PMP também começa a vacinar pessoas com comorbidades acima de 58 anos

A Secretaria de Saúde inicia nesta quinta-feira (06/05) o cadastramento para a vacinação contra covid-19 de pessoas com síndrome de down e pacientes renais crônicos (em diálise) com idade superior a 18 anos. Também será aberto cadastro para pessoas com mais de 58 anos que tenham algum tipo de comorbidade e pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) na mesma faixa etária das comorbidades. A vacinação destes públicos - que fazem parte da fase 1 do grupo de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas - começa no sábado (8/05).

Para a vacinação o interessado deve ser cadastrado no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). No dia da vacinação é necessária a apresentação de documento pessoal com foto, CPF e laudo médico, atestado ou receita que comprove a condição/comorbidade apontada no cadastro.

Em Petrópolis, a vacinação segue os parâmetros estabelecidos dentro do Plano Nacional de Vacinação, com a ampliação feita de acordo com a chegada de lotes de vacinas.

Em Petrópolis a vacinação contra a covid-19 é feita em 10 pontos de vacinação distribuídos nos cinco distritos.


O boletim epidemiológico desta terça (03/05) mostra que Petrópolis fez, até agora, 150.594 testes para Covid-19, com 32.887 resultados positivos e 112.817 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab). Mais 14 óbitos foram confirmados e inseridos na base de dados do município nesta terça-feira.

Neste momento, 150 pessoas estão internadas em leitos de UTI privados e pelo SUS. Outras 171 estão em leitos clínicos, considerando leitos privados e SUS, totalizando assim, 321 internações em toda a rede da cidade. A ocupação de leitos clínicos pelo SUS é de 52,52% e 80,67% em leitos de UTI.

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 994 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbitos registrados:

1. Homem, 39 anos, morador no Quitandinha. Internado em 13.04.2021 na UPA Centro. Óbito registrado em 13.04.2021 na UPA Centro. Paciente sem comorbidades.

2. Homem, 71 anos, morador no Roseiral. Internado em 02.04.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 14.04.2021 no HNSA. Paciente sem comorbidades.

3. Homem, 63 anos, morador no Quitandinha. Internado em 01.04.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 20.04.2021 no HNSA. Paciente com hipertensão arterial e diabete.

4. Homem, 63 anos, morador no Retiro. Internado em 12.04.2021 na UPA Itaipava e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 22.04.2021. Paciente com hipertensão arterial.

5. Homem, 52 anos, morador no Capela. Internado em 13.04.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 23.04.2021. Paciente com doença cardiovascular crônica.

6. Homem, 77 anos, morador no Valparaíso. Internado em 14.04.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 23.04.2021 no HNSA. Paciente com hipertensão arterial, cardiopatia e diabetes.

7. Mulher, 48 anos, moradora no Independência. Internada em 15.04.2021 no SMH. Óbito registrado em 23.04.2021 no SMH. Paciente com hipertensão arterial.

8. Homem, 71 anos, morador no Quitandinha. Internada em 16.04.2021 na UPA Centro e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 24.04.2021 no HNSA. Paciente com hipertensão arterial e doença pulmonar obstrutiva crônica.

9. Homem, 43 anos, morador no Cascatinha. Internado em 16.04.2021 no SMH. Óbito registrado em 26.04.2021 no SMH. Paciente com hipertensão arterial e obesidade.

10. Homem, 78 anos, morador no Morin. Internado em 25.03.2021 na UPA Cascatinha. Óbito registrado em 26.04.2021 na UPA Cascatinha. Paciente com neoplasia de cólon.

11. Homem, 42 anos, morador em Cascatinha. Internado em 14.04.2021 no SMH. Óbito registrado em 27.04.2021 no SMH. Paciente sem comorbidades.

12. Homem, 65 anos, morador na Coronel Veiga. Internado em 19.04.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HMNSE. Óbito registrado em 30.04.2021 no HMNSE. Paciente sem comorbidades.

13. Homem, 66 anos, morador no Caxambu. Internado em 29.03.2021 no HAC. Óbito registrado em 02.05.2021 no HAC. Paciente com hipertensão arterial.

14. Mulher, 72 anos, moradora no Independência. Internada em 25.04.2021 no PSLS e transferida para o HNSA. Óbito registrado em 03.05.2021 no HNSA. Paciente com diabetes.


Evento será realizado cumprindo todos os protocolos de segurança

A etapa em Petrópolis da Copa Internacional de Mountain Bike (CIMTB) – prevista para acontecer entre 24 e 26 de setembro no Vale do Cuiabá – irá seguir os protocolos de saúde e pode ser realizada sem público. Em reunião realizada nesta terça-feira (04/05), representantes da prefeitura ouviram do organizador do evento, Rogério Bernardes, as normas para que a prova aconteça de forma segura, com a testagem de atletas e equipes de apoio. O município também vai receber a Copa do Mundo de MTB em abril de 2022.

O mercado brasileiro de ciclismo vem crescendo de forma estável já há alguns anos. Segundo a Abraciclo, o crescimento da produção no Brasil em 2020 foi de 12,8%, com um total de 750 mil bicicletas fabricadas. Um dos motivos desse aumento é a bike entrando no dia a dia do brasileiro durante a pandemia, como explica Rogério.

"Será uma etapa que seguirá a risca com todos os protocolos de segurança. Vamos limitar o número de pessoas na prova e se for necessário, será realizada sem público. Além disso, em 2022, vamos fazer o melhor trabalho possível para que a Copa do Mundo não saia nunca mais do Brasil”, contou Rogério.


Mais de 30 animais poderão ser adotados

A prefeitura de Petrópolis, por meio da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea), promove neste sábado (8) a quarta etapa da Campanha de Adoção. Com os lemas “Não compre, adote” e “Adotar é tudo de bom”, a ação vai acontecer na Praça Dom Pedro, de 10h às 15h, com o objetivo de estimular a posse responsável.

Serão mais de 30 animais, entre cães e gatos, disponíveis para receber um novo lar. Seis barracas estarão destinadas às três ONG’s participantes. São elas: Dog’s Heaven (@dogsheaven), Proteção Cão Amor (@protecaocaoamor) e GAPA Itaipava (@gapaitaipva.ong). A loja de ração Rospauth também estará no local e será uma das apoiadoras do evento.

Desde a primeira etapa, que aconteceu na segunda semana de fevereiro, 22 “pets” – 18 cães e quatro gatos - foram acolhidos por novas famílias. Todos os animais (filhotes e adultos) levados pelos protetores ou pela Coordenadoria à feira estão vacinados, vermifugados e castrados.

O processo de adoção é simples e rápido. O interessado precisa apenas apresentar seus documentos de identidade e CPF, comprovante de residência, além de ser maior de 18 anos. Qualquer representante, seja individual ou empresa, que deseje incentivar de alguma forma a campanha, bem como, os interessados em adotar algum animal, podem esclarecer todas as suas dúvidas diretamente com a Coordenadoria através do telefone: (24) 2291-1505; ou pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .


Prefeitura anunciou também a castração de 1.200 animais até agosto

A criação do programa para a esterilização cirúrgica de cães e gatos com a finalidade de controle populacional. Esse é o objetivo da lei do Castramóvel, sancionada pelo governo municipal nesta terça-feira (04/05). O planejamento será coordenado pelo Bem-estar Animal (Cobea) e vai contar com um estudo das localidades que apontem para a necessidade de atendimento prioritário; o quantitativo de animais a serem castrados; e os critérios de triagem socioeconômica. O processo de compra de insumos para utilização do equipamento está em fase final para a prefeitura iniciar o seu funcionamento.

Durante o encontro, a prefeitura anunciou ainda a castração de 1.200 animais até agosto. Além de ajudar no controle populacional dos cães e gatos, o serviço previne as doenças da esfera reprodutiva e ajudam no controle de algumas zoonoses, como por exemplo a esporotricose. Esse trabalho será feito por uma empresa contratada através de licitação.

Para a utilização do castramóvel, ainda é necessário a conclusão dos processos de licitação para a compra de insumos. 

A unidade móvel de castração possui duas mesas cirúrgicas, unidades de repouso dos animais, pias para higienização, mesa para anestesia e balanças para pesagem dos animais, geladeira e também banheiro. Dois veterinários vão atuar no Castramóvel, além de um responsável técnico pela atividade.

O serviço é itinerante e tem como prioridade regiões consideradas de maior vulnerabilidade e alta incidência de animais em situação de rua. Importante ressaltar que se destinará exclusivamente à castração de cães e gatos, não sendo permitidos atendimentos clínicos ou procedimentos cirúrgicos diversos.


O governo municipal sancionou a lei criando uma comissão para elaboração do Programa Municipal de Educação Ambiental (ProMEA). O objetivo é garantir o desenvolvimento continuado do assunto nas escolas da rede, promovendo hábitos de produção e de consumo em sintonia o ecossistema de Petrópolis. Além disso, o ProMea conta no Índice de Qualidade do Sistema de Meio Ambiente, aumentando a pontuação da cidade no ICMS Verde.

Participam da comissão representantes da prefeitura, câmara de vereadores, sociedade civil organizada e governança municipal - através do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Condema). Em conjunto com esses agentes, o setor de educação ambiental da Secretaria de Meio Ambiente vai conduzir o processo de criação do ProMea.

Os participantes dessa comissão não receberão qualquer gratificação. A participação será de forma voluntária. A lei foi publicada no Diário Oficial (DO) do dia 3 de maio e está disponível no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). Recentemente, o prefeito interino sancionou a lei que cria o Fundo Municipal de Conservação Ambiental (FMCA), um passo importante passo para garantir mais recursos para a área de meio ambiente no município.

Com esses avanços, a intenção é aumentar a pontuação no ICMS Verde e aumentar a arrecadação do município.

Terça, 04 Maio 2021 - 10:21

Boletim vacinação – 03/05/2021

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência nesta segunda-feira (03/05) a vacinação contra a Covid-19. Durante todo o dia, 2.599 pessoas foram vacinadas na cidade. Destas 1.403 receberam a primeira dose e 1.196 receberam a segunda dose. Até o momento 61.877 pessoas receberam a primeira dose. Destas, 29.767 receberam a segunda dose do imunizante.

Nos pontos de drive thru do Centro, de Itaipava, Bingen e Hipershopping, 1.092 idosos foram vacinados, sendo 507 com a primeira dose e 585 com a segunda. Nos pontos de vacinação do Petropolitano Futebol Clube, da Escola Municipal Josemar Contage, em Correas, e da Posse, 531 pessoas foram vacinadas, sendo 366 com a primeira dose e 165 com a segunda.

Equipes da UBS Quitandinha (vacinação na Casa de Portugal), UBS Morin (vacinação no Hipershopping), e UBS Itamarati (vacinação no Clube Palmeira), e dos PSFs vacinaram 636 pessoas. Destas, 410 receberam a primeira dose e 226 foram vacinadas com a segunda dose.

Equipes vacinaram ainda 35 pacientes crônicos institucionalizados, sendo 34 com a primeira dose e um com a segunda dose. Em paralelo, as equipes vacinaram 305 profissionais de Saúde, sendo 86 com a primeira dose e 219 com a segunda dose do imunizante.

A vacinação segue nesta terça-feira (04.05) voltada para idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da Saúde com mais de 40 anos. A vacinação acontece de 9h as 16h nos 10 pontos de vacinação da cidade. Para receber a vacina, idosos e trabalhadores da Saúde devem estar cadastrados no site da prefeitura. (www.petropolis.rj.gov.br).

Após o cadastro, os dados sobre o agendamento podem ser consultados pelo endereço eletrônico: https://smspetropolis.net.br/consultaVacina.html.

O boletim epidemiológico desta segunda (03/05) mostra que Petrópolis fez, até agora, 149.787 testes para Covid-19, com 32.598 resultados positivos e 112.375 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab). Mais dez óbitos foram confirmados e inseridos na base de dados do município nesta segunda-feira.

Neste momento, 158 pessoas estão internadas em leitos de UTI privados e pelo SUS. Outras 175 estão em leitos clínicos, considerando leitos privados e SUS, totalizando assim, 333 internações em toda a rede da cidade. A ocupação de leitos clínicos pelo SUS é de 48,92% e 83,19% em leitos de UTI.
A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 980 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Óbito registrado em:

1. Mulher, 63 anos, moradora no São Sebastião. Internada em 01.04.2021 na UPA Cascatinha e transferida para o HNSA. Óbito registrado em 07.04.2021 no HNSA. Paciente com hipertensão arterial.

2. Mulher, 53 anos, moradora no Caxambu. Internada em 01.04.2021 no HNSA. Óbito registrado em 08.04.2021 no HNSA. Paciente sem comorbidades.

3. Mulher, 72 anos, moradora na Mosela. Internada em 30.03.2021 no HNSA. Óbito registrado em 09.04.2021 no HNSA. Paciente com hipertensão arterial e diabetes.

4. Mulher, 60 anos, moradora em Águas Lindas. Internada em 23.03.2021 no HST. Óbito registrado em 10.04.2021 no HST. Paciente com hipertensão arterial e diabetes.

5. Mulher, 65 anos, moradora em Nogueira. Internada em 01.04.2021 no HNSA. Óbito registrado em 11.04.2021 no HNSA. Paciente sem comorbidades.

6. Homem, 67 anos, morador no Roseiral. Internado em 09.04.2021 no HNSA. Óbito registrado em 13.04.2021 no HNSA. Paciente com hipertensão arterial.

7. Homem, 57 anos, morador na Mosela. Internado em 16.04.2021 na UPA Centro e transferido para o HMNSE. Óbito registrado em 20.04.2021 no HMNSE. Paciente com hipertensão arterial.

8. Homem, 52 anos, morador no Independência. Internado em 10.04.2021 no SMH. Óbito registrado em 25.04.2021 no SMH. Paciente com hipertensão arterial.

9. Homem, 35 anos, morador no Cascatinha. Internado em 21.04.2021 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 24.04.2021 no HNSA. Paciente com obesidade.

10. Mulher, 82 anos, moradora no Siméria. Internada em 28.04.2021 no HAC. Óbito registrado em 29.04.2021 no HAC. Paciente com hipertensão arterial e cardiomiopatia isquêmica.

Cadastro para este público já está aberto e vacinação começa nesta terça-feira na Casa de Educação Visconde de Mauá

A Secretaria de Saúde de Petrópolis abriu na noite desta segunda-feira (3) o cadastro para a vacinação de trabalhadores da Saúde acima de 40 anos. A vacinação deste grupo, que é feita na Casa de Educação Visconde de Mauá, começa nesta terça-feira (4).

Para receber a dose do imunizante é preciso fazer o cadastramento previamente no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br) e, na hora de vacinar, apresentar documento original com foto e documento que comprove o exercício da respectiva atividade em estabelecimento de saúde.

Como acontece com os idosos, a vacinação de trabalhadores da área de Saúde está sendo feita de forma escalonada por faixas etárias, e seguirá sendo ampliada de acordo com a chegada de novos lotes de vacinas, seguindo os critérios estabelecidos no Plano Nacional de Imunização – PNI.

Após o cadastro, os dados sobre o agendamento podem ser consultados pelo endereço eletrônico: https://smspetropolis.net.br/consultaVacina.html.


A Secretaria de Meio Ambiente está com novos uniformes. O Governo Municipal recebeu hoje (03/05) a doação de 30 coletes para os setores administrativo e de fiscalização e para o Grupamento de Proteção Ambiental (GPA) da pasta. O material foi oferecido pela Natu Vale Confecções, empresa que produz uniforme para a educação adventista de todo o Estado do Rio, além de outros municípios em Minas Gerais e Espírito Santo.

A Natu Vale Confecções gera hoje 64 empregos diretos em Petrópolis. Hammes aproveitou e visitou todas as dependências da confecção. O secretário de Meio Ambiente explica a importância dos coletes para as equipes. Segundo ele, o trabalho da pasta será facilitado com o material recebido.

"Em especial para as equipes de fiscalização e do GPA, o colete faz toda a diferença. Quando a gente vai atender uma denúncia, por exemplo, o uniforme é nossa marca. Essa doação fará a diferença para toda a nossa equipe", garantiu o secretário.

Pagina 3 de 1564