Sete estabelecimentos foram multados durante a operação Choque de Ordem realizada na noite de ontem (19/03). Todos eles desrespeitaram as medidas estabelecidas pela prefeitura no combate à covid-19. A ação foi realizada no Centro (rua 13 de Maio, Praça da Liberdade e adjacências) e também nos bairros, incluindo os distritos.

As multas foram aplicadas em bares no Alto da Serra, Sargento Boeing, Vila Felipe, Bingen, São Sebastião e Centro. Esse tipo de comércio está autorizado a funcionar com limitação de horário (até as 22h) e com máximo de ocupação de 50%. Os fiscais também atenderam denúncias de aglomeração na quadra comunitária do Morin, mas no momento em que estiveram no local, o espaço estava vazio.

Os estabelecimentos notificados receberam multas que variam de R$ 800,00 a R$ 2 mil.  A ação teve início por volta das 20h, pelo Centro. Equipes da Comdep também trabalharam à noite para garantir a higienização das calçadas da via e também de praças.

Participaram do Choque de Ordem equipes de Fiscalização de Posturas, Fiscalização Sanitária, Guarda Municipal e a Polícia Militar. A Prefeitura segue pedindo a colaboração da população para conter a pandemia, mantendo as medidas de prevenção, sobretudo o uso de máscara e o distanciamento social, evitando as aglomerações.

Denúncias sobre descumprimento de decretos municipais e aglomerações podem ser feitas à Guarda Municipal, pelos telefones 153 ou (24) 2246-9257 (funciona 24h); Fiscalização, pelos telefones (24) 2246-9042 ou 2246-9043 (funciona de segunda a sexta-feira das 9h às 18h); e Vigilância Sanitária, pelos telefones 2246-9041 (funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 17h). Denúncias de aglomerações também podem ser feitas à Polícia Militar, pelos telefones 190 ou 2291-4020.

Segunda, 22 Março 2021 - 10:10

Boletim epidemiológico – 19/03/2021

O boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde desta sexta-feira (19.03) mostra que Petrópolis fez, até agora, 129.335 testes para Covid-19, com 23.026 resultados positivos e 99.638 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab). Dez óbitos foram registrados nesta sexta-feira (19.03)

Neste momento, 124 pessoas estão internadas em leitos de UTI privados e pelo SUS. Outras 109 estão em leitos clínicos, considerando leitos privados e SUS, totalizando assim, 233 internações em toda a rede da cidade. A ocupação de leitos clínicos pelo SUS é de 78,08% e 85,42% em leitos de UTI.

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 622, é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados não lançados no fim do ano passado. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Relação de óbitos

Homem, 61 anos, morador na Posse. Internado em 28/02 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 09/03. Paciente com doença cardiovascular crônica.

Mulher, 78 anos, morador no Duarte da Silveira. Internada em 12/03 na UPA Cascatinha e transferida para o HMNSE. Óbito registrado em 14/03. Paciente com doença cardiovascular crônica.

Homem, 64 anos, morador no Morin. Internado em 06/03 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 16/03. Paciente com diabete e obesidade.

Mulher, 68 anos, morador no Quitandinha. Internado em 12/03 no PSLS e transferido para o HMNSE. Óbito registrado em 16/03. Paciente com hipertensão arterial e diabete.

Homem, 53 anos, morador em Corrêas. Internado em 01/03 na UPA Cascatinha. Óbito registrado em 17/03. Paciente com doença cardiovascular crônica e hipertensão arterial.

Homem, 63 anos, morador no Meio da Serra. Internado em 10/03 na UPA Cascatinha e transferido para o HNSA. Óbito registrado em 17/03. Paciente sem comorbidades.

Homem, 66 anos, morador no Centro. Internado em 15/03 no HAC e transferido para o HMNSE. Óbito registrado em 17/03. Paciente sem comorbidades.

Homem, 81 anos, morador na Posse. Internado no dia 06/03 na UPA Centro e transferido para o HMNSE. Óbito registrado em 17/03. Paciente com insuficiência cardíaca congestiva e hipertensão arterial.

Homem, 60 anos, morador em Cascatinha. Internado em 22/02 no HAC. Óbito registrado em 18/03. Paciente sem comorbidades.

Mulher, 73 anos, moradora no Roseiral. Internada em 25/02 na UPA Cascatinha e transferida para o HMNSE. Óbito registrado em 18/03. Paciente com hipertensão arterial e diabete.

Responsáveis por estudantes matriculados na rede municipal após 15 de fevereiro têm que pedir o desbloqueio do cartão

O crédito de R$ 70 relativo ao mês de março do Cartão Merenda Certa será liberado neste sábado (20.03) para os mais de 40 mil estudantes matriculados na rede municipal de ensino até o dia 15 de fevereiro. Os alunos matriculados após esse período que já estão com o cartão devem pedir o desbloqueio por meio de contato com o setor de atendimento ao consumidor da empresa responsável no site (www.msbeneficios.com.br). Na carta que cada responsável recebe com o cartão também estão contidas as orientações para o uso e desbloqueio do mesmo.

O programa foi criado pelo governo municipal para fortalecer a compra de alimentos durante o período em que os mais de 40 mil alunos da rede municipal estão fora das escolas e Centros de Educação Infantil.

Segunda, 22 Março 2021 - 10:07

Boletim vacinação – 19/03/2021

As equipes de enfermagem, sob coordenação do departamento de Vigilância em Saúde, deram sequência nesta sexta (19.03), a vacinação contra a Covid-19. Durante todo o dia, 1.021 pessoas foram vacinadas na cidade, destas 420 receberam a segunda dose. Até o momento 17.962 pessoas receberam a primeira dose e outras 6.710 receberam a segunda dose do imunizante.

Nos pontos de drive thru do Centro, de Itaipava e do Bingen, e nas UBSs do Quitandinha, Itamarati e Morin 547 idosos foram vacinados, recebendo a primeira dose e 337 a segunda dose. Em paralelo, equipes do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) e de PSFs vacinaram 59 pessoas, destas 48 receberam a segunda dose da vacina. Também foram vacinados 67 trabalhadores na saúde, destes 43 receberam a primeira dose e 24 a segunda. Equipes também estiveram em conventos para aplicar a segunda dose da vacina – 11 doses.

A vacinação de idosos com mais de 77, que começou nesta sexta-feira (19.03), segue sábado no campus da Universidade Católica de Petrópolis (UCP) na Rua Benjamin Constant – Centro, no Parque Municipal, em Itaipava, na UCP do Bingen, que funcionam de segunda a sábado. Nas UBSs do Quitandinha, do Itamarati e do Morin, a vacinação segue na segunda-feira.

Para receber a vacina, idosos devem estar cadastrados no site da prefeitura. (www.petropolis.rj.gov.br). Importante destacar que nos pontos de drive thru, idosos que chegam à pé também são vacinados. A vacinação para este público, também acontece de segunda a sexta-feira nas Unidades Básicas de Saúde do Quitandinha, do Itamarati e do Morin. A vacinação em todos os pontos é feita sempre das 9h às 16h. Pacientes acamados também continuam sendo vacinados.

A Prefeitura mantém ainda um atendimento via whatsapp para esclarecer dúvidas da população sobre a vacinação contra a Covid-19. Nestes casos, as mensagens devem ser enviadas ao número: (24) 99946-1161

O projeto Petrópolis da Paz será um dos agraciados com o Prêmio Cultura da Paz, concedido pela Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro. A cerimônia virtual de entrega do prêmio de honra ao mérito está marcada para o próximo dia 23 de março, às 17h.

Petrópolis é a única cidade do Estado que conta com o Programa Municipal de Pacificação Restaurativa, instituto em 2017, por meio de lei municipal. A iniciativa está inserida nas políticas públicas do município e, através dela, busca mitigar a violência, promover a justiça social e aprimorar as relações humanas.

O programa é de responsabilidade da Secretaria de Assistência Social e coordenado por Elsie Elen Loureiro de Carvalho. “Ele atua na mediação e aplicação da “Justiça Restaurativa no âmbito Escolar e Comunitário”, auxiliando na prevenção e no agravamento de conflitos. “Prega que o diálogo e a cooperação são meios para difundirmos a importância da cultura de paz”, explica.

O Programa Municipal de Pacificação Restaurativa, consiste em um conjunto articulado de estratégias inspiradas nos princípios da Justiça e das Práticas Restaurativas, visando uma intervenção destinada a construir e alcançar a paz, direcionando-se aos principais fatores que movem os conflitos, abrangendo métodos autocompositivos na resolução de conflitos.

A cerimônia de premiação será transmitida pelo canal da OAB-RJ, no YouTube, através do endereço: youtube.com/oabrjoficial.

O governo municipal interino, por meio da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, promoveu nesta sexta-feira (19.03) a primeira reunião do Núcleo Comunitário de Defesa Civil (NUDEC) do Quitandinha, no Casa dos Conselhos Ângelo Augusto Zanatta. O objetivo é que as lideranças da localidade possam identificar as demandas locais em conjunto com a atual gestão.

A reunião, que englobou as comunidades do bairro Quitandinha, foi deliberada com o propósito de solidificar a integração das lideranças para um núcleo onde haverá a articulação do atendimento.

Na Posse e no Morin, a organização do NUDEC já ganhou solidez para o início das atividades de treinamento e capacitação. Nas comunidades do Sargento Boening, São Sebastião e Floresta, a Defesa Civil já deu início ao processo de estruturação desses núcleos comunitários.

A Prefeitura, por meio da Coordenadoria de Bem Estar Animal (Cobea), está oferecendo mais um canal de comunicação com a população. A partir deste sábado (20), pedidos de fiscalizações e denúncias relacionadas a casos de maus tratos aos animais poderão ser feitas através do WhatsApp.

O atendimento funcionará de segunda a sábado, das 9h às 17h. A disponibilização desse canal vai garantir o acesso mais fácil da população, que poderá relatar casos de maus tratos e abusos contra os animais. 

A intenção da Coordenadoria de Bem Estar Animal é garantir ampliação das políticas públicas voltadas para a causa animal.

Para as denúncias, a população deve cadastrar o número (24) 98839-7243. Porém, os contatos também podem ser feitos pelo telefone (24) 2291-1505 ou através do e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Objetivo é fazer cumprir as novas medidas de restrição previstas em decreto

A prefeitura, por meio da Fiscalização de Posturas e da Guarda Civil, realizou uma ação de orientação no comércio do Alto da Serra nesta sexta-feira (19/03). O objetivo é o cumprimento das novas medidas de restrição previstas no decreto municipal. Os fiscais flagraram cinco estabelecimentos abertos antes das 11h. Todos os comerciantes fecharam as portas após a solicitação dos agentes. Até segunda (22), o comércio não essencial deve funcionar em horário diferenciado, das 11h às 20h, com limitação de 50% da capacidade.

Ao todo, os fiscais estiveram em 13 lojas do Alto da Serra pedindo para os proprietários respeitarem o decreto e também a manterem os cuidados para proteção contra o coronavírus. Nesta semana, os fiscais realizaram a mesma ação no Centro Histórico (Ruas do Imperador e Paulo Barbosa) e na Posse (Estrada União e Indústria).

As medidas levam em conta o cenário epidemiológico no país, com agravamento dos casos em todas as regiões, e orientações do Governo do Estado. Segundo a Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP), o apoio da população, e não apenas dos comerciantes, é essencial nesse momento difícil.


Para vacinação idosos devem estar cadastrados junto a Secretaria de Saúde

Um dos primeiros idosos a receber a vacina contra a Covid-19 no ponto de vacinação montado no Bingen, Eraldo Machado, de 77 anos, voltou para casa mais aliviado após receber a primeira dose do imunizante. Eraldo foi um dos idosos com mais de 77 anos que atendeu a convocação da Secretaria de Saúde e se cadastrou ainda na noite de quinta-feira para receber a vacina nesta sexta-feira (19/3). Até a tarde de ontem 1.908 idosos com mais de 77 anos haviam se cadastrado junto à Secretaria de Saúde para tomar a vacina. “Moro aqui perto então optei por vir andando mesmo, assim aproveito para fazer uma caminhada. A vacinação foi rápida e fui muito bem atendido pela equipe de vacinação”, disse ao sair do ponto montado na área externa do ginásio da UCP, no Bingen.

Alívio e esperança também foram as sensações relatadas por Sueli Mundstein após a vacinação dos pais Maria de Lourdes e Francisco dos Santos. “Estou mais tranquila agora que eles foram vacinados. Ainda temos que esperar a segunda dose, mas já ficamos mais esperançosos. Os dois estavam ansiosos e nós estávamos muito preocupados pois eles são hipertensos e diabéticos”, conta. “Minha outra filha soube da vacinação ontem e logo nos avisou. Graças a Deus conseguimos vir hoje e já fomos vacinados”, comemorou Maria de Loudes. “Estamos muito felizes com a vacina”, completou Francisco.

Também mais aliviado estava Luiz Carlos Siqueira, que chegou ao ponto de vacinação logo cedo. “Precisamos esperar uns 20 minutos, mas fomos muito bem atendidos, o pessoal é muito educado. Minha filha pode registrar todas as etapas da vacinação” contou.

A vacinação deste público está sendo realizada em seis diferentes pontos da cidade: em três pontos que funcionam no sistema drive thru: no ginásio da UCP no Bingen, no Parque de Exposições em Itaipava, e no campus da UCP Benjamin Constant, no Centro, abertos de segunda a sábado. E ainda em três Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Morin, do Quitandinha e do Itamarati - que funcionam de segunda a sexta-feira. Em todas unidades, a vacinação é feita das 9h às 16h.

Para se vacinar idosos precisam estar cadastrados junto a Secretaria de Saúde. O cadastramento deve ser feito no site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). No momento do cadastro é importante que as pessoas estejam atentas ao dia do agendamento. O idoso deve comparecer ao ponto de vacinação escolhido na data marcada, portando CPF, identidade, cartão de vacina e comprovante de residência.

A Secretaria de Saúde recebeu ontem (18) mais um lote de vacinas e ampliou imediatamente o público, começando a vacinar pessoas com 77 e 78 anos. A equipe da Saúde está empenhada para que seja possível proteger um número cada vez maior de idosos. A vacinação para as demais faixas etárias será ampliada a medida que chegarem mais vacinas.

Importante lembrar que pessoas que testaram positivo para a Covid-19 nos últimos 30 dias ou que estejam com sintomas não poderão ser vacinados neste momento. Por isso, devem aguardar e depois se apresentar em um dos postos de vacinação.

Para facilitar o cadastramento de idosos que encontram dificuldades para lidar com a internet, a Secretaria de Saúde disponibilizou dois telefones para que idosos que estão na faixa de vacinação possam solicitar, o agendamento para a vacinação contra a Covid-19. Neste caso o idoso deve entrar em contato com a Secretaria de Saúde pelos telefones 2233-8850, 2233-8852. O atendimento está disponível de segunda a sexta-feira das 9h às 16h.

A vacinação em Petrópolis segue as determinações do Ministério da Saúde. Os trabalhos na cidade começaram com a vacinação de profissionais de saúde que atuam na linha de frente, idosos com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência e deficientes institucionalizados maiores de 18 anos. A vacinação segue avançando, de acordo com a chegada de novas remessas da vacina. Atualmente estão sendo vacinados simultaneamente na cidade: idosos com mais de 60 anos acamados; profissionais de saúde com mais de 60 anos, profissionais de saúde maiores de 18 anos e menores de 60 anos que apresentem comorbidades e idosos com mais de 77 anos.

A Prefeitura mantém ainda um atendimento via WhatsApp para esclarecer dúvidas da população sobre a vacinação contra a Covid-19. Nestes casos, as mensagens devem ser enviadas ao número: (24) 99946-1161.


A literatura estará em alta em Petrópolis no próximo fim de semana: dois livros serão lançados através do edital desenvolvido pela prefeitura, através do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), custeados pelas verbas da Lei Aldir Blanc. No total, foram 301 projetos e 24 espaços culturais contemplados com os recursos federais - o município recebeu R$ 1.936.795,75 para os incisos II e III da Lei Aldir Blanc.

Neste sábado (20/03), às 20h, quem lança dois livros numa mesma obra é o ator, diretor, professor, produtor cultural e escritor Sylvio Costa Filho. O evento on-line será transmitido na conta de Youtube Nilson Tassi, e contará com a participação de amigos, alunos, parceiros de sonhos e ideais artísticos.

Outro livro que será lançado neste mesmo dia, contemplado também no edital, é Miudinha de Medo. A autora Regina Nascimento Resende e os ilustradores Clara Assis e João Marcos Nascimento, lançam o livro no Duetto’s Bistrô e Café, localizado nas dependências do Museu Imperial à Rua da Imperatriz, 220 – Centro – Petrópolis/ RJ, seguindo todos os protocolos municipais de contenção à Covid – 19.

Um dos textos de Sylvio Costa Filho, “Olhos Parados” – trata-se de uma narrativa em forma de novela, contando a história de José Carlos de Brito Júnior (o Zé cabritinho), desde sua infância no “Morro da Cachaça”, periferia da cidade onde nasceu, até seu apogeu como senador da república, no qual o povo depositava as suas esperanças. O personagem cresceu em uma comunidade onde ainda havia o romantismo dos seresteiros e de personagens excêntricos, com traços de uma vida rural.

A segunda parte que compõe o livro intitula-se “Azul do Zen” – Poemas curtos inspirados na estética e na filosofia do Zen Budismo. Trata-se de uma experiência de meditação e de paz através da palavra poética. Inspirado nas histórias e preceitos budistas adaptados à forma do poema síntese e dos haicais.

Partindo do medo como o bloqueador das ações humanas, a psicóloga Regina Nascimento Resende, escreveu o livro “Miudinha de Medo”, contemplado no edital de chamado simplificado inciso III da Lei Aldir Blanc. A obra ainda resgata e homenageia a figura de um artista brasileiro, que viveu em Petrópolis, e que ainda passeia por aqui, que alegrou e ainda alegra na Região dos Lagos, o palhaço Lambança.

Aos 73 anos, Oséas Cardoso, o conhecido Palhaço Lambança, é pai do ator petropolitano Nathan Cardoso, filho do também artista circense, “toca-toca” e o mais antigo membro da família, que dedica 200 anos ao picadeiro no Estado do Rio de Janeiro. O projeto contempla a produção de 500 exemplares do livro para serem destinados a bibliotecas das redes municipal e estadual do Rio de Janeiro, bem como parte para o lançamento ao público em geral.

“Com a publicação do livro visamos proteger crianças de manifestar essa fobia e ajudar a identificar e buscar o tratamento necessário para reverter às questões associadas”, detalha a psicóloga autora.

No dia 16 de março, através de uma live, o ator, palhaço, diretor e autor Madson José também lançou seu primeiro livro, ainda fruto do mesmo edital, A Mulinha Trololó. Outros livros ainda foram contemplados na iniciativa da Lei Aldir Blanc, mostrando a forte presença da literatura como forma de eternizar histórias, textos, poesia, vivências e, ainda, deixar legados que sobrepõem ao tempo.

Pagina 7 de 1545