O prefeito Rubens Bomtempo lamentou a transferência da Dentsply para a cidade paulista de Pirassununga. A notícia foi publicada pela imprensa nesta semana e o prefeito tomou conhecimento do fechamento da fábrica pelos jornais. Nesta sexta-feira (11/11), ele se reuniu com o vice-presidente da empresa, Eduardo Kleinsorge, que reafirmou a transferência da fábrica de Petrópolis e da representação localizada na cidade do Rio de Janeiro para São Paulo.

“Lamentamos a saída da Dentsply da cidade depois de 65 anos instalada em Petrópolis. Criamos vínculos afetivos com empresa e será uma perda não só para o município, mas também para o Estado do Rio de Janeiro, uma vez que a representação da Dentsply também deixa a capital e segue para São Paulo”, disse o prefeito Rubens Bomtempo ressaltando que a Prefeitura está se colocando a disposição para ajudar na realocação dos funcionários.

Durante o encontro, o vice-presidente Eduardo Kleinsorge enfatizou que a saída da empresa do Estado do Rio de Janeiro foi uma decisão tomada após a fusão entre a Dentsply e Sirona, iniciada no ano passado. ”Após a fusão, iniciamos uma série de análises para identificação de oportunidades de consolidação e sinergias para desenvolver nossos produtos. No Brasil, decidimos concentrar nossas atividades fabris em nossa planta de Pirassununga. A cidade e os cidadãos de Petrópolis tiveram importante papel na transformação da Dentsply Sirona em uma companhia brasileira. Somos muito gratos”, disse.

Como a transferência da empresa acontecerá gradativamente a partir de 2017, o prefeito Rubens Bomtempo solicitou que o vice-presidente da Dentsply inicie um diálogo com o prefeito eleito Bernardo Rossi. “É uma grande perda para o Estado do Rio de Janeiro que vive uma das maiores crises”, destacou o prefeito. “A transferência será iniciada em 2017, por isso é importante que haja esse diálogo. Esperamos que o prefeito eleito, que assume em 1º de janeiro, use a sua influência, uma vez que é do mesmo partido do governador e da presidência da República, para manter a Dentsply em Petrópolis. Confiamos em sua capacidade para enfrentar este primeiro desafio como prefeito”, concluiu Bomtempo.

O prefeito Rubens Bomtempo assinou hoje (07/04) a renovação e aumento de 25% no convênio com a Associação da Rua Teresa – Arte. A partir de agora, a entidade será beneficiada com R$ 15 mil mensais. O recurso é destinado à divulgação do maior polo de moda a céu aberto da América Latina.

“O polo de moda alavanca a economia do município, está num lugar de destaque e precisa ser valorizado. Queremos fortalecer a gestão integrada, pois o poder público e empresários precisam caminhar juntos, com o objetivo de garantir o desenvolvimento da cidade”, disse Bomtempo.

Com a medida, Bomtempo está contribuindo para o fortalecimento do polo de moda, além de cumprir mais um compromisso com o setor. Outra novidade anunciada pelo Prefeito é a instalação de uma agência da Caixa Econômica Federal no prédio do Centro da Moda, além do incremento no sistema de rede wi-fi para a Rua Teresa.

De acordo com a presidente da Arte, Cláudia Pires, a verba será utilizada para a remuneração dos guias turísticos e pagamento do pedágio das vans que chegam a Petrópolis, com destino a Rua Teresa. “Além disso, também iremos investir na divulgação do Polo de Moda tanto em Petrópolis quanto em municípios vizinhos, inclusive no Estado de Minas Gerais”, adiantou a presidente da Arte.

Cláudia acrescenta que durante quatro anos, a instituição não contou com qualquer apoio significativo que garantisse a divulgação do polo de moda: “Com o retorno do governo Bomtempo essa parceria foi priorizada. Em maio do ano passado assinamos a retomada do convênio que agora está sendo renovado. Além de alavancar a Rua Teresa, essa medida significa que o prefeito valoriza nosso principal Polo de Moda”, destacou.

A presidente da Arte salienta ainda que, desde que assumiu o governo, o Prefeito tem se mostrado um grande parceiro, assim como os secretários que se mantêm presentes. “O convênio tem ajudado a trazer de volta os turistas que se afastaram. Com o apoio do governo, a tendência é andar para frente”, complementa.

Os investimentos para o crescimento da Rua Teresa iniciaram entre o primeiro e segundo governo de Bomtempo. A aquisição do prédio que atualmente abriga o Centro da Moda é um dos exemplos do avanço. No local onde funcionava a antiga delegacia, passou por uma grande reforma e ganhou toda a infraestrutura necessária para o comprador, com banheiros públicos, fraldário, internet gratuita, um Centro de Informações Turísticas, além de um auditório equipado. Toda a infraestrutura do Centro da Moda garantiu a instalação do Sebrae, do Senai Moda, assim como o Sindicato das Confecções.

O prefeito Rubens Bomtempo entregou ontem (10/6), em solenidade realizada na sede da Prefeitura, mais de R$ 65 mil em cheques a 19 microempresários, microempreendedores individuais e profissionais autônomos investirem em seus negócios. O crédito foi garantido pelo programa Crédito Cidadão, retomado agora por determinação de Bomtempo. Os empréstimos, que garantem até R$ 4 mil em crédito, com juros de apenas 1% ao mês e pagamento em até 12 meses, foram liberados durante solenidade do Conselho Municipal de Trabalho, Emprego e Geração de Renda (Comter).

Ao abrir o evento, o prefeito Rubens Bomtempo disse que a retomada do programa representa mais um estímulo do governo à formalização das atividades de quem, ainda hoje, trabalha na informalidade. “Este dinheiro ajuda quem quer melhorar seu negócio, quem enxerga, aí na frente, um futuro melhor”, disse. Gente como a artesã Eliane Maria Amaral dos Santos, que foi contemplada, pela segunda vez, pelo Crédito Cidadão. Com os R$ 4 mil que recebeu agora ela vai mandar construir um novo forno elétrico, que vai aumentar sua capacidade de produção. “O que tenho hoje, 50x50, já não dá mais conta”, revelou ela, que vende suas peças, feitas em cerâmica, principalmente para São Paulo.

A ambulante Cirlei Cristina da Silva Costa Faria também recebeu um cheque de R$ 4 mil durante o evento. Ela, que foi contemplada pela sexta vez pelo programa, vai investir em mercadorias. “Venho investindo, aumentando o número de itens que ofereço para o meu cliente”, contou.

Novo presidente do Comter toma posse Durante a solenidade, o Conselho Municipal de Trabalho, Emprego e Geração de Renda (Comter) deu posse ao seu novo presidente, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Petrópolis, Jorge Mussel. Ele foi escolhido, por unanimidade, pelos demais 11 representantes dos trabalhadores que compõe o conselho. O Comter é composto por 36 nomes, sendo 12 representantes da Prefeitura, 12 representantes dos empregadores e 12 representantes dos trabalhadores. O mandato é de três anos, sendo que, a cada ano, um representante destas bancadas assume a presidência.

A Associação dos Comerciantes da Feirinha de Itaipava pode comemorar a conquista de uma antiga reivindicação para a expansão do local. O prefeito Rubens Bomtempo sancionou nesta quarta-feira (24/7) a lei nº 7076, autorizando a desafetação da rua que corta a localidade. A iniciativa garante melhorias na estrutura, mais qualidade no atendimento aos visitantes, além da geração de emprego e renda para o polo de modas do terceiro distrito.

 “Queremos contribuir para o desenvolvimento econômico e social do empreendimento”, disse o prefeito Rubens Bomtempo, lembrando que a medida pode fortalecer o chamado turismo de compras, além de gerar mais receita para o segmento e, consequentemente, mais emprego e renda para a região. “A feirinha cresceu muito e, com a qualificação do espaço, terá condições de atrair ainda mais visitantes”, completou o prefeito.

O presidente da Associação dos Comerciantes da Feirinha de Itaipava, Sérgio Costa, o G-Tão, comemorou a notícia: “Estamos aguardando a medida há mais de quatro anos e, em apenas seis meses de governo, o prefeito nos atendeu e solucionou o processo. Estamos mais confiantes. Com a liberação da rua, poderemos colocar em prática nosso projeto de revitalização de todo o espaço”, garantiu.

Terça, 15 Dezembro 2015 - 06:07

Bomtempo se reúne com cônsul-geral da França

O prefeito Rubens Bomtempo se reuniu, nesta segunda-feira (14/12), com o cônsul-geral da França no Rio de Janeiro, Brice Roquefeuil, com o objetivo de atrair mais empresas francesas para Petrópolis. Neste primeiro encontro, realizado na Prefeitura, já ficou definido que haverá uma agenda na cidade no ano que vem, para que o cônsul e sua comitiva conheçam mais profundamente o potencial turístico e tecnológico do município. A ideia é que o consulado atue como ponte entre as empresas francesas e Petrópolis.

Na reunião, Bomtempo fez uma apresentação das conquistas dos últimos três anos em Petrópolis em relação à alta tecnologia, dentro da proposta de transformar o Quitandinha em um parque tecnológico: a implantação de uma rede de alto desempenho na região; a instalação de um campus da Universidade Federal Fluminense (UFF), com o curso de Engenharia de Produção; a chegada do supercomputador ao Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC); e a vinda de mais uma empresa de internet de banda larga para o município.

“Como juntamos a conectividade, o supercomputador e a UFF, o resto é consequência. Assim, criamos todo um ambiente para acolher essas empresas de alta tecnologia, já que estamos garantindo infraestrutura e mão de obra qualificada. Além disso, Petrópolis é um município com uma lei de incentivos fiscais agressiva e ainda temos no município um custo de vida bem menor do que o do Rio. Isso tudo cria um caldo, um ambiente inovador, competitivo e, do ponto de vista econômico, viável”, disse o prefeito Rubens Bomtempo.

O cônsul Brice Roquefeuil afirmou que irá fazer a divulgação de Petrópolis para empresas francesas, incentivando que elas se instalem no município. “Estou muito feliz com esse encontro com o prefeito. Petrópolis é uma das principais cidades do estado do Rio. Já entregamos o supercomputador para o LNCC, fruto da cooperação estratégica entre França e Brasil e que vai potencializar o desenvolvimento da área da pesquisa. Temos também em Petrópolis a empresa Orange. Para o ano que vem, vamos analisar a possibilidade de promover um evento para divulgar Petrópolis para pequenas e médias empresas francesas. Cabe ao consulado fazer os contatos”, disse o cônsul.

O prefeito Rubens Bomtempo oficiou esta semana a Caixa Econômica Federal (CEF), banco oficial e responsável pela folha de pagamento dos servidores públicos, para a instalação de dois postos avançados de atendimento nos distritos de Pedro do Rio e Posse. O objetivo é atender os moradores dessas regiões, cujas localidades não contam com nenhum tipo de atendimento bancário.

 “A população, os servidores públicos e os comerciantes locais serão beneficiados com a instalação desses serviços. Queremos garantir conforto para os moradores dessas regiões”, ressaltou o prefeito.

 No ofício, Bomtempo também destacou a importância da implantação de um posto avançado de atendimento bancário para o desenvolvimento da Posse, que, nesta gestão, firmou-se como importante distrito industrial da cidade.

Segunda, 11 Novembro 2013 - 08:49

Bomtempo visita Carl Zeiss

Em visita à Carl Zeiss na sexta-feira (08/11), no bairro Duarte da Silveira, o prefeito Rubens Bomtempo falou da importância da empresa para o município. Além de empregar 550 trabalhadores na cidade, a empresa fabrica produtos óticos que levam o nome de Petrópolis para o país e o mundo. Bomtempo quer fortalecer a sinergia entre o poder público e os setores que mais contribuem para a economia da cidade.

“A grandiosidade dessa empresa deve ser valorizada. Coloco toda minha equipe à disposição para colaborar com o que for preciso, principalmente no que se refere à formação de mão de obra especializada, infraestrutura para melhorar os processos de comunicação e o acesso à empresa, além de incentivos fiscais”, disse o prefeito. Ao lado de toda diretoria e de secretários municipais, Bomtempo conversou com funcionários, conheceu o setor de controle de qualidade, o laboratório e ainda acompanhou todo o processo produtivo de lentes oftalmológicas.

O Grupo Carl Zeiss é líder mundial nas tecnologias altamente inovadoras nas indústrias ótica, mecânica de precisão e sistemas de visualização eletrônica. Desde 1846 contribui com o progresso tecnológico mundial promovendo a criação, medição, análise e processamento de dados nos seus diferentes grupos de negócios: Tecnologia de Produção de Semicondutores, Metrologia Industrial, Microscopia, Tecnologia Médica, Vision Care, Lentes Fotográficas, Ótica Esportiva e Planetários.

O presidente e diretor Geral da Carl Zeiss Vision Brasil e América Latina, David Ferran, avaliou de forma positiva o encontro: “Pudemos falar abertamente sobre os desafios e prioridades de crescimento para os quais contamos com o apoio da Prefeitura. Considero que a colaboração e sinergia são fundamentais para a obtenção do sucesso. A estreita parceria da Prefeitura em temas de qualificação, logística, desenvolvimento urbano/comunidade e apoio à família certamente vai nos permitir conseguir ser um empregador de referência na região serrana”.

Parceria entre Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Vigilância Sanitária vai treinar vendedores de alimentos

Os ambulantes – 50 vendedores na cidade – também estão sendo preparados para a Bauernfest e receberão dicas de como manipular alimentos de forma segura e com menos risco sanitário para o público. O minicurso será ofertado através de uma parceria entre a Vigilância Sanitária e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, através do Departamento de Trabalho e Renda, no dia 19 de junho, às 9h, na Arte, Associação dos Lojistas da Rua Teresa.

Durante o encontro, os participantes receberão as dicas de acordo com as recomendações da Anvisa. “Eles receberão material gráfico educativo em forma de cartilhas. É a primeira vez que Petrópolis oferta, por meio da vigilância sanitária, um curso sobre manipulação de alimentos e o objetivo de fazer antes da Bauernfest é justamente porque a festa e um evento de massa com expectativa de 320 mil visitantes considerando todos os dias programados. Eventos de massa estão previstos por legislações para ações da vigilância sanitária”, disse Dayse Carvalho, coordenadora da Vigilância Sanitária.

Ainda de acordo com Dayse, todos os eventos de massa precisam de capacitação prévia. A medida vale não só dos comerciantes expositores de alimentos, mas para outros segmentos, como atendimento de urgência, como por exemplo. Ação de educação estará focada na Bauernfest mas, segundo a Vigilância Sanitária, a intenção é de as capacitações sejam implantadas sistematicamente e não só para ambulantes, mas para o comércio fixo e outros setores sujeitos ao licenciamento sanitário de acordo com os critérios de risco.

 “Serão turmas fixas mensais de no máximo 50 participantes. No segundo semestre, outros cursos serão ofertados e após esse de alimentos, pretendemos abrir uma turma para cabeleireiro, manicure e pedicure. A capacitação será dada também pelo professor Mauro Nabti que é o chefe da fiscalização sanitária”, explicou Dayse.

Essa é uma parceria importante para ajudar os ambulantes. Depois desse encontro, vamos distribuir os crachás e em parceria com a Turispetro estamos incentivando os ambulantes a enfeitar as barracas com as cores temas da festa alemã. Também estamos buscando o apoio de outros institutos como a Faetec com o intuito de mostrar como os ambulantes podem adaptar receitas para aproveitar ainda mais o público da Bauernfest”, contou o diretor do Detra, Gil Magno.

Capital Estadual da Cerveja, com 24 marcas sendo produzidas aqui, Petrópolis busca agora um título nacional. Já tramita no Congresso Nacional – e deve ser votado neste segundo semestre - o projeto de lei para tornar o município “Berço Imperial da Cerveja”. Isso é resultado de um setor em plena expansão nos últimos anos na cidade. A desburocratização para tirar do papel sonhos de pequenos e médios produtores, o incentivo e fomento dado pela prefeitura, a garantia de participação nos eventos do calendário turístico e os passeios nas fábricas visando os visitantes de fora têm feito com o que o setor se firme como uma das principais vocações atuais do município. 

Nesta quinta-feira, o prefeito e secretários municipais visitaram algumas fábricas de cerveja da cidade acompanhados do autor do projeto de lei, o deputado federal Vinicius Farah, que pôde conhecer um pouco mais sobre as produções. “Petrópolis é uma cidade que nos enche cada vez mais de orgulho. Acabou de ser aprovado na comissão esse projeto de lei que torna Petrópolis o Berço Imperial da Cerveja. É um orgulho muito grande porque Petrópolis é uma das maiores cidades produtoras de cervejas artesanais, sem contar as outras cervejarias. Estou consciente do que esse rótulo vai proporcionar pra Petrópolis, pros produtores, com esse segmento de sucesso no país”, frisou.

No total, entre as 24 marcas de cerveja produzidas aqui, três são grandes fábricas – Cidade Imperial, Bohemia (AmBev) e Grupo Petrópolis, e 21 artesanais, distribuídas entre fábricas (Duranz, Buda Beer, BrewPoint, Odin, Real e Rocky Garden, por exemplo) e ciganas. Em 2018, só as microcervejarias produziram 1 milhão de litros da bebida que é uma das paixões dos brasileiros, com um investimento de R$ 10 milhões no setor, que emprega mais de 5 mil pessoas direta e indiretamente. Na 30ª Festa do Colono Alemão de 2019, mais de 130 mil litros de cerveja foram consumidos, sendo 30 mil só de cerveja artesanal na barraca que ficou nos jardins do Palácio de Cristal, em 17 dias de evento. 

“O setor vem movimentando a economia da cidade. A gente já vem fazendo um trabalho turístico na região. E teve a lei que reformulou todo o processo de implantação de um novo processo cervejeiro na cidade. E também na agilidade do processo interno com a prefeitura. Hoje, em aproximadamente seis meses uma indústria é legalizada em Petrópolis”, destaca José Renato Romão, presidente da Associação das Microcervejarias de Petrópolis e proprietário da Brewpoint, uma das fábricas visitadas.

“Em Petrópolis, a gente está conseguindo se posicionar dentro do mercado nacional de uma forma diferenciada. A gente tem de tudo pra poder ser realmente o diferencial na economia da cidade. Petrópolis teve uma lei aprovada, que foi a lei da cerveja, que me possibilitou estar nesse espaço aqui. Com certeza o apoio do governo faz toda a diferença”, completa o sócio da Duranz, Daniel Noel, outra cervejaria que recebeu a comitiva.

O circuito também incluiu a Cervejaria Imperial, que é uma das “plantas” – como as fábricas são chamadas – mais modernas do mundo. Por lá, estão empregadas 320 trabalhadores e o lugar continua em expansão, com projeto para implantação de visitas turísticas.

Vale ressaltar que, nestes dois anos de Capital Estadual da Cerveja, a lei 7.565 de outubro de 2017, que regulamentou o setor facilitando a instalação das microcervejarias artesanais e brewpubs (bares que produzem as próprias cervejas), foi um dos exemplos de incentivo do município ao setor, trabalhando para fortalecer os cervejeiros. Aprovado por unanimidade em 22 de junho do ano passado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), desde 14 de julho de 2017 é lei o projeto classificando Petrópolis como Capital Estadual da Cerveja.

Sexta, 18 Agosto 2017 - 15:50

Carl Zeiss recebe licença para operação

A  prefeitura e o Inea entregou a licença de operação para a Carl Zeiss nesta sexta-feira (18.08). A empresa internacional do ramo de ótica esperava pelo documento desde 2005. O grupo emprega diretamente 580 pessoas em Petrópolis e pretende investir R$ 24 milhões no país no ano que vem. Antiga Sola Brasil, a indústria, instalada há 42 anos, é uma das mais antigas da cidade.

A prefeitura quer ajudar as empresas que geram empregos na cidade. Alexandre Becker destacou o interesse da empresa em se adequar às normas ambientais. “Hoje é um dia de muita alegria para o Inea. Vale destacar o trabalho em conjunto dos nossos técnicos com os técnicos da empresa. O objetivo do Instituto é a adequação da atividade ao controle do Meio Ambiente”, explicou o representante do Inea.

O gerente geral da Carl Zeiss no Brasil, Lee Jonhson, destacou os investimentos realizados no país nos últimos anos. “Mesmo com o Brasil em crise há mais de três anos, somos uma empresa que acredita no país. Os nossos maiores investimentos estão acontecendo em meio à crise. Investimos nove milhões de reais em 2016, neste ano são  R$ 23 milhões e no ano que vem serão mais R$ 24 milhões. Acreditamos muito no potencial do Brasil e especialmente em Petrópolis”, afirmou.

“Agradeço a parceira com a cidade de Petrópolis e com a prefeitura e temos um compromisso de manter os investimentos na cidade”, disse o diretor de finanças da empresa, Roberto Zotter.

Pagina 8 de 34

Notícias por data

« Setembro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30        

Prestação de conta COVID-19

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo