Sirenes móveis pedem para que moradores permaneçam em casa

O governo municipal segue pedindo aos petropolitanos que permaneçam em suas casas. Nesta sexta-feira (15.05) a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias realizou a operação Alerta Coronavírus no Carangola e no Roseiral. As sirenes móveis divulgam uma mensagem reforçando a importância do isolamento social neste momento e pedindo que a população use máscaras. O objetivo principal da ação é evitar a proliferação do coronavírus.

Os veículos passaram pelo Cidade Nova, Vicenzo Rivetti e Vale do Carangola, além da Rua Virgílio de Sá Pereira Junior (Roseiral). Desde o dia 13 de março - data em que foi publicado o primeiro Decreto Municipal com as medidas adotadas pelo poder público sobre o coronavírus - a operação com as sirenes móveis passou por diversos bairros.

Ontem (14) a Defesa Civil realizou a mesma operação nas Comunidades do Alemão e Neylor e no bairro Atílio Marotti. Ainda nesta semana, o trabalho aconteceu em ruas e praças do Centro, Bairro Esperança, Floresta, Alto da Serra e Caxambu.

 Além das sirenes móveis, diariamente, os 20 conjuntos do Sistema de Alerta e Alarme de Petrópolis são usados pela prefeitura para pedir que a população evite sair de casa. Os equipamentos estão instalados em 12 locais e tocam às 10, 16 e 20h.

Os locais que contam com as sirenes fixas são: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe.

Outra ferramenta importante e que está sendo usada para reforçar os apelos por higiene pessoal e distanciamento social é o alerta de Whatsapp da Defesa Civil. As mensagens estão sendo enviadas diariamente para os usuários cadastrados. O número é o (24) 98863-5497.

O encontro serviu para que as instituições de ensino alinhassem a prestação de serviço com o direito do consumidor.

O Procon/Petrópolis-RJ e 13 instituições privadas de ensino realizaram uma reunião virtual, na tarde de ontem (14.05), para debater estratégias na prestação de serviços e na negociação de mensalidades durante a pandemia da Covid-19. O órgão de defesa do consumidor apresentou às instituições os principais questionamentos de pais e estudantes: desconto em mensalidades, parcelamentos, retirada de encargos, juros e multas, além da prestação da carga horária das aulas e atividades.

A reunião virtual aconteceu com os colégios Bom Jesus Canarinhos, São José e Menino Jesus; Pensi; Instituto Metodista de Petrópolis; Liceu São José de Itaipava; Aplicação; Koeler; Vicentino Santa Isabel; Casa Escola Três Ursinhos; Centro Educacional Krimberg; Unicriança e a Universidade Católica de Petrópolis (UCP), com representantes do Procon municipal e teve como objetivo alinhar as ações nesse período de pandemia com os direitos dos consumidores.

Também foi tema do encontro o cumprimento da carga horária na oferta de aula online. As escolas informaram que estão gerenciando acordos com pais e alunos de forma individual e que desconto linear inviabiliza a possibilidade de maiores descontos.

 

Gestante deu entrada já em trabalho de parto na unidade
O pequeno Matheus nasceu com 2.770kg, 45cm e cheio de saúde

O primeiro parto da Unidade de Pronto Atendimento de Itaipava ocorreu às 05h40 na madrugada desta sexta-feira (15/05). A mãe, de 39 anos, começou a sentir as contrações durante a noite e saiu de casa com o marido em direção ao Hospital Alcides Carneiro, em Corrêas. No trajeto o casal precisou parar na UPA de Itaipava. Uma equipe médica foi acionada e, às pressas, o parto foi realizado dentro do carro ainda no estacionamento.

O bebê é um menino, Matheus, nasceu com 2.770kg, 45cm e cheio de saúde. Mãe e filho foram transferidos após o parto para o Hospital Alcides Carneiro (HAC) e passam bem. Segundo o pai da criança, o parto aconteceu tão depressa que a família não consegue acreditar que deu tudo certo.

“Não tivemos tempo de chegar ao hospital e precisei parar o carro no estacionamento da UPA. Fomos muito bem atendidos. O nascimento foi comemorado por toda a equipe. Ficamos felizes por ter dado tudo certo”, afirmou o pai.

Plataforma da rede municipal de Educação 

Dicas de leitura, atividades pedagógicas de acordo com a escolaridade, sugestão de projetos, tudo isso pode ser conferido na plataforma “Educa em Casa”, espaço virtual criado pela prefeitura para os alunos da rede municipal de Educação. As atividades da 4ª semana já foram atualizadas no endereço eletrônico que pode ser consultado através de um link na página da prefeitura: www.petropolis.rj.gov.br

A devolutiva dos alunos, pais e responsáveis tem sido positiva. Criada de forma totalmente gratuita pelo município para oferecer atividades pedagógicas complementares para os alunos da rede, o site já recebeu mais de 130 mil acessos desde o lançamento, feito pelo prefeito em abril.

Além das atividades, os estudantes encontram no Educa em Casa: jogos, propostas de projetos, uma biblioteca e visitas virtuais a museus.

Notícias por data

« Maio 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo