A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, e o Conselho Municipal de Saúde (Comsaúde) promovem nesta sexta-feira (3/7), na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo, a solenidade de abertura da 13º Conferência Municipal de Saúde. O evento tem como tema “Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro”.
            
A programação da 13º Conferência Municipal de Saúde segue no sábado (4/7), na Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase), com as palestras, discussão dos eixos temáticos e aprovação do relatório final, a partir das 8h. Ao todo serão três eixos: Direito e dever à saúde, garantia do acesso e atenção de qualidade, e a participação dos  usuários (controle social) e dos trabalhadores da saúde;  Financiamento do SUS: análise da situação atual da aplicação, das necessidades e as possibilidades de captação de recursos, conforme o modelo de atenção à saúde e de gestão do SUS; e a atenção Básica como porta de entrada, coordenadora e integradora do Sistema de Saúde e a construção/consolidação da Rede de Atenção à Saúde.

Na terça-feira (7/7), será realizada a eleição da nova composição do conselho para o biênio 2015/2017. A sessão tem início às 18h30, na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta.

Serviço:

13º Conferência Municipal de Saúde de Petrópolis
Tema: Saúde Pública de Qualidade para Cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro

Abertura
Data: 3/7
Local: Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta – Avenida Koeler, nº 260 – Centro
Horário: 18h30

Discussão eixos temáticos
Data: 4/7
Local: Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase) – Avenida Barão do Rio Branco, nº 1003 – Centro
Horário: 8h às 18h

Eleição Conselho
Data: 7/7
Local: Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta – Avenida Koeler, nº 260 – Centro
Horário: 18h30

Curso abordou instruções sobre os riscos biológicos envolvendo os resgates.

Quinze oficiais do Ministério da Aeronáutica foram capacitados pelo SAMU - Serviços de Atendimento Móvel de Urgência ao longo desta semana e nesta quinta-feira (05.10) concluíram o curso de atendimento pré-hospitalar e de proteção a riscos biológicos – contato com ferimentos e secreções de vítimas de acidentes - conforme preconiza a norma reguladora NR32. Os oficiais, entre médicos, enfermeiros, sargentos e cabos, realizaram aula prática de resgate e prova teórica para receberem a certificação do SAMU.

Em novembro uma nova turma de oficiais do Ministério da Aeronáutica será capacitada comprovando a referência do SAMU em toda a Região Serrana na formação de profissionais que atuam na área da Saúde ou de resgate.

“O resultado foi tão positivo que já fomos procurados pelo comandante tenente Mazzoni do pico do couto do Cindacta – Centro Integrado de Defesa e Controle do Espaço Aéreo solicitando mais um treinamento em novembro. A expectativa é que esses oficiais sejam multiplicadores desse conteúdo junto às equipes e que possamos criar novos módulos para avançarmos nesta formação. Além da Aeronáutica, neste mês ainda iremos promover o treinamento para oficiais do exército sobre o mesmo tema”, anuncia o coordenador administrativo do Samu, José Geraldo da Rocha.

A NR32 tem por finalidade estabelecer as diretrizes básicas para a implementação de medidas de proteção à segurança e à saúde dos trabalhadores dos serviços de saúde. A capacitação visa alertar sobre os acidentes biológicos além de infecções diversas por exposição a pacientes e materiais infectado por não utilização de EPI – Equipamento de Proteção Individual.
“Apesar de termos profissionais de saúde no treinamento, para muitos, algumas técnicas apresentadas foram novidades. O nível dos oficiais está muito bom e agora eles terão noção de como manipular a vítima de acidentes com segurança, como estabilizar uma fratura, como conter um paciente psiquiátrico, além das técnicas de ergonomia para que eles não se lesionem no transporte às vítimas”, explica o instrutor do curso, enfermeiro Eduardo Alencar Dias de Souza.

A capacitação dos profissionais que atuam na área da Saúde e a formação continuada é uma das diretrizes do governo. O Secretário de Saúde, Silmar Fortes, explica que no início do ano os profissionais da rede foram capacitados e anuncia que os cursos do Samu podem ser solicitados por outras entidades e até mesmo secretarias.

Imunização chega a 79% do público alvo

A Secretaria de Saúde mantém disponível a vacina contra a gripe nas 15 salas de vacinação do município. Até esta terça-feira (17.07), foram aplicadas 74.350 doses da vacina, sendo 79% do público alvo imunizados. No município, 93 mil pessoas fazem parte do público alvo da campanha e a expectativa da Secretaria de Saúde é de que 90% deste público seja imunizado. No ano passado, foram vacinadas 77.923 pessoas o que representou 82,63% da meta de imunização.

A vacinação foi ampliada para crianças de 5 a 9 anos de idade e adultos de 50 a 59 anos, no último dia 25 de junho. Devem ser vacinados, ainda, idosos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), crianças de seis meses a menores de cinco anos, doentes crônicos (com apresentação de indicação médica), profissionais da Saúde e professores. Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também podem ser imunizadas, mas devem apresentar indicação médica.

A vacinação é a forma mais eficaz e segura de prevenir a gripe e suas complicações. Por isso, é essencial que a população procure nossas salas de vacinação para se imunizar. A gripe pode ser provocada pelo vírus influenza e se agravar entre a população mais vulnerável à doença.

As crianças de seis meses a cinco anos de idade e as gestantes, que estão entre os grupos prioritários mais vulneráveis à gripe e registram baixos índices de vacinação, com cobertura de apenas 53% e 55%, respectivamente, em Petrópolis. Entre os subtipos do vírus influenza os mais frequentes em humanos são: A (H1N1), A (H3N2) e Influenza B, que podem ser prevenidos com a vacina e com medidas simples de higiene.

A diretora do departamento de Vigilância em Saúde, Elisabeth Wildberger alerta que a imunidade contra a doença ocorre somente entre 10 a 15 dias após a aplicação da vacina. Ela lembra que a transmissão da gripe ocorre pelo contato com pessoas infectadas, ao tossir, espirrar ou falar, e alerta para os cuidados.

“A transmissão da gripe pode ocorrer pelo contato com pessoas infectadas, por isso, as mudanças de hábitos podem ajudar na prevenção, como manter as mãos sempre limpas, utilizar álcool gel; não compartilhar objetos de uso pessoal e evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe”, pontua Elisabeth.

A pensionista Maria da Penha Silva, de 69 anos, foi ao Centro de Saúde na manhã desta terça (17.07). Ela conta que teve receio de vir antes, por achar que não estava nas condições físicas ideais. Mas o auxílio do médico do Posto de Saúde da Família (PSF) a deixou tranquila para poder tomar a vacina.

“Tomo a vacina todos os anos, mas, neste, acabei ficando com um pouco de receio. Mas, com o acompanhamento do médico do PSF do Amazonas eu fiquei mais tranquila para poder vir me imunizar. Acho muito importante prevenir e faço votos de que todos que ainda não se imunizou o faça”, conta dona Maria da Penha.

O atendimento nos 15 locais de vacinação estará disponível de 8 às 16h – com intervalo de 1h para almoço. Confira a lista de postos:

PSF Alto da Serra

PSF Posse

PSF São Sebastião

UBS Alto Independência

UBS Morin

UBS Mosela

UBS Itaipava

UBS Pedro do Rio

UBS Quitandinha

UBS Retiro

Centro de Saúde Coletiva

Centro de Saúde no Itamarati

Ambulatório Escola

Epidemiologia (ao lado do Hospital Municipal Doutor Nelson de Sá Earp)

Hospital Alcides Carneiro (HAC)

Evento é aberto ao público e fará uma retrospectiva sobre a implantação do SUS

 Um debate sobre democracia e saúde, após 30 anos de criação do Sistema Único de Saúde (SUS), é o que vai propor a 15ª Conferência Municipal de Saúde de Petrópolis. O evento terá abertura nesta sexta-feira (29.03), às 18h30 na Casa dos Conselhos, localizada na Av. Koeler, 260. No sábado (30.03), a programação continua com um ciclo de palestras e debates, das 8h às 18h, na Faculdade de Medicina de Petrópolis, da Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase).  O evento é aberto para o público em geral que pode se inscrever pelo site da prefeitura http://web2.petropolis.rj.gov.br/ssa/conferencia-saude/ ou fazer o credenciamento no próprio sábado, de 8h às 10h.

O evento enfatiza os 30 anos de existência do SUS e aborda a questão do direito à saúde, como um dever do estado. O dia começa com uma apresentação do panorama geral da saúde no município; discutirá a saúde como um direito de toda a população; abordará os princípios do SUS; e o financiamento adequado e suficiente. Na ocasião, serão montados grupos de trabalho para debater sobre os temas abordados.

O sistema, criado na constituição de 88, foi gerado após algumas adequações do serviço público de saúde que deu os primeiros sinais de surgimento em 1934, no governo Vargas, quando eram oferecidos pelo estado o tratamento para endemias e epidemias. Em 1953 foi criado o Ministério da Saúde, que direcionou o serviço público aos trabalhadores de carteira assinada e somente depois o acesso à saúde é expandido, como direito para toda a população.

O evento pretende, entre outras coisas, corroborar o fato de que o SUS é para todos e mesmo as pessoas que usam planos de saúde em algum momento recorrem ao SUS ou se beneficiam dos serviços oferecidos.

Dia D foi nesta terça-feira (05.06) e contou com a presença de 45 servidores municipais

Foram arrecadados 23 litros para o estoque do Banco de Sangue que fica no Hospital Santa Teresa

O Dia D da campanha “De gota em gota a gente alimenta a vida”, organizada pela prefeitura, arrecadou 23 litros de sangue, garantindo que 180 vidas sejam salvas. Realizada nesta terça-feira (05.06), a ação foi organizada para contribuir com a normalização do estoque do Banco de Sangue que fica no Hospital Santa Teresa, no Bingen, que teve uma queda considerável em virtude da greve dos caminhoneiros que atingiu todo o país. Por conta da paralisação, a quantidade está abaixo do nível considerado ideal.  

Com a paralisação dos caminhoneiros, a prefeitura tomou uma série de medidas de contingência para que os serviços essenciais à população não fossem prejudicados. Com a crise, o estoque do banco de sangue Santa Teresa também foi afetado. A prefeitura espera que com a contribuição dos servidores e da população, consiga normalizar o quanto antes a situação.

A campanha de doação de sangue foi coordenada pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias em parceria com a Secretaria de Assistência Social. A ação já era prevista como parte do eixo humanitário do Plano Inverno de Petrópolis 2018. A mobilização estava marcada para o dia 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue, mas foi antecipada devido à crise no estoque do banco de sangue.

“Assim como no ano passado, o efetivo da Defesa Civil já estava mobilizado para o Dia Mundial do Doador, mas agora antecipamos e ampliamos a campanha. A presença dos servidores da prefeitura e da população foi muito importante para o sucesso do nosso Dia D”, destacou o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, primeiro a doar nesta terça-feira.

A secretaria de Assistência Social, Denise Quintella, também participou do Dia D. “O trabalho em conjunto com a Defesa Civil acontece desde o ano passado, dentro das ações do eixo humanitário do Plano Inverno de Petrópolis. Neste ano a parceria foi ampliada, com o apoio ao nosso atendimento aos moradores em situação de rua. A mobilização pela campanha de doação de sangue partiu da prefeitura para ajudarmos no retorno à normalidade do estoque do banco de sangue”, disse.

Rodrigo Scot, de 41 anos, é professor de jiu-jitsu em uma academia de Itaipava e convenceu oito alunos a participarem do Dia D. Ele destacou a importância da campanha para a cidade e reforça que os esportistas precisam ser exemplo para a sociedade. "Mais importante do que formar um atleta de alto rendimento ou um competidor, é a formação do indivíduo. Aqui a gente faz um ato solidário e ajuda a toda a população da cidade. Acredito que o esporte oferece valores que vão além dos títulos e medalhas”, disse.

O Dia D para doação ao banco de sangue também contou com a presença do secretário de Meio Ambiente, Fred Procópio, do superintendente de Esportes e Lazer, Hingo Hammes, do coordenador de Políticas para a Juventude, Wesley Barreto, e de representantes da Legião da Boa Vontade (LBV), parceria da Defesa Civil no eixo humanitário do Plano Inverno de Petrópolis 2018.

Rodrigo Moreira, que é captador do Banco de Sangue Santa Teresa, explica que o local atende três hospitais credenciados da cidade e região, realizando 650 transfusões por mês. Ele ressalta que a importância da população ajudar neste momento de crise. “Para atender a demanda com segurança, são necessárias 80 doações por dia. Por conta dessa crise, chegamos a receber menos da metade desse número de doações. A campanha da prefeitura é importante e chama atenção para que todos ajudem nesse momento”, disse.

 O banco está localizado no Hospital Santa Teresa, na rua Paulino Afonso, 477, no bairro Bingen. O local possui estacionamento próprio, sendo gratuito para o doador. Mais informações pelo telefone (24) 2245-2324/ (24) 99269-4355.

Critérios para doar

Os interessados precisam pesar mais de 50 quilos e estar em boas condições de saúde. Não é necessário fazer jejum, mas é preciso esperar 3 horas após o almoço ou a ingestão de alimentos gordurosos. No local, basta apresentar um documento oficial com foto e ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam de autorização e estar acompanhados por um responsável).

 O voluntário não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação. Quem tiver feito tatuagem e/ou piercing recentemente precisa aguardar 12 meses após o procedimento, e quem fez endoscopia deverá aguardar 6 meses após a realização do procedimento.

Vacinação segue em 41 unidades para vacinação da população

A Secretaria de Saúde cumpriu a meta inicial de vacinação contra febre amarela imunizando, desde janeiro, 181.400 moradores de Petrópolis. Após cumprir a diretriz do Ministério da Saúde, ao realizar um cinturão de imunização nas áreas verdes, o município ampliou a vacinação para toda a população, seguindo a determinação da Secretaria de Estado de Saúde em vacinar toda a população do município.

Diariamente as doses estão disponíveis em 31 Postos da Saúde da Família, seis Unidades Básicas da Família, além da Coordenação de Epidemiologia, Ambulatório Escola em Cascatinha, do Hospital Alcides Carneiro e do Centro de Saúde. O atendimento está disponível de 8 às 15h com o intervalo de 1h para almoço.

A campanha de vacinação contra a febre amarela teve início em Petrópolis no dia 18 de março com a chegada de 75 mil doses. Além de proporcionar um sistema de vacinação inédito, com 50 pontos de vacinação em todo município, a Saúde também adotou a vacinação volante, levando as doses à população da zona rural e famílias que vivem em locais próximos a matas. A distribuição volante ocorreu nas localidades do Brejal, Posse, Pedro do Rio, Boa Esperança, Caxambu, Vale das Videiras, Bonfim e Caititu.

A 18º Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe), promovida em Petrópolis pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, teve início nesta segunda-feira (25/4). A mobilização segue até o dia 20 de maio, e a meta é imunizar 80% do público alvo. Pessoas com 60 anos ou mais de idade; crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes; puérperas (mulheres no período de até 45 dias após o parto); e pessoas com doenças crônicas devem tomar a vacina.

“O objetivo da campanha é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza. A população alvo para a vacinação é estipulada pelo Ministério da Saúde, que também recomenda a necessidade de prescrição médica para a vacinação em pessoas com doenças crônicas”, explicou a coordenadora da Epidemiologia, Claudia Mara.

A vacina é contraindicada a quem tiver histórico de reação inflamatória ou alergia relacionada ao ovo de galinha e a seus derivados. Quem já teve reação à dose também não deve se imunizar. "Para quem estiver com febre, recomenda-se adiar a vacinação até que o quadro melhore. E para pessoas com história de Síndrome de Guillan Barré, é preciso consultar um médico antes de se imunizar", recomendou a coordenadora de Epidemiologia.


Veja a lista de postos que estarão participando da campanha:


Ambulatório Wilson Martelli (Hospital Alcides Carneiro)

PSF Carangola

PSF Vale do Carangola

PSF Jardim Salvador

PSF Castelo São Manoel

PSF Águas Lindas

PSF Vale das Videiras

PSF Comunidade Primeiro de Maio

PSF Secretário

PSF Posse

PSF Brejal

PSF São Sebastião

PSF Siméria

PSF Dr. Thouzet

PSF Meio da Serra

PSF Vila Felipe

PSF Alto da Serra

PSF 24 de Maio

PSF Caxambu

PSF Bataillard

PSF Moinho Preto

PSF Comunidade São João Batista

PSF Bairro Castrioto

PSF Pedras Brancas

Instituto da Mulher, da Criança e do Adolescente (Centro de Saúde)

Ambulatório Escola

UBS Itaipava

UBS Retiro

UBS Pedro do Rio

UBS Quitandinha

UBS Alto Independência

UBS Morin

Meta de imunizar 100% da população até outubro

 Não há casos da doença registrada em humanos e nem sob investigação

A Secretaria de Saúde vem reforçando as estratégias de imunização contra febre amarela em todo o município. Além de manter as doses em 41 unidades, a Saúde realizará uma nova etapa de vacinação volante em áreas verdes e de mata fechada. A ação ocorrerá em Araras ainda na primeira quinzena de junho. O objetivo é reforçar o cinturão de imunização proposto pelo Ministério da Saúde que já imunizou mais de 80 mil pessoas, apenas em áreas verdes, entre março e abril deste ano.

Pelo menos 190 mil moradores de Petrópolis foram imunizados contra a febre amarela até o momento. A Secretaria de Saúde estima que até outubro mais 100 mil pessoas sejam vacinadas. A medida atende a recomendação da Secretaria de Saúde do Estado que confirmou no dia (25/05), a morte de um macaco por febreamarela, em uma área de mata fechada no bairro Bataillard, na Mosela.

O Ministério da Saúde passou a adotar o protocolo de imunização preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) que indica a dose única da vacina contra a febre amarela para as áreas com recomendação de vacinação em todo o país.

Devem se vacinar: crianças a partir de 9 meses a adultos com até 59 anos. A imunização é contraindicada para gestantes, imunodeprimidos (pessoas com o sistema imunológico debilitado) e pessoas alérgicas a gema de ovo. Os idosos devem ser vacinados apenas com a liberação de um médico. Diariamente as doses estão disponíveis em 31 Postos da Saúde da Família, seis Unidades Básicas da Família, além da Coordenação de Epidemiologia, Ambulatório Escola em Cascatinha, do Hospital Alcides Carneiro e do Centro de Saúde. O atendimento está disponível de 8 às 15h com o intervalo de 1h para almoço.

Números da Secretaria de Saúde divulgados hoje (4/11) mostram que 1950 mulheres realizaram o preventivo nos postos e unidades básicas de saúde do município, durante a Campanha Municipal do Preventivo, realizada em outubro, A mobilização teve como objetivo chamar a atenção das mulheres sobre a importância de realizar o exame contra o câncer de colo de útero. Neste ano, quase 16 mil exames foram feitos na rede pública de saúde.

“Conseguimos bater a meta durante a semana da campanha. Tínhamos a previsão de realizar 1200 exames e fizemos quase dois mil. Houve uma mobilização importante das mulheres. O preventivo é um procedimento rápido e muito importante, considerado a principal forma de prevenção contra o câncer no colo do útero”, alertou a coordenadora do Programa da Mulher, Fabíola Heck.

O exame é oferecido em todos as unidades de saúde do município. “Quem não fez o preventivo durante a campanha pode procurar um posto e agendar. O exame deve ser feito uma vez por ano”, disse a coordenadora.

O câncer no colo do útero é um dos responsáveis pelo elevado índice de mortalidade feminina. O preventivo permite que anormalidades sejam detectadas precocemente, fazendo com que o problema seja tratado antes mesmo do surgimento da doença.

Entrega de medicamentos especiais e por demandas judiciais estão acontecendo na antiga sede da Farmácia Popular

Privilegiando o acesso a medicamentos gratuitos junto à população, a prefeitura inaugurou nesta terça-feira (19.09) um serviço pioneiro no município, o 1º Polo de Assistência Farmacêutica Integrada (PAFI) localizado na antiga unidade da Farmácia Popular do Centro da Cidade, na Rua Epitácio Pessoa, ao lado dos Correios.  A expectativa é que mensalmente sejam atendidas 800 pessoas no local. Dentre os serviços prestados está o credenciamento e a entrega de medicamentos especiais fornecidos pela Secretaria de Saúde do Estado além do fornecimento de remédios por demandas judiciais com atendimento de segunda a sexta-feira, de 8 às 16h.

O espaço foi projetado após o fechamento da Farmácia Popular em julho pelo governo federal, quando o município assumiu a responsabilidade de reordenar o atendimento nas unidades. Assim que a prefeitura recebeu o comunicado do Ministério da Saúde para fecharmos as unidades da Farmácia Popular resolvemos criar um novo ordenamento para fornecimento dos medicamentos. O projeto é uma indicação do nosso prefeito que vai manter a farmácia do Centro de Saúde apenas com o fornecimento dos medicamentos vinculados à atenção básica.

No local há acesso para cadeirantes, com banheiro adaptado, além de bancos e guichês separados por atendimentos. Há ainda um profissional farmacêutico atuando na unidade cumprindo as exigências do Conselho de Farmácia e as normas de vigilância sanitária quanto às adequações de atendimento e armazenamento dos medicamentos.

 Atendimentos de medicamentos especiais e por mandatos judiciais

A prefeitura otimizou o fornecimento de medicamentos destinando ao Polo de Assistência Farmacêutica a entrega dos remédios enviados pelo Estado que são direcionados a pacientes transplantados, renais, com lupos, além de outras demandas por remédios especiais. As entregas deixam de acontecer no Centro de Saúde e passam ser no polo farmacêutico. Os atendimentos ocorrerão de 8 às 16h, de segunda a sexta-feira.

“O espaço é bem melhor, o atendimento lá no Centro de Saúde não era ruim, mas agora ficou mais espaçoso e organizado. Por mim está aprovado”, disse a cabeleireira Simone da Silva Cunha que mensalmente busca medicamentos fornecidos pelo Estado para o filho.

Para o produtor rural, José Carlos, a facilidade da entrega é um ponto importante do espaço.

“Eu venho buscar uma vacina para o meu genro que é paciente reumático. Para mim foi muito bom por ser uma área no centro da cidade”, disse o produtor rural.

Os atendimentos que ocorriam na Avenida Dom Pedro (Saúde do Trabalhador) com entrega de materiais por mandatos judiciais, também ocorrem no local e manterá o mesmo fluxo já vigente, acordado junto a defensoria pública, de 8 às 16h às terças, quartas e quintas-feiras. 

 “Para mim foi excelente a mudança, antes tinha que subir até a rua Dom Pedro para pegar os medicamentos que consigo por mandatos judiciais e agora é bem no centro. O melhor é que os atendimentos são separados então a gente não fica preso em filas”, avalia a doméstica Liliane Hottz Bastos.

Medicamentos da Atenção Básica continuam sendo ofertados no Centro de Saúde e Unidades de Saúde

 Os medicamentos pertencentes à Atenção Básica vinculados aos programas de Saúde – Mental, Hipertensão, Diabetes, Asma, entre outros continuarão sendo fornecidos gratuitamente no Centro de Saúde e nas Unidades de Saúde.

 “Disponibilizamos um funcionário apenas para informar a população sobre o funcionamento e os medicamentos que estarão disponíveis aqui. O que precisamos reforçar é que a farmácia popular não vai abrir novamente. Não teremos venda de medicamentos no local. O Ministério da Saúde disponibiliza no programa ‘Aqui tem Farmácia Popular’ os medicamentos nas farmácias particulares. O que iremos fazer é desafogar as farmácias do Centro de Saúde e futuramente de Corrêas para prestar o atendimento adequado à população”, afirma Roseane Borsato Costa, coordenadora do Núcleo de Assistência Farmacêutica.

Pagina 5 de 164

Alvará Online - BANNER

Notícias por data

« Outubro 2019 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

Cadastro da inscrição do IPTU para crédito da Nota Imperial

turispetro

iluminacao

balcao empregos

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

EOUVmunicipios

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo