920 novos registros em cinco meses de 2018

Espaço Empreendedor registra 985 atendimentos em abril

Em 17 meses, de acordo com levantamento da Jucerja, a cidade somou 1.684 novos negócios entre empresas e empreendedores individuais e já emitiu 418 alvarás on line através do sistema Regin. A retomada do desenvolvimento econômico da cidade pode ser medida também pelo número de atendimentos no Espaço do Empreendedor, mantido pela prefeitura: 985 atendimentos em abril. O local é referência no atendimento aos empresários que precisam de informações e serviços de diversas secretarias. Em comparação a dezembro de 2017, o número de atendimentos cresceu 133%.

Negócios de todas as áreas e de todos os tamanhos, desde o empreendedor individual até empresas de médio porte fazem parte destes números, com ênfase para prestadores de serviços. 2018 ainda é um ano difícil para a economia e para o setor público, mas o turismo tem impulsionado a cidade e fomentando a abertura de serviços e empresas.

O maior número de empresas abertas é verificado nos primeiros cinco meses deste ano: foram 920 MEIs e empresas. Já supera os 12 meses de 2017 quando foram registrados 764 novos negócios.  A quantidade de microempreendedores individuais também é alta: 552 no período, o que demonstra a saída da informalidade e o potencial de prestação de serviços.

O fluxo de atendimento no Espaço Empreendedor tem aumentando consideravelmente, segundo dos dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Os números computados entre dezembro de 2017 a abril de 2018 mostram que o atendimento no EE cresceu 133%. Em média, são mais de 700 atendimentos por mês. Em dezembro de 2017 foram 423 atendimentos, em janeiro de 2018 – 606; em fevereiro – 533, em março 741 e em abril – 985.

Quem procura o EE, localizado no Centro Administrativo Frei Antonio Moser, consegue atendimentos diversos como: Alvará, Autenticação de livro, Consultoria Jurídica, Jucerja - Junta Comercial do Rio de Janeiro, Micro Empreendedor Individual, Nota Fiscal Eletrônica, Registro de empresas, Viabilidade, Mais Valia (Secretaria de Obras), Departamento de Trabalho e Renda, Incentivos fiscais (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), Posturas e IPTU (Secretaria de Fazenda), atendimento ao produtor rural, Protocolo Geral, Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Meio Ambiente.

“O Espaço Empreendedor foi preparado para atender os empresários e estimular a implantação de novos estabelecimentos na cidade, promovendo o desenvolvimento econômico. No EE os empresários conseguem fazer o estudo de viabilidade sobre a possibilidade de implantação de um determinado estabelecimento na região escolhida. Isso auxilia os empresários a planejar a melhor forma de se estabelecer na cidade”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

O Espaço Empreendedor funciona no Centro Adminstrativo Frei Antonio Moser, que fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2.846. O funcionamento é de segunda a sexta, das 10 às 17h.

“Vale destacar que no EE funciona um posto do Departamento de Trabalho e Renda – DETRA. No local, podem ser cadastradas e anunciadas as vagas de emprego disponíveis nas empresas”, disse o diretor do Departamento de Desenvolvimento Econômico, Dalmir Caetano.

As ações do governo municipal para a desburocratização dos serviços já renderam a Petrópolis um certificado entregue pelo governo do Estado por causa da simplificação de procedimentos para registro empresarial, além do 2º lugar no Programa Cidades Empreendedoras, promovidos pelo Sebrae.

Serviços gratuitos e sem agendamento

Quem está pensando em abrir o seu próprio negócio e tem dúvidas sobre a documentação necessária e até mesmo se o empreendimento pode ou não funcionar em determinada área da cidade pode tirar essas e outras dúvidas no Espaço Empreendedor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Criado para facilitar a vida de quem busca empreender na cidade, o EE têm registrado um número significativo de atendimentos a cada mês: em agosto foram 1076 atendimentos. Este ano já são 6,7 mil atendimentos.

Do total de registro no mês de agosto, 794 foram referentes à Jucerja (Junta Comercial do Rio de Janeiro) como solicitação de alvará, autenticação de livro, informações sobre MEI e protocolo. Outros 282 foram atendimentos referentes a atividades de outras secretarias como consulta ao Mais Valia (Secretaria de Obras), Departamento de Trabalho e Renda (35), Incentivos fiscais (Secretaria de Desenvolvimento Econômico) e Protocolo Geral (199).

O produtor rural Márcio Ferreira procurou o Espaço Empreendedor para fazer uma consulta sobre vender, no futuro, seus produtos como microempreendedor. "Fui muito bem atendido. Busquei informações sobre o MEI e também solicitei uma consulta de viabilidade. É importante esse ponto de atendimento onde podemos tirar todas as dúvidas no mesmo local”, elogiou.

6700 atendimentos em 2018

Levando em consideração o número de atendimentos realizado nesse ano – de janeiro a agosto - o EE já contabilizou 6700 registros. Considerando o número registrado em dezembro de 2017 – 423 atendimentos – o aumento tem sido significativo ao longo dos meses de 2018: Em janeiro de 2018 foram 612 atendimentos; em fevereiro passou para 533; em março foram 741; em abril, o volume foi 985; em maio, 826; em junho registro de 833 atendimentos e, em julho, foram 1.124 registros, a maior quantidade mensal do ano.

No EE os empresários têm acesso a vários serviços como: Informações sobre alvará, Autenticação de livro, Consultoria Jurídica, Jucerja, Microempreendedor Individual, Nota Fiscal Eletrônica, Registro de empresas, Viabilidade, Mais Valia (Secretaria de Obras), Departamento de Trabalho e Renda, Incentivos fiscais (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), Posturas e IPTU (Secretaria de Fazenda), atendimento ao produtor rural, Protocolo Geral, Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Meio Ambiente. Os empresários podem, ainda, cadastrar as vagas disponíveis nas empresas no Balcão de Empregos do Detra – Departamento de Trabalho e Renda.

Ainda segundo Fiorini, as ações do poder público em prol da desburocratização dos serviços já renderam frutos. “Petrópolis ganhou um certificado entregue pelo governo do Estado - por causa da simplificação de procedimentos para registro empresarial, além do 2º lugar no Programa Cidades Empreendedoras, uma ação do Sebrae que estimula a criação de iniciativas para a desburocratização dos serviços”.

O Espaço Empreendedor funciona no Centro Administrativo Frei Antonio Moser, que fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2.846. O funcionamento é de segunda a sexta, das 10 às 17h.

Serviços gratuitos e sem agendamento

Quem está pensando em abrir o seu próprio negócio e tem dúvidas sobre a documentação necessária e até mesmo se o empreendimento pode ou não funcionar em determinada área da cidade pode tirar essas e outras dúvidas no Espaço Empreendedor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Criado para facilitar a vida de quem busca empreender na cidade, o EE têm registrado um número significativo de atendimentos a cada mês: em agosto foram 1076 atendimentos. Este ano já são 6,7 mil atendimentos.

Do total de registro no mês de agosto, 794 foram referentes à Jucerja (Junta Comercial do Rio de Janeiro) como solicitação de alvará, autenticação de livro, informações sobre MEI e protocolo. Outros 282 foram atendimentos referentes a atividades de outras secretarias como consulta ao Mais Valia (Secretaria de Obras), Departamento de Trabalho e Renda (35), Incentivos fiscais (Secretaria de Desenvolvimento Econômico) e Protocolo Geral (199).

O produtor rural Márcio Ferreira procurou o Espaço Empreendedor para fazer uma consulta sobre vender, no futuro, seus produtos como microempreendedor. "Fui muito bem atendido. Busquei informações sobre o MEI e também solicitei uma consulta de viabilidade. É importante esse ponto de atendimento onde podemos tirar todas as dúvidas no mesmo local”, elogiou.

6700 atendimentos em 2018

Levando em consideração o número de atendimentos realizado nesse ano – de janeiro a agosto - o EE já contabilizou 6700 registros. Considerando o número registrado em dezembro de 2017 – 423 atendimentos – o aumento tem sido significativo ao longo dos meses de 2018: Em janeiro de 2018 foram 612 atendimentos; em fevereiro passou para 533; em março foram 741; em abril, o volume foi 985; em maio, 826; em junho registro de 833 atendimentos e, em julho, foram 1.124 registros, a maior quantidade mensal do ano.

No EE os empresários têm acesso a vários serviços como: Informações sobre alvará, Autenticação de livro, Consultoria Jurídica, Jucerja, Microempreendedor Individual, Nota Fiscal Eletrônica, Registro de empresas, Viabilidade, Mais Valia (Secretaria de Obras), Departamento de Trabalho e Renda, Incentivos fiscais (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), Posturas e IPTU (Secretaria de Fazenda), atendimento ao produtor rural, Protocolo Geral, Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Meio Ambiente. Os empresários podem, ainda, cadastrar as vagas disponíveis nas empresas no Balcão de Empregos do Detra – Departamento de Trabalho e Renda.

Ainda segundo Fiorini, as ações do poder público em prol da desburocratização dos serviços já renderam frutos. “Petrópolis ganhou um certificado entregue pelo governo do Estado - por causa da simplificação de procedimentos para registro empresarial, além do 2º lugar no Programa Cidades Empreendedoras, uma ação do Sebrae que estimula a criação de iniciativas para a desburocratização dos serviços”.

O Espaço Empreendedor funciona no Centro Administrativo Frei Antonio Moser, que fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2.846. O funcionamento é de segunda a sexta, das 10 às 17h.

Os candidatos devem cadastrar seus currículos no site da prefeitura

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo – Departamento de Trabalho e Renda (Detra) , da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem 12 vagas disponíveis nessa semana.

Há uma vaga de ajustador mecânico para ambos os sexos. Para concorrer  à vaga é necessário ter ensino médio completo e curso técnico. Para ajudante de borracharia, há uma vaga, para o sexo masculino. Necessário  ter experiência em montagem e desmontagem de pneus de caminhão e carreta, além de carteira de habilitação categoria B. Há ainda duas vagas para assistente administrativo para o sexo masculino e pede-se ensino médio, experiência e conhecimento em emissão de nota fiscal.

Também foi cadastrada uma vaga para assistente de documentação técnica de manutenção aeronáutica para ambos os sexos. Nesse caso é preciso ter ensino médio, inglês técnico, conhecimento do sistema SAP, experiência em documentação técnica ou áreas de suporte à operação. Há duas vagas para auxiliar comercial do sexo masculino e para essas vagas, pede-se ensino médio e experiência em vendas e telemarketing. Para auxiliar inspetor de configuração, há uma vaga para ambos os sexos e é preciso ter ensino médio, inglês técnico, curso técnico e mecânico de aeronaves com CCT.

Há uma vaga para motorista de caminhão do sexo masculino. Pede-se habilitação categoria D e experiência comprovada em transporte e entrega de cargas. Para operador de guincho pesado há uma vaga para ambos os sexos e é preciso ter ensino médio. Para operador de jateamento há uma vaga, para ambos os sexos. É necessário ter ensino médio, inglês técnico e curso específico de jateamento. Há ainda uma vaga para serralheiro do sexo masculino.

Além dessas, foram cadastradas dez vagas para portadores de necessidades especiais. Cinco delas são para cobrador, do sexo masculino. É necessário ter ensino fundamental completo e apresentar laudo médico. As ouras cinco são para auxiliar de produção, para ambos os sexos. Nesse caso, pede-se ensino médio completo e laudo médico.

O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura por intermédio do site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas através do telefone (24) 2233-8113.
 

 

Iniciativa rendeu à Petrópolis uma certificação do governo do Estado

Funcionando há três meses, o alvará on-line concedeu em 72 horas o licenciamento para 138 empresas. Essa simplificação de procedimentos para registro empresarial rendeu a Petrópolis um certificado, entregue pelo governador Luiz Fernando Pezão, na última terça-feira (06.02). Através do Registro Integrado (Regin), o empresário tem, além do seu ato registrado na Junta Comercial, o CNPJ, a Inscrição Estadual, o Alvará de Localização junto à Prefeitura Municipal, o protocolo do alvará de funcionamento junto à Prefeitura, do licenciamento no Corpo de Bombeiros, da Licença Sanitária na Vigilância Sanitária e também da licença de Meio Ambiente.

“Essa iniciativa é resultado da parceria com o Sebrae, que, através do Programa Cidades Empreendedoras incentiva as ações de desburocratização dos serviços para ajudar os Micro e Pequenos Empresários, Jucerja e órgãos da Prefeitura de Petrópolis envolvidos na ação, que tem como objetivo tornar Petrópolis um ambiente mais favorável para a instalação de novas empresas. Avançamos muito com a emissão doa alvarás online e temos o Espaço Empreendedor onde os empresários têm a oportunidade de tirar dúvidas sobre os serviços e certificações. A próxima ação será disponibilizar o EE em um local no Centro da cidade”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Em 2017 foram concedidos 1.620 alvarás a novas empresas, dessas, 138 foram emitidas pelo sistema online que começou a funcionar em novembro. Entre as atividades licenciadas dentro do novo sistema estão serviços médicos, venda de matérias de construção, empreiteira do setor de construção civil, serviços de consultoria, informática, imobiliária, produção de eventos, corretagem de seguros, confecções, distribuidora de bebidas, comércio de utilidade, bijuterias e acessórios.

“Cadastramos no sistema um pedido para emissão de alvará e a resposta saiu em 24 horas. Foi surpreendente e facilitou muito o nosso trabalho, além disso, conseguimos entregar rapidamente a resposta para o nosso cliente. A implantação desse sistema foi maravilhosa”, disse Tamires Luna, do escritório de contabilidade Karl Hammes.

Antes do Regin, o empresário precisava esperar pelo menos 15 dias para a emissão do documento. “O recebimento do certificado mostra que Petrópolis está no caminho certo, tornando a desburocratização dos serviços real para a sociedade”, disse Paulo José Viana, diretor de Receitas da Secretaria de Fazenda e agente de desenvolvimento no Programa Cidades Empreendedoras. “Os serviços interativos são fundamentais para agilizar a rotina dos empresários e para o desenvolvimento econômico”, completou o subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Pessoa que também atua como agente de desenvolvimento no Programa Cidades Empreendedoras.

O empresário que quiser dar entrada na emissão de alvarás pelo Regin deve acessar o link do Regin no site da Jucerja (www.jucerja.rj.gov.br). Através do sistema, o empresário vai realizar a consulta de viabilidade. Após o deferimento será permitida a constituição da empresa segundo os órgãos atrelados ao sistema. Após esse trâmite, em alguns casos, o alvará é emitido em até 24 horas;

Vale destacar que qualquer empreendedor pode realizar a consulta de viabilidade para constituir sua empresa. Todos os procedimentos serão através do sistema Regin. Tanto o alvará quanto a licença sanitária estarão disponíveis no site após a realização dos trâmites.

Segunda, 12 Junho 2017 - 16:14

15 vagas disponíveis no Balcão de Empregos

Os candidatos devem cadastrar seus currículos no site da prefeitura

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo – Departamento de Trabalho e Renda, da secretaria de Desenvolvimento Econômico (DETRA), tem quinze vagas disponíveis nessa semana.

            Para ajustador mecânico uma vaga está sendo oferecida para ambos os sexos e é necessário ter curso técnico de ajustador mecânico ou equivalente. Há uma vaga para padeiro, ambos os sexos e uma vaga para assistente de documentação técnica de manutenção aeronáutica para ambos os sexos. Nesse caso, é necessário ter ensino médio completo, inglês técnico, conhecimento do sistema SAP, experiência em documentação técnica ou áreas de suporte a operação. Há ainda uma vaga para auxiliar inspetor de configuração para ambos os sexos e é preciso ter ensino médio completo, inglês técnico, curso técnico mecânico de aeronaves com CCT. Outra vaga foi cadastrada para balconista de laticínio para ambos os sexos. Pede-se experiência, habilidade no manuseio e corte de frios.

Para fiscal de caixa foi cadastrada uma vaga para ambos os sexos e pede-se ensino médio e experiência. Já para líder de produção, há uma vaga para ambos os sexos e pede-se experiência comprovada em treinamento e orientação de costureiras no cumprimento das metas de produção. Para motorista carreteiro do sexo masculino são três vagas e pede-se habilitação E e experiência em veículo bitrem. Para motorista de caminhão são duas vagas para o sexo masculino e é necessário ter habilitação categoria C e experiência no trajeto Rio/Petrópolis.

Uma vaga também foi disponibilizada para operador de guincho pesado para ambos os sexos. Pede-se ensino médio completo e experiência comprovada na função. Há uma vaga para operador de jateamento para ambos os sexos e é necessário ter ensino médio completo e experiência. Já para sommelier, ambos os sexos, há uma vaga e pede-se curso na área.

Além dessas, foram cadastradas dez vagas para portadores de necessidades especiais. Cinco delas são para cobrador do sexo masculino. É necessário ter ensino fundamental completo e apresentar laudo médico. Para auxiliar de produção de ambos os sexos são cinco vagas e pede ensino médio completo e experiência em rotinas de produção, além do laudo.

O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura através do site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas através do telefone (24) 2233-8113.

Destaque para as cervejarias artesanais, que, só em 2018, produziu 1 milhão de litros da bebida

Setor emprega mais de 5 mil pessoas na cidade, direta e indiretamente. E é, também, atrativo turístico 

É difícil encontrar em Petrópolis quem nunca tenha provado pelo menos uma das marcas de cerveja artesanal produzidas por aqui. Elas estão por todos os lugares; nas festas e eventos, em festivais organizados pelos produtores, nos mercados, nos restaurantes. E não é à toa, a Cidade Imperial está comemorando, neste domingo (14.07), dois anos de Capital Estadual da Cerveja, e com cada vez mais sede de novos negócios no setor. Neste período, a desburocratização para tirar do papel sonhos de pequenos e médios produtores, o incentivo e fomento dado pela prefeitura, a garantia de participação nos eventos do calendário turístico e os passeios nas fábricas visando os visitantes de fora têm feito com o que o setor se firme como uma das principais vocações atuais do município. 

No total, Petrópolis já conta com 24 marcas de cerveja produzidas aqui, sendo três grandes fábricas – Bohemia (AmBev), Grupo Petrópolis e Cidade Imperial, além de 21 artesanais, distribuídas entre fábricas (Buda Beer, BrewPoint, Odin, Real e Rocky Garden) e ciganas. Em 2018, só as microcervejarias produziram 1 milhão de litros da bebida que é uma das paixões dos brasileiros, com um investimento de R$ 10 milhões no setor, que emprega mais de 5 mil pessoas direta e indiretamente. 

Na 30ª Festa do Colono Alemão de 2019, mais de 130 mil litros de cerveja foram consumidos, sendo 30 mil só de cerveja artesanal na barraca que ficou nos jardins do Palácio de Cristal, em 17 dias de evento. 

Nestes dois anos de Capital Estadual da Cerveja, a lei 7.565 de outubro de 2017, que regulamentou o setor facilitando a instalação das microcervejarias artesanais e brewpubs (bares que produzem as próprias cervejas), foi um dos exemplos de incentivo do município ao setor, trabalhando para fortalecer os cervejeiros. 

“Essa desburocratização ajudou muito. É, sem dúvida, um setor muito importante na cidade. De acordo um estudo da FGV, a cada funcionário de uma cervejaria, outros 52 são criados indiretamente na cadeia produtiva. E é uma vocação da cidade. Já é, também, um atrativo turístico. Muitas fábricas oferecem o beer tour, por exemplo”, frisa o presidente da Associação das Microcervejarias de Petrópolis, José Renato Romão 

O jovem Frederico Vanzan está entre os empresários da cidade que resolveram unir a paixão pela cerveja a novos negócios. Ele e dois sócios formalizaram este ano a criação da cerveja artesanal “De Souza”. 

 “A De Souza começou em 2015 como uma brincadeira, usávamos panelas e materiais de cozinha comuns e fazíamos sem intuito de venda. A partir daí as pessoas começaram a gostar, começamos a produzir mais, até que resolvemos comprar um equipamento mais profissional e fomos buscar legalizar a cervejaria. Naquela época já tinha um movimento grande na cidade de cervejas artesanais, mas ainda não tinha a lei municipal de incentivo, como tem agora. Hoje, somos três sócios que damos conta sozinhos de gerir a cervejaria. A nossa legalização saiu em maio e a partir de agora vamos colocar a cerveja no mercado, então provavelmente teremos necessidade de funcionários”, explica o cervejeiro. “O mercado é bastante promissor em Petrópolis, ainda mais com essa lei do incentivo e também sendo Capital Estadual da Cerveja, que é um marketing muito bom”, completa. 

Atualmente, a estimativa é de que existam na cidade mais de 60 cervejeiros de panela – os que fabricam em casa, para consumo doméstico. Mas muitos acabam ganhando força e se tornam cervejarias. Mas a bebida já tem história por aqui. O município abriga a primeira cervejaria do Brasil, a Bohemia, fundada em 1853. Agora, Petrópolis segue a tendência de todo o país com o crescimento da produção de cerveja artesanal. 

Aprovado por unanimidade em 22 de junho do ano passado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), desde 14 de julho de 2017 é lei o projeto classificando Petrópolis como Capital Estadual da Cerveja.

Segunda, 19 Junho 2017 - 14:59

23 vagas disponíveis no Balcão de Empregos

Os candidatos devem cadastrar seus currículos no site da prefeitura

O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Detra), tem 23 vagas disponíveis nessa semana.

Para ambos os sexos há uma vaga de ajustador mecânico. É preciso ter ensino médio completo e curso técnico na função. Para ajudante de borracharia do sexo masculino há uma vaga e é necessário ter experiência em montagem e desmontagem de pneus de caminhão e carreta, além de habilitação categoria B. Já para ajudante de padeiro há uma vaga para ambos os sexos. Pede-se experiência. Uma vaga para assistente de documentação técnica de manutenção aeronáutica foi cadastrada para ambos os sexos. Nesse caso, é necessário ter ensino médio completo, inglês técnico, conhecimento do sistema SAP, experiência em documentação técnica ou áreas de suporte a operação.

Quatro vagas para auxiliar de cozinha foram cadastradas, para ambos os sexos. Para auxiliar de serviços gerais do sexo masculino há uma vaga. Há ainda uma vaga para auxiliar inspetor de configuração. Nesse caso, é preciso ter ensino médio completo, inglês técnico, curso técnico de mecânico de aeronaves com CCT. Para ambos os sexos há uma vaga para balconista de laticínios e uma vaga para copeira do sexo feminino, além de quatro vagas para ambos os sexos de cozinheiro.

Há uma vaga de fiscal de caixa para ambos os sexos e pede-se ensino médio completo e experiência. Já para líder de produção, ambos os sexos, há uma vaga e é necessário ter experiência comprovada em treinamento e orientação de costureiras no cumprimento das metas de produção. Duas vagas para motorista de caminhão do sexo masculino com habilitação categoria C e experiência no trajeto Rio/ Petrópolis também foram disponibilizadas. Há ainda, para ambos os sexos, uma vaga para as funções de: operador de guincho pesado, operador de jateamento e sommelier/ atendente de adega.

Além dessas, foram cadastradas dez vagas para portadores de necessidades especiais. São cinco para cobrador do sexo masculino e, nesse caso, pede-se ensino fundamental completo. Há ainda cinco vagas para auxiliar de produção. Nos dois casos pede-se laudo médico.

O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura através do site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas através do telefone (24) 2233-8113.

 

Os três melhores projetos serão contemplados com quantia em dinheiro e mentorias

A terceira edição da Semana do Jovem Empreendedor, será encerrada neste sábado (27.04), com a realização da 2° Feira do Jovem Empreendedor. A programação do dia também contará com duas palestras. O evento de encerramento terá início às 9h, e será realizado na Casa dos Conselhos, sediada na Prefeitura. Nesta quinta-feira (25.04), a programação da semana segue com uma mesa de debates mediada pela fundadora e coordenadora do Ciclo Empreendedor Universitário, Amanda Eloi. A mesa reunirá as Empresas Junior da UFF e Estácio de Sá, além da Incubadora do LNCC. O evento acontecerá às 18h, no auditório da Universidade Estácio de Sá.

A Feira do Jovem Empreendedor tem como objetivo dar destaque aos projetos dos jovens, podendo assim alavancar a execução dos mesmos. Os projetos serão avaliados por uma comissão técnica, especializada em diversas áreas do empreendedorismo. Os critérios para inscrição incluíram ter a idade entre 15 a 29 anos, ter uma empresa já registradas ou apenas um projeto, e ser morador de Petrópolis.

A primeira palestra que abrirá a programação de encerramento, terá a presença da ganhadora da 1° Feira do Jovem Empreendedor. Que irá contar os desafios e caminhos para ter um empreendimento de sucesso.

“Ser jovem e ter um negócio é muito difícil. Alguns não te levam a sério, outros não te dão oportunidades. Ter ganhado a Feira me deu forças para seguir em frente com meu negócio, pretendo compartilhar um pouco destas experiências com os jovens na palestra”, ressalta Isabella Carvalho, proprietária da Bella’s Confeitaria.

Em seguida, a especialista em Comunicação Corporativa e Mídias Sociais, Isabel Ferraro, trará o tema: “Como se posicionar nas redes sociais”. Com o intuito de mostrar aos jovens com é importante a visibilidade no mundo on-line. “É importante que os jovens que estão começando a empreender tenham uma imagem que passe credibilidade. Para que eles possam ganhar autoridade, confiabilidade para o segmento deles. Minha palestra é basicamente demonstrar como eles podem fazer isso na pratica”, pontua Isabel Ferraro, proprietária da Essenzia – Comunicação Corporativa.

As palestras e a feira deste sábado serão realizadas na Casa dos Conselhos, localizada no prédio anexo à Prefeitura, na Av. Koeler, 260. As palestras terão início às 9h30 e a feira acontece entre 13h e 15h.         

Os três melhores empreendimentos receberão o valor de R$800, R$600 e R$500, a partir do primeiro colocado. Além da premiação em dinheiro, o primeiro colocado ainda receberá a mentoria de negócios pela Abemem, e assessoria em gestão de projeto pela empresa IPMA-D, o segundo colocado contará com uma mentoria de negócios fornecida pela empresa INNASA RIO e o terceiro colocado a mentoria pela empresa Hacks Financeiros.

Confira a programação da Semana do Jovem Empreendedor:

Quinta-feira (25/04) às 18h

- Universidade Estácio de Sá (Rua Bingen, 50 – Bingen)

Case de sucesso da 1º Feira do Jovem Empreendedor: Marcos Copari

Mesa redonda: Start - Início ao empreendedorismo, com Amanda Eloi (Fundadora e Coordenadora Geral do CEU - Ciclo Empreendedor Universitário) e as empresas Junior das universidades, UFF, Estácio e a Incubadora do LNCC. 

Sexta – Feira (26/04) às 10h

- Cefet (Rua do Imperador, 971 – Centro)

Case de sucesso da 1º Feira do Jovem Empreendedor: Rochele Almeida

Palestra: A importância de elaborar um Pitch Empreendedor, como Paulo César Andrade

Pitch na prática- Primeiros passos para montar um negócio na prática, com Roberta Dalvo

Sábado (27/04) - Encerramento

Auditório da Casa dos Conselhos (Avenida Koeler, 260 – Centro)

09h às 12h

1° Palestra: O caminho que dá certo, com a Ganhadora da 1° Feira do Jovem Empreendedor, Isabella Carvalho - Bella’s Confeitaria

2° Palestra: posicionamento nas redes sociais, com Isabel Ferraro, Especialista em Planejamento estratégico, Comunicação Corporativa e Mídia Sociais

13h às 15h

2°Feira Municipal do Jovem empreendedor - Apresentação de projetos e empresas de jovens do município.

Petrópolis recebe em abril a terceira edição da Semana Municipal do Jovem Empreendedor. Entre os dias 24 e 27 acontecerão palestras sobre empreendedorismo, incentivo a abertura do negócio próprio, além da presença de jovens empreendedores da cidade, contando como começaram a empreender. Durante a semana, também será realizada a 2ª Feira Municipal do Jovem Empreendedor, que contará com uma premiação em dinheiro para os três melhores projetos de empreendedorismo, e o primeiro colocado ainda contará com uma mentoria empresarial.

A Semana do Jovem Empreendedor foi criada em 2017 pela Coordenadoria da Juventude, visando despertar nos jovens um espírito empreendedor por meio de depoimentos de profissionais já estabelecidos no mercado e abrindo espaço para que os jovens apresentem seus projetos.

A expectativa para a 3ª edição da Semana Municipal do Jovem Empreendedor é gerar novas oportunidades de trabalho, renda e qualificação dos jovens para o mercado de trabalho. Por meio das palestras, e ações que vão ocorrer durante toda a semana.

Nesta edição, durante toda a semana, estará disponibilizado o programa de Microcrédito, que visa conceder financiamento, qualificar e dar assistência a empreendedores e profissionais autônomos, com a finalidade exclusiva de ampliar os negócios na cidade.

As inscrições para a 2° Feira Municipal do Jovem Empreendedor podem ser feitas até o dia 22.04, e o concurso será realizado no dia 27.04, sábado, das 13h às 15h, na Casa dos Conselhos. Os jovens participantes devem possuir de 15 a 29 anos, e podem ter empresas já registradas ou apenas projetos. Ao fim da feira, as três melhores ideias serão premiadas com dinheiro, e com o Troféu Municipal do Jovem Empreendedor. O primeiro lugar ainda receberá uma mentoria empresarial no valor de R$ 1.120,00. Para mais informações sobre as inscrições e sobre a Semana, pode-se procurar a Coordenadoria da Juventude pelo telefone (24) 98845-2056, também disponível via WhatsApp, ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Confira a programação da Semana do Jovem Empreendedor:

Quarta-feira (24/04) às 15H

Palácio Quitandinha (Av. Joaquim Rolla, 2 – Quitandinha)

- Cerimônia de abertura

1° Palestra –Repense & Reinvente & Seja Humano & Mude o Mundo!, com Paulo Siqueira, executivo sênior de uma das maiores empresas de consultoria do mundo - Accenture, e especialista em gestão estratégica de grandes empresas.

Quinta-feira (25/04) às 18H

- Universidade Estácio de Sá (Rua Bingen, 50 – Bingen)

Case de sucesso da 1º Feira do Jovem Empreendedor: Marcos Copari

Palestra: Start- Início ao empreendedorismo, com Amanda Eloi (Fundadora e Coordenadora Geral do CEU - Ciclo Empreendedor Universitário). 

Sexta – Feira (26/04) às 10H

- Cefet (Rua do Imperador, 971 – Centro)

Case de sucesso da 1º Feira do Jovem Empreendedor: Rochele Almeida

Palestra: A importância de elaborar um Pitch Empreendedor, como Paulo César Andrade

Pitchna prática- Primeiros passos para montar um negócio na prática, com Roberta Dalvo

Sábado (27/04) - Encerramento

Auditório da Casa dos Conselhos (AvenidaKoeler, 260 – Centro)

09h às 12h

1° Palestra: O caminho que dá certo, com a Ganhadora da 1° Feira do Jovem Empreendedor, Isabella Carvalho - Bella’s Confeitaria

2° Palestra: posicionamento nas redes sociais, com Isabel Ferraro, Especialista em Planejamento estratégico, Comunicação Corporativa e Mídia Sociais

13h às 15h

2°Feira Municipal do Jovem empreendedor - Apresentação de projetos e empresas de jovens do município.

Pagina 3 de 34

Notícias por data

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo