Neste sábado (11), a Prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria de Vigilância Ambiental do Departamento de Vigilância de Saúde, realizará a quarta etapa da campanha de vacinação antirrábica animal no município. A aplicação da vacina será realizada na região de Araras, Itaipava e Vale do Carangola, em locais fixos e postos volantes. Até o momento, 9.823 animais foram vacinados na campanha deste ano, sendo 7.687 cães e 2.136 gatos.

A Secretaria de Saúde tranquiliza a população em relação aos problemas registrados em Magé. “Vamos manter a vacinação antirrábica animal para este sábado. O que aconteceu em Magé foi um caso totalmente isolado, em que foi constatado que os cães mortos receberam insulina em vez de vacina contra a raiva. A situação foi investigada, houve apuração do caso e, seguindo a orientação da Secretaria de Estado, vamos manter a vacinação em Petrópolis”, disse o secretário de Saúde, tranquilizando a população.

A recomendação pela continuidade da campanha aconteceu após reunião realizada entre o Ministério da Saúde, Secretaria de Estado de Saúde, Secretaria de Saúde de Magé e Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFFRJ), nesta quarta-feira (08). A indicação ocorreu após conclusão que os animais receberam injeções de insulina em vez da vacina contra raiva. Ao todo, naquela cidade, 30 cães tiveram reação após a vacina.

A Coordenadoria de Vigilância Ambiental de Petrópolis ressalta que, para a vacinação, os cães e gatos devem ter a partir de três meses de idade. Animais conduzidos por crianças, prostrados, com diarréia ou vômito não serão vacinados. A responsabilidade de deslocamento do animal é do tutor. É obrigatório o transporte de gatos em bolsas pet ou caixas. Os cães devem estar com coleira e guia, e os animais bravos usando também focinheira.

“A raiva é uma doença infecciosa viral aguda, que acomete mamíferos, podendo ser transmitida aos seres humanos. Vacinar os animais contra a raiva é a única forma de prevenir a doença e manter os animais saudáveis. Pedimos que a população esteja atenta às recomendações e chegue com antecedência aos pontos de vacinação”, ressalta o governo municipal.

Além disso, a Coordenadoria orienta que tutores ou responsáveis com mais de cinco animais na mesma residência com dificuldade de mobilidade, compareçam ao ponto de vacinação com antecedência para que seja avaliada a possibilidade da vacinação dos animais em domicílio. “É necessária a apresentação de documento de identidade com foto, CPF e comprovante de residência. Após às 14h, a nossa equipe não conseguirá realizar a vacinação em domicílio. Por isso pedimos que as pessoas compareçam com antecedência”, ressalta a coordenadora da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde.

A campanha de vacinação antirrábica terá continuidade no dia 25 de setembro na região de Nogueira, Corrêas, Samambaia, Retiro, Mosela, Bingen e Carangola. A aplicação da vacina no Centro, Coronel Veiga, Quitandinha, Valparaíso, Castelânea e Meio da Serra, ocorrerá no dia 16 de outubro. Em 27 de novembro, a campanha será finalizada atendendo os moradores da Estrada da Saudade, Cascatinha, Itamarati, Alto da Serra, Morin e Caxambu.

Confira os locais e horário de vacinação:

E.M. Celina Schechner - Santa Mônica - Itaipava – 09h às 17h
UBS Itaipava – 09h às 17h
C.E.I Luis Marchiori - Estrada do Gentio - Itaipava – 09h às 12h30
E.M. Paula Buarque - Estrada das Arcas - Itaipava – 13h30 às 17h
PSF Cuiabá – 10h às 13h30
Associação de Moradores Madame Machado – 09h às 12h
PSF 1° de Maio – 13h às 17h
PSF Vale do Carangola – 09h às 12h30
Poço dos Peixes - Araras – 14h30 às 17h
Associação de Moradores do Malta - Araras – 9h às 17h
Associação de Moradores Vista Alegre - Araras – 9h às 12h30
Associação de Moradores Santa Luzia - Araras – 13h30 às 17h
Colégio Anglicano de Araras – 9h às 17h

O contato com a família aconteceu durante apresentação da Guarda Civil e o grupamento de operações com cães no Parque Cremerie, no último sábado (4)

Neste domingo (5), os agentes da Guarda Civil Municipal de Petrópolis, em especial a Jujuba (uma Golden Retriever de 3 anos), deram um importante exemplo do papel social da instituição. Eles ajudaram a alegrar a festa de aniversário de 9 anos da pequena Ketellyn Sophia, que descobriu um câncer aos cinco anos e segue em tratamento.

O contato aconteceu no sábado (4), durante uma apresentação do Grupamento de operações com cães da Guarda Civil, no Parque Cremerie. "Foi justamente uma ação para mostrar o papel dos cães da guarda para a sociedade e que eles são agentes capazes de salvar vidas, prestar relevantes papéis como agentes", informou o cinotécnico do canil da Guarda.

Parte da apresentação envolveu cães de mordida, de detecção e também os Golden Retriever (Chico e Jujuba), que fazem o trabalho de acompanhamento de pacientes com câncer no Centro de Tratamento Oncológico - CTO. Foi quando o inspetor Dimas e a Jujuba interagiam com as pessoas que participavam da apresentação, que eles conheceram a Ketellyn. "Ela se aproximou da Jujuba e depois me contou que adorou fazer carinho nela e contou ainda que no dia seguinte seria aniversário dela. Conversamos com os pais, que contaram que ela amava cachorro. Aí demos a ideia de levar a Jujuba na festa", contou o inspetor.

No dia combinado, os inspetores chegaram na festa, com a Jujuba levando os presentes. A alegria está em imagens registradas do momento. "Foi emocionante! Ela ficou muito feliz, amou a surpresa. Sempre quis ter um cachorro, mas por causa do tratamento e também por morarmos num apartamento não podia. Esse ano ela completa três anos de tratamento e felizmente ela entrou no controle. Graças a Deus, não tem mais nenhum sinal de doença nela e agora ela está no processo de reabilitação. Foi muito legal a surpresa, o momento" relatou o pai da Ketellyn, Douglas Luiz Procópio.

Para o governo interino, a atitude dos Guardas reforça o importante papel que o trabalho com o canil desempenha na cidade. "Retomamos a cinoterapia junto ao CTO e a gente vê nos pacientes e até nos familiares o quanto a conexão com o cão faz bem. A nossa Guarda, nesse trabalho com cães, é referência nacional e segue padrões internacionais. Um trabalho que volta para a população com benefício", pontuou.


A partir da próxima quarta-feira (08), moradores de Cascatinha poderão contar com mais uma ação do Programa Acelera Petrópolis. O CRAS Volante, que disponibilizará serviços como a atualização e inserção cadastral, serviço de convivência, orientações sobre cadastros em programas e benefícios sociais, estará instalado no Centro Cultural de Cascatinha, na Rua Hívio Naliato. A estrutura permanecerá no local até o dia 17 de setembro.

A iniciativa do governo interino tem o objetivo de facilitar o acesso da população a atualização e recadastramento do Cartão Imperial e a atualização do CadÚnico/Bolsa Família. A atividade terá início às 8h30 e vai até às 17h. Orientadores e assistentes sociais estarão no local realizando os atendimentos.

O Cras Volante é uma ação da Secretaria de Assistência Social com a finalidade de levar informações para quem mora em bairros e distritos, como também realizar atendimentos assistenciais com o intuito de facilitar o acesso da população aos serviços de assistência.

As equipes já percorreram comunidades do Vicenzo Rivetti, Roseiral, Jardim Salvador, Meio da Serra e Caxambu. Recentemente, estiveram no bairro Floresta, onde durante três dias foram atendidas 96 pessoas.

A secretária de Assistência Social ressaltou a importância da visita do Cras Volante para os moradores dos bairros onde ocorrem as ações. "Estamos facilitando o acesso de toda a população com o intuito de garantir que aqueles que mais precisam, sejam acolhidos. Muitas vezes eles não tem como chegar aos CRAS. Com o CRAS Volante, vamos até eles para que fiquem em dia com seu cadastro e possam obter os benefícios oferecidos nos programas sociais", disse.

São 84 animais que ganharam um novo lar desde o início das etapas, em fevereiro

A 10ª edição da Campanha de adoção de animais aconteceu no último sábado (28), na Praça Dom Pedro II, e promoveu o acolhimento de quatro pets. O evento, que ocorre quinzenalmente no município, é realizado pela Prefeitura de Petrópolis através da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea). Todos os cães e gatos que estiveram disponíveis na etapa foram levados pelas instituições Turma do Peludo, Dog’s Heaven e Amigo Vira-lata. As entidades se responsabilizaram também pela vacinação, castração e vermifugação dos animais presentes no local.

O prefeito Hingo Hammes celebrou a chegada da décima edição e ressaltou o trabalho desempenhado pela Coordenadoria. “Muito feliz de alcançarmos essa marca. Possibilitamos 84 posses responsáveis desde o início da campanha, um número expressivo. Tudo isso só é possível com o empenho da equipe da Cobea e dos apoiadores”, comentou.

Além das instituições citadas, a iniciativa também contou com apoio do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (COMUPA), Rospauth e a Escola de Tosa Cintia Lima. A Cobea está promovendo campanhas de adoção desde fevereiro deste ano. Em dez edições, 84 animais já foram contemplados com tutelas responsáveis.

“Tivemos mais um evento com resultado muito positivo. Estamos comemorando bastante os resultados obtidos. Queremos continuar incentivando a posse responsável na cidade e estimular a ideia de que adotar é tudo de bom. Por isso, reforçamos sempre: não compre, adote”, ressaltou o coordenador de Bem-estar Animal, João Valois.

A próxima edição da feira já tem data e horário marcado. Será no próximo dia 11 de setembro, das 10h às 15h, na Praça Dom Pedro II. Vale destacar que em caso de chuvas, uma nova data poderá ser agendada. Em caso de dúvidas, a Coordenadoria disponibiliza contatos por e-mail e telefone para esclarecimento de dúvidas da população.
Telefone: (24) 2291-1505
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Segunda, 30 Agosto 2021 - 10:44

HAC volta a ter missas na capela do hospital

A capela Nossa Senhora Aparecida, do Hospital Alcides Carneiro (HAC), voltou a ser utilizada para realização de missas. Após a interrupção por causa da pandemia, as atividades na paróquia estão sendo retomadas, abertas ao público, com todos os protocolos de segurança em função da covid-19. Nesta sexta-feira (27), o padre Rodrigo Alberti celebrou a quarta missa na capela desde a reabertura.

“A capela sempre foi um espaço importante do hospital, muito procurado por acompanhantes de pacientes e também moradores da região. É um ambiente de reflexão, de fé. É uma forma de acolher, de trazer esperança. Na capela as pessoas encontram amparo nos momentos em que mais precisam de forças, lembrou o governo interino.

Com novo dia e horário, as missas na paróquia agora são realizadas na última sexta-feira de cada mês, a partir das 15 horas. Na celebração desta sexta-feira, também foi concedida a bênção para os aniversariantes presentes e pelo dia do psicólogo, celebrado em 27 de agosto.

A Mitra Diocesana de Petrópolis que organiza as missas da capela. O bispo Dom Gregório Paixão, OSB, valoriza a retomada das celebrações: "A retomada das missas na capela do Alcides Carneiro é muito importante porque atende aos pacientes do hospital e profissionais de Saúde que desejam ter um contato com Deus. É um espaço para que eles possam rezar e ter seu momento de fé".

O diretor presidente do Sehac explica que a capela do Alcides Carneiro mantém as portas abertas: “Estamos aqui prontos para receber quem quiser ter esse momento de buscar força e exercitar a fé. Ter a capela ao lado do hospital permite que, nas horas difíceis e também nas horas boas, de celebração, as pessoas possam fazer seus pedidos e agradecer. Estamos com todos os cuidados de distanciamento e realizando essa volta com cautela”.

A partir da próxima semana, em todas as sextas-feiras, a capela contará com a exposição do santíssimo e com a oração do terço da misericórdia, das 15 às 17 horas. Nos dias em que houver missa, a exposição do santíssimo será ao fim da celebração, no momento da bênção final.

Moradores do Floresta tem até esta sexta-feira (27), para buscar os serviços do Cras Volante, disponibilizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Social (SAS). A estrutura está montada na Escola Municipal Professor Joaquim Deister. A ação que começou na quarta-feira, faz parte do projeto “Acelera Petrópolis”, e já atendeu 66 pessoas da localidade.

O Cras Volante disponibiliza à comunidade serviços como: atualização e inserção cadastral, serviço de convivência, orientações sobre cadastros em programas e benefícios sociais, entre outros. No projeto, são incluídas ações do CadÚnico, relacionado ao Bolsa Família, do Centro de Referência em Assistência Social (Cras Centro) e do Cartão Imperial.

Nesta sexta-feira, as atividades do Cras Volante, serão abertas a partir das 9h, com uma equipe da SAS composta por dois educadores sociais e uma assistente social. A ação vai até às 17h. A secretária de Assistência Social, Rosane Borsato, ressaltou a importância dos petropolitanos atendidos por programas sociais atualizarem seus dados ou se recadastrarem para evitar a perda dos benefícios.

As feiras acontecem com o intuito de incentivar a posse responsável

Neste sábado (28), de 10h às 15h, na Praça Dom Pedro, a Prefeitura de Petrópolis promove, por meio da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), a 10ª edição da Campanha de adoção de animais. Os interessados em adotar algum pet devem ser maiores de 18 anos, apresentar comprovante de residência fixa, carteira de identidade e CPF. Quatro instituições serão responsáveis por levar os cães vacinados, castrados e vermifugados para o evento: Alma Peluda, Turma do Peludo, Dog’s Heaven e Amigo Vira-lata.

O governo interino celebrou os resultados obtidos pela ações até o momento e disse aguardar por números cada vez melhores. “É uma alegria poder comemorar a décima etapa desta iniciativa. Desde o início, estamos buscando conscientizar as pessoas sobre a causa animal e a importância do ato do acolhimento. Já promovemos 80 adoções e tenho certeza que serão realizadas muito mais”, declarou.

Além das entidades que estão encarregadas de disponibilizar os animais para programação, o Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (COMUPA) também é apoiador do evento junto à Rospauth, que presenteia os novos tutores com um cupom de 10% de desconto em produtos do seu estabelecimento, e a Escola de Tosa Cintia Lima, que oferece uma sessão de banho e tosa aos animais adotados.

“Esse ano tivemos uma imensa felicidade com o crescimento da campanha e o apoio das pessoas com a causa. Um dos nossos principais objetivos com essa ideia é promover um maior número de adoções. O apoio que recebemos dos nossos parceiros também tem sido fundamental para o sucesso das últimas etapas” afirma o coordenador de Bem-estar Animal.

Vale destacar que a edição deste fim de semana pode ganhar uma nova data de realização em caso de chuvas. Desde fevereiro, a Cobea promove campanhas visando estimular a posse responsável de cães e gatos. Ao todo, a prefeitura viabilizou 80 novos lares para animais através dessa ação. A Coordenadoria disponibiliza contatos por e-mail e telefone para esclarecimento de dúvidas da população.
Telefone: (24) 2291-1505
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


A equipe da maternidade do Hospital Alcides Carneiro (HAC) retomou no último sábado (21), o Café com os Pais, para os acompanhantes das gestantes internadas na unidade. O objetivo do encontro é orientá-los sobre os cuidados necessários com a parceira e o bebê na maternidade e após o parto, além da instrução sobre as precauções com a própria saúde.

O Café com os Pais era realizado todos os sábados antes da pandemia da Covid-19. A coordenadora da maternidade do Hospital Alcides Carneiro (HAC) conta que a intenção é ir retornando com os encontros gradualmente. “Sentimos muita falta desse contato e das reuniões com os pais. O Café com os Pais também é uma forma de humanização do parto. Estamos voltando a realizar as ações na maternidade com todos os cuidados”.

Na reunião, os pais foram orientados sobre os acompanhamentos de rotina, paternidade ativa, planejamento familiar, saúde sexual reprodutiva, instruções sobre a amamentação, e troca de fraldas. Além disso, foram realizados testes rápidos de hepatites, HIV e sífilis. A coordenadora da Área Técnica de Saúde do Homem também esteve presente e ressaltou a importância da realização do pré-natal do parceiro.

“Fiquei muito feliz ao chegar no encontro e encontrar um pai que realizou o pré-natal do parceiro. Esse tipo de prevenção é muito importante para a saúde do homem para avaliação do estado geral do pai ou parceiro. Além disso, nas consultas é realizada a atualização do cartão de vacinas, orientações sobre a gravidez, parto, pós parto, amamentação e direitos do pai ou parceiro”, disse ela, lembrando que agosto também é o mês de valorização da paternidade.

A retomada do Café com os Pais faz parte da programação do HAC no Agosto Dourado, no mês de incentivo à amamentação. Além do encontro também foram realizadas artes gestacionais com as grávidas e colóquio com orientações para os profissionais de saúde.

Maternidade do HAC é referência

Maior hospital público do município, o Hospital Alcides Carneiro é referência no atendimento às gestantes. A unidade soma 66 vagas específicas para atendimento à mulher e à maternidade em geral. Este número está acima do preconizado pelo Ministério da Saúde, que prevê 60 leitos, de acordo com a população atendida em Petrópolis e região.

Atualmente no HAC, são realizados cerca sete partos por dia, o que reflete em um total de cerca de 230 mensais, entre cesárias e procedimentos normais. O HAC é referência para gestantes de alto risco por possuir UTIs maternas e neonatal. Além disso, o Alcides Carneiro é modelo por ser hospital universitário por meio da parceria com a Faculdade de Medicina de Petrópolis – Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/FASE), que oferece vagas para os alunos em internato e residência no hospital.

Feira de adoção deu novos lares a 80 animais nas últimas edições realizadas

A nona Campanha de adoção de animais promovida pela Prefeitura de Petrópolis, através da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), promoveu o acolhimento de três pets no último sábado (21). O evento contou com o apoio do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (COMUPA) e com a presença das instituições Cão Amor, Cães do Quarteirão, Turma do Peludo, além da protetora Marilei Cogliati, que ficaram responsáveis pelos cães e gatos para serem adotados. A iniciativa conta ainda com a parceria de empresas do segmento do mercado pet que oferecem brindes e serviços aos animais acolhidos.

Segundo o governo interino, as feiras possuem um grande potencial de conscientização e também de influência no papel social. “Com a regularidade da campanha, estamos conseguindo fomentar a conscientização sobre a causa animal na população. Queremos destacar a importância de adotar e, com isso, desestimular de alguma forma a expansão do comércio de cães e gatos”, afirmou.

Nesse fim de semana, a campanha teve uma visitante especial. A agente Jujuba, a Golden Retriever que serve à Guarda Civil Municipal, compareceu ao evento e fez a alegria das crianças que passavam pelo local. O público, principalmente os mais jovens, aproveitaram para tirar fotos e tiveram a oportunidade de brincar com a cadela.

“Muito legal ter a presença da Jujuba na feira. Nos deixa muito felizes, além de atrair mais pessoas para o evento, o que é ótimo. Infelizmente, ainda há bichinhos sem um lar e o que mais buscamos em nossas campanhas é poder promover adoções responsáveis para possibilitar aos pets uma moradia repleta de amor, carinho e cuidado", ressaltou o coordenador de Bem-estar Animal.

A próxima edição da campanha já tem data e horário marcado. Será neste sábado (28), das 10h às 15h, na Praça Dom Pedro II. Em nove etapas, 80 animais ganharam um novo lar. Os interessados em adotar algum pet deverão ter mais de 18 anos, comprovar residência fixa e apresentar os documentos: RG e CPF. Em caso de dúvidas, a Coordenadoria disponibiliza contatos por e-mail e telefone para a população.
Telefone: (24) 2291-1505
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


Avaliar a cognição, mobilidade, comunicação e humor dos idosos com mais de 60 anos. Esse foi o objetivo do atendimento realizado nesta sexta-feira (20) na UBS Lusitano, no Caxambu, pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Petrópolis. As consultas foram feitas em horário pré-agendado, com avaliação de uma equipe multidisciplinar, que atendeu 15 idosos.

Vera Regina Alves, de 60 anos, foi uma das atendidas na unidade na avaliação desta sexta-feira. Ela conta como foi a recepção: “O atendimento foi muito bom. Só tenho elogios a toda a equipe. Mediram minha pressão, fui consultada com um dentista e conversamos sobre o meu estado físico. Gostei muito”.

O Caxambu é o segundo bairro da cidade a receber os atendimentos. A atividade já foi realizada no Alto da Serra e a intenção é expandir para outras regiões de Petrópolis. Também já foram visitadas oito instituições de longa permanência da cidade. O intuito é realizar o mapeamento dos idosos do município e planejar as ações de acordo com os resultados das regiões. A ação terá continuidade na unidade de saúde na próxima sexta-feira (27).

No atendimento, o idoso é classificado de acordo com um questionário de perguntas para diagnosticar o índice de vulnerabilidade clínico-funcional. A sua pontuação aponta se ele é robusto, frágil ou em risco de fragilização, ligada a autonomia e independência das atividades do dia a dia. Petrópolis conta com 52.864 idosos com mais de 60 anos. Desses, 180 possuem mais de 100 anos de idade.

A coordenadora da Atenção da Saúde do Idoso de Petrópolis relata que ficou satisfeita com os atendimentos realizados na UBS Lusitano: “Fizemos um evento de sucesso. Foi constatado o alto número de idosos robustos aqui, que são autônomos de doenças e de idade. Eles dão conta das atividades dentro e fora de casa. Além disso, entregamos kits de prevenção a covid-19 com duas máscaras, álcool em gel e sabonete. Também foi feita a capacitação dos profissionais para o atendimento”.

Para os idosos que são classificados com maior fragilidade, é feito um plano de terapêutico de cuidados para o tratamento de forma emergencial, prioridades secundárias e terciárias. Além disso, é feito o diagnóstico de que forma a comunidade pode acolher ele no local em que está inserido. Também são realizados encaminhamentos para exames laboratoriais e avaliações clínicas especializadas.

Na última segunda-feira (16), o governo interino e o secretário de Saúde visitaram a unidade que completou um ano de inauguração. Ela conta com uma equipe com um médico, dentista, enfermeiro, técnico de enfermagem, auxiliar de saúde bucal, agentes de Saúde e equipe do Nasf, composta por educador físico, farmacêutico, assistente social, fisioterapeuta e psicólogo.

Pagina 8 de 31