Os candidatos devem cadastrar seus currículos no site da prefeitura


O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo DETRA – Departamento de Trabalho e Renda, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem 78 vagas disponíveis nessa semana. Interessados devem cadastrar seus currículos no site da prefeitura, no endereço www.petropolis.rj.gov.br. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (24) 2233-8113.


            Foi cadastrada uma vaga para ajustador mecânico, para ambos os sexos. É necessário ter ensino médico completo e curso técnico de ajustador mecânico ou equivalente. Para ajudante de borracharia há uma vaga para o sexo masculino. Nesse caso, é preciso ter experiência em montagem e desmontagem de pneus de caminhão e carreta, além de possuir habilitação categoria B.


Para assistente administrativo são duas vagas para o sexo feminino. Pede-se ensino médio completo, experiência comprovada na função e conhecimento em emissão de nota fiscal. Há ainda uma vaga, para ambos os sexos, para assistente de documentação técnica de manutenção aeronáutica e é necessário ter ensino médio, inglês técnico, conhecimento do sistema SAP, experiência em documentação técnica ou áreas de suporte à operação.


Para auxiliar de serviços gerais, para ambos os sexos, são 70 vagas e é necessário ter experiência. Para auxiliar de inspetor de configuração há uma vaga para ambos os sexos e é preciso ter ensino médio completo, inglês técnico, curso técnico mecânico de aeronaves com CCT.


Já para operador de guincho há uma vaga para ambos os sexos e pede-se ensino médio completo e experiência na função. Para operador de jateamento, para ambos os sexos, há uma vaga. Nesse caso, pede-se ensino médio completo, inglês técnico e curso específico de jateamento.


Além dessas, foram cadastradas 10 vagas para portadores de necessidades especiais. Cinco delas são para cobrador do sexo masculino. É necessário ter ensino fundamental completo e apresentar laudo médico. As outras cinco vagas são para auxiliar de produção, para ambos os sexos. Pede-se ensino médio completo e laudo médico.


O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações.

Site da prefeitura é a ferramenta para os candidatos cadastrarem seus currículos


O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem onze vagas disponíveis nessa semana.


Foi cadastrada uma vaga para ambos os sexos para o cargo de ajustador mecânico. É necessário ter ensino médio completo e curso técnico ajustador mecânico ou equivalente. Para assistente de documentação técnica de manutenção aeronáutica, há uma vaga para ambos os sexos. Há duas vagas para auxiliar comercial do sexo feminino. Nesse caso, pede-se ensino médio. Para auxiliar de produção do sexo masculino há uma vaga e pede-se ensino médio completo.


Para auxiliar inspetor de configuração há uma vaga para ambos os sexos. Pede-se ensino médio, inglês técnico, curso técnico mecânico de aeronaves com CCT. Para jardineiro há uma vaga para o sexo masculino e pede ensino fundamental e experiência. Há ainda uma vaga para motorista de caminhão do sexo masculino e pede-se habilitação categoria D e experiência comprovada em transporte e entrega de cargas.


Para operador de guincho pesado, há uma vaga para ambos os sexos. É necessário ter ensino médio completo e experiência. Há ainda uma vaga para operador de jateamento. Pede-se ensino médio, inglês técnico e curso específico de jateamento. Para serralheiro há uma vaga para o sexo masculino.


Além dessas, há cinco vagas para portadores de necessidades especiais. São para auxiliar de produção, para ambos os sexos. Há a necessidade de ensino médio completo em rotinas de produção, além de laudo médio.


O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.


Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura por intermédio do site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas por intermédio do telefone (24) 2233-8113.

Site da prefeitura é a ferramenta para os candidatos cadastrarem seus currículos

 

            O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem 15 vagas disponíveis nessa semana. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura por intermédio do site http://www.petropolis.rj.gov.br.

 

            Foram cadastradas duas vagas de auxiliar comercial do sexo feminino. É necessário ter ensino médio completo e experiência comprovada em vendas e telemarketing. Para auxiliar de produção do sexo masculino há uma vaga e pede-se ensino médio completo e experiência com estoque ou almoxarifado.

 

Para inspetor de tráfego são duas vagas para ambos os sexos. Para concorrer tem que ter ensino médio completo, experiência comprovada e habilitação categoria D ou E. Já para jardineiro do sexo masculino há uma vaga e é preciso ter ensino fundamental e experiência comprovada.

 

Há também uma vaga para motorista de caminhão do sexo masculino. Para concorrer é necessário possuir habilitação categoria D e experiência comprovada em transporte e entrega de cargas. Para operador de guincho pesado são duas vagas para ambos os sexos e é necessário ter ensino médio completo, experiência comprovada na função e habilitação categoria D ou E.

 

Para promotor de vendas são cinco vagas para ambos os sexos e, nesse caso, solicita-se ensino médio completo e experiência comprovada em venda de cosméticos. Para serralheiro há uma vaga para o sexo masculino.

 

            O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações.

 

            O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846. Informações podem ser consultadas por intermédio do telefone (24) 2233-8113.

 

Site da prefeitura é a ferramenta para os candidatos cadastrarem seus currículos

 

            O Balcão de Empregos da Prefeitura, administrado pelo Departamento de Trabalho e Renda (Detra), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, tem 29 vagas disponíveis nessa semana. Os candidatos devem cadastrar os seus currículos na prefeitura por intermédio do site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas por intermédio do telefone (24) 2233-8113.

 

            Para ajudante de motorista são duas vagas para o sexo masculino. Há uma vaga para analista comercial do sexo masculino e pede-se ensino médio completo e experiência em venda, pós venda e negociação de contratos. Há uma vaga para assistente de vendas, para ambos os sexos e é necessário ter ensino médio e experiência.

 

Auxiliar de cozinha são duas vagas, para ambos os sexos. Nesse caso é exigido o ensino fundamental completo e experiência em cozinha industrial. Há uma vaga para auxiliar de jardinagem do sexo masculino e é preciso ter experiência. Para auxiliar de manutenção do sexo masculino há uma vaga e pede-se experiência em serviços de manutenção predial. Para auxiliar de produção há uma vaga para o sexo masculino e o candidato deve ter ensino médio completo e experiência com estoque ou almoxarifado.

 

Para cozinheiro há duas vagas, para ambos os sexos. É necessário ter ensino fundamental e experiência. Há ainda quatro vagas de encarregado de higienização para ambos os sexos e pede-se experiência. Inspetor de tráfego são duas vagas para ambos os sexos e é necessário ter ensino médio completo, experiência e habilitação categoria D ou E.

 

Há uma vaga para jardineiro do sexo masculino e é necessário ter ensino médio completo. Para motorista de caminhão do sexo masculino há uma vaga é preciso ter habilitação categoria D e experiência em transporte de cargas. Para operador de empilhadeira do sexo masculino há uma vaga e é preciso ter ensino fundamental e experiência.

 

Operador de guincho pesado são duas vagas, para ambos os sexos, e é necessário ter ensino médio completo, experiência e habilitação categoria D ou E. Há cinco vagas para promotor de vendas de ambos os sexos e é necessário ter ensino médio e experiência comprovada em venda de cosmético. Para serralheiro há uma vaga para o sexo masculino e para supervisor de higienização há uma vaga para ambos os sexos. No último caso pede-se experiência no controle de atividades de higienização.

 

            O balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. O Detra fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

 


Informações devem ser atualizadas periodicamente.

Entre os 6.472 currículos cadastrados no Balcão de Empregos, do Departamento de Trabalho e Renda, vinculado à secretaria de Desenvolvimento Econômico, 1.978 foram inseridos a partir de janeiro de 2017. O número representa mais de 30% do banco de dados. O DETRA pede que os candidatos atualizem periodicamente as informações cadastrais para que as oportunidades de entrevistas não sejam perdidas.

Desde o começo do ano foram disponibilizadas pelas empresas junto ao Balcão de Empregos 100 postos de trabalho em diversas áreas e 303 pessoas foram encaminhadas para participarem do processo seletivo. O Departamento de Trabalho e Renda está solicitando que as pessoas cadastradas no Balcão de Empregos façam uma revisão dos currículos. Há dificuldade de comunicação para encaminhar as pessoas para uma entrevista de emprego em razão do número do telefone estar desatualizado. 

“A atualização não tem um período específico, mas deve ser feita sempre que o candidato tiver algo novo a acrescentar no currículo. A atualização é feita pelo site da prefeitura, no link balcão de empregos. Lá existe um passo a passo bem simples”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Vale destacar que o departamento não faz contato com os candidatos por e-mail. “Por isso o telefone correto é essencial. Há também os casos das pessoas que conseguem um emprego e depois ao saírem da empresa não comunicam que estão novamente disponíveis e perdem outras oportunidades de trabalho. Também é necessário que os cadastrados coloquem todas as informações como tempo de serviço, atividades desempenhadas e cursos realizados”, acrescentou Gil Magno, diretor do departamento de Trabalho e Renda.

Gil Magno pede a colaboração das empresas petropolitanas. “As pessoas que estão desempregadas devem fazer o cadastro para tentar voltar ao mercado mais rapidamente e as empresas petropolitanas podem usar o balcão de emprego para expor as suas vagas. O serviço é totalmente gratuito e o balcão é um veículo eficiente para o recrutamento da mão de obra”.

Vale destacar que o balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. Em caso de dúvidas, os candidatos podem pedir auxilio ao DETRA, que fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846. Os candidatos devem cadastrar seus currículos na prefeitura através do site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone (24) 2233-8113.

36 empresas foram cadastradas nesse ano

O Balcão de Empregos do Departamento de Trabalho e Renda, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, recebeu nesse ano, até o início do mês de junho, 2.977 currículos. Destes, 148 foram cadastrados apenas nesse mês.

O Detra conseguiu encaminhar 429 candidatos para 175 vagas disponibilizadas pelas empresas desde janeiro. 

Desde 2016 foram cadastrados 7.369 currículos no Balcão de Empregos. “Pedimos que os candidatos coloquem o tempo de experiência. As empresas pedem isso e facilita na hora de selecionarmos no sistema os currículos para serem enviados”, explicou Gil Magno, diretor do Detra.

O Detra pede que os candidatos atualizem periodicamente as informações cadastrais para que as oportunidades de entrevistas não sejam perdidas. É importante que o telefone correto esteja na ficha, além do tempo de serviço, atividades desempenhadas e cursos realizados.

Vale destacar que o balcão de empregos realiza a divulgação das vagas e os encaminhamentos dos candidatos para processo seletivo, sendo assim, fica a cargo do empregador a responsabilidade pelas entrevistas e possíveis contratações. Em caso de dúvidas, os candidatos podem pedir auxilio ao DETRA, que fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.

 

Os candidatos devem cadastrar seus currículos na prefeitura por meio do site www.petropolis.rj.gov.br. Mais informações podem ser consultadas pelo telefone (24) 2233-8113.

Microcrédito e edição especial do Rio em Ação em Petrópolis 

Em dois eventos gratuitos e com mais de 300 empresários confirmados, bancos e agências de fomento apresentam mais de R$ 2 bilhões em linhas de financiamento e oportunidades para empresários petropolitanos. O Rio em Ação vai ser realizado na quarta-feira (23.05) no Palácio Quitandinha. Empresários vão encontrar orientações financeiras da AgeRio, BNDES, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Sebrae/RJ. O evento tem apoio da prefeitura de Petrópolis por meio da Secretaria de Desenvolvimento.

No mesmo dia, na parte da manhã, o Palácio sediará o “Momento Microempreendedor” que contará com informações sobre microcrédito, além de atendimento individualizado.

Os dois eventos, Agenda Positiva Micro e Pequena Empresa e Momento Microempreendedor reúnem Informações sobre financiamento para projetos de inovação, máquinas e equipamentos, capital de giro, eficiência energética, implantação e modernização de instalações. Haverá palestras, atendimentos, individualizados e networking.

Em um mesmo dia e no mesmo espaço, são dois eventos muito especiais para os empresários petropolitanos. Oportunidade única para conhecer as linhas de crédito disponíveis. O momento é de crescimento no setor econômico da nossa cidade, por isso agradeço a iniciativa da AgeRio e dos demais parceiros envolvidos na ação.

Momento Microempreendedor: 9 às 12h

A agenda para os empresários começa com o Momento Microempreendedor, de 9 às 12h. Petropolitanos terão orientação sobre educação financeira para o crédito, apresentação de linhas de crédito, bem como atendimento individualizado para o seu negócio. O credenciamento para o evento começará às 8h30. O primeiro encontro, às 9h30, terá como tema a “Educação Financeira e orientação para crédito” – Sebrae. Já às 10h30 técnicos da AgeRio falarão sobre as vantagens do microcrédito para alavancar negócios. Os atendimentos individualizados ocorrerão das 11h às 12h.

Vale destacar que a entrada será gratuita e a inscrição deverá ser feita através do link:https://goo.gl/forms/i5HkzQ4rUfKN0BW22

“Dicas sobre a educação financeira são importantes para aqueles microempresários que desejam aumentar os seus negócios. Durante o Momento Microempreendedor, além do atendimento individualizado para a concessão de crédito, dúvidas poderão ser esclarecidas diretamente com os técnicos das instituições participantes”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

Rio em Ação – Agenda Positiva Micro e Pequena Empresa

Na parte da tarde – entre 14 e 18h – ocorrerá o Rio em Ação – Agenda Positiva da Micro e Pequena Empresa, também no Palácio Quitandinha. Para participar é necessário fazer a inscrição no site: www.rioemacao.com.br

Segundo a AgeRio, no evento serão ofertados mais de R$ 2 bilhões em créditos e um quadro de técnicos das quatro instituições, que estarão disponíveis para prestar informações sobre linhas de financiamento e orientação financeira.

“A Região Serrana tem um potencial enorme de crescimento econômico, por estamos realizando este em evento em Petrópolis”, disse a diretora de Operações da AgeRio, Dara Souza.

Os participantes receberão ainda informações sobre financiamento para projetos de inovação, capital de giro, máquinas e equipamentos, abertura e modernização de instalações, entre outros. Serão feitas palestras e oportunizados atendimentos individualizados.

Para esse evento, são esperados 300 empresários. “Por mais que a empresa seja pequena, é preciso pensar nos processos, nas responsabilidades, no marketing, nos recursos humanos, ou seja, tudo aquilo que uma empresa grande tem, mas dentro de um modelo mais enxuto, e o crédito pode ser um ótimo aliado”, afirma o empresário Ricardo Guadagnin, ao participar de uma das edições do Rio em Ação.

Tendo passado pelo Rio de Janeiro e Volta Redonda, o Rio em Ação tem como objetivo estimular o acesso ao crédito e criar uma agenda positiva do Estado do Rio de Janeiro. 

Confira a programação:

Palestras

14h15 - Soluções financeiras para Inovação (AgeRio)

15h - Novo Refis: como regularizar créditos (CRC / Sebrae/RJ)

15h45 -Soluções Empresariais (Banco do Brasil)

16h30 - Soluções completas micro e pequenas empresas (Caixa Econômica Federal)

Atendimentos: 14h às 18h

*Os atendimentos a empresários serão realizados por equipes da AgeRio, Banco do Brasil, Caixa e Sebrae/RJ ao longo de todo o evento

Serviço:

Momento Microempreendedor

23/05/2018 – 8h

Rio em Ação Petrópolis

23/05/2018 – 14h

Local: Sesc - Quitandinha: Av. Joaquim Rolla, 2 - Quitandinha, Petrópolis - RJ

Entrada gratuita

Contato: (21) 2333-1239 / (21) 98596-6185

Com sete dias a mais neste ano, a 30ª Bauernfest bateu recordes de público e movimentação na economia da cidade. De 14 a 30 de junho, a Cidade Imperial se vestiu com as cores da Alemanha e recebeu mais de 450 mil pessoas, com uma movimentação de R$ 55 milhões. Turistas de todo país aproveitaram os espaços do evento e muitos chegaram nos mais de 1.500 ônibus e vans de excursão – maior número já recebido durante um evento. Hotéis e pousadas também comemoram a ocupação, que ultrapassou os 90% em todos os fins de semana no Centro Histórico e arredores. No comércio, como da Rua Teresa, algumas lojas chegaram a faturar um aumento de 35% nas vendas.

Em 17 dias de Festa do Colono Alemão, mais de 200 atrações ajudaram a preservar e celebrar a presença da cultura germânica em Petrópolis graças à colonização alemã. Além de 40 barracas espalhadas pelo Palácio de Cristal, Rua Alfredo Pachá e Praça da Liberdade, que ofereciam comidas típicas e muito chope, artesanato e souvenir. Em toda a festa, a estimativa é de que tenham sido vendidos mais de 9,5 toneladas de salsichão e 150 mil litros de chope em toda festa.

“A festa é importante pra resgatar a cultura e as tradições germânicas trazidas com os colonos que chegaram a partir de 1945. A festa foi muito boa, correu muito bem”, completa a presidente do Clube 29 de Junho, Emygdia Hoelz.

O Palácio de Cristal foi o coração da festa e contou apenas com empresas, produtores e cervejeiros petropolitanos. É assim desde 2018, quando foi sancionada a lei regulamentando a autorização do espaço que fica nos jardins do atrativo para que receba apenas empresas petropolitanas, que tenham produtos típicos culturais alemães, mantendo assim a tradição e as raízes germânicas. E garantiu assim, também, a presença das cervejas artesanais, que, só na barraca do Palácio, vendeu mais de 30 mil litros de chope, fora o Biergarten, realizado na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia).

“Foi a melhor da história. Batemos recordes. A festa ficou lotada todos os dias, não teve um dia que não estivesse lotada. Somos a Capital Estadual da Cerveja, e os turistas ficaram impressionados de como Petrópolis está bem servida de cervejas artesanais”, frisou Felipe Rabah, da Cervejaria Odin

Turistas vindos de todo país elogiaram o evento. É o caso do engenheiro de produção Felipe Autoer, que é de Natal. “Achei a festa bem legal, interessante ver essa tradição”, explicou.

Neste domingo, o casal Leomara Ferreira, que auxiliar de cartório, e o arquiteto Luiz Carlos Cunha, de São Gonçalo, comemorava 31 anos de casado com toda a família e explicaram que há 20 anos celebram a data na Bauernfest, com direito a bolo e noivos de enfeite. O grupo estava em 12 pessoas. “Amo essa festa, amo esse local, por isso que venho sempre. Adoro o chope e o clima”, explicou Leomara. “Há 20 anos viemos comemorar aqui porque amamos Petrópolis e calhou de ter a festa, mas desde então a gente sempre comemora aqui e trago a família toda comigo. Além do chope, o clima é fantástico e o povo alemão, as músicas, a cultura alemã me deixa perplexo”, completou o marido.

Os desfiles, dois Folclóricos nos domingos, e dois de Lanternas, nos sábados, estiveram entre os destaques da programação. O último foi realizado na manhã do último dia (30). “Foi maravilhoso, eu subo a Serra todo ano para ver esse desfile. Curto muito e curto esse clima de Serra, é muito lindo”, disse a turista Tânia Regina. Até o cônsul geral da Alemanha no Rio de Janeiro, Klaus Zillikens, participou e elogiou. “É uma festa muito grande, com muito sucesso. Já sei que foi um recorde. E é muito legal que é uma festa para toda população”, disse. 

Economia aquecida

Comerciantes e todos que trabalharam diretamente na festa já colhem os frutos do movimento na segunda maior festa do segmento no país. “Este ano está excelente, tivemos uma semana a mais e vendemos bastante. Esse ano bateu o recorde de vendas, estamos muito satisfeitos. A gente procurou fazer o melhor para os visitantes. Vendemos uma média de 10 caixas de salsichão por dia”, explicou o vendedor Benedito dos Santos, de uma das barracas da Rua Alfredo Pachá.

Fora da festa, diversos setores também faturaram.  A começar pelas casas que foram alugadas no entorno do evento, que receberam, por exemplo, artesanato, além do grande faturamento de taxistas, pipoqueiros, restaurantes, comércio. Na Rua Teresa, o polo de modas disponibilizou transporte gratuito para o público da festa e as lojas faturaram com o movimento. Os lojistas chegaram a registrar aumento nas vendas de até 35%.

Denise Fiorini, presidente da Associação de Lojistas da Rua Teresa  (Arte), comemorou o aumento no movimento. “Foi muito satisfatório. A rua ficou cheia e os empresários ficaram animados. Valeu a pena ter o transporte entre a festa e a Rua Teresa e esperamos que esse movimento se repita nos próximos anos”, disse.

Rede hoteleira cheia

A Bauernfest é considerada a alta da alta temporada em Petrópolis. Turistas vindos de todas as partes do país aproveitam o evento para conhecer a cidade e se hospedar nos hotéis. Nos três fins de semana da Festa do Colono Alemão, a ocupação no Centro Histórico e arredores ficou acima dos 90%. O fim de semana do feriado de Corpus Christ, de 21 a 23 de junho, foi o mais cheio, registrando 98,9% de ocupação. Neste último dia de festa, a taxa foi de 97,04%, de sábado para domingo.

“A pousada ficou lotada, com 100% de ocupação. O movimento fica muito bom com a festa”, comentou o proprietário do Bragança Palace Hotel, Antônio Pintarel.

A Bauernfest já virou sinônimo não só da valorização da cultura germânica na cidade, mas também garantia de economia aquecida para diversos setores do município. O comércio é um deles, e em especial na Rua Teresa o movimento no polo de modas aumentou de 30% a 40% de acordo com o balanço pós evento feito pela Associação dos Lojistas da rua, a Arte. Nesta 30ª edição da Festa do Colono Alemão, que terminou no último domingo (30.06), a rua contou com ações ligadas ao evento, transporte gratuito, programação cultural, gastronomia típica e decoração nas cores da Alemanha feita por 90% dos empresários.

Durante os 17 dias de Bauernfest, a Rua Teresa distribuiu 3.000 mil canecas personalizadas e transportou 705 pessoas nos fins de semana, com uma van promovida pelos empresários do polo de moda para levar o público da festa até a rua. “Foi um sucesso. As vendas aumentaram de 30% a 40%. A cidade estava super bonita, e o tempo também ajudou, então foi superbacana. A programação também fez muito sucesso na rua”, destaca a presidente da Arte, Denise Fiorini.

Durante a Bauern, uma das milhares de turistas que aproveitaram a Festa do Colono para fazer umas comprinhas foi visitante do Rio de Janeiro, Silvia Lourenço: “Gostei muito do polo de modas. São muitas opções e os preços são ótimos. Dá para aproveitar a festa e ainda fazer umas comprinhas, o que a mulherada adora", disse ela, que veio para Petrópolis no segundo fim de semana de festa.

Este ano, mais de 450 mil pessoas passaram pelos espaços da Bauernfest e ajudaram a aquecer a economia dos polos de moda e outros setores, como hotéis e pousadas, atrativos turísticos, restaurantes, pipoqueiros, taxistas, entre outros. A estimativa é de que o evento tenha movimentado R$ 55 milhões em 17 dias de festa.

Foi um sucesso em todos os sentidos. Petrópolis recebeu turistas vindos de diversas partes do país, que ajudaram e muito a aquecer a economia. O turismo é um importante setor para a cidade e uma das ferramentas para reverter a crise. Agora a cidade já está trabalhando nas próximas festas, como o Bunka-Sai, Serra Serata e Natal Imperial para que também tragam muitos visitantes ao município.

Muito mais do que fomentar a economia apenas de hotéis e de quem trabalha diretamente na Bauernfest, o evento movimenta diversas áreas, principalmente do setor de serviços do município. Do pipoqueiro a grandes restaurantes, passando pelo comércio, taxistas, artesãos, cervejeiros, entre outros, têm faturado com o aumento do número de visitantes nos 17 dias da Festa do Colono Alemão. A Bauernfest, além de ser um dos principais eventos do calendário turístico da Cidade Imperial, é, também, fundamental para a economia e importante fonte de renda para muitos petropolitanos.

Só no ano passado, a festa, que é a segunda maior do segmento no país, movimentou R$ 43 milhões e a expectativa é de que, terminada esta 30ª edição, com sete dias a mais – passando de 10 em 2018 para 17 neste ano -, o número seja ainda maior.  

Exemplo disso, Marlene Lima, que mantém uma barraca de açaí há três anos na Praça da Liberdade, destaca que a Festa do Colono Alemão faz com que as vendas aumentem, principalmente, nos fins de semana. "O movimento durante a Bauernfest costuma dobrar o nosso faturamento. Eu e minha filha trabalhamos juntas para dar conta, já que em alguns momentos fica muito cheio", disse.

Outra que está faturando é a pipoqueira Mariana Andreza Lemos, que trabalha na barraca da família também na praça há cerca de dois anos. No período da Bauernfest, ela registra o aumento de movimento em até 50%. "Já percebemos a cidade mais cheia, com uma boa movimentação na Praça, com a presença de turistas e de famílias”, destacou.

Também ganham um dinheiro extra os petropolitanos que estão alugando casas por temporada. O aposentado José Luiz Baltor, por exemplo, tem dois “lofts” próximo ao Palácio de Cristal e aproveita o período para faturar. "Construí este imóvel em anexo a minha casa para aluguel mensal. Tendo em vista a grande procura, por ser próximo ao Palácio de Cristal onde acontece a Bauernfest e a Cervejaria Bohemia, decidi abrir a residência recém equipada para aluguel por temporada na alta temporada em 2017. Em 2018 tivemos tanta procura que resolvemos construir mais uma unidade e hoje possuo dois imóveis que disponibilizo para locação”, disse.

Dentro da festa também há muito espaço para a economia familiar. Bruno Albuquerque, por exemplo, que produz algumas das sobremesas típicas, consegue complementar a renda com a festa. “A tortinha alemã é o meu carro chefe. A minha mulher faz em casa e só no ano passado vendemos mais de mil tortinhas. Esse ano a expectativa é vender ainda mais”, disse.

Pagina 6 de 34

Notícias por data

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo