Sexta, 10 Janeiro 2014 - 09:54

Teste mensal de acionamento de sirenes nesta sexta-feira dia 10

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, realizará nesta sexta-feira (10/1) o teste mensal das sirenes do Sistema de Alerta e Alarme. Às 10h, os 18 conjuntos de sirenes instalados em Petrópolis serão acionados remotamente, da sede da Defesa Civil pela internet, e manualmente, com agentes nos locais usando chaves.

A medida é fundamental para detectar e corrigir possíveis falhas nos equipamentos. Com os testes mensais realizados ao longo de 2013, a Prefeitura conseguiu que todas as sirenes estivessem funcionando no fim do ano – tanto remota, quando manualmente –, o que não acontecia em 2012.

É uma determinação do prefeito Rubens Bomtempo que a Defesa Civil invista cada vez mais em prevenção de desastres das chuvas. Para isso, o Sistema de Alerta e Alarme é a melhor ferramenta que Petrópolis possui a curto prazo. Os alertas não são dados quando vai chover, mas sim quando há risco de deslizamento generalizado na comunidade. Quando as sirenes soam, os moradores devem se dirigir para locais seguros, como casas de amigos e parentes que não ficam em áreas de risco, ou para pontos de apoio definidos pela Defesa Civil.

As 18 sirenes estão instaladas em dez comunidades: no Quitandinha, Ferroviários, Vila Felipe, João Xavier, Sargento Boening, São Sebastião, Siméria, Independência, Dr. Thouzet e 24 de Maio. Há um total de 24 pontos de apoio nessas regiões.

O secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, coordenará o teste desta sexta-feira. Ele lembra que os moradores não devem esperar as sirenes serem acionadas para sair de casa. “Quando a sirene toca, já é para o morador ter saído de casa. Quem mora em área de risco sabe quando está chovendo forte, até pelo barulho da chuva no telhado. Então não é para esperar a sirene tocar. A sirene é o último aviso, informando que quem ainda não saiu de casa deve sair imediatamente”, disse o secretário Rafael Simão.