A partir desta terça-feira (04), o contribuinte petropolitano tem mais um polo de atendimento para retirada da segunda via do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). O Instituto de Previdência de Petrópolis (Inpas) estará aberto de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, para cota única ou retirada do carnê. A iniciativa vem de uma parceria do instituto com a Secretaria de Fazenda.

“Esse é mais um meio de facilitar o acesso do cidadão ao carnê ou cota única do IPTU. Além disso, também está disponível em nosso site (www.inpas.rj.gov.br) e no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br), os links para que a regularização seja feita na internet”, explica o presidente do Inpas, Claudinei Portugal.

O Inpas está localizado na sala 101 do Edifício Cinda, que fica na Rua Dr. Alencar Lima, 35, Centro. Não é necessário agendamento.

Descontos

A cota única garante desconto ao contribuinte. Quem realizar o pagamento até o dia 6, garante 10% de redução no valor. Já até o dia 7 de fevereiro, é possível o abatimento de 7%. Aqueles que pagarem até o dia 7 de março, podem conseguir 5% a menos no valor total.

“Também estamos com um posto de atendimento no Centro de Cultura, como alternativa para quem deseja garantir o desconto. O pagamento da cota única é importante para o cidadão, garantindo a redução do valor total, mas, principalmente para a cidade, que terá condições de investir em áreas sociais”, disse o secretário de Fazenda, Paulo Roberto Patuléa.

A Secretaria de Defesa Civil retorna a cidade para o Estágio Operacional de Observação em último boletim divulgado nesta terça-feira (4), às 10h20. A mudança de estágio ocorre após sete dias em que a secretaria atuou em Atenção por conta da chuva constante no município. Depois de uma semana, houve redução do valor acumulado de chuva que chegou a atingir 101,75 milímetros, em 96 horas, no quinto distrito. No entanto, a previsão de nova ocorrência de pancadas de chuva moderada, de forma isolada, nos períodos da tarde e noite, mantém a cidade em observação.

De acordo com o boletim meteorológico, um canal de umidade sobre a Região Sudeste favorece a nebulosidade elevada no município. Tal condição, em conjunto com o aquecimento diurno, mantém o tempo instável. Além disso, o posicionamento de um sistema de alta pressão no oceano provoca a ocorrência de ventos intensos na cidade. Para esta quarta-feira (5), a previsão continua sendo de céu nublado, com pancadas de chuva moderada, de forma isoladas, durante a tarde e noite. A temperatura pode variar entre 17°C e 26°C.

Petrópolis terminou a segunda-feira (03) com a taxa de ocupação dos leitos clínicos destinados para o tratamento da covid-19 no sistema público de saúde em 3,33% (uma internação). Já em UTIs do SUS, a taxa foi de 8,70% (duas internações). A rede privada não registrou internações clínicas nem de terapia intensiva.

As equipes da Secretaria de Saúde realizaram, até ontem, 216.708 testes, dos quais 50.437 tiveram resultados positivos e 165.916 negativos (considerando swab e rápidos).

Desde o início da pandemia, foram 1.571 óbitos registrados. Este número é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. É uma medida de segurança da Secretaria de Saúde, para evitar erros nos registros.

Mais 2.010 doses de vacinas aplicadas

Também na segunda-feira (03), as equipes da Secretaria de Saúde aplicaram 2.010 doses da vacina contra a covid-19 nos 10 postos disponíveis. Foram 1.697 doses de reforço, 283 aplicações de segunda dose e 30 de primeira.

O período para a pré-matrícula para os alunos novos da rede municipal de educação será aberto à 0h desta terça-feira (4) e terminará no dia 14 deste mês. As inscrições devem ser realizadas pelo site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br). Nesta fase, são aceitas inscrições de alunos novos, do quarto período da educação infantil ao nono ano do ensino fundamental, e também do EJA (Educação de Jovens e Adultos).

“O portal para as inscrições é bastante autoexplicativo, de fácil acesso ao cidadão. Para a inscrição, são necessários, basicamente, os dados pessoais do aluno”, disse a secretária de Educação, Adriana de Paula.

O resultado da pré-matrícula será divulgado no dia 17, e as matrículas poderão ser feitas entre os dias 18 e 28. A etapa para transferências internas foi realizada no ano passado.

A rede municipal de educação conta com mais de 180 unidades (entre escolas e centros de educação infantil) em todos os distritos e bairros de Petrópolis. Na inscrição, a pessoa pode dar duas opções de escola.

A Avenida Barão do Rio Branco vai receber nova iluminação. Por meio da Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP), a Prefeitura está providenciando a compra de 250 lâmpadas de led que serão instaladas na principal via de ligação entre o Centro e os distritos. Desde o dia 22 de dezembro, Comdep e CPTrans já atuam na limpeza do local para revitalizar a via, com ações de capina, roçada, sinalização vertical e horizontal e limpeza de placas.

“A ‘Barão’ é uma das mais importantes vias do município. As novas lâmpadas serão instaladas em toda sua extensão nos dois sentidos. Isso significa mais eficiência na iluminação e segurança para motoristas e pedestres, além de garantir economia para o município”, disse o vice-prefeito e secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Paulo Mustrangi.

O presidente da Comdep, Leonardo França, destaca que o mutirão de limpeza na Barão do Rio Branco envolve cerca de 60 colaboradores da companhia. “São ações simples, porém extremamente necessárias”, disse.

As ações de recuperação da sinalização, segundo o presidente da CPTrans, Jamil Sabrá, foram iniciadas na pista sentido Centro, a partir do Retiro. “Estamos providenciando melhorias da sinalização como um todo. O trabalho inclui a revitalização de faixas de pedestres, entre outros serviços fundamentais”, frisa Jamil Sabrá.

Petrópolis terminou o domingo (02) com a taxa de ocupação dos leitos clínicos destinados para o tratamento da covid-19 no sistema público de saúde em 3,33% (uma internação). Já em UTIs do SUS, a taxa foi de 0%. A rede privada não registrou internações clínicas nem de terapia intensiva.

As equipes da Secretaria de Saúde realizaram, até ontem, 216.351 testes, dos quais 50.433 tiveram resultados positivos e 165.914 negativos (considerando swab e rápidos).

Desde o início da pandemia, foram 1.571 óbitos registrados. Este número é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. É uma medida de segurança da Secretaria de Saúde, para evitar erros nos registros.

Ao longo do fim de semana prolongado, com chuva que afeta a cidade desde a véspera do feriado de fim de ano, a Secretaria de Defesa Civil atendeu 51 ocorrências. Ainda na manhã desta segunda-feira (3), houve casos em decorrência dos últimos dias de chuva. Com a permanência da instabilidade do tempo, causada pela atuação de uma Zona de convergência do Atlântico Sul (ZCAS), a Defesa Civil mantém o estágio operacional de Atenção, estabelecido desde o dia 29 de dezembro. Para esta segunda (3) ainda há previsão de chuva moderada de forma isolada, podendo ganhar força no período da tarde.

A maior parte das ocorrências registradas nos últimos quatro dias foi de queda de árvores em vias. Todos os chamados foram atendidos pela Defesa Civil que atuou com reforço nas equipes, juntamente com os agentes da COMDEP e ENEL. Todas as localidades tiveram as vias liberadas, sendo feita a retirada das árvores e a limpeza dos trechos. Nos casos em que houve a necessidade, a ENEL foi acionada para o restabelecimento dos serviços de energia.

Para hoje (3), o tempo se mantém em condições instáveis, tendo céu encoberto a nublado, com chuva fraca a moderada, podendo ser mais intensa entre a tarde e noite. O mesmo se mantém para esta terça-feira (4), quando também pode haver ocorrência de ventos de intensidade moderada e rajadas ocasionais de vento forte pela manhã. A temperatura pode variar entre 17°C a 25°C.

O ano de 2022 começou de uma maneira muito especial para Vanessa de Oliveira Silva e Lucas Amorim: o primeiro filho do casal, João Lucas Oliveira da Silva Amorim, foi o primeiro bebê nascido neste ano no Hospital Alcides Carneiro. O menino veio ao mundo à 00h54, com 3,1 quilos e medindo 48,5 cm.

"A ficha não cai até o nascimento. Quando a gente vê o nosso filho, tudo muda, é uma sensação totalmente diferente", disse a agora mãe orgulhosa Vanessa. "Foi um sonho realizado. O parto durou 24 minutos, mas graças a Deus correu tudo bem. Agradeço a equipe, que foi muito prestativa", disse o pai Lucas.

O primeiro bebê nascido no Hospital Alcides Carneiro passa bem. A maternidade do HAC é referência regional, com estrutura que inclui a UTI neonatal.

Com registro de chuva de intensidade fraca a moderada, de forma contínua ao longo da noite desta sexta (31) e madrugada de sábado (1), a prefeitura, por meio das secretarias de Defesa Civil e Comdep, atuou para o atendimento de 15 ocorrências. A maior parte dos chamados foi de quedas de árvores obstruindo vias. Não houve danos a residências ou vítimas. Na manhã deste sábado, o prefeito Rubens Bomtempo percorreu alguns pontos da cidade para acompanhar a limpeza, liberação de vias e restabelecimento de serviços de energia e telefonia nas localidades atingidas.

A região do Vista Alegre, em Araras, foi uma das visitadas pelo prefeito, que acompanhou o trabalho dos agentes da Defesa Civil, Comdep e Enel. “Estamos reforçando nossas equipes para atender de forma célere todas as ocorrências que tivemos pela cidade ao longo dessa noite. Identificamos a necessidade imediata de um trabalho intensificado para a poda de árvores da cidade”, destacou o prefeito Rubens Bomtempo, que busca o apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro para a obtenção de caminhão específico para a realização de poda de árvore. “Identificamos que muitos dos casos de queda de árvore são resultado da falta do serviço de poda, que vamos retomar com esse apoio", reforçou o prefeito.

Após percorrer os locais afetados, o prefeito esteve na sede da Defesa Civil para acompanhar as demais ocorrências registradas pela cidade. Até a manhã deste sábado, houve chamados de queda de árvore nas localidades da Fazenda Inglesa (2), Centro (2), Castelânea (1), Duarte da Silveira (1) , Bingen (1), Samambaia (1), Caxambu (1), Vale do Cuiabá (1) e Mosela (1). Houve registro de três deslizamentos em Corrêas (2) e Bataillard (1). Os agentes também atuaram em uma situação de risco de queda de poste no Vale do Cuiabá. “Estamos com nossas equipes reforçadas para realizar o atendimento de forma ágil por toda a cidade. Estamos em monitoramento contínuo para a identificação de riscos para a cidade. Pedimos que a população fique atenta aos nossos alertas e ao sinal de riscos, entrem em contato com 199”, destacou o secretário de Defesa Civil, o Tenente Coronel Gil Kempers.

Com a previsão de continuidade de chuva fraca a moderada para este sábado (01), com a possibilidade de afetar de forma mais intensa os terceiro e quarto distritos, a prefeitura estabeleceu um ponto de apoio na região de Barra Mansa. Como medida preventiva, agentes da Defesa Civil e Comdep montaram uma base de trabalho em Pedro do Rio para agilizar o atendimento a possíveis ocorrências pelas localidades. “Isso vai facilitar o acesso a essas regiões mais distantes e garantir o atendimento mais rápido para a população”, destacou o diretor-presidente da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep), Leo França.

Até o momento, o maior acumulado de chuva foi no terceiro distrito, onde na região da Estrada do Cantagalo houve quase 40 milímetros nas últimas 24 horas. Para este sábado, a previsão é de céu encoberto a nublado, com chuva moderada durante o período. Para amanhã (2) as condições do tempo se repetem, com temperatura podendo variar de 17°C e máxima de 25°C.

Acumulados de chuva:

1º Distrito: Barão do Rio Branco - 21.75 mm/24h, 58 mm/48h, 58.5 mm/72h, 60.5 mm/96h;
2º Distrito: Bonfim - 22.75 mm/24h, 50.25 mm/48h, 51.5 mm/72h, 54.75 mm/96h;
3º Distrito: Estrada do Cantagalo - 39.09 mm/24h, 70.66 mm/48h, 81.46 mm/72h, 103.26 mm/96h;
4º Distrito: Capim Roxo - 27.25 mm/24h, 53.75 mm/48h, 53.75 mm/72h, 60.5 mm/96h;
5º Distrito: Posse - 33.5 mm/24h, 64.75 mm/48h, 64.75 mm/72h, 77 mm/96h.

Para este Réveillon, setor hoteleiro registra 85% de ocupação nos meios de hospedagem da cidade

A programação do Natal Imperial já atraiu mais de 300 mil pessoas para a cidade neste mês de dezembro. Segundo dados divulgados pela Turispetro, o número engloba o montante referente tanto às pessoas que se hospedaram no município quanto ao turismo individual de pessoas que visitam a cidade, mas não se hospedam.

E esse número pode crescer ainda mais nos próximos dias, já que a programação segue até o dia 9 de janeiro. Segundo dados do Disque Turismo, a ocupação hoteleira na cidade já é de 85,27% para este fim de semana. No 1º distrito, que corresponde a região do Centro e arredores, a taxa é de 80,04%. Nos distritos, já chega a 90,49%.

Para o prefeito Rubens Bomtempo, a realização de grandes eventos é de suma importância para a cidade, uma vez que aquece o turismo e movimenta diversos setores, representando um importante segmento na retomada econômica do município após dois anos de pandemia.

"Eventos como a Bauernfest e o Natal Imperial precisam ser pensados e planejados com antecedência, sabendo do grande potencial que possuem de movimentar a economia de Petrópolis, gerando trabalho e renda ", diz Bomtempo.

Secretária da Turispetro, Silvia Guedon diz que o setor está otimista e a expectativa é de atrair ainda mais turistas para a cidade nessa reta final da programação do Natal Imperial.

"Muitos meios de hospedagem já chegam a 100% de ocupação para este feriado e ainda há muita procura neste período. Notamos que os turistas estão buscando programações na cidade para este Réveillon em espaços que oferecem programação ao ar livre e proporcionam o contato com a natureza", afirma Silvia.

Diretora de turismo e eventos, Evany Noel destaca a importância de ter a cidade movimentada em um período que não é de alta temporada.

"Nosso maior movimento tende a ser no inverno e vemos que a programação do Natal Imperial se consolidou a ponto de fazer com que a cidade experimente um fluxo turístico que não era comum nesta época do ano", conclui.

Pagina 8 de 1751