As equipes da Secretaria de Defesa Civil se deslocaram na manhã desta quarta-feira (19) para o atendimento de mais duas ocorrências. Na Rua João Xavier, no Bingen, uma casa foi atingida por um deslizamento de terra. Não há vítimas, os três moradores - dois adultos e uma criança - foram retirados do local e encaminhados para a casa de familiares. Houve interdição da via e da área do entorno até que haja possibilidade de efetuar a limpeza do local. As equipes da Enel, CPTrans e Corpo de Bombeiros foram acionados para atuação no local.

Na sequência, outra viatura se deslocou para o Independência, na Rua Emílio Zaluar, onde houve mais um desabamento de terra que chegou a atingir uma residência. A Defesa Civil acionou equipes da Assistência Social para o atendimento às famílias. No Morin, houve uma queda de árvore, sem interdição da via.

A Defesa Civil atua com efetivo reforçado, com seis equipes e 13 agentes que atuam em Estágio Operacional de Atenção. O órgão alerta para a possibilidade de novos registros devido à permanência do tempo chuvoso. Desde a madrugada desta quarta-feira foram registradas sete ocorrências, das quais seis deslizamentos nas localidades do Independência (3), Batailard (1), Thouzet (1), João Xavier (1) e uma queda de árvore no Morin.

Pelo primeiro distrito, as regiões do Independência, São Sebastião e Quitandinha tiveram maior volume de chuva. No registo dos acumulados o Independência chegou a 257.8mm nas últimas 96 horas. Pelos distritos, os maiores índices foram estão no Bonfim, Estrada do Cantagalo, Vila Rica e Posse.

Acumulados de chuva:

1º Distrito: Independência (Cemaden RJ) às 11h15 : 151.8 mm/24h 204 mm/48h 230.4 mm/72h 257.8 mm/96h

2º Distrito: Bonfim (INEA) às 11h00 : 27.75 mm/24h 36.75 mm/48h 38.5 mm/72h 66.75 mm/96h

3º Distrito: Estrada do Cantagalo (Cemaden BR) às 10h30 : 30.59 mm/24h 61.36 mm/48h 63.35 mm/72h 71.24 mm/96h

4º Distrito: Vila Rica (Cemaden BR) às 11h00 : 27.02 mm/24h 48.35 mm/48h 48.95 mm/72h 52.31 mm/96h

5º Distrito: Posse (INEA) às 11h00 : 28 mm/24h 44 mm/48h 45,75 mm/72h 49.25mm/96h

Prefeitura de Petrópolis, em parceria com o Governo do Rio, já iniciou trabalho de mapeamento e reformulação de alguns circuitos

Os circuitos ecorrurais de Petrópolis, incluindo atrativos das regiões do Brejal, Taquaril, Secretário e Bonfim, vão integrar um guia de turismo rural da região Serra Verde Imperial, que será lançado em novembro pelo Governo do Rio como parte do Projeto Turismo Rural RJ. Nesta terça-feira (19), a Prefeitura de Petrópolis, por meio da Turispetro, se reuniu com empreendedores da região do Taquaril, para apresentar o programa, retomar o mapeamento e oferecer o apoio necessário para a reativação do Circuito Pedras do Taquaril.

O projeto é uma ação inédita do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ), TurisRio, Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (Seappa) com a parceria do Núcleo de Estudos de Geografia Fluminense (Negef), da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. A Prefeitura de Petrópolis entra com o apoio técnico no levantamento dos atrativos de cada circuito, auxiliando na elaboração dos roteiros, capacitação e promoção dos produtos direcionados ao turismo rural que serão incluídos no guia.

O trabalho começou no último sábado (16), quando a equipe técnica da Setur-RJ iniciou o mapeamento das áreas de desenvolvimento de Turismo Rural na região de Secretário. A visita foi acompanhada pelo diretor de marketing da TurisRio e coordenador do programa, Pablo Kling, pelo assessor da Setur-RJ, Gabriel Villar, pelos secretários municipais de Turismo, de Desenvolvimento Econômico, pelo diretor de Agricultura, pela diretora de turismo da Turispetro e pelo assessor especial Rogério Elmor e de eventos Marco Aurélio Marcondes. Também estiveram presentes os vereadores Junior Paixão e Ronaldo Ramos.

Em seguida, eles estiveram no Brejal, onde conheceram um pouco do já consolidado circuito local, que também fará parte do roteiro. Segundo Pablo Kling, os municípios farão parte também de um catálogo repleto de experiências. Além da região Serra Verde Imperial, os guias vão abordar o Vale do Café, Costa Doce e Águas do Noroeste. "Nossa ideia é apresentar os atrativos do turismo rural de cada um dos municípios. Além disso, vamos criar um catálogo virtual de paisagens rurais, que está sendo preparado pelo Instituto de Geografia da UERJ", explicou.

"Trata-se de uma ação inédita do governo estadual, que vai contribuir com o planejamento, estruturação e fortalecimento do destino Petrópolis, especialmente para o turismo rural. A ideia é fortalecer esse segmento, que se destacou como uma importante tendência de turismo, principalmente pela segurança e controle sanitários, e por poder acontecer em ambientes abertos", destaca o governo interino.

Para o secretário de Turismo, os viajantes que buscam esse tipo de turismo são aqueles que gostam de estar em contato com a diversidade do ambiente rural, além de interagir com o patrimônio cultural que estas regiões oferecem. "Acredito muito nessa união entre o governo, sociedade civil organizada e a iniciativa privada para que as coisas aconteçam. São circuitos que apresentam opções diferenciadas, que se destacam pelas paisagens e por empreendedores que abrem suas respectivas propriedades à visitação. A inclusão desses roteiros no guia certamente vai trazer excelentes resultados para as regiões envolvidas", acredita.

A diretora de turismo da Turispetro explica que esse trabalho é feito a partir de uma ação colaborativa e articulada em rede de cooperação, onde é necessário conhecer as regiões e seus atores, identificar os setores da cadeia produtiva que podem ser envolvidos, os diferenciais de cada localidade e definir o objetivo a ser alcançado. "A ideia é utilizar o material nas feiras de turismo e em outras ações com o objetivo de promover o turismo rural, que é um segmento extremamente forte em Petrópolis", completa.

"Os empreendedores locais demonstraram muita satisfação pela retomada do planejamento e organização dos circuitos ecorrurais pela Prefeitura, o que certamente vai gerar boas experiências aos turistas e novas oportunidades de negócios, trabalho e renda para a população local", observou o secretário de Desenvolvimento Econômico. Na próxima semana, as equipes dos órgãos estaduais e municipais darão prosseguimento às visitas técnicas na região do Bonfim.

O Dia Nacional do Poeta é o assunto de hoje (20/10) no "IMC nas Redes – Conversas Culturais". O encontro virtual será transmitido nas redes sociais da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Ataualpa Filho, Elciana Goedert, Fernanda Forster, Leandro Garcia e Rodolfo Andrade. A mediadora da roda de conversa on-line será com a gerente do Centro de Cultura Raul de Leoni.

Ataualpa Filho é graduado em Letras, com licenciatura plena. Especializado em Língua e Literatura Portuguesa pela Universalidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), é autor de poesias como “Um Vazio em um Espaço de Vida”, “O Filho do Sol”, “Part-ida”, “Palavra-dor” e “Amola-dor”. Já Elciana Goedert reside em Curitiba, mas nasceu em Ivaiporã, interior do Paraná. É professora por formação e se considera poeta por inspiração. Possui três livros publicados: Eu e a Poesia (2014), Sob a Ótica de Eros (2016) e Nutrisia (2017).

Fernanda Forster é petropolitana, professora há 34 anos, formada pela Universidade Católica de Petrópolis, onde cursou também Pós-Graduação em Linguística e Literatura. Sempre gostou de escrever poesias. Leciona em escolas públicas e privadas em Petrópolis. Já Rodolfo Andrade é um poeta petropolitano e participa da cena poética do município há mais de 40 anos.

Leandro Garcia é doutor e Pós-doutor em Estudos Literários pela PUC-Rio e Pós-doutor em Teologia pela Faculdade de Teologia e Filosofia de Belo Horizonte. Professor do Programa de Pós-graduação em Estudos Literários da UFMG e pesquisador titular do Museu Imperial. Presidente da Academia Petropolitana de Letras no biênio 2021-2023 e autor de vários livros, dentre os quais, "Raul de Leoni - Inéditos e Dispersos", que se encontra no prelo e será editado com apoio da Prefeitura de Petrópolis.

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias reforçou o efetivo das equipes operacionais para o atendimento às ocorrências na madrugada, início da manhã desta quarta-feira (20) e suporte ao longo do dia de hoje. Com núcleos de chuva fraca a moderada atuando principalmente nos 1° e 2° distritos, há previsão de permanência de chuva no município. Até o momento, a região do Independência registra o maior acumulado de chuva, com 252 milímetros em 96 horas. Os agentes mantêm constante monitoramento e atuação em Estágio Operacional de Atenção. Até o momento foram registradas pequenas ocorrências, sem vítimas.

Na madrugada, por volta das 1h15, as equipes se deslocaram para o Independência para a avaliação de mais um deslizamento em residência, na Rua Cacilda Becker. Não foi necessária a remoção dos moradores do local. No início da manhã, às 7h20, outra equipe realizou atendimento na Rua Glauce Rocha, também no Independência, onde mais um deslizamento afetou uma servidão. No Batailard, houve outro escorregamento de terra em residência, sem afetar a construção, na Rua João Batista de Barros. No Thouzet, na servidão João Moreira, os agentes realizaram a cobertura de encosta com risco de queda.

Além do suporte a novos chamados, as equipes realizam vistorias em ocorrências atendidas no início da noite desta terça (19), quando houve: queda de muro de pedras na Rua 24 de Maio; buraco em via no Quarteirão Ingelheim; e queda de árvore na Rua Infante Dom Henrique, no Independência.

Com a permanência do tempo chuvoso, que se prolonga desde o último fim de semana, a Defesa Civil reforça os riscos para ocorrências de deslizamentos. O órgão solicita que a população fique atenta para qualquer sinal de instabilidade nas encostas e/ou construções. Em caso de emergência a população deve acionar as equipes pelo telefone 199.

Acumulado de chuva:

1º Distrito: Independência (Cemaden RJ) às 08h30 : 152.0 mm/24h 199.4 mm/48h 226.0 mm/72h 252.0 mm/96h

2º Distrito: Bonfim (INEA) às 08h30 : 27.75 mm/24h 36,25 mm/48h 37,25 mm/72h 65.5 mm/96h

3º Distrito: Estrada do Cantagalo (Cemaden BR às 08h30 : 32.92 mm/24h 59.98 mm/48h 61.75 mm/72h 70.64 mm/96h

4º Distrito: Vila Rica (Cemaden BR) às 08h40 : 27.79 mm/24h 46.56 mm/48h 46.76 mm/72h 50.93 mm/96h

Quarta, 20 Outubro 2021 - 10:03

Boletim vacinação – 19/10/2021 (terça)

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência na terça (19/10) a vacinação contra a covid-19. Durante todo o dia, 2.782 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 155 receberam a primeira dose, 1.758 receberam a segunda dose e 869 receberam a dose de reforço. Até o momento 235.233 pessoas receberam a primeira dose, 154.578 receberam a segunda dose, 6.805 receberam a dose única e 9.098 idosos institucionalizados e acamados, idosos maiores de 60 anos, pacientes imunossuprimidos e trabalhadores da Saúde receberam a dose de reforço do imunizante. Por conta da logística de informações para fechamento dos dados o boletim da vacinação passou a ser divulgado na parte da manhã.  

Nos pontos de imunização 12 idosos receberam a vacina, sendo um com  primeira dose e 11 com a segunda dose. Equipes aplicaram também a dose de reforço em 539 idosos, 36 idosos institucionalizados,13 pacientes imunossuprimidos e 281 trabalhadores da Saúde.

A primeira dose da vacina foi aplicada ainda em  14 pessoas com idade entre 18 e 59 anos sem comorbidades. Na faixa etária abaixo de 59 anos, 1.710 pessoas também receberam a segunda dose. Também foram vacinados com a primeira dose, 139 adolescentes sem comorbidade.

Equipes aplicaram ainda a segunda dose em duas gestantes e seis puérperas. 

Também receberam a vacina 10 trabalhadores da Saúde, sendo um com a primeira dose e nove com a segunda. Também receberam a segunda dose: sete profissionais de Educação, 12 trabalhadores do setor de Transportes e um.integrante de Forças de Segurança.

A vacinação contra a covid-19 segue nesta quara-feira (20.10) em 13 pontos distribuídos nos cinco distritos da cidade.

Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde - assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428

Devido à permanência de chuva de intensidade moderada, mas constante na cidade, as equipes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias foram reforçadas para o atendimento a ocorrências registradas no início da noite desta terça-feira (19). Até o momento, três chamados foram registrados e os agentes continuam em Estágio Operacional de Atenção por conta da previsão de permanência da chuva para a manhã desta quarta-feira (20), o que gera acumulados pluviométricos significativos nas últimas 96 horas. A Defesa Civil reforça os informes à população para o risco de deslizamentos, principalmente no primeiro distrito, onde se concentram as recentes ocorrências.

Na localidade do Independência, por volta de 20h30, houve queda de árvore, atingindo dois postes na Rua Infante Dom Henrique, que ficou interditada. No Quarteirão Ingelheim, houve chamado para a avaliação de buraco na via, em frente do Serrano Futebol Clube. A queda de um muro de pedra, atingindo o quintal de uma residência, deslocou as equipes para a Rua 24 de Maio. Houve queda de blocos rochosos e a partir da análise da equipe técnica da Defesa Civil, há risco de novo deslizamento no local. Os moradores foram orientados a se retirar do imóvel até que nova avaliação seja feita. Todos foram acolhidos em casa de familiares. Não há vítimas em nenhuma das ocorrências.

No início da noite, a Defesa Civil emitiu o Boletim de Risco Geológico em que alertou para acumulados de chuva acima de 150 mm no primeiro distrito. As condições favorecem para a ocorrência de deslizamentos. O órgão solicita que a população fique atenta para qualquer sinal de instabilidade nas encostas e/ou construções. Em caso de emergência a população deve acionar as equipes pelo telefone 199.

Quarta, 20 Outubro 2021 - 10:00

Boletim Epidemiológico – 19/10/21 (terça)

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde nesta terça-feira (19/10) está em 10% em leito clínico da rede SUS. A UTI covid na rede SUS registrou 12,12% de ocupação. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 19 pacientes internados na cidade: sendo 14 em UTIs e cinco em leitos clínicos. Um óbito foi confirmado e inserido na base de dados do município nesta terça-feira

Até agora foram realizados no município 203.143 testes para Covid-19, com 49.211 resultados positivos e 153.882 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.538 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br)

Óbitos:

Homem, 49 anos, morador na Mosela. Internado em 28.10.2020 no Hospital Norte D’Or. Óbito registrado em 28.10.2020 no Hospital Norte D’Or. Paciente com neoplasia de cólon e imunossupressão.

A ação é uma iniciativa da prefeitura, através do Instituto Municipal de Cultura, em conjunto com a sociedade civil

O novo Plano Municipal de Cultura está na segunda etapa de elaboração. Nesta fase, os artistas da cidade podem contribuir respondendo aos formulários elaborados pela comissão que trabalha no desenvolvimento do documento. Essa ação é necessária para entender a atual realidade e as necessidades de cada segmento, como artes plásticas, música, dança, entre outros. Qualquer artista interessado em participar pode responder as perguntas nos links: https://forms.gle/6BMDkWsLBJwNWVWv6 e https://forms.gle/aoqV9pa61Bc4PmqRA. O trabalho é uma iniciativa da prefeitura, através do Instituto Municipal de Cultura (IMC), em conjunto com a sociedade civil organizada com o apoio do Conselho Municipal de Cultura.

Após a segunda fase, serão realizadas cinco reuniões on-line com a participação de representantes de 21 segmentos. A primeira delas acontece no dia 26 de outubro, às 19h, contemplando a dança, bandas marciais, música e canto coral. O trabalho está sendo abordado em cima de três aspectos: o diagnóstico, as diretrizes e o funcionamento do Sistema Municipal de Cultura. O plano vigente atual foi criado há 11 anos sendo decenal e, por isso, é necessário que agora seja realizada mais que uma revisão, ou seja, um processo de elaboração de um novo plano.

"Foi montada uma comissão dentro do Conselho Municipal de Cultura em 2019 para iniciar a construção do novo plano, mas em virtude da pandemia, esse trabalho precisou ser interrompido. Retomamos neste ano revisando aquilo que já havia sido feito antes da pandemia. A primeira fase foi um diagnóstico feito diretamente com os conselheiros representantes de cada segmento”, explica o presidente do IMC ressaltando que para esse ano as diretrizes do plano anterior foram prorrogadas.

Após a proposta do novo plano ser finalizada, ela será encaminhada ao Conselho Municipal de Cultura (CMC) para aprovação. Em seguida, deve ser apresentada uma minuta de projeto de lei para o prefeito, para que envie para a Câmara Municipal e seja votado. Como o plano atual é anexo de uma lei, somente por outra lei poderá ser modificado.

Petrópolis foi uma das primeiras cidades do Brasil a consolidar o seu Sistema Municipal de Cultura, um desdobramento do Sistema Nacional de Cultura, que é um instrumento de gestão compartilhada de políticas públicas de cultura entre os municípios e a sociedade civil. “É fundamental a participação do maior número de agentes culturais. Esse é um plano construído por muitas mãos”, completa o presidente do IMC.

Calendário de reuniões:

Link para acessar os encontros: https://meet.google.com/wcc-vcyz-ojk 

26 de outubro - 19h
- Segmento Dança;
- Segmento de Bandas Marciais;
- Segmento de Música;
- Segmento de Canto Coral;

27 de outubro - 19h
- Segmento Artes Visuais;
- Segmento de Artes Cênicas;
- Segmento de Artesanato;
- Segmento de Pontos de Cultura;

03 de novembro - 19h
- Segmento Audiovisual;
- Segmento de Produção Cultural;
- Segmento de Moda e Design;
- Segmento de Escola de Samba e Blocos Carnavalescos;

04 de novembro - 19h
- Segmento Cultura Germânica;
- Segmento de Culturas Populares e Indígenas;
- Segmento de Culturas afro-brasileiras, quilombolas e de matrizes africanas;
- Segmento de Cultura Urbana;
- Segmento de Cultura Literatura;

05 de novembro - 19h
- Segmento de Museus e Patrimônio Histórico-Cultural;
- Conselho Municipal de Patrimônio Histórico, Artístico e Arquitetônico;
- Conselho Municipal de Turismo;
- Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência;

O sistema de monitoramento de chuvas do Município de Petrópolis registra acumulados no 1º Distrito, acima dos 150mm nas últimas 96h e mais de 500mm nos últimos 30 dias, sendo boa parte desses registros concentrados no bairro Independência. Outros pontos da região sul do município também registram acumulados significativos.

Estes acumulados pluviométricos influem diretamente sobre a plasticidade dos solos. Índices físicos, tais como grau de saturação e peso específico, que associados às características do relevo do município podem desencadear movimentos mais lentos e contínuos do solo.

Devido à constância da chuva, tais condições tendem a se manter. Sendo assim a Defesa Civil solicita que a população fique atenta para qualquer sinal de instabilidade nas encostas e/ou construções.

As alterações podem ser observadas pela inclinação de árvores e postes em direção ao sopé do talude. Nas residências tais movimentos podem ser observados pela presença de rachaduras e/ou portas e janelas emperradas.

Áreas com intervenções humanas, principalmente com lançamento de águas servidas ou mesmo de águas pluviais, provenientes de calhas ou outros desvios podem contribuir na saturação do solo e sua possível movimentação.

Caso sejam observadas tais características, entre em contato com a Defesa Civil de Petrópolis através do número 199.

Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias – Petrópolis, RJ.

As unidades escolares da rede municipal de Educação estão se preparando para a eleição do Conselho Escolar biênio 2021/2023. A escolha deverá ocorrer em apenas um dia até o dia 22 de outubro. Os conselhos têm um papel importante nas instituições de ensino, sendo um elo entre escola e comunidade, atuando na fiscalização e com as atribuições de deliberar e auxiliar a gestão nas questões enfrentadas durante o cotidiano escolar.

Vale salientar que os conselhos foram instituídos em Petrópolis através de decreto municipal e essa será a eleição para o terceiro biênio. Com o cenário ainda de pandemia, foi ampliado o período eleitoral para que as unidades da rede pudessem escolher a melhor data, com a intenção de evitar aglomeração. Além disso foi ofertada três formas para a realização da eleição: presencial, híbrida com presencial e remoto simultâneos e apenas remoto.

“Tudo planejado para facilitar a rotina da eleição. Importantíssima a participação da comunidade escolar nessa escolha. Os conselhos são fundamentais na ajuda aos gestores em questões pertinentes a rotina das unidades de ensino e fortalecem a participação da comunidade no ambiente escolar”, explica o governo interino.

As equipes das escolas receberam as instruções da Secretaria de Educação. “Vale a pena reforçar que o processo eleitoral é uma das formas mais democráticas de se escolher o representante e deve ser organizado de modo que envolva toda a comunidade escolar. Pais, responsáveis, professores, profissionais do apoio e alunos são peças indispensáveis nesse processo. A Secretaria de Educação está acompanhando todos os trâmites e à disposição para esclarecer as dúvidas dos gestores”, completou o secretário de Educação.

O período de eleição teve início em 18 de outubro e seguirá até dia 22, sendo que as unidades deverão escolher apenas um dia da semana para eleição. Todo o processo eleitoral deverá ser devidamente registrado nas documentações pertinentes: livro de ata, cédula para votação, listagens de eleitores, mapa de apuração dos votos e urnas identificadas por segmento.
A eleição do Conselho Escolar será realizada na Escola/CEI, por votação direta, secreta e nominal. Em caso de empate entre representantes de um segmento, a Comissão Eleitoral da Escola ou Centro de Educação Infantil provirá sorteio que definirá o representante. No dia seguinte à eleição, a Comissão Eleitoral Escolar deverá encaminhar à Secretaria de Educação, o resultado do pleito (anexar cópias da documentação utilizada). Os votos apurados deverão ser arquivados na escola. A solenidade de posse deverá ocorrer coletivamente no âmbito da Secretaria de Educação.

Entre os dias 25 a 27 de outubro de 2021 a unidade escolar deverá entregar no Departamento de Inspeção Escolar: Cópia da ATA dos representantes eleitos e Mapa de apuração do quantitativo dos votos.

Pagina 1 de 1689