Segunda, 08 Julho 2013 - 20:01

Cinco anos de Restaurante Popular

No dia em que o Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira comemora cinco anos de inaugurado, a aposentada Maria Hormelia Cerqueira também celebrou os cinco anos de controle da hipertensão. Desde que passou a fazer as refeições no restaurante, não teve mais problemas de saúde.
“Além da comida ser saborosa e ter uma boa variedade, aqui encontrei uma alimentação balanceada que foi fundamental para controlar a minha pressão arterial”, afirmou a aposentada, que também elogiou o atendimento do local.
A comemoração pelo aniversário do espaço, que serve diariamente mil refeições a R$ 1, com sobremesa e refresco, e também 500 cafés-da-manhã, por R$ 0,50, contou com música ao vivo, bolo e ainda lembranças para os clientes.
“É importante comemorar esta data. O Restaurante Popular foi inaugurado na última gestão do prefeito Rubens Bomtempo para garantir à população comida barata e de qualidade. Esse é um dos equipamentos municipais que mais tem identificação com os trabalhadores e com a terceira idade”, disse o secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Jorge Maia.
O cardápio do restaurante é acompanhado por nutricionistas e segue as recomendações da boa alimentação: saladas, pouca fritura e frutas. No segundo semestre serão oferecidos ao público cursos de reaproveitamento de cascas de alimentos, e, posteriormente, de culinária.
O restaurante popular funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h. O café-da-manhã é servido das 8h às 9h30 e o almoço, das 10h45 às 14h30. O endereço é Rua Dr. Porciúncula, s/n°, Centro.

A licitação para a execução de obras de reforma do Centro de Capacitação Frei Memória está marcada para o próximo dia 22 de julho. O aviso de Tomada de Preços foi publicado no Diário Oficial do município no último dia 2 de julho e prevê desde reparos no telhado à revitalização da pintura.

Os interessados devem buscar o edital completo no Departamento de Licitações e Contratos Administrativos. A obra está orçada em aproximadamente R$ 700 mil e a previsão é que seja concluída num prazo máximo de 180 dias. O trabalho será iniciado pelo telhado, corrigindo pequenas infiltrações, incluindo os beirais e todo o madeiramento. O forro também ganhará cuidados especiais e o prédio terá a pintura revitalizada.
 
O imóvel tem dois pavimentos e garantir a acessibilidade será uma das prioridades. Além disso, as instalações elétricas, que são antigas, também serão revisadas. “Considerando que a unidade faz parte da Secretaria de Educação e a sua história como patrimônio público dedicado à educação, o investimento na reforma do prédio valoriza mais um dos espaços educacionais da nossa cidade”, disse a secretária de Educação Mônica Freitas.
 
Na casa, entre o fim do século XIX e início da década de 40, morou Moreira da Fonseca. Médico, ele implantou um laboratório no prédio onde fazia observações microscópicas. Também chegou a manter no local cerca de 800 cobras para a extração de veneno e a preparação de medicamentos.

O prefeito Rubens Bomtempo, acompanhado por secretários de governo, vereadores e grande número de moradores, realizou um percurso pela Vila Rica, em Pedro do Rio, com a finalidade de ouvir da população quais são as necessidades que deverão ser incluídas no plano de gestão da comunidade. A visitação aconteceu no último domingo (7/7), logo após a inauguração do biodigestor construído em parceria com a Águas do Imperador e que já permitiu despoluir o córrego que corta a localidade.
O roteiro a pé incluiu a visitação às instalações do Centro de Educação Infantil Criança Santa Edwiges, localizada ao lado do biodigestor, e da Escola Municipalizada Santa Terezinha. Em seguida, Bomtempo seguiu para o Posto de Saúde de Vila Rica, o Centro de Inclusão Digital (CID) e a quadra da comunidade.
Em cada um desses pontos, o prefeito conversou com os moradores sobre as necessidades da comunidade e debateu com os secretários de governo sobre os meios de resolver o mais rapidamente possível cada um dos problemas relatados. O secretário estadual de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida, Marcus Vinícius, também esteve presente e discutiu a possibilidade de criar uma Academia da Saúde próximo à quadra.
“Quando eu cheguei ao governo, havia cerca de 80 convênios parados e nesses seis meses já consegui recuperar quase todos, apenas dois ainda estão em processo de recuperação. Nós estamos trabalhando para retomar o tempo perdido nessa cidade. E aqui na Vila Rica nós estamos mobilizados para resolver a falta de Internet no CID, vamos trazer em breve o Escola Aberta, beneficiando a população com o uso da quadra da escola aos finais de semana, além dos outros pontos discutidos aqui hoje”, informou o prefeito, que após o dia 15 deste mês irá percorrer os distritos para acompanhar as demandas locais diretamente com a população.

O recadastramento das famílias que recebem o aluguel social termina na próxima segunda-feira (15/7). O processo teve início no dia 15 de junho e 75% dos beneficiados já atualizaram as informações. Ao todo, 876 famílias vítimas da chuva de 2011 recebem o benefício no valor de R$ 500 pagos pelo governo do estado.
 
O processo está sendo realizado no Centro de Cidadania  Desembargador Jorge Loretti, em Itaipava (ao lado do Ciep de Itaipava) entre 9h e 16 horas. Para fazer o recadastramento é preciso apresentar os documentos originais de todos os moradores da casa. Os maiores de 18 anos devem levar identidade, CPF, Carteira de Trabalho, comprovante de renda (contra-cheque) se houver, Título de Eleitor ou comprovante de voto nas últimas eleições, além do comprovante de residência. Para os menores de idade, é preciso apresentar Certidão de Nascimento e Declaração Escolar.
 
Após o recadastramento dessas famílias, a Prefeitura inicia logo em seguida, a partir do dia 16/7, o processo de atualização do cadastro dos beneficiados pelo aluguel social pago pelo município. Este será realizado na sede da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), na Avenida Ipiranga, nº 544; e nos cinco Centros de Referência e Assistência Social (CRAS): Centro, Amazonas, Retiro, Vale do Carangola e Centro de Cidadania de Itaipava. O atendimento tem início ao meio dia e segue até as 17 horas. O processo termina no dia 20 de agosto. Para fazer o recadastramento é preciso levar os documentos (originais e cópia) de todos os moradores da casa; além do comprovante de residência.

Cerca de 300 alunos, do 1° ao 9° ano do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de Petrópolis, participaram da abertura do Festival de Inverno da Dell’Arte esse final de semana. O evento, chamado Festival vai à Praça, aconteceu domingo (7/7), na Praça da Liberdade, de 10h às 13h30 e contou com apresentações de corais, danças, poesias e capoeira. As professoras Cecília Nahm e Deise Gouttnauer representaram a Secretaria de Educação e o tema foi Ano da Alemanha no Brasil.

“O evento foi ótimo, o dia estava lindo, as crianças se divertiram. Os pais, professores e a presidente da Dell’Arte, Myrian Dauelsberg, elogiaram muito. O festival foi um sucesso!”, comemorou Cecília Nahm.

O Festival vai à Praça contou com as apresentações da Banda Marcial da Escola Municipal Johann Noel; Coral da Escola Municipal Soroptmista; Orquestra de Câmara do Palácio Itaboraí; o grupo de dança dos alunos das escolas municipais Salvador Kling, Odette Fonseca, Augusto Meschick e Liceu Municipal; Coral Canta Gunnar, com alunos do Colégio Gunnar Vingren; poesias e dança alemã, com alunos da Escola Municipal Amélia Antunes Rabello; Orquestra da Ação Social pela Música do Brasil; banda da Escola Municipal Major Júlio Frederico Koeller e capoeira da Escola municipal Marcello Alencar.  

O prefeito Rubens Bomtempo inaugurou no último domingo (7/7) o biodigestor de Vila Rica, em Pedro do Rio, um projeto em parceria com a concessionária Águas do Imperador. Ecologicamente correto, o sistema não consome energia elétrica e irá atender cerca de duas mil pessoas ao processar aproximadamente 130 mil litros de esgoto diariamente, sem cobrança extra de tarifa na conta de água.

O saneamento de esgoto em Vila Rica era uma demanda antiga da população. Com o biodigestor, foi possível não apenas despoluir o córrego que percorre a localidade, mas também retirar da natureza 70 mil garrafas PET, doadas pela Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) para a construção dos filtros, além de 500 pneus enviados pela Águas de Nova Friburgo e que foram retirados do Rio Bengalas, naquele município. A água é devolvida ao rio, após o tratamento, com índice de até 85% de pureza em relação à carga orgânica inicial.

“Essa era uma exigência legítima da comunidade. O córrego vai ser utilizado apenas para receber as águas das chuvas. Além da despoluição do rio, o biodigestor está dentro da construção de políticas públicas voltadas para a educação ambiental e de consciência ecológica. Aqui fica claro o envolvimento do sistema com a creche, que fica ao lado, e a comunidade. Esse é o sétimo biodigestor que nós construímos, tem um cunho social e uma política de reparação, devido a todos esses anos de esgoto correndo aqui a céu aberto”, esclareceu o prefeito.

Embora as obras do biodigestor tenham sido iniciadas no final da última gestão de Bomtempo, em 2008, elas ficaram paradas durante os últimos quatro anos. Para a presidente da Associação de Moradores de Vila Rica, Zilda Damião, a inauguração do do sistema é uma grande vitória para a comunidade. “Essa obra começou no último mandato de Bomtempo e hoje finalmente estamos inaugurando. Isso representa a saúde da comunidade e da creche. O prefeito sempre foi amigo da nossa comunidade, sempre esteve presente e, na medida do possível, sempre nos atendeu. Foi no seu mandato que nós conseguimos uma coisa inédita, que é a legalização do conjunto habitacional, quando saíram 180 escrituras. Mas quando o prefeito saiu, parou tudo. Em nome da comunidade eu tenho muito a agradecer por tudo o que ele faz por nós”,  ressaltou.

O biogás gerado pelo tratamento será utilizado na cozinha do Centro de Educação Infantil Criança Santa Edwiges. A canalização, juntamente com o fogão, já está pronta para ser utilizada. “O processo aqui é totalmente biológico e vamos precisar de aproximadamente dois meses para que o biogás seja produzido em quantidade suficiente. Nós esperamos que ele chegue à outra escola [Escola Municipalizada Santa Terezinha] e a algumas casas. Por isso, quanto mais pessoas aderirem ao processo, melhor”, disse o diretor executivo de Águas do Imperador, Marcio Salles.

Presente à inauguração, o deputado federal Hugo Leal disse que cada pessoa, em parceria com a classe política, tem um papel importante na solução dos problemas enfrentados pela sociedade. “Aqui nós temos um exemplo de como é possível utilizar os nossos próprios recursos para a solução de um problema. O biodigestor transforma a necessidade de saneamento em uma solução. Aqui são aproveitadas as coisas que já estão na natureza, as soluções estão aqui entre nós”, disse.

Além do biodigestor de Vila Rica, a parceria entre o governo Bomtempo e a Águas do Imperador já possibilitou a criação do mesmo sistema em Vila Ipanema (Quitandinha), no Siméria, no Alto Independência, no Bonfim (Corrêas), na Posse e em Nogueira. O vereador Vadinho ratificou a importância do saneamento para a população: “A comunidade está em festa, pois era um anseio de todos aqui, há muitos anos, acabar com a poluição e o mal cheiro do córrego”, frisou.

Também participaram da cerimônia os vereadores Pastor Sebastião, Ney Botafogo, Ronaldo Ramos, Luizinho Sorriso, Maurinho Branco e Ronaldão, além de secretários de governo, representantes de outras associações de moradores e a população local.

O prefeito Rubens Bomtempo e a primeira-dama e chefe de Gabinete, Luciane Bomtempo, participaram nesta sexta-feira (5/7) do evento de abertura do 13º Festival de Inverno de Petrópolis, promovido pela Dell’Arte Soluções Culturais, recebidos pelo bispo diocesano Dom Gregório Paixão e pelo Padre Jac na Catedral São Pedro de Alcântara. O organista Marcelo Giannini e o Coral Municipal de Petrópolis, regido pelo maestro Paulo Afonso Filho, realizaram as apresentações de abertura diante de uma plateia inspirada pela música e pela noite fria e estrelada do inverno de Petrópolis.

“É uma satisfação muito grande poder retomar o trabalho desenvolvido com a Myrian, pois o Festival de Inverno vem para valorizar a nossa alta temporada de turismo em Petrópolis e, principalmente, o povo da nossa terra. O petropolitano gosta de cultura e quer participar. Nesse momento eu entendo que é importante não só manter o festival na cidade, mas ajudar a transformá-lo para que se torne ainda maior”, disse o prefeito.

Segundo a presidente da Dell’Arte, Myrian Dauelsberg, foi emocionante estar na abertura da 13ª edição do Festival de Inverno em Petrópolis, única cidade imperial da América do Sul. “Agradeço ao prefeito Rubens Bomtempo pelo apoio que tem nos dado desde a primeira edição do festival”, enfatizou.

Com todos os assentos ocupados, muitas pessoas permaneceram de pé ao longo das apresentações, que tiveram início com o Coral Municipal de Petrópolis, seguido pelo organista brasileiro residente na Suíça, Marcelo Giannini. Ao fim da apresentação de uma seqüência de solos, o coral voltou à cena junto ao organista para o encerramento, com a execução da obra “Officium defunctorum”, do também organista brasileiro Emerico Lobo de Mesquita (1746-1805). “Foi maravilhoso tocar aqui nessa noite, com essas pessoas. Fiquei emocionado por tocar em uma catedral tão bela. Acho que esse foi um dos melhores órgãos que eu já toquei no Brasil. E com a igreja cheia como estava hoje, o som parece que fica ainda melhor”, disse Giannini.

Juntamente com o Festival de Inverno Sesc Rio 2013 e com o Casa na Serra, o Festival de Inverno de Petrópolis promovido pela Dell’Arte foi oficialmente lançado em Itaipava no dia 20 de junho, com programação especial organizada pela Prefeitura de Petrópolis e pela Fundação de Cultura e Turismo. O 13° Festival de Inverno de Petrópolis acontece até o dia 21 de julho com 49 eventos que incluem shows, balés, ópera, apresentações de corais e peças teatrais, além de palestras. Consagrados artistas nacionais vão se apresentar ao lado de músicos internacionais, vindos da Rússia, Alemanha, Colômbia e Argentina. O festival também fará uma homenagem ao Ano da Alemanha do Brasil, com exibição de filmes clássicos alemães (Asas do Desejo, A vida dos Outros e Lili Marlene). Os espetáculos irão acontecer em diferentes locais, incluindo as praças, com shows gratuitos, e terão preços populares.

Já o festival de Inverno Sesc Rio terá início no dia 13 de julho e irá acrescentar outros ritmos, como o rock e o rap, incluindo um show gratuito do grupo Paralamas do Sucesso em Itaipava, que acontecerá no Parque Municipal de Petrópolis, no dia 27 de julho (sábado). Música, teatro, dança, artes visuais, cinema e literatura trarão grandes nomes à cidade e mostrarão também novos talentos locais. Debates, palestras e oficinas complementam a programação.

O Casa na Serra é uma novidade para este ano e inclui a gastronomia ao cardápio cultural e de lazer dos demais festivais. Ocupando os 750 metros quadrados de onde funcionou a Arteiro, em Itaipava, o evento contará com um bar na entrada, quiosques e atividades nos jardins, onde será instalado o Espaço Bem Estar para massagens, aulas de ioga e relaxamento, além de exposição de orquídeas. As artes plásticas ganharão destaque com um roteiro de visitas, feitas em vans, a lojas e ateliês que estarão de portas abertas, e com uma exposição na Arteiro, com obras de todos os ateliês incluídos no roteiro. Shows de jazz, blues, aulas de gastronomia, harmonização de vinhos e paisagismo completam a programação, que ainda conta com atividades infantis, jogos de tabuleiros, sinuca, além de cavalgadas e caminhadas ecológicas. Hotéis e restaurantes também farão sua apresentação, demonstrando a gastronomia de alto nível da região, e produtos locais serão comercializados nos quiosques. Também estiveram presentes o Bispo Diocesano Dom Gregório Paixão, Padre Jac e o diretor de cultura da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, Cláudio Gomide.

Sábado, 06 Julho 2013 - 13:41

Obras no Quilombo da Tapera recomeçam

As obras de construção das casas do Quilombo da Tapera, no Vale do Boa Esperança já foram retomadas. A expectativa é que os 13 imóveis sejam entregues em aproximadamente 90 dias.

O contrato com a antiga empresa foi rescindido, em abril após a firma abandonar os trabalhos. “Contratamos uma nova empresa para concluir a obra e resolver o problema dos moradores que estão há mais de dois anos aguardando uma solução. Nosso principal objetivo é dar melhores condições de moradia para essas famílias”, ressaltou o prefeito Rubens Bomtempo.

De acordo com o presidente da Comdep, Hélio Dias, foi realizado um inventário no canteiro de obras para verificar o que realmente foi feito pela antiga empresa. “Agora está sendo feito o encontro de contas e todas as medidas jurídicas pelo descumprimento do contrato estão sendo tomadas, não havendo qualquer prejuízo para companhia”, garante Hélio Dias, que vai apurar todas as irregularidades encontradas.

As famílias são descendentes de escravos da antiga Fazenda Santo Antônio e a comunidade, que existe há mais de 100 anos, foi uma das atingidas pela tragédia ocorrida no Vale do Cuiabá, em janeiro de 2011, que até agora, estão abandonados.

“O material de construção já chegou e os operários já estão trabalhando. Estamos esperançosos e confiantes que a obra será concluída no prazo estipulado. Estávamos desacreditados, pois ouvimos muitas promessas do governo anterior”, disse Adão Cassiano, complementando: “Agora estamos vendo que os compromissos assumidos estão sendo cumpridos, como à dispensa da antiga empreiteira e o reinicio da obra exatamente no dia estipulado pela Prefeitura”.

O prefeito Rubens Bomtempo determinou a contratação de mais 10 concursados para a área de assistência social aprovados no concurso público de 2011. A convocação é para o cargo de psicólogo. Também foram chamados um técnico administrativo e dois técnicos em contabilidade.

Os nomes dos candidatos foram publicados no Diário Oficial desta sexta-feira (5/7). Eles deverão comparecer ao Departamento de Administração de Pessoal e Recursos Humanos (Avenida Koeler, nº 260 – Centro) na próxima quinta-feira (11/7) às 14 horas. O não comparecimento implicará na desistência dos candidatos.

Segue a lista dos candidatos:

 

CARGO: PSICÓLOGO

31º - Leila Maria de Souza Soares

32º - Rosane Granja Fernandes

33º - Thayana Aguillera Melo Rodrigues

34º - Cristina Miranda do Nascimento

35º - Maria Angela Ribeiro Madruga

36º - Andrea Regina Simoes da Silva

37º - Maira Dominato Rossi

38º - Jhayana Couto Ribeiro

39º - Miriam de Fatima Mendes Daemon

40º - Fernanda Matos Sousa

 

CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO

10º - Uélinton Roberto da Silva

 

CARGO: TÉCNICO EM CONTABILIDADE

04º - Luciano Pinheiro de Medeiros

05º - Fernando Cesar Procópio da Silva Filho

O Restaurante Popular Regina de Lourdes Vieira completa cinco anos nesta segunda-feira (8/7). Inaugurado no segundo mandato do Prefeito Rubens Bomtempo, o local vem servindo diariamente mil almoços por R$1 cada, com sobremesa e refresco e 500 cafés-da-manhã, por R$ 0,50 (café com leite, pão com manteiga e fruta). A comemoração terá como tema “Festa Junina”, contará com música ao vivo do cantor de forró William Feliciano e serão distribuídas lembranças para o público. 

“O restaurante é um dos equipamentos municipais que tem mais identificação com os trabalhadores, com a terceira idade e com todos aqueles que acreditam que o governo socialista assume e cumpre seus compromissos com a população”, afirmou o secretário da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Jorge Maia.

O secretário anuncia que no segundo semestre serão oferecidos ao público cursos de reaproveitamento de cascas de alimentos e, posteriormente, de culinária. Os cardápios são acompanhados por nutricionistas e seguem as recomendações da boa alimentação: saladas, pouca fritura e frutas. O estabelecimento conta com 21 funcionários, entre cozinheiros, ajudantes de cozinhas e auxiliares de serviços gerais. O restaurante funciona de segunda a sexta-feira, de 8h às 15h. O café-da-manhã é servido de 8h às 9h30 e o almoço, de 10h45 às 14h30. O endereço é Rua Dr. Porciúncula, s/n°, Centro.