As intervenções de melhoria de pavimentação por toda a cidade, que incluem mais de 60 ruas, já somam 22km de vias recuperadas.

O trabalho de recuperação viária, que acontece dentro do programa Acelera Petrópolis, agora está em execução da rua Saldanha Marinho, que conecta a praça Pasteur às Duas Pontes. Nesta terça-feira (28) teve início o trabalho de fresagem, que prepara o piso para a aplicação da camada de asfalto quente. Desde o início do programa, no dia 3 de julho, foram asfaltados 22km em vias públicas na cidade. Ou seja, metade do que está previsto no programa, que inclui mais de 60 ruas.

“Estamos avançando rápido com as melhorias que há muito tempo eram esperadas pela população. Esta é uma via de grande movimento, que dá acesso à Castelânea, Sargento Boening e Alto da Serra e serve de desafogo para o trânsito na Coronel Veiga. São obras que geram impacto positivo no dia-a-dia da cidade, na mobilidade urbana. Já avançamos com o asfalto no Bingen, no Centro, em Nogueira, Itaipava, Morin, Alto da Serra e Castelânea. Ainda seguiremos pelo Siméria, Quitandinha, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Sargento Boening e Valparaíso”, ressalta o governo interino.

Segundo o secretário de Obras que acompanhou os trabalhos na manhã de hoje, o objetivo é iniciar a aplicação da nova camada de asfalto na Saldanha Marinho ainda nesta terça-feira. “Concluímos a Coronel Albino Siqueira, a Cardoso Fontes e a Napoleão Esteves em poucos dias. A partir da Saldanha Marinho, o trabalho ainda se estenderá pela Washington Luiz até o Centro. Esse é um serviço que acontece em paralelo ao que vem sendo realizado no Alto da Serra, onde já foram asfaltas as ruas Teresa, Vereador Arnaldo de Azevedo e Padre Feijó”, destaca o secretário de Obras.

Servidões e ruas do Morin recebem asfalto novo

No Morin, o trabalho de recuperação viária do Acelera Petrópolis, com aplicação de piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), material que está sendo colocado com recursos do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento - Finisa, da Caixa Econômica Federal - CEF, além de recursos do próprio município, ocorre não apenas nas vias principais de acesso ao bairro, mas também nas servidões. Estão incluídas no trabalho as ruas: Pedro Ivo, Augusto Severo, Amilton Reis, e Amaro Soares Esteves.

Mais de 22km já concluídos

Em Nogueira, o trabalho incluiu os 1,6km da Rua Promenade, um trecho de 1,7km da Estrada do Calembe. Além da rua Belo Horizonte (750m), rua Dr. Bina (350m) e rua Padre Correa Lima. Foram quase 6km de ruas asfaltadas. No Bingen, a pavimentação incluiu a rua Dr. Paulo Hervê, um dos principais acessos à cidade, e rua Dr. Henrique Cunha (400m), a avenida Lúcio Meira e as Ruas Luiz Winter (350m) e João Xavier (2,7km), totalizando quase seis quilômetros de pavimentação nova. O trabalho também foi executado na avenida Koeller, no Centro Histórico, e na estrada do Catobira (Itaipava).

Em toda a cidade serão mais de 60 ruas (44km). A secretaria de Obras, iniciou o trabalho no dia 13 de julho. A Rua João Xavier recebeu 2,7 quilômetros de piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), material que também foi aplicado em pouco mais de 500 metros da Rua Luiz Winter, 500 metros da Avenida Lúcio Meira e 1,1km da Rua Dr. Paulo Hervê.

Na última semana, foram concluídas também as melhorias na rua Joaquim Agante Moço que, junto com a rua Desembargador Luiz Antônio Severo, se torna uma alternativa para os motoristas no trecho de Itaipava, onde acontecem as obras do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT. “São mais de 6km. Um trabalho que também inclui o recapeamento asfáltico em algumas servidões do Morin e também um trecho das Duas Pontes e ruas Washington Luiz e Nelson de Sá Earp (no centro). Também começam agora os trabalhos no Alto Pedro Ivo, na rua Eugênio Werneck e rua Bela Vista, no Morin”, informa o subsecretário de Obras.

Pela primeira vez, nos últimos quatro anos, todas as estradas vicinais do Brejal e do Taquaril passam pela recuperação.

O governo municipal concluiu na última semana a recuperação de mais de 100 quilômetros de estradas vicinais na zona rural do distrito da Posse, Brejal e Taquaril. O trabalho vem sendo realizado desde o início do ano pela secretaria de Obras, que se reuniu com o Comitê de Estradas do Brejal para estabelecer o calendário organizado de serviços de melhoria do acesso dos moradores e produtores, bem como o escoamento da produção.

“Foi uma intervenção importante, que não acontecia, de forma tão extensa há muitos anos. Era um anseio de produtores rurais e moradores do Brejal e Taquaril. Nos reunimos com o comitê semanalmente para que essa intervenção atendesse às demandas da comunidade, dando prioridade aos trabalhos emergenciais. Claro que o trabalho continua, mas agora é uma ação de manutenção do já foi feito até agora”, ressaltou o governo interino, que vistoriou as ações de recuperação na região.

Neste momento, a secretaria de Obras executa o trabalho de revisão da Estrada dos Albertos. “Essa foi uma das primeiras estradas em que executamos o trabalho de recuperação, no início do ano. E é normal que aconteça agora a revisão. Esse trabalho será feito em todas as estradas de forma contínua”, informou o secretário de Obras, que informa ainda que será feito um trabalho semelhante ao realizado no Brejal entre os bairros Fazenda Inglesa e Secretário.

Mais de 100km de estradas recuperadas

No Brejal, o trabalho aconteceu nas estradas: Santa Matilde (5km); Albertos (8km); Quisséis (4km); Cachoeirinha (4km); Santa Maria (5km); Avelino de Carvalho (500m); Targinos (4km); Arnaldo Dyckerhoff (6km); Caboclos (2km); Sossego (1km); Rio Bonito (5km); Xingú (11km); Contrões (8km); Pilatos (3km); e Cruzeiro (8km). Além do Taquaril, o trabalho incluiu ainda o Paiolinho e trechos da Granja Cláudia e Mata Cavalos.

As ações na região contaram com serviços de drenagem em trechos como o acesso à Escola Avelino de Carvalho, além do nivelamento e remoção de lixo verde das laterais das estradas. “A equipe realizou ainda reparos em caixas de drenagem, além de substituição de manilhas quebradas”, informa o engenheiro da secretaria de Obras, Vitor Augusto Kreischer, que lembra ainda que as intervenções incluíram o trabalho de roçada.

Segundo o secretário de Obras, no Brejal, foram, ao todo, 86 quilômetros de vias recuperadas. “São dezesseis estradas, que ajudam a escoar a produção local. O trabalho, no entanto, também incluiu outras estradas da região, como a Taquaril”, esclarece.

As intervenções de melhoria de pavimentação por toda a cidade incluem mais de 60 ruas, 44 km de vias recuperadas.

Depois de recuperar mais de 12 km de ruas no Bingen, Nogueira, Itaipava e Centro Histórico, a prefeitura segue com o trabalho de melhoria na pavimentação, que agora aplica novas camadas de asfalto em ruas do Alto da Serra e Morin, trabalho que totaliza mais de 6 km de ruas asfaltadas. E, nesta semana, foram concluídas também as melhorias na rua Joaquim Agante Moço que, junto com a rua Desembargador Luiz Antônio Severo, se torna uma alternativa para os motoristas no trecho de Itaipava, onde acontecem as obras do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT.

“Estamos trabalhando intensamente na recuperação das nossas ruas. É asfalto novo que chega a quem espera por anos pela melhoria. São ruas mais seguras e impacto positivo na mobilidade. Já avançamos com o asfalto no Bingen, no centro, em Nogueira, Itaipava, e, agora Morin, Alto da Serra e Castelânea. Ainda seguiremos pelo Siméria, Quitandinha, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Sargento Boening e Valparaíso”, ressalta o governo interino.

Na manhã de hoje (24), o governo interino e o secretário de Obras, além do subsecretário da pasta vistoriaram o início da ação de fresagem da rua Cardoso Fontes, via de acesso ao bairro Sargento Boening e que liga a praça Pasteur à rua Coronel Albino Siqueira, no Alto da Serra. “A intervenção também incluirá a rua Saldanha Marinho. Ou seja, é uma aplicação de camada de quase 1km, que vai melhorar esse importante acesso ao Alto da Serra e à Castelânea”, destaca o secretário de Obras.

No Alto da Serra, além da pavimentação que acontece na Rua Teresa, tendo início no acesso à rua Lopes Trovão, também estão sendo recuperadas a avenida Coronel Albino Siqueira, a rua Vereador Arnaldo de Azevedo, rua Padre Feijó. “São mais de 6km. Um trabalho que também inclui o recapeamento asfáltico em algumas servidões do Morin e também um trecho das Duas Pontes e ruas Washington Luiz e Nelson e Nelson de Sá Earp (no centro). Também começam agora os trabalhos no Alto Pedro Ivo, na rua Eugênio Werneck e rua Bela Vista, no Morin”, informa o subsecretário de Obras.

Rua Joaquim Agante Moço concluída

O distrito de Itaipava tem agora uma alternativa para o trânsito, especialmente neste momento em que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT executa a obra de recuperação da Estrada União e Indústria. Segundo o secretário de Obras, o asfaltamento das ruas Joaquim Agante Moço, que utiliza o asfalto usinado a frio (PMF), está concluído. “Já terminamos a aplicação do CBUQ na Rua Desembargador Luiz Antônio Severo, que se junta à Agante Moço, nesse trajeto alternativo, na parte de trás do Parque municipal em Itaipava. Ambas servirão como rota alternativa”.

Ruas asfaltadas somam quase 15km

Em Nogueira, o trabalho incluiu os 1,6km da Rua Promenade, um trecho de 1,7km da Estrada do Calembe. Além da rua Belo Horizonte (750m), rua Dr. Bina (350m) e rua Padre Correa Lima. Foram quase 6km de ruas asfaltadas. No Bingen, a pavimentação incluiu a rua Dr. Paulo Hervê, um dos principais acessos à cidade, a e rua Dr. Henrique Cunha (400m), a avenida Lúcio Meira e as Ruas Luiz Winter e João Xavier, totalizando quase cinco quilômetros de pavimentação nova. O trabalho também foi executado na avenida Koeller, no Centro Histórico, e na estrada do Catobira (Itaipava).

Em toda a cidade serão mais de 60 ruas (44km). A secretaria de Obras, iniciou o trabalho no dia 13 de julho. A Rua João Xavier recebeu 2,7 quilômetros de piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), material que também foi aplicado em pouco mais de 500 metros da Rua Luiz Winter, 500 metros da Avenida Lúcio Meira e 1,1km da Rua Dr. Paulo Hervê.


Iniciativa vai beneficiar cerca de 50 pessoas que vivem na comunidade Unidos Venceremos

A prefeitura de Petrópolis, através da secretaria de Meio Ambiente e da Comdep, e em parceria com a Águas do Imperador, entregou hoje (16/9) quatro kits para a instalação de fossas sépticas que vão garantir o tratamento de esgoto residencial para cerca de 50 pessoas na comunidade Unidos Venceremos, no Quarteirão Brasileiro. Serão cerca de 15 famílias beneficiadas pela iniciativa do poder público.

O kit básico é composto de fossas, filtros, tubos e conexões e a previsão é que a instalação seja iniciada ainda nesta semana. Além do Quarteirão Brasileiro, a prefeitura também vai instalar fossas sépticas na comunidade da Vila São Francisco – localidade conhecida também como Horta, que fica no Meio da Serra e no Morro dos Anjos, no Caxambu. Essa ação garante o tratamento de esgoto para mais de 100 pessoas somando esses dois locais.

Já na Comunidade do Ingá, na Posse, serão colocados cinco biodigestores com o mesmo objetivo. Serão 30 pessoas beneficiadas. "São ações com foco no saneamento básico. Com as fossas sépticas e os biodigestores, garantimos que o esgoto produzido deixe de ser despejado na natureza, contribuindo com o meio ambiente e com a qualidade de vida dos moradores”, disse o governo interino.

O secretário de Meio Ambiente acompanhou a entrega do material na comunidade Unidos Venceremos. “Os moradores aguardavam o saneamento há bastante tempo. Essa ação, que conta com o apoio da Águas do Imperador, proporciona diversos benefícios para os moradores e garante a preservação dos recursos naturais das áreas atendidas. Nos próximos dias vamos iniciar a instalação aqui e nos outros locais já entregues”, disse.


A prefeitura, através da secretaria de Esportes, Promoção da Saúde, Juventude, Idoso e Lazer (SEPJIL) e da Comdep, deu início nesta semana à reforma estrutural da quadra comunitária do Bataillard. Entre os serviços realizados estão a reforma do piso, pintura, colocação de tabela de basquete e a marcação dos esportes coletivos. Além dessa, o governo municipal está realizando melhorias na quadra do Bela Vista, e a partir do mês que vem, no Vila Rica.

“Estamos elaborando um cronograma para atender os bairros. Mapeamos as quadras e já iniciamos os serviços em alguns locais. As quadras são para os moradores, para a promoção da saúde e do lazer”, explica o governo interino.

Na quadra do Bataillard são realizados programas regulares como o Agita Petrópolis e o Transformando Vidas Pelo Esporte, promovido pela Liga Petropolitana de Desportos (LPD) em parceria com a prefeitura. O espaço é muito utilizado pela comunidade para a prática esportiva.

"Nessas quadras surgem mais do que apenas futuros atletas, mas também cidadãos. São locais que contribuem com a formação dos jovens", disse o secretário da SEPJIL. "A gente quer investir nos bairros e melhorar a qualidade de vida das pessoas, promovendo saúde, qualidade de vida e bem-estar", salienta o secretário.

Neste ano, já foram atendidas as quadras do Siméria e da Posse. O governo interino também já entregou a reforma completa dos espaços na Vila São José e na Comunidade do Alemão. Na Oswaldo Cruz, a cobertura está sendo instalada e será entregue em breve para a população.

Revitalizações foram realizadas entre janeiro e setembro

Em continuidade ao planejamento de revitalização da rede municipal, a Secretaria de Educação realizou, nesse ano, melhorias de pequeno e médio porte em 96 unidades, entre escolas e Centros de Educação Infantil (CEIs). A maioria das unidades recebeu pintura, serviço de manutenção elétrica, reforma de telhado, construção de central de gás, além de troca de janelas e reforma em pátios. O investimento ultrapassa R$ 2 milhões. As obras garantem segurança e conforto para alunos e funcionários.

“São melhorias necessárias e que devem ser feitas com regularidade. Agora, com a retomada das aulas no formato híbrido, de forma escalonada, os espaços devem estar preparados para o acolhimento dos alunos”, explica o governo municipal.

Uma escola que recebeu melhorias foi a E.M Darcy Corrêa da Veiga, que teve a rede elétrica revitalizada, nivelamento da varanda, pintura externa, troca das calhas, colocação de telas nas janelas e portas, cabeamento e internet, além de adaptações de acordo com os novos protocolos de saúde, como a instalação de uma sala de emergência. A quadra da unidade também recebeu pintura. A escola é uma das que iniciou o retorno presencial nessa semana, com as turmas do ciclo – ensino fundamental.

“Meu sentimento é de gratidão, satisfação, superação e amor a minha profissão. Os funcionários estão chegando e sentindo confiança, segurança e um local acolhedor. Uma mãe, que, a princípio, optou por não retornar presencialmente com a filha, já mudou de ideia. De acordo com suas palavras, a escola está segura e bem preparada para o retorno. Os alunos que retornaram estão muito felizes e as famílias confiantes. Hoje uma aluna disse amar a escola e afirmou que não via a hora de retornar. Outras mães que, primeiramente optaram por não retornar, já estão entrando em contato com a equipe gestora, estamos muito felizes”, contou a diretora da unidade.

Esse ano a escola também adquiriu novos itens para unidade como fogão industrial, geladeira duplex, freezer vertical, moedor de carne, liquidificador industrial, micro-ondas, mesas do refeitório, armário de ferro, lavadora a jato, tanquinho, impressora jato de tinta, encadernadora, plastificadora, notebook, computador, bebedouro, industrial, ventiladores, sirene, EPI's e utensílios para adaptações de acordo com os novos protocolos de saúde (lixeiras, luvas, jalecos, máscaras, dispenser de álcool, borrifadores, termômetros, óculos, face shield, entre outros).

“A Secretaria de Educação mantém o contato direto com os gestores, realiza visitas e vistorias para que as demandas sejam atendidas com celeridade. Avançamos muito nesse ano e tenho que agradecer às equipes que estão nas unidades escolares zelando por esses espaços e atendendo com tanto carinho e cuidado os alunos nesse início do retorno presencial”, disse a secretária de Educação.

Além da E.M Darcy Corrêa, a Escola de Educação Especial Santos Dumont teve o telhado da cozinha e refeitório reformado, limpeza de calhas, construção e instalação da central de gás. A E.M Pedro Amado passou por obras na cozinha e dispensa, troca de porta, pintura da quadra e troca de telhas e calhas. A casa da Educação Visconde de Mauá, teve recuperação no telhado, recuperação do muro e pintura da entrada. A Escola Germano Valente recebeu melhorias como a troca de janelas, reforma da fachada e da cozinha. Na E.M Salvador Kling foram feitas a troca de janelas. Já na E.M Ana Mohammad foram feitas a colocação de piso, troca de basculantes por janelas e instalação de grades. O Liceu Municipal Prefeito Cordolino Ambrósio ganhou pintura em espaços da parte externa.


A Secretaria de Obras já retirou o muro que servirá para ampliar o trecho onde será construída a infraestrutura no acesso ao bairro, na Estrada União e Indústria.

A Prefeitura deu início nesta semana a mais uma etapa da construção da Rotatória do Carangola. Depois que a Companhia Petropolitana de Desenvolvimento - Comdep realizou a limpeza do terreno por onde será ampliada a Estrada União e Indústria no trecho, a secretaria de Obras faz agora a remoção do muro e nivelamento do piso para que, em breve, possa ser aplicada a nova camada de asfalto e a sinalização horizontal e vertical por parte da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes - CPTrans.

“As obras do DNIT na Estrada União e Indústria deveriam incluir a construção de rotatórias ao longo da via, de forma a melhor o fluxo de veículos no trecho, mas essas estruturas acabaram não entrando no projeto final. Estamos fazendo a rotatória do Carangola e cobrando que o DNIT faça as demais, utilizando recursos que a bancada de deputados do Rio já destinaram ao órgão, conforme já acordado. É um passo importante que estamos dando para melhorar a mobilidade urbana na cidade", disse o governo municipal. Com a rotatória, os motoristas conseguirão fazer a manobra de acesso e saída do bairro ou ainda de acesso à Estrada da Saudade, sem que a manobra cause retenção nos dois sentidos da via principal.

Entenda

Considerado um dos pontos mais críticos do trânsito na cidade, o acesso ao bairro Carangola, na Estrada União e Indústria, começou a passar pelas obras, que vão reduzir significativamente os congestionamentos no trecho, no início de agosto. O objetivo é garantir mais fluidez no trânsito. A intervenção na infraestrutura viária é um projeto da atual gestão da prefeitura de Petrópolis e está sendo executada com recursos próprios do município.

“É uma intervenção simples, mas com grande impacto na mobilidade urbana. A ampliação da pista sobre o terreno, que fica no acesso ao bairro, vai permitir a criação de novos recuos para ônibus, onde serão instalados três abrigos na área de parada para os coletivos. O avanço pelo terreno permitirá ainda a criação de um ponto de parada de coletivos também na pista sentido distritos, sem que cause a retenção da faixa de rolamento”, destacou o diretor-presidente da CPTrans, que pontua ainda que, além dos recuos para os ônibus, “a ampliação das pistas no trecho vai permitir que o posicionamento dos veículos para a espera pela conversão de pista não interrompa o tráfego. A rotatória vai minimizar o impacto do retorno ou acesso ao Carangola e Estrada da Saudade sobre a União e Indústria”, ressalta.


Melhorias continuam sendo realizadas em outras quatro unidades de Saúde

O governo interino e o secretário de Saúde inauguraram na manhã de segunda-feira (13/09) a reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) Neila Fortuna Lima Paixão, no Vila Rica. A unidade, que presta atendimento a cerca de cinco mil moradores da região, foi inteiramente revitalizada, e é a primeira de um total de cinco que estão recebendo melhorias da prefeitura. As obras seguem em andamento nas unidades da Mosela, Vila Felipe, Amazonas e Simeria. A UBS Vila Rica tem Estratégia de Saúde da Família e conta com equipe com médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, dentista, auxiliar de saúde bucal, oito agentes comunitários de Saúde, e auxiliar administrativo.

“Desde o início da gestão temos trabalhado de forma incansável para melhorar a estrutura da rede de Saúde. Sabemos da importância que a Atenção Básica tem dentro da rede e fico muito feliz por entregar esta reforma hoje. É um trabalho que garante mais dignidade para os funcionários e também para a população, que  passa a ser atendida em um espaço com mais conforto”, destaca o governo municipal.  

“Tenho diabetes, hipertensão e faço acompanhamento com a equipe deste posto, que é ótima. A médica que atende aqui é nota 1.000! Esta reforma é muito importante pra nós. A estrutura do posto melhorou muito, ficou ótima”, elogia a dona de casa Elza Gomes, de 79 anos, que mora na região desde 1990 e acompanhou a inauguração. 

“Muito me orgulha estar aqui neste momento para entregar as melhorias que permitirão que um atendimento com mais conforto para a comunidade do Vila Rica. As unidades básicas de Saúde têm um papel fundamental dentro da rede de Saúde, fazendo  acompanhamento das doenças crônicas. Este trabalho é de extrema importância para reduzir a pressão sobre as emergências. Aproveito para parabenizar a equipe da unidade, pois sabemos do comprometimento de cada um destes profissionais para que tenhamos um atendimento de qualidade para os moradores”, destaca o secretário de Saúde. 

A solenidade teve a presença da presidente da Associação de Moradores do Bairro, Zilda Damião, que agradeceu a reforma e lembrou a importância do serviço de Saúde para uma população que vem crescendo na região. A unidade recebeu o nome da antiga moradora Neila Fortuna Lima Paixão (in memorian), que foi representada pela filha Janaína Lima Paixão, que se emocionou ao ver o reconhecimento pelo trabalho da mãe, falecida em 2011.

“Estou muito feliz. Já chorei de emoção por ver este reconhecimento por toda dedicação que minha mãe sempre teve com a comunidade. Moramos aqui há mais de 30 anos. Quando chegamos aqui a comunidade não tinha nenhuma estrutura, minha mãe sempre lutou muito por melhorias. Agradeço muito ao reconhecimento a todo esforço da minha mãe”, destacou. 

A presidente do Conselho de Saúde também lembrou a importância do trabalho das equipes de atenção básica de Saúde. “Este acompanhamento dos pacientes feito perto de casa faz toda a diferença, sobretudo em alguns bairros, como o Vila Rica, que ficam distantes das demais unidades de saúde”, pontua.


Revitalização de parquinho infantil, pintura da quadra esportiva e reforma dos bancos são algumas das melhorias realizadas pela Prefeitura, por meio da Comdep, na Praça Miguel Couto, no Alto da Serra. Uma reivindicação antiga dos feirantes que estão no local todos os domingos também está sendo atendida: a construção de banheiros.

As obras foram entregues neste domingo (05), pelo governo interino, junto com o presidente da Comdep, e o secretário de Esportes, Promoção da Saúde,
Juventude, Idoso e Lazer.

“As intervenções eram necessárias, principalmente, para as crianças e adolescentes que agora têm uma opção segura para a prática de esportes e lazer. Isso significa mais qualidade de vida para todos, inclusive, para os adultos”, disse o prefeito. A construção dos banheiros para atender os feirantes era um pedido de muitos anos. Foram construídos três banheiros, sendo um masculino, um feminino e um adaptado. “Antes, dependiam dos comerciantes da região. Agora, todos terão uma infraestrutura melhor. É garantia de mais dignidade para todos os trabalhadores. Feirantes e frequentadores da feira livre terão mais comodidade”, completa o governo interino.

A manutenção e limpeza dos banheiros será realizada pela Comdep. Sobre a revitalização dos espaços da quadra e parquinho, o presidente da Companhia também destacou a importância das intervenções para a comunidade. “É um bairro populoso, que precisa de opções de lazer gratuitas para os moradores. Também providenciamos melhorias na iluminação e agora o espaço poderá ser usado inclusive à noite. Além de garantir mais segurança aos usuários, ainda valoriza o espaço”, frisa o presidente da Comdep.

“Fico muito feliz de estar aqui hoje podendo entregar mais esse equipamento para a comunidade. Vamos levar essa ação para outros bairros também e garantir que a garotada possa ter um espaço adequado para a prática de esportes. Parabéns a todos”, disse ele.

A presidente da Associação de Moradores do Alto da Serra também agradeceu ao prefeito pelas obras. “Fico muito feliz por termos nossos pedidos atendidos. Estamos juntos para trazer mais benefícios aos moradores do Alto da Serra”.

O presidente da Associação dos Feirantes também estava muito feliz com a entrega das obras, em especial dos banheiros. “Esse pleito é muito antigo e hoje o governo municipal está aqui cumprindo o com sua palavra e nos entregando esse equipamento tão importante para todos que trabalham aqui na feira e para os consumidores. Estou muito agradecido e quero parabenizar ao prefeito por este trabalho”, conclui.

Na quarta-feira (1), o trabalho de fresagem foi realizado para preparação para aplicar a camada de asfalto

O governo interino acompanhou, na noite de quarta-feira (01/09), o início de mais uma etapa do programa Acelera Petrópolis: o trabalho de fresagem (raspagem da camada antiga de asfalto para preparar a via para receber novas camadas da pavimentação) da avenida Koeller, onde o trabalho acontece no período noturno até sexta-feira (3). Hoje (2), começa a aplicação da nova camada de asfalto quente. Além da via no Centro Histórico, a Prefeitura trabalha no asfaltamento da Rua Teresa, no Alto da Serra, e na Estrada do Calembe, em Nogueira.

“Estamos levando melhorias para diferentes áreas da cidade. Melhorando o dia a dia dos moradores do centro e dos distritos. Já concluímos o trabalho no Bingen, onde a próxima etapa será a renovação da sinalização viária. Em Nogueira, já estamos asfaltando a Estrada do Calembe, e em Itaipava, liberando uma rota alternativa para o tráfego na rua Joaquim Agante Moço. Estamos fazendo um cronograma que se estende até o fi deste ano e também no ano que vem, para chegarmos a outras regiões, como Morin, Siméria, Quitandinha, Itaipava, Nogueira, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Sargento Boening e Valparaíso”, afirma o governo interino.

Em Nogueira, onde o trabalho já passou pelas ruas Belo Horizonte e Promenade, o trabalho segue pela Estrada do Calembe. Outra via que receberá a nova camada de asfalto é a Dr. Bina. No bairro serão cerca de 5km de recuperação viárias com verbas do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento - Finisa, da Caixa Econômica Federal - CEF, além de recursos próprios do município.

No Bingen, o trabalho passou pelas ruas Henrique Cunha, João Xavier, Luiz Winter, pela avenida Lúcio Meira e por uma das ruas mais importantes da cidade, a Dr. Paulo Hervê, um dos acessos para quem chega a Petrópolis. No bairro, o primeiro a receber as intervenções do Acelera Petrópolis, foram quase cinco quilômetros de pavimentação nova. Em toda a cidade serão mais de 60 ruas (44km). A secretaria de Obras, iniciou o trabalho no dia 13 de julho, aplicando piso CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente).


Pagina 8 de 90