Quarta, 01 Abril 2020 10:11

Prefeito lança o Programa Merenda Certa

Famílias de alunos da rede municipal serão beneficiadas com auxílio de R$ 70 para compra de alimentos

Para garantir o reforço alimentar para os alunos da rede municipal de Educação, o prefeito lançou nessa terça-feira (31.03) o Programa Merenda Certa: cada família que possui filho (s) matriculados em instituições da rede municipal de ensino terá direito a um cartão com o valor mensal de R$ 70 que deverá ser usado para a compra de alimentos. O anuncio foi feito durante uma coletiva de imprensa na prefeitura. A expectativa é que as famílias comecem a receber o cartão entre 10 e 15 dias. O investimento é de cerca de R$ 2,5 milhões, provenientes de recursos próprios do poder público.

A ação tem como objetivo auxiliar os petropolitanos nesse momento delicado de isolamento social, com aulas suspensas nas redes de ensino. A educação vai fornecer o cartão Alimentação - Merenda Escolar para 35 mil famílias. O cartão funcionará de forma provisória e temporária, enquanto a cidade passa por restrições devido as medidas de prevenção contra o coronavirus.

O prefeito ainda salientou a importância do cartão no comércio. Além de reforçar a alimentação, as famílias também consumir no comércio local, auxiliando a nossa economia. O cartão deverá ser aceito nos estabelecimentos que já atendem o público que recebe o Cartão Imperial, que é administrado pela Assistência Social.

Como vai funcionar:

Programa Merenda Certa: A Secretaria de Educação vai orientar os gestores dos espaços escolares da rede municipal de Educação com relação a distribuição do cartão – tanto famílias que possuem crianças nos Centros de Educação Infantil quanto nas escolas terão direito ao benefício, sendo que cada família terá direito a um cartão, independentemente da quantidade de filhos matriculados. Os gestores entrarão em contato com as famílias para agendar a entrega dos cartões, não há necessidade de inscrição. A expectativa é de que os cartões comecem a ser distribuídos entre 10 e 15 dias.

Vale destacar que o poder público também entregou reforço alimentar, através da entrega de alimentos não perecíveis para alunos dos Centros de Educação Infantil – mais de seis mil conjuntos foram entregues para famílias dos alunos que tem entre 1 e 5 anos. Essas famílias também receberão o Cartão Merenda Certa.

Testes positivos chegaram esta tarde para a Vigilância Epidemiológica

Pacientes permanecem em quarentena e sendo monitorados pela Secretaria de Saúde

A prefeitura de Petrópolis recebeu, na tarde desta terça-feira (31/03), mais seis resultados positivos para Coronavírus. São, ao todo, 3 homens e 3 mulheres. Todos moradores de Petrópolis. Destes, apenas um homem está internado em uma unidade particular da cidade. Até o momento a cidade possui 12 casos confirmados para COVID-19.

De acordo com a última atualização divulgada pela Vigilância Epidemiológica, a cidade possui 125 casos desde que teve início a contagem de registros. Destes, 35 já testaram negativo para a doença, 12 obtiveram resultado positivo, 78 permanecem aguardando os resultados dos exames, realizados pelos laboratórios do Estado, 28 permanecem internados e apenas 01 óbito.

Desde o início das ações relacionadas ao problema com o coronavírus, o efetivo da CPTrans tem atuado na higienização de espaços e prédios públicos, pontos de ônibus, terminais rodoviários, hospitais, coletivos, delegacias,  postos de saúde, veículos que estão circulando com profissionais da PM, Saúde, Guarda Civil, entre outros locais onde é necessária a assepsia.

Uma solução de água, quaternário de amônio e desinfetante de uso hospitalar está sendo espalhado nos locais para eliminar os focos possíveis de contágio com o coronavírus em locais onde existe um trânsito maior de pessoas. Essa ação, somada ao trabalho de limpeza das ruas de diversos bairros e área central da cidade, tem o objetivo de eliminar focos potenciais de transmissão do coronavírus.

Os ônibus também seguem recebendo um reforço na limpeza diária, com as empresas de transporte público da cidade ampliando a quantidade de vezes com que cada carro passa por esse processo e uso de materiais com maior poder de desinfecção, como bactericidas mais fortes.

Hoje também foi feita a limpeza dos arredores de supermercados no bairro Quitandinha, Ponte Fones, Alto da Serra, Quissamã e Itamarati. Durante a noite, um carro pipa vai lavar as ruas Aureliano Coutinho, Marechal Deodoro, General Osório e Nelson de Sá Earp.

Sirenes móveis orientam moradores a permanecerem em casa

A prefeitura segue orientando os moradores a permanecerem em suas residências. Nesta terça-feira (31.03), a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias realizou a operação Alerta Coronavírus em Itaipava. As sirenes móveis estiveram em Bonsucesso, Parque Municipal, Terminal de ônibus e em centros comerciais que contavam com aglomeração de pessoas. A ação reforça o trabalho de prevenção realizado pelo governo municipal, com o objetivo de evitar a proliferação do coronavírus (Covid-19).

Desde o dia 13 de março - data em que foi publicado o primeiro Decreto Municipal com as medidas adotadas pelo poder público sobre o coronavírus - a operação com as sirenes móveis passou por diversos bairros, como Araras, Secretário, Posse, Centro, Cascatinha, Itamarati, Corrêas, Nogueira, Alto da Serra e São Sebastião.

Além das quatro sirenes móveis, os 20 conjuntos do Sistema de Alerta e Alarme instalados em 12 comunidades de Petrópolis também emitem mensagens de orientação. Os equipamentos tocam nos bairros diariamente às 10, 16 e 20h. 

Os locais que contam com as sirenes fixas são: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. Todos os equipamentos estão funcionando normalmente.

Outra ferramenta importante que está sendo usada para reforçar os apelos por higiene pessoal e distanciamento social é o alerta de Whatsapp da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias. As mensagens estão sendo enviadas diariamente. O número é o (24) 98863-5497. São mais de sete mil cadastros em pouco mais de um ano.

Ação que teve início no dia 23 de março já ultrapassou a meta estipulada em apenas uma semana.

Trabalho nos postos permanece até o dia 22 de maio

Em apenas uma semana, a campanha realizada pela prefeitura de Petrópolis, em parceria com a Secretaria de Saúde, já conseguiu vacinar mais da metade dos idosos do município. Até a tarde desta terça-feira (31.03), 22.412 doses da vacina foram aplicadas em idosos, o que representa uma cobertura de público de 52.28%. Nos 40 postos de saúde distribuídos por toda a cidade, foram aplicadas 17.898 doses da vacina. Nos dois pontos de Drive Thru, foram, até o momento, 4.514 imunizações.

A segunda fase da campanha teve início nesta terça-feira (31/03) para os idosos com idades entre 60 e 69 anos. Para quem perdeu o prazo da primeira etapa, entre 23 e 30 de março para idosos entre 70 e 79 anos, também está sendo vacinado nos postos fixos pontos do Drive Thru.

A cidade recebeu nesta segunda-feira (30/03) o terceiro lote por parte do Estado com 17.100 unidades da vacina. 

Idosos acima de 80 anos de idade continuam tendo o telefone 0800 092 1234 para realizar o agendamento para serem vacinados em casa. Devido a problemas nas ligações realizadas em alguns bairros, a prefeitura disponibilizou mais dois números com a mesma função. São o 2246-9350 e 2246-6796. Vale lembrar que as equipes técnicas de vacinação não marcam dia ou hora certos e têm até o dia 22 de maio para cumprir o cronograma.

 Programa realizou mais de 250 ações para melhorar as condições de ruas de 43 bairros

O programa Prefeitura Presente realizou aplicação de asfalto em 179 locais em 43 bairros de Petrópolis em três meses. Neste ano, já foram promovidas 258 ações para melhorar as condições de vias do município, principalmente nas comunidades. Nesta terça-feira (31.03), por exemplo, 10 bairros foram atendidos com esse serviço.

Criado há quase seis meses, o Prefeitura Presente amplia os serviços de manutenção de ruas, limpeza, conservação de espaços públicos, iluminação pública e outros serviços que são demandados pelos moradores dos bairros.

Um dos objetivos com esse trabalho é proporcionar trajetos mais confortáveis para os veículos, com menos quebras de carros e menos atrasos. Os cinco distritos contam com 234 linhas de ônibus que fazem mais de cinco mil viagens diariamente. Por isso, são usadas de seis a oito equipes de aplicação de asfalto por dia.

Nesta terça, o trabalho aconteceu nas ruas Nossa Senhora da Glória (Bairro da Glória), Vista Alegre (Araras), Rua Carmen da Ponte Marcolino (Chácara Flora), Rua Sargento Boening e Estrada do Paraíso (Sargento Boening), Tancredo Neves (São Sebastião), Antônio Kronemberger (Bingen), Mathias Kreischer (Capela), Sete de Abril, Montecaseros, Imperador, Nelson de Sá Earp (Centro), Gonçalves Dias (Valparaíso), Saldanha Marinho, Cristóvão Colombo e Olavo Bilac (Castelânea).

Além desses bairros, também houve tapa-buraco no Alemão, Alto da Serra, Bairro Castrioto, Bairro Esperança, Bela Vista, Carangola, Cascatinha, Castelo São Manoel, Caxambu, Corrêas, Duarte da Silveira, Duchas, Estrada da Saudade, Fazenda Inglesa, Floresta, Gulf, Independência, Itaipava, Itamarati, Madame Machado, Morin, Mosela, Neylor, Pedro do Rio, Posse, Quarteirão Brasileiro, Quarteirão Ingelheim, Quitandinha, Retiro, Roseiral, Samambaia, Siméria e Vila Militar.

Além do tapa-buraco, outros serviços de limpeza, iluminação pública, pintura de meio-fio e sinalização de vias serão reforçados nas comunidades de Petrópolis. São 60 homens trabalhando nos bairros, somando ao que já é feito diariamente pela Comdep, além das secretarias de Obras e de Serviços. As equipes já atuaram neste mês em Bairro Esperança, Bingen, Castelo São Manoel, Correas, Madame Machado, Posse, Secretário e Siméria.

Serviço é realizado no Quitandinha e Itaipava

A segunda fase da campanha de vacinação contra a gripe pelo Drive Thru começou nesta terça-feira (31.03). Até o dia 08 de abril, idosos entre 60 e 69 anos podem ser vacinados, sem precisar sair do carro, em dois pontos estratégicos da cidade: o Parque Municipal, em Itaipava, e o Palácio Quitandinha. Na última semana, foi realizada a primeira fase, que imunizou pessoas entre 70 e 79 anos. Os 40 postos de saúde da cidade também estão sendo abastecidos com o novo lote das vacinas.

O Drive Thru funciona das 9h às 15h e os postos das 8h às 16h. Lembrando que pessoas de 7 a 79 anos que tenham perdido a primeira fase também podem ser vacinadas neste período.

No total, Petrópolis já recebeu 43.600 doses da vacina; neste terceiro lote foram 17.100 unidades

Vale lembrar que idosos acima de 80 anos podem agendar a vacinação em domicílio através dos telefones: 0800 092 1234, (24) 2246-9350 e (24) 2246-6796. A vacinação nos postos vai até o dia 22 de maio.

Em meio à crise do coronavírus, os estoques do Banco de Sangue do Santa Teresa, no Bingen, estão 35% abaixo do ideal. Buscando incentivar a ida dos petropolitanos ao local, os agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias organizaram uma campanha de doação nesta terça-feira (31.01). Pela manhã, 15 pessoas contribuíram com a ação. Todos os tipos sanguíneos são importantes nesse momento de dificuldade.

Um único doador pode ajudar até quatro pessoas com a bolsa de sangue. Isso porque o material colhido é separado e podem ser usadas plaquetas, hemácias, plasma e criopreciptado – cada um com uma função diferente. O Banco de Sangue atende as UPAs da cidade, o CTO, o Hospital Unimed e o próprio Hospital Santa Teresa.

“Apesar da crise do coronavírus, nosso trabalha não para. Os acidentes continuam acontecendo, por exemplo. A campanha da Defesa Civil é muito importante para a gente, já que ajuda também a divulgar o Banco de Sangue”, explica Vinícius Pereira, captador do Banco de Sangue Santa Teresa. 

Como o tempo de armazenagem também varia (por exemplo, as plaquetas, usadas para coagulação, podem ser armazenadas por apenas cinco dias), é necessário que as doações sejam frequentes para atender toda a demanda. É a primeira campanha de doação de sangue realizada neste ano pela Secretaria de Defesa Civil.

No Banco de Sangue, podem doar todas as pessoas entre 18 e 60 anos, em bom estado de saúde e que pesem mais de 50 quilos. Jovens de 16 a 17 anos também podem doar acompanhados dos responsáveis. Não é necessário fazer jejum, mas é importante não ingerir alimentos gordurosos três horas antes da doação. Também não se deve consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes.

Thiago de Assis Cerqueira, que trabalha em um escritório de contabilidade, participou da campanha da Defesa Civil. "É muito importante doar. São campanhas assim que reforçam a ideia de ajudar o próximo em um momento de dificuldade", disse.

As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. Pessoas que fizeram algum procedimento, como endoscopia, só podem doar após seis meses da realização da intervenção. O banco de sangue funciona todos os dias, das 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen – ao lado do HST.

Objetivo foi de garantir os estoques de EPI’s e monitorar a quantidade de atendimentos realizados no local

Itaipava tem um local próprio designado ao atendimento de pacientes com suspeita de contaminação pelo coronavírus. Nos mesmos moldes da unidade que funciona na UPA Centro, o ponto de apoio de Itaipava tem 40 metros quadrados e equipes treinadas para lidar com possíveis pacientes portadores da Covid-19. A estrutura, aberta à população na tarde desta segunda-feira (30.03), conta com um médico, um enfermeiro, um técnico de enfermagem, um socorrista com ambulância à disposição e funcionários administrativos.

Desde o início dos atendimentos, apenas dez pessoas procuraram a unidade. Cinco nesta segunda-feira e cinco até o meio-dia desta terça-feira (31.03). Até o momento, nove pacientes foram encaminhados ao isolamento domiciliar e uma, com sintomas mais fortes da doença, levada à UPA de Itaipava para internação. O prefeito ficou satisfeito com a visita.

A unidade está montada em frente ao terminal rodoviário de Itaipava e mantém atendimento 24 horas por dia, sete dias por semana.

O prefeito assina hoje (30.03) decreto unificando todas as medidas no combate ao coronavírus em nosso município. Seguindo orientações da OMS, do Ministério da Saúde, da Secretaria de Estado de Saúde e com a avaliação das nossas equipes de especialistas, estamos renovando até o dia 6 de abril todas as medidas, entre elas a suspensão das aulas nas unidades das redes públicas e privadas e de todos os eventos e atividades que promovam a aglomeração de pessoas.

Programas coletivos, como cinema, parques, teatro e afins também estão incluídos na determinação. Da mesma forma, o comércio em geral e academias devem permanecer fechados. As medidas seguem sendo necessárias para que não haja um pico de pessoas contaminadas, todas ao mesmo tempo, dentro do município. O achatamento da curva de casos é indicado pela comunidade científica como medida necessária para que os sistemas de saúde não entrem em colapso.

Equipe do órgão de defesa do consumidor percorreu agências no centro, orientando gerentes e consumidores.

Na manhã desta segunda-feira (30.03), o Procon/Petrópolis percorreu as agências bancárias do Centro Histórico para apurar como está funcionando o atendimento, em função das medidas preventivas para evitar o contágio da Covid-19. A equipe do órgão de defesa do consumidor flagrou - em quase todas as agências - a formação irregular de filas. Do lado de fora, consumidores estavam em distância inferior (entre si) à recomendada pelos órgãos de saúde (1,5m). Além disso, idosos e demais grupos preferenciais dividiam a mesma fila, contrariando também a lei de atendimento preferencial.

Na ação do Procon/Petrópolis, que aconteceu nas ruas do Imperador e Paulo Barbosa, oito agências bancárias da rede pública e privada foram visitadas. Quatro delas do banco Itaú, uma do Bradesco, uma do Banco do Brasil, uma da Caixa Econômica Federal e uma do banco Santander. Dessas agências, apenas a unidade da Rua Paulo Barbosa do Banco do Brasil organizou fila preferencial de atendimento.

Idosos são considerados pela Organização Mundial da Saúde - OMS e pelo Ministério da Saúde grupos de risco para a Covid-19. E, pela lei Federal 10.048/00, pessoas "portadoras de deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, as gestantes, as lactantes e as pessoas acompanhadas por crianças de colo terão atendimento prioritário".

Durante a fiscalização, o órgão de defesa do consumidor identificou algumas medidas que já estão sendo adotas pelos bancos para diminuir o número de pessoas dentro das agências. Elas seguem as determinações do Banco Central, que na última semana permitiu, por exemplo, a redução de até 50% do efetivo de funcionários como forma de diminuir o risco de contágio e evitar a exposição de bancários dentro dos grupos de risco. Além disso, alguns bancos já aumentaram o valor de saque como medida de evitar que as pessoas se dirijam às agências mais vezes. No caso da Caixa Econômica Federal, por exemplo, o saque máximo passou de R$ 1.500 para R$ 2.000. As transferências passaram de R$ 1.500 para R$ 3.000 e os TEDs de R$ 5.000 para R$ 10.000. Outra medida adotada foi a redução do horário de atendimento.

Os consumidores que desejam fazer reclamações ou denúncias podem procurar os canais de atendimento do Procon/Petrópolis. Através do telefone (24) 2246-8477 e WhatsApp (24) 98857-5837 (apenas mensagem de texto).

Oitenta e dois leitos preparados para tratamento especifico

O prefeito visitou nesta segunda-feira (30.03) os novos leitos que estão sendo preparados no Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE) – para receber os pacientes diagnosticados com coronavirus que precisarão de atendimento hospitalar. Na unidade serão 82 leitos específicos para o tratamento dos pacientes que tiverem diagnostico positivo para o coronavirus.

Os pacientes que estavam internados na UTI do hospital foram transferidos para o HCC – ação necessária para garantir a liberação do espaço para montagem de unidades específicas e adequadas a receber supostos pacientes de COVID-19. No local serão, ao todo, 69 leitos clínicos, 10 de UTI e 3 de unidade intermediária.

Um treinamento também foi realizado no HMNSE com toda equipe. Na ocasião, o prefeito agradeceu o empenho de toda equipe da saúde e dos profissionais do HMNSE que estão se preparando.

Em caso de dúvidas sobre sintomas e quando procurar ajuda médica – a prefeitura também disponibilizou um ponto de apoio especifico para atendimento de casos suspeitos ao lado da UPA Centro – a população pode ligar para o 192 – SAMU.

Prefeitura e sociedade civil se uniram para uma grande campanha com o objetivo de ajudar famílias em vulnerabilidade social. Lançada pelo prefeito nesta segunda-feira (30.03), a campanha “#Petrópolis no combate ao coronavírus. Seja Solidário” vai disponibilizar pontos de coleta em mercados, farmácias e petshops para que as pessoas doem alimentos, produtos de higiene pessoal, remédios e ração para os animais, que serão entregues a famílias que tiveram a renda comprometida por conta do isolamento social para prevenir a covid-19.

A ação tem a parceria do poder público, através da Secretaria de Assistência Social, com o Grupo Remir (que criou a campanha Covida) e a Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO), que está disponibilizando uma conta bancária para os que preferirem fazer a doação em dinheiro. As transferências podem ser feitas para o Banco Itaú, agência 9244, conta corrente 24940-6, CNPJ: 36.548.949/0001-78. Uma porcentagem das doações ficará para ajuda dos pacientes oncológicos e outra será revertida em compras para as famílias em vulnerabilidade social.

O lançamento da campanha aconteceu na sede da prefeitura, mas através de videoconferência para evitar aglomeração. A ideia de uma campanha para ajudar quem precisa surgiu de um dos membros do Grupo Remir, que criou o Covida em Petrópolis. “A partir daí falamos com a APPO e com o poder público, e unimos as campanhas em um grande movimento. Agora, somos todos soldados nessa guerra. Precisamos garantir as pessoas que elas tenham o que comer”, destaca o pastor Edelto dos Santos Antunes, que faz parte do grupo.

“A APPO abriu as portas pra essa campanha porque sabe da importância que tem acolher e ajudar ao próximo. É muito importante a gente poder contribuir. Vai ajudar a manter a APPO viva e ajudar outras pessoas. Espero que a gente tenha a consciência da importância de ficar dentro de casa, que a nossa cidade passe por isso de uma forma mais tranquila. Temos que pensar na economia, mas também em como é importante a vida de cada um de nós. Estamos abrindo uma das contas da APPO que vai ficar somente para esse recebimento. Todo depósito irão pra compra de alimentos nos supermercados parceiros e vai ficar uma porcentagem para ajudar os pacientes da APPO”, completa a presidente da associação, Ana Cristina Coelho.

Já estão como pontos de coleta os estabelecimentos: Armazém do Grão, Terê Frutas, DIB, Megadelli e Grandelli, Super Market, Super Bingen, Super Serra, Mercado Delei, Empório Multimix, Extra, Xodó de Minas, Super Bingen, Rede Economia, Tá no Gosto e Petro Verde.

O município vem buscando leitos em unidades hospitalares por toda a cidade para ampliar o atendimento aos pacientes da covid-19. Neste domingo (19.03), o prefeito vistoriou uma unidade particular com 35 leitos que podem servir de apoio à Secretaria de Saúde. A prefeitura trabalha para aumentar a capacidade de Petrópolis e garantir que os pacientes de média e alta complexidade tenham como ser tratados.

O município já definiu o Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE) como referência no atendimento ao coronavírus. Na unidade serão leitos específicos para o tratamento dos pacientes que tiverem diagnostico positivo para a covid-19. Além disso, também terão leitos o Hospital Alcides Carneiro, as UPAs Centro, Itaipava e Cascatinha, o Hospital Santa Teresa, o Hospital Nossa Senhora Aparecida e o SMH.

Equipamentos de proteção individual para médicos e enfermeiros, como máscaras sanfonadas e luvas não cirúrgicas, e materiais de limpeza e higiene pessoal continuam sendo distribuídos para o Hospital Alcides Carneiro e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do município. Parte dos materiais recebidos na semana passada no HAC já foram entregues para os profissionais que estão na linha de frente de combate ao coronavírus em Petrópolis e para os funcionários das unidades da rede de saúde da cidade.

Na semana passada, o município recebeu 1,2 milhão de luvas, 300 mil máscaras sanfonadas, 7,5 mil máscaras N-95 (que alto poder protetivo e usada no tratamento de casos de tuberculose), 20 mil aventais e dois mil óculos de proteção, além de toucas e pró-pés. Os funcionários das unidades de saúde também estão recebendo milhões toalhas de papel. Há ainda à disposição do HAC e das UPAs um produto que será usado para desinfetar os ambientes hospitalares, o hipoclorito de sódio.

As unidades devem garantir atendimento ao consumidor dentro das recomendações do Ministério da Saúde.

No fim da tarde desta segunda-feira (30.03), o Procon/Petrópolis visitou as duas Lojas Americanas localizadas no Centro Histórico - na Rua do Imperador e na Rua Paulo Barbosa - para orientar o retorno ao funcionamento, adequado às regras de prevenção da Covid-19. Além de garantir a permanência máxima de 20 clientes por vez, como forma de evitar aglomeração, os estabelecimentos foram orientados a organizar filas que respeitem a distância mínima de 1,5m recomendada pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde - OMS.

No domingo (29.03), houve decisão da juíza de plantão Angélica dos Santos Costa, do Tribunal de Justiça da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro, acatando a tutela de urgência pedida pela rede de Lojas Americanas de retomar o atendimento ao público nos municípios do Rio de Janeiro, Cabo Frio, Niterói, Macaé, Teresópolis e Barra Mansa. A decisão pediu a suspensão dos "efeitos dos atos que determinaram o fechamento das lojas da empresa". Ainda de acordo com a decisão, permitindo "expressamente o comércio de alimentos, bebidas, itens de farmácia, materiais de limpeza e de higiene pessoal".

A decisão da justiça não inclui as unidades de Petrópolis da empresa. Porém, no entendimento do Procon/Petrópolis, houve adequação para as determinações da justiça. Além disso, tanto a loja da Rua Paulo Barbosa, quanto a loja da Rua do Imperador tem como atividade fim principal em seu CNPJ o comércio de gêneros alimentícios.

Nas lojas do Centro Histórico, o atendimento vinha acontecendo pelo sistema de entregas (delivery). Nesse período, segundo o gerente da unidade da Rua do Imperador, houve a adequação para enquadrar a loja dentro do perfil de comércio de alimentos e itens de higiene pessoal e farmácia. Tapumes agora isolam os demais produtos, sendo comercializados apenas aqueles que se enquadram na decisão judicial.

Serviço foi transferido para a unidade de Corrêas na última semana devido à centralização de referência ao COVID-19 no HMNSE

A visita foi realizada na manhã desta segunda-feira (30/03) e teve como objetivo auxiliar o fluxo de pacientes e verificar o funcionamento do atendimento no local. Na última semana, a prefeitura transferiu o serviço de ambulatório e urgência de ortopedia para o HAC com o propósito de esvaziar o HMNSE, atual referência nos casos de Covid-19.

“Precisei do atendimento e já sabia que a ortopedia estava aqui no HAC. Vim direto e fui muito bem atendido. Vale a pena deixar o HMNSE para os casos de coronavírus. Nem eu, nem minha família, temos que reclamar dos atendimentos”, disse Ivan Soares, morador do bairro Mosela.

Segundo a prefeitura, os atendimentos de ortopedia serão mantidos no HAC por tempo indeterminado.

Os órgãos de segurança atuaram durante toda esta segunda-feira (30.03) para garantir que não fossem realizadas manifestações vetadas pela justiça. Polícia Militar e Guarda Civil mantiveram agentes e viaturas pela manhã e no meio da tarde em diversos pontos do Centro, como a Praça da Liberdade, Barão de Amazonas, Praça 14 Bis, Praça da Confluência, Barão do Rio Branco, 13 de Maio, Praça Princesa Isabel (em frente à Catedral São Pedro de Alcântara), além de um reforço no efetivo que está atuando no controle sanitário nos pórticos do Bingen e do Quitandinha. Só a Guarda mobilizou 30 agentes ao longo do dia.

Duas carreatas foram convocadas para esta segunda-feira contra as medidas adotadas em Petrópolis e diversos municípios do Brasil para evitar aglomerações, entre elas, o fechamento do comércio e antecipação das férias escolares. Essas manifestações, marcadas para várias cidades no país, não foram autorizadas justamente por causar aglomeração e aumentar os riscos de propagação do Coronavírus – vetor da Covid-19.

Nesta segunda-feira, o prefeito anunciou que ampliou o prazo de algumas das medidas adotadas há duas semanas. A suspensão das aulas das redes públicas e privadas e de eventos, além do fechamento de espaços como cinemas, parques e teatros, entre outros, permanecem até dia seis de abril. Comércio e academias também continuam fechados.

Uma dessas carreatas previa concentração na Praça da Liberdade e iria se dirigir até a prefeitura para pedir a suspensão dos decretos estabelecidos pelo prefeito. Outra sairia do Quitandinha em direção ao Centro. No entanto, nenhum dos dois eventos aconteceram.

O juiz da 4ª Vara Cível, Alexandre Teixeira, determinou que os órgãos de segurança destacassem efetivo e reboque para esses locais para impedir a manifestação. Caso a determinação fosse descumprida, os participantes poderiam ser enquadrados no crime de desobediência, bem como do Art. 268, do Código Penal - Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Confirmações chegaram na tarde de hoje. Ao todo, seis pacientes testaram positivo para a COVID-19

 Mais dois resultados positivos de Coronavírus foram recebidos na tarde desta segunda-feira (30.03) pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Petrópolis. Os dois pacientes são do sexo masculino e moradores da cidade. Um deles voltou recentemente de uma viagem a Londres, na Inglaterra, e chegou a ser internado no Hospital Samaritano, unidade privada na cidade do Rio de Janeiro. O paciente teve alta médica na tarde desta segunda-feira e já se encontra em isolamento domiciliar. O outro paciente também mantém isolamento domiciliar.

Banner INFOS ATUAIS2

Notícias por data

« Abril 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30      

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo