim de semana, além de todos os circuitos tradicionais de turismo na cidade, como o histórico-cultural, religioso, de compras, entre outros, o Festival Sesc de Inverno, com grandes shows no Parque Municipal, por exemplo, além da festa julina no Vale do Amor, o evento em comemoração aos 146 anos do nascimento de Santos Dumont, festival gastronômico no Valparaíso, a corrida XC Run, entre outras atividades ajudaram a atrair os visitantes.

No próximo mês, o destaque do calendário de eventos do município é o Bunka-Sai, a festa da cultura japonesa na cidade, que acontece de 08 a 11 de agosto, com entrada gratuita, no Palácio de Cristal. A expectativa é de estender ainda mais a alta temporada. O evento vai contar com gastronomia típica, danças folclóricas, artes marciais, cosplay, oficinas de mangá, pipa, ikebana (arranjos florais) e origami, apresentação de Taiko, entre diversas outras atrações.

Dois novos ônibus para fazer a linha 600 – Terminal Corrêas, um para a linha 609 – Castelo São Manoel e mais um para a linha 610 – Araras, começaram a circular nesta segunda-feira (22.07). São carros zero quilômetro, com capacidade para atender até 71 pessoas por viagem, sendo 35 sentadas e 36 em pé. Esses quatro novos veículos se somam a outros seis que, nas últimas semanas, começaram a rodar nas ruas da cidade. Um investimento de R$ 3,5 milhões da empresa Turb no transporte público de Petrópolis.

Os novos veículos em operação substituem antigos ônibus da empresa e possuem nova configuração, com maior espaço em seu interior, bancos ergonômicos tanto para passageiros quanto para cobradores, portas ampliadas para maior conforto tanto no embarque e desembarque, além de possuir as tecnologias mais modernas disponíveis no mercado. Todos eles já são modelo 2020 e foram equipados com câmeras de segurança, sistema de biometria facial para evitar fralde, além de equipamento para bilhetagem eletrônica.

Os veículos se somam a outros seis que começaram a circular na cidade nas últimas semanas. Além da linha troncal – Terminal Corrêas que ganhou dois ônibus, do Castelo São Manoel com um novo veículo e Araras, que já havia recebido um na linha 610 e um na 617 na sexta-feira e que nessa segunda recebe mais um também na 610, foram contemplados com novos veículos: Águas Lindas com dois carros, Vale do Cuiabá, com um e Alcides Carneiro, também com um.

Para o diretor da empresa Turb, Jean Moraes, o investimento de 28% da frota - um total de R$ 11 milhões – em menos de um ano visa dar mais conforto para os clientes da empresa e para os colaboradores. “Com isso aumentamos a efetividade do nosso serviço. Estamos sempre buscando tecnologias melhores, carros mais modernos e avaliando a necessidade de substituição dos carros para que o usuário tenha sempre à disposição o melhor serviço possível”, destaca.

“Esses ônibus são os mais modernos disponíveis hoje no mercado, modelo 2020. Já são 30 veículos adquiridos pela empresa em menos de um ano, um investimento de cerca de R$ 11 milhões. Isso representa 28% da frota, que conta com 109 ônibus, renovada, gerando mais conforto para nossos clientes e para os colaboradores da empresa”, destacou o diretor da Turb, Jean Moraes.

Para maior comodidade e melhor atendimento, o Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico está com novo endereço, atendendo na Rua Aureliano Coutinho, 203, no Centro – no prédio da antiga delegacia. O espaço oferece os serviços de emissão de carteira de trabalho, cadastro no Balcão de Empregos da prefeitura, orientações na geração de renda de artesãos e comércio de rua, entre outros. O local funciona de segunda a sexta-feira de 8h às 16h, sendo que de 13h às 14h fecha para almoço.

O novo endereço do Detra, beneficia os usuários por estar localizado no centro da cidade. Em Itaipava também possui um ponto de atendimento no Centro de Cidadania Desembargador Jorge Loretti. Até maio deste ano, o Detra emitiu 2075 carteiras de trabalho, sendo 1255 no Centro e 820 em Itaipava. No ano passado, foram retirados 5459 documentos. Vale lembrar que não precisa de agendamento prévio para a emissão do documento.

Como emitir a Carteira de Trabalho:

Para fazer a primeira via a da Carteira de Trabalho são necessários os documentos: CPF (original); Identidade (original); certidão de nascimento / casamento e comprovante de residência. Para quem vai fazer a segunda via são necessários o CPF e identidade (original); certidão de nascimento / casamento; comprovante de residência (com CEP correto); número e série da CTPS anterior (encontrado em rescisões de contrato, extrato de FGTS, folha de seguro desemprego).

Mais de 350 atletas participaram da etapa em Petrópolis da XC Run no sábado (20.07) em Itaipava. O percurso da prova foi de 50 quilômetros e podia ser disputada individualmente, em dupla ou em quarteto. Na classificação geral, a vitória entre os homens ficou com Victor Valentim Marcelo, que completou a prova em 5h06m e 23seg. Já no feminino, Maria Sílvia Resende Barroso levou a melhor com o tempo de 6h43m e 20seg. A prova contou com o apoio da prefeitura, através da Superintendência de Esportes e Lazer e da CPTrans, somando pontos para o ranking municipal dos corredores.

A largada aconteceu às 7h no Parque Municipal em Itaipava. O trajeto da corrida contou com grande variação de terrenos e altimetria, passando por estradas de terra, trilhas, travessia de rios e montanhas, com desnível acumulado de 2.250m. Foi a sexta edição da XC Run em Petrópolis e os organizadores já planejam retornar no ano que vem.

“Mais uma vez a prova foi um grande sucesso. Petrópolis recebe muito bem a nossa prova e todos os participantes elogiam a receptividade. Vamos voltar no ano que vem com uma estrutura ainda melhor”, planeja Bernardo Tillman, organizador do evento. 

Criado pela atual gestão, o ranking municipal se tornou um diferencial para os corredores participarem das provas. Desde o ano passado, a XC Run conta pontos para os atletas inscritos. A próxima prova que conta pontos é a Fire Run, que acontece no próximo domingo (28.07). A largada acontece às 8h, na sede do 15° Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) de Petrópolis, com um brado dos militares. Após um percurso de seis quilômetros pela Av. Barão do Rio Branco, os corredores retornam para o quartel, concluindo a prova.

Ainda contam pontos para o ranking municipal neste ano a Corrida Master (20 de outubro); Petrópolis Night Run (26 de outubro) e a WTR Serra do Mar (23 de novembro). A Corrida do Shopping Pedro II, Corrida Contra a Fome, a Corrida do Trabalhador, a Petrópolis-Itaipava e a Love Run já foram realizadas. O resultado parcial do ranking municipal dos corredores e o calendário esportivo completo, com todos os eventos previstos para Petrópolis neste ano, estão disponíveis no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

A equipe do Procon Petrópolis doou, nesta segunda-feira (22.07), 242 peças entre cobertores e agasalhos para Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). A entidade atende a 154 famílias com pessoas de todas as faixas etárias. As peças serão encaminhadas àquelas com maior vulnerabilidade que são atendidas pela instituição. Com mais essa remessa, a Campanha Aqueça um Coração já entregou 477 itens neste inverno.

A APAE faz um atendimento multidisciplinar realizado no apoio e melhoria da qualidade da vida de pessoas com deficiência. A instituição fica na Rua Monsenhor Bacelar, 145, Centro, e está aberta para receber doações. De acordo com a responsável pelo acompanhamento das crianças, a gerente administrativa da instituição Souvenir Barros Alves de Medeiros, mais de 90% das famílias atendidas pela instituição poderão ser beneficiadas com a doação repassada pelo Procon.

“São pessoas de estrema vulnerabilidade, que passam frio de verdade e que conseguiremos, por meio do Procon, levar um pouco mais de calor e conforto. Esse já é o terceiro ano que contamos com o apoio do Procon e já sabemos que é um parceiro anual e que, quando o inverno aperta, o apoio vai chegar”, destaca Souvenir.

A Campanha do Procon vai até próximo dia 02 de agosto. Quem quiser ajudar pode entregar os itens nas duas sedes do órgão, no Centro e em Itaipava. A única solicitação é que eles estejam em bom estado de conservação – sendo entregues lavados, ou sejam novos. Esta já é a terceira edição da campanha, que recolheu, nas duas anteriores, 1223 itens, sendo 458 em 2017 e 765 no ano passado.

Os endereços para doação são, no Centro, Rua Dr. Moreira da Fonseca, 33, ao lado da Câmara dos Vereadores e, em Itaipava, no Centro de Cidadania, que fica na Estrada União e Indústria, 11.860. O Procon Solidário já realizou campanhas para arrecadação de brinquedos, chocolates e até ração para animais.

Os números do turismo em Petrópolis continuam mostrando que o setor vem crescendo a cada ano e, atualmente, está em sua melhor fase. O Museu Casa de Santos Dumont, por exemplo, que no sábado (20.07) comemorou com festa e homenagens os 146 anos do “pai da aviação”, registrou recorde de visitação na data: foram 2.498 pessoas que passaram pelo espaço. É o maior movimento já registrado na casa no dia do aniversário de Santos Dumont. O dia contou com gratuidade na entrada, bolo e refrigerante, e inauguração de uma exposição da aeronáutica no Centro Cultural 14 Bis.

Nota A no Mapa do Turismo nacional e um dos principais indutores de turismo no estado, Petrópolis tem sido um dos destinos mais escolhidos de turistas no Rio de Janeiro nesta alta temporada. Durante todo o fim de semana, outros diversos atrativos do município estiveram lotados. Mas o Museu Casa de Santos Dumont esteve entre os mais procurados.

No sábado, o evento contou até com a participação do sobrinho bisneto de Santos Dumont, Alberto Dodsworth Wanderley. O dia começou no segundo museu mais visitado da cidade, com a solenidade em homenagem ao aniversário do inventor realizada pela manhã. O público pôde contar também com a apresentação da Banda do 32º Batalhão de Infantaria Leve e a presença de militares da aeronáutica. Além disso, o ator Thiago Freire, interpretando Santos Dumont, recebia os visitantes na casa.

O Museu Casa de Santos Dumont funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 17h30, sendo que os ingressos são vendidos até às 17h. A gratuidade valeu apenas para este sábado (20). O atrativo fica na Rua do Encanto, 22 – Centro.

Até o dia 1º de agosto, os representantes das entidades interessados em ocupar uma cadeira no Conselho Municipal de Educação – COMED – podem fazer a inscrição para a eleição do Conselho Municipal de Educação – COMED. Os dados dos interessados devem ser incluídos na ficha de inscrição que está no link: www.petropolis.rj.gov.br/eleicoescomed.

O edital também ficará disponível no link da prefeitura. Todos os candidatos deverão apresentar documentação que comprove a legitimidade de sua representação, emitida pela instituição pela qual foram indicados. A entrega dos documentos deverá ser feita entre os dias 15 de julho e 1º de agosto, na Casa dos Conselho Augusto Ângelo Zanatta, das 9h às 18h – Avenida Koeler, nº 260.

A eleição dos representantes para a nova composição do COMED será feita pelo voto direto e aberto, pelos pares das entidades, com as seguintes representações: Representação de classe (2 membros); Instituições de Ensino Superior (2 membros); Representantes dos docentes (1 membro); Representantes dos alunos (um membro); Pais e/ou responsáveis (um membro); Organizações Sociais (um membro) e Instituições de educação do município (um membro).

Serão indicados para ocupar cadeiras os representantes dos segmentos: Poder Executivo Municipal (4 membros, titular e suplente); Secretaria de Educação (4 membros, sendo um supervisor educacional); Diretoria Regional Pedagógica Serrana I (um membro); Legislativo Municipal (um membro) e CMDCA – Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (um membro).

Vale salientar que concorrerão as vagas de discentes estudantes devidamente matriculados nas escolas públicas ou privadas da educação básica do município, acima de 18 anos.

Entre os dias 2 e 6 de agosto será publicada no site da prefeitura a listagem dos habilitados a participarem da eleição que será realizada no dia 13 de agosto, na Casa dos Conselhos, às 14h. A posse dos conselheiros será após o término da assembleia.

Um grupo de 50 pessoas participou da caminhada ecológica guiada oferecida pela prefeitura na travessia Araras-Secretário no último domingo (21.07). Um ônibus da Cidade das Hortênsias levou os participantes até a Estrada das Perobas, local de início da atividade. Após 3h de passeio em meio à uma paisagem exuberante, a turma chegou até a Cachoeira da Rocinha, ponto final da caminhada. Além de conscientizar sobre a importância da preservação da natureza, a iniciativa promove a saúde e a qualidade de vida.

O percurso percorrido foi de aproximadamente oito quilômetros, passando pelos pontos principais da travessia, como o colo da Maria Cumprida e o Morro da Mensagem. Para quem curte história, ainda é possível perceber em certos trechos da trilha um calçamento bem rústico feito de pedras. Quem participou dessa etapa aprovou a iniciativa.

“A prefeitura está de parabéns pela iniciativa, já que a muita gente não conhece, mas quer participar e conhecer esses locais. Com uma atividade guiada, fica muito mais fácil˜, disse Tatiana Macedo. “É uma trilha linda. A caminhada é uma atividade que relaxa, importante para o corpo e mente˜, completa Michele Nascimento.

As caminhadas ecológicas são usadas como atividade de educação ambiental em diversas cidades do país. O circuito começou em maio, pelo Alto da Ventania, no Caxambu. O Caminho do Ouro foi realizado em junho. Após a travessia Araras-Secretário, ainda serão percorridas o Castelinho e Pedra do Retiro.

Com as caminhadas, a prefeitura quer aproveitar as belezas naturais de Petrópolis e reforçar a importância da preservação ambiental. “Essa também é uma forma de trabalhar educação ambiental no âmbito da comunidade, como já fazemos com as crianças dentro do Defesa Civil nas Escolas", destacou Anderson Campos, coordenador de educação ambiental da Secretaria de Meio Ambiente.

Promovido pela Secretaria de Meio Ambiente, o circuito de caminhadas ecológicas guiadas conta com o apoio da Defesa Civil, Cruz Vermelha, Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e do Grupo de Escoteiros 132. Os interessados em participar podem entrar no site da prefeitura para mais informações (www.petropolis.rj.gov.br) ou ligar para a Secretaria de Meio Ambiente através do 2233.8180.

A Estrada do Mata Cavalo, no Fazenda Inglesa, está recebendo o serviço de manutenção de estradas vicinais do município. Além de beneficiar os moradores, as melhorias vão facilitar o caminho de quem chega ao Vale do Amor, um espaço inter-religioso – aberto há cerca de três anos -, que se transformou também em um dos mais visitados atrativos turísticos de Petrópolis. Nos períodos mais movimentados, como nesta alta temporada, o santuário chega a receber até 6 mil pessoas por mês, com excursões vindas especialmente para conhecer o lugar.

No último sábado (20.07), o prefeito acompanhou o trabalho da Secretaria de Obras no local. O caminho é de terra e está recebendo uma máquina chamada “patrol”, que faz um tipo uma raspagem da rua, diminuindo os buracos. O objetivo do serviço foi o de nivelar a pista.

Neste fim de semana, o Vale do Amor estava ainda mais movimentado, já que era realizada uma festa Julina. Para o fundador do projeto, Sérgio Fecher, as melhorias vão trazer ainda mais visitantes.  “Só uma vez aconteceu esse trabalho na rua, há mais de sete anos. Como se tornou, além das práticas espirituais, um ponto turístico importante, o serviço é fundamental. Feito isso, nós vamos imediatamente informar pros guias e empresas, mostrando as melhorias”, disse. “O propósito do projeto tem três pontos principais: meio ambiente, medicina espiritual e diálogo religioso, com um espaço para as diversas religiões”, completa.

Quem visita fica encantado pelo lugar. “É a primeira vez que trago um grupo aqui e as pessoas gostaram muito, da natureza, do jardim. Estamos com duas vans, com 24 pessoas do Rio e de Araruama. É um roteiro muito interessante, diferente”, disse a guia de turismo Nilce Nascimento.

O Vale do Amor funciona todos os dias, de 8h às 17h, na Estrada do Mata Cavalo, Fazenda Inglesa.

Setor é um dos principais na economia do município e representa R$ 760 milhões

Com 2 milhões de visitantes por ano, Petrópolis vem mudando seu perfil do turismo, firmando cada vez mais o setor como uma das principais fontes de renda do município. Hoje, o turismo na Cidade Imperial já representa R$ 760 milhões na economia, ou seja, 6% do PIB anual. O carro chefe continua sendo o turismo histórico-cultural, mas ao longo dos anos o município precisou se reinventar no setor e vem fazendo sucesso com diferentes circuitos, como o ecorural e ecológico nas regiões de Secretário e Brejal, o religioso, que tem o Vale do Amor como novidade, além dos polos gastronômicos, com restaurantes e bares apostando em festivais para atrair visitantes, e o cervejeiro, com feiras especiais e visitas às fábricas.

Hoje, Petrópolis conta com 117 meios de hospedagem, sendo 31 hotéis, 71 pousadas, quatro resorts, três SPAs, sete hostels, e um flat, com 6.325 leitos disponíveis, tanto em área urbana quanto em recantos bucólicos dos distritos. O número é 50% maior do que dez anos atrás, quando a cidade registrava 78 meios de hospedagem.

Só em 2018, a atividade turística no município gerou 4.458 empregos diretos, com trabalhadores em hotéis e pousadas, por exemplo, um aumento de 6,3% em relação ao ano anterior. A estimativa é de que o turista em Petrópolis gaste de R$ 300 até R$ 700 reais dependendo do tipo de turismo e o tipo de hospedagem.

Guia de turismo há 13 anos, Raquel Neves vem observando a mudança do perfil turístico de Petrópolis nos últimos anos. “O turismo histórico cultural e o pedagógico ainda são os mais procurados na cidade, mas ao longo dos anos fomos percebendo que o visitante mudou, ele vem em busca do turismo de experiência, ou seja, ele quer vivenciar os atrativos da cidade, então aumentou a procura por destinos como o Brejal e Secretário, com o turismo rural, ou atrativos como o Sarau Imperial e o Chá da Princesa, que permitem que o turista vivencie aquela experiência. De dez anos pra cá o turismo mudou muito na cidade”, explica.

Um dos meios de monitorar o turismo em Petrópolis são os Centros de Informação Turística (CTIs). Em 2018, 61.810 passaram pelos cinco espaços disponíveis em Petrópolis. Desses, 3.368 (5,45%) são estrangeiros e 58.442 (94,55%) brasileiros. Da procedência nacional, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo e Rio Grande do Sul estão entre os estados mais visitados. Já Argentina, França, Chile, Estados Unidos e Espanha estão no ranking dos turistas estrangeiros.

Entre os passeios que vêm crescendo nos últimos anos está o cervejeiro, com visita à primeira cervejaria do Brasil – hoje Cervejaria Bohemia - fundada por aqui em 1853, além das diversas cervejarias e micro cervejeiros locais que contam com beertour. E ainda as feiras de cervejas artesanais, como a Deguste. Todo esse movimento ajudaram a cidade a ser reconhecida como a Capital Estadual da Cerveja.

No circuito religioso, o Vale do Amor é a novidade da vez para os turistas. Um santuário ao ar livre, no bairro Fazenda Inglesa, em meio às montanhas da cidade. Um ponto de encontro para diferentes religiões. Já no circuito rural, Brejal e Secretário têm ganhado destaque, com restaurantes oferecendo comida da roça, visita à produções e fazendas e até uma vinícola.

A meta para os próximos anos é aumentar ainda mais o setor na cidade. Alta temporada na Cidade Imperial, este é o melhor mês para o setor e o frio também tem ajudado a atrair ainda mais visitantes. Neste fim de semana, por exemplo, o casal Keiti Alves, que é auxiliar administrativa, e o analista de sistema Eviston Lins resolveram subir a Serra e aproveitar o que a cidade tem pra oferecer. “Queríamos viajar e, como está frio, decidimos vir pra Petrópolis. Estamos gostando muito”, explica Keiti. “Fizemos uma lista de coisas que queremos fazer aqui. Já tínhamos vindo há muito tempo, então temos bastante coisa pra fazer”, completa ele. Os dois são do Rio de Janeiro.

Atendimento busca melhoria de qualidade de vida dos pacientes que sofrem com dores cônicas

O cuidado da dor é uma das especialidades do Ambulatório do Hospital Alcides Carneiro (HAC). Com atendimentos semanais, a Clínica da Dor faz o acompanhamento periódico aos pacientes, que nesta época do ano, sofrem um pouco mais com os efeitos do inverno. E para controlar as dores intensas, causadas por diferentes quadros clínicos, os profissionais da dor, reforçam os cuidados aos pacientes. O serviço é uma das mais de 30 áreas médicas com atendimento ambulatorial no hospital e conta com pacientes acompanhados há mais de oito anos.

A escritora Rosângela da Silva é uma das pacientes, acompanhada desde 2011. Ela foi indicada para a Clínica da Dor após passar por todo o tratamento de um câncer no pâncreas, continuou tendo dores no abdômen. Mesmo com o estado de saúde estabilizado, ela continua com os cuidados para garantir o controle da dor. “Quando eu comecei o tratamento eu sentia muita dor, hoje eu posso dizer que está totalmente controlada. Todos os meus remédios são fornecidos no hospital. Para mim, esse cuidado tem sido muito bom”, conta Rosângela, que já pensa em escrever sobre sua experiência com o câncer na próxima obra.

O relato da paciente descreve com exatidão os objetivos do tratamento proposto na Clínica da Dor, que visa o controle da dor para devolver a qualidade de vida aos pacientes.

O atendimento conta com a médica, acupunturista, psicólogo e farmacêutico. O paciente, após passar por atendimento na rede, sendo diagnosticado com dor crônica, é indicado ao tratamento especializado. Ao iniciar o acompanhamento, passa pela consulta com a especialista, que verifica o quadro clínico e define o melhor procedimento a ser adotado para controlar a dor do paciente.  “O objetivo é ter o controle da dor. A medicina é uma ciência de meios, a gente se empenha para alcançar a analgesia, para que o paciente fique sem dor”, explica a médica, Chrisley Guenin.

Ao longo do tratamento, que conta com as sessões de acupuntura e consultas com a psicóloga, o grau da dor do paciente é avaliado, sendo adequada a dosagem do medicamento. “Vamos fazendo ajustes durante o tratamento. Como por exemplo, os casos de dores neuropáticas, essas pioram com o frio e geralmente nessa época do ano precisamos aumentar um pouco a medicação. Para o paciente que tem um controle por longo tempo, vamos retirando o medicamento”, frisa.

A dona de casa, Valdea Pegoraro, de 60 anos, há cinco anos iniciou o tratamento para cuidar de uma neuralgia. Depois de dois anos buscando atendimento, encontrou o tratamento da rede pública. “Foi muito bom para mim, vivia tomando muito remédio, e só foi dar certo agora. Hoje estou livre da dor. Estou fazendo tratamento há cinco anos e agora eu só faço o controle a cada quatro meses. Valeu muito a pena”, conta.

A massoterapeuta Rutineia Silva Abranches, de 58 anos, é uma das pacientes mais recentes. “Estou começando a me tratar, todo inverno piora bastante. O frio me castiga muito. Estou gostando a única coisa que quero é ficar sem dor”, destaca.

Maior parte dos pacientes atendidos na Clínica da Dor são oncológicos, mas a médica destaca que são diversos quadros clínicos que podem resultar em dores crônicas. “Existem algumas síndromes que levam à dor crônica, são várias patologias que precisam de acompanhamento. O paciente com dor crônica tem sofrimento psíquico, associado com depressão e ansiedade. Isso tudo gera um estado emocional que interfere na qualidade da dor. Os estudos mostram que depressão gera dor e que dor crônica, gera depressão. Isso é chamado de dor na alma e precisa de acompanhamento. Usamos a medicação associada à psicoterapia”, explica a médica especialista.

Além das dores acometidas por doenças, o envelhecimento, a falta de atividade física, o estresse, o estado emocional também levam o paciente a sentir dores, que precisam ser tratadas para a busca da qualidade de vida. “Na medida do possível nos empenhamos para que o paciente tenha qualidade de vida para que realize as atividades sem dependência”, reforça.

Além de mais dias, edição contará com duas horas a mais: de 9h às 17h

A segunda edição do Feirão Limpa Nome já tem data para acontecer: será na última semana de agosto, durante cinco dias, entre 26 e 30. Com mais dias, a intenção do Procon Petrópolis, responsável pela ação, é dar maior oportunidades de negociações de débitos com condições especiais. Só na primeira edição, quase 900 pessoas negociaram mais de R$ 2,5 milhões em dívidas com acordos e abatimentos de, em média, 85%, mas descontos que chegaram a 99% no valor da dívida. As negociações serão feitas na Casa dos Conselhos, que fica na sede da prefeitura – Avenida Koeler, 260, Centro, em horário ampliado para a esta edição, de 9h às 17h.

As negociações com as empresas já estão em fase avançada e o número deverá ultrapassar as 19 que estiveram presentes na edição passada. A novidade, agora, é a presença da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) que irá consultar se o consumidor está com o nome negativado no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e por qual empresa. Também estão confirmadas a presença da OAB Petrópolis prestando apoio à população para tirar dúvidas e de estagiários do Núcleo de Práticas Jurídicas da UCP, também auxiliando os consumidores.

A primeira edição foi um sucesso e, por isso, a prefeitura ampliou o Feirão com cinco dias ao invés de três, abrindo mais cedo e fechando mais tarde, ampliando as parcerias com as empresas, ou seja, ter um evento melhor para quem quer regularizar a sua vida financeira. “As empresas já sinalizaram sinal positivo para o evento e, agora, estamos em fase de confirmação para, em breve, divulgarmos de maneira oficial. O objetivo, nesta fase, é que as pessoas se organizem já sabendo que o feirão está confirmado”, explica o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.

A expectativa para esta edição é de superar o montante acordado entre janeiro e fevereiro. A iniciativa, inédita no município, diminuiu as dívidas de quase 900 pessoas que acumulavam R$ 2,5 milhões para, apenas, R$ 390.057,60. Em um dos casos, uma consumidora negociou uma dívida de R$ 10.571 para pagamento de uma única parcela de R$ 104,17. Em um outro caso, o montante devido era de R$ 50 mil para uma operadora de cartão de crédito, em que o cliente conseguiu que a dívida ficasse em R$ 2 mil, valor ainda parcelado.

“O cenário agora é diferente, uma vez que temos a experiência da primeira edição, que foi um sucesso. Ampliamos o feirão e teremos ainda mais empresas, então esperamos ter negociações ainda maiores. É um evento que queremos consolidar em Petrópolis porque entendemos para o cidadão é importante ter seu nome regularizado, assim como para as empresas, interessam receber os valores devidos, ainda que em menor proporção às dívidas”, destaca Sabrá, lembrando que todos os acordos serão homologados pela equipe do Procon. “Isso dá ao consumidor a segurança de que os acordos serão cumpridos”, completa.

Notícias por data

« Julho 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31        

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

iptu

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo