Quinta, 18 Abril 2013 - 20:03

Acesso ao crédito anima empresários da cidade

A facilidade no acesso às linhas especiais para as empresas petropolitanas afetadas pelas chuvas vem atraindo empresários de todas as regiões do município, em um esforço para que a cidade se levante economicamente. Em três dias de atendimento, a unidade móvel da CEF, que foi montada em um caminhão estacionado na Praça Dom Pedro, já encaminhou mais de 100 pedidos, trazendo à tona histórias de otimismo para os empresários petropolitanos.

Patrick Fernandes, dono de uma loja de tintas próxima à praça, conta que teve uma perda muito grande com as chuvas de março, quando entrou água em seu estabelecimento. O fato ocasionou estragos de mercadorias, computadores e outros materiais imprescindíveis para a realização do seu trabalho. “Quero voltar ao que era antes, recuperar minhas perdas. Essa agência móvel veio em ótima hora. A localização dela aqui na praça estimula os empresários a virem, pois é um local de fácil acesso”, disse.  

O secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa, explica que a meta é impulsionar a economia da cidade. “Esta unidade da CEF é de fácil acesso a todos, o que proporciona conforto aos cidadãos e agiliza os trâmites para a obtenção da linha de crédito. É uma injeção de suporte ao empresário petropolitano”, comemorou.

O caminhão de 15 metros chegou a Petrópolis esta semana para garantir o acesso às linhas de crédito disponibilizadas pelo Programa Emergencial de Reconstrução dos Municípios Afetados por Desastres Naturais (PER). A solenidade de lançamento foi feita na terça-feira, na sede da Firjan, com a presença do vice-governador Luiz Fernando Pezão e do prefeito Rubens Bomtempo, além das instituições financeiras parceiras na iniciativa: AgeRio, Caixa Econômica, Banco do Brasil e BNDES.

Durante o evento, o prefeito também anunciou que vai tentar, junto ao BNDES, o aumento do limite de crédito por empresário. “Temos certeza de que os agentes serão sensíveis ao nosso pedido e vão liberar mais essa ajuda. É importante reconstruir a cidade, ajudar os empresários a se reerguer e fazer com que tudo volte à normalidade”, afirmou. A linha de crédito prevê empréstimos de até R$ 500 mil por empresa (crédito  limitado a 60% da receita operacional bruta), com juros de 5,5% ao ano. Com o pedido de Bomtempo, poderá chegar a R$1 milhão.O empresário pode ter até dois anos de carência e 10 anos para quitar o financiamento.

Swedalmo Basílio de Souza, que tem uma empresa prestadora de serviços gerais, elogia a iniciativa do governo municipal. “A prefeitura está fornecendo oportunidade para nós, microempresários, recuperarmos os danos causados pelas chuvas. E com a vantagem de podermos vir aqui, na Praça Dom Pedro, um lugar central, próximo às lojas”, disse. 

Elza Abreu, dona de uma loja de roupas infantis, conta que foi atingida indiretamente pelas chuvas, pois, segundo ela, o movimento caiu muito no mês de março. “Agora preciso fazer investimentos em novas mercadorias para que a loja fique ainda mais atrativa para os clientes e assim eu possa recuperar o tempo perdido”.

Vagner Valente também se queixa da queda do movimento no comércio no último mês. Ele possui uma loja de som e acessórios no Centro. “Para mim foi ótimo ter colocado essa agência aqui, porque foi fácil e rápido vir. Já peguei as informações que preciso, tirei todas as minhas dúvidas e volto para a loja em um instante”, disse. 

 “O foco é o desenvolvimento econômico. O prefeito Rubens Bomtempo está comprometido com os empresários petropolitanos e com o progresso da cidade”, afirmou Patuléa. Ele explicou que o posto de atendimento da CEF, bem como o da AgeRio, instalado no Sebrae/Petrópolis, e os atendimentos especiais nas agências do Banco do Brasil vão suprir de forma satisfatória as demandas pelo crédito. A agência volante da CEF fica aberta diariamente de 10 às 16h. 

AgeRio também está na cidade

A Agência Estadual de Fomento (AgeRio), que é vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços do Estado do Rio de Janeiro  (Sedeis), está com um posto de atendimento no Sebrae, na 24 de Maio, desde terça-feira. O analista de projetos da agência, Carlos Guilherme Gomes Pereira, está no local atendendo o público empresário, que já conta com um total de 38 pessoas, principalmente da região da Rua Teresa e Alto da Serra.

“Estamos auxiliando os micro e pequenos empresários, fornecendo informações sobre como dar entrada aos pedidos de linhas de crédito”, afirmou ele, que fica no posto de atendimento de 9h às 18h. A AgeRio fica até esta sexta-feira e vai fechar os atendimentos às 14h.

Banner consulta_facil_262x179

Alvará Online - BANNER

Casa dos Conselhos

DO

turispetro

plano compras

portal transparencia

licitacao

Concursos

imc

Casa dos Conselhos

ecidade

jrestaurativa

gabinete cidadania.fw

cpge

carta

falabr-logo-azul 200

selo acesso_informacao.fw

Relatorio CMVP

cmv-logo