Próxima localidade a receber os serviços vai ser a da Lopes Trovão, no sábado (28.04)

Levar os serviços assistenciais, como de Saúde, emissão de documentos, orientações sobre benefícios sociais para dentro da comunidade. É com esta proposta que a Secretaria de Assistência Social vem promovendo ações sociais, que já atenderam a 7,8 mil pessoas, nas cinco comunidades pelas quais passou desde setembro do ano passado. Somente no Independência mais de 4 mil pessoas foram atendidas. As equipes passaram também pelos bairros: Glória, Valparaíso, Carangola e Castelo São Manoel. Mais oito ações sociais já estão marcadas até julho. E a próxima já está marcada: a comunidade Lopes Trovão vai receber a Ação Social no dia 28

É um compromisso da nossa gestão fortalecer a realização destas ações sociais para que os serviços da prefeitura estejam cada vez mais presentes dentro das comunidades. Tenho acompanhado de perto as ações e fico muito feliz com a dedicação e empenho de todos os envolvidos. Unimos forças com as associações de moradores dos bairros para saber as necessidades de cada local. Nossa meta é levar esses serviços para outras regiões.

Para que possam ser ofertados todos os serviços, a Secretaria de Assistência Social conta com o apoio de outras secretarias e instituições, como Detran, Sebrae, Águas do Imperador e Enel, por exemplo. Dentre os serviços assistenciais ofertados gratuitamente, estão a inscrição no Cadúnico, orientações sobre benefícios sociais e emissão de segunda via do RG, carteira de trabalho e certidões. Também são realizadas atividades culturais, de recreação e corte de cabelo.

É sempre um trabalho coletivo, integrado entre as secretarias. Cada ação que realizamos nos dá mais motivação para continuar promovendo este trabalho e nos dando experiência para ampliar o atendimento. Buscamos também parcerias dentro e fora da comunidade para oferecer ainda mais serviços. Isto, certamente, é fundamental para que possamos dar sequência ao que temos desenvolvido.

Durante as ações sociais, a população também conta com teste de glicemia, aferição de pressão e avaliação nutricional. Todos os moradores que apresentam taxas alteradas são encaminhados para fazer acompanhamento junto à unidade de saúde mais próxima.

Lopes Trovão vai receber a Ação Social no dia 28

A Ação Social da Secretaria de Assistência Social já está confirmada para oito comunidades, entre as quais, seis que ainda não receberam os serviços. Serão as localidades de Madame Machado, Dr. Thouzet, 24 de Maio, Cascatinha, Bonfim e Lopes Trovão, esta última que vai sediar a próxima Ação Social, no sábado (28.04).

“Conversamos com representantes de cada associação de moradores dos bairros para saber exatamente quais são as demandas dos locais. Para o Lopes Trovão, fizemos parceria com a concessionária Enel, que estará, por uma semana, com equipes na localidade fazendo troca de lâmpadas fluorescentes, por lâmpadas de led, que são mais econômicas. Serão concedidas até duas lâmpadas por família. Com certeza, estas parcerias, tanto com as secretarias quanto com a comunidade e as empresas fortalecem ainda mais o nosso trabalho”, comenta a secretária de Assistência Social, Denise Quintella.

No dia da Ação Social, a Enel vai sortear, ainda, geladeiras de baixo consumo para quem participar do evento e acompanhar as oficinas realizadas pela empresa. Além das seis comunidades que vão receber a Ação Social pela primeira vez, outras duas vão voltar a ter os serviços. São os bairros Independência e da Gloria.

Confira a agenda das ações sociais já confirmadas:

28 de abril – Lopes Trovão
1º de maio – Madame Machado
12 de maio – Dr. Thouzet
26 de maio – Bairro da Gloria
09 de junho – 24 de Maio
30 de junho – Cascatinha
14 de julho – Bonfim
28 de julho – Independência

A Prefeitura, por meio da secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), realizou na noite da última terça-feira (17/12) uma confraternização para os 35 adolescentes atendidos pelo Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), localizado na Avenida Dom Pedro, no Centro. Esses jovens, que cumprem medidas sócio-educativas em regime semi-aberto ou de liberdade vigiada, são acolhidos pelo Creas, no qual contam com apoio psicológico e realizam trabalhos sociais.

Os familiares também foram convidados, o que tornou o clima do encontro ainda mais descontraído. Durante a confraternização foi exibido um filme motivacional, com o tema “Nós somos frutos das nossas escolhas”. Depois, houve entrega de presentes e oferecido um lanche.

O secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Jorge Maia, contou um pouco sobre a sua difícil trajetória de vida e falou com os jovens: “Este ano foi um pouco difícil, mas nós conseguimos dar um passo à frente. Avançamos graças à nossa equipe de profissionais comprometidos, competentes e que se identificam com a causa. E, a vocês, claro, que estão aqui conosco, avançando e melhorando cada vez mais”.

Jorge Maia também citou a chegada da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFF) e do curso de arquitetura da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) para Petrópolis e ressaltou a importância dos jovens estudarem e seguirem uma carreira profissional sólida. “Será uma grande satisfação vê-los fazendo uma faculdade. E é nossa obrigação garantir as vagas de vocês”, afirmou o secretário, acrescentando: “Em 2014, a pedido do prefeito Rubens Bomtempo, vamos fortalecer e potencializar essas ações. Com certeza, será um ano ainda melhor.”

Terça, 18 Julho 2017 - 09:33

Agasalhos são doados a moradores de rua

Operação de Inverno da Assistência Social segue intensificada durante a semana


Núcleo de Integração Social oferece leitos extras, alimentação e roupas


Com uma nova frente fria chegando, a Secretaria de Assistência Social está intensificando as abordagens noturnas durante o inverno oferecendo abrigo às pessoas em situação de rua na temporada mais fria do ano. Além disso, empresários do município, sensibilizados com a causa, vêm arrecadando agasalhos e cobertores para os assistidos do NIS e Centro Pop. A operação Inverno lançada dia 03 de julho tem acolhido em média diariamente 12 pessoas para pernoitar no Núcleo de Integração Social (NIS). A adesão começou pequena nos primeiros dias, mas com os termômetros marcando menos de 6ºc em média, a procura por um local seguro e aquecido vem aumentando gradativamente.


Além de disponibilizar três educadores sociais para as abordagens noturnas, de 20 às 22h diariamente, a Secretaria de Assistência também está com uma linha direta para que a população ligue caso encontre morador em situação de rua desejando abrigo, o telefone é 2246-8741 com funcionamento 24h. Assim que chegam ao NIS, os moradores de rua recebem uma refeição, cama arrumada e roupas limpas.


O empresário Murilo Guerra entregou nesta segunda-feira (17.07) uma caixa com roupas masculinas, femininas e diversos cobertores. Ele afirma que a arrecadação continuará ate o fim do Inverno.


“Eu me preocupei em trazer logo, pois vi na meteorologia que o frio vai ficar mais intenso nos próximos dias. Todo ano eu faço campanha do agasalho, mas desta vez me sensibilizou a questão das pessoas em situação de rua então resolvi ajudar. Continuaremos recebendo meias, gorros, luvas, calçados, entre outras peças”, anuncia Murilo Guerra.


Centro Pop oferece acompanhamento durante o dia


Após o pernoite, os acolhidos podem tomar café da manhã e optarem em passar o dia no Centro Pop ou retornarem às ruas. A Secretaria de Assistência espera reaproximar os serviços do Centro POP e do NIS às pessoas que se recusam a receber o acolhimento proporcionado pela equipe de abordagem.  

Creche atende 95 crianças e atividades complementares oferece aulas de música e reforço para 70 jovens

A parceria da iniciativa privada é bem vinda em todas as esferas e a recebe com alegria o apoio que o banco Santander vai dar ao São Charbel, uma das instituições mais queridas na cidade. A unidade de ensino vai receber o aporte da instituição financeira na ordem de R$ 290 mil ao longo de 2019 à entidade.  Uma visita dos representantes do banco – que está assumindo a folha de pagamento da prefeitura – à instituição nesta segunda-feira (22.10) marcou o início da parceria focada em responsabilidade social.

Os representantes do banco, Flavia Furtado e Alberto Rubio, destacaram que é a primeira vez que o projeto do banco auxilia uma instituição petropolitana. “Desde 2002 mais de R$ 110 milhões já foram mobilizados e investidos em projeto de atendimento às crianças. Desta vez, Petrópolis foi um dos 61 municípios selecionados para receber esse auxilio, através da São Charbel”, afirma Flavia, gerente geral Select. “Queremos cada vez mais estar presente em Petrópolis, fazendo a diferença na vida da cidade”, afirma Rubio, superintendente Regional do banco.

Funcionando há 31 no Caxambu e oferecendo atendimento na educação infantil para 95 crianças de 1 a 5 anos, além de atividades complementares para crianças e jovens de 7 a 16 anos, a Associação Espaço Educativo São Charbel ganhará um auxílio em 2019 no pagamento das atividades complementares: o projeto “Amigo de Valor”, do Banco Santander. O programa mobiliza recursos incentivados de funcionários, clientes e do próprio bancoe os direciona para fundos de Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente de municípios parceiros. A expectativa é de que a doação garanta os custos das atividades complementares durante todo ano de 2019, aproximadamente R$ 270 mil.

Essa é uma instituição séria que realizada um trabalho magnifico com as crianças da comunidade, tirando-os da rua e oferecendo aulas gratuitas de instrumentos musicais e reforço escolar. Na última semana a instituição foi invadida e a notícia que veio do Banco Santander garantirá que as atividades para os jovens continuem durante o próximo ano. Todos receberam com alegria a informação.

A Associação Espaço Educativo São Charbel mantém parceria com a prefeitura para o atendimento de 95 crianças na educação infantil – com idades entre 1 e 5 anos. Já as atividades complementares oferecidas a 70 crianças no contraturno escolar é realizado por meio de ajuda de parceiros.

“Essa noticia chegou em boa hora. Queremos garantir que nossos jovens continuem tendo acesso às aulas de música e reforço. O trabalho é feito com muito amor e muda a realidade dessas crianças”, contou a diretora da instituição, Carmem da Silva.

Durante a visita, que também contou com a presença do Padre Luis Garcia, os alunos apresentaram uma amostra de tudo o que foi aprendido nas aulas de música na educação infantil e também o trabalho da orquestra sinfônica São Charbel. “Só temos a agradecer por essa contribuição que fortalece o trabalho social que é realizado com essas crianças”,afirma  o Padre Luis Garcia.

O Procon Petrópolis disponibilizou outros cinco pontos de arrecadação para cobertores e agasalhos no município: Supermarket (Centro), Extra (Quitandinha) e Bramil (Itamarati, Itaipava e Posse), agora, também são locais de doação, além das duas unidades do órgão, no Centro e Itaipava. A campanha Aqueça um Coração, iniciada na última segunda-feira (02.07) já arrecadou 115 itens, que serão doados na próxima sexta-feira (13.07) a uma instituição assistencial do município, que será responsável pela destinação de cada item.

Na primeira ação da vertente social do Procon, iniciada no ano passado com a “Aqueça um Coração”, foram arrecadados 458 itens entre cobertores, mantas, edredons e até agasalhos novos e em bom estado de conservação. Todo o material foi entregue semanalmente, contemplando o Núcleo de Integração Social (NIS), Grupo Amigos dos Autistas de Petrópolis (Gaape), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e a ONG Matheus 25:35.

“Temos tido uma resposta muito positiva com as pessoas levando os cobertores novos e em bom estado para a doação. Começamos com o Aqueça um Coração no ano passado e a população acolheu a ideia. Sabemos como o inverno em Petrópolis pode ser rigoroso e o petropolitano tem o espírito solidário e isso faz toda a diferença”, destaca o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.

As famílias prejudicadas pelas chuvas de março e que já realizaram o recadastramento do Programa Aluguel Social receberão o benefício nesta quarta-feira (6/11). A agência imperial da Caixa Econômica Federal (CEF) funcionará em horário especial, estando aberta a partir das 8h. O pagamento será realizado na “boca do caixa”. A agência imperial da Caixa fica na Rua do Imperador, 153. Os beneficiários do aluguel social precisam apenas levar documento de identidade com foto.

“Após um entendimento entre o prefeito Rubens Bomtempo e o governador Sérgio Cabral, conseguimos esse recadastramento, o que possibilitou que todas as famílias a partir de novembro façam parte do cadastro do aluguel social do estado”, disse o secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Jorge Maia.

Recadastramento até esta terça-feira

As cerca de 40 famílias que ainda não fizeram o recadastramento têm até esta terça-feira (5/11) para regularizar a situação e receber o benefício ainda em novembro. A medida abrange apenas as famílias que recebem por meio de cartão pelo Banco do Brasil. O recadastramento é necessário por conta da transferência do pagamento, que nos primeiros seis meses vinha sendo realizado pelo governo federal. Agora a responsabilidade passou para o governo do Estado.

“Conforme compromisso assumido pelo prefeito Rubens Bomtempo em novembro, a Prefeitura está custeando o pagamento para que haja o tempo necessário para a migração do cadastro da união para o governo estadual. A Setrac demonstra o seu compromisso e sua responsabilidade com as famílias petropolitanas que neste momento precisam da ajuda do município”, disse o secretário Jorge Maia.

O recadastramento só pode ser feito pelos titulares dos cartões das famílias atendidas pelo programa. Esses devem comparecer no posto de atendimento munidos de documento de identidade com foto, CPF, Título de Eleitor, Carteira Profissional, Certidão de Nascimento ou Casamento, comprovante de residência e o número do NIS.

Os titulares dos cartões devem comparecer na Casa do Trabalhador, na Rua Dom Pedro, 253, de 9h as 16h. Mais informações pelo telefone 2245-3302.

O Carnaval nem começou, mas os cerca de 200 ambulantes autorizados a trabalhar nos dias de folia já começaram a comemorar. Durante reunião realizada na última segunda-feira (24/2) na sede da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), eles foram oficialmente informados sobre mudanças na sua forma de atuação: todos trabalharão em barracas padronizadas, que serão montadas pela Prefeitura, e terão identificação especial, com crachás, de forma a desestimular a venda irregular de produtos.

“Além de facilitar o trabalho dos ambulantes, a padronização vai ajudar na fiscalização, permitindo a identificação de quem está legalizado e autorizado a trabalhar nos dias de carnaval”, destacou o secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Jorge Maia. Os ambulantes irão trabalhar em barracas: cerca de 80 serão instaladas em seis bairros (Itamarati, Corrêas, Cascatinha, Praça Pasteur, Alto da Serra e Mosela). Cada ambulante interessado em trabalhar no Carnaval teve que fazer um cadastro na Setrac e a escolha foi feita com base na vulnerabilidade social de cada um.

Além da padronização do serviço, os ambulantes foram informados, durante a reunião, sobre os cuidados que devem ter. Não podem vender bebidas alcoólicas para menores, devem estar atentos às orientações sobre carga e descarga dos produtos e não devem comercializar garrafas ou outras embalagens de vidro. “A CPTrans vai estar atuando em toda a cidade para impedir o estacionamento irregular, por isso pedimos a colaboração dos ambulantes para que não haja problemas no trânsito. O Juizado da Criança e do Adolescente também estará realizando operações”, alertou Jorge Maia.

Durante a reunião também foi anunciadaa criação do Certificado de Ouro, que será concedido aos 10 “melhores” ambulantes. A avaliação será feita pelas equipes da Setrac, que levarão em conta a atuação do trabalhador durante os dias de folia. “Com esses certificados especiais, os ambulantes terão prioridade em outros eventos promovidos pela Prefeitura. A concessão deste documento é um estímulo para o trabalhador atender bem o público e respeitar as normas e orientações dadas pela secretaria e pela Fundação de Cultura e Turismo”, comentou o secretário.

Os ambulantes aprovaram as mudanças. “Esta é uma das melhores épocas do ano para a gente. Costumamos aumentar muito o volume de vendas. O carnaval nos distritos é tradicional e, por isso, as expectativas são as melhores possíveis”, disse Jacques Anderson Fernandes. Para Jerônimo de Jesus, a padronização das barracas e o uso de crachás também vão contribuir para um faturamento maior. “Vai facilitar o nosso trabalho e impedir a concorrência ilegal”, disse.

Nova titular do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher convocou demais membros a formular uma política pública sobre o assunto

A coordenadora do Gabinete da Cidadania, Ana Maria Rattes, assumiu nesta terça-feira (12.12) a presidência do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim) e ficará no cargo até 2019. Na posse, ela convocou as demais conselheiras a uma maior participação para formular um Plano Municipal dos Direitos da Mulher, criando uma polícia pública sobre o assunto em Petrópolis.

Ana Maria Rattes quer que este Plano trate de seis eixos: saúde e sexualidade, educação e cultura, participação, enfrentamento à violência, igualdade de gêneros e luta contra preconceitos.

“É um momento de renovação do Comdim. A presidência estava com a sociedade civil e agora volta para o governo. Minha intenção é fortalecer o Comdim, formulando políticas de valorização da mulher e tonando o conselho mais participativo. Espero poder avançar na questão da representatividade”, disse a nova presidente do Comdim.

O Comdim é um órgão de caráter permanente, com competência propositiva, consultiva, fiscalizadora, normativa e deliberativa, no que se refere às matérias pertinentes aos Direitos das Mulheres.

Na solenidade, também tomaram posse as 16 integrantes do conselho, que é paritário – são oito representantes da prefeitura e oito da sociedade civil organizada. Fazem parte do colegiado representantes das associações de moradores de Contorno, Comunidade Santa Edwiges e Rua Presidente Sodré, da Associação em Defesa dos Contribuintes da Previdência Social de Petrópolis, da Associação de Mulheres e Mães das Comunidades de Petrópolis, da Mitra Diocesana e da Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos (APPO).

Durante o evento, o governo se à disposição para contribuir no avanço pela ratificação dos direitos da mulher.

As pautas femininas tiveram avanço no governo Bernardo Rossi. Em março, foi efetivado a utilização do mamógrafo e, até outubro, foram realizados 7.350 exames. Petrópolis também zerou a fila de espera por reconstrução mamária com 250 procedimentos feitos este ano. Até novembro, mais de 13,4 mil mulheres coletaram material para exame preventivo – 50% mais do que todo ano passado.

No enfrentamento à violência, o Centro de Referência e Atendimento à Mulher (Cram) fez 370 atendimentos. Um dos meios para isso foi a reintegração do Ônibus Lilás, em agosto, que serve como um posto móvel de acolhimento a vítimas. Há um mês, a CPTrans e o Setranpetro iniciaram uma campanha para estimular mulheres a denunciarem casos de violência sexual sofrido nos ônibus. A campanha “Meu corpo não é público” tem o objetivo de orientar vítimas e testemunhas sobre os canais para denúncia e como fazer e de mostrar aos agressores que o abuso sexual é crime.

Formação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim)

Anna Maria Rattes (Presidente); Elsie Elen Loureiro de Carvalho (Gabinete do Prefeito); Gisele Esch Bach Cunha (Controladoria Geral); Marilda EmelLicht (Secretaria de Saúde); Catharina Dell’orto (Procuradoria Geral); Tânia Regina Maltez (Secretaria de Educação); Denise Quintela (Secretaria de Assistência Social); Cléo de Marco (Cram); Angela Maria de Oliveira Alcântara (Fórum das Associação de Moradores de Petrópolis); Ana Maria Dias Ramos (Associação de Moradores e Amigos da Comunidade do Contorno); Zilda Damião de Freitas (Associação de Moradores e Amigos da Comunidade Santa Edwiges); Marise Brand (Associação de Moradores da Rua Presidente Sodré e Adjacências); Luciana Périco (Associação em Defesa dos Contribuintes da Previdência Social de Petrópolis); Cintia Maria da Silva (Associação de Mulheres e Mães das Comunidades de Petrópolis);Maria Auxiliadora Pires Ribeiro (Mitra Diocesana); e Ana Cristina Mattos (APPO).

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setrac), vai promover nesta sexta-feira, dia 18 de julho, das 13h às 18h, um grande arraiá para a terceira idade. O evento será realizado no Clube de Pedro do Rio (Estrada União e Indústria, 19.574), com entrada franca. A expectativa é que o evento, promovido pela primeira vez na região, tenha a participação de cerca de 300 pessoas.  

Os artesãos de Petrópolis terão, na próxima semana, a oportunidade de se cadastrar no Programa do Artesanato Brasileiro, iniciativa que envolve Prefeitura, governos do estado e federal. Com o cadastro, o poder público terá um levantamento mais preciso sobre os artesãos da cidade para a realização de políticas voltadas para o setor. Haverá ainda palestras para a categoria sobre o programa.

Já foram realizadas cerca de 100 pré-inscrições. As inscrições serão realizadas no evento, na segunda e na terça-feira (9 e 10/11), na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta, na sede da Prefeitura. Para se cadastrar, é necessário levar duas fotos 3x4 e as cópias do comprovante de residência, do CPF e de identidade. O artesão deverá apresentar também duas ou mais peças já produzidas e algumas inacabadas para a finalização no ato do cadastro, para comprovação técnica.

“É uma ação para fomentar a economia da cidade. É uma mão de obra importante para Petrópolis, que gera emprego e renda. Para fomentar o setor, é preciso que o poder público, nas suas três esferas, tenha um cadastro oficial, para sabermos quantos são os artesãos em Petrópolis. Esse é o primeiro passo. A partir daí, teremos base para novas políticas”, disse a secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Fernanda Ferreira.

O evento é promovido pela Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac) e pelo Programa do Artesanato do Estado do Rio de Janeiro, para o cadastro no Programa do Artesanato Brasileiro, que é federal.

Pagina 7 de 69

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Dezembro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo