Domingo, 16 Novembro 2014 - 08:52

Defesa Civil será incluída na grade curricular das escolas municipais em 2015

A Defesa Civil passará a fazer parte da grade curricular do ensino fundamental da rede municipal da educação a partir de 2015. Os estudantes do 6º ao 9º ano aprenderão, em sala de aula, noções básicas de prevenção de desastres das chuvas, medidas para deixar sua casa mais segura no verão e o entenderão o que fazer antes, durante e depois das fortes chuvas. A iniciativa do prefeito Rubens Bomtempo se soma às demais medidas que vêm sendo tomadas desde 2013 pelo município para a redução de riscos de desastres naturais em Petrópolis, como obras de contenção de encostas, capacitação de voluntários nas comunidades, criação da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, convocação de três geólogos concursados para a Defesa Civil, entre outras ações.

Neste fim ano e no início de 2015, a Secretaria de Proteção e Defesa Civil irá capacitar os professores da rede municipal sobre a temática da prevenção de desastres das chuvas, para que eles possam ministrar as aulas já no ano que vem. A Secretaria de Educação estuda se o tema será abordado nas disciplinas já existentes ou se cria uma disciplina exclusiva de Defesa Civil.
Novidade anunciada em fórum da educação - A novidade foi anunciada pela secretária de Educação, Mônica Freitas, em São Paulo, no Fórum de Líderes da Educação Pública, evento organizado pela Comunidade Internacional de Cooperação na Educação (Mind Group) para debater o cenário do ensino brasileiro. Na ocasião, ela discursou para representantes políticos e educacionais de todo o país sobre as ações da Prefeitura na educação de Petrópolis.

“É uma premissa do governo municipal tratar temáticas importantes para Petrópolis de forma intersetorial, com várias secretarias atuando em prol do município, como é o caso da prevenção de desastres das chuvas. Por isso, vamos incluir no currículo escolar, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, a temática da educação ambiental com ênfase na redução de desastres naturais”, disse Mônica Freitas.

Para o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, esse é mais um passo que está sendo dado pelo município para deixar Petrópolis cada vez mais segura no verão. “É fundamental levar para as escolas a cultura da Defesa Civil. No Japão, vimos que as crianças aprendem desde cedo a agir de forma preventiva em relação a desastres naturais. Então temos que seguir esse bom exemplo. O aluno aprendendo na escola sobre prevenção de desastres das chuvas levará essa conhecimento para a sua família, para os amigos da rua. Com isso, avançaremos na mudança da nossa forma de lidar com o risco, como cada um fazendo a sua parte para deixar Petrópolis mais segura, colocando calha no telhado, não jogando lixo nas encostas, nos rios ou nas ruas, não construindo de forma irregular”, disse Simão.