No total, 17 toneladas de alimentos foram doados.
Campanha começa hoje (13) sua segunda fase

Mais de mil cestas básicas já foram recebidas por famílias em vulnerabilidade social e que tiveram a renda comprometida por conta do isolamento social para prevenir a covid-19. No total, foram 17 toneladas de alimentos entregues pela campanha “#Petrópolis no combate ao coronavírus. Seja Solidário” desde que ela foi lançada, no fim de março. A ação é uma parceria entre a prefeitura, o Covida (Grupo Remir) e a Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO).

As doações continuam sendo recebidas nos pontos de coleta, espalhados por mercados, farmácias e petshops. Estão sendo recolhidos alimentos, produtos de higiene pessoal e ração para os animais. E elas também podem ser feitas em dinheiro, através da conta da APPO: Banco Itaú, agência 9244, conta corrente 24940-6, CNPJ: 36.548.949/0001-78. Os números de atendimento são: 08000242526 /2233-8108 /2233-8110. Uma porcentagem das doações fica para ajuda dos pacientes oncológicos e outra é revertida em compras para as famílias em vulnerabilidade social.

“Começamos o trabalho e dois, três dias depois tudo já estava funcionando. Me emociona muito saber que mil famílias já foram alcançadas”, destaca Edelto dos Santos Antunes, um dos membros do Covida.

Todas as solicitações das pessoas necessitadas que chegam até a Secretaria passam pela análise de uma equipe de técnicos, que avalia e faz um cadastro geral das famílias. O trabalho vem sendo acompanhado pelo Ministério Público.

Vale ressaltar que é importante também a doação de ração para os animais.

Durante a campanha, novos parceiros têm surgido, como a Pizzaria Sottile’s, o Armazém do Grão e a DIB, além da sociedade civil. Os pontos de coleta estão nos seguintes estabelecimentos: Armazém do Grão; Terê Frutas; DIB; Megadelli e Grandelli; Super Market; Super Bingen; Super Serra; Mercado Delei; Empório Multimix; Multimix; Xodó de Minas; Super Bingen; Rede Economia; Tá no Gosto, Bread Fruit, Green Fruit e Petro Verde.

 

Equipamentos móveis também estão sendo usadas no trabalho de conscientização

Diariamente os 20 conjuntos do Sistema de Alerta e Alarme de Petrópolis são usados pela prefeitura para pedir que a população evite sair de casa. Instalados em 12 locais, os equipamentos emitem mensagens reforçando a importância do isolamento social e também dicas de higiene pessoal. As sirenes móveis da Defesa Civil também estão sendo usadas com esse objetivo: nesta quarta-feira (13.05), os veículos estiveram no Centro, Bairro Esperança, Floresta, Alto da Serra e Caxambu.

As sirenes fixas nos bairros tocam às 10, 16 e 20h. Os locais são: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. Já a operação com os equipamentos móveis acontece desde o dia 13 de março - data em que foi publicado o primeiro Decreto Municipal com as medidas adotadas pelo poder público sobre o Coronavírus.

Outra ferramenta importante e que está sendo usada para reforçar os apelos por higiene pessoal e distanciamento social é o alerta de Whatsapp da Defesa Civil. As mensagens estão sendo enviadas diariamente para os usuários cadastrados. O número é o (24) 98863-5497.

Uma loja que vende chocolates na Rua Cel. Veiga foi multada em R$ 800 por manter as portas abertas mesmo com o decreto municipal que restringe o funcionamento de comércio de produtos não essenciais. Também nesta quarta-feira (13.05), uma loja de roupas no Quissamã foi notificada a permanecer fechada e, em caso de reincidência, também será autuada.

As ações de fiscalização mobilizam equipes de Posturas, Vigilância Sanitária, Meio Ambiente e Procon. Desde meados de março, foram realizadas 57 notificações para estabelecimentos comerciais considerados não essenciais que mantiveram as portas abertas e outras 24 para lojas autorizadas a funcionar, mas que causaram aglomerações – 81 no total. Também foram aplicadas 39 multas no mesmo período.

O decreto 1.103, de 21 de março, estabelece que só estão autorizados a funcionar os estabelecimentos como mercados, padarias açougues e peixarias, farmácias, lojas de materiais hospitalares e serviços de saúde, postos de combustíveis, oficinas mecânicas e borracharias, distribuidoras de água e gás e lojas de ração e produtos veterinários. Também estão autorizadas a funcionar, pelo decreto 1.108 (26 de março), as lojas de material de construção. As demais lojas podem atuar em sistema de entregas, assim como restaurantes.

Ainda pelo decreto 1.103, bares devem ficar fechados. Na terça (12), um estabelecimento desse tipo foi multado também em R$ 800 na Mosela por descumprimento. A norma veta igualmente o funcionamento de salões de cabeleireiro. Um salão que estava aberto em uma galeria no Centro também foi autuado no mesmo valor. Em caso de reincidência, a multa é dobrada.

A Fiscalização de Posturas recebe denúncias por telefone (2246-9043) ou Whatsapp (9 9860-0845).

Dicas especiais para o público da educação infantil

A Primeira Infância é o período das experiências e descobertas que fazem toda a diferença no desenvolvimento social, pedagógico e cognitivo das crianças. Nos Centros de Educação Infantil, as crianças recebem cuidados especialmente pensados nesses estímulos necessários para o crescimento saudável dos pequenos. As dicas de rotina e brincadeiras direcionadas para esse público também são apontadas na plataforma “Educa em Casa” – espaço virtual criado pela prefeitura para dar suporte às ações educacionais nesse período em que as aulas estão suspensas na rede municipal devido as ações de prevenção ao coronavírus.

No site há os links: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação Especial e em cada um há a oferta de atividades e sugestão de projetos, jogos e brincadeiras. No entanto, os direcionamentos para as crianças de até cinco anos estão no link da Educação Infantil e é lá que os pais encontram dicas como rotina para os bebês e crianças. A plataforma Educa em Casa está disponível no site da prefeitura – www.petropolis.rj.gov.br.

A primeira Infância é o período entre o nascimento e os seis anos de idade. Todos os estímulos recebidos surtem total efeito até mesmo na vida adulta da pessoa. Nas rotinas que podem ser adotadas estão dicas como: Respeitar os horários das refeições; fazer a estimulação nos bebês- virar na cama, engatinhar; banho de sol, não esquecer da higienização da gengiva; usar músicas e sinais diferentes - chocalho, bola e paninhos coloridos. A rotina é muito parecida com a que é seguida nos Centros de Educação Infantil da rede municipal.

Crianças maiores também podem ser estimuladas: contação de histórias, música, brincadeira livre com brinquedo preferido e, se possível, ao ar livre; jogos de encaixe ou memória e muita conversa para estimulo da fala.

“Eles precisam desses estímulos para fortalecer cada etapa do desenvolvimento. No Educa em Casa deixamos algumas dicas sobre a construção de brinquedos com produtos que podemos ter em casa e a devolutiva das famílias está muito positiva. Peças diferentes de vários tamanhos e cores, tudo isso chama a atenção e o mais importante, brincar com a família, sentir o afeto. Tudo isso é importante nesse momento que estamos vivendo”, afirma Simone Malheiros, responsável pelo Departamento de Educação Infantil da Secretaria de Educação.

O Censo Previdenciário do município, que está sendo realizado pelo Instituto de Previdência e Assistência Social do Servidor Público do Município de Petrópolis (INPAS), foi prorrogado por 90 dias por conta da pandemia da COVID-19. Desde fevereiro, quando começou a coleta, até o momento mais de 5 mil cadastros já foram iniciados no formulário eletrônico por meio do site inpas.rj.gov.br/censo e do site da Prefeitura. A ação de recolhimento dos dados é obrigatória e agora vai até o dia 14 de agosto.

Com o aumento do prazo, o término da verificação dos dados cadastrados será dia 28 de setembro. Assim, os servidores terão mais tempo para realizar o cadastro, que tem o objetivo de atualizar as informações dos servidores públicos efetivos ativos, aposentados e seus dependentes e pensionistas.

Vale ressaltar que a participação dos servidores é obrigatória, até os afastados ou licenciados, por qualquer motivo, licença sem vencimentos, férias e servidores cedidos. Aquele que não atender o prazo estabelecido, sem justificativa, terá seu pagamento bloqueado a partir do mês da conclusão do levantamento dos dados, ficando assim o seu restabelecimento condicionado à realização de seu recenseamento.

Prefeito acompanhou a limpeza de ruas no Centro Histórico hoje (13.05)
Mais de 500 quilômetros de ruas já foram percorridos com os serviços

Os serviços de higienização e desinfecção continuam sendo realizados buscando combater o avanço do coronavírus em Petrópolis. A limpeza acontece em diversas vias do município, reunindo a CPTrans, Comdep e a Águas do Imperador. Na manhã deste quarta-feira (13.05), o prefeito acompanhou as equipes da prefeitura e da concessionária no trabalho realizado nas ruas e praças do Centro Histórico.

Para o serviço de higiene, o caminhão da Águas do Imperador utilizou água e hipoclorito de sódio, um tipo de alvejante. Até o momento, a concessionária percorreu mais de 500 quilômetros de ruas usando mais de 1 milhão de litros do produto de limpeza por toda a cidade.

Além das ruas atendidas pela concessionária, a Comdep realizou a limpeza na noite de ontem (12) na Rua Teresa e no Alto da Serra. Hoje o trabalho está sendo realizado na Capela, Bingen e nas ruas Visconde de Souza Franco e Caldas Viana. A empresa utiliza água, sabão e cloro para realizar a higienização desses locais.

A CPTrans também vem atuando na desinfecção e assepsia de prédios públicos, hospitais, unidades de saúde, pontos de apoio para pessoas com sintomas de Covid-19, Centro de Saúde e veículos da prefeitura, das secretarias de Saúde e Educação, frota das forças de segurança.

 

A reforma do Terminal Centro continua avançando, mesmo durante o período de pandemia. A obra já alcançou 90% de conclusão e, nesta terça-feira (12.05), começou a ser feita a troca do asfalto. O material antigo foi removido ao longo do dia e a nova camada deve ficar pronta nesta quarta. O prefeito acompanhou o serviço no local.

Nesta terça, foi feita fresagem (remoção) do asfalto em toda área do terminal, uma das etapas mais rápidas de toda a reforma – já nesta quarta, a nova camada do material deve estar concluída. Também estão sendo feitos arremates de pintura na parte interna.

O piso já foi refeito e passará nos próximos dias por polimento e instalação dos azulejos podotáteis – o sistema de orientação para pessoas com deficiência visual. Também será feita a revisão das instalações elétricas.

Já o telhado, um dos pontos principais da reforma, já está praticamente concluído. Dos 1,4 mil m², faltam apenas 30 metros para ser concluído. Toda as telhas foram substituídas, com instalação de rufos, cumeeiras e calhas para evitar infiltrações.

O Terminal Centro é o maior da cidade, com demanda de 1.640 viagens de 80 linhas de ônibus partindo do local todos os dias, levando a população para diversos locais da cidade como Alto da Serra, Quitandinha, Bingen e Retiro, por exemplo. Por causa da obra, as linhas de ônibus foram transferidas para a Rua Dr. Porciúncula e para Souza Franco.

A reforma é um investimento de R$ 964,4 mil e a obra é executada pela empresa VACC Indústria, Comércio e Serviço Eireli.

 

O órgão de defesa do consumidor recebeu mais de 500 reclamações

Depois de diligenciar pedido de esclarecimento sobre atrasos nas entregas, intimar a regularização do serviço e autuar em flagrante os Correios pelas mais de 500 denúncias da deficiência na prestação do serviço, o Procon/Petrópolis-RJ lavrou uma multa de R$ 526 mil, entregue na tarde desta terça-feira (12.05) no Centro de Entrega de Encomendas – CEE, do bairro Mosela. O caso também está sob apreciação do Ministério Público Federal (MPF).

O serviço de entregas, prestado pelos Correios, foi reconhecido pela Presidência da República como essencial no dia 20 de março, através da Medida Provisória 926 e do decreto 10.282/20, que reforçaram o compromisso com a população em prover ‘soluções de comunicação e logística. No entanto, desde o início de março os consumidores em Petrópolis vêm relatando ao órgão de defesa do consumidor a dificuldade em receber encomendas. A situação vem sendo monitorada pelo Procon municipal desde o início de março.

No dia 15 de abril, o órgão de defesa do consumidor encaminhou uma intimação à superintendência Estadual dos Correios para que fosse regularizada a distribuição de serviços como PAC e entregas internacionais no município. O caso também foi comunicado ao Procon Estadual. Nesse período, o número de reclamações continuou crescendo. No dia 27, o Correios foram autuados e receberam intimação para regularizar o serviço de entrega e apresentar – até o dia 7 de maio – um relatório constando as medidas adotadas para que amenizar o problema.

Na última sexta-feira (08.05), o caso foi encaminhado para a apreciação do MPF.

 

Conjuntos foram produzidos por duas aposentadas da cidade

Em meio à pandemia, a solidariedade também ganha destaque em Petrópolis. Nesta terça-feira (12.05), a Secretaria de Assistência Social fez a entrega de conjuntos com roupinhas e sapatinhos para mães de recém nascidos e grávidas que estão na maternidade do Hospital Alcides Carneiro. Tudo foi doado por duas aposentadas da cidade. Gertrudes Forte e Maria José Gonçalves não só doaram, como também foram elas que produziram todas as roupas. No total, 18 mães e 6 grávidas receberam 45 itens, entre conjuntos e sapatinhos.

“Eu me sinto muito bem fazendo os casaquinhos. Deus me dá forças e minha cabeça está boa, então faço os casaquinhos e sapatinhos com muito prazer. Quando estou fazendo pra doar eu fico tão feliz de estar ajudando uma criancinha, aquecendo o pezinho delas”, explica Maria José.

As doações foram entregues à Secretaria de Assistência Social, que fez a distribuição entre as mães e as mulheres que aguardam para ter bebê no Hospital Alcides Carneiro. A ação foi acompanhada também pela supervisora do Criança Feliz, a psicóloga Márcia Grotz, que vai incluir as mães e grávidas no programa.

 

Objetivo é impedir reunião de pessoas nos equipamentos esportivos e evitar propagação do coronavírus

A prefeitura fará o desligamento do fornecimento de energia para 53 quadras comunitárias. O pedido acontece após o recebimento de denúncias de aglomeração em equipamentos esportivos no período noturno. O desligamento começa a ser feito já nesta terça-feira (12.05). O objetivo é evitar a reunião de pessoas e impedir a propagação do coronavírus na cidade.

Algumas das denúncias apresentadas aos setores de fiscalização da prefeitura relatavam até mesmo a realização de campeonatos, obrigando o município a realizar ações para interromper jogos e dispersar o público. As quadras do Alto da Serra e da comunidade Pedras Brancas (Mosela) são as que geraram maior número de reclamações até o momento.

O Departamento de Iluminação Pública fará a suspensão do fornecimento de energia especificamente para os equipamentos de luz das quadras.

A lista inclui os espaços esportivos de: 24 de Maio, Alemão, Alto da Derrubada (Fazenda Inglesa), Alto da Serra, Alto Independência, Alto Siméria, Amazonas, Araras, Atílio Marotti, Bairro da Glória, Bataillard, Bela Vista, Bingen, Boa Vista (Estrada da Saudade), Bonfim, Capitão Paladini, Cascatinha, Comunidade do Félix (Estrada da Saudade), Contorno, Corrêas, Estrada da Independência, Loteamento Samambaia, Meio da Serra, Montese (Estrada da Saudade), Morin, Mosela, Neylor, Parque Municipal de Itaipava, Pedras Brancas, Pedro do Rio, Posse, Retiro, Rua Araruama (Quitandinha), Rua Ceará (Quitandinha), Rua Evaldo Braga (Independência), Rua Gaspar Gonçalves (Quarteirão Brasileiro), Rua João de Deus (Quarteirão Brasileiro), Rua João Kopke (Fazenda Inglesa), Rua Lopes Trovão (Meio da Serra), Rua Luiz Winter (Bingen), Rua Presidente Sodré (Siméria), Rua Santa Isabel (Caxambu), Rua Sergipe (Quitandinha), Sargento Boening, Samambaia, São Sebastião, Taquara, Vale do Carangola – duas quadras, Vale do Sossego, Valparaíso, Vila São José, e Vista Alegre.

A atuação das equipes da Guarda, da Defesa Civil e Polícia Militar para evitar aglomerações na Rua Paulo Barbosa teve sequência nesta terça-feira (12.05). Os agentes conseguiram manter a organização de filas em portas de agências bancárias da região, garantindo o distanciamento entre as pessoas. A operação diferenciada começou na segunda-feira e não tem prazo vigência.

A principal medida foi a transferência dos pontos de ônibus de linhas da empresa Petro Ita para a Rua do Imperador. O embarque e o desembarque de 30 linhas agora ocorrem em frente à Casas Bahia. Com isso, o espaço usado normalmente pelos coletivos está sendo ocupado para a formação das filas dos bancos. Toda a área foi cercada por grades e sinalizada com cones, além de ter sido feita demarcação no chão para que as pessoas fiquem 1,5 metro distantes – também houve demarcação próximo da agência do Banco do Brasil.

Equipes também fazem pintura na Coronel Veiga e General Rondon

Começou na noite de ontem (11.05) o trabalho de pintura das faixas de pedestre, canalizações e meio de pista do Centro Histórico, realizado pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTrans). Também foi pintado o meio da pista da Coronel Veiga e General Rondon. Essas medidas tem o objetivo de reforçar a segurança de motoristas e pedestres da cidade.

Toda pintura que está sendo feita no asfalto utiliza material termoplástico e nos espaços de intertravado e o paralelepípedo a pintura está sendo feita com tinta acrílica. No total serão pintados mais de dois mil metros quadrados.

Recentemente, após a conclusão das obras de asfaltamento da Rua Monsenhor Bacelar, a CPTrans realizou o serviço de pintura das faixas, canaletas, meio de pista e demais sinalizações ao longo das vias beneficiadas pelas melhorias.

 

 

A prefeitura de Petrópolis manterá a validade dos decretos municipais até o próximo dia 24. O prefeito afirma que “a curva de casos no município é crescente e a ocupação dos leitos pode estourar, já estamos chegando no limite. Por isso, conceder a abertura salões de beleza, barbearias e academias de ginástica, nesse momento, é bastante imprudente”.

Os serviços em questão foram incluídos como essenciais pelo governo federal, mas por decisão do Superior Tribunal Federal (STF), os governos estaduais e municipais são os responsáveis pelas decisões de controle da pandemia dentro de seus perímetros. Por esse viés, o governo municipal vai manter essas atividades fora da listagem de serviços essenciais.

A Secretaria de Saúde também emitiu uma nota técnica que especifica que o decreto municipal que especifica o isolamento social, prorrogado até o dia 24 de maio, deve ser cumprido em sua totalidade. A nota ainda reforça o uso das máscaras por toda população, além de indicar que os estabelecimentos comerciais essenciais que estão em funcionamento devem oferecer o material e produtos de assepsia para seus funcionários.

 

Petrópolis recebeu esta semana o Certificado da Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa. Essa é a primeira das cinco fases do programa - do Governo Federal -, que reconhece os esforços realizados pelo município para a realização de ações que visem a garantia dos diretos das pessoas com mais de 60 anos e a melhoria de sua qualidade de vida. A Cidade Imperial já conta com o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e acompanhamento dos idosos em situação de vulnerabilidade social através da Secretaria de Assistência Social.

O próximo passo agora é a elaboração de um Plano Municipal da Estratégia, que vai criar políticas públicas para a terceira idade.  A “Estratégia” conta com um conjunto de iniciativas que têm por objetivo melhorar a convivência de pessoas com mais de 60 anos e evitar seu isolamento. O programa é uma forma de estimular os municípios a promover a integração dos diversos setores da sociedade para torná-los mais amigáveis aos idosos.

O município recebeu o certificado “Adesão”, que é o primeiro selo concedido pelo Ministério do Desenvolvimento Social dentro das cinco fases da Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa. “Trata-se de um avanço muito importante do município para a promoção do envelhecimento saudável, ativo, sustentável e cidadão de sua população idosa”, diz um trecho do certificado recebido pela prefeitura.

“Petrópolis já é favorável aos idosos, como por causa da segurança, da rede hospitalar, da acessibilidade em pontos turísticos, por exemplo. O município já preenche os pressupostos necessários para o certificado e vem avançando nas políticas públicas para os idosos”, explica Rodrigo Lopes, Diretor do Departamento de Proteção Social Básica da Secretaria de Assistência Social.

A flexibilidade corporal, se exercitada durante a idade infantil, proporcionará uma vida saudável e o desenvolvimento correto das articulações. Além disso, exercícios físicos também estimulam a coordenação motora e disciplina e, quando alinhados a brincadeiras lúdicas, os resultados podem ser ainda mais satisfatórios. E é por isso que a plataforma Educa em Casa – criada pela Secretaria de Educação para oferecer conteúdo pedagógico para os alunos da rede municipal – também mantém sugestões de atividades diferenciadas.

A plataforma foi criada sem custos para o município, nesse período em que as aulas estão suspensas devido as ações de prevenção ao coronavírus. No endereço eletrônico – que pode ser acessado em um link na página da prefeitura – www.petropolis.rj.gov.br – há atividades segmentadas: educação infantil, ensino fundamental e educação especial. Mas, além das dicas pedagógicas de acordo com o ano de escolaridade, no link “Atividades Extras” há sugestão de brincadeiras e jogos educativos.

Uma das atividades propostas é o alongamento: A flexibilidade influencia na boa execução de movimentos e aperfeiçoamento motor. Quanto mais flexível, melhor são os movimentos nas atividades cotidianas. E o alongamento é um exercício voltado para o aumento da flexibilidade. No site há outras dicas como a brincadeira “O mestre mandou”, jogo dominó do alfabeto, racha cuca e jogos de língua portuguesa.

Informações chegaram no fim da tarde desta terça-feira. Com estes, Petrópolis totaliza 22 óbitos até o momento. Ambos eram do sexo masculino

Mais duas mortes foram notificadas à prefeitura de Petrópolis na tarde desta terça-feira (12/05). O primeiro paciente tinha 51 anos, era morador do bairro Cascatinha, deu entrada através da urgência do Hospital Santa Teresa dia 06 de maio e faleceu dia 10 de maio. Médicos afirmam que ele era portador de diabetes e hipertensão arterial.

O segundo tinha 67 anos e residia no Quitandinha. Ele deu entrada, também no Hospital Santa Teresa, no dia 24 de abril e faleceu em 08 de maio. A equipe médica relatou que o paciente também tinha histórico de doenças pré-existentes, como diabetes e hipotireoidismo.

Notícias por data

« Maio 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo