Em uma reunião na sede da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres - em Brasília, nesta quarta-feira (08.07), o prefeito, junto com o vice-governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro, e o secretário da Turispetro, pediu informações sobre o andamento do processo de construção da modelagem da nova concessão da BR-040. Eles foram recebidos por André Luis Macagnan, da procuradoria da ANTT. Na ocasião, Bernardo Rossi pontuou a necessidade de celeridade no processo para escolha de nova concessionária, além da retomada da obra da Nova Subida da Serra.

O prefeito reforçou a necessidade de que o edital de escolha de uma nova concessionária para a via aponte a retomada urgente da obra da Nova Subida da Serra.

Vale lembrar que, em setembro de 2019, a prefeitura entregou à ANTT e EPL – Empresa de Planejamento e Logística - que está atuando na estruturação do projeto da nova concessão – as sugestões de intervenções que devem ser previstas no novo edital para concessão da BR-040. O documento inclui criação de novos acessos, retomada da obra da Nova Subida da Serra e transferência da praça de pedágio.

Pedido será reforçado no Ministério da Infraestrutura

 A prefeitura também protocolou nessa semana, um pedido de reunião com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, do Ministério da Infraestrutura. A intenção é a de chamar a atenção do governo para a necessidade da licitação para escolha de uma nova concessionária para a BR-040. No pedido, a prefeitura reforça a necessidade da retomada das ações, como o início das audiências públicas para validação da modelagem da nova concessão, que aconteceria no último trimestre de 2020.

No pedido, a prefeitura ainda reitera que a rodovia, atualmente administrada pela concessionária CONCER apresenta trechos de asfalto em má conservação e sinalização precária e Petrópolis têm um grande vetor turístico que sofre com o atual estado da estrada. O trabalho de manutenção e recuperação dos trechos prejudicados não atende à demanda de veículos que trafegam pela rodovia. A rodovia é importante rota também para o Estado de Minas Gerais, além do Estado do Rio de Janeiro. Cidades como Petrópolis, Areal, Três Rios e Juiz de Fora/MG sofrem com o custo logístico ocasionado pela precariedade da via.

O documento protocolado no Minfra conta com a assinatura de entidades como: SICOMÉRCIO, ARTE, CDL, SINDICATO DOS EMPREGADOS DO COMERCIO, MERCOSERRA, FIRJAN, GE CELMA, SERRATEC, FEIRINHA DE ITAIPAVA, NOVAMOSANTA, SINDICOM, PCVB e CAMARA MUNICIPAL.

O atendimento deficiente foi flagrado em apuração realizada nesta terça-feira (07.07)

Na tarde desta quarta-feira (08.07), o Procon municipal autuou a principal agência dos Correios em Petrópolis por expor consumidores a um tempo de espera nove vezes maior do que definido pela lei estadual 7.720/17. A lei acrescentou os Correios ao texto da lei 4.223/03, que estabelece o tempo limite de 20 minutos para a realização do atendimento (30 minutos em feriados). Foram os consumidores quem acionaram o órgão de defesa do consumidor, que realizou o flagrante através de fiscalização realizada na tarde de ontem (07.07). Durante a operação, um idoso precisou de atendimento médico após se sentir mal enquanto aguardava a prestação do serviço.

Quando a fiscalização esteve na agência, o gerente relatou problemas com a estabilidade com o sistema utilizado para a postagem. Informação que não foi fornecida à consumidores que às 16h já estavam aguardando o atendimento desde as 13h. Como agravante, a equipe de fiscalização ainda identificou como hostil a postura do gerente da agência tanto com os consumidores, quanto com os fiscais. Além disso, o gerente não utilizava máscara no momento da autuação na tarde de hoje (apenas o face shield, que não substitui a utilização da máscara).

Para quem trabalha com cachorros de polícia, uma coisa certa: tanto os animais quantos os condutores precisam estar em treinamento constante. Por isso, as Guardas Civis de Petrópolis e de Teresópolis realizam constantemente ações em conjunto para desenvolver os grupamentos de operações com cães das cidades. Nesta quarta-feira (08.07), esse trabalho ocorreu no Parque Ipiranga e no Parque Cremerie, com participação de 11 animais e 17 agentes.

Os dois locais estão fechados para o público, como uma das medidas adotadas pelo município para evitar a propagação do coronavírus – o que ajudou para que as ações fossem realizadas pelas duas corporações. No Parque Ipiranga, foram feitas simulações de cenários para detecção de drogas ou armas. Já no Cremerie, houve treinamento de situações em que o cão é usado para conter agressões e violência em público.

O treino em conjunto, que já aconteceu também em outras oportunidades, tanto em Petrópolis quanto no município vizinho, busca aproximar situações que são encontradas por agentes e cachorros no dia a dia, como espaço muito amplo para procurar drogas, mata, terreno irregular, entre outros aspectos.

“Esse trabalho que estamos desenvolvendo hoje, além de fazer a integração com a Guarda Civil de Teresópolis, tem o objetivo de capacitar os cães para atuar em diversos ambientes, tanto em área de mata quanto na cidade”, explicou o coordenador operacional do Grupamento de Operações com Cães da Guarda Civil de Petrópolis, Vinicius Silva.

Essa ação em conjunto feita nesta quarta também serviu para despedida o pastor holandês Draco, um cão que já realizou diversas operações de detecção de drogas com a Guarda Civil de Teresópolis e que também já atuou em Petrópolis. Ele não será mais utilizado em operações de segurança.

A Companhia de Operações com Cães da Guarda Civil de Teresópolis existe há nove anos e tem seis cães. Há 10 dias, outro treinamento aconteceu por lá. Para o agente da corporação do município vizinho, Alessandro Lomba, oportunidades como essas servem para observar detalhes que podem ser melhorados no dia a dia.

“A importância desse tipo de treinamento que a gente faz é que você só corrige eventuais erros com ajuda de alguém de fora. As vezes a gente não consegue perceber pequenos erros. Então isso é muito importante, só vem a engrandecer e enaltecer as instituições que treinam em conjunto. Isso faz com a gente cresça sempre, nossa cidade está sempre evoluindo”, ressaltou o agente da Guarda Civil de Teresópolis e membro da Companhia de Operações com Cães da corporação, Alessandro Lomba.

Os estoques do Banco de Sangue do Santa Teresa, no Bingen, caíram 65% desde o início da pandemia do coronavírus. Buscando incentivar a ida dos petropolitanos ao local, os agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias organizam uma campanha de doação na próxima sexta-feira (10.07). Todos os tipos sanguíneos são importantes nesse momento de dificuldade.

Um único doador pode ajudar até quatro pessoas com a bolsa de sangue. Isso porque o material colhido é separado e podem ser usadas plaquetas, hemácias, plasma e criopreciptado – cada um com uma função diferente. O Banco de Sangue atende as UPAs da cidade, o CTO, o Hospital Unimed e o próprio Hospital Santa Teresa.

“Apesar da pandemia do coronavírus, nosso trabalha não para e precisamos de doações. Os acidentes continuam acontecendo, por exemplo. A campanha da Defesa Civil é muito importante para a gente, já que ajuda também a divulgar o Banco de Sangue e os números, que estão muito abaixo do ideal”, explica Vinícius Pereira, captador do Banco de Sangue Santa Teresa.

Como o tempo de armazenagem também varia (por exemplo, as plaquetas, usadas para coagulação, podem ser armazenadas por apenas cinco dias), é necessário que as doações sejam frequentes para atender toda a demanda. É a segunda campanha de doação de sangue realizada neste ano pela Secretaria de Defesa Civil: a primeira aconteceu em março.

Podem doar todas as pessoas entre 18 e 60 anos, em bom estado de saúde e que pesem mais de 50 quilos. Jovens de 16 a 17 anos também podem doar acompanhados dos responsáveis. Não é necessário fazer jejum, mas é importante não ingerir alimentos gordurosos três horas antes da doação. Também não se deve consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes.

As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. Pessoas que fizeram algum procedimento, como endoscopia, só podem doar após seis meses da realização da intervenção. O banco de sangue funciona todos os dias, das 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen – ao lado do HST.

O serviço de higienização aconteceu no João de Deus, Max Manoel Molter, Quarteirão Brasileiro e Bataillard nesta quarta-feira (08.07). O trabalho feito pela Águas do Imperador contou com aplicação de hipoclorito de sódio 0,5%, um tipo de alvejante que elimina vírus e bactérias presentes em superfícies. A medida adotada pelo município tem o objetivo de combater o coronavírus em Petrópolis e também é realizada pela Comdep.

Ontem (07), a limpeza aconteceu na Rua Quissamã, além da Praça de Cascatinha até o Clube Bogari. Desde o início da pandemia, a Águas do Imperador já percorreu mais de 980 km de ruas – passando por todos os bairros da cidade – aplicando mais de 2,1 milhões de litros de hipoclorito de sódio.

Além da concessionária, a Comdep promove o serviço de higienização hoje (08). À noite, a limpeza ocorre na Rua do Imperador (nos dois lados), Rua Irmãos D'Ângelo e na 16 de Março. Mais cedo, a ação aconteceu em Bonsucesso, Itaipava e Araras.

Plataforma é atualizada semanalmente

www.petropolis.rj.gov.br

As aulas na rede municipal de Educação ainda não têm data para retorno, mas, na plataforma “Educa em Casa”, a Secretaria de Educação mantém a rotina de atualização semanal com novas atividades pedagógicas para todas as turmas, desde a criação do site, em abril. Até o momento, o Educa em Casa já registrou mais de 276 mil acessos. Pais e responsáveis já podem conferir: as novidades da 12ª semana já estão na plataforma, que pode ser acessada através de um link na página da prefeitura: www.petropolis.rj.gov.br

Vale destacar que a plataforma foi criada sem custos para o município e mantêm, ainda, informações importantes para os responsáveis, professores, gestores, orientadores e educadores da rede.

A plataforma conta com os ícones: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação Especial. Em cada semana há sugestões de rotina semanal para berçário e alunos da educação infantil com música, ideias de brincadeiras, desenhos e leitura com pdfs de livros como: "O papagaio tagarela" - Linda Dias e "A filha do rei sol" - Rafael Ferreira.

Ensino fundamental traz atividades pedagógicas, jogos, brincadeiras e sugestões de leitura, com livros como: "Gente bem diferente - Ana Maria Machado e Doce Princesa Negra - Solange Cianni (anos Iniciais) e Auto da Compadecida - Ariano Suassuna e Memorial de Maria Moura - Rachel de Queiroz.

O Educa em Casa traz, ainda, atividades extras como a sugestão de criação de um jogo dominó alfabeto, informações sobre o coronavírus, racha a cuca, jogos de língua portuguesa e incentivo a atividades físicas como a explicação sobre a importância do alongamento.

Cadastramento já está disponível no próprio site da prefeitura.

Atividade faz parte da ampliação de testes para a segurança na saúde da população

A prefeitura vai oferecer, no próximo final de semana, 2.600 vagas para a realização de testes rápidos distribuídos em diversos locais do município. A ampliação na testagem faz parte da meta inicial da prefeitura em salvar vidas e dar segurança à população. As ações terão início no sábado (11/07), com o Drive Thru no bairro Alto da Serra, onde 600 vagas já estão disponíveis. Vale lembrar que os cadastros vêm sendo feitos através de um link na página da própria prefeitura na Internet. Nele, os usuários devem apresentar nome completo, CPF, endereço e data do aparecimento dos primeiros sintomas.

Ainda no sábado, o Centro de Saúde (Centro) e o PSF da Posse oferecem 500 vagas, cada. Também disponibilizaram 100 vagas cada, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Quitandinha, Itamarati, Pedro do Rio e Retiro. Em todas as unidades o atendimento será entre 09h e 16h.

No domingo a testagem será realizada no Drive Thru no Parque Municipal, em Itaipava. Com atendimento, também entre 09h e 16h, os agentes de saúde vão atender mais 600 usuários cadastrados. Para agilizar o processo de testagem, os resultados serão disponibilizados no mesmo link, em dois dias úteis.

Quinta, 09 Julho 2020 15:37

Restaurante Popular completa 12 anos

Cardápio especial desta quarta-feira (08.07) teve bolo para comemorar a data

O Restaurante Popular Regina de Lurdes Vieira completou nesta quarta-feira (08) 12 anos. Revitalizado na atual administração, o espaço oferece, todos os dias, duas mil refeições. Para comemorar, o cardápio foi especial, com bolo de sobremesa. Neste período de pandemia, além da distribuição das refeições em material descartável - para evitar a aglomeração no local -, café da manhã e café da tarde são entregues no mesmo horário. O novo formato faz com que os idosos, principal público do espaço, fiquem menos tempo nas ruas.

“É ótima a comida, gostosa. Gosto muito. Venho sempre aqui”, frisa o caseiro Sebastião Rodrigues.

No cardápio são priorizados os produtos da agricultura local e os pratos são elaborados por profissional, garantindo a qualidade nutricional dos alimentos. Durante a pandemia, o Restaurante Popular funciona a partir de 10h e fica aberto até o fim da distribuição das refeições diárias. As pessoas podem retirar, na porta do local, os kits com o almoço, uma fruta ou doce – e os cafés da manhã e da tarde, com um pão e uma fruta cada. Com apenas R$ 2 a pessoa pode tomar café da manhã, almoçar e ter o lanche da tarde.

“E o cardápio de hoje foi especial, em comemoração aos 12 anos, para todas as pessoas que frequentam o restaurante popular”, completa a coordenadora do Restaurante Popular, Débora da Cruz.

O caso foi flagrado na ação realizada na noite da última segunda-feira, no Terminal de Itaipava

A fiscalização de Posturas – que é vinculada à Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública – SSOP – assim como a fiscalização do Procon municipal autuaram, na tarde desta terça-feira (07.07), a empresa Turb Transporte. O motivo foi a aglomeração de passageiros em uma das viagens da linha 700. O flagrante aconteceu na operação realizada na noite do dia anterior, no Terminal de Itaipava, em ação que envolveu também a equipe da Vigilância Sanitária e a Guarda Civil. A empresa ainda foi notificada pela Infração, pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans.

Em função da infração flagrada, a equipe de posturas autuou e multou a empresa em R$ 800 (valor tabelado no Código de Posturas do município). Já o órgão de defesa do consumidor autuou a empresa pela aglomeração e também intimou a melhoria na prestação de serviços.

Durante a fiscalização, a fiscalização do Procon identificou, por exemplo, que a espera pelos coletivos da linha Fagundes tem sido em média de duas horas. A empresa precisa cumprir os protocolos do órgão regulador do transporte público no município, a CPTrans. E a CPTrans também multou a empresa, em R$ 220, por “não acatar as determinações da fiscalização”.

A prefeitura continua firme no propósito de manter atenção máxima nas medidas de proteção à saúde de toda população petropolitana. E para dar continuidade ao planejamento controlado e gradual de abertura de serviços e comércios, tem como respaldo a estabilização da ocupação dos 122 leitos de UTI, que hoje está em 25,41%, e dos leitos clínicos, que apresentam 26,79%. Dentro desse cronograma, o governo municipal vai autorizar a liberação para o retorno das atividades das autoescolas da cidade. A medida será respaldada por nota técnica da Secretaria de Saúde. Os procedimentos de higienização dos veículos e de proteção do condutor e instrutor devem ser irrestritos, com a utilização de máscaras e álcool em gel na limpeza interna do carro e de seus ocupantes.

O juiz da 2ª Vara Federal, João Paulo de Mello Castelo Branco, julgou extinto o feito sem resolução do mérito da Ação Civil Pública impetrada pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal, que solicitava o fechamento de igrejas e demais atividades religiosas presenciais, além de obrigar o município, no prazo de 10 dias, a apresentar estratégia de testagem de 10% da população com abrangência em toda extensão territorial.

De acordo com a decisão, o juiz João Paulo de Mello Castelo Branco profere que “diante do exposto, em face da indevida cumulação de demandas constante da petição inicial e da manifesta incompetência da Justiça Federal para conhecer da pretensão formulada em face do município de Petrópolis, julgo extinto o feito sem a resolução do mérito, com fundamento no art. 109, inciso I, da CF/88 e no art. 485, incisos IV e VI c/c art. 54 c/c art. 327, §1º, II, todos do Código de Processo Civil”.

www.petropolis.rj.gov.br

Nesse período de isolamento social, em que crianças e jovens estão em casa, longe do ambiente escolar, a equipe do Departamento de Educação Especial, da Secretaria de Educação continua elaborando dicas importantes para os alunos. Na semana 11, na parte “Orientações aos pais”, há um material especialmente criado para os adolescentes, com dicas de rotina, organização e incentivo para manter a interação com os amigos e familiares.

Com a chegada da pandemia e a necessidade do isolamento social, é preciso despertar nos adolescentes a atenção e o cuidado com a saúde mental: Com o fechamento das escolas e eventos cancelados, houve a perda da oportunidade de participar de encontros presenciais, conversar com os amigos, praticar esportes coletivos, assistir às aulas, entre outras atividades fundamentais para o desenvolvimento e bem-estar.

“Às vezes, a ansiedade pode aparecer de jeitos diferentes, como trazer frustração, cansaço, raiva, excessos na alimentação ou falta de vontade de cuidar da gente mesmo. Um pouco de preocupação e nervosismo são completamente normais, assim como sentir falta dos amigos, da rotina e até da escola. Para escapar desse clima que vai tomando conta de você, pense que essa é uma forma de proteção que cada um tem e que você vai conseguir passar por isso, pois é sua capacidade de ficar em casa que vai proteger você, as pessoas com quem convive e até vai contribuir para toda a sociedade controlar a pandemia do coronavírus”, destaca o documento.

Entre as dicas estão:

Tenha uma rotina - Em tempos de isolamento social, uma boa dica é aprender o que fazer com o seu tempo e o seu humor, em alguns dias você estará mais tranquilo(a) e com vontade de fazer coisas e em outros dias, não. Respeite isso, mas não paralise. Tente organizar a sua rotina. Fazer planejamentos diários e semanais e manter o estudo em dia são formas saudáveis de criar distrações, exercitar o corpo e a mente e fazer as tarefas que precisa. Outra forma de preencher de forma saudável o tempo é incluir na sua rotina algum tipo de exercício físico, que, além de ajudar o seu corpo, vai gerar bem-estar para sua mente.

Crie distrações, seja criativo - Ouça boa música, dance, cante, faça um diário, estude, desenhe e pinte, jogue um jogo, leia um bom livro, assista a um filme, colabore com os afazeres de casa, marque um horário para conversar nas redes sociais com os amigos. Mas não será uma boa ideia ter acesso irrestrito a tevês, jogos eletrônicos e mídias sociais. Isso não é saudável, não é inteligente e pode aumentar sua ansiedade.

Use a tecnologia a seu favor - Não seja simplesmente um receptor de informação, dê sentido ao uso da tecnologia também, explore mídias que você não costumava usar.

Concentre-se em você - Aproveite a quantidade de cursos disponíveis na internet, se der, aprenda algo novo. Mas tenha cuidado com os conteúdos trocados e informações pessoais que você compartilha.

Vivencie seus sentimentos - Cada um trata seus sentimentos de uma forma. Algumas pessoas vão fazer arte, outras vão querer conversar com amigas e amigos e algumas pessoas vão querer encontrar maneiras de levar alimentos para quem precisa. O importante é que você faça o que parece certo para você.

O Departamento também está disponibilizando um e-mail e telefone para suporte no atendimento durante período de suspensão das aulas: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  

“A atenção nesse momento é importante para que os pais possam reconhecer sinais de que os filhos precisam de auxílio. O isolamento não é fácil para ninguém. Esperamos poder contribuir, de alguma forma com dicas e sugestão de atividades”, acrescenta Bianca Caetano, chefe do Departamento de Educação Especial.

Todo o material disponibilizado na plataforma “Educa em Casa” pode ser acessado em um link na página principal da prefeitura: www.petropolis.rj.gov.br

Na Posse, trabalho foi concluído na Rua Nossa Senhora de Fátima com 73 luminárias instaladas

O programa Petrópolis Iluminada iniciou a substituição de lâmpadas comuns por luminárias de LED no Atílio Marotti. O prefeito esteve no local na manhã desta terça-feira (07.07) e acompanhou a instalação. Este é o terceiro de 28 bairros que estão na programação para receber o trabalho até novembro, com mais de 1,7 mil luminárias no total. Na madrugada, o serviço foi concluído na Posse.

No último distrito, o trabalho aconteceu na Rua Nossa Senhora de Fátima, onde foram colocadas 73 luminárias. Antes, o São Sebastião teve 155 luminárias instaladas. No Atílio Marotti, são 69 luminárias programadas. Esse trabalho torna a rede de iluminação pública mais eficiente, porque a tecnologia do LED permite iluminar mais com menor consumo de energia, além de demandar menos manutenções.

O serviço realizado agora é fruto de um planejamento feito pelo Departamento de Iluminação Pública, que levou em consideração os índices de iluminação estabelecidos pela ABNT para cada tipo de rua atendida. Lâmpadas comuns com potências 70 a 250 watts estão sendo substituídas por luminárias de 50 a 180 watts – ou seja, reduzem o gasto de energia. Além disso, esses equipamentos têm maior durabilidade, demandando menos manutenções. Por esses dois fatores, a estimativa é que a economia com as 1,7 mil luminárias instaladas neste momento passe de R$ 100 mil em um ano.

Esta é a quarta fase do programa. Nas três anteriores, 735 luminárias foram instaladas em ruas do Centro. Agora, além do São Sebastião e da Posse, o trabalho vai passar por: Atílio Marotti, Bairro da Glória, Independência, Comunidade do Neylor, Carangola, Comunidade do Alemão, Itaipava, Madame Machado, Morin, Quissamã, Castelânea, Sargento Boening, Chácara Flora, Alto da Serra, Estrada da Saudade, Cascatinha, Pedro do Rio, Dr. Thouzet, Valparaíso, Bairro Esperança, Nogueira, Boa Vista, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Siméria e Quitandinha. O planejamento do serviço de instalação das luminárias de LED se estende até novembro.

Sirenes móveis reforçam a importância do isolamento social durante a pandemia

Com o apoio de um veículo operacional equipado com as sirenes móveis, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias realizou a operação Alerta Coronavírus na Estrada da Saudade nesta terça-feira (07.07). Na ação, os agentes reforçam a importância do isolamento social e pedem que a população use máscaras. Desde o início da pandemia, a Defesa Civil mantém a operação com os equipamentos sonoros nos bairros.

A operação foi realizada no Fragoso, Estrada Machado Fagundes, Ladeira João Ventura Torres e Pedreira. Na semana passada, a ação foi realizada nas ruas do Alto Independência, Taquara, Siméria, São Sebastião, Jardim Salvador, Roseiral, Vale dos Esquilos, Chácara das Rosas e da Comunidade São Luiz. O alerta pede para que os moradores só saiam de casa em caso de extrema urgência.

Entre os dias 22 e 26 de junho, a ação aconteceu no Alto da Serra (nas ruas Teresa, Vereador Arnaldo de Azevedo, Rua dos Ferroviários), no Morin (ruas Augusto Severo e Pedro Ivo), em Cascatinha (ruas Guilherme José Teixeira, Pedro Nava, Dr. João Barcellos, Rochedo) e na Mosela (ruas Cândido Portinari, Batista da Costa, Mario Gelli e Luiz Winter).

O prefeito entregou a academia ao ar livre na Praça de Secretário nesta terça-feira (07.07). O espaço foi construído em piso de concreto e conta com seis aparelhos novos que permitem exercitar todos os grupos musculares do corpo. O local conta ainda com um painel de alongamentos. Uma estrutura semelhante será instalada em Nogueira ainda neste mês.

Ainda na Praça de Secretário, a prefeitura colocou balanço, gangorra e trocou todas as lixeiras e quatro bancos. Em breve, a quadra de futebol também passará por melhorias. 

Os exercícios físicos podem auxiliam na promoção da saúde e amenizam doenças, aumentando a qualidade e a expectativa de vida na velhice.

As duas academias - Secretário e Nogueira - são verba proveniente de emenda parlamentar do Ministério da Cidadania (pasta que engloba o extinto Ministério do Esporte).

Academias podem abrir a partir da próxima segunda-feira

O funcionamento desses estabelecimentos segue normas e protocolos determinados pelo Conselho Regional de Educação Física (CREF1) e também deve seguir a nota técnica estabelecida pela Secretaria de Saúde. Entre as regras estão: o número de clientes, atentando sempre para uma área de 6,25m² por pessoa (dessa forma, com distanciamento de 2m), a instalação de tapetes sanitizantes nas entradas e a disponibilização de álcool em gel. O horário de funcionamento ficará restrito de segunda a sexta-feira, das 5h às 12h e retornando às 17h indo até às 22h (Nos primeiros 30 dias que se sucedem a reabertura).

O governo municipal mantém atenção nas medidas de proteção à saúde dos petropolitanos e no nível de ocupação de leitos, que permanecem baixos. Com 24,59% de leitos de UTI em uso pelo SUS e 39,29% de leitos clínicos nesta segunda (06.07), a prefeitura autorizou a reabertura das academias na próxima segunda-feira (13.07). Porém, vale ressaltar que caso a ocupação dos leitos do SUS chegue a 80%, o município irá recuar e não descarta a possibilidade de um lockdown.

Funcionamento dos locais segue protocolos e normas técnicas da Secretaria da Saúde e do CREF1

Prefeito destaca o compromisso em salvar vidas e o cuidado com a saúde do petropolitano desde o início da pandemia

O governo municipal mantém atenção nas medidas de proteção à saúde dos petropolitanos e no nível de ocupação de leitos, que permanecem baixos. Com 24,59% de leitos de UTI em uso pelo SUS e 39,29% de leitos clínicos nesta segurança-feira (06.07), a prefeitura autorizou a reabertura das academias na próxima segunda-feira (13.07). Porém, vale ressaltar que caso a ocupação dos leitos do SUS chegue a 80%, o município irá recuar e não descarta a possibilidade de um lockdown. O funcionamento desses estabelecimentos segue normas e protocolos determinados pelo Conselho Regional de Educação Física (CREF1) e também deve seguir a nota técnica estabelecida pela Secretaria de Saúde. Entre as regras estão: o número de clientes, atentando sempre para uma área de 6,25m² por pessoa (dessa forma, com distanciamento de 2m), a instalação de tapetes sanitizantes nas entradas e a disponibilização de álcool em gel. O horário de funcionamento ficará restrito de segunda a sexta-feira, das 5h às 12h e retornando às 17h indo até às 22h (Nos primeiros 30 dias que se sucedem a reabertura).

O documento do CREF1 traz ainda outras regras, como cada aluno portar uma toalha individual para forrar os equipamentos de treino durante o uso, um pequeno frasco de álcool 70° para utilizar nas áreas dos equipamentos em que toca as mãos e garrafa individual para ingestão hídrica. Todos os clientes, profissionais, colaboradores ou terceirizados deverão estar obrigatoriamente de máscara e serem capacitados e orientados sobre as medidas de prevenção. Neste primeiro momento da flexibilização da abertura, os chuveiros estão interditados, portanto não liberados para o banho dos alunos. O vestiário deverá ser limitado ao uso de mictórios, pias e vasos sanitários.

Os armários e escaninhos deverão ser reduzidos em 50%, ou seja, à metade. Além disso, as academias devem limpar escadas e corrimãos após cada aula, e aquelas que contam com piscina, cobrar uso de chinelos nas áreas aquáticas, além de disponibilizar próximo a borda das piscinas e recipiente de álcool em gel a 70%. Ontem (06.07), o prefeito participou de uma reunião com a secretária de Saúde, Fabíola Heck, com o coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica, Dalmir Caetano, representantes da Comissão Imperial do CREF1 e com o presidente da Câmara de Vereadores, alinhando os últimos detalhes para esse retorno.

"Nesse momento é fundamental a parceria entre os órgãos públicos, em especial, a da prefeitura e da comissão que representa o conselho na cidade. Nesse momento, é a união de todos que vai garantir a retomada das atividades com total segurança para os alunos", disse André Fernandes, vice-presidente do CREF1. Já a professora de educação física Amanda Leal, presidente da Comissão Imperial do CREF1, ressaltou que as academias promovem saúde e bem-estar.

"Pessoas hipertensas, obesas, cardiopatas, precisam da atividade física para manter a saúde em dia. Além disso, o esporte também controla a depressão, ansiedade, estresse, entre os outros benefícios. As pessoas precisam entender que as academias promovem saúde. Os protocolos oferecidos garantem tranquilidade para as pessoas retornarem com total segurança", explica Amanda.

"É um protocolo muito rígido e proposto por nós mesmo. A gente trabalha com saúde e queremos oferecer o máximo de segurança para nossos alunos. Nós fomos muito bem recebidos por toda equipe da prefeitura, desde a secretária de Saúde até o prefeito, e chegamos à conclusão de que temos todas as condições de retornarmos com as atividades de forma segura", destaca Murilo Guerra, proprietário da academia Aeróbica.

As aulas coletivas estão autorizadas apenas em locais arejados e ventilados, preservando a distância de segurança de 2m² e sendo obrigatório o uso de máscara. As academias devem demarcar áreas no solo ao redor dos aparelhos para fácil visualização do correto distanciamento sanitário, 2m entre as pessoas. Cada estabelecimento deverá apresentar algum tipo de controle que limite o número de frequentadores por hora, seja por gênero, número de matrícula, CPF ou marcação por aplicativos. Também terá que ser feita a sanitização geral dos espaços durante o dia com hipoclorito de sódio ou outro produto comprovadamente eficaz na eliminação do vírus.

Polos de moda da Rua Teresa e Bingen, além de rede hoteleira, poderão receber clientes a partir de quinta-feira

O prefeito também esteve reunido com nesta segunda-feira (06.07) com representantes do polo de moda da Rua Teresa e da rede hoteleira, onde definiram os termos para o retorno controlado dos clientes de outros municípios. A flexibilização terá início na próxima quinta-feira (09.07), com as regras preestabelecidas durante reuniões com os segmentos.

Ocupação dos leitos de UTI está em 28,69%, margem que oferece segurança para abertura controlada

 Prefeito destaca o compromisso em salvar vidas e o cuidado com a saúde do petropolitano desde o início da pandemia

O prefeito esteve reunido nesta segunda-feira (06.07) com representantes do polo de moda da Rua Teresa e da rede hoteleira, e secretários municipais, onde definiram os termos para o retorno controlado dos clientes de outros municípios. A medida é respaldada por nota técnica da Secretaria de Saúde, além de ações como a testagem em massa da população, os 14 dias da abertura dos serviços e comércios inseridos na última linha e a estabilização da ocupação dos 122 leitos de UTI, que hoje está em 24,59%, e dos leitos clínicos, que apresentam 39,29% de ocupação. A presidente da Arte, Denise Fiorini e o presidente do Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Petrópolis, Germano Valente, estiveram presentes no encontro. O prefeito destacou na abertura do encontro que “desde o início desta pandemia, o meu compromisso é o de salvar vidas e proteger todos os cidadãos petropolitanos”.

As regras para essa ação seguirão diversos cuidados pré-estabelecidos. Os consumidores das lojas da Rua Teresa e do polo do Bingen devem agendar previamente a viagem com as lojas de interesse, que expedirão voucher/convite, (válido somente para o dia da visita), autorizando a entrada na cidade. Todos os visitantes deverão passar por uma aferição de temperatura no controle sanitário. Caso haja alguma alteração, a pessoa ou o grupo de qual faz parte não terá a autorização de acesso permitida. Os visitantes, guias de compra e demais envolvidos no processo, devem estar munidos de máscara, usar álcool em gel e seguir todos os protocolos sanitários estabelecidos nos decretos municipais. Caso alguma norma seja descumprida, a entrada na cidade será proibida. Todas as equipes de vendas das lojas deverão também seguir os padrões de higienização e segurança nos ambientes. Outro ponto importante é clientes deverão apresentar horário para retorno a cidade de origem, sem direito a hospedagem em Petrópolis.

Já os turistas com destino aos hotéis e pousadas da cidade devem ter sua reserva comprovada. Todos os pontos foram definidos ao longo de reuniões promovidas com representantes dos setores.

O presidente do Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Petrópolis, Germano Valente, disse que “Podemos vislumbrar o reaquecimento da economia local e o restabelecimento do setor na cidade. Vale destacar que os equipamentos hoteleiros estão totalmente preparados para receber os hóspedes, seguindo rigorosos protocolos de segurança de saúde dos colaboradores e hóspedes”.

O serviço de higienização aconteceu na Comunidade São Francisco (Moinho Preto) e Siméria nesta segunda-feira (06.07). A limpeza realizada pela Águas do Imperador contou com aplicação de hipoclorito de sódio 0,5%, um tipo de alvejante que elimina vírus e bactérias presentes em superfícies. A medida adotada pelo município tem o objetivo de combater o coronavírus em Petrópolis.

Pela manhã, as equipes realizaram a limpeza na Comunidade São Francisco. À tarde, o prefeito acompanhou o serviço no Siméria. 

Desde o início da pandemia, a Águas do Imperador já percorreu mais de 950 km de ruas – passando por todos os bairros da cidade – aplicando mais de 2 milhões de litros de hipoclorito de sódio.

Na semana passada, por exemplo, a ação aconteceu na Rua Honduras e Dr. Thouzet (Quitandinha), Chapa 4 (Valparaíso), Rua Quissamã, Rua Rio de Janeiro, no Amazonas e na Vila Ipanema (Quitandinha).

Além da concessionária, a Comdep promoveu o serviço de higienização hoje (06). A limpeza aconteceu na Rua Roberto da Silveira, Sete de Abril, praça Osvaldo Cruz e Montecaseiros. À noite, a ação acontece no terminal rodoviário do Centro, Rua Teresa e Alto da Serra.

A ação faz parte do planejamento de fiscalização da retomada das atividades sócio econômicas no município

No fim da tarde desta segunda-feira (06.07), fiscais de Posturas, da Vigilância Sanitária, da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte - CPTrans e Procon, com a apoio da Guarda Civil, apuraram denúncias de aglomeração de passageiros no transporte público. A ação deflagrada no terminal de Itaipava faz parte do planejamento das ações de fiscalização em decorrência da retomada das atividades econômicas.

A ação que também averiguou se a higienização dos coletivos vem sendo feita de acordo com os protocolos, será continua e atuará tanto nos demais terminais da cidade, quanto no embarque de passageiros fora dos terminais.

 

Única escola da rede municipal que oferece ensino médio

O Ministério da Educação divulgou no final do último mês, os microdados do Enem 2019. Na lista com 32 escolas que oferecem ensino médio na cidade, o Liceu aparece na posição 17º, sendo a segunda escola da rede pública com melhor nota entre as 20 primeiras (ficando atrás do CEFET que é uma instituição federal). A média do Liceu ficou em 538.85.

Os dados foram levantados pela plataforma Evolucional, com base nos microdados divulgados em 26 de junho pelo Inep sobre o Enem 2019 (https://enem2019.evolucional.com.br/) - desconsiderando a nota da redação - e é um importante indicador educacional.

Ataualpa Pereira, professor de Língua Portuguesa, ficou feliz com o resultado e destacou a qualidade do ensino público. “Parabéns a todos! Essa vitória nos diz que estamos no caminho certo. A cada conquista cresce o estímulo para enfrentar os desafios, porque, mesmo em se tratando de escola pública, a vida não faz distinção, por isso que os méritos dos nossos alunos devem ser reconhecidos, pois superam árduos obstáculos sem perder a ternura da juventude”, disse.

“Excelente notícia para nosso Liceu Municipal. Fico muito orgulhoso pois além de professor também sou ex-aluno e lembro sempre com muito carinho os 4 anos do ensino fundamental que passei no Liceu. Uma pena essa pandemia, pois este ano prometia com as salas temáticas e pelo pouco que pude perceber, pelo excelente grupo de alunos neste ano de 2020. Parabéns Liceu!”, completou Luis Fernando Abend, professor de Matemática.

 

Curso será realizado de forma remota

A Secretaria de Educação iniciou nessa segunda-feira (06.07) a Jornada de Atualização Pedagógica, evento criado pelo Departamento de Ensino Fundamental. A jornada abordará temas diferenciados em forma de curso para os profissionais da rede municipal de Educação e a transmissão será feita pelo Facebook. O objetivo é o que aproximar dos servidores da rede municipal de Educação e conversar sobre as mudanças acarretadas nas rotinas, devido à pandemia do coronavírus.

A jornada conta com a participação dos Departamentos de Educação Especial e Infantil e apoio da Assessoria em Psicologia Escolar e a Saúde do Trabalhador.

Todo o curso será transmitido pela página da Jornada de Atualização Pedagógica, no Facebook. A página tem o objetivo de divulgar e realizar videoconferências com intuito educacional.

A aula magna contou com a participação de Rui Carlos Stockinger - psicólogo, psicoterapeuta humanista e existencial, pós-graduado em Psicossomática, MBA em Gestão de Pessoas, formação analítica na abordagem centrada na Pessoa e Psicoterapeuta experiencial pelo Focusing Institute of New York, professor e escritor. Rui ministrou o tema: O cuidado na gestão humanizada e saúde mental em tempo de pandemia.

“Vivemos momento de impermanência. Algumas mudanças ocorrem sem a nossa vontade por isso é importante prestar atenção na forma em que lidamos com as nossas emoções, as atitudes frente ao mundo, ideias e valores. A gente vai modificando isso ao longo da vida”, comentou Rui.

Rui salientou, ainda, a necessidade do compartilhamento das emoções. “Precisamos falar, compartilhar as dificuldades. Isso nos ajuda a criar resiliência. Temos que ter muita atenção, compartilhar perdas, medos dificuldades, e incentivar a criação de novos sentidos no trabalho, otimizando recursos de forma criativa, trabalhar a inteligência inovacional”, completou Rui.

Confira as datas dos próximos encontros da Jornada Pedagógica:

10/07 - 15h: Processo de alfabetização pós Pandemia Thais Braga - Fonoaudióloga - Teresópolis

14/7 - 10h: Metodologias ativas e Gamificação – Prof. Bianca Della Nina e Prof. Josemar  Maiworm, rede municipal de Petrópolis e Victor Heluy do Prado - FOR GAMES

17/7 - 15h: Avaliação em tempos de Pandemia - Teresa Pontual - FGV

2O/7 - 15h: Como o cérebro aprende - Marta Relvas- Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento

21/07 - 15h: O fortalecimento da relação entre Familia e Escola - Isis Brito-Neuropsicóloga

24/07 - Educação Infantil (tema ainda será divulgado)

28/07 - Educação Infantil (tema ainda será divulgado)

31/7 - 15h: Desafios e legados durante e pós Pandemia - Prof. Marcia Palma - Secretária de Educação de Petrópolis.

Fiscalização segue coibindo casos de descumprimento de decretos municipais de enfrentamento à pandemia, que cresceram e repercutiram nos últimos dias

Em menos de 10 dias, os órgãos de fiscalização da prefeitura e as forças de segurança que atuam no município encontraram um bar funcionando no Quissamã de forma irregular permitindo a entrada de clientes através de um pet shop, um “pesque e pague” com denúncias de atendimento a clientes aos fins de semana no Caxambu e três festas organizadas em Correas e a na Posse. Os casos preocupam porque nenhuma dessas atividades estão autorizadas e, principalmente, causam aglomerações – um dos principais fatores de risco de contágio de coronavírus.

Em todas essas ocorrências, os locais foram interditados e os eventos encerrados, além de terem sido aplicadas multas para os proprietários dos estabelecimentos ou responsáveis pelas festas. Apesar da fiscalização atuante em todo município, as irregularidades seguem acontecendo, trazendo enorme risco para a saúde da população.

Cinco casos descumprimento de decretos em 10 dias

O primeiro caso ganhou repercussão internacional. Fiscais da operação Faça Sua Parte perceberam que um bar estava atendendo com clientes com as portas fechadas no dia 26 de junho. A entrada acontecia por um pet shop vizinho que pertence ao mesmo proprietário e que abriu uma porta entre os dois estabelecimentos. Os bares estão proibidos de ficarem abertos desde o dia 20 de março. Já pet shops integram a lista de serviços essenciais, porém, este estabelecimento não possui alvará. Por isso, além da multa de R$ 800 por causa do bar, o Procon também autuou o pet shop em R$ 1,6 mil pela falta do documento.

Na quinta-feira (02.07), a Fiscalização de Posturas, a Vigilância Sanitária e a Secretaria de Meio Ambiente apuraram denúncias de que um sítio no Caxambu estava oferecendo a atividade de lazer “pesque e pague”, causando aglomerações aos fins de semana. No local, foi identificado falta de alvará e licença ambiental e, por isso, o local foi interditado. Em caso de novas denúncias, o proprietário pode ser multado.

Já no último fim de semana, três festas foram encerradas, duas delas no mesmo local. Em Corrêas, uma festa de aniversário reuniu cerca de 50 pessoas na noite de sábado (04.07). Na tarde de domingo (05.07), a comemoração continuou no mesmo local. Nesta segunda ocasião, quando a Fiscalização de Posturas chegou no endereço com a Guarda Civil e com a Polícia Militar, o aniversariante fugiu. Ele foi identificado e receberá multa.

Na Posse, agentes da PM e da 106ª DP encerraram uma festa de música eletrônica realizada em um sítio. O responsável pelo evento foi levado para a delegacia.

A realização de atividades e eventos com público está proibida desde o dia 13 de maio, quando foi editado o primeiro decreto de enfrentamento à pandemia no município. O funcionamento de bares está proibido o dia 20 de março e não há previsão para retomada destas atividades.

Fiscalização de decretos em todo município

As equipes de fiscalização estão atuando entre Quitandinha e Corrêas; nos bairros de Corrêas, Nogueira, Itaipava e Araras; e em Secretário e nos distritos de Pedro do Rio e Posse.

No último fim de semana, além das festas que foram encerradas pela fiscalização, um supermercado foi intimado a tomar providências para evitar aglomerações no estabelecimento no Centro, um bar foi fechado no Mercado Municipal e outro, interditado na Posse. Também houve ações em Cascatinha, Bingen, Quissamã, Quitandinha e Pedro do Rio.

A fiscalização sobre o cumprimento dos decretos municipais já ocorre há quase quatro meses. Neste período, foram feitas 120 intimações para fechamento de estabelecimentos que estavam funcionando sem autorização e aplicadas 72 multas por causa dessa irregularidade. Também foram realizadas 51 intimações para estabelecimentos adotarem medidas para evitar aglomerações e aplicadas 34 multas.

A segunda etapa da campanha “#Petrópolis no combate ao coronavírus. Seja Solidário” – que começou no último dia 13 – já arrecadou mais três toneladas de alimentos. A Secretaria de Assistência Social entregou 190 cestas básicas a famílias em vulnerabilidade social. No total, desde o início da ação (no fim de março), foram 1.259 cestas, com o total de 21 toneladas de alimentos doados. A campanha é uma parceria entre a prefeitura, o Covida (Grupo Remir) e a Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO).

Os atendimentos para as famílias necessitadas estão sendo feito pelos números: 08000242526/ 2233-8108/ 2233-8110. Todas as solicitações passam por análise de técnicos da Secretaria de Assistência ou visita domiciliar.

As doações continuam sendo recebidas nos pontos de coleta, espalhados por mercados, farmácias e petshops. Estão sendo recolhidos alimentos, produtos de higiene pessoal e ração para os animais. E elas também podem ser feitas em dinheiro, através da conta da APPO: Banco Itaú, agência 9244, conta corrente 24940-6, CNPJ: 36.548.949/0001-78. Uma porcentagem das doações fica para ajuda dos pacientes oncológicos e outra é revertida em compras para as famílias em vulnerabilidade social

Durante a campanha, novos parceiros têm surgido, como a Pizzaria Sottile’s, o Armazém do Grão e a DIB, além da sociedade civil. Os pontos de coleta estão nos seguintes estabelecimentos: Armazém do Grão; Terê Frutas; DIB; Megadelli e Grandelli; Super Market; Super Bingen; Super Serra; Mercado Delei; Empório Multimix; Multimix; Xodó de Minas; Super Bingen; Rede Economia; Tá no Gosto, Bread Fruit, Green Fruit e Petro Verde.

O Mata Banco, no Caxambu, é mais um local a receber o Mutirão do Bairro. Uma parceria entre a prefeitura e os moradores vai permitir melhorias na Rua Alberto Pullig, ajudando a escoar a produção agrícola dessa região. Um trecho de 30 metros já recebeu concretagem e o restante da pista ainda vai receber mais 35 metros cúbicos de concreto. O serviço teve início nesta segunda-feira (06.07).

Cerca de 150 famílias vivem da produção rural em todo o Caxambu. Cerca de 35 pessoas estão participando do mutirão, como é o caso de Roberto Antunes, que é pedreiro e já foi presidente da associação de moradores do local. "O apoio do prefeito ao nosso mutirão é muito importante. Vai ser uma ajuda imensa para escoar a produção, com a pavimentação do terreno", disse.

Outro morador que está participando do mutirão é José Farroco, de 58 anos, que é agricultor na região. “A gente agradece o apoio e as melhorias que a prefeitura está trazendo para o Caxambu. A concretagem vai nos ajudar a escoar a produção, já que vendemos não só para as feiras aqui da cidade, mas também para o Ceasa”, contou.

No Mutirão do Bairro, a prefeitura fornece os materiais necessários e faz a orientação técnica para promover melhorias como pavimentação em concreto, drenagem e colocação de meio-fio em uma servidão. Também é oferecido acompanhamento técnico para que a obra aconteça dentro dos padrões exigidos. Já os moradores entram com a mão de obra.

O programa já passou por comunidades nos bairros Duarte da Silveira, Estrada da Saudade, Centro, Araras, Manga Larga, Mosela, Sargento Boening, Comunidade do Alemão, além do Caxambu.

Ação, solicitada pela própria população, foi atendida pela prefeitura visando testar moradores que não puderam participar do último Drive Thru

Mantendo a ampliação de testagem contra o coronavírus na cidade, a prefeitura vai disponibilizar, no próximo sábado (11/07), mais 500 vagas à população. A ação foi solicitada pelos próprios moradores do distrito que não tiveram acesso aos testes realizados no Drive Thru do último sábado (04/07), na Praça CEU. Os cadastros permanecem sendo realizados por intermédio de um link disponibilizado no site da prefeitura. Vale lembrar que o preenchimento é importante e, nele, deve constar nome, CPF e endereço dos usuários, além de questões relativas às datas e período dos sintomas da COVID-19. Os resultados estarão disponíveis no mesmo local em dois dias úteis.

A ação terá início às 9h e encerramento às 16h. O Posto de Saúde da Família (PSF) da Posse fica na Estrada União e Indústria, nº 33.530. No mesmo dia e horário da testagem realizada na Posse, o bairro Alto da Serra vai contar com mais uma ação do Drive Thru. No local, mais 600 vagas estão disponíveis para cadastro no site da prefeitura. No dia seguinte, domingo (12/07), outro Drive Thru ocorre no Parque Municipal, em Itaipava, com 600 testes disponíveis entre 09h e 16h.

A CPTrans fez a entrega, durante a semana passada, da premiação do concurso que promoveu com o tema “Perceba o Risco, Proteja a Vida”. Ao total, foram entregues nove tablets e maletas de desenho para os vencedores. A ação foi direcionada para as crianças regularmente matriculadas nas escolas municipais. Mais de 500 desenhos foram enviados pela internet por alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II.

Os desenhos foram feitos retratando a ideia central do tema, em uma única folha de papel, tamanho A4. Estava liberado o uso de materiais que a criança tivesse a sua disposição, como lápis de cor, lápis de cera ou tinta. Com material pronto, o envio foi feito com identificação completa do aluno, série, idade e nome da escola em que estuda. Segue a lista dos vencedores:

Educação Infantil (por ordem alfabética)

Esther de Souza Espíndola Almeida (3 anos - CEI São João Batista)

Heitor de Oliveira Bastos (2 anos - CEI Ângela Maria da Conceição Silva)

Maria Teresa dos Santos Gonçalves Pompeu (5 anos - E.M Beatriz Zalesky)

Ensino Fundamental I (por ordem alfabética):

Arthur Mariosa Gumieri Pontes (8 anos - E.M. Alto Independência)

Daiana de Fátima Monteiro da Silva Alves (5° ano Escola São Cristóvão)

Gabriel Oliveira Moraes (10 anos - Escola das Comunidades Santo Antônio)

Ensino Fundamental II (por ordem alfabética):

Anderson Justo Rodrigues Lima (13 anos E.M. Pedro Lima)

Arthur Beck Ribeiro (8° ano - E.M. Salvador Kling)

Giovana Januzzi Bonato (9° ano - E.M. Monsenhor João de Deus Rodrigues)

Usuários se cadastraram pelo próprio site da prefeitura durante a última semana. Ao todo, 450 vagas foram disponibilizadas para a população

O prefeito esteve em mais uma ação de testagem em massa da população na manhã de hoje (04.07), no distrito da Posse. O trabalho faz parte da ampliação de testes na cidade e foi divulgado ao longo da última semana pela prefeitura. Os testes serão realizados até o dia 15 do próximo mês em outros locais da cidade, como Alto da Serra (11), Corrêas (18), Bingen (25), Centro (01.08), Mosela (08) e Cascatinha (15).

A ação deste sábado foi realizada na Praça CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) e teve a participação de 15 agentes de saúde. Todas as 450 vagas foram preenchidas. Vale lembrar que os cadastros vêm sendo feitos através de um link na página da própria prefeitura na Internet. Nele, os usuários devem apresentar nome completo, CPF, endereço e data do aparecimento dos primeiros sintomas. 

Além dos testes que vêm sendo realizados através do sistema Drive Thru, aos sábados, o município vai contar, ainda, com mais duas ações. A primeira, amanhã (05/07), e outra no próximo domingo (12/07). Ambas no Parque Municipal, em Itaipava. Em todos os dias e locais já informados, os exames continuarão sendo realizados entre 09h e 16h, com atendimento exclusivo a usuários cadastrados e dentro dos veículos.

Para agilizar todo o processo de testagem, os resultados serão disponibilizados no mesmo link, no site da prefeitura, onde os usuários se cadastraram, em até 48 horas. Vale lembrar que os testes são realizados, apenas, em pacientes que estejam entre o oitavo e trigésimo dia do aparecimento dos sintomas.

Ao mesmo tempo, serviço que torna a rede iluminação pública mais eficiente já está sendo feita também na Posse

O trabalho de substituição de lâmpadas comuns por luminárias de LED está na reta final no São Sebastião. Além disso, a ação, que integra o programa Petrópolis Iluminada, já está sendo feito também na Posse. O serviço está tornando a rede de iluminação pública mais eficiente em toda cidade porque a tecnologia empregada permite iluminar mais com menor consumo de energia. Nesta fase, são mais de 1,7 mil luminárias que sendo instaladas em 28 bairros.

O São Sebastião foi o primeiro bairro atendido nesta etapa. São 154 luminárias instaladas nas ruas São Sebastião, Praça João Augusto Borba, Franklin Roosevelt, Praça Frei Leão, Indaiá, Vital Brasil e, nesta sexta-feira (03.07), o serviço aconteceu em nas ruas Capitão Paladini e Adão Brand. Outro local atendido nesta sexta é a Rua Nossa Senhora de Fátima, no distrito da Posse, onde estão programadas 77 luminárias.

O serviço realizado agora é fruto de um planejamento feito pelo Departamento de Iluminação Pública, que levou em consideração os índices de iluminação estabelecidos pela ABNT para cada tipo de rua atendida. Lâmpadas comuns com potências 70 a 250 watts estão sendo substituídas por luminárias de 50 a 180 watts – ou seja, reduzem o gasto de energia. Além disso, esses equipamentos têm maior durabilidade, demandando menos manutenções. Por esses dois fatores, a estimativa é que a economia com as 1,7 mil luminárias instaladas neste momento passe de R$ 100 mil em um ano.

Esta é a quarta fase do programa. Nas três anteriores, 735 luminárias foram instaladas em ruas do Centro. Agora, além do São Sebastião e da Posse, o trabalho vai passar por: Atílio Marotti, Bairro da Glória, Independência, Comunidade do Neylor, Carangola, Comunidade do Alemão, Itaipava, Madame Machado, Morin, Quissamã, Castelânea, Sargento Boening, Chácara Flora, Alto da Serra, Estrada da Saudade, Cascatinha, Pedro do Rio, Dr. Thouzet, Valparaíso, Bairro Esperança, Nogueira, Boa Vista, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Siméria e Quitandinha. O planejamento do serviço de instalação das luminárias de LED se estende até novembro.

O trabalho de fiscalização apurou reclamações de consumidores, muitos de grupo preferencial, de tempo de espera que ultrapassa uma hora

Nesta sexta-feira (03.07), o Procon municipal autuou a rede Itaú pelo tempo de permanência ao qual os consumidores têm sido expostos nas filas à espera do atendimento nas agências bancárias de Petrópolis. O órgão de defesa do consumidor vem apurando denúncias de gestantes, idosos e portadores de necessidades especiais que aguardam mais de uma hora pelo atendimento. Há cerca de duas semanas, o Procon distribuiu uma recomendação conjunta para que as unidades bancárias se readequassem não apenas no que diz respeito às medidas de enfrentamento ao novo Coronavírus, mas também à demanda de atendimento a partir do processo de retomada das atividades sócio econômicas.

A fiscalização do Procon percorreu 18 agências do Centro Histórico e do bairro Alto da Serra na última semana, para apurar as denúncias dos consumidores no que diz respeito ao tempo de espera. “Na maior parte das agências, o tempo tem sido superior aos 45 minutos e não vem ocorrendo a distribuição das senhas”, informa a coordenadora do Procon, que destaca que uma das recomendações dada aos bancos é justamente sobre a ampliação dos serviços de caixa eletrônico “a fim de facilitar o atendimento e a permanência mínima razoável do consumidor” na espera pelo atendimento. Além disso, a disponibilização de informação sobre horário especial de atendimento à idosos, bem como sobre os canais digitais de atendimento (como aplicativo de celular, internet banking).

Na tarde de hoje, quando a fiscalização esteve na unidade do banco Itaú da Rua Paulo Barbosa, no Centro, cerca de 35 consumidores do atendimento preferencial, aguardavam atendimento. Alguns deles relataram tempo de espera superior a uma hora. “Há uma necessidade de adequação da gestão. Se os bancos tiveram o quadro reduzido, é necessário que reorganizem o atendimento para que o consumidor não acabe prejudicado e, o que é pior, exposto ao risco de contágio durante a pandemia”, avalia Raquel Motta.

O serviço de higienização aconteceu na Rua Honduras e Dr. Thouzet (Quitandinha), Chapa 4 (Valparaíso) e na Rua Quissamã, nesta sexta-feira (03.07). A limpeza realizada pela Águas do Imperador contou com aplicação de hipoclorito de sódio 0,5%, um tipo de alvejante que elimina vírus e bactérias presentes em superfícies. A medida adotada pelo município tem o objetivo de combater o coronavírus em Petrópolis.

Desde o início da pandemia, a Águas do Imperador já percorreu mais de 950 km de ruas – passando por todos os bairros da cidade – aplicando mais de 2 milhões de litros de hipoclorito de sódio. Nesta semana, a limpeza também aconteceu na Rua Rio de Janeiro, no Amazonas e na Vila Ipanema (Quitandinha).

Além da concessionária, a Comdep promoveu o serviço de higienização hoje (03). A limpeza aconteceu na Mosela, Alberto de Oliveira, Bataillard, Ponte do Fones, São Sebastião, Conde D'Eu e Praça Pasteur. À noite, a ação acontece nos terminais rodoviários de Corrêas e Itaipava e em frente a UPA Itaipava.

Além da ação de amanhã (04.07) no distrito da Posse, Itaipava vai repetir testagem no domingo

Prefeitura disponibilizou 450 vagas para cada dia nos dois locais

Para aumentar a capacidade de testagem na cidade, a prefeitura tomou medidas importantes nesta sexta-feira (03.07). Uma delas foi aumentar a quantidade de testes nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Até hoje, os locais realizavam 50 testes por semana, em cada uma das nove UBS de Petrópolis. A partir de agora, cada unidade vai oferecer 150 vagas por semana. Os cadastros serão abertos semanalmente, através de um link na página da prefeitura na Internet. Todos os resultados serão disponibilizados, em até 48 horas, no mesmo local onde foi feita a inscrição. Vale lembrar que os cadastros são importantes e, neles, devem constar nome, CPF e endereço dos usuários, além de questões relativas às datas e período dos sintomas da COVID-19. Os atendimentos são realizados nas unidades do Alto Independência, Quitandinha, Morin, Itamarati, Retiro, Araras, Itaipava, Pedro do Rio e Mosela.

Além disso, para facilitar o atendimento das pessoas que não têm acesso à testagem no horário normal das unidades, a prefeitura destacou o Centro de Saúde para realizar os exames no terceiro turno, entre 16h e 19:30h, de segunda a sexta-feira, com um total de 80 vagas por dia. Ainda com o objetivo de ampliar a testagem no município, quatro UBS, mais o Centro de Saúde, vão abrir aos sábados durante os próximos finais de semana oferecendo 100 vagas, em cada ação, para realização de exames. Na primeira semana, serão as UBS da Mosela, Itaipava, Alto Independência e Morin.

Outra medida que pretende acelerar a testagem na cidade é a ampliação, nos dois próximos domingos, dias 05 e 12 de julho, das ações do Drive Thru no Parque Municipal, em Itaipava. Além das ações já anunciadas aos sábados, as testagens aos domingos também irão oferecer mais 450 vagas disponíveis para cadastros no site da prefeitura.

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, em conjunto com a Cruz Vermelha Brasileira – filial Petrópolis, entregou alimentos e materiais de higiene e de limpeza para o Lar Nossa Senhora das Graças nesta sexta-feira (03.07). Entre os gêneros doados estão macarrão, arroz, óleo de cozinha, leite em pó, biscoito, além de cloro, detergente e artigos para limpeza doméstica. A iniciativa é parte das campanhas solidárias realizadas pela Defesa Civil dentro do Plano Inverno municipal.

O Lar Nossa Senhora das Graças, em Corrêas, recebe jovens abandonados por suas famílias ou aqueles que são encaminhadas pelo Conselho Tutelar e Vara da Infância e Juventude. A instituição se mantém através de doações, mas por conta da pandemia, o apoio diminuiu nos últimos meses. Atualmente, são 11 crianças atendidas pelo lar.

CEI fica no Centro Educacional Valéria Chim Rossi

Conhecido como “Castelinho”, o local já tem 176 crianças matriculadas na educação infantil

A rede municipal de Educação ganhou nesse ano um reforço importante na oferta de vagas na educação infantil, com a criação de novos espaços, como o CEI Monsenhor Paulo Daher, no Centro. Carinhosamente chamado de “Castelinho”, o CEI fica em um verdadeiro castelo, com todo conforto e segurança para os 176 alunos que já estão matriculados. Nesta sexta-feira (02.07), o prefeito inaugurou oficialmente o espaço, através de uma live no Facebook. O CEI Monsenhor Paulo Daher funciona no Centro Educacional Professora Valéria Chim Rossi - no mesmo terreno funciona o Centro de Referência em Educação Inclusiva João Pedro de Sousa Rosa - o CREI - que oferece atendimento especializado para os alunos da rede com deficiência.

Na ocasião, o prefeito, agradeceu ao Dr. Alexandre Teixeira e o promotor Vicente de Paula, da Vara da Infância e Juventude a participação na inauguração.

O juiz da Vara da Infância e Juventude, Alexandre Teixeira, destacou que o investimento em educação é que torna a sociedade melhor. “A educação muda uma família, um futuro. É muito gratificante estar aqui, como forma de reconhecimento do trabalho dessa administração que teve um olhar sensível para a educação. Estudei em escola pública e tive incentivo e isso faz toda a diferença. O mérito desse trabalho bem feito é do prefeito e da secretária de Educação”, afirmou o Dr. Alexandre Teixeira.

O promotor Vicente de Paula, também destacou a importância da educação de qualidade. “O investimento na primeira infância é revertido lá na frente, no futuro do indivíduo. Importantíssimo esse momento”.

Homenagem ao Monsenhor Paulo Daher

O CEI recebeu esse nome como forma de homenagem ao Monsenhor Paulo Daher, que faleceu em 2019 e era vigário-geral da Diocese de Petrópolis. O Monsenhor José Maria, representando a diocese, fez uma benção especial no espaço. “Imagino a alegria do Monsenhor Paulo, no céu. É muito gratificante participar desse momento”, contou.

A irmã do Monsenhor Paulo Daher, Maria José Elias Daher, ficou emocionada ao conhecer o local. “Sem palavras para agradecer tanto carinho. É a realização do sonho do monsenhor que era um apaixonado pela educação. Toda família está muito feliz. O CEI é lindo, maravilhoso”.

CEI poderá ter até 250 alunos

O local tem capacidade de atendimento de até 250 crianças e começou a funcionar antes da pandemia, com atendimento desde o berçário até o 5º período da educação infantil. No imóvel são 17 salas de aula, brinquedoteca, sete banheiros e área de lazer com quadra e parquinho. 

A diretora do CEI, Quelle Cristina da Costa, destacou que as crianças adoraram o espaço. “Os alunos estavam se adaptando muito bem. Infelizmente tivemos que dar essa parada, estamos com saudades e temos certeza de que quando isso passar, vamos aproveitar muito esse espaço”.

Centro Educacional Valéria Chim Rossi

Além do CEI Monsenhor Paulo Daher, o Centro Educacional Valéria Chim Rossi conta com o Centro de Referência em Educação Inclusiva João Pedro de Souza Rosa – CREI: no mesmo terreno, mas em imóveis totalmente separados funcionam esses dois equipamentos da Secretaria de Educação. O CEI Monsenhor Paulo Daher, com atendimento especifico para educação infantil e o CREI com oficinas e atendimento especializado para crianças da rede municipal de Educação com deficiências. Atualmente, 213 alunos estão inscritos nas atividades oferecidas no CREI.

Educação Infantil: aumento na oferta de vagas

Desde 2017 o poder público vem investindo no aumento da oferta de vagas na educação infantil. Ampliações e abertura de novos Centros de Educação Infantil – realizadas antes da suspensão das aulas devido à prevenção ao coronavírus - garantirão que até o final do ano sejam contabilizadas na rede municipal a criação de mais de duas mil vagas nos CEIs.

Além dos novos CEIs que foram abertos nesse ano pelo poder público – CEI Monsenhor Paulo Daher (Centro), CEI Dagmar Rolando (Corrêas) e CEI Anna Maria Nardi (Quissamã), a Secretaria de Educação também aumentou o número de vagas ofertadas em espaços já em funcionamento em bairros como Bingen, Centro e Jardim Salvador. Um outro CEI, o Boa Vista, este em fase final de obras.

Ampliação de vagas também no ensino fundamental

Ainda em fevereiro, a prefeitura inaugurou o novo prédio da EM Jandira Bordignon, no Quitandinha. A obra, que foi abandonada em 2016 e retomada pelo prefeito em 2018, garante a ampliação no número de alunos atendidos na escola: de 400 para 700 estudantes. O prédio conta com 12 salas de aula, quadra poliesportiva, sala de leitura e de informática e acessibilidade nos três andares.

Telhado, piso, parte elétrica, pintura e pavimentação são totalmente novos

Uma das obras mais aguardadas pela população foi entregue pelo prefeito na noite desta quinta-feira (02.07). Um Terminal Centro totalmente reformado, mais confortável e acessível entra em operação já nesta quinta-feira, beneficiando milhares de pessoas que passam pelo local todos os dias – antes da pandemia, esse número chegava a 100 mil passageiros e pedestres.

 O telhado teve todas as telhas antigas substituídas, com instalação de rufos e cumeeiras, além de impermeabilização de calhas. Isso foi realizado para impedir poças e, consequentemente, infiltrações, um dos maiores problemas antes da reforma. Durante a obra, mais de 30 toneladas de entulho foi removido de cima do telhado. Também foi feito troca de forro em toda a parte coberta das áreas internas.

O piso em granitina também foi totalmente refeito e polido, com instalação de azulejos podotáteis, sistema de orientação de pessoas com deficiência visual. Esses equipamentos foram instalados também na área interna quanto na calçada na Rua Dr. Porciúncula.

A parte elétrica também teve revisão total. Com isso, também foram instaladas 13 TVs para os passageiros. Também foi feita substituição das lâmpadas comuns por 57 luminárias de LED, o que fez com que a iluminação do Terminal Centro fosse ampliada. Quem passar pelo local também vai contar com conexão à internet gratuita por rede Wi-Fi.

Outra novidade é instalação de câmeras de segurança, que terão as imagens acessadas também pelos agentes do Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop). O Terminal Centro também contará com salas operacionais para a Guarda Civil, outra para Polícia Militar e também uma para CPTrans – esta última ganhou o nome de Sérgio Ricardo de Melo, funcionário da empresa Petro Ita que morreu atropelado no último dia 25, após trabalhar por 26 anos como rodoviário em Petrópolis. A família dele recebeu uma homenagem em nome dele.

A pintura em paredes, portas de madeira, portões e guarda-corpo, tanto na parte interna quanto externa, foi totalmente refeita.

A pavimentação também é nova, com intervenções ainda nos almofadões na entrada e na saída dos ônibus e colocação de meio-fio nas baias.

Assim como em Corrêas e Itaipava, o Terminal Centro também tem pias instaladas para permitir a lavagem das mãos, uma das medidas recomendadas para prevenção ao coronavírus. A instalação é provisória.

Também foi feito gradeamento do Terminal. Com isso, o local será fechado após a saída do último ônibus do dia (meia-noite) até o primeiro ônibus do dia seguinte (por volta de 5h). Nesse período, será feita limpeza e manutenção do espaço. As linhas noturnas seguem fazendo parada do lado de fora do Terminal.

Rodoviário há quatro anos, Marcelo Borba teve a oportunidade de ver o resultado da reforma. O que mais destacou foi a iluminação.

"A iluminação está muito maior, inclusive colocaram algumas luminárias em cima de onde os ônibus param e isso vai ajudar muito nas manobras de noite. O telhado também ficou muito bom. Antes dava medo, agora vamos ter mais segurança", falou o rodoviário.

Todo Terminal Centro foi reformado, seguindo os padrões determinados pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e pelo Inepac (Instituto Estadual do Patrimônio Artístico e Cultural) para preservar as características do prédio da Estação Rodoviária Imperatriz Leopoldina – que faz parte do conjunto arquitetônico preservado pelos dois órgãos. A obra é um investimento de R$ 964,4 mil e foi realizada pela empresa VACC Indústria, Comércio e Serviço Eireli. São 1.640 viagens de 80 linhas de ônibus com destino a bairros como Alto da Serra, Quitandinha, Bingen, Retiro e Valparaíso.

As informações recebidas pela fiscalização relatavam ainda a concentração de um grande número de pessoas sem máscaras no local consumindo bebida alcoólicas nos fins de semana.

Após receber denúncias de aglomeração, consumo de bebida alcoólica e música alta nos fins de semana, a equipe de fiscalização de posturas da secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública – SSOP, identificou nesta quinta-feira (02.07), no bairro Caxambu, um bar e pesque e pague que funcionava sem alvará e licença ambiental, apesar da pandemia da Covid-19. O estabelecimento foi interditado e o proprietário intimado a apresentar a documentação do empreendimento. A ação foi deflagrada pela mesma equipe que, há menos de uma semana, descobriu um bar que funcionava por intermédio de uma Pet Shop, no bairro Quissamã – episódio viralizou nas redes sociais, através de um vídeo, e fez com que Petrópolis se tornasse notícia em outros países.

Desde o início do mês passado, a cidade vem retomando aos poucos as atividades comerciais não essenciais, por meio do Plano de Retomada das Atividades Sócio Econômicas da Prefeitura de Petrópolis. Bares, no entanto, ainda não estão autorizados a funcionarem.

O chefe da Fiscalização de Posturas, Hailton Lima, relata que não houve flagrante na ação de hoje. “O estabelecimento estava fechado no momento em que a equipe chegou no local. Porém, foi identificada a falta do alvará e da licença ambiental exigida para esse tipo de empreendimento. O local continuará sendo fiscalizado, autuado e multado caso desrespeite a interdição”.

Restaurantes intimados na Posse

A ação de fiscalização continuou no distrito da Posse, onde foi realizado um trabalho de orientação do funcionamento dos estabelecimentos, dentro das normas de saúde pública. Um bar foi identificado funcionando em desacordo com os decretos municipais e intimado a fechar.

Teste será feito em todos os 206 agentes da corporação

A prefeitura continua realizando testes rápidos de detecção do Coronavírus em profissionais que atuam em contato com público. Nesta quinta-feira (02.07), a Secretaria de Saúde aplicou os exames em agentes da Guarda Civil. São 206 pessoas que serão testados na corporação.

O município está fazendo a testagem dos funcionários da Comdep, Procon, CPTrans e das secretarias de Saúde, Obras e Assistência Social.

Presidente da Associação dos Guardas Civis Municipais de Petrópolis (AGCMP), Luiz Fernando Neiva ressalta que todos os agentes farão os testes, mesmo os que estão afastados por idade.

"Essa é uma ação importantíssima. Nós temos guardas fazendo os serviços de controle sanitário, temos contato direto com a população e podemos estar expostos a pessoas infectadas. Também atuamos na fiscalização e continuamos no trânsito. Então é importante para a contenção propagar para casa, para vizinhos e para a própria população", disse.

Os testes em profissionais da prefeitura que atuam em contato com o público fazem parte da testagem em massa que está sendo feito em toda população. A prefeitura está adquirindo 50 mil exames e terá 62 mil kits para detectar o Coronavírus. Os exames estão sendo feitos em sistema de drive thru (com duas etapas realizadas e mais seis no calendário da Secretaria de Saúde até agosto) e nas UBSs do município - em ambos os casos, é necessário agendamento prévio pelo site da prefeitura. Os testes são aplicados em pessoas que apresentaram sintomas como tosse, febre ou dificuldades respiratórias há, pelo menos, sete dias.

Sirenes móveis reforçam a importância do isolamento social durante a pandemia

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias realizou a operação Alerta Coronavírus no Quitandinha nesta quinta-feira (02.07). Com o apoio de um veículo operacional equipado com as sirenes móveis, os agentes reforçam a importância do isolamento social e pedem que a população use máscaras. Desde o início da pandemia, a Defesa Civil mantém a operação com os equipamentos sonoros nos bairros.

A operação foi realizada nas ruas do Alto Independência, Taquara, Siméria e São Sebastião. Na última terça (30.06), a operação foi realizada nas ruas e praças do Jardim Salvador, Roseiral, Vale dos Esquilos, Chácara das Rosas e da Comunidade São Luiz. O alerta pede para que os moradores só saiam de casa em caso de extrema urgência.

Na semana passada, a ação aconteceu no Alto da Serra (nas ruas Teresa, Vereador Arnaldo de Azevedo, Rua dos Ferroviários), no Morin (ruas Augusto Severo e Pedro Ivo), em Cascatinha (ruas Guilherme José Teixeira, Pedro Nava, Dr. João Barcellos, Rochedo) e na Mosela (ruas Cândido Portinari, Batista da Costa, Mario Gelli e Luiz Winter).

Outra ferramenta usada para reforçar os apelos por higiene pessoal e distanciamento social é o alerta de WhatsApp da Defesa Civil. As mensagens estão sendo enviadas diariamente para os usuários cadastrados. Além disso, a pasta também divulga os boletins atualizados da Secretaria de Saúde com os números da pandemia. O número é o (24) 98863-5497.

Novas salas, espaços adaptados, mobiliário, brinquedos e conjuntos pedagógicos. Esses são alguns dos destaques da mudança que o poder público realizou no CEI Primeira Infância. As melhorias garantiram um aumento de 257% na oferta do número de vagas na educação infantil na unidade escolar, que fica no Centro. Nessa quinta-feira (02.07), o prefeito esteve no CEI e fez questão de conferir as melhorias realizadas.

O CEI aumentou o atendimento de 38 para 148 crianças em 2019 – um acréscimo de 257% no número de vagas só nesta instituição. O prefeito salienta que uma reorganização do espaço foi fundamental para o aumento de vagas.

Matriculados do berçário até o 5º ano da educação infantil, os alunos do CEI Primeira Infância tem acesso a salas especialmente adaptadas para a educação infantil.

A diretora do CEI, Claudienir de Souza Dias, destacou a importância das melhorias no espaço. “Ficou maravilhoso. Aumentamos o número de alunos, recebemos materiais importantes para o desenvolvimento das atividades, além de brinquedos. A equipe do CEI é maravilhosa e tratamos nossas crianças como filhos. Estamos com saudades, mas, felizes com as mudanças no nosso CEI”, contou Claudienir.

Ampliações e novos CEIs garantem aumento na oferta de vagas

Desde 2017 o poder público vem investindo no aumento da oferta de vagas na educação infantil. Ampliações e abertura de novos Centros de Educação Infantil – realizadas antes da suspensão das aulas devido à prevenção ao coronavírus - garantirão que até o final do ano sejam contabilizadas na rede municipal a criação de mais de duas mil vagas nos CEIs.

Além dos novos CEIs que foram abertos nesse ano pelo poder público – CEI Monsenhor Paulo Daher (Centro), CEI Anna Maria Nardi (Quissamã) e CEI Dagmar Rolando (Corrêas), a Secretaria de Educação também aumentou o número de vagas ofertadas em espaços já em funcionamento em bairros como Bingen, Centro e Jardim Salvador. Um outro CEI, o Boa Vista, este em fase final de obras.

Mais uma equipe do Programa Saúde da Família já está atendendo no local

Unidade passa a ter cobertura de 16 mil pessoas

Mais uma equipe do Programa Saúde da Família está atendendo no PSF Frei Leão, no Alto da Serra. Agora, são quatro equipes atuando na unidade que funciona de segunda a sábado. O espaço está sendo reorganizado: mais três salas estão sendo montadas e o prédio também está ganhando uma cara nova com uma pintura externa em andamento. O prefeito e a secretária de Saúde, fizeram uma visita no PSF nesta quinta-feira (02.07) para conferir o andamento da revitalização.

Vale destacar que cada equipe do Programa Saúde da Família conta com um médico, um dentista, um enfermeiro, um auxiliar de enfermagem, auxiliar de saúde bucal, um auxiliar administrativo e cinco agentes de saúde.

O PSF Frei Leão abriga dois programas: Saúde na Hora – atendimento de segunda a sexta, das 16h às 20h e aos sábados das 8h às 12h e PSF – atendimento de segunda a sexta, das 7h30 às 16h30.

Quinta, 09 Julho 2020 14:56

Campanha distribui máscaras no Centro

A Campanha Social contra a Covid-19, do Serratec, em parceria com o Mercoserra, Instituto Biomob, e apoio da Guarda Civil, distribuiu 400 máscaras no Centro Histórico durante a manhã desta quinta-feira (02.07). Uma tenda foi montada na Praça Alcindo Sodré e, além da distribuição, pessoas que passavam pelo local também eram orientadas sobre o uso correto das máscaras.

A campanha também arrecada alimentos. O grupo já entregou 120 cestas básicas para famílias que tiveram a renda comprometida por conta do coronavírus. Os donativos vêm de empresários da cidade que têm como objetivo minimizar os efeitos da Covid-19.

“E a campanha vai continuar. Outras ações vão continuar acontecendo na cidade com a doação de máscaras e também cestas básicas”, explica Vagner Costa, CO da Tecnoresolve Engenharia e conselheiro do Serratec.

Objetivo é reduzir o tempo de legalização de projetos e destravar investimentos que podem injetar R$ 1,5 bilhão na economia do município, com geração de empregos e renda

A prefeitura implantou um sistema informatizado que vai garantir maior agilidade para a Secretaria de Obras analisar projetos apresentados pelas empresas do setor da construção civil. O objetivo é reduzir o tempo até a legalização de um projeto e, desta forma, destravar investimentos que podem ultrapassar R$ 1,5 bilhão e, consequentemente, gerar pelos menos 15 mil empregos diretos, nas estimativas as próprias construtoras. Esse novo modelo de análise foi apresentado pelo prefeito para representantes das empresas do ramo na quarta-feira (01.07).

Hoje, todo processo de legalização acontece de forma presencial, em que cada etapa é analisada de forma individual por um engenheiro ou arquiteto da Secretaria de Obras – mesmo fases mais burocráticas, como apresentação de documentos. Se for necessária alguma alteração no projeto, o responsável técnico pela construtora precisa ir até a Secretaria de Obras para saber quais foram exigência, fazer as alterações e retornar para entregar a correção. Com isso, cada projeto leva até três anos até a aprovação final e o início efetivo da obra. A Secretaria de Obras tem mais de dois mil processos em tramitação, entre projetos habitacionais unifamiliares (casas) e multifamiliares (prédios).

O novo modelo passa acontecer de modo digital, ou seja, tanto os analistas da Secretaria de Obras quanto os responsáveis técnicos pelos projetos poderão interagir de forma mais rápida para equacionar pontos observados pelos arquitetos e engenheiros. Além disso, a pasta fez mais duas modificações para reforçar o quadro de profissionais que fazem a análise desses projetos.

Essa ampliação de profissionais para análise foi alcançada aproveitando arquitetos e engenheiros de outras áreas da pasta. Com essas mudanças, a Secretaria de Obras quer reduzir o tempo até aprovação de projetos, em curto prazo, para um ano e meio, e depois disso, com aperfeiçoamento do sistema, para seis a oito meses.

É importante ressaltar que nenhuma fase do processo de análise foi suprimida e nem foram modificados os parâmetros exigidos para aprovação. Todo projeto passa pela etapa de apresentação de documentos, verificação da área onde foi projetada a obra, prévia análise de viabilidade conforme determina a Lei de Uso, Parcelamento e Ocupação do Solo (Lupos), autorização dos órgãos ambientais e de proteção do patrimônio histórico e aprovação de projetos complementares (movimento de terra, sistema de drenagem, entre outros).

Apoio de empresas do setor

Esse novo modelo de análise foi debatido com empresários do setor neste ano, que contribuíram para que ele fosse implantado. Todo o mobiliário necessário, como mesas e cadeiras, e outros equipamentos foram doado pelas construtoras para a montagem do setor.

“A equipe é a mesma, o espaço é mesmo, os recursos são os mesmos, o que está melhorando é a tecnologia. E com isso, nós começamos a ter perspectivas de criar um projeto enquanto estamos executando uma outra obra, que demora um ano e meio de execução, porque sei que quando essa obra estiver terminando, eu terei outra perto de começar. Eu queria parabenizar a prefeitura porque realmente foi impactante o resultado que nós vimos acontecer na Secretaria de Obras, e em pouco tempo”, declarou Osmar Félix, da construtora Solidum.

“Só de ver a prefeitura com essa visão, é um alento e uma esperança. A gente se sentia órfão. Na hora que dávamos entrada em um processo, ele ficava aqui por muito tempo. Então você ver essa mudança na Secretaria de Obras, em tão pouco tempo, isso para gente é um alento por saber que os processos vão andar. Nós temos boas ideias, temos boas intenções, nós queremos ter resultado e desenvolver a cidade”, afirmou Daniel Blanc, da construtora Blavi.

O governo municipal firmou um convênio com a Polícia Rodoviária Federal nesta quarta-feira (01.07) para cooperação técnica com a Guarda Civil. Esse acordo prevê interação entre os dois órgãos de segurança nas áreas de educação (capacitação de agentes de ambas as corporações), trânsito e trabalho operacional.

Petrópolis é a cidade mais segura do estado do Rio de Janeiro, como apontou o Atlas da Violência nos dois últimos anos, levantamento feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O município aposta na integração entre os órgãos de segurança e investe, por exemplo, em monitoramento. O Centro Integrado de Operações de Petrópolis faz parte desse investimento e, agora, a PRF também vai compartilhar informações e imagens com o Ciop.

A cooperação técnica ainda vai permitir uma “integração entre os sistemas na área de tecnologia do município e da Polícia Rodoviária Federal, operações tanto para o combate ao crime como também para ações de trânsito e meio ambiente, e a área de capacitação, onde estaremos sempre disponibilizando vagas nos nossos cursos para a Guarda de Petrópolis”, como explicou o superintendente da PRF, Silvinei Vasques.

Dentro desse convênio, a PRF também contemplou o município com 30 armas e 6.500 munições, material que não poderá ser utilizado pela Guarda Civil neste momento. Antes disso, os agentes da corporação municipal deverão passar por capacitação.  A doação feita pela PRF para a Guarda Civil também aconteceu com outros municípios. Vasques considera que o equipamento recebido por Petrópolis vai proporcionar mais segurança para a população e para agentes.

“É um dia muito especial. Petrópolis é uma cidade muito segura, mas eu tenho certeza que, com mais esse equipamento, nós vamos conseguir melhorar ainda mais esses índices e trazer mais segurança para a cidadão de Petrópolis e para os agentes que estarão trabalhando com mais segurança”, afirmou.

As armas e munições ficarão sob cautela do Exército, a pedido da Guarda Civil. Esses equipamentos só serão utilizados após um longo processo de capacitação de agentes, que vão passar por exames psicotécnicos, investigação social e criminal e avaliação de ficha profissional, tudo isso para serem autorizados a passar por capacitação técnica e operacional. A autorização para uso deverá ser dada pela Polícia Federal e isso só acontecerá depois de transcorrida todas essas etapas.

O prefeito entregou para a Secretaria de Educação mais nove ônibus escolares. Os novos veículos foram adquiridos no ano passado, antes da pandemia, mas só foram entregues para o governo municipal nesta semana. Ainda não há previsão para o retorno das aulas nas redes de ensino, no entanto, os coletivos já estão todos equipados para reforçar a frota da Secretaria de Educação.

A compra de novos ônibus faz parte do planejamento do governo municipal para renovação total da frota de veículos que transportam alunos nas localidades conhecidas como “difícil acesso”. Com esse reforço, foram entregues quatro ônibus de 59 lugares, três de 29 lugares e dois com 22 lugares, a frota própria da rede municipal passa a contar com 29 ônibus e uma van. E a novidade não para por aí: novos veículos deverão ser entregues ainda nesse ano - mais dois.

Uma vistoria foi realizada pelo prefeito, ao lado do secretário-chefe de Gabinete, e da secretária de Educação, no último mês, quando os veículos foram entregues.

Renovação da frota

Vale destacar que o número de ônibus na frota da Educação vem crescendo: em 2016 eram 19 veículos. Em 2017, o poder público adquiriu um novo (a partir de uma verba federal repassada pelo PAR - SIMEC - Planos de Ações Articuladas vinculado ao Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças do Ministério da Educação, dentro do programa Caminhos da Escola) e outro foi doado pelo Colégio Dom Pedro II, do Rio de Janeiro. Agora, outros nove se juntaram à frota. Os nove novos ônibus foram comprados a partir da adesão a ata de compra do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – e o pagamento foi feito através de recursos próprios do município.

E a renovação não vai parar. “Temos mais dois novos veículos que já foram adquiridos, também em 2019, e serão entregues ainda nesse ano. No total, serão onze novos veículos. Assumimos esse compromisso de renovar a frota e estamos fazendo tudo com muita responsabilidade. Os veículos novos são modernos o que diminuirá o custo com manutenção”, completou Bernardo Rossi.

Os ônibus da Secretaria de Educação atuam nas rotas intituladas “Caminhos da Escola” em localidades como Bonfim, Jacó, Araras, Tapera, Rocio, Cuiabá, Vale das Videiras, Secretário, algumas localidades de Itaipava, Estrada Rio-Petrópolis e Posse. Os veículos também são utilizados pelas escolas em passeios e eventos culturais.

Além dos ônibus, a frota da Secretaria de Educação conta, ainda, com quatro carros, uma Kombi, duas vans e dois caminhões. Troca de estepes, macacos, revisão elétrica, troca de tacógrafos e de lanternas também fazem parte da revisão que é feita periodicamente nos veículos desde 2017. Os documentos dos automóveis também estão em dia.

“O cuidado com esses veículos é essencial para o desempenho de um bom trabalho”, comentou Luiz Antônio Romão, responsável pelo Departamento de Transportes da Secretaria de Educação.

Em três meses, campanha arrecadou 37 toneladas de alimentos

A Campanha Seja Solidário ganhou mais um reforço nesta terça-feira (1º.07). A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias fez a doação de 772 cestas básicas, que serão entregues a famílias em vulnerabilidade social. Criada em parceria com o Covida (Grupo Remir), a Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO) e a Secretaria de Assistência Social, a campanha tem o objetivo de ajudar famílias que tiveram a renda comprometida por conta do coronavírus. No total, em três meses, a ação já arrecadou 37 toneladas de alimentos.

Todas as solicitações para o recebimento de cestas básicas passam por análise de técnicos da secretaria ou visita domiciliar. Os atendimentos para as famílias necessitadas estão sendo feitos pelos números: 08000242526/ 2233-8108/ 2233-8110.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias mantém um projeto contínuo humanitário, além do projeto “Mãos que ajudam”. Todas as doações vieram de membros e amigos da instituição religiosa. Em Petrópolis, são 2.100 membros, divididos em seis unidades, em Cascatinha, Corrêas, Alto da Serra, Coronel Veiga e Centro.

“O programa de ajuda humanitária é um programa mundial, que tem como objetivo ajudar a comunidade em momentos de desastres, calamidades ou até mesmo pandemias, como estamos vivendo hoje. O nosso objetivo é o de servir. Aprender que a maior demonstração de amor ao próximo é o servir. É isso que aprendemos com o exemplo de cristo”, explica Alex Sander Estrella da Silveira, presidente da igreja.

“Estamos muito felizes em poder participar dessa ajuda à comunidade. Sabemos que isso não resolve todos os problemas, mas acreditamos que essa pequena demonstração será possível, de alguma forma, minimizar os efeitos dessa pandemia”, completa ele.

Além de alimentos, as doações também podem ser feitas em dinheiro, através da conta da APPO: Banco Itaú, agência 9244, conta corrente 24940-6, CNPJ: 36.548.949/0001-78. Uma porcentagem das doações fica para ajuda dos pacientes oncológicos e outra é revertida em compras para as famílias em vulnerabilidade social.

Ponto de coleta com parceiros:

Armazém do Grão; Terê Frutas; DIB; Megadelli e Grandelli; Super Market; Super Bingen; Super Serra; Mercado Delei; Empório Multimix; Multimix; Xodó de Minas; Super Bingen; Rede Economia; Tá no Gosto, Bread Fruit, Green Fruit e Petro Verde.

Após problemas com a água consumida e deterioração nas paredes da cozinha, novo local passa a servir cerca de 120 refeições diariamente

Foram quase dois anos fechado devido às obras de recuperação. Após problemas com a água, e deterioração parcial nas paredes da cozinha, o refeitório do Centro de Saúde foi entregue, na manhã desta quarta-feira (01/07), ao prefeito. As obras trouxeram um local mais amplo e capaz de servir, diariamente, cerca de 120 refeições. Além disso, o novo refeitório passa a contar com cardápios montados por uma nutricionista exclusiva.

As obras de reforma atendem às recomendações, e solicitações, feitas por órgãos como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Conselho Regional de Nutrição e Organização Mundial de Saúde (OMS). Exigências, como telas em todas as janelas, espaçamento entre os usuários nas filas e pias com sabão líquido e álcool em gel foram devidamente cumpridas no atendimento aos requisitos básicos durante a pandemia do novo coronavírus.

“Todas as modificações realizadas com as obras do refeitório tiveram o objetivo de dar mais conforto ao dia a dia dos funcionários. Atendemos todas as exigências dos órgãos competentes e treinamos as equipes de atendimento para que a qualidade do refeitório sirva de exemplo na cidade. Além disso, nossas equipes de limpeza vêm dando conta do recado, fazendo a limpeza e higienização no local a cada turno de refeições”, explicou a nutricionista clínica do ambulatório do Centro de Saúde, Renata Simoni.

Quinta, 09 Julho 2020 14:49

Higienização acontece no Quitandinha

O serviço de higienização aconteceu no Amazonas e na Vila Ipanema nesta quarta-feira (01.07). A limpeza realizada pela Águas do Imperador contou com aplicação de hipoclorito de sódio 0,5%, um tipo de alvejante que elimina vírus e bactérias presentes em superfícies. O prefeito acompanhou a ação, que é uma das medidas adotadas pelo município para o combate ao coronavírus em Petrópolis.

Desde o início da pandemia, a Águas do Imperador já percorreu mais de 900 km de ruas – passando por todos os bairros da cidade – aplicando mais de 2 milhões de litros de hipoclorito de sódio. Na semana passada, o serviço da concessionária aconteceu na Comunidade Oswaldo Cruz, no Sargento Boening, Morin, Vale do Carangola e Alto da Serra.

Já a Comdep promoveu ações de higienização hoje (01) na Estrada Mineira, Corrêas, Nogueira, Duarte da Silveira e no Bairro Castrioto. À noite, a higienização acontece no Centro (ruas do Imperador, 16 de Março, Paulo Barbosa, Caldas Viana, Prudente Aguiar, Irmãos D'Ângelo e Praça da Inconfidência).

Com mais vagas disponíveis, cidade mantém baixo índice de internações. Prefeito egue plano de assegurar a saúde da população

O prefeito esteve na manhã desta quarta-feira (01/07) no Hospital Nossa Senhora de Aparecida (HNSA), no bairro Valparaíso, para receber mais seis leitos de UTI que servirão de unidades de retaguarda na guerra contra o coronavírus. Além das novas vagas, o município recebeu, também, uma nova sala de raio-x que servirá de apoio à população após o período da pandemia.

A primeira entrega de leitos da unidade contou com 37 vagas específicas à internação e tratamento da COVID-19. Recentemente, mais 12 leitos foram disponibilizados ao município e, hoje, Petrópolis recebeu mais seis. Outras doze vagas devem ser entregues até o fim do mês de julho, fortalecendo, ainda mais, a retaguarda montada pela prefeitura na prevenção aos casos de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Notícias por data

« Julho 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo