O Prefeito Rubens Bomtempo determinou a convocação de 18 novos servidores para a Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, entre assistentes sociais, psicólogo e agentes de apoio administrativo. Os convocados deverão comparecer nesta terça-feira (18/06), ao Departamento de Administração de Pessoal e de Recursos Humanos, na Av. Koeler 260, Centro, às 15h. Confira a listagem:

Agente de Apoio Administrativo

31º lugar – Quézia de Oliveira Silva

32º lugar – Renata Ribeiro Miato

33º lugar – Wanderson Melchiades da Silva

34º lugar – Luila Farias Barbosa

35º lugar – Ernesto Carlos Martins Pereira

36º lugar – Max de Lima Vilela

37º lugar – Marco Aurélio Teixeira de Almeida

38º lugar – José Vanderlei Bastos do Carmo

39º lugar – Angélica Cristina do Nascimento Pereira

40º lugar – Joana Darc de Lourdes Bonifacio Gorni

41º lugar – Regiane da Fonseca Mantovani

42º lugar – Silvana de Almeida Araujo Vieira

Os convocados abaixo deverão comparecer também nesta terça-feira (18/06), no mesmo local, às 16h:

Assistente Social

47º lugar – Jaqueline Nascimento Justino

48º lugar – Olívia Leal David Magrani França

49º lugar – Cyntia Caputo Weiss Xavier

50º lugar – Ana Olívia Lemos Verly

51º lugar – Carolina Da Silva

Psicólogo

30º lugar – Fabíola Foster de Azevedo

Moradores de seis comunidades serão beneficiados com Academias da Saúde. O projeto foi anunciado hoje (17/6) pelo prefeito Rubens Bomtempo durante reunião com o secretariado. O programa foi criado pelo governo federal e será desenvolvido em quatro conjuntos habitacionais: na Rua Vassouras (Quitandinha), na Serrinha (Independência), no Castelo São Manoel (Corrêas) e no Carangola; além de dois parques, Cremerie e Itaipava.

“A criação dessas academias vai contribuir para uma melhor qualidade de vida da população”, destacou o prefeito. Cada academia custará em torno de R$ 500 mil – sendo R$ 200 mil financiados pelo Ministério da Saúde e o restante contrapartida do município.

Os recursos para a implantação do projeto estavam parados desde 2010 e foram recuperados pela Prefeitura que está iniciando a fase de elaboração dos projetos para a realização da licitação. A previsão é que a concorrência para a escolha da empresa que ficará responsável pela obra aconteça em julho.

Após serem instaladas, as academias da saúde serão administradas por um comitê gestor formado pela Fundação de Cultura e secretarias de Saúde, Habitação e Esportes. O Programa Academia da Saúde foi criado pela Portaria Ministerial nº 719, tem como principal objetivo contribuir para a promoção da saúde da população a partir da implantação de polos com infraestrutura, equipamentos e quadro de pessoal qualificado para a orientação de práticas corporais e atividade física e de lazer e modos de vida saudáveis.

O prefeito Rubens Bomtempo foi homenageado pelo Bispo Diocesano Dom Gregório Paixão durante a missa celebrada para marcar o encerramento da passagem dos ícones da Jornada Mundial da Juventude por Petrópolis, neste domingo (16/6), na sede da Liga Católica, no Carangola. Dom Gregório elogiou o empenho da Prefeitura para a realização do evento.

“Parabéns à Prefeitura, na pessoa do prefeito Rubens Bomtempo, por tornar este ambiente ainda mais bonito para podermos realizar esta celebração. A Cruz e a imagem de Nossa Senhora, os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, devem ser um marco para uma vida nova. Que o evento resgate a juventude e os sonhos, que muitas vezes ficam adormecidos em todos nós”, disse Dom Gregório Paixão.

Ao receber das mãos do bispo o símbolo que representa a Jornada Mundial da Juventude, Bomtempo falou sobre a felicidade de poder estar como prefeito para apoiar e participar deste momento importante para o país: “É um momento emocionante e de muita importância para reafirmarmos o nosso compromisso com a cidade diante de Deus. A partir de agora tenho certeza de que Petrópolis vai viver com mais harmonia e comunhão”.

A Prefeitura tem apoiado a realização de todos os eventos preparatórios da Jornada Mundial da Juventude por meio da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte e também a Guarda Civil. Além disso, para a realização do evento na Liga Católica, a Comdep e a Secretaria de Obras acertaram todo o acesso do trajeto percorrido pela procissão até o terreno da realização da missa campal, que também recebeu serviços de jardinagem. O gabinete se envolveu diretamente na organização do evento.

A Chefe de Gabinete e primeira dama do município, Luciane Bomtempo, reviveu momentos da sua história durante a comemoração dos 50 anos da Escola Municipalizada Frei Aniceto, no sábado (15/6). Emocionada, Luciane reinaugurou a casa de bonecas, que leva o seu nome, e também recebeu das mãos da atual diretora, Leila Becker, um certificado com uma foto da época em que estudava na escola.

“É com muita emoção que retorno a esta escola e revivo tantos momentos marcantes na minha vida e na das minhas irmãs. É uma felicidade comemorar os 50 anos deste espaço que foi tão amado e cuidado pelo Frei Aniceto, uma pessoa maravilhosa que sempre esteve presente no nosso dia a dia e será recordado com muito carinho por todos nós”, disse Luciane Bomtempo.

O prefeito Rubens Bomtempo, que também participou do evento, lembrou da ligação da sua família com a escola: “O meu pai, como vice-prefeito, inaugurou este prédio. Em 2003, quando estava no meu primeiro mandato como prefeito fizemos obras de reforma e adaptação do prédio. Agora retorno a este espaço para comemorar os seus 50 anos. Parabéns a todos os envolvidos neste trabalho que tem o poder de transformar e plantar sementes nas nossas crianças para a construção de um futuro cada vez melhor”.

A Escola Municipalizada Frei Aniceto atende a 130 crianças com idade entre 3 e 5 anos. A diretora Leila Becker agradeceu o apoio da Prefeitura para a realização da pintura externa de todo o prédio: “Sabemos que a Educação Infantil é prioridade deste governo e isso nos deixa muito felizes. Chegar nesta escola é uma realização profissional. Por isso, aproveito esses 50 anos para reafirmar o meu compromisso de fazer desta escola um lugar de aprendizagem, brincadeiras e de integração”, disse, ao também agradecer o trabalho de ensino religioso desenvolvido pela mitra diocesana.

Os alunos da escola também homenagearam a primeira diretora da escola, Ivone Brado; a Secretária de Educação, Mônica Freitas; a subsecretária de Educação Rosilene Ribeiro; a coordenadora do Ensino Religioso Cristiane Noel; a inspetora escolar, Raquel Leão e a todo o corpo docente, merendeiras e funcionários de apoio da Escola Municipalizada Frei Aniceto.

O prefeito Rubens Bomtempo participou da solenidade que marcou o início da implantação do projeto da nova subida da serra da BR-040. Ao lado do vice-governador Luiz Fernando Pezão, e do presidente da Concer, Pedro Jonsson, Bomtempo falou sobre a importância da obra para Petrópolis, todos os municípios vizinhos e destacou a ligação Bingen-Quitandinha, como uma grande conquista para a cidade.

 “Hoje estamos fazendo história. Este é um projeto importante, vencedor e representa a força da nossa gente que tanto lutou para que a obra saísse do papel. Tenho muito a agradecer também a sensibilidade da ANTT e da Concer que atenderam ao meu pedido em 2007, ainda no meu segundo mandato como prefeito, e incluíram nesta intervenção a ligação Bingen-Quitandinha, um dos maiores presentes para os petropolitanos. Agora essa obra é uma página virada para Petrópolis”, comemorou Bomtempo.

 A contratação da mão de obra local foi defendida pelo prefeito: “Essa obra deve servir também para valorizar os trabalhadores e as empresas prestadoras de serviço dos municípios que diretamente estarão envolvidos no projeto. Só desta forma vamos garantir a integração e o real envolvimento da população do entorno, além de fomentar o desenvolvimento econômico da região que será beneficiada”.

 Bomtempo também ressaltou a importância de iniciar uma discussão sobre o futuro das famílias que vivem no trecho da serra e disse que o desenvolvimento econômico deve caminhar lado a lado com o desenvolvimento sustentável para garantir a qualidade de vida de quem vive na localidade.

O projeto prevê a duplicação de 15 quilômetros do atual trecho de descida da serra e a construção de um túnel de aproximadamente cinco quilômetros, totalizando a extensão de 20 quilômetros de nova pista. Neste projeto, serão implantadas 28 novas obras de artes especiais, entre pontes e viadutos, além de sete alargamentos de estruturas já existentes.

 “Esse é um dia de muita alegria. O projeto vai gerar empregos e novos investimentos para toda essa região”, afirmou o vice-governador. Para o presidente da Concer Pedro Jonsson, o projeto representa um grande investimento para a infraestrutura de transportes do Brasil. “Essa solenidade representa a vitória da população e dos seus representantes em Brasília. O prefeito Rubens Bomtempo foi um dos principais batalhadores para tirar do papel esse sonho, que agora é realidade”, disse o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres, Jorge Bastos.

O secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, se reuniu na manhã de sexta-feira (14/06) com representantes de órgãos públicos, de instituições não governamentais e representantes da comunidade do Vale do Cuiabá para iniciar o projeto coletivo de um sistema de alerta e alarme de grande abrangência para a localidade.  O projeto vai englobar estudos sobre a bacia dos rios que atravessam a região e o desenvolvimento de um sistema de alerta e de alarme para minimizar a vulnerabilidade dos moradores em situação de risco de inundação.

“Nós temos um problema aqui no Vale do Cuiabá que precisa ser resolvido. E o primeiro passo é estabelecer um planejamento para que nós possamos adotar medidas imediatas. Nós devemos também pensar em planos alternativos e que funcionem ainda antes das chuvas do final do ano. Nós não podemos impedir as chuvas, mas podemos reduzir a vulnerabilidade das pessoas”, frisou o secretário .

Entre as possibilidades consideradas durante o encontro, a população poderá contar com o recebimento de alertas por mensagem de celular em caso de cheias de rio, de forma integrada com as informações levantadas por equipamentos de medição do índice pluviométrico e das condições de cheias dos rios. Um sistema de comunicação entre as diferentes localidades da região do Vale do Cuiabá também foi discutido. Além disso, o sistema prevê o treinamento dos moradores de locais de alto risco para se dirigirem para locais seguros até que a situação de risco passe.

Segundo o diretor do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Agostinho Ogura, a integração de forças locais é um grande diferencial. “É muito importante nós fazermos esse trabalho conversando com a comunidade, porque precisamos conhecer de perto a realidade dessas pessoas para que elas saibam exatamente o que precisam fazer nas diferentes situações em que os alertas vão ser emitidos”, comentou Ogura, que irá montar uma força-tarefa no Cemaden com especialistas em inundação e desastres naturais, entre outros, para atender Petrópolis.

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea), representado pelo engenheiro José Carlos Grilo Carletti, também fará parte do grupo. Atualmente, o Inea está realizando obras de reconstrução da calha do rio e se colocou à disposição para contribuir com o projeto. “Essa união entre o poder executivo, legislativo e a comunidade é muito importante para todos nós”, ressaltou.

Para o presidente da associação de moradores de Boa Esperança e Vale do Cuiabá, José Quintella, a comunidade não tinha parâmetro para medição do nível de água dos rios na época da tragédia de 2011. “As pessoas não acreditavam que a água pudesse chegar à casa delas. Monitorar o volume do rio, para nós, é muito importante. Assim como temos necessidade de ter uma comunicação melhor entre todas as localidades, para que as pessoas possam  informar umas às outras sobre o volume dos rios. Estou muito feliz que esse sistema esteja sendo estudado”, comentou Quintella.

A iniciativa de reunir diversas entidades para construir soluções de forma coletiva para o Vale do Cuiabá foi elogiada pelo vereador Silmar Fortes, que considerou a medida uma preocupação com a integração das forças sociais e políticas que compõem o problema. Também estiveram presentes a secretária executiva do Comitê Piabanha, Rafaela Facchetti e moradores da comunidade.

O prefeito Rubens Bomtempo participou ontem (14/06) da audiência publica realizada no Palácio de Cristal, para discutir as questões habitacionais do município. Um dos resultados do encontro foi o agendamento de uma reunião para o próximo dia 18 de junho com o Centro de Defesa dos Direitos Humanos – CDDH, por conta do anúncio do Prefeito, sobre o avanço do processo de doação de um terreno a entidade, para a implantação do programa Minha Casa, Minha Vida, na Rua Gaspar Gonçalves, no Quarteirão Brasileiro.

Cerca de 500 pessoas acompanharam o evento e conheceram as ações e os investimentos empregados pelo Governo Municipal nos últimos cinco meses, com a construção de políticas voltadas para os problemas habitacionais. A reativação do Conselho Municipal de Habitação e a falta de prestação de contas do Fundo Municipal de Habitação também foram ressaltadas durante a reunião: “Mais de R$ 700 mil ficaram parados porque o governo passado sequer prestou contas. Isso é um desrespeito com quem está há anos lutando por uma casa e melhores condições de vida”, ressaltou o prefeito.

Durante a audiência pública, Bomtempo conversou com moradores de todo o município e destacou a importância do encontro. “Quem garante a cidade viva é o povo, por isso precisamos realizar esse encontro com mais frequência para juntos elegermos as prioridades. Estamos vivendo um momento emblemático”, disse o prefeito.

Em apenas cinco meses o prefeito conseguiu desapropriar um terreno no Caetitu para a construção de 800 casas, buscou entendimento para o início imediato das obras de outras 840 moradias no Vizenzo Rivetti e ainda recuperou o PAC Estrada da Saudade, que irá reassentar 164 famílias do bairro.

“Fomos eleitos porque o povo confia na nossa capacidade de governar. Habitação é prioridade e num curto espaço de tempo estamos garantindo soluções positivas nesta área”, disse Bomtempo ao lembrar que entregou mais de 600 casas populares quando foi prefeito.

Bomtempo disse ainda que até o final do ano entregará 144 unidades na Posse e que continua buscando terrenos que possam abrigar conjuntos habitacionais na cidade.

A advogada e representante do CDDH, Francine Pinheiro, apresentou solicitações de comunidades do Vale do Cuiabá, Pica Pau, no Thouzet, e Rua Cuba, em Quitandinha. Nessas regiões, além de determinar o empenho de secretários, como de Defesa Civil, Obras e Setrac, o prefeito garantiu que visitará pessoalmente as regiões. Moradores das margens da Rodovia BR-040 também participaram da audiência pública. “Estamos atentos a situação das comunidades existentes nas margens da Rodovia e no nosso primeiro governo, nos posicionamos ao lado dos moradores e agora não será diferente”.

Na próxima terça-feira (18/06), o polo de moda do Bingen ganhará um estacionamento rotativo. A medida, adotada pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTRans), atende à reivindicações dos comerciantes locais, que alegavam falta de vagas para os clientes.

“Pedimos uma solução à CPTrans, porque muitas pessoas deixam os carros aqui e viajam para o Rio de Janeiro. Os veículos ficam parados durante dias inteiros, em horário comercial”, afirmou o presidente da Associação do Polo de Modas do Bingen (Assobingen), Alan Freitas. 

Segundo Freitas, alguns comerciantes, que têm o direito de estacionar dentro dos shoppings, também fazem isso, só por comodidade. “Dessa forma o comércio é prejudicado, pois os clientes ficam impossibilitados de estacionar”, ressalta. 

Para o presidente da CPTRans, Gilmar de Oliveira, a medida deve ajudar a organizar o trânsito no Bingen. “Trata-se de um local muito importante para a cidade. Procuramos sempre atender às reivindicações da população”, disse. 

O estacionamento compreende trechos da Rua Doutor Paulo Hervê e da Avenida Ministro Lúcio Meira. O funcionamento será de terça-feira a sábado, das 7h às 19h. Os tíquetes custarão R$2,50 e poderão ser adquiridos nos postos credenciados pela CPTrans nas lojas Nude, no Shopping Serra Verde; Pricopy Impressões, no Aldeia Shopping e LD, no Grupo 15.                                                                           

O prefeito Rubens Bomtempo conseguiu mais um investimento para o Hospital Alcides Carneiro (HAC), uma verba de R$ 1 milhão proveniente de uma emenda parlamentar da deputada federal Jandira Feghali. O recurso será usado para a reforma da unidade. 

Na tarde da última sexta-feira (14/06) o secretário de saúde, André de Sá Earp, esteve no hospital vistoriando o ambulatório e a farmácia, dois setores que podem receber o investimento. “Estamos analisando os locais que precisam de intervenções urgentes. Esse recurso vai contribuir na reestruturação do hospital”, ressaltou o secretário. 

A emenda parlamentar é mais um recurso destinado à recuperação do HAC. Na semana passada o secretário de estado de saúde, Sérgio Côrtes anunciou a destinação de R$ 8 milhões para intervenções na parte estrutural do prédio da unidade, na maternidade e na UTI-Infantil. 

Outro recurso anunciado pelo prefeito é a destinação de R$ 1,3 milhão por meio da emenda parlamentar do deputado Glauber Braga. O dinheiro será usado na compra de equipamentos como camas, suporte para soro, entre outros. A previsão, segundo o prefeito é que as obras tenham início no segundo semestre.

Terminou nesta sexta-feira (14/06) o prazo para entrega da Declaração Anual para o Índice de Participação dos Municípios (Declan). A declaração indica a arrecadação do Imposto sobre o Comércio de Mercadoria e Serviços (ICMS) pago pelas empresas à secretaria de Estado de Fazenda. A expectativa é de que Petrópolis tenha um resultado positivo em 2013, em comparação com os dados levantados dos últimos anos, quando houve um esvaziamento econômico da cidade.

Para resgatar a participação do município no total da arrecadação do imposto, a secretaria municipal de Fazenda realizou uma ação de orientação e acompanhamento das declarações junto às principais empresas contribuintes da cidade. No último ano do governo anterior de Bomtempo, Petrópolis obteve um índice de participação no total de ICMS recolhido no Estado de 1,936, em decorrência de esforços do governo. Isso refletiu positivamente até 2011, quando foi produzido um índice de 2,042. Agora, o índice para 2013 é de 1,776, representando uma  queda de 8,26% entre 2009  e 2013.

Da mesma forma, o Índice Final de Conservação Ambiental (IFCA) no ano de 2009 diminuiu de 3,39 para 2,23 em 2013, representando uma expressiva queda de 34,21% no período em análise. "Estas quedas representam uma diminuição de aproximadamente R$ 20 milhões por ano no orçamento do município, valor que através da ação DECLAN-IPM 2013, o Prefeito Rubens Bomtempo quer resgatar, para aplicar em mais saúde, mais educação, mais segurança e melhor qualidade de vida para o cidadão petropolitano", explicou o secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa. 

Patuléa acredita que a gestão anterior não fez o acompanhamento econômico do município. "Ao retomarmos o governo, visitamos os principais contribuintes do município, responsáveis por 80% da arrecadação. A receptividade foi excelente e nós agradecemos aos contadores e empresários pela acolhida e pronta resposta à ação, porque agora nós poderemos melhorar os investimentos na cidade. Nós fizemos o dever de casa, isso é fazer gestão e estar comprometido com a cidade”, frisou Patuléa.

A Declan é uma obrigação que não gera ônus para o empresário e deve ser realizada anualmente. Ela tem a finalidade de identificar o total de ICMS recolhido das empresas em cada município. Com esse valor em mãos, a secretaria de Estado de Fazenda pode calcular o montante de repasse de verbas que deverá retornar para a cidade. O período para entrega da declaração retificadora vai até o dia 21 de junho. Após o término das retificadas, a secretaria de Fazenda irá acompanhar, na secretaria de Estado, as declarações apresentadas pelas empresas petropolitanas para produzir aumento no índice de participação municipal.